:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Kumogakure no Sato :: Centro da vila
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Outono
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[KUMO 雲] — Biblioteca 42AtZ2x

SirSalvatore
Raikage
SirSalvatore
Vilarejo Atual
[KUMO 雲] — Biblioteca 42AtZ2x

[KUMO 雲] — Biblioteca - Publicado 19/1/2022, 11:25



Biblioteca do Vilarejo


A Biblioteca do Vilarejo é uma área restrita aos moradores da aldeia (e viajantes com permissão prévia do Kage) contendo diversos livros, pergaminhos e ensinamentos passados de geração em geração dentro da aldeia. Cada vilarejo tem seus próprios ensinamentos, técnicas e adições feitas pelos seus shinobis através dos anos. Os conhecimentos obtidos nesta zona é completamente adicionável a ficha de personagem, sendo esta uma zona ON comum.


Informações Gerais


Cada aldeia possui uma série de Informações Gerais. Estas são próprias da aldeia e mesmo que a Biblioteca seja destruída, a reconstrução terá eles novamente. Cada informação é considerada um Livro ou Pergaminho e o aprendizado de cada um necessita de uma narração de 200 palavras, diminuindo em 20 para cada ponto em Inteligência do personagem. Os livros/pergaminhos também são colocados em divisões de acordo com o nível do personagem, sendo assim, um Genin nunca poderá ler o conteúdo da ala de Jonins, mas um Jonin pode, se quiser, ensianar um membro Genin.

Lista de Livros & Pergaminhos:


Informações Compartilhadas


A área de Informações Compartilhadas é aberta aos membros transcreverem seus conhecimentos em pergaminhos/livros e deixarem aos demais membros da aldeia como uma ajuda. A transcrição deve ser feita numa narrativa de, no mínimo, 100 palavras para cada conteúdo adicionado e deve seguir o template indicado. Assim que feito, deverá solicitar a adição na lista.

Lista de Livros & Pergaminhos:
Código:
[quote][b]Nome[/b]
[b]Nível:[/b] (a partir de qual graduação)
[b]Bonificação:[/b] (qual informação)
[b]Autor:[/b]
[b]Descrição:[/b]
[b]Link:[/b] (onde o conhecimento foi adquirido) [/quote]


Pergaminhos de Técnicas da Aldeia


Cada aldeia possui uma ala com os Pergaminhos de Técnicas da Aldeia contendo diversas técnicas aos membros aprenderem, sejam os dados dela ou ela em si, sem custos. Os pergaminhos não podem ser levados da biblioteca, mas os membros podem transcrevê-los para treinar com uma narração de 100 palavras mínimas - ao caso de leitura para obter conhecimento, as normas são consideradas de Informações Gerais. Assim como as demais áreas, eles são subdivididos em graduações.

Caso um personagem queira adicionar uma técnica sua (criada) na lista da aldeia, ele deverá transcrevê-lo em no mínimo 100 palavras colocando a descrição da técnica e selecionando para qual graduação mínima.

Lista de Pergaminhos de Técnicas:

Template para Adição:
Código:
[quote][b]Autor:[/b] (personagem)
[b]Link de Aprovação:[/b]
[b]Graduação Mínima:[/b]
Descrição Geral.[/quote]



_______________________


[KUMO 雲] — Biblioteca Pngwin11
[KUMO 雲] — Biblioteca C4599a787e670a5bea510e161d127f190f4eb048

Dazai
Chūnin
Dazai
Vilarejo Atual
[KUMO 雲] — Biblioteca C4599a787e670a5bea510e161d127f190f4eb048

Re: [KUMO 雲] — Biblioteca - Publicado 29/1/2022, 01:26


Lost in Paradise

"Ahhh... Que mizera, vou ter que estudar." Dentre alguns suspiros preguiçosos desgastado pelo cansaço o jovem Genin caminhava pelas pontes de Kumogakure, sua recém graduação veio com uma lista de afazeres para manter um ritmo constante de obrigações, dentre elas a prática mental, estudar era uma das muitas formas de conseguir aprimorar a mente que posteriormente, ajudaria o trabalho do corpo, ter informações sobre estratégias de guerra ou técnicas usadas podia ser essencial durante um combate, além de que a mínima noção sobre o mundo ninja era fundamental para qualquer um que adentrasse na carreira militar.
O clima do outono era bastante presente naquela região, o ar gélido que congelava os pulmões apenas de inspirar pequenas quantias junto de fortes ventos que balançavam as longas pontes da vila. Yuta adentrou lentamente o interior daquela vasta construção com agora sua bandana da Vila Oculta da Nuvem sendo ostentada em seu braço direito, estrutura essa que era denominada de "Biblioteca da Vila", se dirigindo dentro do recinto a seção particular para as forças militar da vila, buscando dentre os manuscritos o primeiro livro de sua lista dentre as estantes.


Mapa do País
Buscando dentre as estantes, o Genin avistou um livro que se destacou entre os demais. "Geografia de Kumo e Outros Paraísos da Vila!" era o que ditava na lombada da capa, Yuta estendeu levemente seu indicador da mão direita, tirando o livro específico daquele amontoado e enfim lendo calmamente sua sinopse estampado em sua capa violeta "Eu realmente preciso aprender sobre o mapa daqui? Se bem que eu não explorei muito esse lugar desde que passei a morar aqui." O que o livro se tratava já estava evidente, então, só sobrou ao Hattori enfim ler e aprender o que ele podia. Durante longos minutos na cabeça de Yuta, começou a passar a entender sobre vários aspectos da vila que antes não tinha muita ideia, apesar do título vulgar, a descrição sobre relevo, clima variante entre estações, rotas populares, vilas vizinhas, números ditando informações mais geográficas como o tamanho médio do país, distâncias em quilômetros, tudo era extremamente detalhado, possuindo até um extenso mapa geral que facilitava o entendimento para qualquer um que quisesse se aprofundar um pouco mais neste tópico, Yuta não viu outra alternativa além de analisar e absorver todo o conhecimento que aquele livro estava disposto, até mesmo seus minuciosos detalhes, ele conseguia deduzir que um dia talvez essas informações fossem ser úteis para as mais diversas missões que pudesse realizar em prol militar para a vila. Ao terminar sua leitura, o Genin devolveu o livro fechado em seu respectivo lugar na estante e então, começou a buscar o próximo em sua vasta lista.

Mapa Mundi
Percorrendo dentre as vastas estantes de madeira da biblioteca, andava com seu braço esquerdo levemente estendido rente ao seu corpo para poder olhar brevemente o próximo item de sua lista, assim, buscando dentre aquela vastidão seu objetivo. Segundos se passaram e Yuta havia achado um livro peculiar, ao o retirar da ordem posta na estante, rapidamente percebeu do que se tratava após analisar sua capa cinzenta "Cinco Grandes Nações Ninjas". Um livro parecido com o anterior que havia lido, porém, agora ditando sobre todo o Mundo Ninja, o jovem foi o carregando até uma mesa próxima, assim começando sua leitura. Ao analisar todo o livro, conseguiu absorver e compreender todas as potências mundiais que regiam o mundo junto de Kumogakure, sendo elas: Konohagakure, Kirigakure, Iwagakure e Sunagakure, cada uma tendo suas próprias forças e defesas naturais. O livro também contava brevemente sobre os fenômenos climáticos regentes de cada um dos países, mas não era tão detalhado quanto o livro focado na vila da nuvem, Yuta pensou que provavelmente em cada país tinha um livro como esse, mas não poderia lê-los e nem tinha vontade de fazer isso agora. Foi acompanhando cada parte, fazendo rápidas "colas" no mapa contido no Sumário para acompanhar toda a leitura, ao acabar, assim como anteriormente, devolveu o livro a sua ordem horizontal e então começou a buscar para o próximo.

Conhecimentos sobre Genjutsu
Numa seção subsequente, Yuta já havia avistado o próximo de sua lista, uma capa alaranjada ditando "A Arte é uma Ilusão." Ao contrários dos outros tópicos, o Genin não sabia do que se tratava, ele havia procurado antes os livros que ele poderia ler quando se graduasse e viu que este estava na lista, mas não sabia o motivo, o título contava algo sobre ilusões mas o Hattori genuinamente achou que era só um livro escrito sobre um grande ninja sobre arte ou coisa parecida, mas, abriu a primeira página para realmente ver se suas deduções estavam corretas, se espantando, descobrindo que não era nada do que ele havia pensado e sim uma técnica única assim como Ninjutsu ou Taijutsu, esse campo específico era a Técnica Ilusória, ou o Genjutsu, curioso, Yuta começou a adentrar seus pensamentos dentre aquelas finas páginas, buscando entender o que isso poderia ser e como funcionava, depois de ler algumas páginas logo lembrou de algumas lições na academia ninja sobre a dissipação de técnicas desse tipo. Após ler levemente sobre o assunto abordado, descobriu uma vertente ninja, que ao invés de atingir o físico de seu alvo, essas técnicas focavam em atingir aqueles com uma mente fraca ou só uma inteligência abaixo da média, afetando seu sistema nervoso e até mesmo criando alterações no fluxo de chakra, Yuta precisou ler e rever a mesma página algumas vezes para entender, mas resumiu em sua cabeça que enfrentar usuários de técnicas ilusórias seria uma luta perigosa em sua carreira shinobi, era algo para no mínimo se dar uma atenção privilegiada  "Eu preciso aprender a combater gente desse tipo, se não eu to ferrado, bom, acho que ir atrás de gente que sabe pode ser uma boa, mas sabe-se lá onde eu vou achar gente assim." Repetiu o mesmo processo de devolver o livro, e em seguida, partiu para o último que iria ler hoje, estava ficando tarde e Yuta não queria desregular seu sono com tanta frequência.

Conhecimentos sobre Selos de Mão
Contemplando rapidamente a noite pelas janelas da estrutura, Yuta foi andando com certa pressa devido o encerramento do turno do estabelecimento, buscou o último livro da lista que iria ler nesse dia, puxando da estante rapidamente com seu dedo indicador esquerdo e indo para uma mesa perto para terminar sua leitura. Com um pouco mais de calma, viu que a capa entregava bem o assunto do livro, afinal, ela exclamava "Arte Ninja - Selos de Mão". E retirando sua capa e vendo o seu conteúdo, pode assimilar as informações contidas no sumário com a capa, afinal, ela já se entregava por si próprio. Começou sua leitura com a introdução, Selos de Mão nada mais eram do que uma forma de manipular a quantidade de chakra usada nas técnicas ninjas e cada jutsu pode possuir uma sequência única de selos utilizados, afinal com seus 12 selos constituintes, possuem combinações infinitas que podem ser realizadas. Yuta foi lendo e compreendendo todos os selos que eram os mesmos do calendário zodíaco chinês, sendo eles: Cobra, Dragão, Coelho, Cavalo, Pássaro, Cachorro, Tigre, Carneiro, Javali, Rato, Boi e Macaco, e dentre cada selo exibido, foi fazendo uma amostra com suas mãos, praticando a manipulação de seu chakra com cada um deles, o que não era uma tarefa dificil, afinal, ele tinha um domínio inato sobre seu chakra.
Após aprender a fazer todos os selos, devolveu o livro e dando uma pequena gorjeta para a bibliotecária pela demora em sua estadia, enfim voltando para casa contente com suas novas informações adquiridas, mesmo não gostando muito de estudar, ele havia achado levemente divertido.


Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:
1266 Palavras
- Falas
"Pensamentos"



225 225 225
225 225 225
00 03 03








Última edição por Dazai em 29/1/2022, 14:44, editado 1 vez(es)
[KUMO 雲] — Biblioteca Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[KUMO 雲] — Biblioteca Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [KUMO 雲] — Biblioteca - Publicado 29/1/2022, 01:44

Player: @Dazai.
Situação: Aprovado.
Considerações: Otário.
Recompensa: Conhecimentos

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[KUMO 雲] — Biblioteca E9e82fe2064cced17e9f8cbff8a1b32b

Luna
Jōnin
Luna
Vilarejo Atual
[KUMO 雲] — Biblioteca E9e82fe2064cced17e9f8cbff8a1b32b

Re: [KUMO 雲] — Biblioteca - Publicado 4/4/2022, 12:43





[KUMO 雲] — Biblioteca R7zll1249rf61

"Violle Grace, Sarutobi, aquele garoto de Konoha, todos estavam usando poderes de jinchuuriki durante a luta", enquanto transitava pela biblioteca, Mei se recordava da batalha no laboratório de Moira.

"A forma que aquele garoto assumiu, aquela era a Kyuubi maldita ", Shukaku lhe respondeu, mais uma vez demonstrando raiva ao se referir a ela.

Desde que voltaram de Kirigakure eles haviam conversado algumas vezes sobre a questão das outras bijuus. A confirmação de quem eram seus hospedeiros era uma informação importantíssima, sobretudo para aquela dupla. Agora, para complementar as informações passadas pelo Ichibi, Mei, valendo-se de seus privilégios da patente, foi atrás de mais informações documentadas sobre as Bestas de Cauda. Seus nomes – uma nomeação genérica do um ao nove, que se referia ao número de caudas –, sua aparência conhecida e o que era um jinchuuriki. Muitas daquelas informações ela já conhecia, mas ficou feliz por poder enfim complementá-las.
Agora, na próxima vez que estivesse de frente a outro jinchuuriki, saberia reconhecer o que havia dentro dele.

[...]

Quase que atrelado as bijuus, havia um segundo pergaminho que lhe chamou a atenção. Este, que requeria um acesso especial reservado apenas ao Jounin's da vila, falava sobre uma Kekkei Genkai listada como especial. Quase um mito entre os Shinobis: força, raridade e grandiosidade de feitos – nada parecia faltar para ela. Tratava-se do Mokuton, a lendária Liberação de Madeira.

"Ah, esse sim seria um prêmio e tanto", o Ichibi disse, como se estivesse se lembrando de algo de seu passado.

Ogosho continuou sua leitura, ávida pelo conhecimento, digerindo cada palavra daqueles relatórios e descrições.

"Então esse é o Mokuton, que era usado por Senju Isirus. Eu me pergunto onde tamanho poder vai renascer"

[...]

O último pergaminho relevante daquela sessão falava sobre uma habilidade que, segundo os relatos contidos ali, era originária de Kumogakure. Hoje, pelo que parecia, infelizmente o segredo havia se espalhado pelo mundo, de maneira que mesmo aqueles de outras nações pareciam ser capazes de dominá-la. Era o Kuroi Kaminari, a capacidade de projetar raiton de coloração negra. Estranhamente, não estava listado como uma Kekkei Genkai, mas sim uma habilidade que podia ser aprendida.

Mei não era usuária de Raiton, então não via utilidade na técnica para si. Mas saber como reconhecê-la poderia se provar uma vantagem, visto que sempre acreditou que conhecimento era a melhor arma para se ter em mãos no campo de batalha.

[...]

Regredindo um pouco pelas seções, Mei foi atrás de mais habilidades que lhe pudessem ser úteis no futuro – mesmo que apenas por conhecer sua funcionalidade. Em meio a procura e reclamações de Shukaku sobre aquilo ser tedioso (e ela mandando ele voltar a dormir), acabou encontrando algo que lhe chamou a atenção.

O tomo falava sobre um árvore de habilidades que tinham a capacidade de, em poucas palavras, absorver chakra. Mas não era uma absorção passiva como ela fazia com o Chakra Natural do ambiente, mas sim algo com propósitos tanto defensivos quanto ofensivos. O nome era Chakra Kyuin, algo que ela não iria se esquecer.

[...]

Mudando totalmente de sessão, Ogosho partiu para uma área reservada a geografia e cartografia. Vários mapas cobriam as paredes, repletos de desenhos, notas de rodapé e marcações indicando pontos importantes ou com alguma relevância. O primeiro que ela pegou para analisar foi um mapa referente ao País do Relâmpago, onde ela morava.

Poderia até parecer irônico que, sendo uma Jounin, ainda precisasse desse tipo de informação. Mas, mesmo que já tenha ido para todo canto em suas missões, segundo a própria Ogosho, a mente precisava da leitura tanto quanto a espada precisava da pedra de amolar, caso quisesse se manter afiada.
O que era uma ótima desculpa e uma maneira bonita de dizer que ela é uma rata de biblioteca que não consegue evitar ler o que cair em sua frente.

[...]

O segundo mapa que ela tomou em mãos era muito maior, precisando que ela limpasse a mesa para desenrola-lo sobre ela, cobrindo toda sua superfície. Usando algumas kunais como peso nas pontas, conseguiu mantê-lo aberto e assim ganhar acesso ao seu conteúdo.

Era um Mapa Mundi, contendo informações básicas sobre quase todo o mundo conhecido.
Bom, na verdade, era um mapa de bosta, ela pensou. Ali estava listado apenas as Cinco Grandes Nações, seus nomes e vilas principais. Nada sobre os países menores e absolutamente nada sobre suas colônias.

Suspirando, um tanto desapontada, pelo menos agora sabia como chegar em qualquer uma das Grandes Nações.  

---------•---------

HP: 1.625 /1.625 | CH: 5.000/5.000 | ST 00/16
Samehada: 000/500 | Shukaku: 1.500/1.500 | CN: 000/400
Areia: 3.000/3.000 | Tinta: 2000

Informações:

SUGAR

_______________________

Yōkai
I could show you incredible things

GFFichaMod-Ag
[KUMO 雲] — Biblioteca Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[KUMO 雲] — Biblioteca Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [KUMO 雲] — Biblioteca - Publicado 4/4/2022, 13:30

Situação: @Luna Aprovado
Considerações: -
Recompensas: Conhecimento Geográfico do País da Nuvem; Conhecimento Geográfico Mundial Básico; Conhecimentos Básicos sobre Chakra Kyuin; Conhecimentos Básicos sobre as Bijuus; Conhecimentos Básicos sobre o Mokuton.
[KUMO 雲] — Biblioteca TqHE5wX

ItsHalno
Tokubetsu Jonin
ItsHalno
Vilarejo Atual
[KUMO 雲] — Biblioteca TqHE5wX

Re: [KUMO 雲] — Biblioteca - Publicado 13/5/2022, 23:29



1964⬧ Como descobriram!? ⬧



HP [ ——— ] ◆ CH [ 4500 / 4500 ] ◆ ST [ 0 / 8 ] ◆


Haviam certas coisas na vida que não mudavam. Um deles, o fato de que a Biblioteca do Vilarejo, apesar de não ser mais tão movimentada quanto costumava ser, e estar um pouco dilapidada... Ainda era um dos meus lugares favoritos para passar o tempo.

Mas, um fato que deixei passar pela minha mente havia retornado – Agora eu era uma Tokubetsu Jonin. Eu tinha acesso aos mais diversos livros e pergaminhos para todas as informações que eu, uma vez, não tinha acesso...

Era uma sensação magnífica. Cheguei no local empoeirado com uma grande jarra térmica de chá, e um pergaminho e caneta para fazer anotações. Apenas acenei para a bibliotecária, que nem se importou muito com minha presença no lugar.

Bom, Hora de aprender...

Conhecimentos Básicos de Genjutsu (110 Palavras)

Decidi começar pelo mais básico, pelo que eu não havia lido ainda... E rapidamente percebi que esse pergaminho era fácil demais, especialmente para mim.

De certa forma, os conhecimentos presentes aqui eram apenas práticos para os usuários mais noviços da arte, nos primeiros dias do aprendizado. Ainda assim, reforçava alguns pontos que eu fazia agora quase em piloto automático – O Controle de Chakra e como desfazer uma ilusão, sendo os dois pontos mais focados no volume.

Não podia negar que estava decepcionada com a leitura... Mas todo o conhecimento era ouro. Em particular, notei que esse conhecimento poderia ser útil – Caso precisasse ensinar um novato a como utilizar o Genjutsu.

Conhecimentos Básicos de Ninjutsu (117 Palavras)

Este livro era um outro que teria sido muito mais útil á algum tempo atrás. Agora, já estava aprendendo a não só utilizar o ninjútsu, mas também a fortifica-lo e como as naturezas interagiam... Mas, alguns pontos interessantes eram tocados no pergaminho, que, por minha falta de educação formal no tópico além do essencial da academia, acabaram passando despercebidos por mim.

Em especial, tomei particular atenção na modelagem de Chakra e nas variações de forma. Eu, como já usava algumas técnicas mais avançadas á algum tempo, nem notava que fazia isto de maneira subconsciente. Reconhecer que era um elemento que existia por baixo da superfície era importante, e iria facilitar a utilização da arte para mim, futuramente.

Conhecimentos Básicos de Selos de Mão (105 Palavras)

Tinha que admitir, eu conhecia todos os doze selos de mão principais, e alguns dos outros selos de mão utilizados para técnicas ou para rituais... Eu havia os visto durante a academia, afinal, mas eu devo ter perdido as aulas que indicam que cada um deles tem um significado, e cada um deles indica um provável tipo de técnica.

É claro, o livro estava completamente focado para iniciantes também, e provavelmente seria de pouca ajuda – mas reconhecer que havia um significado atrás de cada um dos selos de mão poderia a vir ser útil ainda... Só precisava descobrir como utilizar essa informação de maneira aplicável.

Conhecimentos Básicos do Clã Yotsuki (142 Palavras)

Cansada de ler sobre assuntos que eu já havia certa compreensão, decidi deixar os tomos mais ‘básicos’ de lado, e começar a ler um pouco sobre as histórias do clã, e suas particularidades especiais.

Um dos primeiros clãs que veio a mente, foi o clã Yotsuki. De fato, era um clã de plena notoriedade em Kumo através do tempo, sendo todos bem formados na utilização de um estilo de luta também de grande fama no vilarejo, o Kumoryu.

Apesar de sua prominência no vilarejo, o clã Yotsuki não havia produzido nenhum ninja excepcional em tempos recentes. Eram todos reconhecidos como plenos mestres na arte da espada, mas parece que isso não estava dando a eles a vantagem que eles precisam para se destacar no mundo Ninja. Anotei todos esses conhecimentos básicos, sobre o clã e seu estilo de luta, em meu pergaminho.

Conhecimentos Básicos do Clã Akimichi (147 Palavras)

Outro clã que havia certo destaque em Kumo, era o clã Akimichi. A história do passado do clã era um pouco confusa, com reviravoltas estranhos. De fato, não pareciam ser naturais de Kumo, e sua história parecia estar estranha por causa desse desconexo... Mas ainda assim, não era nada que eu poderia plenamente descobrir, com os poucos fatos que me eram dados.

Aparentemente, os membros do clã Akimichi eram treinados nas habilidades especiais do clã de gerenciar a gordura do corpo para gerar Chakra – e ao mesmo tempo, manipular as partes do corpo, em uma técnica conhecida como Baika no Jutsu, permitindo a expansão de membros ou do corpo inteiro em várias vezes... era algo bizarro, mas eu podia ver toda a utilidade que tal técnica poderia ter.

Anotei essas anedotas e esses pequenos fatos em meu pergaminho também, colocando ênfase nos marcos mais históricos do clã.

Conhecimentos Básicos do Iryoninjutsu (183 Palavras)

Com os maiores clãs fora do caminho... Agora, colocava minhas mãos sobre pergaminhos com informações de técnicas mais incomuns.

O primeiro que me chamava a atenção, era o Iryoninjutsu... Claro, devia admitir, não há sequer um ninja nas forças de Kumo que não saiba que Ninjas Médicos existem, todos nós já estivemos lá, afinal. Mas, o pergaminho iria em muito mais detalhe sobre como o funcionamento das técnicas se dava, e como a técnica regenerava ou curava ferimentos.

É claro, antes de mencionar qualquer coisa sobre a técnica em sí, falava sobre a importância, sua história, os Iryonins mais renomados, e algumas cautelas que devem ser tomadas... Mas no meio do livro, informações sobre como o Chakra Yin era separado do Yang, e apenas a parte Yang era utilizada para o Iryoninjutsu, era um fato bem interessante...

Infelizmente, não haviam informações devidas sobre como utilizar a técnica em si, mas eu tinha plena confiança de que, se desejasse, poderia aprender a utilizar a técnica – Já separo meu Chakra Yin para utilizar Genjutsus, afinal... É só uma questão de estender meu campo de alcance.

Conhecimentos Básicos do Kanchi (114 Palavras)

O Kanchi – ou sensoriamento – era outra técnica que imediatamente chamava minha atenção. Na verdade, os eventos em Uzu me deixaram bem alertas sobre a presença de Sensores, apesar de antes desse momento, não saber exatamente como funcionava a técnica.

Pelo que conseguia aprender do pergaminho, algumas pessoas nasciam ou desenvolviam a característica peculiar de poder sentir o Chakra dos outros... Para mim, como uma investigadora e Shinobi focando em furtividade...? Seria uma habilidade fantástica de se ter.

Infelizmente, eu sabia que não possuía tal qualidade, e também não teria certeza se conseguiria desenvolver a técnica futuramente... Mas saber como funcionava... Me dava algumas ideias de como não ser descoberto por esse tipo de Shinobi.

Conhecimentos Básicos do Chakra Kyuin (117 Palavras)

O último dos pergaminhos das técnicas especiais estava em minhas mãos – Chakra Kyuin.

Eu jamais havia ouvido falar sobre essa técnica, ou qualquer pessoa que jamais a usou... Mas imagens da minha mais recente missão voltaram a minha mente. ‘Será que aquele homem estava usando o Chakra Kyuin para cancelar meu Jutsu...?’

É claro, não teria certeza até interroga-lo e retirar as informações dele próprio, e infelizmente, esse dia não viria tão cedo. Ainda assim, o pergaminho dava algumas informações relevantes sobre essa técnica que, similarmente ao Kanchi, poderia ser algo natural.

Imediatamente anotei mentalmente para nunca fazer um combate próximo com alguém que tenha Chakra Kyuin – Perder minhas reservas enquanto eles aumentam as deles...? Não, obrigada.

[...]

Havendo terminado a leitura de todos aqueles pergaminhos, o meu próprio já estava bem farto de anotações – Coisas que iriam me ajudar a relembrar tudo que eu havia lido aqui, hoje. Sabia que não iria fixar todos os conhecimentos de imediato, então reler e reestudar isso nos dias seguintes iria garantir que eu iria lembrar de tudo.

Ainda assim, havia terminado meu dia aqui, e comecei a enrolar os pergaminhos e depositá-los em seu lugar de origem... Mas um pergaminho no fundo da pilha me chamou a atenção... Quando será que eu tinha colocado ele ali?

Conhecimento Básicos de Bijuus (149 Palavras)

Ao começar a ler, pensei que eram apenas mitologias e lendas... Mas conforme eu progredia, não podia me impedir de fazer suposições e conectar alguns fatos que eu já conhecia.

Como uma pequena peça em um quebra cabeça, isso me ajudou a conectar várias coisas... As Bijuus, criaturas de escala mitológica, com o potencial de destruir vilarejos... Presos dentro de pessoas comuns, para serem utilizadas como armas.

Isso era mais importante, me relembrei, e arrumei espaços no meu próprio pergaminho para anotar sobre isso. Eu iria precisar retornar, futuramente, para descobrir mais. Anotei o nome das nove Bijus conhecidas, além de fazer um pequeno esboço de suas aparências, como descritas no pergaminho...

Um calafrio subia na minha espinha. Só de saber sobre isso... Sabia que era algo que teria grandes ramificações. Iria perguntar para o Raikage o que ele sabia sobre o assunto assim que ele estivesse disponível novamente.

[...]

Pronto, agora tudo estava em ordem. Pergaminhos estavam lidos, anotações estavam feitas... Conhecimentos com ramificações desconhecidas estavam percorrendo minha mente de forma perigosa.

Com o final do dia, decidi apenas relaxar, e aprender um pouco sobre o que estava acontecendo no mundo... É claro, os acontecimentos em Uzu teriam grandes impactos na mídia nos dias a vir, mas ainda seria uma leitura calma... Eu pensava.

Os números... Os feitos... Eram preocupantes. Uma estimativa de 20% da população mundial havia se convertido ao Jashinismo... O FALSO Jashinismo. Algo que eu não poderia permitir... Mas será que sou capaz de converter ou eliminar um quinto da população global...?

Tinha confirmação de que, pelo menos, não teria que travar essa luta sozinha – O Nidaime Hokage aparentava estar dentro da luta contra o Jashinismo também... Será que a mensagem que eu enviei por Tay Senju chegou nas mãos dele? Ele será um aliado importante nesta luta... E falando em Hokage, Sarutobi Kaden ainda estava por ai. Aparentemente o velho Kage estava indo até ame para encontrar uma filha...? Interessante.

Aproveitei a tangente em que me encontrava, e busquei alguns conhecimentos sobre o ex-Kage. Sarutobi Kaden era forte, algo reforçado pelo fato de que utilizava a mesma técnica que meu líder, Kazuha – O Hiraishin. Certamente tinha um dos mais longos mandatos de todos os Kages das nações... O que será que fez com que o homem desistisse do cargo? Era reconhecido como um pai de família, será que sua motivação foi apenas essa, passar mais tempo com a família? Eu duvidava, ninguém que assumia essa profissão sanguinária iria largar um posto tão alto por tal motivo... Tinha que ter algo a mais.

Conclui minha investigação, e voltei para meu jornal – Lia o próximo depoimento com calma, algumas exigências para o povo de Kumo, especificamente... Estranho... Então, eu vi. Eu fiquei pálida. Eu fiquei vermelha. Eu fiquei enjoada. Eu fiquei ansiosa... Lá, em frente, meu nome. Eu. Eu estava lá, por que eu estava lá? Como que eles descobriram que eu fui pra Uzu!?

Eu. Meu rosto. Como? Como!? COMO!? - “COMO QUE ESSES FILHOS DA PUTA DESCOBRIRAM!?” – Rugi, arremessando o jornal com força surpreendente contra uma estante, espalhando folhas pelo cômodo inteiro. A bibliotecária foi rápida em reagir á minha erupção, mas uma onda de Sakki direcionada fez com que ela recuasse ainda mais rápido.

Eu tinha perguntas. Eu precisava de respostas. Não era mais hora para jogar – Agora era hora para agir!



Informação

Objetivo / Considerações:
Jutsus Utilizados:
Armamentos:
Databook:
Narração:


_______________________


⬧ Personagem: Nora Kumori
Ficha  ⬧ GestãoBanco  ⬧ Mod AGInventárioCJ

[KUMO 雲] — Biblioteca 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[KUMO 雲] — Biblioteca 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [KUMO 雲] — Biblioteca - Publicado 13/5/2022, 23:43


Situação: Aprovado.
Considerações: Nora Kumori é uma rata de livros, além de ser metida a sabichona.
Recompensa: Conhecimentos Básicos de Ninjutsu, Conhecimentos Básicos de Genjutsu, Conhecimentos Básicos de Selos de Mão, Conhecimentos, Básicos do Clã Akimichi, Utilizam o Baika no Jutsu, Conhecimentos Básicos do Clã Yotsuki, Utilizam o Kumoryu, Conhecimentos Básicos do Iryoninjutsu, Conhecimentos Básicos do Chakra Kyuin, Conhecimentos Básicos do Kanchi, Conhecimentos Básicos de Bijus, Conhecimento sobre o Jornal Akatsuki, Verão 14DG 1ª Edição & Nome, Aparência, Alcunhas, Classificação, Técnicas Assinatura e História: Sarutobi Kaden (Reconhecimento: 100FG).
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [KUMO 雲] — Biblioteca - Publicado