:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Kirigakure no Sato :: Centro da Vila
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Outono
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[RP] Um Pouco de Descontração HfH0Myk

BisKath
Mizukage
BisKath
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração HfH0Myk

[RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Seg 23 Maio - 22:43

HP: ---/---
CH: 6250/6250
ST: 00/16
CN: 000/400
Palavras: 290
Noboru Inaba
Um Pouco de Descontração

Matatabi: CH: 2000/2000 | Areia: 2900/3000
Cubellios: HP: 1000/1000 | CH: 1000/1000 | ST: 00/03

Noboru aproveitou o caminho do gabinete até a churrascaria para fumar o cigarro que havia sido concedido por Ichiro. Tentou aproveitar ao máximo o ar puro, fora do gabinete, bem como o sabor do cigarro que estava entre seus lábios. Suyen estava certa, ele não fazia nada fora do gabinete desde que havia se tornado Kage e ele precisava relaxar um pouco. Mas infelizmente as últimas notícias envolvendo os jashinistas ainda estavam se espalhando por sua cabeça como uma praga, que era exatamente o que eles eram e o que estavam fazendo no mundo: se espalhando como uma praga. E perdido nesses pensamentos, Noboru foi abordado por um ANBU que lhe falou algo brevemente sem que os alunos do mesmo ouvissem; o Pastor havia estado em Kirigakure e afirmado que iria se estabelecer em uma das suas colônias. O Kage agradeceu a informação e suspirou, pedindo que o ANBU aparecesse posteriormente no gabinete.

Assim que chegou na churrascaria, ele pediu uma das mesas e foi se sentar, aguardando pelos três shinobis que havia chamado para ir até ali consigo. Já havia apagado o cigarro e jogado a bituca fora, afinal sabia que seus alunos iriam reclamar… principalmente Yohma, mas não podia negar que, após a informação dada pelo ANBU, ele precisava de outro cigarro. — Como eu disse lá no gabinete, vocês podem pedir o que desejarem. Eu irei pagar tudo. — disse, pedindo em seguida uma garrafa de saquê para si mesmo. Já que ele não iria fumar ali dentro, ao menos iria beber um pouco e tentar relaxar. — …Eu já falei de assuntos chatos com vocês, então… me falem sobre o que tem feito. Seus treinamentos, seus problemas, qualquer coisa. — murmurou, lembrando do Ichiro emotivo do dia de sua nomeação. Ainda queria entender o que havia acontecido.

INFOS:


Emme


[RP] Um Pouco de Descontração 2D43bjd

Sekiro
Chūnin
Sekiro
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração 2D43bjd

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Ter 24 Maio - 0:46


I.

Os passos até a churrascaria foram vagarosos, embora um peculiar evento ocorresse entre a caminhada. Um estranho shinobi trajado em uma máscara havia surgido diante de Noboru, dizendo coisas das quais o mancebo não pôde compreender, mas que pareciam urgentes. Yohma fitou a cena com certa dúvida na face, porém, dedicou-se ao ato simplório de seguir ao seu objetivo, adentrando e sentando-se finalmente na churrascaria.

Enquanto o sensei e terceiro Mizukage iniciava suas palavras, o Uchiha preocupava-se com seus alimentos. Solicitou grandes porções de carne vermelha, aproveitando-se para não ingerir qualquer carne branca naquele dia, e rapidamente distribuiu por toda chapa que condizia ao local onde havia relaxado, ouvindo o estômago roncar como consequência. Afinal, sua manhã fora dedicada aos exercícios físicos, e não havia se alimentado com nada mais.

Quem era o mascarado? Por que ele estava de máscara? O que ele falou? — as perguntas consecutivas do mancebo foram direcionadas ao mais velho, enquanto petiscava uma fatia de carne com seu hashi, deliciando-se mesmo que a carne estivesse praticamente crua. — Não tenho nada novo a contar. Só fui em uma missão na Vila da Chuva, uma de nossas colônias, e lá aconteceram coisas desagradáveis, embora o resultado tenha sido positivo. A Aika também me beijou no gabinete e fez mais coisas, já a Suyen... bem, nada demais. — suas palavras soavam despreocupadas, pois o mancebo não sabia o que esperar dos colegas.

Desde que havia se reunido com os mesmos estava mantendo um bom padrão de atuação, e não queria derrubar todo o clima daquela refeição. Noboru sabia grande parte de suas máculas e a busca para a cura de sua cegueira, mas Yohma não identificava se era o momento oportuno para tocar naquele tema. — É muita coisa se comparada à nossa primeira reunião, nesse mesmo lugar, mas acho que foi só isso. — mentiu, excluindo a reunião com Jyu e a obtenção de um demônio adormecido em seu interior. Como não havia lidado com a criatura, achou melhor não a mencionar. — Inclusive, sensei, você não pode dar uma folga para a Suyen? Talvez quando eu me graduar novamente. Estou buscando uma promoção, sinto que já fiz coisas demais para um Chūnin, afinal, enquanto os dois coçavam a bunda, eu estava fazendo missões rank-S para o vilarejo. — e pediu, continuando a alimentar-se como uma fera voraz e bestial.


Leia as considerações:
HP: 2000/2000 — CH: 3100/3100 — ST: 00/14 — Hachibi: 5000/5000
[RP] Um Pouco de Descontração 2

Hawk
Chūnin
Hawk
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração 2

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Ter 24 Maio - 13:25

Chozen Senju



HP: 1100/1100 • CH: 1800/1800 • ST: 00/07 • CN: 000/400

"Equilíbrio."




Seguiu os demais, observando até mesmo que um ninja mascarado havia abordado o seu Mizukage e sensei, o que lhe deixou bastante curioso. Afinal, por que utilizava máscara? E não somente uma máscara, mas daquela forma, completamente diferente das que já havia visto em sua vida. Embora ficasse com dúvidas sobre, não iria comentar, acreditava que o Mizukage poderia solucionar tal situação. Tratou de continuar a segui-los, passando a adentrar ao local designado, e era o mesmo em que eles haviam ido em sua primeira reunião como grupo, o que lhe rendia uma excelente lembrança. Eram tão diferentes naquela época (Chozen, em especial, cujo teve uma mudança corporal e capilar exorbitante), e isso era ótimo, pois mostra que todos eles evoluíram como ninjas. Tinha total certeza de que Yohma, assim como Noboru, eram ninjas com capacitações desleais, se comparados aos demais ninjas daquela vila, e ele sabia que não estava para trás, estava treinando incessantemente para se manter como um ninja poderoso.
 
Não demorou para solicitar o seu prato, onde acabaria por comer muita carne, pedindo por diversos pedaços distintos, afinal acreditava que precisava de proteína para não perder força em seu treinamento pessoal. Se atentava a tudo que Yohma proferia, em resposta a Noboru, e orgulhava-se de ter um colega de time e rival que fazia missões de tal ranqueamento para a vila, e atentava-se principalmente ao fato de ele não querer mais ser um Chunin. Desta forma, suspirou e voltou-se a eles. ──── Muita coisa aconteceu desde a nossa primeira reunião. Eu perdi a minha avó, ela não resistiu a uma doença que tinha, e isso me motivou a não parar até que realizasse o sonho dela, independente do que eu precisasse fazer para que essa realização ocorra. Nos últimos tempos, embora que eu não tenha feito missões tão grandiosas quanto as que Yohma fez, comecei a pensar que estou longe do ranqueamento de Chunin. Adquiri habilidades que elevam a um rank muito superior ao meu atual, e eu não tenho dúvidas quanto a isso. Eu me tornei um Sábio, sensei. ──── Afirmou, resolvendo contar a eles. ──── É uma sensação estranha, inicialmente, mas quando você aprender a controlar, é algo grandioso, lhe deixa extremamente mais poderoso. Meu corpo é estranho. Já fraturei meus braços propositalmente, e eles voltam ao normal. Não foram uma, nem duas vezes, ocorre sempre. ──── Proferiu, levando seu olhar ao encontro das próprias mãos. ──── É muito esquisito. E, é claro, eu acredito ter atingido o auge da minha dominação na madeira. É uma habilidade... estranha? Eu não sei. É colossal. Eu nunca presenciei algo tão grandioso quanto aquilo. Nem mesmo em histórias, nunca presenciei algo tão ameaçador. ──── Contou, referindo-se ao Buddha, a sua estátua divina.
 
Antes de retornar a comer, tratou de proferir e finalizar. ──── Sensei, você tem alunos bastante poderosos. Se esses xuxinistas tentarem algo contra nós, eles vão apanhar até cansarem. ──── Brincou, não lembrando-se deles como jashinistas, confundindo o nome alheio.
Considerações:
[RP] Um Pouco de Descontração 22fc487fed2ff0ca328b18d37899262f

Yukito
Chūnin
Yukito
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração 22fc487fed2ff0ca328b18d37899262f

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Qua 25 Maio - 2:10


[RP] Um Pouco de Descontração B11704d76f5510acef60a192b8ab677e

UM POUCO DE DESCONTRAÇÃO



O caminho entre o gabinete e a churrascaria servia para que Ichiro finalizasse seu cigarro, se livrando da bituca e aceitando que não fumaria dentro do restaurante. O garoto não se importava com seu tabagismo, nem dava tanta importância para as reclamações de seus amigos, porém entendia que no momento de uma refeição, fumar seria de extremo mau gosto até para o garoto. Enquanto se aproximavam do estabelecimento, um ninja mascarado aparecia para informar o Mizukage de algumas coisas que não puderam ser ouvidas pelo Uchiha, no entanto, a curiosidade sobre aquele shinobi pairava nos seus pensamentos, afinal o traje que o mesmo usava resgatava longínquas memórias de seu pai biológico. Ichiro sabia que seus pais faziam parte de um esquadrão especial de Kirigakure, mas ainda não fazia ideia do que era a ANBU.

Ao se sentar na churrascaria, o pedido do jovem não se diferenciava muito dos demais, porções de carne vermelha seriam sua refeição, e sem conseguir disfarçar, seus olhos também se mostravam interessados na garrafa que entregavam para Noboru. Enquanto o rapaz comia, escutava Yohma fazendo a pergunta que ele gostaria de ter feito, tentando conseguir informações sobre o ninja mascarado de outrora, e ainda mastigando o Uchiha balançaria a cabeça indicando querer saber também sobre o shinobi misterioso.

O terceiro pedia para que seus alunos lhe contassem um pouco de como suas vidas estavam seguindo. O chūnin ria de forma amena enquanto ouvia as frases de Yohma, naquele momento de sua vida Ichiro não se comparava mais com os demais companheiros, ele na verdade se sentia bem que ambos estavam ficando ainda mas fortes que antes, dessa forma não ligava para as provocações do primo.

Parece que temos um galã na mesa… - Com a boca ainda cheia, o jovem tentava tirar com a cara do outro Uchiha, dando mais importância para seus relacionamentos do que para suas missões.

Meus sentimentos Chozen… aposto que sua avó era uma pessoa incrível, e sobre essas habilidades novas, seria incrível que você nos mostrasse em um próximo treinamento… mas assim, um sábio? Tem certeza que essa é a palavra? -  Aproveitando para também brincar com o Senju, Ichiro se impressionava com a diferença de postura entre ele e o companheiro, ambos estavam experimentando o luto de formas totalmente diferentes. As habilidades antigas de Chozen já eram incríveis, agora então as proporções que elas poderiam ter tomado assustavam o Uchiha mais velho.

Bom… eu gostaria de evitar tocar neste assunto por enquanto, mas já que foi você que pediu irei contar… acho que pode servir como um alerta para o Yohma também -  Ichiro mudava o tom da conversa olhando nos olhos de seu professor, infelizmente o rapaz não tinha a força necessária para falar sobre isso com descontração.

Eu não vivi apenas de folgas, também cheguei a treinar uma coisa ou outra… porém o acontecimento mais recente na minha vida não é tão brando como esses treinamentos. Meu pai adotivo Kenzo, foi assassinado por pessoas que queriam meus olhos… que desejavam ter o poder do Sharingan, e durante esse acontecimento minha casa também acabou sendo incendiada e destruída… consegui me vingar dessas pessoas quase que no mesmo instante, nesse momento uma habilidade nova também nasceu em mim, não sei ao certo o que foi, mas ela derivou dos meus olhos, mesmo que depois eles parecessem feridos pela dor que senti… no momento eu estou tentando colocar minha cabeça no lugar, também estou vivendo em um hotel aqui na vila, tudo isso aconteceu pouco antes de você assumir o cargo. - O garoto tentava resumir todos os acontecimentos, e torcia para que o clima da mesa não fosse destruído por suas palavras.



Legenda
 Eu Outros Pensamentos

Considerações :
Status:
Bolsa de armas:
Técnicas utilizadas:
Qualidades:
Defeitos:

[RP] Um Pouco de Descontração HfH0Myk

BisKath
Mizukage
BisKath
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração HfH0Myk

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Qua 25 Maio - 3:54

HP: ---/---
CH: 6250/6250
ST: 00/16
CN: 000/400
Palavras: 590
Noboru Inaba
Um Pouco de Descontração

Matatabi: CH: 2000/2000 | Areia: 2900/3000
Cubellios: HP: 1000/1000 | CH: 1000/1000 | ST: 00/03

Ouvir Yohma lhe perguntar quem era o homem que lhe abordou no caminho até a churrascaria não foi surpresa para o imortal, uma vez que imaginou que ao menos um dos três lhe questionaria sobre. Entretanto, antes de responder, tratou de se servir do líquido contido na garrafa de saquê e servir um pouco para Ichiro também, afinal ele não escondeu o interesse naquilo. — Talvez eu esteja sendo um péssimo exemplo, mas prova aí. — murmurou antes de focar no Uchiha para responder sua pergunta. — Aquele era um ANBU da aldeia. A ANBU é considerada uma organização militar secreta e seus membros são seguranças pessoais do Kage, tendo a função de o proteger. — disse. — E ele me falou que tivemos a ilustre visita do Pastor nos arredores da aldeia… o líder dessa religião estranha. Parece que ele vai se estabelecer em Amegakure, uma de nossas colônias. — esclareceu enfim antes de colocar sua carne na chapa. Ao citar o líder, havia um certo desdém em seu tom de voz, isso era claro. — E já que tocamos no assunto dos jashinistas, eu devo enviar vocês, ou pelo menos os que estiverem disponíveis, em uma missão especial envolvendo isso… a economia da vila não está boa pelos pescadores terem decidido só vender para quem era da religião, além de porem pressão para a saída do Jyu… enfim. Eu vou estudar a papelada e ver o melhor momento de enviá-los. — esclareceu.

Quanto às declarações de Yohma sobre as assistentes, Noboru riu.

Realmente temos um galã no time. Já fez mais sucesso que eu com todos os meus pretendentes. — murmurou, achando graça. Não que tivessem sido muitos; foram apenas dois que realmente importaram. — …O que sua graduação tem a ver com a folga dela? — ele riu mais e se preocupou em ouvir os outros.

O semblante se tornou sério outra vez ao ouvir Chozen. Ele não parecia abalado em contar aquilo, mas ainda assim Noboru se preocupava com o Senju e sua perda. Além da triste notícia, Noboru ouviu o outro falar sobre ter se tornado um Sábio, mas não sabia ao certo se ele estava se referindo a mesma coisa que Noboru conhecia. — Primeiramente, meus pêsames, Chozen. Espero que você esteja bem com a perda… Sobre ter se tornado Sábio, está falando do Senjutsu? — indagou, curioso, dando algumas goladas na bebida. O que o Senju havia descrito era bem diferente do que o imortal alcançava, o que o deixava ainda mais na dúvida se era a mesma coisa. — Sobre serem chuunins: fiquem tranquilos. Assim que as coisas ficarem mais calmas pro meu lado, irei testá-los. Todos os três. Isso dá a vocês mais algum tempo para treinarem e controlar melhor o que precisarem. Quero ter certeza de que estão mesmo aptos a ir para um outro nível. — constatou, olhando discretamente para Yohma.

Como já estava ciente de todos os assuntos burocráticos da vila, tinha conhecimento do acordo com Kumo e da urna que havia sido levada pra Kiri. Do mesmo modo, já sabia em quem Jyu havia selado o que estava na urna.

Por fim, foi a vez do Ichiro falar e o imortal suspirou pesadamente ao saber que outro dos alunos havia perdido alguém, sendo o caso do Uchiha pior; a citação aos olhos feridos e a dor que havia sentido o fez lembrar de Yohma durante a missão que fizeram juntos. — Eu sinto muito por você também, Ichiro. Eu já te disse isso, mas vou repetir: pode contar comigo para qualquer coisa. Inclusive se estiver difícil de viver no hotel. — concluiu, enchendo o próprio copo outra vez.

INFOS:


Emme


[RP] Um Pouco de Descontração 2D43bjd

Sekiro
Chūnin
Sekiro
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração 2D43bjd

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Qua 25 Maio - 14:44


II.

O rumo que a conversa tomava não era do devido agrado de Yohma. Primeiro, porque não tinha como encaixar-se no tema sem parecer que os demais problemas de seus amigos não importavam, e segundo, pois era impossível comentar sobre questões que não tinham respostas. Portanto, sua presença naquela localização mais se assimilava a um grande corpo indiferente, do que realmente alguém preocupado com o andamento das questões de seus amigos.

A maior problemática, era que o Uchiha não podia ser hipócrita. Embora sentisse pesar nas palavras dos colegas, sua maldição particular parecia focar-se somente no quanto haviam evoluído. Querendo ou não, enquanto todos treinavam para aperfeiçoar suas habilidades, Yohma se concentrava em coisas distintas. Focava-se em missões, desenvolvia seu lado psicológico e de liderança, coisas centrais das quais não possuía na primeira vez que se sentou naquela mesma cadeira. Porém, seu poder, arsenal de habilidades e ademais coisas, não trazia nenhuma crescida exponencial de poder.

Yohma era apenas um shinobi mediano, do qual sua maior habilidade lhe causava máculas. De tal modo, o mancebo semicerrou os punhos com as palavras de Chozen, como se estivesse ponderando o que dizer. — Sábio... Interessante. Regeneração, surpreendente. Só é engraçado como sempre se gaba tanto do seu poder, mas nunca usa isso em benefício do vilarejo. Não realiza missões, não se interessa por nada, assim como os Jōnin que tanto criticou em Shimogakure. O que acontece, Chozzy? Tornou-se um medroso? — disse em tom de provocação, evidenciando a rivalidade de ambos. Era complicado para Yohma tentar equiparar-se em poder, mas efetivamente possuía muito mais importância para a Névoa do que o próprio colega do clã Senju.

Dominado pelas sensações estranhas, o Uchiha ignorou as possíveis falas sobre ser um galã, refletindo sobre dois polos. Como presumido, Ichiro realmente havia alcançado o poder do seu Mangekyō Sharingan, embora Yohma não contivesse a resposta se as habilidades de ambos eram similares, idênticas ou totalmente distintas. E a outra, seria a forma como Noboru referia-se aos shinobis mascarados. O desejo do Mizukage, portanto, era para que entrasse naquele grupo, mediante os constantes pedidos para que fosse um guarda-costas?

Ichiro. Tome cuidado com o uso de suas habilidades, seja lá quais elas sejam. O nosso dōjutsu é perigoso, e traz muitos efeitos colaterais como resposta a tamanho poder. — tentou dar a dica ao primo, sem entrar tanto no mérito de suas habilidades. Um dia faria aquele questionamento, mas agora não era o momento ideal para aquilo. Após, virou-se a Noboru. — Desejo ir nessa missão. Achei que uma folga seria o ideal para limpar minha mente, mas parece que deixando ela vazia, a mesma se torna uma oficina do diabo. — confirmou sua presença, não tocando nos demais assuntos.


Leia as considerações:
HP: 2000/2000 — CH: 3100/3100 — ST: 00/14 — Hachibi: 5000/5000
[RP] Um Pouco de Descontração 2

Hawk
Chūnin
Hawk
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração 2

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Qua 25 Maio - 15:58

Chozen Senju



HP: 1100/1100 • CH: 1800/1800 • ST: 00/07 • CN: 000/400

"Equilíbrio."




Havia contado boa parte das coisas que havia aprendido com o passar do tempo, mas agora era o momento de escutar. As palavras de Ichiro adentravam ao ouvido do rapaz, observando que ele também havia tido uma perda consideravelmente intensa, e talvez isso tenha sido o motivo pelo qual o rapaz pudesse estar chorando em um outro momento, o que fez com que acentuasse com a cabeça, como indicação de que retribuía as palavras sobre conforto para o Uchiha, entendendo a dor que ele poderia ter sentido. Para o Senju, nada se compararia a ter perdido sua avó, foi a pior sensação de sua vida, mas ele se desmoronaria por completo, se caso não conseguisse completar com o sonho alheio, e era isso que o motivava. Ainda nas falas dele, podia refletir sobre algo.  O assassinato ocorreu por pessoas que queriam os olhos do rapaz, e lembrava-se de antes mesmo de saber sobre os olhos de Yohma diretamente, percebia que o Uchiha era menos agressivo em suas palavras e atitudes, o que lhe fazia ficar encucado. Afinal, o quão raros eram aqueles olhos? Eles moldavam as personalidades alheias, talvez? Ele não entendia inicialmente, mas talvez aquela equipe fosse mais rara do que aparentava. Se ele possuía uma capacitação que vem a existir em uma única pessoa por geração dentre os Senju, os outros dois Uchiha não estavam atrás, com seus olhos intensos. Isso era curioso, definitivamente.
 
Embora que em seus pensamentos, pôde ouvir as palavras de Noboru, principalmente indagando sobre o Senjutsu, e não demorou a respondê-lo. ──── Sim, sensei. Eu dominei o Senjutsu. No Modo Sábio, eu consegui expor diversas habilidades, principalmente a que eu jamais acreditei que um ser-humano como eu conseguiria fazer. ──── Afirmou, observando uma breve movimentação de Yohma com os punhos, o que fez com que levasse seu olhar ao rival, ouvindo tudo o que ele tinha a dizer. O fato dele ter proferido tais coisas, fizeram com que o Senju acabasse por entrar na onda provocativa dele. Era evidente que não havia feito tantas coisas pela vila, nem mesmo se quisesse negar, ele conseguiria, então acabou utilizando de um outro mecanismo para entrar em confronto. Levantando ambas as mãos na altura do peitoral, o Senju simulou um tremor incessante com as mãos, junto a uma feição de pavor. ──── Sim, Yoh. Eu estou tremendo de medo, meus dentes estão ficando quebradiços com o tanto que me tremo. ──── Ironizou, logo retomando a feição natural e parando com os tremores nas mãos. ──── Foi o único que se incomodou com o que eu disse, você tem que ver de onde vem esse sentimento de inveja aí. Não é nada saudável. ──── Brincou com o Uchiha, logo retornando o olhar para Noboru, fechando a feição. ──── Eu vou para a missão, sensei. Poderia nos dizer mais detalhes da missão? Por mim, vou para ela agora mesmo. ──── A confirmação de sua presença ocorria, enquanto pensava consigo que realmente deveria estar mais por dentro dos assuntos da vila, antes que se tornasse mais um dos Jounins fracos que fugiam das missões.
Considerações:
[RP] Um Pouco de Descontração 22fc487fed2ff0ca328b18d37899262f

Yukito
Chūnin
Yukito
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração 22fc487fed2ff0ca328b18d37899262f

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Qua 25 Maio - 22:02


[RP] Um Pouco de Descontração B11704d76f5510acef60a192b8ab677e

UM POUCO DE DESCONTRAÇÃO



O garoto sorria ao perceber que Noboru lhe servia uma dose do saquê, talvez o chūnin se assemelhasse mais com o seu professor do que com os garotos que regulavam com a sua idade no time, enquanto os rivais pareciam se apegar mais com a saúde e forma física, o Uchiha gostava de ter seus momentos de descanso e de desestressar fumando um cigarro, e quem sabe tomando saquê a partir de agora. O garoto agradecia o Mizukage mas não experimentava a bebida ainda.

Finalmente o rapaz descobria em quê seus pais biológicos estavam metidos, a explicação sobre a ANBU ligava vários pontos que antes não tinham explicação, e despertava ainda mais a curiosidade do garoto para saber como que os ninjas eram recrutados para esse esquadrão, a ANBU fazia parte de sua história, e quem sabe poderia ser um objetivo a longo prazo para o Uchiha. Talvez seguir um caminho que antes seus pais já haviam seguido, porém isso ainda seria pensado melhor pelo garoto, que decidia não estender o papo sobre um esquadrão secreto no meio de um restaurante, assim apenas ouvindo o que Noboru decidia falar.

Depois de desabafar sobre os acontecimentos, finalmente Ichiro daria um gole na dose de saquê servida por Noboru, como se estivesse tentando aliviar o sofrimento causado por reviver o trauma. Seu rosto se contorceria, logo após uma pequena e única tosse seria dada devido o primeiro contato de Ichiro com o álcool.

 Delícia…- Dizia tentando disfarçar o amargo que sentiu ao beber.

 Obrigado Noboru, isso significa muito para mim… vocês no momento são as únicas pessoas que eu tenho, e agradeço pela empatia. Yohma... em outra ocasião podemos conversar mais sobre estes olhos? Não tenho muitas informações sobre o nosso clã… você parece estar mais inteirado nesse assunto. - Agradecia, e logo após bebia mais um gole do saquê, dessa vez descendo mais suave, porém a tosse no final também era repetida.

 Também podem contar comigo nessa missão, estou ao dispor da Névoa




Legenda
 Eu Outros Pensamentos

Considerações :
Status:
Bolsa de armas:
Técnicas utilizadas:
Qualidades:
Defeitos:

[RP] Um Pouco de Descontração HfH0Myk

BisKath
Mizukage
BisKath
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração HfH0Myk

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Qua 25 Maio - 22:35

HP: ---/---
CH: 6250/6250
ST: 00/16
CN: 000/400
Palavras: 382
Noboru Inaba
Um Pouco de Descontração

Matatabi: CH: 2000/2000 | Areia: 2900/3000
Cubellios: HP: 1000/1000 | CH: 1000/1000 | ST: 00/03

Noboru se pôs a comer e a beber mais enquanto ouvia as palavras dos demais, afinal não poderia beber nada enquanto estivesse no gabinete. Estar com os alunos naquele momento era realmente bom para sua cabeça, tanto que ele nem estava vendo o tempo passar enquanto jogavam conversa fora e comiam ali. Inclusive, enquanto estava calado e apenas escutava os outros três, notava uma clara rivalidade entre Chozen e Yohma, principalmente em meio as alfinetadas que davam um no outro com frequência. — Eu espero que vocês usem essa implícita competição para continuarem melhorando. — comentou enquanto assimilava o que Chozen havia dito sobre o modo Sábio. Realmente era algo muito diferente do que ele havia conhecido através das cobras; o seu senjutsu em si não lhe concedia uma regeneração avançada, mas o chakra que a Hakuja Sennin lhe concedeu, sim , permitia uma regeneração mas nada tão elevado.

…É bem diferente do senjutsu que eu uso. Você deve se lembrar, usei em Shimogakure. — murmurou para Chozen. — A estranha pele escamosa era um dos efeitos colaterais… não que eu realmente me incomode. Existem muito mais benefícios que malefícios. — disse entre um e outro pedaço de carne que devorava lentamente. — Lembro que o Yohma me pediu para aprender isso, então logo ele também será um Sábio… mas como ele invoca serpentes, ficará parecido comigo durante a transformação. — afirmou.

Isso melhora com o tempo. Assim como acontece quando se fuma pela primeira vez. — disse sem conseguir evitar de achar graça de Ichiro enquanto este bebia e fazia uma careta. Felizmente, os três mostraram disposição para a missão, mas ele negou com a cabeça para a pergunta de Chozen. Não daria muitos detalhes ali. Preferiu passar mais algum tempo com eles antes de acabar de comer e de beber, se levantando e ajeitando o sobretudo no corpo. — Eu adoraria passar mais tempo aqui com vocês, mas o dever me chama. Tenho muita coisa para terminar de analisar e ver como vou resolver o problema dos jashinistas. — disse. — Peço que se cuidem e, se precisarem de qualquer coisa, sabem onde me procurar. Entrarei em contato em breve.

Ele acenou para os três e deixou o dinheiro na mesa para que pagassem pelo que consumiram; havia até mesmo um pouco mais para que eles pudessem ficar mais um pouco se desejassem. E assim ele saiu dali.

INFOS:


Emme


[RP] Um Pouco de Descontração 2D43bjd

Sekiro
Chūnin
Sekiro
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração 2D43bjd

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Qua 25 Maio - 23:46


III.

Deixou que as mãos amaciassem o próprio cabelo, jogando-o para trás e intensificando a bagunça que constituía o ninho no topo de sua cabeça. Era inegável que estava frustrado, mas novamente era incapaz de expressar-se da forma devida. Pensar naquilo trazia-lhe uma expressão curiosa, interposto por um sorriso desmotivado no canto dos lábios. A cena era muito irônica, visto que Chozen indicava uma possível inveja por parte do mancebo. O que mais incomodava Yohma não era o fato de ser denominado daquela forma, mas sim que as palavras do colega eram verdadeiras. Muitas de suas provocações derivavam de inveja e do desejo de fortalecer-se para derrotar seu rival, se assim fosse possível um dia. Aparentemente, no momento não era.

Não é incômodo, é uma constatação. Você fala demais para quem pouco faz, e estou cansado disso. — foi simplório, olhando para Ichiro que lhe pedia para falar mais dos olhos. O Uchiha mais novo assentiu, concordando que precisava auxiliar o mesmo em um futuro impreciso. Se de fato fossem para a missão, talvez coubesse a oportunidade, mas no momento não era possível. Haviam muitas cabeças e lóbulos em um local só. — Certo. — concluiu a fala, mordiscando a última fatia de carne e se levantando da mesa.

Yohma fitou a presença de Noboru, dando de ombros a tudo o que era sibilado. Como característico, estava completamente impaciente com toda aquela reunião, o que se tratava da normalidade. O Uchiha nunca fora sociável, contudo, era notório que cada vez mais desenvolvia uma postura indiferente quanto aos seus colegas, representado pela ausência de quaisquer sentimentalismos para com as perdas alheias. Não se sentia melhor do que ninguém, mas cada vez mais tratava tais ocorrências como ossos de ofício. Aquilo o incomodava.

Hum... — deixou que Noboru encerrasse a menção de que ensinaria algo futuramente ao mancebo, esperando que ele saísse para se virar aos colegas de time. — Estaremos indo em uma missão em breve, e liderarei o grupo. Não se atrasem, e muito menos sejam um peso. Portanto, usem o pouco tempo que nos resta para treinar algo mais ou adequar suas ferramentas e vidas particulares. Ichiro, tenho uma moradia aos arredores da Névoa, e se um dia precisar de abrigo, pode ir ao local. — e murmurou finalmente, movendo a cabeça positivamente uma última vez para se retirar do local.

O Uchiha precisava resolver problemas, pois quanto mais fugia dos mesmos, maiores eles se tornavam.


Leia as considerações:
HP: 2000/2000 — CH: 3100/3100 — ST: 00/14 — Hachibi: 5000/5000
[RP] Um Pouco de Descontração 2

Hawk
Chūnin
Hawk
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração 2

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Qui 26 Maio - 11:57

Chozen Senju



HP: 1100/1100 • CH: 1800/1800 • ST: 00/07 • CN: 000/400

"Equilíbrio."




O desenrolar daquela reunião acontecia, o Senju permanecia se alimentando, tratando de se deliciar com todas as carnes solicitadas por ele, e que pesavam em sua barriga após serem ingeridas. Lembrava-se, através do peso de sua barriga, de quando começou a comer mais, onde Gamabunta insistia que ele não parasse de comer, visando engordá-lo para eventualmente se tornar mais parrudo, pois era de fato bastante franzino, apesar de sua altura bastante elevada. Ouvia atentamente as palavras de seu sensei, sobretudo referente ao modo Sábio, e era curioso, pois o do Senju era extremamente diferente mesmo, ele apenas possuía algumas marcações na região do rosto e na testa, mas nada que fosse tão chamativo, e seu grau de poder aumentava significativamente. Sabendo que seu rival também aprenderia o Senjutsu, ele sabia que não poderia parar com seu treinamento, já que o nível de uma pessoa que dominasse o Senjutsu se tornava muito acima.
 
Até ouvia o que Yohma tinha a dizer, mas apenas tratou de elevar os seus ombros, ainda com a boca cheia de comida, sem tempo para respondê-lo. Era nítido que eles se provocavam e uma rivalidade estava sendo cada vez mais intensificada, e isso era bom, o próprio Senju sabia disso. Se ambos se motivassem a melhorar por conta do outro, provavelmente se tornariam imbatíveis no futuro. Conforme eles iam se despedindo, novamente ouvia Yohma em referente a eventual missão, que ele estava completamente ansioso para tal. Iria, enfim, conseguir mostrar a todos eles grande parte de seu poder, e o quanto ele se tornou mais forte, desde a última vez em que eles de fato participaram de algo em conjunto, seja missão ou até mesmo um treinamento. Conforme encerrava a sua alimentação, o Senju tratava de se despedir do único colega que ainda estava ali, Ichiro, e logo partiria para as ruas de Kirigakure, visando chegar em sua casa. 
Considerações:
[RP] Um Pouco de Descontração 22fc487fed2ff0ca328b18d37899262f

Yukito
Chūnin
Yukito
Vilarejo Atual
[RP] Um Pouco de Descontração 22fc487fed2ff0ca328b18d37899262f

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado Sex 27 Maio - 5:04


[RP] Um Pouco de Descontração B11704d76f5510acef60a192b8ab677e

UM POUCO DE DESCONTRAÇÃO




Onde a rivalidade do Uchiha mais novo e do Senju poderia chegar? Essa era dúvida que restava para Ichiro naquela reunião. Enquanto terminava de comer as suas porções de carne e de tomar seu saquê, o rapaz percebia que o Mizukage também estava se preocupando com os ânimos aflorados dos companheiros que competiam entre si.

Era a primeira vez que o garoto ouvia sobre senjutsu também, não entendia ao certo  o que era aquela técnica, de onde ela derivava ou os seus reais efeitos, mas era muito importante para que o garoto retomasse a vontade de ficar mais forte, visto que seus companheiros pareciam ter evoluído de forma surpreendente. E falando especificamente do modo sábio, parecia que Chozen estava em um nível mais próximo de Noboru, o que também era impressionante.

 Obrigado Yohma, talvez eu apareça por lá em algum momento… - O garoto dizia com a fala um pouco enrolada, o álcool começava a fazer efeito, o chūnin não tinha ingerido uma quantidade suficiente para que ficasse bêbado, mas conseguia perceber pequenas mudanças em seu corpo.

E após a reunião acabar, Ichiro agradeceria Noboru e seus amigos e voltaria para o hotel onde estava passando um tempo, aqueles momentos eram muito valiosos para alguém que se via sozinho como o Uchiha estava se vendo.



Legenda
 Eu Outros Pensamentos

Considerações :
Status:
Bolsa de armas:
Técnicas utilizadas:
Qualidades:
Defeitos:

Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [RP] Um Pouco de Descontração - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas