NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Outono
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Kurt Barlow
3º Lugar
Zireael
1º Lugar
Ranni
2º Lugar
Hemumu
3º Lugar
Raves
Os membros mais ativos do mês
Angell
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
685 Mensagens - 38%
Shion
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
201 Mensagens - 11%
Ranni
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
153 Mensagens - 9%
Nan
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
135 Mensagens - 8%
Mako
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
133 Mensagens - 7%
Kaguya
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
118 Mensagens - 7%
Hemumu
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
103 Mensagens - 6%
Zero
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
96 Mensagens - 5%
Summer
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
87 Mensagens - 5%
Chazer
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
73 Mensagens - 4%

Os membros mais ativos da semana
Angell
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
148 Mensagens - 30%
Shion
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
56 Mensagens - 11%
Ranni
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
50 Mensagens - 10%
Hemumu
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
45 Mensagens - 9%
Nan
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
44 Mensagens - 9%
Zero
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
41 Mensagens - 8%
Kaguya
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
37 Mensagens - 7%
Summer
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
28 Mensagens - 6%
Chazer
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
26 Mensagens - 5%
Majinboo
Biblioteca de Iwagakure Vote_lcapBiblioteca de Iwagakure Voting_barBiblioteca de Iwagakure Vote_rcap 
24 Mensagens - 5%


Bahko
Chūnin
-x-
-x-
Biblioteca do VilarejoIwagakure no sato  

A Biblioteca do Vilarejo é uma área restrita aos moradores da aldeia (e viajantes com permissão prévia do Kage) contendo diversos livros, pergaminhos e ensinamentos passados de geração em geração dentro da aldeia. Cada vilarejo tem seus próprios ensinamentos, técnicas e adições feitas pelos seus shinobis através dos anos. Os conhecimentos obtidos nesta zona é completamente adicionável a ficha de personagem, sendo esta uma zona ON comum.



Cada aldeia possui uma série de Informações Gerais. Estas são próprias da aldeia e mesmo que a Biblioteca seja destruída, a reconstrução terá eles novamente. Cada informação é considerada um Livro ou Pergaminho e o aprendizado de cada um necessita de uma narração de 200 palavras, diminuindo em 20 para cada ponto em Inteligência do personagem. Os livros/pergaminhos também são colocados em divisões de acordo com o nível do personagem, sendo assim, um Genin nunca poderá ler o conteúdo da ala de Jōnin, mas um Jōnin pode, se quiser, ensinar um membro Genin.

Lista de Livros & Pergaminhos:


A área de Informações Compartilhadas é aberta aos membros transcreverem seus conhecimentos em pergaminhos/livros e deixarem aos demais membros da aldeia como uma ajuda. A transcrição deve ser feita numa narrativa de, no mínimo, 100 palavras para cada conteúdo adicionado e deve seguir o template indicado. Assim que feito, deverá solicitar a adição na lista.

Lista de Livros & Pergaminhos:
Código:
[quote][b]Nome[/b]
[b]Nível:[/b] (a partir de qual graduação)
[b]Bonificação:[/b] (qual informação)
[b]Autor:[/b]
[b]Descrição:[/b]
[b]Link:[/b] (onde o conhecimento foi adquirido) [/quote]


Cada aldeia possui uma ala com os Pergaminhos de Técnicas da Aldeia contendo diversas técnicas aos membros aprenderem, sejam os dados dela ou ela em si, sem custos. Os pergaminhos não podem ser levados da biblioteca, mas os membros podem transcrevê-los para treinar com uma narração de 100 palavras mínimas - ao caso de leitura para obter conhecimento, as normas são consideradas de Informações Gerais. Assim como as demais áreas, eles são subdivididos em graduações.

Caso um personagem queira adicionar uma técnica sua (criada) na lista da aldeia, ele deverá transcrevê-lo em no mínimo 100 palavras colocando a descrição da técnica e selecionando para qual graduação mínima.


Lista de Pergaminhos de Técnicas:

Template para Adição:
Código:
[quote][b]Autor:[/b] (personagem)
[b]Link de Aprovação:[/b]
[b]Graduação Mínima:[/b]
Descrição Geral.[/quote]

BY AKEIDO


_______________________

Biblioteca de Iwagakure Dcaa73310219fb06ecbf84af7785edc2e56f56af49f5b80f1431685fc6c8a7d8_1
Bahko
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t79788-ficha-yuki-bahko
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t79790-g-f-yuki-bahko
Darkon
Jōnin
Biblioteca de Iwagakure I3w9QIp
Biblioteca de Iwagakure I3w9QIp
Darkon havia acabado de tomar café da manhã e saiu de casa disposto. Aquele era um dia importate. Era hora de separar os homens dos meninos. Ele andava com uma cara de poucos amigos e não olhava para ninguém que dava bom dia para ele. Ele foi direto ao seu objetivo, um dos lugares que ele mais temia... a biblioteca. Era dia de ler livros.

Biblioteca de Iwagakure 2BSqP9l "Eu prometi a mim mesmo que iria hoje ler livros na biblioteca para melhorar meu conhecimento ninja. É hora da verdade."

O ninja entrou na biblioteca da Vila Oculta da Pedra. Ao entrar, percebeu um lugar muito bonito e com várias estantes. Pela biblioteca haviam várias mesas e cadeiras, mas uma poltrona que mais parecia um sofá chamou a atenção dele. Ele já sabia onde iria ficar. Faltava apenas os livros que iria pegar. Se dirigiu até o balcão principal onde havia uma mulher de cabelos vermelhos lendo um pequenino livro branco. Ela perguntou quais livros ele gostaria de ler, o entregando um papel com uma lista de livros disponíveis. Prontamente ele escolheu alguns que o interessavam.

Biblioteca de Iwagakure OXEhQlM "Todos esses? Pretende ler todos mesmo?"

Biblioteca de Iwagakure 2BSqP9l "Sim. Eu não pareço ser, mas sou bem inteligente. A vida me faz inteligente e os livros me fazem vivo. Ou quase isso. Talvez tenha trocado alguma palavra mas enfim, me entregue os livros, mulher, quero ler todos eles!"

A mulher entregou seis livros para o jovem ninja Darkon. Ele agora colocava os livros em cima de uma mesa ao lado da poltrona que havia visto antes e começava sua leitura, um por um. O primeiro livro era "Mapa do País".

"Mapa do País... então é basicamente um livro com mapas bem detalhado sobre a geografia de todo o país e descrições sobre... quem fez este livro deve ser um baita desenhista, está muito bonito... é interessante saber que temos tantas possibilidades no país. Com uma boa administração, dá para explorar muitas áreas em prol da vila. E tem gente que fala que aqui é só pedra... acho que a vila fica mal posicionada, poderia ter sido feita mais ao norte, mas talvez seja melhor para defender ataques a posição atual. As rotas podiam ser mais trabalhadas também. Temos muitas árvores, talvez equilibrar melhor o ambiente seja uma boa opção para o futuro da vila. Esses locais ao sul eu nunca fui... devem ficar próximos da fronteira. Preciso ir lá. Sei que provavelmente vai ter só pedra mas vai que são pedras exóticas... ou raras... é estranho o livro estar tão intacto, parece novinho em folha, como se praticamente ninguém viesse aqui ler esses livros na vila... bem estranho mesmo. Bom, foi um bom livro para iniciar minha leitura."

O segundo livro era "História Básica do Vilarejo".

"Não gostei desse livro. Tudo bem que a vila tem suas qualidades, mas olha, poderíamos ser uma vila muito maior e muito mais avançada do que estamos atualmente. Agora que eu já sei tudo, pelo menos teoricamente falando, sobre a história do vilarejo, fico chateado por conhecer um pouco mais sobre fatores gerais da vila e ver o tão pouco que se evoluiu nos últimos tempos. Na minha visão, tá tudo errado aqui. A força militar poderia ser muito maior, a relação com outras vilas poderia ser ainda melhor... os moradores então, podia ser um número bem maior. Poderíamos ter um número muito maior de pessoas morando aqui com um sistema de migração de outras vilas e por consequência mais ninjas e mais avanços com mais pessoas disponíveis, mais qualidade de mão de obra, mais missões recebidas de outras vilas... É preciso evolução, isso sim, a história básica do vilarejo é literalmente muito básica... Eu espero que tempos melhores surjam."

Em seguida, lia um livro com título "Conhecimentos básicos de Ninjutsu".

"Esse livro me parece muito útil. Talvez me ajude com algo em minhas técnicas ter um conhecimento maior em ninjutsu. Vejamos aqui... Uso da manipulação do chakra para realizar técnicas... selos de mão... variações... arte ninja... concentração, treino... Já sei isso, também já sei isso... opa, essa parte aqui é interessante... natureza... aqui poderia falar mais sobre os elementos em uma maneira mais clara, me ajudaria mais. Talvez tenha um livro mais focado nos elementais por aqui. O que mais tem aqui no livro que eu não sei... vejamos... Essa parte sobre uso do chakra me preocupa um pouco, visto que eu não tenho muito chakra assim... não sei quem escreveu esse livro, mas não custava nada explicar meios rápidos de evoluir em ninjutsu. Isso sim me ajudaria mais. Vejo muitos conceitos aqui bem interessantes. Talvez eu consiga criar alguns jutsus futuramente seguindo esses conceitos e aliando minha prática em treinamentos, acho que a cada dia eu melhoro um pouco em ninjutsu, gostei de ter lido mais sobre a teoria de ninjutsu aqui..."

O quarto livro a ser lido era "Conhecimentos básicos de Genjutsu".

"Isso é um problema. Genjutsu visual, sonoro, em área... minha nossa, é um mais problemático que o outro. Se tem algo que eu preciso melhorar, é em genjutsu. Sair de genjutsus simples parece algo bem treinável, o problema é enfrentar técnicas de alto nível. Que o País da Terra não entre em guerra contra ninjas bons nisso, pelo meu próprio bem... olha isso daqui, genjutsu sonoro pode ser fatal. Não me lembro de ter um ninjutsu que pode acertar tantos ninjas em área igual a um genjutsu que afeta todos que o ouvirem. Eu pelo menos não conheço um jutsu desses. Sem dúvidas genjutsu é a arte mais perigosa, talvez eu deveria ter aprendido mais a arte do genjutsu do que a arte do ninjutsu, mas agora é tarde, já conheço muito sobre ninjutsu para voltar do zero e iniciar uma carreira em genjutsu. Com esses conceitos e algum treinamento eu pelo menos espero conseguir me defender bem de inimigos que usem técnicas desse tipo."

O livro seguinte era "Iryoninjutsu Básico".

"Esse é facilmente o livro mais importante desses que eu li. Técnicas medicinais ajudam demais e podem mudar o rumo de missões. Podem mudar o rumo de uma guerra. Deveria ser obrigatório que um a cada dois ninjas soubesse pelo menos o básico, o problema é que parece um pouco complicado, não é algo que qualquer um aprende... talvez eu possa aprender esse tipo de ninjutsu algum dia... e se isso é o básico, então com certeza existe ninjutsu medicinal avançado o suficiente para poder curar ferimentos gravíssimos. Talvez, quem sabe, até ressuscitar alguém. Pode parecer algo feito para o bem, mas imagine só ressuscitar ninjas malignos poderosos, por exemplo. Um ninja com intenções ruins que aprenda a curar em níveis avançados pode se tornar um dos piores ninjas para se enfrentar. Pensando bem, após ler esse livro estou decidido a casar futuramente com uma ninja médica. É muito útil. Talvez a habilidade de curar os outros possa ser até mais útil do que a minha habilidade sensorial."

E o livro que ele deixou por último foi o livro "Kanchi Básico".

"Incrível... tudo que a professora Nami me passou na prática do meu treinamento sensorial está aqui nesse livro. Em outras palavras, mas os ensinamentos são os mesmos. A concentração, a conexão com o ambiente... até mesmo o fato de não se guiar pelos olhos. Gostaria de ter lido esse livro antes... mas sem dúvidas ter uma professora ensinando uma prática é melhor do que ler um livro ensinando teoricamente como algo funciona. Eu poderia adicionar ainda um conselho ou outro neste livro, caso permitissem... E realmente, a utilidade de um sensor é algo que abrange várias áreas, como é citado nessa parte do livro. Rastreamento, defesa, estratégia, batalha, pesquisas, tudo isso é possível para um sensor. Talvez algum desses conceitos possa me ajudar a ser um sensor ainda melhor. Pela teoria, eu preciso melhorar ainda mais meu nível de ninjutsu de modo geral, que está ligado de certa forma com o sensoriamento. E preciso ter sempre o cuidado de estar atento ao meu sensor para evitar armadilhas, sem dúvidas é a melhor forma de prever armadilhas."

Após ter lido o último livro, Darkon deixava a biblioteca. Estava mentalmente exausto. Precisava de um bom lanche e esvaziar a mente por um tempo para relaxar um pouco. Foi um desafio e tanto ler tantos livros naquele dia.

Considerações:



Status:

Jutsus Usados, Bolsa de Armas, Etc:
Darkon
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77052-f-darkon
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77061-gestao-de-ficha-darkon
staz blood
Nukenin A
Biblioteca de Iwagakure Eru143
Biblioteca de Iwagakure Eru143

Situação: Aprovado
Considerações: -x-
Recompensas: Conhecimento Mapa do País, Conhecimento Básico do Vilarejo, Conhecimento Básico de Ninjutsu, Conhecimento Básico de Genjutsu, Conhecimento Iryoninjutsu Básico, Conhecimento Kanchi Básico

_______________________



Biblioteca de Iwagakure Eru43

I hate to let you go, but if I don't
Then we both know
I'll bury us both, fed to the night
As ghosts




staz blood
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76571-fp-kaguya-eru#602580
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76622-gf-kaguya-eru#603330
Relliew
Chūnin
Biblioteca de Iwagakure 900
Biblioteca de Iwagakure 900
Era o primeiro mês de Yusuke como Chunin em Iwagakure, tinha sido alçado ao cargo pois a vila estava se reconstruindo e precisava renovar suas forças a qualquer custo. O vento frio do inverno seguia seus passos, acordou e pensou consigo mesmo - Bom, eu preciso aproveitar de tudo que este lixo de lugar tem pra me oferecer, e acho que já sei exatamente por onde começar. -.  Tomou seu café, se vestiu e partiu em direção a biblioteca da vila, afinal se almejava grandes coisas, precisaria antes adquirir conhecimento.

Chegando na biblioteca, deu uma boa olhada ao redor e foi em direção a bibliotecária.

- Bom dia, como posso te ajudar hoje? disse a mulher.

- Só me aponte as seções de informações gerais para genins e chunins e não fale mais comigo. ordenou com desdém para a moça que apenas fazia seu trabalho.

Espantada, a moça apenas apontou como o rapaz havia ordenado e assim Yusuke foi em direção as seções e começou sua leitura.

Começou pelo Mapa do País:

Hmmmm, então esta vila miserável fica no país da terra, interessante. Geografia básica da região, descrições precisas e imagens, consigo ter uma ótima noção desse lugar patético. Já posso começar a pensar em rotas de fuga caso em algum momento descubram minhas reais intenções, tantas pedras cercam esse lugar, nunca nem cheguei perto de nenhuma fronteira. Preciso admitir, essa vila é um ótimo lugar para ser uma base de operações, se eu conseguir enganar eles por tempo suficiente estarei mais que protegido aqui. Aqui também fala um pouco sobre as planícies Sanzu, lugar de treinamento esquisito, onde é impossível utilizar chakra. Um país interessante, talvez possa ser útil nos meus planos, por enquanto treinarei e obterei mais conhecimento, mas esse livro carrega uma informação valiosa o suficiente, tomara que nem todos percebam isso.


Seguiu para o Mapa Mundi:

O conteúdo desse mapa de cara parece tremendamente inferior que o outro, será que todas as vilas tem um mapa do país tão preciso quanto o último que li? Bom, isso é um problema pro futuro e ao que tudo indica, apenas essas aldeias marcadas tem alguma relevância. Vejamos, estou aqui em Iwagakure no país da terra, nada ao nosso oeste, uma fronteira ao sul com alguns países irrelevantes que nos separam do país do vento e sua aldeia Sunagakure. Três vermes separam as duas nações maiores, quem dominar eles primeiro poderá facilmente subjugar a outra nação. Ao extremo leste temos o País do Relâmpago com sua vila Kumogakure, não preciso me preocupar com esses lixos agora, estão longe demais e tem alguns países pequenos entre nós. Agora olhando ao sudeste temos Konohagakure no País do Fogo, eles ficam bem no meio de tudo, uma localização perigosa, como ainda não foram destruídos ou tomados? E por fim, temos aqui o País da Água e sua vila, Kirigakure. Muito longe, muita água, não é algo que eu preciso pensar agora. Não acho que aqui tenha o suficiente para começar trabalhar mais detalhadamente em planos para destruir cada um, preciso continuar descobrindo mais coisas.


Colocou de lado os mapas e se focou em um que chamou sua atenção: História Básica do Vilarejo

Vejamos quais mentiras escolheram contar aqui. Era como o esperado, a realidade se esconde atrás de números e histórias falsas, essa vila merece ser  esmagada e esquecida por virar as costas para pessoas como eu. Chega a me dar nojo um livro tão patético como esse, mas se quero descobrir como esmagar esses insetos, preciso saber a história que gostam de contar e depois reescrever essa história. Hmm, ainda estamos sem um kage desde a reconstrução da vila, poucos insetos resolveram voltar para cá então provavelmente não vai ser tão difícil assim virar o Tsuchikage e dar início aos planos, quando estes estiverem bem detalhados, não posso falhar. O que aconteceu com Naomi Uzumaki, não está tão claro assim, morta ou desaparecida? Tudo parece patético por aqui, assim como todos nessa vila, senão estiver morta, a kage resolveu virar as costas, o que mais poderia esperar? Essa é a única realidade aqui.


- Acho que por hoje é só, esse último livro me deu nojo, vou tomar uma água e depois devo ir treinar algo.

Yusuke saiu da biblioteca pensativo, seus planos já poderiam começar a ser pensados, mesmo sem nenhum detalhe era dado um ponto de partida, começará no conhecimento, mas não pode deixar os treinos de lado.





---------•---------

HP:250/250 | CH: 250/250 | ST 00/03


Considerações:
Relliew
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77070-fp-yusuke-chinoike
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77071-g-f-yusuke-chinoike
hidori
Genin
Um pouco após de ter chegado da Vila de Ame, Ren não correu direto para sua casa, como faria em situações normais. Não. Dessa vez, a menina queria ficar sozinha e pensar um pouco na experiência que tivera.
Hyakkimaru sentia-se um pouco mais sábia depois que participara do Chunin Shiken. A menina sentia que seus horizontes haviam sido expandidos. Claro que ela sabia que a Vila da Pedra não era a única Nação Ninja que existia no mundo: sabia da existência de outras Vilas e tinha certo conhecimento sobre a história de seu país e das relações que a mesma mantinha com as outras regiões do mundo.
Ela partiu então, para a biblioteca da Vila.

Ren observava tudo com atenção. Era muito bom estar de volta ao lar, mas agora com outra perspectiva. Sabia que existia um mundo muito maior e pessoas muito diferentes dela e daquelas que viviam com ela naquele pedaço de terra que chamavam de Vila. Era interessante olhar como ela mesma e os outros se comportavam e compará-los com as outras culturas que presenciou. Pensava, por exemplo, em como a chuva era perfeitamente normal para os habitantes de Ame. Para ela, era extremamente incômoda. Perspectivas.

Assim que entrou na biblioteca, Hyakkimaru pediu papel e caneta à responsável da biblioteca.
Depois que o material foi fornecido, a menina também solicitou o pergaminho que falava sobre sua própria Vila e sobre o mapa Mundi. Prontamente foi atendida e Ren sorriu para a bibliotecária quando a mesma lhe entregou os dois pergaminhos.

Hyakkimaru andou o mais rápido que podia para uma das mesas e abriu o Mapa Mundi e o Pergaminho sobre a História de Iwa. Com o pedaço de papel e o lápis que recebera, fez anotações sobre posições geográficas e marcou alguns pontos que no Mapa Mundi não estavam marcados como Vilas. Pensou que deveria pesquisar mais depois.

A Anotação de Hyakkimaru sobre o Mapa Mundi foi o seguinte:
Não há muito o que se possa dizer sobre esse mapa, mas que as grandes Vilas estão marcadas e há espaços que parecem não existir (?) ou não serem muito importantes para serem marcadas aqui. Por que será que isso está desse jeito? Entendo que alguma s nações possam não ser tão grandes quanto as Vilas Principais, mas também deveriam estar aqui. Sua posição pode ser vantajosa para negociações com as outras Grandes Vilas e é sempre bom sabermos mais sobre qualquer território. Uma pena não termos maiores informações sobre estas Vilas consideradas menores. Quando eu estava fora da Vila da pedra, conheci gente de Vilas que não estão aqui, e elas pareciam importantes e fortes. Será que existe um Mapa Mundi maior? Talvez haja maiores informações neles. De qualquer forma, bom decorar um pouco sobre as posições das Vilas e suas geografias: que tipo de terreno é lá? E o tempo? Ame chove muito. Konoha é ameno? Pelo menos com este mapa, consigo ter uma noção.


Já sobre a Vila da Pedra, Ren continuou a fazer anotações:
Fico me perguntando se toda Vila tem os mesmos problemas da nossa. Quer dizer, claro que não exatamente os mesmos problemas – os locais possuem climas diferentes, culturas diferentes e pessoas diferentes -, mas problemas que parecem permear nações em geral: a oportunidade que parece sempre ser perdida, já que, lendo este Pergaminho, tenho a sensação que escolhas ruins foram feitas e por causa delas, não somos tão grandes e avançados como poderíamos. Além disso, quando leio esse Pergaminho, tenho a sensação que a história nos deu várias chances de melhoramos, mas escolhermos não o fazer. (De novo, a sensação de oportunidades perdidas. Tenho certeza que tomaram as decisões querendo o melhor e era o que podia ser feito na época, mas nos deixa um gosto amargo na boca. Será que as outras nações, quando leem sobre seu passado, sentem a mesma coisa? Apesar de tudo, tenho orgulho da Pedra e sei que seremos grandes.

Hyakkimaru terminara de fazer suas anotações e sempre tinha em mente a sensação que tivera ao sair de sua Vila natal. O mundo era mesmo muito grande e era burrice ficar apenas fechado em um só lugar. Decidiu que, quando tivesse a oportunidade, realmente visitaria outros lugares. Tentaria conversar com o máximo de pessoas que pudesse, para Sempre conseguir expandir seus horizontes!



Observações:
hidori
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77113-hyakkimaru-ren
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77157-gf-hyakkimaru-ren
Lan ShuiXian
Jōnin
Biblioteca de Iwagakure Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500
Biblioteca de Iwagakure Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500
Situação: @Hidori; Aprovado
Considerações:
Recompensas: +1 em inteligencia; Conhecimento Geográfico Mundial Básico; Conhecimento Básico da História do Vilarejo - Iwagakure no Sato
Lan ShuiXian
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t75361-ficha-de-personagem-lan-shuixian?nid=4#588494
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t75376p84-gf-lan-shuixian
Achraf
Genin
Biblioteca de Iwagakure Giyuu_10
Biblioteca de Iwagakure Giyuu_10
Mapa do País
Nível: Genin
Bonificação: Conhecimento Geográfico do País.
Descrição: Um mapa comum sobre todo o País onde a biblioteca está localizada.

Mapa Mundi
Nível: Genin
Bonificação: Conhecimento Geográfico Mundial Básico
Descrição: Um mapa simples do mundo, apenas as cinco grandes vilas estão marcadas como vilarejos, as demais não são informadas, apenas os demais países são nomeados.

O conhecimento dos mapas

O Genin caminhava tranquilamente pelas ruas de Iwa com sua capa amarela característica sobre os ombros. Era já inverno e apesar de ser tarde o sol não estava fazendo muito efeito pois a sensação térmica era de um agradável para um pouco de frio, e como sempre, a umidade do ar era pouquíssima. As ruas da Vila estavam repletas de civis e alguns ninjas que cumpriam seus deveres diários indo para lá e para cá, realizando entrega de mensagens ou apenas zanzando pela região, diferente de Isao que se dirigia para a biblioteca local a fim de realizar alguns estudos necessários para sua caminhada ninja.

Chegando na porta do edifício que abrigava inúmeros conhecimentos não pode deixar de notar a imponência do lugar, e após essa breve contemplação, adentrou no ambiente. O local era estranhamente gélido e quieto, estranhou, pois recentemente tinha executado uma missão rank D e o não tinha essa lembrança física de ser um local tão gelado e quieto. - Necessito dessa lista de pergaminhos e livros. Disse para o bibliotecário que também era um conhecido seu de quando havia feito a missão aqui.

- Hmmm, todos esses mesmo? Pelo jeito é um amante da leitura, ou está apenas me enganando para que eu o ensine a restaurar livros, huh?* Respondeu em tom de brincadeira enquanto gesticulava exageradamente.

- Não, só preciso estudar mais caso eu queira avançar na minha carreira e me tornar um Chunin. Respondeu seriamente, queria cortar a graça para obter os itens e estudá-los o mais rápido possível, afinal, na cabeça do Genin, quanto mais cedo iniciasse os estudos mais cedo terminaria para avançar a outros.

O Iwanin estava em um espaço afastado na biblioteca, espaço esse que iria protegê-lo de transeuntes e possíveis falatórios no interior da biblioteca. Na mesa em que estava sentado alguns livros e pergaminhos que juntos formavam uma pequena pilha, não enorme, apenas pequena. O primeiro livro estava em conjunto com um pergaminho que continha o mapa do País da Terra. O livro apresentava dados demográficos e um pouco da história de cada lugar que existia no interior do país, todavia, não eram informações detalhistas, para isso, precisaria de um compêndio histórico cuidadosamente elaborado por algum sábio, seja a mando do daimyo ou do kage. Isao retornou então ao estudo do mapa do País da Terra, procurando decorar as principais estradas e vilarejos, os locais lendários para apenas depois passar aos locais mais desconhecidos que constavam no mapa da biblioteca. Depois, continuaria seus estudos, partindo para o estudo do mapa mundi das cinco maiores nações shinobi.
* * *

Legendas
Narração
Falas de Kamizuru Isao
Pensamentos de Kamizuru Isao
Falas de Terceiros

Observações:
Achraf
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t80670-ficha-li-yotsuki?nid=1#648331
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t80671-gf-li-yotsuki#648343
Salvatore
Biblioteca de Iwagakure 5db45e10
Biblioteca de Iwagakure 5db45e10
Situação: Aprovado.
Considerações: Na próxima, separe melhor os treinamentos, com as palavras mínimas de cada um. Aprovei por ser iniciante, se repetir quando for mais experiente, será reprovado.
Recompensas: Conhecimento Geográfico do País & Conhecimento Geográfico Mundial Básico

_______________________

Biblioteca de Iwagakure Scre1755
Biblioteca de Iwagakure LZZ8WLxOlá, Convidado, eu sou o Salvatore.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
Salvatore
Ficha de Personagem : http://narutorpgakatsuki.net
Enma
Genin
Mais uma tarde seca e chuvosa de inverno em Iwagakure, e Enma se dirigia a biblioteca do vilarejo. A construção, um dos prédios mais importantes de Iwa, ficava situado nos arredores do gabinete do Tsuchikage, assim como a sede da maioria dos outros prédios públicos de grande importância. O lugar era silencioso, como esperado de um ambiente reservado para a leitura, e geralmente era frequentado pelas pessoas menos bonitas da vila, e o que obviamente revela que Enma não tinha o hábito de passar muito tempo lá. Ao chegar no ambiente, percebeu o cheiro característico do coisas velhas e empoeiradas, o que seria desagradável a qualquer um, embora tolerável. Ela, que carregava sua ecobag feita de material reciclável, foi alvo dos olhares de todos os presentes. Como se ruivas não pudessem frequentar uma sala de estudos! O preconceito contra mulheres lindas e inteligentes precisa acabar. Não aguento mais tanta discriminação! Ignorando os olhares deslumbrados que a fitavam descaradamente, ela se dirigiu a sessão livre, onde  poderia pegar quaisquer livros que quisesse. Assim, recolheu os títulos disponíveis que considerou mais relevantes, quando, prestes a carregar a pequena pilha para uma mesa individual, avistou um de seus antigos colegas de sala, com quem dividira as aulas da academia ninja no passado. Ao vê-lo analisando qual dos exemplares iria tomar para si, a ruiva dirigiu-se até ele. – Ei, querido. Poderia carregar estes livros para mim, sim? – Confiante de que receberia uma afirmativa, ela pediu que ele ajudasse carregando todo o peso dos encadernados. – En-Enma... Vo-você quer que... – A voz trêmula indicava a surpresa pela ruiva mais bonita da vila estar falando com ele, um pobre coitado que passava o dia todo lendo. – Sim, querido. Pode fazer esse favor para mim, certo? Você é tão forte, querido! Leve os livros para aquela mesa. – Disse, apontando para a mesa individual para a qual ela se encaminhava, sendo acompanhada pelo homem que carregava os livros a seu pedido. Ao aproximar-se dela, depositou a pilha sobre a mesa. – Aqui estão, En-Enma... – Antes que ele pudesse completar a frase, ela agradeceu ao pobrezinho com um suave beijo em sua bochecha, a essa altura já coradas, e afastar-se. Já sentada, ela tirou de sua bolsa suas folhas de fichário com cheirinho de morango e canetas coloridas com glitter, pronta para registrar as anotações mais pertinentes durante a leitura, que começou pelo primeiro livro da pequena pilha que o sortudo carregara até ali, intitulado de "A Geografia do País da Terra".

Mapa do País da Terra escreveu:Ao abrir o livro, percebeu que seria uma leitura fácil, embora exigisse um conhecimento técnico de grande importância, afinal a leitura de mapas era relativamente simples, embora o conhecimento prévio ou aprofundado de itens, tais como a legenda característica de mapas, pudesse levá-la a entender outros fatores, como a relação entre a geopolítica mundial e o território de Iwagakure. O principal recurso natural do país estava nas minas, onde muitas pedras preciosas e matérias-primas poderiam ser obtidas, atraindo a atenção de outras nações e grandes vilarejos. Seu interesse, no entanto, era a flora. A vegetação naquele território, infelizmente, não era tão rica, embora apresentasse espécies de importância medicinal. Após uma análise superficial, Enma tomou nota. O País da Terra é composto predominantemente por terrenos rochosos, cadeias de montanhas onde o clima é seco e quente, pela ausência de vegetação extensa.

Mapa Mundí escreveu:Prosseguindo, Enma abriu o Mapa Mundi, do mesmo eixo temático do livro anterior. Dessa vez, ela pode aprofundar um pouco mais o seu aprendizado de geopolítica, que, como suspeitava, representava grande parte dos interesses de grandes nações sobre os recursos naturais da terra. A partir de suas leituras, desenvolveu uma simples tabela capaz de sintetizar as informações importantes a respeito das riquezas naturais de cada país: no País do Fogo, havia uma variedade de ervas medicinais curativas e potencialmente tóxicas, no País da Terra o recurso abundante eram, como ela já sabia, os minérios de ferro, especialmente úteis para a confecção de armamentos, no País da Água, as gemas, materiais capazes de armazenar chakra, destacavam-se, e por fim, os países do Vento e do Relâmpago obtinham grande lucro do comércio de especiaria e de tecidos, respectivamente.

Em suas transcrições, Enma usava uma sorte de canetas e marcadores de texto, além de pequenos post-its em formato de animais fofos. Sua caligrafia junto da combinação de cores e formas fazia de seus registros pessoais uma miscelânea de cores bastante agradável aos olhos, e ajudavam-na a se organizar durante os estudos. Enquanto criava um lettering para encabeçar a transcrição do livro que pegaria em seguida, acidentalmente deixou um de suas canetas cair, rolando pelo chão da biblioteca convenientemente em direção a uma das estantes da biblioteca. Enma levantou-se para buscar, e percebeu que a poucos centímetros da caneta havia um título ao qual ela não havia se atentado num primeiro momento. O volume era "Conhecimentos Básicos Sobre Genjutsu", arte ninja sobre a qual ela demonstrara uma especial aptidão, embora soubesse que talento natural não seria o suficiente  para um bom desempenho. Encantada com o achado acidental, ela pegou o livro da estante e recuperou sua caneta, antes de sentar-se novamente na cadeira em que estava acomodada, ansiando por ver quais ensinamentos aquele livro proporcionaria a ela.

Conhecimentos Básicos de Genjutsu escreveu:Estampado sobre a capa do volume, estava um kanji que significava literalmente "técnica ilusória", e, após uma breve leitura das primeiras páginas, Enma constatou que era realmente um compilado de informações básicas acerca da natureza de técnica ilusórias, algumas das quais ela já pudera receber durante as aulas da academia. No entanto, nas aulas básicas ela estava limitada ao conceito e a técnica de cancelamento, enquanto nos capítulos seguintes daquele livro ela pôde ler informações valiosas que se aprofundavam um pouco mais, embora limitando-se ao nível de conhecimento esperado de um ninja de baixa batente, ou seja, gennins com ela. Através de ilusões, qualquer um poderia induzir suas vítimas a eventuais fatalidades, além de manipular a vontade, a percepção, a atividade cerebral e o controle de chakra de seus alvos. Impressionante, apesar de que boa parte dos homens comuns possa ser manipulada com belo par de seios, pensou com desprezo.

A verdade incontornável do mundo era que a maioria das pessoas deixava-se iludir pela ganância ou por promessas e aparências agradáveis, embora fatalmente enganadoras. Apesar disso, o perigo real estava mesmo em técnicas dissipadas através do chakra? Não é nisso que acredito. Mas, aprimorando minha técnica, eu possivelmente me tornaria a mulher mais hábil em manipulação mental de Iwagakure. Nada mal, hã? Aqui não há mesmo muitos usuários reconhecidos pela habilidade em genjutsu. Nossa era precisa de uma heroína forte e linda, uma ruiva, quem sabe. Após um riso contido, como quem se deleita com a possibilidade restrita a imaginação. Mas aqui não há nenhuma informação de como usar estas variações. Parece que eu vou precisar descobrir por conta própria, de outro modo. Merda! Ademais, o livro dizia sobre as formas para se livrar de uma ilusão, uma vez capturado: inferência interna, externa e dor, deixando claro o quão difícil poderia ser enfrentar um oponente versado neste campo do conhecimento, principalmente sem contar com o apoio de um parceiro ou equipe.
Embora Enma pertencesse ao um clã notoriamente reconhecido pela predisposição ao uso de técnicas ilusórias, boa parte de sua família vivia como civil, e havia poucos membros com grande talento para a vida militar ou para o genjutsu. Ao finalizar sua leitura, Enma fechou todos os exemplares, empilhando sobre a mesa. Guardou seu material, organizando as folhas de forma que facilitasse a consulta daquele material no futuro, e acomodando os pertences em sua bag antes de levantar-se para devolver os livros à bibliotecária, que iria devolver cada um deles a sessão correspondente, percebendo que não teria nenhum outro voluntário para carregar aquele peso desta vez, pois o local estava vazio após tanto tempo de leitura, momento em que traçava mentalmente seus próximos passos: aprimorar e estender suas habilidades com o genjutsu a formas de uso nunca antes vistas.
Considerações:
HP: 200/200 ─ CH: 200/200 ─ ST: 0/2


_______________________

SRPSAV
Enma
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t85059-ficha-jugo-tsuyoshi
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t78476-gf-enma
Bloodlad
Biblioteca de Iwagakure 76139df0c00970d1b7071220d0743c2a
Biblioteca de Iwagakure 76139df0c00970d1b7071220d0743c2a

Situação: Aprovado (@Enma)
Considerações: Que ótima narração.
Recompensa: Mapa do País da Terra, Conhecimento Mapa Mundi, Conhecimento Básico - Genjutsu, +1 Ponto em Inteligência & +1 Ponto em Genjutsu.
Bloodlad
Ficha de Personagem : http://narutorpgakatsuki.net
Darkon
Jōnin
Biblioteca de Iwagakure I3w9QIp
Biblioteca de Iwagakure I3w9QIp
1550/1550

3525/3525

400/400

00/07

Biblioteca de Iwagakure X3zi0LGBiblioteca de Iwagakure Vs9YL9bBiblioteca de Iwagakure OrzSOVXBiblioteca de Iwagakure SLY3UQbBiblioteca de Iwagakure Xyo8tDK

171

Biblioteca


O jonin da pedra chegava cedo na biblioteca da vila, aonde resolveu passar seu tempo naquela manhã fria de Iwagakure. Não havia nenhuma missão no momento, ele estava apenas relaxando durante alguns dias de paz ao lado de suas duas belas mulheres, quando Homura, sua primeira esposa, o recomendou ir na biblioteca da vila ler um pouco sobre algum assunto que ele não entenda muito, para o deixar mais informado sobre o mundo ninja. Darkon achou uma ideia boa, e de sua residência foi até a biblioteca. Entre os vários livros, naquele dia ele escolheu um sobre bijuus. O livro de capa dura falava sobre as bijuus, criaturas de chakra massivo que existiam no mundo ninja, com a forma das mesmas e o nome as quais possuiam que era baseado na quantidade de caudas das mesmas. Aprendeu bastante sobre o que era um jinchuuriki, e se imaginou até mesmo sendo um futuramente.

Biblioteca de Iwagakure NhCsyog — Interessante... pena que em Iwagakure não tem nenhuma bijuu ou jinchuuriki.

Darkon passou a manhã lendo o livro e aprendendo tudo que havia no mesmo sobre as bijuus, sendo que achou muito interessante as criaturas.

Considerações:

Fichamento & Armamento:

Emme



_______________________

Biblioteca de Iwagakure ZoAA829 Biblioteca de Iwagakure XxuRzDs Biblioteca de Iwagakure 1XxT4Pr

Biblioteca de Iwagakure HLPGI48
Darkon
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77052-f-darkon
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77061-gestao-de-ficha-darkon
Folklore
Tokubetsu Jonin
Biblioteca de Iwagakure EbatiW4
Biblioteca de Iwagakure EbatiW4
Situação: Aprovado (@Darkon)
Considerações: -


_______________________

...And this stain of corruption pleases me not.
…When all has been put to rest, I must needs forge my armor anew.
.
Folklore
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86532-ficha-estinien-de-borel
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86534-gf-estinien#710364
Mako
Game Master
Biblioteca de Iwagakure P5OpjVT
Biblioteca de Iwagakure P5OpjVT
Apesar da sua inteligência, o jovem não gostava de estudos acadêmicos. Priorizava os treinamentos físicos, maneiras de usar melhor o chakra, coisas que pareciam mais relevantes como ninja. No entanto, após ver tantos títulos interessantes... a curiosidade estava alta. A missão de limpeza da biblioteca havia deixado aquela pulga atrás de sua orelha, bastava arrancá-la. Por isso, tentou ir o mais cedo possível até a biblioteca, com um boné preto e roupas de civil, tentando ao máximo não ser percebido e, consequentemente, apontado como um daqueles nerds que ele tanto zoava.

Foi direto a uma das estantes atrás de informações geográficas, pois parecia mais útil a curto-prazo. Estando envolvido em missões cada vez mais complexas, precisava começar a ter maior ciência do mundo ao seu redor. Selecionou dois livros sobre o Mapa Local e o Mapa Mundi, dispostos na área destinada aos Genins. Precisava avançar mais na carreira se quisesse descobrir ainda mais segredos. Sentou-se numa mesa, em completo silêncio, e começou a folhear o primeiro. As informações eram todas bastante simples; mostrava com ilustrações um mapa detalhado do interior da vila logo de cara, o mais atualizado possível, indicando as principais rotas de escape seguro, pontos relevantes e, nas páginas seguintes, indicativos da região ao redor da vila. Tsuchi no Kuni era enorme. A missão de proteção das árvores fez um pouco mais de sentido ao entender também melhor a fauna da região. Isto, porém, o deixou curioso sobre como deviam ser as demais aldeias e países.

Após cerca de uma hora aprendendo e memorizando os detalhes do mapa local, começou a pesquisar sobre o mundo. Se sabia pouco de onde morava, era completamente ignorante sobre a vastidão do mundo. Os arredores de Konoha, indicada no mapa com seu símbolo, tinha muito verde, como esperado devido seu nome. Kirigakure era rodeada de águas, parecia haver dificuldades para acessar inteiramente seus domínios. Kumogakure parecia incrível de visitar e Sunagakure, extremamente quente e desconfortável. Por um instante, contudo, quis ter a oportunidade de viajar e conhecer todas aquelas nações. Saber mais sobre as culturas únicas. Censurou-se quase no mesmo instante, pois aquilo não era coisa de um soldado, mas de um estudioso. Um nerd fraco incapaz de lutar. Ele não era isso, não podia ser.

Mais algum tempo depois, devolveu os livros às estantes e pegou um livro de História. Novamente, limitado quanto aos conhecimentos. Uma tática inteligente, ele acreditava. Evitava que conhecimentos demais fossem roubados e levados embora em possíveis deserções. Começou então a ler sobre a história recente da vila, percebendo como ainda eram escassas as notas sobre tudo. Queria saber mais, aprender os altos e baixos de onde se tornaria um ninja lendário. Aquele assunto, porém, também parecia muito irrelevante para os combates que viriam. Fechou o livro, batendo-o com força. Apesar de ter conseguido seu objetivo, ainda parecia completamente desviante de seu caminho. Irritado, enfiou o livro na estante, amassando a capa. Deu de ombros, ele não precisava ser cuidadoso com livros, eles não tinham sentimentos.

A irritação ficou ainda maior quando, ao sair da biblioteca, notou que os conhecimentos eram, na verdade, muito úteis. Percebeu isso olhando as pessoas caminhando tranquilamente ao redor. Saberia dizer os melhor caminhos para elas após estudar melhor a geografia local, assim como teria condições de guiar melhor através das estradas do país. Emburrado, voltou para casa chutando pedrinhas, torcendo que uma delas explodisse e levasse consigo toda aquela frustração.
~

HP: 325/325 CH: 325/325 ST: 00/04.


Considerações:
Databook:
Bolsa de Armas (20/20):
Jutsus Usados:

_______________________

Mako
Bloodlad
Biblioteca de Iwagakure 76139df0c00970d1b7071220d0743c2a
Biblioteca de Iwagakure 76139df0c00970d1b7071220d0743c2a

Situação: Aprovado
Considerações:
Recompensa: Conhecimento acerca do Mapa do País, Mapa Mundi & Histórias Básicas do Vilarejo.
Bloodlad
Ficha de Personagem : http://narutorpgakatsuki.net
sabazin
Genin
Biblioteca de Iwagakure 49809899_0
Biblioteca de Iwagakure 49809899_0
Mako
Game Master
Biblioteca de Iwagakure P5OpjVT
Biblioteca de Iwagakure P5OpjVT

INTRODUÇÃO

Batsuki não andava mais na vila como um Genin, mas como um Chunin. No fundo, continuava tudo a mesma coisa. Algumas pessoas ainda o olhavam torto, mirando a enorme cicatriz no olho esquerdo, ou agora o alargador na orelha direita quando se revelava pelos cabelos ondulados e loiros. No entanto, não era mais visto como a criança problemática, que nunca teria futuro — Batsuki era um valioso ninja de Iwagakure, uma pessoa confiável para ser líder de missões, para defender os moradores em eventuais emergências. Mas isso tudo não fazia tanta diferença no interior dele; ainda era tudo muito superficial.

Após a última missão, tirou vários dias de folga. Precisava se recuperar do envenenamento sofrido. A mão direita ainda tinha algumas marcas de picadas de insetos, quase apagadas com o passar do tempo. Sentia ainda o aperto no corpo da mãe ao recebê-lo em casa com a mão ferida e o corpo cansado, ainda vomitando bastante naquela noite. Obrigou-o a ir ao hospital, onde recebeu os cuidados necessários e depois voltou para casa. Agora com mais força, porém, ele não conseguia, de forma alguma, ficar imóvel. Precisava continuar aprendendo mais, reforçar os vários conhecimentos obtidos na missão. Especialmente sobre como funcionavam as técnicas sensoriais citadas por Pina e que despertavam um grande interesse nele, bem como buscar mais formas de utilizar selos de mãos, pois, o confronto com os insetos e a inutilização de uma mão haviam lhe ensinado que precisava achar novos métodos de usar suas técnicas.

Na biblioteca da vila, ele encontraria resposta. Ao menos acreditava nisso. Fazia uns meses desde sua última visita ao lugar. Acenou para a bibliotecária, mostrando um sorriso amarelado. Tinha feito uma missão ali no começo da carreira, que agora aparentava ser tão distante… cerca de meio ano havia passado. Surpreso, ele se direcionou à sessão desejada, liberada aos ninjas de seu cargo, e buscou os livros referenciando técnicas sensoriais — se é que existissem. No meio da busca achou também outros interessantes falando de técnicas médicas e de absorção, coisas que nunca havia conhecido, ao menos não formalmente. Por fim, achou também o seu objetivo e levou todos a uma mesa.

IRYONINJUTSU

Começou a leitura nos conceitos básicos de técnicas medicinais. Em silêncio, debruçando-se sobre o material didático leu como o chakra pode ser manipulado de maneira curativa desde que haja um exímio controle de chakra. Nesta forma, sua coloração era esverdeada. Eram técnicas importantes para o sucesso de missões, basicamente construído com essa ideia em mente, o estilo era menos ofensivo, baseando-se na necessidade de suporte. Um ninja médico era extremamente requisitado e podia ser a salvação de um time. Ali também falava que um erro de controle de chakra podia custar a vida das pessoas, pois as técnicas eram fundamentadas na precisão do fluxo de energia e essa troca ajudava o corpo na produção do que fosse necessário, sem dar muitos detalhes.

KYUINJUTSU

Trocou de livro, indo ao sobre absorção. Também nunca havia ouvido falar. Aparentemente alguns ninjas conseguiam absorver chakra alheio. Essa técnica era bastante furtiva e perigosa. Somada a bons usuários de taijutsu podia se tornar potencialmente fatal. Ali, porém, não ensinava se haviam limites para isso. Não explicava muito bem como exatamente transformava-se num catalizador de chakra daquela maneira, pois, não vindo de si mesmo, a transformação soava diferente na cabeça dele. Entendia muito bem sobre o chakra, era muito bom no controle dele, porém, não sabia como isso se aplicaria para puxar chakra alheio. Não achou explicações muito aprofundadas sobre o assunto. Ninjas com essa habilidade eram difíceis de encontrar aparentemente. Diferente das técnicas medicinais, aquelas também não eram tão chamativas aos olhos dele; beiravam o irrelevante, mas era importante saber da existência, isso evitaria surpresas.

KANCHI

Mais uma troca no balcão e um bocejo. Começou a ler mais sobre técnicas sensoriais, citadas anteriormente por Pina na missão que lhe rendeu a promoção. Através de sentidos diferenciados um ninja era capaz de sentir o chakra alheio, como formas poderosas de energia. A distância que um ninja era capaz de fazer isso era muito variável, dependendo das habilidades individuais de cada um, podendo alcançar distâncias curtas ou gigantescas. Um bom controle de chakra ajudava a manter-se focado em maiores distâncias. Era uma técnica muito cobiçada, bastante usada nas defesas das vilas. Ter essa habilidade, pensou ele, poderia ajudar a se precaver de inimigos. Se tivesse isso, ao invés de depender de sua invocação, poderia economizar chakra nas missões. Já estava interessado antes, mas, após ler as explicações de funcionamento básico, teve ainda mais vontade de investir seus estudos no desenvolvimento daquela habilidade.

SELOS DE MÃOS

Ainda assim, não era sua única procura. Devolveu os livros às estantes e buscou explicações sobre outros tópicos. Quis ler mais sobre selos de mãos, que havia aprendido muito bem na academia, mas sentia que precisava investigar mais como melhorar sua utilização. Achou um livro, ainda na área destinada aos Genin, com conhecimentos básicos e generalizados sobre o assunto. Já no começo falava da importância de saber todos os selos básicos antes de seguir os estudos, porque diferente do taijutsu, eles eram um dos pilares do ninjutsu. Sabê-los era essencial, ajudavam na concentração do ninja, na formação do fluxo do chakra e como moldá-lo dentro da técnica desejada.

Batsuki, porém, lembrava que o pai raramente era visto usando selos de mãos ao fazer suas técnicas explosivas. Continuou estudando, procurando uma explicação sobre aquilo. As páginas continuavam dando os conceitos sobre cada selo, suas origens, os pesquisadores principais e como eles podiam endereçar certos tipos de técnicas — como as técnicas de terra costumavam possuir um selo de mão característico e o mesmo ocorria com outros elementos. Ainda havia alguns exercícios que ele fez, ignorando a vergonha que poderia passar ao estar mexendo as mãos devagar na biblioteca, mas nem todos os movimentos eram sobre os selos, mas para relaxar as mãos, deixando-as mais ágeis no fim do dia. Fazê-los com mais agilidade indicava maiores chances de aplicar uma técnica. Ele estava muito interessado nisso, pois, diante das dificuldades na última missão ele teve certeza que uma reação veloz era capaz de mudar os rumos de uma batalha.

TAIJUTSU

Contudo, também precisava voltar os estudos ao Taijutsu, que notou ser muito importante nas batalhas reais. Após ver tantos ninjas brandindo lâminas, a forma como Orquídea havia usado as mãos para colocar uma tarja explosiva nele e todas as necessidades de confronto físicos que ele teve de evitar pela própria fraqueza, ele precisava melhorar naquela área. Por isso, devolveu o livro de selos e pegou outro, falando mais sobre o estilo ninja. Havia muitas gravuras, mas também explicações teóricas sobre o assunto. A posição correta das pernas, a aerodinâmica de certos movimentos, o ângulo correto na hora de um soco. Conhecimentos básicos, mas importantes de serem dominados se quisessem continuar evoluindo como ninja.

Não tinha muito espaço para imitar os movimentos, então, mesmo sentado, tentou achar a postura para os braços, assim como fez questão de se jogar para trás com a cadeira, treinando o equilíbrio enquanto ia lendo a respeito; sobre a forma de manter um ponto preciso se não quisesse cair. Depois daquilo, ainda precisaria melhorar sua força e velocidade, pois o livro indicava como estas coisas se combinavam. Não adiantava conhecer muitas formas de lutar e não ter um corpo capaz de aplicá-lo. Ali indicava também como uma durabilidade melhorada ajudava também, uma vez que muitos golpes demandavam muito do corpo, além de uma boa técnica de respiração, acumulando tantas necessidades quanto um ninjutsu no fim das contas.

FIM

Depois de tantas horas estudando, devolveu todos os livros às estantes e foi embora com a cabeça cansada, revisando mentalmente todas as leituras para mantê-las guardadas na memória.

~

Batsuki; HP: 500/500 CH: 500/500 ST: 00/05


Considerações:
Particularidades Shinobi:
Bolsa de Armas (30/40):
Jutsus Usados:

_______________________

Mako
Kira
Jōnin
Biblioteca de Iwagakure 5UMFy7G
Biblioteca de Iwagakure 5UMFy7G

_______________________

R.D |  EV | C.ED  |  Template | SRP | SAV

Formando
Tenha sua ficha de personagem aprovada.
Um Pequeno Arsenal
Compre/treine três jutsus.
Falando em Nintaijutsu...
Tenha um jutsu classificado como "nintaijutsu" de rank B ou superior.
Perito
Adquira uma qualidade de perícia (elemental, armamentista, etc.).
Um Poder só Meu
Adquira sua primeira Habilidade Secundária.
Primeiros Passos de um Ninja
Conclua sua primeira missão.
Esse É o Meu Jeito Ninja!
Adquira sua primeira Habilidade Única.
Domínio Elemental
Compre/treine um jutsu classificado como "elemental" de rank B ou superior.
Superando Minhas Fraquezas
Supere um defeito inato.
Mestre Elemental
Torne-se um mestre elemental.
Kira
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86158-ficha-kira-hyuga#708308
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81994-g-f-kuro#661233
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido