:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Kirigakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Outono
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Sr. L
Sr. L
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

[Cena] O controle do Eu - Publicado Qui 27 Jan - 12:59


Narrador: Sr. L

O controle do Eu

@AKCL

Dr. Husan é um homem idoso, tem orelhas alongadas, nariz grande, olhos finos e claros, pupilas acinzentadas e uma estrutura fina. Seu cabelo é cortado em forma de tigela e se projeta para longe de sua cabeça. Seu semblante expressava algo inédito, uma expressão de alegria e insanidade:

Finalmente pude terminei o meu projeto! A junção de humano e maquina, trazendo 100% as capacidades físicas de um shinobi do clã lee, no qual possa ser controlado e, o mais importante... Não morre! - gargalhava o cientista, ao vislumbrar sua mais nova criação.


[...]


Izuku ficou sabendo em uma reunião convocada pelos anciões de seu clã, sobre os desaparecimentos de alguns membros, estranho fato esse que iniciou-se justamente com a chegada de Moira. Apenas os policiais de kiri possuem dados desta investigação e não divulgam demais informações sobre o caso, até a impreensa se calou sobre este assunto.

Cansei dessa palhaçada, eu vou conduzir uma força tarefa para invadir aquela delegacia, nem que seja a força, irei arrancar alguma informação daqueles filhos da p... - o jovem se calou a notar sua agitação, surgindo rostos confusos dos demais presentes, visto a fama serena do rapaz — Me desculpem!

Takeda, um jovem magro, com longo cabelo preto amarrado em um coque, com uma franja qie cai sobre seu rosto, possui marcas roxas sob seus grandes olhos cinzas, trajando uma vestimenta preta apertada destacada por placas de metal em suas canelas, braços, ombros, peito e cintura, bem como um longo lenço roxo que cai nas pernas.

Takeda-kun, do que adianta invadir a delegacia, se já temos uma possível localização!? - um dos anciões se pronunciava, este que se encontra sentado em uma espécie de palanque, sobre as panturrilhas - em posição de seiza - conhecido como Nobu.

Nobu Lee, um homem idoso com uma careca alongada, sobrancelhas enormes, grossas e de cor clara que se curvam na borda do rosto e um cavanhaque de cor clara. Também usa vários piercings, como um piercing no nariz, dois piercings nos lábios inferiores, três piercings em cada uma de suas orelhas superiores e um em cada um de seus grandes lóbulos das orelhas. Nobu ostenta um nagajuban de cor escura sobre uma camisa de cor clara com letras de cor escura, um hakama cinza, tabi de cor branca e um zori. Além disso, usa uma bengala de madeira.

Ah velhote, tu vai acreditar mesmo nestas pistas falsas?!

Me respeita garoto! - o senhor se levanta e vociferava, apontando a ponta da bengala para o rapaz, que esta em pé no meio da multidão — Estou idignado tanto quanto você, mas ficar de zombaria não vai ajudar-nos em nada! - o jovem voltou a se sentar, com um semblante emburrado — Muito bem, é o seguinte! Quero convocar um dois membros para irem investigar o castelo Togwa, na ilha Ishitawa ao norte de Kirigakure. Mas creio que não será preciso, pois sei que estes irão se oferecer por livre espontânea vontade, não é!? - o ancião fitava o jovem Takeda e em seguida Izuku, que esta a 2m a direita do primeiro garoto.


Considerações:

Objetivos:
Post 1/8

_______________________

[Cena] O controle do Eu Scre1755
[Cena] O controle do Eu PQZQs16Olá, eu sou o Sr.L.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Sex 28 Jan - 0:06

Izuku Lee — 暗闇

Os boatos corriam como vento nos ouvidos de cada membro do Clã Lee. Mesmo que as historias que estivessem rondando os arredores fossem assustadoras, Izuku não era um dos membro mais ativos de seu Clã, principalmente após o assassinato de seus pais ter sido... de certa forma ignorado pelos outros parentes. Mas independente do que pensasse sobre eles, havia um dever oculto de comparecer as reuniões quando fosse convocado, e estas eram bastante raras de acontecer. Os anciões seguiam uma velha maneira de ver o mundo, uma maneira da qual a nova geração podia discordar muito, principalmente Izuku, que se importava cada vez mais com o vilarejo e com o cargo de Mizukage em seu domínio. Inevitável, a convocação chegava até seu pequeno apartamento e o garoto se arrumou para o evento, trajando suas roupas típicas para aquela noite. Mesmo em um ambiente ''familiar'' não deixou de se armar, conhecendo o temperamento guerreiro dos membros de seu clã e o no que aquela reunião poderia se transformar em poucos segundos. Ninguém iria querer ver um bando de Lee lutando sério entre si dentro de um ambiente urbanizado. Suspirou presando pela calma que deveria ter naquela hora, saindo pela porta da frente do apartamento, trancando e por fim deixando a chave escondida em um vaso de planta logo ao lado da entrada, enterrando superficialmente na terra.

Cada passo do recém Chunin estava carregado com uma vontade súbita de retornar ao apartamento, atravessando a calçada de pedras que o levava até o centro do vilarejo, rumando para o Sul até o casarão dos Lee. Pela quantidade reduzida de membros, todos se conheciam brevemente, os rostos eram reconhecíveis e o livre acesso pelo jardim florido era garantido. O casarão era adornado com muitos objetos de batalhas, como armas, bonecos de treinamento, pinturas de importantes membros, heróis do clã... e até mesmo aqueles que estava ocultos, com seus rostos pintados com um tinta preta. Ali, via um retrato enorme, manchado de preto, mas podia reconhecer traços das vestes. — Tio... — Sussurrou para si mesmo enquanto balançava a cabeça.

...

O velho gritava com sua bengala enquanto o mais jovem demonstrava toda sua vontade de agir contra a investigação, que parecia pender para o esquecimento do caso. Permaneci em silencio naquele sala, absorvendo a opinião de todos para tentar formalizar alguma. De fato, saber que aquelas pessoas não moveram seus rabos com meus pais tornava mais difícil ter algum sentimento negativo. — Qual o risco do alvo ser os Oitos Portões? — Coloquei as mãos na mesa, escondendo o novo equipamento adquirido. — No fim... vou acabar concordando com o Takeda. Se demorarmos muito... e o alvo for os Oito Portões, não é só o nosso Clã que corre risco. Todos sabem o desastre mundial que isso pode causar. — Suspirei mantendo minha calma, olhando para o velho Nobu. — Eu aceito ir para o castelo, não que eu ache que vocês mereçam minha ajuda... mas como futuro Mizukage, eu vou fazer isso por Kirigakure. — Completei me levantando da mesa. Apesar do sentimento pesado que estava carregando naquele momento, coloquei a destra no peito, a canhota repousou por trás da cintura e me curvei suavemente para Nobu e Takeda. — Posso partir imediatamente para a Ilha. Basta mais alguém se pronunciar. — Olhei para Takeda com um sorriso de canto, aguardando que o garoto também fosse se comprometer com a missão. Deixaria, com todas as formalidades, a reunião, rumando aos portões.

HP: 950/950 | CH: 1550/1550 | ST: 00/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos e Talentos:

_______________________

[Cena] O controle do Eu 7aQ1ttS
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Sr. L
Sr. L
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Sex 28 Jan - 7:08


Narrador: Sr. L

O controle do Eu

@AKCL

O jovem chunin em prontidão, chamou a atenção de grande parte dos presentes, principalmente curiosos que de entre olham ao notarem brevemente de relance algo estranho envolvido no pulso do garoto, mas infelizmente, não conseguiam identificar.

Takeda considera a atitude arrogante de Izuko, ao se alto proclamar futuro Mizukague - Quem ele tá achando que é?! Um moleque desse fedendo a leite, se amostrando frente a meus superiores e diante de minha presença! - o rapaz rangia os dentes, fitando aquele causador de sua irá.

Nobu-sama, eu assumo essa missão. Como tokubetsu, não posso deixar um mero chunin inexperiente se arriscar em uma missão dessa magnitude. - dizia com convicção e com um tom de voz um tanto que provocativo.

Excelente Takeda-kun!  Você será o líder desta tarefa, então pegue aqui. - o ancião entrega um pergaminho com as informações da missão ao rapaz que se aproxima. — Se vocês não retornarem em até dois dias, mandaremos reforços!

Pode deixar velhote, que eu sozinho já é o suficiente! - continuava com suas provocações, mantendo um olhar sarcástico sobre Izuko — Vamos pirralho, se não conseguir me acompanhar será ótimo, pois fico com todo o mérito.

Takeda segue velozmente em direção aos portões e rumo ao destino da missão, nem preocupou-se estava sendo seguido pelo chunin e caso o mesmo opte por puxar assunto, seria ignorado. O foco de Takera é a glória, estando disposto a ultrapassar a linha que separa um ser humano de um animal, para obter êxito em suas façanhas.

Durante o caminho, o tokubetsu já tendo percorrido o grande oceano a pé por cerca de oito horas, assim que avistou a ilha a sua frente - ainda que minúscula - suas veias sobrepujavam-se e o ar ao seu redor ficava cada vez mais denso, seus pés pareciam pisotear o ar e a água apenas explodia para cima a cada passo.

Não quero nem saber o que tá pegando lá, se são suspeitos, devem morrer! - dizia para si, com um semblante macabro e disparou em extrema velocidade em direção ao seu destino.


Considerações:

Objetivos:
Post 2/8

_______________________

[Cena] O controle do Eu Scre1755
[Cena] O controle do Eu PQZQs16Olá, eu sou o Sr.L.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Sex 28 Jan - 11:27

Izuku Lee — 暗闇

Se por algum momento teve alguma boa impressão de Takeda, o mesmo jogava tudo no lixo com uma atitude extremamente arrogante, beirando a um egoísmo perigoso. Izuku se acalmou para não continuar com provocações, correndo o risco de acabar transformando aquela missão em um problema ainda maior para si e para os membros do Clã Lee. — Sim sim, você assume então. — Preferiu não questionar o garoto, já estava começando a se arrepender de ter sido voluntário. Nobu demonstrava ser solicito, oferecendo reforços caso a volta da dupla demorasse mais do que dois dias inteiros, o que parecia ser pouco tempo para uma viagem tal distante, ainda mais procurando por algo que não sabiam o que exatamente poderia ser. Mais uma vez, a arrogância de alguém que aparentava ser calmo surgia. — Menos esforço pra mim então. — Completou, deixando claro que não se importava se Takeda faria tudo sozinho ou não. O Clã Lee não era prioridade nos objetivos de Izuku, o vilarejo vinha na frente e se Takeda fosse forte o suficiente para resolver o problema com facilidade, o vilarejo estaria ganhando com isso.

Por algum motivo, Takeda tinha uma pressa desnecessária para agir, querendo que Izuku utilizasse da mesma velocidade para acompanha-lo. Nem se realmente quisesse fazer, conseguiria. O peso em suas pernas impedia que utilizasse livremente todo seu potencial, mas ao mesmo tempo sentia todos os músculos que formam a estrutura de suas pernas serem trabalhados, o que lhe proporcionava uma maior força na região e resistência. Mesmo com tal equipamento, a velocidade de Izuku não era de se jogar fora, muito pelo contrario, ainda poderia ser considerada superior a maioria dos Chunins de seu vilarejo. Conseguia acompanhar Takeda, por mais que sua velocidade estivesse superando a do Chunin naquele momento, manteve a calma para segui-lo até a Ilha.

Nem sequer precisei trocar uma palavra com o Tokubetsu que liderava a missão, muito menos eu queria trocar alguma palavra com aquele cara. Senti falta da presença de Yuji e Keisuke ao mesmo lado, de fato, eles eram trilhões de vezes mais divertidos e sociáveis do que qualquer um dentro do meu Clã, ate mesmo me sentiria mais seguro que estivesse com a habilidade de cada um deles. Oito horas de caminhada pelo oceano, observando a distancia os passos apressados de Takeda. Com minha audição, foi possível ouvir tudo o que aquele garoto estava dizendo. Em tempos antigos, concordaria de imediato, qualquer ameaça a Kirigakure deveria ser eliminada. Mas após os encontros no Exame Chunin, eu deveria conhecer o inimigo antes de tomar decisões precipitadas... saber quando poupar uma vida é um dos maiores sinais de coragem de um guerreiro. Avancei para a Ilha, observando e analisando.

HP: 950/950 | CH: 1550/1550 | ST: 00/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos e Talentos:

_______________________

[Cena] O controle do Eu 7aQ1ttS
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Sr. L
Sr. L
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Sab 29 Jan - 11:09


Narrador: Sr. L

O controle do Eu

@AKCL

Takeda tomou a frente em disparada rumo a ilha, se quer se preocupou em chamar a atenção, simplesmente chegou destruindo tudo a sua frente até finalmente conseguir parar, deixando um rastro de árvores caídas, animais mortos e feridos - tais como cervos, onças, anfíbios e primatas - e enormes rochas destruídas - que variam entre 2m a 15m de altura - resultando ainda em um nevoeiro de poeira de aproximadamente 200m² - sendo esta também a distância percorrida por ele na ilha.

Ah, finalmente cheguei nessa joça! - ele olha para trás, enquanto abana com a mão direita a poeira a sua frente, mas não obtém êxito em obter uma visão além da fumaceira — Parece que o pirralho não conseguiu me acompanhar, espero que tenha morrido no caminho. Agora posso agir da minha maneira! - a aproximadamente 100m a sua frente consegue visualizar uma estrutura fortificada, seguindo características da arquitetura chinesa do século XV — Deve ser o maldito castelo, agora vou testar minhas novas habilidades! - diante de um semblante macabro, dispara em alta velocidade em direção ao local avistado.


[...]


O castelo Togwa não foi só concebido como uma estrutura militar fria e obscura, tendo Dr. Husan idealizado um luxuoso palácio que impressionaria e intimidaria os seus rivais, não só pelas suas defesas naturais, mas também pelas decorações e divisões cheias de luxo, numa ilha florescente. A terra principal, mais que representar o centro de defesa do castelo, era uma construção de sete pisos de altura, que continha salões de audiência, quartos privados, gabinetes e diversos tesouros, tal como um castelo real. Além disso, conta com um piso superior octogonal. Seus muros pintados de branco o negro, decorado com tigres e dragões coloridos.

A estrutura do edifício maciço é composto por muros entre cinco metros e meio e seis metros e meio aproximadamente de grossura, estes muros construídos com grandes pedras de granito, as quais são encaixadas cuidadosamente sem o uso de argamassa. Há uma grande altura da torre central, a qual permitia maior visibilidade para utilizar armas de fogo contra as forças invasoras, não é atoa que o castelo foi construído numa área plana para garantir a completa possibilidade de ver um inimigo aproximar-se.

Ei! - a voz de Takeda ecoava no grande hall, enquanto caminhava em direção a escadaria a sua frente — Lugar chato, tsc. Esperava mais ação nessa por... - assim que pisou o primeiro degrau, em meio ao piscar do seus olhos foi atingido por um soco em seu abdomen - de baixo para cima - escutando brevemente um som mecânico, antes de ser arremessado e atravessar o teto, parando sobre o solo de rochas lisas do piso octogonal acima. — Que ... por-ca-ria ... es-ta...a-con... te-cen-do! - de bruços com a cabeça para o lado esquerdo, tossia sangue a cada palavra abafada dita e ao se levantar com extrema dificuldade e lentidão, de joelhos sobre uma enorme poça de sangue, consegue visualizar seus órgãos saindo no buraco - de aproximadamente 25cm - formado na região no qual foi atingido, tais como: baço, pâncreas, fígado, vesícula biliar, intestinos e demais presentes no abdomen.

Ma-ta-ha-chi! - dizia pasmo, diante de um semblante de espanto e medo, em meio a lágrimas diante de um sentimento de tristeza que o consumia, assim identifica seu amigo de infância a sua frente surgindo dentre a fumaça, porém este esta com uma aparência esteticamente diferenciada, algo nunca visto pelo tokubtsu.


[Cena] O controle do Eu Genos_10


Matahashi é um ciborgue mecânico de estatura humana média, seu rosto e orelhas se parecem com o de um humano normal, feito de material de pele artificial, e seus olhos têm esclera preta com íris amarelas. Ele tem cabelos loiros espetados e suas sobrancelhas são loiras, tendo orelhas furadas. Seu traje consiste em roupas de rua, com todo o trajado - de cor branca - da parte superior do corpo sem mangas, exibindo seus braços mecânicos e parte inferior de cor verde musgo e coturno preto brilhoso.


Considerações:

Objetivos:
Post 3/8

_______________________

[Cena] O controle do Eu Scre1755
[Cena] O controle do Eu PQZQs16Olá, eu sou o Sr.L.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Sab 29 Jan - 12:29

Izuku Lee — 暗闇

Não conseguia julgar a maneira que Takeda via a situação, e nem tão pouco julgar sua ansiedade para agir e eliminar o inimigo. Mas, para Izuku, a cautela nessa missão era algo que poderia definir o sucesso e a sobrevivência dentro da Ilha. Os Oito Portões de Chakra é uma técnica extremamente poderosa para lidar de peito aberto, como fazia o jovem Tokubetsu do Clã Lee. O rastro deixado por Takeda podia ser ouvido de longe e também podia ser visto. Desde as margens da Ilha, até o destino final, nada além de poeira, morte e destruição era deixado no caminho, uma verdadeira trilha para encontrar o garoto com maior facilidade. Quando os pés do Chunin finalmente tocaram a areia, pode descansar o chakra que estava na sola de seus pés. A areia fofa da praia havia sido arrastada pelo avanço violento de Takeda, usando a marca deixada pelo garoto para se aproximar, dessa vez com muito mais calma, analisando o novo ambiente em que estava. Diferente de outras épocas que faria exatamente a mesma coisa que o Tokubetsu, Izuku caminhava para manter a calma em seu peito. Árvores caídas, animais jogados ao solo em meio a terra, alguns até mesmo mortos e outro já beirando. — Desculpe... — A kunai do Chunin fazia o difícil trabalho de eliminar a dor que alguns sentiam, já que no estado em que estavam iriam apenas agonizar com suas dores até a morte chegar lentamente. — Eu deveria ter vindo sozinho nisso... — Abaixado próximo de um cervo, observou o imenso castelo que o aguardava, provavelmente o destino final de Takeda.

Não precisei me aproximar muito para ouvir a voz de Takeda na entrada principal do castelo. Em pouco tempo, alguém se juntava ao mesmo. Sua voz mudou, estava tremula, falha, como se tivesse recebido um poderoso golpe e mal conseguia falar. Meu corpo estremeceu por um segundo com o que eu estava ouvindo. — Matahachi? — Permaneci atrás de uma árvore enquanto buscava o nome em minhas memorias. Mas não encontrava nada. Me aproximei cauteloso da entrada, visando não me revelar ate que encontrasse uma abertura perfeita para faze-lo. Se houvesse alguma janela, tentaria observar com cuidado o que acontecia dentro do hall, com os ouvidos atentos aos detalhes que poderiam surgir. Ambas as minhas mãos caminharam para dentro dos bolsos, munidas com o par de soqueiras que carregava nos bolsos. Estava tentando acalmar meus ânimos, acalmar a sensação de entrar no salão para batalhar contra o inimigo, salvar Takeda, mas o tom de sua voz me alertava do seu fim eminente. Suspirei com calma, observando o castelo para tentar encontrar uma entrada segura. Se conseguisse, o chakra em meus pés seria o responsável para me levar até a janela/entrada encontrada. — Terei que lidar com aquele homem depois... preciso descobrir o que está acontecendo aqui. Takeda conhece o inimigo? — Meus pensamentos divagavam tentando criar teorias. Meus ouvidos estavam atentos para as movimentações ao meu redor.

HP: 950/950 | CH: 1550/1550 | ST: 00/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos e Talentos:

_______________________

[Cena] O controle do Eu 7aQ1ttS
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Sr. L
Sr. L
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Dom 30 Jan - 19:53


Narrador: Sr. L

O controle do Eu

@AKCL

Não há emoção, sentimento, se quer expressão presente no semblante de Matahachi, só o vazio obscuro de seus olhos, que cobria a luz jovial que um dia teve. Takeda busca responder a si mesmo o que aconteceu com seu amigo, com seu último aluno o desaparecido de seu time, que se fazia presente naquela forma grotesca e sem vida.

O olho esquerdo da criatura robótica toma a coloração avermelhada, seus sistemas identificam uma nova assinatura de chakra adentrando o recinto no andar superior, especificamente de uma das janelas, mas antes de se preocupar com aquela nova ameaça, voltou a atenção ao agonizado a trinta metros a sua frente, lhe apontando a canhota. No centro de sua mão há uma especie de propulsor, uma energia de cor dourado brilhante começa a se intensificar, simultaneamente um som gradativo que se assemelha a um turbina de avião, cedendo após o disparo de um laser em linha reta.

Me perd... - o último suspiro do tokubtesu ocorreu antes de mesmo de poder finalizar suas últimas palavras de remissão.


[Cena] O controle do Eu Screenshot_133

O lee cibernetico antes de tomar seu rumo em direção ao novo invasor, analisou sua retaguarda diante da enorme explossão que movimentou os pavimentos de quase toda a estrutura do castelom, confirmando a morte de Takeda.

Chek! - dizia em uma voz cibernética ao seu criador.

Este não tinha muito o que ser feito, seria um perigo se deixássemos vivo. Agora o outro, eu quero ele inconsciente, não o mate, ouviu!? - o doutor ditava as ordens da sala de operações, em seu bunker subterrâneo.

Sim senhor!

Matahashi seguiu em extrema velocidade indo de encontro a Izuku surgindo em instantes acima do rapaz no exato momento em que este havia terminado de encostar as solas do último pé sobre o chão. O ciborgue se encontra com os pés no teto a dez metros de altura, a aproximadamente cinco metros de distancia do chunin, lhe apontando a destra iniciando a mesma ofensiva realizada contra o falecido, dizendo ao lee:


[Cena] O controle do Eu Imagem44


Independente do resultado de sua primeira ofensiva, com seu joelho direito segue mirando o estomago do chunin, o android adentraria em meia as chamas de fosse preciso.


Considerações:

Técnicas:

Objetivos:
Post 4/8

_______________________

[Cena] O controle do Eu Scre1755
[Cena] O controle do Eu PQZQs16Olá, eu sou o Sr.L.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Seg 31 Jan - 0:01

Izuku Lee — 暗闇

Tudo ocorreu de forma extremamente rápida. Ao tocar a janela do castelo, um poderoso estrondo consumiu o local, e o ultimo suspiro de Takeda, captado pelos ouvidos de Izuku, eram o sinal de que sua vida estava para ser ceifada. A explosão apenas confirmou o que já estava esperando acontecer, mas a nova voz que surgia fez os músculos e adrenalina de Izuku se prepararem para o pior. Tudo aquilo poderia ter sido evitado, ou ao menos adiado, se ambos trabalhassem em equipe. Mas a atitude de Takeda de pensar com os punhos, e não com a cabeça, havia marcado seu destino, aquela ilha se transformava em seu tumulo. Se não fosse rápido e esperto o bastante, seria o tumulo de Izuku também. Sua localização poderia estar comprometida, e sabia disso, mas confirmou ao ver o surgimento do inimigo perante sua cabeça. Em súbito, o corpo do Chunin se transformou em um borrão esverdeado, seus músculos inchavam, seu cabelo se levantava, seus olhos tomados pela coloração branca de ira. O Sexto Portão de Chakra se libertava em seu corpo, e a força extrema que corria por cada fibra existente em si implorava pela morte do ciborgue. O Lee rolou para frente com toda sua velocidade, com um reflexo avançado, apenas por detectar o movimento dos braços inimigos.

Mas seria insuficiente para garantir sua vida. O disparo de energia poderia não acerta-lo, mas não significaria que o inimigo fosse desistir. A distancia que havia percorrido naquele ambiente criava uma melhor oportunidade para se movimentar, analisando os padrões de combate do outro, para tentar descobrir uma abertura. Esperou pelo momento certo, jogando seu próprio corpo para cima do inimigo, visando apoiar uma das mãos em seu ombro com um pequeno giro, para salta-lo evitando a joelhada final. Forçou o corpo para retornar o mais rápido possível ao solo, investindo imediatamente ao faze-lo. Da mesma forma agressiva com a qual foi atacado, responderia. Disparando contra o oponente, saltou e estendeu a perna esquerda, com uma violenta voadora que visava atingi-lo no peito. A intensão era atingi-lo em cheio, e se alguma resistência fosse demonstrada no impacto, usaria o apoio do corpo para se afastar com um empurrão, saltando pela mesma janela que entrou. Se o acerto fosse confirmado, continuaria, desgrudando o pé esquerdo e tocando rapidamente o solo, para então visar um soco puro no ombro do alvo, carregando-o com toda a força adquirida no ultimo instante pré impacto, onde, dessa forma, tinha o objetivo de quebrar o membro visado. Com seus reflexos e audição, estava atento ao combate, atento a possíveis falhas de seu ataque e preparado para se afastar novamente pela janela.

HP: 1750/1750| CH: 2350/2350| ST: 01/09


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos e Talentos:

_______________________

[Cena] O controle do Eu 7aQ1ttS
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Sr. L
Sr. L
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Seg 31 Jan - 12:23


Narrador: Sr. L

O controle do Eu

@AKCL

Izuku faz jus a um shinobi do clã lee, mostrando-se um exímio combatente nas artes do taijutsu, conseguindo desviar da primeira ofensiva contra si, com um rolamento em extrema velocidade após a liberação do portão da visão, em sua retaguarda uma enorme explosão que se propagou a 15m², restando um enorme buraco onde antes se havia chão e paredes, sendo possível até notar o piso superior e inferior se chegasse próximo a beira em destroços, além da paisagem tropical da ilha.

O lee cibernético surge dentre as chamas e névoa, partindo em direção ao invasor, com o joelho voltado a frente, mas o chuunin aproveitou-se do impulso de seu adversário para saltar por cima dele, usando-o como base para suas mãos na realização de uma acrobacia, ligeiramente retornando ao solo e mantendo-se a 10m da retaguarda do atacante.

Matahashi consegue frear após sua falha ofensiva, usufruindo de seus pequenos propulsores de ares a frente de seu corpo, se voltando em direção ao seu adversário ainda no ar com os propulsores de suas mãos e pé, no momento que sua visão foca a sua frente, se depara com a sola do pé de seu oponente próximo de seu peito, em uma manobra simples com seus propulsores, conseguiu deslocar o dorso para o lado direito, porém danificando levemente o aço da sua região tórax, estando mostra seu interior robótico e no centro um coração pulsando, mas nada que comprometesse suas funcionalidades, a pele sintética de seu rosto também é possível notar algumas fissuras lineares.

O shinobi de kiri se mostra perspicaz e não cessou com apenas um ataque, seguindo com um soco, destroçando o antebraço direito de seu oponente, que conseguiu desviar a tempo de não perder o braço por inteiro.

— [b]Onde vocês estão? O que você fez? Não tenho visão de vocês, creio que sua explosão destruiu as câmeras. Vá para outro lugar em que possa vê-los ![/b] - o doutor comunica o seu ciborgue, pelo transmissor.

—  O senhor quer eu desça até aí?!

Não seu idiota. Esqueça e acabe com ele!

Dr. Husan, mudar protocolo de ataques?!

Não! Ainda preciso dele vivo.

Sim senhor! - após as devidas orientações de seu criador, o ciborgue parte em direção ao chunin, desta vez com seu único punho mirando o peito do rapaz.


[Cena] O controle do Eu Animesher.com_genos-one-punch-man-manga-955943


Caso o mesmo consiga desviar, ele utilizaria de seus propulsores frontais para disparar uma rajada e recuar o suficiente para ativar o jato da sola de seus pés e cotovelo, novamente em disparadas em um ataque com a cabeça mirando o abdômen do lee.


Considerações:

Técnicas:

Objetivos:
Post 5/8

_______________________

[Cena] O controle do Eu Scre1755
[Cena] O controle do Eu PQZQs16Olá, eu sou o Sr.L.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Seg 31 Jan - 18:51

Izuku Lee — 暗闇

A resistência do corpo daquele ser fazia sentido quando reconhecia que já não era mais humano. Suas partes mecânicas se assemelhavam ao equipamento que Izuku guardava em seus pulsos. Impressionado com a velocidade dos ataques e dos reflexos, aquela batalha se transformava em uma intensa tentativa de quem iria acertar quem primeiro. O punho do Lee não foi suficiente para destruir o braço mecânico do inimigo, mas seu chute aparentemente deixava exposto sua parte mais humana, o coração. Por mais que estivesse tentado a atacar, o xadrez do duelo lhe dizia que já não era sua vez. Algo ecoou para o robô, e Izuku pode ouvir uma voz mais humana questioná-lo, assim como adquirir a informação de que seu possível mestre estaria andares para baixo. Por mais que não soubesse quantos, podia ter planejado suas próximas intenções.

Aguardou a conversa acabar, pronto para o continuar da dança. As velocidades eram parelhas, mas Izuku só conseguir reagir graças a seus reflexos. O corpo do Lee arqueou para a esquerda, criando uma passagem para se esquivar do primeiro soco lançado pelo inimigo, ele recuava com seu mecanismo, investindo novamente, dessa vez contra o abdômen. Izuku agia com movimentos pequenos, movimentos que poderiam ser feitos em instantes, o segundo avançou fez o garoto saltar, girando seu corpo para que a sola de seus pés tocassem o teto, se mantendo naquele ponto com uma fina camada de chakra. Levemente abaixado, seus joelhos agiam como uma mola no teto, disparando o corpo de Izuku contra as costas do oponente, visando contra-atacar na região. A exposição de deu coração fez o Lee mirar aquele ponto, disparando um poderoso soco em seu lado direito das costas, curvando os ombros para baixo na intenção de fazê-lo ser arremessado contra o chão. A força que utilizava no ataque também tinha a intenção de criar uma abertura para a andar inferior.

Se o corpo do oponente fosse atingido, e dessa forma lançado andares para baixo, Izuku repetiria o movimento, utilizando o teto como apoio para se lançar como uma poderosa mola. — Eu vou acabar... com você!! — Proclamou com ódio, mas suas palavras eram direcionadas ao homem que conversava com o ciborgue. Seu ultimo movimento naquele avanço era marcado pela junção de seus dois pés, apontados para a cabeça do inimigo. Se o atingesse em cheio, jogaria todo o peso para amassa-lo contra o chão.

Demonstrações de resistência ao primeiro ataque seriam respondidas com um súbito recuo de trinta metros. Quanto ao ultimo ataque, se afastaria vinte caso o concluísse ou falhasse.

HP: 1750/1750| CH: 2110/2350| ST: 02/09


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos e Talentos:

_______________________

[Cena] O controle do Eu 7aQ1ttS
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Sr. L
Sr. L
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Ter 1 Fev - 16:03


Narrador: Sr. L

O controle do Eu

@AKCL

O chunin conseguia desviar com facilidades os movimentos de seu oponentes, que apesar de simples, sabia que poderia lhe causar grandes danos em seu corpo, até mesmo destrui-lo se fosse atingido, que não foi o caso. O ciborgue possui um sistema de calculo de batalha, que definia exatamente os possíveis movimentos de seus adversários, inclusive o programa acusava 69% de chances daquele salto em direção ao teto - porcentagem alta de ataques mirando seu coração agora exposto - sendo assim, o ciborgue finca seus pés sobre o chão e ligeiramente seu dorso se rotaciona cerca de 180º, lhe restando tempo ainda de posicionar o seu único antebraço a frente do peito, no qual se molda em um escudo de metal de 2m².


[Cena] O controle do Eu Imagem45


Uma onda de choque se forma assim que o ataque colide a estrutura de aço, primeiramente destruindo as paredes ao redor, tamanha a força aplicada pelo o lee que conseguiu  empurrar o android até o segundo subsolo do local, deixando para trás e acima, enormes buracos nos pisos superiores, sendo possível notar a estrutura do castelo desabando e vindo em suas direção.

Izuku se vê sobre os escombros e não percebe nem um sinal do cibernetico por alguns instantes, até que uma mão mecânica agarra seu pé e começa a lhe puxar pra dentro do amontoado de rochas, por cerca de 20m até ir de encontro ao que sobrou de Matahachi, no qual enrolaria o corpo do rapaz com seu braço alongado, sua intenção era soterrar o garoto junto de si.

Aonde pensa que vai!? - diria com um sorriso o crânio de metal, restando do robô apenas o seu dorso destroçado.


[...]


Enquanto o caos rolava, o doutor procurou esvaziar seu bucker - pegando somente os papeis de sua pesquisa - e utilizou a saída de emergência, uma espécie de capsula que cabe somente a si, no qual percorre por de baixo da ilha por uma única tubulação, que termina até a beira da praia ao norte.


Considerações:

Técnicas:

Objetivos:
Post 6/8

_______________________

[Cena] O controle do Eu Scre1755
[Cena] O controle do Eu PQZQs16Olá, eu sou o Sr.L.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Ter 1 Fev - 18:47

Izuku Lee — 暗闇

A força dos ataques de Izuku abalaram toda a estrutura do castelo. Aquela era a real força de um membro puro do Clã Lee. O pedaço de lata profanando os guerreiros do Clã, não se passava de uma cópia barata, um ser falso, uma existência que deveria ser extinta do mundo. O tempo de Izuku estava acabando, seu corpo sentia as últimas fagulhas do Portão de Chakra correndo em seu corpo. Poderia dar um passo além, mas as consequências que traria para si seriam enormes, inoportunas para o momento em que estava vivendo. Seu golpe, mesmo defendido pelo escudo de metal do ciborgue, fez o corpo de seu alvo romper os andares até o subsolo, e o Lee o seguiu até tocar o chão. Por um momento, imaginou se a força de seu ataque teria tido potência o suficiente para destruir por completo o inimigo, mas os ruídos do solo faziam o Lee identificar a localização do assassino.

As pedras abaixo de seu pé se movimentavam, podia ouvi-las, podia ver o pequeno movimento que faziam, até seu pé ser tomado pelo braço mecânico do outro. – Merda. – Reclamou ao seu puxado, mas de imediato surgia com uma resposta violenta. Seu corpo sofria com as rochas de arrastando, mas a resistência graças ao portão de chakra poderia salvá-lo. Tentou manter a calma, analisar as possibilidades, criar uma estratégia para não ser enterrado vivo. E assim a calma de um verdadeiro guerreiro e futuro Mizukage demonstrava digna de sua enorme força. — Chega... de tanta destruição!! — Esbravejou, a raiva e a força de Izuku eram desferidas de seus punhos, contra as rochas, contra o corpo do ciborgue que se revelava vinte metros abaixo. Os punhos de moviam velozes, geravam atrito com o ar, calor, como rajada de chamas, penas de um enorme pavão que queimavam na direção do inimigo. Aquela técnica visava impedir o aprisionamento, livrar o Lee para sua real preocupação.

Rapido, os destroços vinham em sua direção, saltou com toda a força que suas pernas conseguiam reunir, girando o corpo com um chute contra os pedaços do castelo que caiam. Sua forma se tornava de um dragao furioso, que subia ainda com a tremenda força de seu salto, sua intenção era desviar cada escombro, subir aos limites do castelo, ou somente até atravessar uma das parades para fora do interior da construção. Quando conseguisse, o portão de chakra chegaria ao fim. Seu corpo resistente do Clã Lee nao sofria com os pesos da técnica, mas estava pesado, lento. Mas ainda em pé e atento. O que quer que estivessem fazendo ali, o alvo eram os Lee. Aguardou, sabia que a batalha poderia voltar mais uma vez.

HP: 950/950| CH: 1550/1550| ST: 03/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos e Talentos:

_______________________

[Cena] O controle do Eu 7aQ1ttS
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Sr. L
Sr. L
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Qui 3 Fev - 9:45


Narrador: Sr. L

O controle do Eu

@AKCL

Diante daquele caos o Izuku conseguiu sair vivo, mas não ileso - ao contrário do android, que o local de seu nascimento se tornou seu tumulo - sofria com as consequências do sexto portão. O fugitivo continuava a sua fuga, agora na beira da praia se preparava para adentrar a lancha, para seguir rumo ao navio que se encontra a aproximadamente 1km da ilha.

- Preciso levar esta anotações para o meu superior, não posso morrer agora, se isso acontecer, o nosso projeto literalmente irá para água abaixo, neste imenso oceano. - se comunicava com alguém via rádio, do outro lado da linha nada escutava, apenas ruído do aparelho.


Considerações:

Técnicas:

Objetivos:
Post 7/8

_______________________

[Cena] O controle do Eu Scre1755
[Cena] O controle do Eu PQZQs16Olá, eu sou o Sr.L.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Qui 3 Fev - 11:06

Izuku Lee — 暗闇

Estava sentindo o peso de utilizar quase o limite do próprio corpo. Não conseguia ir muito além de alguns passos velozes naquele momento. Mas ainda cabia esforço caso fosse necessário, acessar os portões de chakra mais uma vez era algo que conseguiria fazer, mesmo sendo custoso. Seguro, o castelo em ruinas se transformava no tumulo daquele ciborgue, mas não somente do inimigo... mas de um grande guerreiro Lee. — Merda, Takeda. — Reclamou, guardando suas soqueiras no bolso. Ao faze-lo, observou os próprios pulsos, que portavam aquele par de equipamentos estranho, as Vita. A tecnologia por trás daquela invenção se parecia com a forma do ciborgue inimigo. — O que está acontecendo com o mundo. Primeiro isso, agora um homem de metal... Kirigakure pode estar correndo mais perigo do que eu imaginei. — Suspirou, escondendo as Vita com a manga da blusa. Ainda faltava algo a ser resolvido, um questionamento que surgia na cabeça do Chunin enquanto ele calmamente retornava para a praia. — Quem era aquele homem? — Olhou por cima dos ombros para o que sobrou do castelo, e se alguém estivesse nos andares de baixo, talvez houvesse mais um corpo morto naquele local.

Conforme se aproximava da praia, respirava e se alongava, mantendo um ritmo acelerado, por mais que não pudesse abusar naquela hora. Alguns ruídos chegavam em seu ouvido, e quanto mais andava, mais claro ficava. Alguém pedia por resgate, alguém que o Chunin estava procurando. O responsável pela morte de Takeda estava a alguns metros a sua frente, precisaria ser rápido para alcança-lo, precisaria recorrer ao sangue que corria em suas veias. — Kai! — Seu corpo foi inundado com a energia do quarto portão. A velocidade não chegava nem perto do seu estado natural, ainda sentia as punições do uso do sexto portão, mas garantia a Izuku uma potencia muito maior para se aproximar. Com tudo o que seu corpo poderia dar naquele momento, seguia os ruídos, originados do radio utilizado pelo Doutor, para se guiar, até encontrar a abertura perfeita entre as árvores para saltar. O golpe, visando suas costas, era simples. Izuku ergueu seu joelho direito, mirando-o na coluna do alvo. Se atingido, o peso do Chunin seria jogado para frente, na tentativa de derruba-lo na areia.

— Você... — Sussurrou, pegando-o pela roupa e virando. Olhou bem em seu rosto, com a canhota mirando seu queixo com toda a força em um único golpe. Se ele ainda estivesse acordado, a lamina reservada no pulso do Lee surgiria em sua garganta. — Vai me contar tudo, ou prefere que eu te entregue para os outros do Clã? Eles podem não ser tão legais... — Havia um sorriso macabro no rosto de Izuku, que tentava assustar seu alvo.

HP: 950/950| CH: 1550/1550| ST: 04/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos e Talentos:

_______________________

[Cena] O controle do Eu 7aQ1ttS
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Sr. L
Sr. L
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Qui 3 Fev - 15:21


Narrador: Sr. L

O controle do Eu

@AKCL

Tamanha a força aplicada no soco, que foi suficiente para explodir a cabeça daquele valhote, restando apenas o seu dorso ensanguentando. Se o chunin for curioso o bastante, irá encontrar uma maleta marrom dentro da lancha, dentro há os papeis de pesquisas do doutor, inclusive fichas de alguns do membros do clã, principalmente de Izuku.

Considerações:

Técnicas:

Objetivos:
Post 8/8

_______________________

[Cena] O controle do Eu Scre1755
[Cena] O controle do Eu PQZQs16Olá, eu sou o Sr.L.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

AKCL
Nukenin A
AKCL
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu VNYra6x

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Qui 3 Fev - 22:55

Izuku Lee — 暗闇

— Merda, eu acho que exagerei um pouco. — Aquela cena tomava conta dos olhos do Chunin, que limpava as maos nas roupas do falecido. A aura esverdeada deixava seu corpo e sentia a fadiga o alcançar mais uma vez. Mas agora estava mais calmo, o trabalho havia sido feito, mas a falta de Takeda mexia com seu espirito. Apesar da distancia que tinha com o Cla Lee, Takeda era um ninja de Kirigakure no Sato, e Izuku deveria proteger seus ninjas se quisesse mesmo se tornar Mizukage um dia. — Eu vou... eu vou descobrir tudo o que fizeram... e vou te vingar, Takeda-kun. — Socou a areia, levantando um amontado dela no golpe. Vasculhando o homem morto na praia, recolheu alguns papeis, aproveitando a calma do momento para ler. A brutalidade daquele conteúdo era gigantesca, o projeto do ciborgue deveria estar incompleto... e já era poderoso demais para conseguir lidar com tranquilidade. Uma ficha com seu próprio nome, está foi separada das outras. O Chunin guardou os papeis em segurança dentro de sua jaqueta, observou o horizonte que o aguardava de volta ao vilarejo, um oceano inteiro para se atravessar. Por mais calmo que estivesse, seu corpo pedia um pouco de sossego. A fina camada de chakra em seus pés era responsável por faze-lo andar sobre a agua, se guiar pelas ondas, pela brisa do oceano que tocava seus cabelos escuros e o mantinha atento aos arredores, ao fundo abaixo de seus pés. O perigo da viagem não tratava-se apenas das ondas, mas sim dos animais.

Mas a atenção do garoto se fez suficiente, sua audição potente para evitar o encontro com animais, evitar seu pego por grandiosas ondas, e chegar em algumas boas horas ate a praia do Vilarejo Oculto da Névoa. A névoa reconfortava o espirito daquelas que nasciam com ela, a sensação de estar de volta em seu lar revigorava todos os sentidos, descansava o corpo fadigado do guerreiro Lee. Rumaria pelos portões, passando a entrada principal até a casa do Clã Lee. A volta de Izuku e Takeda era uma verdadeira curiosidade, mas a presença de apenas um dos enviados fez os olhos dos membros se arregalarem. Foi até a mesma sala onde se reuniram e, para a sorte do Chunin, Nobu estava ali com alguns outros anciões. — Takeda... bem, você já imagina o que aconteceu. — Com um olhar sério, jogou as anotações do Doutor na mesa. Excluindo a própria ficha para guarda-la — Algum tipo de pesquisa doentia com os membros do nosso Clã. Estão atrás do Hachimon? — Esperaria a resposta, e independente de qual fosse, começaria a dar as costas. — Espero que estejam satisfeitos... alias... Takeda mencionou um nome quando viu o inimigo... Ma... Matahachi. — Olhou por cima dos ombros e saiu, retornando para sua casa onde buscaria descansar, pensar, planejar seus próximos passos enquanto analisava a ficha guardada em seu bolso.

HP: 950/950| CH: 1550/1550| ST: 04/06


Considerações:
Armamentos:
Usados:
Atributos e Talentos:

_______________________

[Cena] O controle do Eu 7aQ1ttS
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Sr. L
Sr. L
Vilarejo Atual
[Cena] O controle do Eu 9b971f1eeb8bf595dc86a8fb8907e9cc9562d31dr1-540-302_hq

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado Sex 4 Fev - 7:08

Situação: Aprovado
Considerações: Excelente RP.
Bonificações: Qualidade Calmaria (2) + 4x Missões Rank B (Já incluso Mês do Up)

_______________________

[Cena] O controle do Eu Scre1755
[Cena] O controle do Eu PQZQs16Olá, eu sou o Sr.L.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Cena] O controle do Eu - Publicado