NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 25 DG
Primavera
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Summer
2º Lugar
Folklore
3º Lugar
KEEL LORENZ
1º Lugar
SENJU INAZUMA
2º Lugar
KURT BARLOW
3º Lugar
SEKIRO
Os membros mais ativos do mês
Angell
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
792 Mensagens - 41%
Shion
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
240 Mensagens - 12%
Summer
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
169 Mensagens - 9%
Folklore
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
152 Mensagens - 8%
Keel Lorenz
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
106 Mensagens - 5%
Nan
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
105 Mensagens - 5%
Chazer
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
97 Mensagens - 5%
Kurt Barlow
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
93 Mensagens - 5%
Raves
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
93 Mensagens - 5%
sinhorelli
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
88 Mensagens - 5%

Os membros mais ativos da semana
Angell
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
130 Mensagens - 31%
Shion
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
59 Mensagens - 14%
Senju Inazuma
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
51 Mensagens - 12%
Mako
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
41 Mensagens - 10%
Kurt Barlow
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
26 Mensagens - 6%
Sekiro
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
26 Mensagens - 6%
Isagi
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
25 Mensagens - 6%
Nan
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
24 Mensagens - 6%
Raves
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
20 Mensagens - 5%
Oblivion
[Graduação] — O Açougueiro Vote_lcap[Graduação] — O Açougueiro Voting_bar[Graduação] — O Açougueiro Vote_rcap 
18 Mensagens - 4%


Luna
Kojin Mizukage
[Graduação] — O Açougueiro 3026d08ad16326db2dc9f1fc16d558d6
[Graduação] — O Açougueiro 3026d08ad16326db2dc9f1fc16d558d6
O AÇOUGUEIROGraduação

Arredores de Kirigakure, 20h37

A chuva esta caindo por toda a aldeia. Três corpos estão caídos no chão, sangue vazando pelos pescoços. Uma coruja faz seu som ao longe. Passos silenciosos se aproximam por trás da mulher, que observava a cena.
É ele? — Um dos mascarados questiona. Seja quem fosse, a mensão a "ele" parecia deixar a noite mais fria e escura.
Quem mais faria isso? — a resposta veio acompanhada pelo tom mórbido. Ela respirava fundo, como se a tarefa a custasse muito. — Recolham tudo.


Quartel General da Vila da Névoa, 22h35

Os passos calmos de Foxy ressoavam pelos corredores frios do Quartel General. Ela vestia um uniforme militar de Kirigakure, composto pela jaqueta ajustada e calças resistentes, ambos em tons de azul escuro que se destacam contra sua pele pálida. O emblema da vila é meticulosamente bordado no peito esquerdo da jaqueta, assim como na badana que trazia à testa. Botas de couro robustas completam o traje, junto a luvas sem dedo. E todo o conjunto pingava água, com as passadas deixando rastros de lama por onde ia. Seu destino parecia estar muito bem definido, fazendo curvas e atravssando portas até chegar na sala que buscava. Abriu a porta de mogno e adentrou. Os ali presentes poderia ver uma mulher na casa dos 25 anos, pele alva e cabelo negro em corte chanel. Parou à entrada, encarando o garoto ali presente. — Quem é ele? — Havia um timbre doce na voz, mas estava acompanhado pela duresa do tom de comando, junto ao olhar de desaprovação. — Senju Maeda. Do Clã do...
Eu sei reconhecer um sobrenome, muito obrigada. Mas nunca ouvi falar dele. Onde estão Rekken, Emyia, Hakari?
Ocupados. Sinto muito, ele é tudo que temos disponível.
Ela o encarou, descrente, O sujeito gesticulou uma mensaura com a cabeça e se afastou. A mulher suspirou, massageando os olhos com os polegares. Voltou a encarar o garoto, então caminhou até a mesa à frente da sala.
Pode me chamar de Foxy — disse, enquanto lia alguns papéis que estavam sobre o tampo. Os dados refentes ao garoto. — Várias missões D, algumas C. Por Kami-sama, você vai morrer hoje. — Murmurou, os olhos no papel. Voltou-se para ele. — Muito bem. Maeda, foi chamado aqui pois uma missão de última hora surgiu. Há um Serial Killer à solta em Kirigakure. O povo o chama de Nikuya, mas sabemos que seu verdadeiro nome é Yami Nogato, ex-Chunin que enlouqueceu. A Ordem Pública vem caçando ele pelas colônias há algum tempo, mas aparentemente retornou para a aldeia. Não sabemos por que, sem se há um porquê. Há pelo menos três vítimas confirmadas, mas podem ter mais. Seu tipo são rapazes entre 14 e 19 anos — no quadro, fixol as fotos dos corpos que foram encontrados mais cedo naquele dia. — Temos razões fortes para acreditar que ele esteja pelo Distritiro Vermelho, mas não vai dar as caras com shinobis por perto. Portanto, sua tarefa é se infiltrar na região e passar por civil. Localize-o e dê o sinal, antes que faça mais vítimas. Não entre em confronto, você não tem chance. Se ficou tudo claro, pode ir. — e apontou para a porta.


Distrito Vermelho, Kirigakure, 22h50

Aquela região recebeu o nome de Distrito Vermelho muitos anos antes de se tornar o principal point da vida boêmia em Kirigakure. Quando a vila ainda era conhecida como Névoa Sangrenta, era ali onde diversos corpos eram descartados no rio, deixando a água fluir em escarlate até ser diluida no oceano. Por essa razão os preços dos imóveis sempre foram baratos, o que atraiu investidores duvidosos. Dentre eles, os principais eram os donos de boates e casas de aposto. Muitas das atividades ali eram conduzidas nas margens da Lei, operando à base de subornos. Toda a libertinagem que vinham disso tornava o local o principal point para os jovens de todas as classes.
Alguém que sumisse por ali, dificilmente seria encontrado.

Caso o jovem Maeda não tenha fugido de seu dever, a primeira parada obrigatória seria nos Portões Vermelhos, a única rua que dava ligação a zona interna. Membros de gangues se revezavam ali, cobrando taxas de quem quisesse passar. Não era uma tarefa realmente permitida, mas quem iria questionar quinze homens armados, quando nem os guardas shinobi o faziam?

Já dentro do bairro, caso tenha conseguido adentrar, poucos minutos de caminhada bastariam para que o Senju ouvisse um grito vindo de um beco. Se fosse investigar, encontraria apenas um corpo sem vida de um garoto de fios loiros, com a garganta cortada.
Tarde demais para fazer algo por ele. Mas a confirmação de que estava no local certo.

Agora haviam três locais principais para investigar, as três boates que eram frequentadas por jovens que faziam o perfil do criminoso. Eram estabelecimentos enormes, e uma só pessoa não conseguiria visitar as cinco em uma noite, não sem ajuda.
Um refém da sorte, talvez?

Estrela D'alva:
Dama Afogada:
Benehime:



Regras:

Orientações:

TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

I could show you incredible things

Busquem comer cimento
GFFichaMod-Ag
Sangue em Einchenwald
Proteja Einchenwald do insano Kenpachi
Herói da Vila
Proteja sua vila de um ataque e/ou conclua três mini-tramas arquitetadas por seu Kage.
Luna
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77699-fp-mei-ogosho#613975
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t75448-gf-luna#589545
Summer
Jōnin
something in the way...
something in the way...
Maeda



HP: 1000/1000 • CH: 6150/6150 • ST: 00/06

"Um início."




Eu me encontrava em meio a um turbilhão de pensamentos, vagando entre a sensação de estagnação e a ânsia por algo mais significativo. No posto de atribuição de missões, as interações tornavam-se cada vez mais breves e impessoais, como se eu estivesse perdendo meu lugar no ciclo incessante das responsabilidades shinobi. Os murmúrios sobre reservar as tarefas menos exigentes para os novatos ecoavam nos corredores, deixando-me inquieto e questionando meu próprio valor como ninja. Naquela noite monótona, mergulhei na preparação de um chá, buscando refúgio na rotina reconfortante do ritual. O aroma das folhas de cidreira enchia o ar, antecipando o momento de tranquilidade que viria com cada gole. Enquanto a água fervia e as ervas infundiam sua essência, eu me entregava à contemplação, deixando-me levar pelo suave murmúrio dos elementos. Mas minha paz foi abruptamente interrompida pelo insistente eco das batidas na porta, quebrando o silêncio sereno que havia se estabelecido ao meu redor. Ao abrir a porta, fui recebido pelo tumulto da chuva torrencial que castigava o mundo lá fora. Diante de mim, um mensageiro encharcado aguardava, a urgência estampada em seu rosto, refletida nas gotas que escorriam por sua testa. Com um gesto rápido, entregou-me o pergaminho, cujo conteúdo breve clamava por minha presença imediata. Vesti minhas roupas com uma sensação de dever, o peso da responsabilidade pesando em meus ombros. Cada movimento era carregado de propósito, enquanto me preparava para o que quer que estivesse por vir. Abandonei minha xícara de chá à mercê do tempo, um sacrifício necessário em face do chamado para a ação. Com passos firmes, dirigi-me ao quartel-general da Névoa, cada passo ressoando com uma determinação silenciosa. No interior das paredes imponentes, aguardei com expectativa, consciente de que o destino estava prestes a se desenrolar diante de mim, ainda envolto em mistério e incerteza.

A entrada da mulher na sala trouxe consigo um ar de desdém palpável, como se cada olhar lançado em minha direção fosse uma faca afiada perfurando minha autoconfiança. Era um eco constante da falta de fé que muitos depositavam em mim, um lembrete contínuo de minha posição incerta na hierarquia dos ninjas. Os superiores na sala fizeram as devidas apresentações, embora o tom de desculpas em suas vozes denotasse claramente uma falta de entusiasmo em ter-me ali. A mulher, revelando-se como Foxy, fez uma breve análise de minha ficha técnica, seus olhos percorrendo as linhas com um misto de desinteresse e ceticismo. A ironia de sua expressão enquanto comentava sobre minhas habilidades era evidente, uma clara insinuação de que eu não era digno do título que carregava. Sentindo um nó na garganta diante de sua descrença descarada, questionei-me se o medo começava a se insinuar em meu peito. Mas não, eu era um ninja, mesmo que simples, mas um ninja, e isso, por si só, deveria significar algo. Enquanto Foxy delineava os detalhes da missão, uma sensação de desconforto se instalou em meu peito ao observar as imagens sinistras dos corpos expostos no quadro da parede. Era uma visão que poderia perturbar até mesmo os mais experientes, e ali estava eu, obrigado a enfrentar a realidade cruel dos múltiplos homicídios que nos esperavam. Sem tempo para desculpas ou hesitação, dei um breve aceno com a cabeça em reconhecimento às ordens de Foxy. A necessidade de ação imediata era evidente, e não havia espaço para discussões ou questionamentos. Deixei minha espada, Kurosawa, repousar silenciosamente ao lado da mesa, compreendendo que sua presença poderia atrair atenção indesejada. Com a missão exigindo discrição e infiltração, cada detalhe era crucial. Ocultei minha bandana habitual entre as vestes, assegurando-me de não chamar a atenção para minha identidade de shinobi. Minha bolsa de armas foi estrategicamente posicionada ao lado de Kurosawa, enquanto eu me preparava mentalmente para a tarefa que se aproximava. Eu estava pronto para partir, determinado a passar despercebido e cumprir o objetivo designado.

Após enfrentar o trajeto sob as intensas gotas de chuva e a escuridão das ruas entre o Distrito Vermelho e o centro da aldeia, deparei-me com o imponente portão avermelhado, um marco simbólico dos limites a serem cruzados. À distância, avistei um grupo de malfeitores que pareciam impor um pedágio ilegal para quem desejava passar. Eram pouco mais que uma dúzia de homens armados, representando um obstáculo a ser superado. A tensão pairava no ar, aumentando a cada passo que eu dava em direção ao portão. O brilho das lâmpadas de rua refletia nas poças d'água, criando uma atmosfera sombria e misteriosa. O som das gotas de chuva ecoava como uma sinfonia sinistra, acompanhando meus pensamentos enquanto eu me preparava para o desafio que estava por vir. Consciente do risco de levantar suspeitas ao pagar pelo acesso, sabia que precisava agir com cautela. Cada movimento era meticulosamente pensado, cada passo dado com a certeza de que uma falha poderia comprometer toda a missão. As sombras se tornariam minhas aliadas, envolvendo-me em seu manto protetor enquanto eu me infiltrava nas ruas escuras? O coração batia acelerado no peito, mas eu buscava manter a calma e a determinação. Atravessar aquele portão era crucial para o sucesso da missão, e eu estava determinado a alcançar meu objetivo. Se acaso fosse descoberto e se fizesse necessário pagar o dito pedagio, o faria e prosseguiria. O som penetrante de um grito agudo ecoou pelo beco próximo, interrompendo meu percurso naquela área sombria. Ao me aproximar, deparei-me com o corpo inerte de um jovem estendido sobre o chão molhado pela chuva incessante. Uma sensação arrepiante percorreu minha espinha, indicando que eu havia chegado ao local certo, ou talvez, errado. A tentação de investigar mais de perto o corpo foi imediatamente reprimida pela cautela. A possibilidade de estar sendo observado pelo agressor pairava no ar como uma sombra sinistra. Consciente de que minha identidade não poderia ser comprometida, percebi que deveria agir como uma presa em potencial. Era a isca, afinal de contas. Ainda assim, o medo sussurrava em meu subconsciente, instigando-me a fugir dali como um mero civil assustado. Mesmo que eu não fosse um civil comum, a necessidade de manter a fachada era crucial para o sucesso da missão. Com passos cuidadosos e olhar atento, tracei meu caminho em direção à boate Benihime, cujas paredes guardavam histórias sombrias de assassinatos no passado. Quem sabe se o espectro da morte não havia retornado para assombrar os vivos mais uma vez.

Aquela missão estava prestes a esgotar completamente meus recursos. Tive que desembolsar uma quantia considerável de ryous apenas para adentrar à boate. Uma vez dentro, minha primeira tarefa era explorar minuciosamente os banheiros do estabelecimento. Eu examinaria cada canto em busca de qualquer sinal de uma saída secreta ou entrada alternativa, testando até mesmo a solidez das paredes em busca de possíveis passagens ocultas. Além disso, meus olhos escrutinariam os rostos dos frequentadores da boate. Qualquer pessoa que parecesse mais reservada e observadora do que o comum em um ambiente tão social como aquele seria alvo da minha atenção. Eu tentaria identificar padrões na faixa etária dos presentes e estaria alerta para qualquer indivíduo que destoasse desse padrão. Era hora de encontrar o assassino, e eu estava determinado a não deixar nenhum detalhe escapar. Cada observação, cada movimento, poderia ser a chave para desvendar esse mistério e trazer justiça para as vítimas.

Considerações:

Usados:
Formando
Tenha sua ficha de personagem aprovada.
Um Pequeno Arsenal
Compre/treine três jutsus.
Primeiros Passos de um Ninja
Conclua sua primeira missão.
Meu Primeiro Ajudante
Obtenha sua primeira invocação.
Falando em Ninjutsu...
Tenha 10 jutsus & complete cinco missões de profissão.
Falando em Nintaijutsu...
Tenha um jutsu classificado como "nintaijutsu" de rank B ou superior.
Um Poder só Meu
Adquira sua primeira Habilidade Secundária.
Superando Minhas Fraquezas
Supere um defeito inato.
Perito
Adquira uma qualidade de perícia (elemental, armamentista, etc.).
Domínio Elemental
Compre/treine um jutsu classificado como "elemental" de rank B ou superior.
Mestre Elemental
Torne-se um mestre elemental.
Summer
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86402-maeda
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86403-gf-summer
Luna
Kojin Mizukage
[Graduação] — O Açougueiro 3026d08ad16326db2dc9f1fc16d558d6
[Graduação] — O Açougueiro 3026d08ad16326db2dc9f1fc16d558d6
O AÇOUGUEIROGraduação

Benehime, Distrito Vermelho, 23h15

A boate pulsava com uma energia eletrizante enquanto feixes de luzes coloridas cortavam o salão, criando padrões hipnóticos que se moviam ao ritmo da música. O som alto e envolvente preenchia o espaço, fazendo com que cada batida fosse sentida no peito dos frequentadores. Ao redor do bar, uma fila de jovens aguardava para fazer seus pedidos, ansiosos por uma dose de coragem embalada em garrafas de bebidas coloridas. Alguns já estavam no balcão, inclinados sobre ele em conversas animadas ou olhando ao redor em busca de possíveis interesses amorosos para aquela noite. Entre os raios de luz, era possível ver expressões de excitação, confiança e alegria misturadas nos rostos dos frequentadores. Alguns trocavam olhares furtivos carregados de promessas e possibilidades, enquanto outros simplesmente se entregavam à música, deixando-se levar pelo ritmo frenético. O ar estava impregnado com uma mistura de perfumes, suor e antecipação, criando uma atmosfera intoxicante que envolvia a todos os presentes. Naquele lugar, a juventude reinava soberana, sem preocupações ou arrependimentos.

Os banheiros da boate, primeiro local de investigação do jovem Senju, eram uma versão sombria do brilho e da animação que permeavam o resto do lugar. Ao entrar, o cheiro de desinfetante misturado com um odor pungente de urina era quase palpável. As luzes fluorescentes piscavam fracamente sobre azulejos manchados e desgastados. Nas cabines, os sons estranhos ecoavam pelos corredores estreitos. Abafados, murmúrios indistintos e batidas ocas ressoavam das portas cerradas, envoltos em uma aura de desconforto. O chão estava pegajoso sob os pés, coberto por poças de água e detritos não identificados. Papéis higiênicos espalhados pelo chão, manchas de líquidos suspeitos e grafites obscenos nas paredes completavam a imagem de desolação e descuido. Apesar da sujeira e dos sons perturbadores, os frequentadores pareciam resignados à condição dos banheiros, usando-os como uma necessidade inevitável em meio à diversão da noite. Alguns mantinham conversas rápidas e evitavam olhar ao redor, enquanto outros simplesmente entravam e saíam o mais rápido possível, desejando escapar daquele ambiente sombrio o mais breve possível. Mas não havia sinal do assassino, a menos que ele estivesse afogando alguém no vaso naquele momento.

Enquanto Maeda investigava o salão, movendo-se com cautela entre os frequentadores, um rapaz loiro de olhos brilhantes se aproximou dele, rompendo momentaneamente o foco de sua investigação.
Você parece tenso — disse com um sorriso simpático, sua voz competindo com a música alta ao redor. — É sua primeira vez aqui? — Aguardaria pela resposta do Senju. Em seguida, faria a proposta: — Então deixe-me pagar uma bebida. Talvez isso ajude a relaxar um pouco — disse. Sua feição era de sorrisos fáceis, visivelmente alguém já bastante familiarizado com aquela situação toda. Caso o genin negue, ele apenas se afastaria. Mas caso aceite, iInstantes depois o rapaz retornaria com duas taças de gin colorido, estendendo uma delas para Maeda. — Aqui está — disse ele, com um sorriso caloroso. Encenou um brinde, virando um longo gole de uma vez. — Inclusive, me chamo Jintarō. Como é seu nome? — O interesse do rapaz loiro parecia genuino, e após algumas doses estaria bastante sucetivel a falar pelos cotovelos, respondendo perguntas sem extranhar, inclusive sobre boatos em relação a um sujeito estranho rondando por ali. Diria que sabe onde esse sujeito está agora pois o viu a pouco, mas se Maeda queria mesmo saber, faria a proposta para que o garoto subisse com ele até o segundo andar.

Caso não aceite:
Caso aceite:



Regras:

Orientações:

TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

I could show you incredible things

Busquem comer cimento
GFFichaMod-Ag
Sangue em Einchenwald
Proteja Einchenwald do insano Kenpachi
Herói da Vila
Proteja sua vila de um ataque e/ou conclua três mini-tramas arquitetadas por seu Kage.
Luna
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77699-fp-mei-ogosho#613975
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t75448-gf-luna#589545
Summer
Jōnin
something in the way...
something in the way...
Maeda



HP: 1000/1000 • CH: 6150/6150 • ST: 00/06

"Um início."




Enquanto eu me movia sorrateiramente entre a multidão, tentando me mesclar com os jovens em busca de uma fuga temporária de suas preocupações, um homem se aproximou, capturando parte da minha atenção. Sua presença não despertou imediatamente suspeitas, mas suas perguntas perspicazes sobre minha tensão aparente me deixaram em alerta. Surgiu a possibilidade em minha mente de ele ser o próprio assassino, e uma onda de cautela inundou meus pensamentos enquanto considerava o risco de expor minha verdadeira identidade tão facilmente. Respondi com uma performance quase calculada, inventando uma preocupação com amigos que ainda não haviam chegado — Na verdade eu estou esperando minha galera. É estranho nenhum deles ter chegado até agora! — Poderia eu, um dia, tornar-me um mestre na arte da mentira? O homem se apresentou como Jintarō e me ofereceu uma bebida. Em um ambiente impregnado de sensualidade e liberdade, era possível que Jintarō estivesse interessado apenas em compartilhar a noite comigo. Independentemente de suas intenções, decidi que não podia me permitir uma bebida naquela ocasião. Entretanto, pensei que talvez pudesse aproveitar a presença de Jintarō para avançar em minha investigação. Quem sabe poderia extrair informações dele, ou, na pior das hipóteses, usá-lo como álibi para não chamar mais atenção para minha própria tensão — Eu aceito! — Com um sorriso discreto nos lábios, aceitei a taça de gin que Jintarō me ofereceu. Não tinha ideia da minha tolerância ao álcool e não estava disposto a testá-la naquela situação. Afinal, eu estava em uma missão. Quando Jintarō propôs um brinde, segui o gesto, aproveitando o momento em que ele virou a bebida para despejar discretamente o líquido da minha taça. Em seguida, fingi reações ao sabor da bebida, repetindo o gesto várias vezes enquanto mantínhamos uma conversa aparentemente casual.

Entre uma troca de palavras e goles, consegui inserir algumas perguntas mais incisivas disfarçadas na conversa. Jintarō revelou-se uma fonte valiosa de informações, mencionando um sujeito suspeito que frequentava o local. Levando em conta sua aparente familiaridade com o ambiente, decidi dar-lhe o benefício da dúvida. Quando Jintarō sugeriu que sabia onde encontrar o indivíduo suspeito e me convidou a acompanhá-lo ao segundo andar, aceitei imediatamente, fingindo entusiasmo. Estava determinado a manter o foco em meu objetivo e não permitir nenhum deslize. A porta do quarto se abriu no segundo piso, e uma brisa gélida trouxe consigo os respingos da chuva persistente. Senti meu rosto ser salpicado pela água enquanto me dei conta das possibilidades que se apresentavam. Talvez o suspeito tivesse escapado pela janela aberta, ou talvez Jintarō fosse mais do que um simples companheiro de bebida. Antes que pudesse formar uma conclusão precisa, fui atingido por um baque repentino. Uma dor aguda irrompeu na minha nuca, e minha consciência se desvaneceu rapidamente. Não digo que fui capaz de raciocinar enquanto estava inconsciente, mas ao recobrar os sentidos, não foi difícil concluir o que tinha acontecido. A dor latejante na nuca indicava o golpe, e ao tentar mover as mãos, percebi que estava amarrado a uma cadeira. No chão, o corpo decapitado de mais uma vítima. Seria eu agora o álibi do assassino, ou uma segunda vítima em potencial? O som de uma lâmina sendo afiada ecoava no espaço ao lado do quarto, e a verdade se tornava cada vez mais clara. Eu não estava preparado para aquilo, mas em meio ao desespero, uma lembrança emergiu: a academia. Amarras simples podiam ser desfeitas com o Nawanuke no Jutsu. Livrei minhas mãos, movendo-as de forma precisa, o suficiente para executar alguns selos de mão, preparando-me para o Kawarimi no Jutsu, pronto para substituir meu corpo pelo corpo inerte no chão no momento certo. Agora, só restava aguardar, fingindo ser uma presa na teia da aranha, até o momento certo de agir.


Considerações:

Usados:
Formando
Tenha sua ficha de personagem aprovada.
Um Pequeno Arsenal
Compre/treine três jutsus.
Primeiros Passos de um Ninja
Conclua sua primeira missão.
Meu Primeiro Ajudante
Obtenha sua primeira invocação.
Falando em Ninjutsu...
Tenha 10 jutsus & complete cinco missões de profissão.
Falando em Nintaijutsu...
Tenha um jutsu classificado como "nintaijutsu" de rank B ou superior.
Um Poder só Meu
Adquira sua primeira Habilidade Secundária.
Superando Minhas Fraquezas
Supere um defeito inato.
Perito
Adquira uma qualidade de perícia (elemental, armamentista, etc.).
Domínio Elemental
Compre/treine um jutsu classificado como "elemental" de rank B ou superior.
Mestre Elemental
Torne-se um mestre elemental.
Summer
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86402-maeda
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86403-gf-summer
Luna
Kojin Mizukage
[Graduação] — O Açougueiro 3026d08ad16326db2dc9f1fc16d558d6
[Graduação] — O Açougueiro 3026d08ad16326db2dc9f1fc16d558d6
O AÇOUGUEIROGraduação

Edifício Abandonado, Distritito Vermelho, ????

Após ter sido capturado, Maeda Senju desperta em uma sala sombria, onde se encontra preso em uma cadeira, suas mãos e pernas firmemente amarradas por cordas. Ele emprega uma combinação do Nawanuke no Jutsu com o Kawarimi no Jutsu, liberando-se das amarras e preparando a substituição de seu próprio corpo com aquele caido ao chão, para ser acionado caso precise. O estratagema era simples, empregando apenas as técnicas básicas ensinadas na Academia, mas que logo se provariam de grande valor.

O Serial Killer adentra a sala segurando uma serra que reluz com a promessa de execução iminente. Sua pele é pálida como o leite, destacando-se contra o contraste das roupas negras de borracha que veste, manchadas e impregnadas de sangue. Seu cabelo loiro cai sobre os ombros, culminando com um par de óculos de lentes circulares. À sua cintura, pendurada pelos cabelos e presa ao cinto, está a cabeça de Jintarō, um macabro troféu que revela a verdade sobre o corpo inerte agora ocupando o lugar de Maeda. Então ele não era o assassino, no fim, e sim apenas mais uma vítima?

Caso seja atacado:

Caso não seja atacado:



Regras:

Orientações:

TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

I could show you incredible things

Busquem comer cimento
GFFichaMod-Ag
Sangue em Einchenwald
Proteja Einchenwald do insano Kenpachi
Herói da Vila
Proteja sua vila de um ataque e/ou conclua três mini-tramas arquitetadas por seu Kage.
Luna
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77699-fp-mei-ogosho#613975
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t75448-gf-luna#589545
Summer
Jōnin
something in the way...
something in the way...
Maeda



HP: 1000/1000 • CH: 6070/6150 • ST: 01/06

"Um início."




Meus olhos, após o alcançarem, permaneceriam fixos no assassino, registrando cada detalhe de sua entrada no cômodo. Sua figura quase albina destacava-se contra o fundo sombrio, enquanto a motosserra que ele empunhava refletia a luz fraca que o lugar dispunha. O ambiente estava impregnado com a atmosfera densa de tensão e perigo iminente. Minha expressão não ocultava minha indignação diante da cena macabra diante de mim. O corpo sem vida no chão, agora também sem a cabeça devido à crueldade do assassino, era uma visão que me revoltava até o âmago. As amarras apertadas em volta de mim, restringindo até certo ponto os meus movimentos, serviam como lembrança constante de minha vulnerabilidade naquele momento de crise. Enquanto isso, o som pulsante e abafado da música ecoava pelas paredes, criando uma trilha sonora sinistra para o horror que se desenrolava ali. Cada batida ressoava em meu peito, aumentando minha inclinação quanto a enfrentar aquele desafio com coragem e inteligência. Sempre me considerei um pacifista, alguém que preferia resolver conflitos por meio do diálogo e da razão. No entanto, diante da ameaça iminente representada pelo assassino, ficou claro que essa abordagem não seria eficaz. O sujeito avançava em minha direção com uma determinação assustadora, a motosserra reluzindo com um brilho ameaçador. Enquanto algumas madeixas suadas escorriam pelo meu rosto, eu me via visualizando mentalmente as possibilidades à minha frente. Sabia que não existia uma solução perfeita para aquela situação terrível, mas estava decidido a encontrar uma saída, não importasse o custo.

Eu permaneci em silêncio, sem proferir maldições ou gritos de desespero, enquanto observava o assassino se aproximar com a motosserra em mãos. Minha mente estava calma e focada, preparada para agir no momento certo. Quando ele avançou com a lâmina em direção à minha jugular, sabia que o menor contato desencadearia minha troca planejada com o corpo inerte no chão. Assim que me visse na posição do corpo caído, buscaria executar um rolamento preciso e ágil para a direita — 22m/s —, afastando-me do alcance da motosserra. A distância de pelo menos um metro me daria o espaço necessário para me reerguer e evitar o perigo iminente. Com destreza, buscaria me desvencilhar da arma lançada pelo assassino em minha direção, aproveitando a velocidade controlada do objeto para analisar uma inconveniente descoberta: uma armadilha elaborada, um papel explosivo fixado na ferramenta mortal. Não hesitaria diante do perigo iminente. Em um movimento rápido, tentaria firmar meus pés no chão por um breve instante, o suficiente para impulsionar-me na direção do assassino. Meu objetivo era criar uma distância segura entre nós, enquanto o inimigo formaria um triângulo comigo e a pequena explosão iminente. Minha estratégia dependia da precisão e rapidez de meus movimentos.

Enquanto me movia para evadir do perigo iminente, o conflito interior que travava em meu íntimo entre a razão e a sombra de minha natureza parecia dar lugar à minha convicção prática. Minha mente estava focada em neutralizar os meios do inimigo para que seus planos não se concretizassem. Aproveitando o breve intervalo durante minha esquiva da primeira explosão, concentrei meu chakra no estômago e moldei-o no elemento água, executando os selos necessários para invocar a técnica planejada. O som das minhas palmas se encontraria com o jato d'água que expeliria de minha boca, canalizando uma torrente cortante de água em direção ao meu oponente. Em um movimento fluido e preciso, buscaria direcionar a correnteza na diagonal, visando cortar a perna esquerda e o braço esquerdo do inimigo. Tudo aconteceria em uma fração de segundos, deixando pouco espaço para considerações mais elaboradas. Não desejava a morte do adversário, mas tampouco poderia permitir que escapasse impune. Restava vislumbrar o resultado. Caso eu obtivesse êxito em impossibilitar os movimentos do inimigo, tentaria evitar que sangrasse até a morte antes que os meus superiores chegassem.


Considerações:

Usados:
Formando
Tenha sua ficha de personagem aprovada.
Um Pequeno Arsenal
Compre/treine três jutsus.
Primeiros Passos de um Ninja
Conclua sua primeira missão.
Meu Primeiro Ajudante
Obtenha sua primeira invocação.
Falando em Ninjutsu...
Tenha 10 jutsus & complete cinco missões de profissão.
Falando em Nintaijutsu...
Tenha um jutsu classificado como "nintaijutsu" de rank B ou superior.
Um Poder só Meu
Adquira sua primeira Habilidade Secundária.
Superando Minhas Fraquezas
Supere um defeito inato.
Perito
Adquira uma qualidade de perícia (elemental, armamentista, etc.).
Domínio Elemental
Compre/treine um jutsu classificado como "elemental" de rank B ou superior.
Mestre Elemental
Torne-se um mestre elemental.
Summer
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86402-maeda
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86403-gf-summer
Luna
Kojin Mizukage
[Graduação] — O Açougueiro 3026d08ad16326db2dc9f1fc16d558d6
[Graduação] — O Açougueiro 3026d08ad16326db2dc9f1fc16d558d6
O AÇOUGUEIROGraduação

Edifício Abandonado, Distritito Vermelho, ????

Os pensamentos ágeis e as ações rápidas de Maeda Senju emergiram como elementos cruciais não apenas para a preservação de sua própria vida, mas também para o desfecho surpreendente que culminou na captura do criminoso. Seu ataque foi desferido sem hesitação, revelando-se decisivo e eficaz, incapacitando o serial killer de forma instantânea e irrevogável. O criminoso jazia prostrado no chão, desferindo insultos e promessas de vingança enquanto o sangue jorrava de suas feridas. No entanto, ali não seria o local de seu derradeiro destino, para o bem ou para o mal. Com um estrondo penetrante, as janelas foram violentamente quebradas, e uma meia dúzia de shinobis irromperam no ambiente, todos ostentando as cores distintivas de Kirigakure, suas bandanas refletindo o brilho prateado da lua.

Eu disse para evitar o confronto — declarou Foxy com serenidade, avançando em passos calmos na direção a Maeda, enquanto os demais membros da equipe lidavam com o assassino. Seu olhar, no entanto, não tinha mais o desprezo de outrora. — Bom trabalho. Acompanhe os outros de volta ao QG para ser examinado.

Quartel General de Kirigakure, 02h13

Os ferimentos do jovem Senju seriam tratados àquela noite. Após o garoto apresentar seu relatório por escrito, enquanto estivesse saindo encotraria Foxy o esperando na porta que dava para o longo corredor.
Pegue isso — e jogou um pergaminho em sua direção. Estava lacrado com o emblema da Névoa em cera azul. — Convercei com o Alto Escalão, um Genin jamais conseguiria capturar Yami Nogato em um confronto. Então, a decisão foi unânime. Espero que não nos decepcione, Chunin. — Ela então deu as costas e começou a caminhar para fora. Parou, porém, e voltou o rosto de forma a olhar o jovem por sobre o ombro. — Inclusive, não quiseram execultar Yami ainda. Não sei o que pretendem, e as chances dele escapar são quase nulas, mas se isso um dia acontecer... bom, ele guarda rancor. É melhor que você fique cada vez mais forte. — Então enfim foi embora, deixando o garoto com seus pensamentos, e o documento que atestava o novo posto.



Regras:

Orientações:

TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

I could show you incredible things

Busquem comer cimento
GFFichaMod-Ag
Sangue em Einchenwald
Proteja Einchenwald do insano Kenpachi
Herói da Vila
Proteja sua vila de um ataque e/ou conclua três mini-tramas arquitetadas por seu Kage.
Luna
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77699-fp-mei-ogosho#613975
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t75448-gf-luna#589545
Angell
Game Master
[Graduação] — O Açougueiro Giphy-downsized-large
[Graduação] — O Açougueiro Giphy-downsized-large
[Graduação] — O Açougueiro UhqhmF4
doneAprovação
Bom jogo!

_______________________

[Graduação] — O Açougueiro Scre1755
[Graduação] — O Açougueiro LsGQvv3Olá, Convidado, eu sou a Angell.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
Angell
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t77116-ficha-angell-hyuuga-hattori
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido