:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Outono
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami - Publicado 11/5/2022, 10:34


Entrada

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami 3WCfT3x

A Dōkutsu no Kami (lit. Caverna de Deus) é uma caverna situada no Sul do Vilarejo Oculto da Areia, a pelo menos três dias de viagem em uma velocidade moderada. Sua entrada, apesar de exuberante, é de difícil localização, encontrada em uma enorme depressão de areia e formações rochosas, o que torna sua aproximação perigosa para estranhos, facilmente confundida com um precipício entre a areia. Por conta dos movimentos da areia no deserto e sua coloração semelhante, o que torna a paisagem um verdadeiro desafio, encontrar a fissura para a entrada é algo raro, uma vez que os fatores naturais, até mesmo o próprio calor, podem ocultar a existência dessa abertura. Uma vez encontrada, a entrada para a Dōkutsu no Kami é uma enorme formação em circulo com diferentes níveis em sua abertura, dando a impressão de que foi feita a mão e não algo natural daquela região.

Interior

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami LKAte2g

Por dentro, o nome dado a caverna é justificado. Por conta de sua localização profunda no solo, a altura da caverna a torna mais assustadora por dentro, suportando facilmente grandes construções. Diferente do esperado na região seca do País do Vento, o interior da Caverna de Deus é banhado por uma estranha nascente subterrânea, originada nos lençóis freáticos do País do Fogo. Abençoada com uma vasta flora, adaptada a pouca luminosidade e com uma bioluminencia própria, o solo se torna fértil para diferentes tipos de plantas e arvores frutíferas, a água que banha o local forma um pequeno lago para minúsculos seres brilhantes. A fauna é pouca, com alguns insetos, peixes, mas em destaque para uma infinidade de vagalumes, destacando as femeas com um intenso brilho azulado. Uma única construção interfere na naturalidade do local, uma espécie de mansão adaptada em uma árvore oca no centro da caverna, suficiente para acomodar um grupo grande de pessoas. A Dōkutsu no Kami é o refugio perfeito para aqueles que buscam a paz e o descanso.

Observações:

_______________________

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami 7aQ1ttS
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

[Cena — Solo] A Aura Avermelhada - Publicado 11/5/2022, 11:34


[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami Tumblr_pn0x0eWifY1xx176co1_400

Atravessar a muralha de Sunagakure no Sato selou um novo marco em meus passos. Daquele ponto em diante, bastou um olhar para o Kaguya e entediamos que nossos caminhos se dividiriam por um tempo, mas era certo de que logo nos encontraríamos novamente. Ele ao Norte e eu ao Sul do País do Vento. Os dias de viagem para encontrar a Areia não foram nem perto de suficientes para me acostumar a andar naquele deserto, e mais uma vez o amanhecer trazia o calor infernal do local. O caminhar era árduo pela textura do solo, subir as dunas era um esforço ainda mais para as coxas, que ardiam conforme as horas de caminhada passavam. Se não fosse pelas pequenas cavernas durante o trajeto, as tempestades de areia com certeza me consumiriam. A pouca reserva d'agua que me sobrava da viagem era racionada em pequenos goles, suficiente para manter minhas funções mentais e físicas funcionando no limite da sobrevivência. Três dias passavam como se fossem um mês, meu corpo estava cansado e deixar o conforto de Sunagakure parecia ter sido uma péssima ideia. — O Eru conseguiu? — Me perguntava, me preocupando com o Kaguya antes mesmo de me preocupar com meu próprio estado. Meus passos estavam confusos, e mesmo minha calmaria era abalada pela falta de agua e nutrientes. Um passo em falso e meu corpo foi consumido por um precipício escondido entre as areias e as ondas de calor que refletiam o dourado dos grãos do deserto. Por pouco, devido a altura da queda, meu corpo não estraçalhou no solo, recuperando o mínimo de consciência para me virar e flexionar os joelhos, amenizando a queda e me mantendo em pé, levando a destra ao solo para me equilibrar melhor. — Uh... — Suspirei, olhando para cima e vendo uma enorme abertura na parede, em uma forma circular estranha. Ali poderia ser meu novo refugio para mais uma noite, e avançaria mais ao Sul quando me recuperasse. Entrei sem nenhum temor, a entrada era escura e o calor diminuía drasticamente, tornando o ar mais fresco. Logo no começo da caverna, uma escadaria me fazia descer alguns bons metros para dentro do subsolo.

Um sopro gelado percorreu um fissura na parede da caverna, revelando uma segunda seção da mesma. Ao atravessar, meus olhos se encheram com a vida que existia ali dentro. — Que p... — Minha voz foi cortada por um silencio de admiração. Era como uma floresta dentro do deserto, uma sobrevivente em meio a tanto vazio. Meu instinto me fez correr ao lago, bebendo com calma a adocicada e límpida agua. Logo, meu olfato foi chamado por um intenso adocicado das frutas, apanhando algumas e comendo vorazmente. Me sentei no gramado macio. — Isso não pode estar realmente acontecendo, hahahaha! Que sorte! Eru ia amar esse lugar. — Meus olhos estavam tomados pelo brilho das plantas e dos vagalumes que vagavam por todos os cantos.  Naquele mesmo gramado, deitei meu corpo e meus olhos pesaram, adormecendo. Doze horas depois, o despertar veio um peso em meu peito e um incomodo na testa. — Acorda, acorda, acorda, acorda, acorda, acorda, acorda! ACORDAAAAAAAA!! — A voz aguda me fazia arregalar os olhos e levantar o torso, fazendo o pequeno animal azulado voar rapidamente para as minhas pernas. — Pina?! Como? — Cocei a nuca. — Você não pode se esconder de mim... e... ele quer falar com você... desculpa... — De repente, uma gigantesca cortina de fumaça surgiu na caverna e um rugido monstruoso me fez estremecer. — Sawagi-sama! — Pina tremeu e pousou logo atrás de meu ombro, observando a fumaça abaixar.

HP: 2425/2425 | CH: 2825/2825 | ST: 00/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos, Talentos & Especialidade:

_______________________

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami 7aQ1ttS
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

Re: [Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami - Publicado 12/5/2022, 10:50


[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami Tumblr_pn0x0eWifY1xx176co1_400

Quando a poeira abaixou, o gigantesco dragão se mostrou. Graças a enormidade da caverna, sua grandiosidade podia ser destacada, abrindo suas asas enquanto rugia, estremecendo o local e agitando os vagalumes, que ficavam ainda mais acesos com sua presença. Pina tremia em meus ombros, o que me fazia sorrir levemente, mesmo preocupado com Sawagi a poucos metros de mim. Me levantei, apoiando a destra no joelho, dando alguns passos para frente, observando-o de baixo para cima. — Yo! Dragãozão! — Levei a destra, balançando para chamar a atenção daquele ser. — T-Ta ficando louco, Izuku?? Ele vai te devorar. — Pina se assustou com minha audácia de tratar o líder dos dragões com tamanha intimidade, mesmo sendo a primeira vez que nos encontramos. E haviam motivos para tamanha cautela. O animal se abaixou com toda sua velocidade, aproximando seus dentes enormes e afiados do meu corpo, visando me morder ao meio. Graças aos meus reflexos, bastou um ligeiro jogar de corpo para trás, chutando o chão para desviar por centímetros de sua mordida. Dei dois tapinhas em seu dente. — Uau, olha o tamanho disso! — Olhei por cima dos ombros e a cabeça de Pina estava apoiada em meu ombro, desmaiada de medo.

Sawagi se ergueu e acomodou seu enorme corpo no gramado. — Izuku... então é você o renegado. Pina não conseguiu manter o segredinho por muito tempo. — A voz grossa do dragão era até difícil de ser interpretada, tamanha a distorção de suas cordas vocais. — Este lugar, como o encontrou? Deve ser mesmo seu destino... se tornar um Sábio. — Aos poucos a pequena dragão azulada foi acordando do susto, e quando viu Sawagi calmo, ela estranhou. Alçando voo, a pequena procurou um galho próximo para observar. — O que você quer dizer com me tornar um Sábio? — Indaguei curioso, me aproximando um pouco. — Tem algo com a energia natural, Pina? — Olhei para ela enquanto coçava meu queixo e tudo o que vi foi sua cabeça balançar positivamente. A garra indicadora de Sawagi levantou e lentamente foi até mim. Percebendo que não haviam más intenções em sua aproximação, permiti que ela me tocasse, bem no meio do peito. Meu corpo foi inundado com uma sensação estranha, a caverna divina parecia ainda mais viva, como se estivesse cantarolando em minha cabeça e ao mesmo tempo revirando meu estomago, causando um enorme enjoo. O dragão se afastou e cai de joelhos, extremamente cansado de um segundo para o outro. — Q...O que foi isso... — Reclamei, buscando ar com todas as minhas forças. — Hmm, ele consegue mesmo absorver, mas não tem controle algum. Em poucos segundos quase morreu. — O ar foi retornando ao meu corpo, e me sentei para descansar. — Tudo o que vive está ligado com a energia natural, Izuku-kun. Eu, você, Sawagi-sama, as árvores, esses vagalumes chatos! — Os vagalumes verdes, os machos, pousavam na cor azulada de Pina. — Se aprender a absorver a quantidade correta, pode acessar o que chamamos de Modo Sábio! Vai se tornar ainda mais forte! — Pina se animou quando viu meus olhos brilhando com aquela informação. — Modo Sábio... — Sussurrei para mim mesmo, cruzando as pernas.

HP: 2425/2425 | CH: 2825/2825 | ST: 00/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos, Talentos & Especialidade:

_______________________

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami 7aQ1ttS
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

Re: [Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami - Publicado 13/5/2022, 10:20


[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami Tumblr_pn0x0eWifY1xx176co1_400

— Certo! Eu quero aprender a controlar essa energia! Você vai me ensinar não vai? Diz que vaaaaai, Sawagi! — Ainda de pernas cruzadas, sentado a poucos metros do dragão líder, curvei meu corpo implorando para aprender a nova técnica. — Hm, humanos. — O gigante escamoso levantou novamente seu dedo e foi até mim, tocando minha testa com a ponta da garra, deixando que a energia natural presente em seu corpo fosse aos poucos passada para mim e para os arredores. A sensação de enjoo surgia novamente em mim mas por algum motivo não comprometia a minha estabilidade como da primeira vez. Sawagi não moveu sua garra durante um bom tempo, injetando a energia e a controlando de forma gradativa. Pina, por sua vez, levantou voo e pousou no topo de minha cabeça, se acomodando entre meus fios azulados como um ninho. — A energia natural é algo vivo, Izuku, você precisa aprender a controlar a quantia certa que entra em seu corpo e se mistura ao seu próprio chakra... — Mal consegui ouvir a voz aguda da pequena azulada, me esforçando para manter a postura, que aos poucos ia se tornando ereta novamente. Com as mãos apoiadas nas coxas, suspirei tentando superar aquela sensação de enjoo, fechando meus olhos e entregando todos os meus sentidos unicamente para a energia que Sawagi depositava em mim. Eram como as ondas do mar do País da Água, em um momento sua força era monstruosa, como ondas gigantescas, em outros momentos a energia era calma, como a leveza da maresia.

Tudo ao meu lado na caverna divina parecia emitir um som. Desde o gramado abaixo de meu corpo, os pequenos vagalumes que iluminavam todo o ambiente, como o fluxo da nascente, os pequenos seres brilhantes que habitavam os lagos, as grandes arvores, tudo cantarolava para mim conforme aquela sensação ia e vinha. Minha mente vagou, em um estado profundo de meditação. — Yuji, Keisuke, Eru, Akuma, Altria... — As imagens de cada um começavam a surgir em meus pensamentos. Os elos que eu havia criado conforme crescia e minha jornada se estendia, os elos que me mantinham com os pés firmes em meus objetivos. — Sem conflitos... — Naquele instante, a energia se desestabilizou por uma mudança brusca em meu emocional, retornando a sensação ruim de vomito. — Sem conflitos não há paz? — Me lembrei de Akuma e Altria, que compartilhavam de uma visão parecida. A grande Sunagakure surgiu, e crescia sem igual. Porem, algo impedia seu avanço, impedia que fosse realmente maravilhosa para seus habitantes. — Kumogakure... — As colônias de Kumogakure nas proximidades de Sunagakure. Sem conflitos, a paz era realmente possível? Aqueles que abalavam o equilíbrio deveriam ser educados. Meus pensamentos começavam a se estabilizar, e a energia entrava em um fluxo continuo. Sawagi se afastou sem que eu percebesse, deixando que meu corpo fosse um imã para o chakra natural da propria natureza ao redor.

HP: 2425/2425 | CH: 2825/2825 | ST: 00/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos, Talentos & Especialidade:

_______________________

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami 7aQ1ttS
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

Re: [Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami - Publicado 15/5/2022, 09:53


[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami Tumblr_pn0x0eWifY1xx176co1_400

Não só a forma como eu sentia a energia mudava, mas a influencia do meio natural dentro do meu corpo fazia meus pensamentos terem uma clareza ainda maior, não restando duvidas sobre quais os caminhos que eu deveria tomar. Os conflitos faziam parte do sonho da paz, não poderia evita-los nem que eu quisesse, e aqueles que contrariavam minha ideia, de maneira hostil, deveriam ser punidos... ou até mesmo deixar de existir nesse mundo. Se fosse comprovado a posse ofensiva das terras do Vento por Kumogakure no Sato, já teria motivos para ajudar ainda mais Altria em sua evolução. Se a jovem líder demonstrasse que seus objetivos podem corroborar para a paz, Suna poderia ser o novo polo para o equilíbrio do mundo. Dessa forma, assim como meus pensamentos entravam em uma perfeito balanço, a energia natural em meu corpo começava a se acomodar em diversas regiões, em quantias corretas, deixando que o excedente apenas vagasse pelos arredores da caverna. Sawagi conseguia notar que minha meditação e a concretização de minhas ideias era o fator principal para o êxito naquele domínio. Graças a minha calmaria e um controle incrível de minhas energias, meu corpo começava a mudar lentamente. Era possível ver, em cada fio de cabelo, a coloração avermelhada surgindo.

HP: 2425/2425 | CH: 2825/2825 | ST: 00/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos, Talentos & Especialidade:

_______________________

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami 7aQ1ttS
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

Re: [Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami - Publicado 15/5/2022, 12:02


[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami Xeno-gogeta-super-saiyan4

Mesmo que minhas habilidades estivessem corroborando para que o domínio do controle natural fosse alcançado, a energia dos dragões em meu corpo não era forte o suficiente... não dentro do lugar em que estávamos. Sawagi abriu um sorriso em seu semblante frio e impiedoso. Sua garra tocou minha cabeça e ambos fomos consumidos pela cortina intensa de fumaça, desaparecendo da Caverna de Deus. Meus olhos se abriram naquele momento. — O QUE?! — Sawagi estava ao lado, repousando, e eu estava no pico de uma montanha, acima das nuvens, onde todo o ar carregava consigo o peso natural dos dragões. — Esse é o Ryūjūkyo... aqui conseguirá se concentrar devidamente. — O líder dos dragões foi breve e se afastou, pouco se importando como eu faria para retornar até meu lar. Suspirei e voltei a fechar os olhos, tentando manter intacta a concentração, orientada pelos ares de Ryūjūkyo.

Após tantos enjoos, a beira da morte pela quantidade excessiva de energia natural inserida em meu corpo, minha aura calma, meu equilíbrio na mente , e a energia natural dos dragões, presente em seu local lendário, me permitiu utilizar toda a calmaria para me concentrar em tudo o que acontecia ao meu redor. O cantarolar da natureza parecia ainda mais nítido, mas de certa forma mais tranquilo, como se eu conseguisse distinguir cada som, cada animal dos pés ao pico da montanha, e o sopro dos ventos como uma melodia de ninar. Ainda que fosse um domínio imperfeito do que chamavam de modo sábio, os dragões percebiam minha aptidão para a técnica. Aos poucos, minha pele foi se tornando escamosa, rígida como a pele de um dragão vermelho. Até mesmo a tonalidade de meus cabelos perdiam a coloração azul natural, tornando-se um pouco mais longo e avermelhado como as escamas. Meus dedos se espaçavam levemente, com algumas garras, e da testa um par de chifres draconicos surgia. A expressão em meu rosto era diferente, mais feroz, guerreira, com aquela energia fluindo em meu chakra. Uma cortina de fumaça menor surgiu logo ao meu lado, aos berros. — NAO ME ABANDONE! Hm? CONSEGUIU??!! — Pina comemorou logo após sua represália. — Ainda não é perfeito, mas está bom! — Completou a azuladinha. Sawagi observava de longe, mantendo seu domínio sobre Ryūjūkyo e sem demonstrar orgulho algum. Aos poucos, deixei que a energia natural retornasse ao ambiente e meu corpo foi voltando ao original azulado e sem escamas. — É totalmente diferente de tudo, Pina. Isso foi incrível! Eu preciso aprender a controlar melhor! — Sorri, serrando os punhos. Pina voou, me rondando antes de pousar em meus ombros. — Hahahaha eu sou a melhor mestra! — Rindo bem no meu ouvido, movi o ombro para ela alçar voo novamente. — Quem me ensinou foi o grandalhão, você fez nada! — Retruquei em tom brincalhão. A dragão azulada parou e rapidamente mordeu meu nariz de leve, mas incomodando um pouco. — Aaaah! Pra que isso?? — Massageei a região reclamando. Pina sorriu e foi se afastando. — Agora você conhece meu lar e eu conheço o seu... em breve voltamos a nos ver, Izukin! Bye byeeee! — A pequena voou para Sawagi, que rugiu estremecendo toda Ryūjūkyo, me enviando de volta ao esconderijo. Com o domínio, ainda que imperfeito, do modo sábio, meu caminho ganhava uma nova trilha a se seguir.

HP: 2425/2425 | CH: 2825/2825 | ST: 00/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos, Talentos & Especialidade:

_______________________

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami 7aQ1ttS
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami TqHE5wX

ItsHalno
Tokubetsu Jonin
ItsHalno
Vilarejo Atual
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami TqHE5wX

Re: [Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami - Publicado 15/5/2022, 17:16

Situação: Parcialmente Aprovado. (Veja Considerações)
Considerações: Staff avisou a situação. Antes de solicitar a atualização na GF do Senjutsu Imperfeito, faça o Post no Local Lendário dos Dragões formalmente finalizando o treinamento.
Para o responsável da GF: Pode conceder a HS com a apresentação desse link comprobatório e o link comprobatório do Post no local lendário dos dragões, finalizando-a.
Também, não se esqueça de solicitar a Vaga de maneira adequada no tópico das organizações, pois seu pedido lá foi reprovado.
Recompensa: Senjutsu Imperfeito (Dragões)

_______________________


⬧ Personagem: Nora Kumori
Ficha  ⬧ GestãoBanco  ⬧ Mod AGInventárioCJ

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami VNYra6x

Re: [Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami - Publicado 16/5/2022, 12:01



As informações passadas por Altria ainda mexiam comigo. Quais os motivos levaram Kumogakure a manter um colônia no território do Vento? Controle? Medo? Poder? A influencia da Nuvem na região da Areia poderia gerar o pior, e deveria ser impedido antes que de fato fosse concretizado. Recolhi água fresca em meu cantil, assim como algumas frutas recém apanhadas das arvores da Caverna de Deus,  guardando-as enroladas em algumas folhas verdes dentro das bolsas de armas. Cobri meu corpo com uma jaqueta para me proteger do sol, e ao mesmo tempo dos gélidos ventos noturnos no deserto. Eru ainda estava sumido e quem sabe pudesse encontra-lo no caminho ou no vilarejo. Deixei a caverna, saindo pelas fissuras que separavam a parte verde da parte seca, sentindo a mudança drástica na temperatura. Fora da caverna, saltei fissura no solo e atingi o deserto, suspirando e ajeitando a jaqueta, checando se tudo o que eu precisava estava realmente comigo. Ainda havia muito o que discutir dali para frente, a pressa no primeiro encontro deixou aberto os assuntos principais com Altria e precisava abrir o jogo de uma vez, eu devia isso a todos meus amigos, devia isso a Valhalla. Caminhei em direção a Sunagakure no Sato, atento e com a guarda levantada aos meus arredores.

HP: 2425/2425 | CH: 2825/2825 | ST: 00/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos, Talentos & Especialidade:

_______________________

[Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami 7aQ1ttS
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Esconderijo/Moradia] Dōkutsu no Kami - Publicado