:: Mundo Ninja :: Outras Regiões :: Kusagakure
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

sinhorelli
Hokage
sinhorelli
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

[Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 30/6/2022, 09:49

Após uma rápida viagem, em torno de 1h30, ambos os shinobis da folha finalmente chegam em uma estação do expresso shinobi próximo a colônia de destino. Não iriam demorar para notar o jounin com quem deveriam fazer contato, um homem com uniforme da polícia de Konoha, extraordinariamente grande, tornando-o muito fácil de detectar, em meio a uma multidão a 20m de distância, e tem uma musculatura excepcionalmente esculpida e bem definida devido a anos de entusiasmo e treinamento físico. Seu corpo é normalmente mal escondido sob seu uniforme, basta que flexione os seus músculos para rasgar sua vestimenta de trabalho. Sua pele é muito clara, a cabeça de Alex é completamente careca para salvar uma única mecha de cabelos loiros encaracolados pendurados logo acima de sua testa. Suas sobrancelhas são, também, nua de cabelos e ele ostenta um loiro bigode espesso, que esconde sua boca, acentuando seu queixo forte.

Olá, vocês devem ser os ninjas enviados por Lygia, fico feliz em poder ver conterrâneos por aqui! - o major diria ao se aproximar dos ninjas recém chegados, tamanha a emoção que o sujeito se derrama em prantos — Eu sou o Alex Louis Arsmtrong e esses são os meus belos e extraordinários músculos! - o sujeito retira o blazer, se despindo na parte superior e exibindo seus músculos, realizando algumas poses.

[Mini-trama] Indústria Silfer Fma-armstrong

Que foi garotos?! Se quiserem, eu deixo vocês tocarem, o que acham?! - ele tenta se aproxima de ambos, a fim de abraçá-los, mas independente do resultado, assume uma postura rígida, recolhe seu blaze do chão, de onde retirou um pergaminho e estende na intenção de entregar aos rapazes — Aqui está o local onde deverão seguir, mas sugiro que sejam furtivos, infelizmente minha beleza não me proporciona tais dons, mas eu aceitei meu pecado humano! - não demorou para retornar a seu tom dramático e exibicionista — Boa sorte garotos - o grandalhão faz uma breve reverência e se distancia da vista dos shinobis, até conseguir - por incrível que pareça, dessa vez - se misturar em meio a multidão.

No pergaminho há uma planta do local e nada mais além destas informações (basta clicar em expandir imagem para enxergar melhor):
[Mini-trama] Indústria Silfer Imagem47
CONSIDERAÇÕES:

_______________________

Ficha | GF | Banco | CJ | CH | EV | RD | Mod AG
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

blaize17
Tokubetsu Jonin
blaize17
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 30/6/2022, 18:11

Indústria Silfer
HP: 1525 | 1525 • CH: 1525 | 1525 • ST: 00 | 07

- Será um enorme prazer trabalhar ao seu lado, sei que o maninho... Quero dizer, o senhor Nidaime confia em você só pelo fato da Lygia ter te convocado para está missão. Daremos o nosso melhor. O jovem Senju expressava algumas palavras antes de seguirem em frente, e assim que chegassem o Tokubetsu procuraria seu superior responsável, o que não foi uma tarefa difícil, pois um homem com uniforme de policial de Konoha, alto e espaçoso era visto de longe... - Sim somos nós, estamos aqui para iniciar a ordem dada pela senhoria Lígia, acredito que o senhor seria o... Antes mesmo do Ninja terminar sua frase, o grandalhão se apresentaria da forma mais informal possível, não só revelando seu nome, mas tirando seu blaze e mostrando seus músculos, nitidamente ele tinha muito orgulho do seu porte físico... - Não será necessário, daqui mesmo consigo ver o quão forte o senhor é Major. Dizia o jovem a respeito do convite para tocar em seus músculos.
Logo em seguida o Jounin pegaria o blaze do chão e passaria as informações necessárias para os ninjas da folha iniciarem sua missão, ele os entregou um pergaminho, uma espécie de mapa da indústria Silfer, aparentemente era nosso próximo destino e também foi nos dado um conselho, sermos discretos. Após desejar sorte a dupla, o Major saiu do local e por incrível que pareça, se misturou a multidão e sumiu de vista.
- Certo Fudo, vamos ao nosso próximo destino, tem alguma ideia de por onde começar de forma discreta? Perguntava Tay a seu mais novo companheiro, esperando ouvir uma ideia para que ambos iniciasse a missão.
considerações:

[Mini-trama] Indústria Silfer Image10
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Erickxws
Genin
Erickxws
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 1/7/2022, 21:29

HP: 575/575
CH: 1000/1000
ST: 00/05
Palavras: 452
- Falas
- Pensamentos
Indústria Silfer
Mini-Trama

Após ouvir as palavras de incentivo que Tay lhe disse, Fudo logo demonstrou uma feição seria em seu rosto. — Certo, vamos fazer o nosso melhor para não desapontar os dois. — Nesse momento qualquer um que olhasse em seus olhos, poderia sentir uma forte determinação emanado deles.

Depois de mais de 1 hora de viajem, finalmente a dupla havia chegado ao ponto de encontro, só restando agora a tarefa de localizar o major. O que também não seria tão difícil assim, já que o homem que estavam procurando era a pessoa que mais se destacava ali. — Será... que é ele? Sem dúvidas aquele é o uniforme da polícia de Konoha, mas... como é que alguém tão espalhafatoso assim pode ser um ninja?

Quando os dois finalmente se aproximaram daquele sujeito, Fudo decidiu deixar Tay responder à pergunta que ele tinha feito aos dois. Mas, antes mesmo que Tay tivesse a chance de se apresentar, aquele homem num ato um tanto quanto estranho, tirou o seu blazer depois de dizer como se chamava. E como se já não fosse o bastante, ele começou a realizar algumas poses com o corpo. — Fala sério... isso só pode ser brincadeira. — Diante tamanha excentricidade, o genin ficou boquiaberto, tentando de alguma forma entender o que estava acontecendo.

Então dando alguns passos para frente, o major ofereceria a oportunidade de os ninjas tocarem os seus músculos, e ao ver Tay responder o sujeito, Fudo também recusaria a oferta, enquanto dava alguns passos para trás. — É... não precisa. — Após receber a recusa de ambos, ele logo tratou de pegar o seu blazer do chão, e desse mesmo blazer, ele sacaria um pergaminho para entregar aos dois.

Após o major situar os ninjas de Konoha sobre o seu objetivo, ele deu um pequeno conselho aos dois, algo sobre precisarem ser furtivos, o que parecia até irônico vindo dele. E após desejar boa sorte para Tay e Fudo, ele simplesmente desapareceu em meio à multidão. Agora com o pergaminho já em mãos, os dois conseguiriam ver, claramente, a planta da Indústria Silfer que estava desenhada nele.

— Antes de entrarmos lá, eu acho que... primeiro deveríamos ir examinar o lugar com nossos próprios olhos. Sabe... pra ver se conseguimos algum tipo de informação extra, e só depois de analisar bem a área, que pensaríamos em algum jeito de entrar sem sermos notados. — Respondeu Fudo, logo após ser questionado por Tay.

Mas, se por acaso Tay tivesse mais alguma ideia, Fudo apenas ficaria calado escutando. E logo depois, ele perguntaria qual tinha sido a decisão tomada pelo Tokubetsu, afinal de contas, ele que era o líder da missão e, consequentemente, a decisão final seria dele. — Então... Tay, qual é a decisão que você tomou?

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Bolsa de Armas ( 19 / 20 ):
Databook:
Qualidades & Defeitos:
Cálculos & Buffs:
Emme


[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

blaize17
Tokubetsu Jonin
blaize17
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 3/7/2022, 02:41

Industria Silfer
HP: 1525 | 1525 • CH: 1525 | 1525 • ST: 00 | 07

Tay já havia adquirido um enorme respeito pelo jovem, principalmente pela forma calma e pensativa que o mesmo demonstrava durante toda a viagem e até mesmo de frente com o Major, sua noção de hierarquia era nítida, mas Tay queria fazer diferente, não queria ser autoritário ou algo assim, apenas responsável e acreditava estar conseguindo assim fazê-lo, pois após pedir a sugestão do jovem Genin o mesmo lhe informou sem pensar duas vezes.

- Ótimo, adorei sua forma de pensar, vamos fazer um primeiro contato sim, precisamos saber o que nos aguarda e se possível olhar até mesmo a parte de dentro, porém, eu acredito que devemos tentar mãe certas precauções. Sugeria o Tokubetsu... - Vamos procurar um lugar discreto e vamos usar o Jutsu de transformação, assim poderemos analisar tudo sem se preocupar com olhares estranhos e estaremos fora de qualquer suspeitas... Vamos. Após concordar com a ideia de seu Jovem companheiro, o Senju acrescenta um Jutsu simples mas que pode fazer toda a diferença.
Logo em seguida, caso Fudo concordasse com a ideia de Tay, ambos procurariam um lugar mais reservado, onde não levantaria suspeitas e caso achassem usariam do Jutsu para se transformarem, O Senju em um senhor de terceira idade e após Fudo, caso o mesmo o acompanhasse, iriam em direção a fábrica para fazer o reconhecimento do local de sua missão pessoalmente.

considerações:

[Mini-trama] Indústria Silfer Image10
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

blaize17
Tokubetsu Jonin
blaize17
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 3/7/2022, 02:45

Industria Silfer
HP: 1525 | 1525 • CH: 1525 | 1525 • ST: 00 | 07

Tay já havia adquirido um enorme respeito pelo jovem, principalmente pela forma calma e pensativa que o mesmo demonstrava durante toda a viagem e até mesmo de frente com o Major, sua noção de hierarquia era nítida, mas Tay queria fazer diferente, não queria ser autoritário ou algo assim, apenas responsável e acreditava estar conseguindo assim fazê-lo, pois após pedir a sugestão do jovem Genin o mesmo lhe informou sem pensar duas vezes.

- Ótimo, adorei sua forma de pensar, vamos fazer um primeiro contato sim, precisamos saber o que nos aguarda e se possível olhar até mesmo a parte de dentro, porém, eu acredito que devemos tentar mãe certas precauções. Sugeria o Tokubetsu... - Vamos procurar um lugar discreto e vamos usar o Jutsu de transformação, assim poderemos analisar tudo sem se preocupar com olhares estranhos e estaremos fora de qualquer suspeitas... Vamos. Após concordar com a ideia de seu Jovem companheiro, o Senju acrescenta um Jutsu simples mas que pode fazer toda a diferença.
Logo em seguida, caso Fudo concordasse com a ideia de Tay, ambos procurariam um lugar mais reservado, onde não levantaria suspeitas e caso achassem usariam do Jutsu para se transformarem, O Senju em um senhor de terceira idade e após Fudo, caso o mesmo o acompanhasse, iriam em direção a fábrica para fazer o reconhecimento do local de sua missão pessoalmente.

considerações:

[Mini-trama] Indústria Silfer Image10
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Erickxws
Genin
Erickxws
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 3/7/2022, 19:57

HP: 575/575
CH: 1000/1000
ST: 00/05
Palavras: 290
- Falas
- Pensamentos
Indústria Silfer
Mini-Trama

Logo após ouvir o que Tay tinha a dizer, quase que de imediato, Fudo concordou em seguir o que ele tinha proposto. — Tudo bem, vamos fazer isso! Pensando bem... o que você disse faz muito sentido, já que dois ninjas andando por aí deve ser muito suspeito. — E nesse momento o que mais chamava a atenção de Fudo era o jeito como Tay conduzia as coisas. A forma como ele agia era totalmente diferente do que o genin estava esperando, pois na sua cabeça a imagem de um líder era sempre ligada a uma pessoa totalmente prepotente e que nunca escutava ninguém.

Nesse momento Fudo seguiria Tay para onde ele decidisse ir, e assim que o genin constatasse que não tinha ninguém em volta, ele rapidamente faria os selos necessários e ativaria o seu henge no jutsu. Caso o jutsu funcionasse de acordo com a vontade de Fudo, agora o genin teria a pele morena, uma altura mediana (1,65 m), além de cabelos longos, que chegariam até o seu ombro. E o seu rosto não teria nenhuma peculiaridade, sendo um rosto bastante comum e facilmente esquecível.

Quando finalmente todos os preparativos estivessem finalizados Fudo acompanharia Tay, na mesma velocidade (caso fosse possível), até a Indústria Silfer. — Tay...tem mais uma coisa que eu gostaria de te falar. — Exclamou Fudo um pouco antes deles começarem a se dirigir para o local. — É que... depois de um tempo pensando sobre o assunto... eu sinceramente acho que deveríamos começar a procurar pistas pela sala da gerencia, afinal de contas, todos os registros da companhia devem ficar lá, o que provavelmente... vai ser de grande ajuda. — Após isso, Fudo esperaria a resposta de Tay, e logo depois voltaria a seguir a sua dupla.

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Bolsa de Armas ( 19 / 20 ):
Databook:
Qualidades & Defeitos:
Cálculos & Buffs:
Emme


[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

sinhorelli
Hokage
sinhorelli
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 4/7/2022, 21:25

Os shinobis seguiram rumo a indústria suspeita, ambos até tiveram uma ideia boa de se transformar, porém, a aproximadamente 100m de distância do local - do lado de fora - antes que pudessem fazer tal ação, foram avistados por um dos guardas da área, que acionou os demais e não tardou para ambos os ninjas da folha estarem cercados por seis homens, cada um portando dois machados, a 15m de distância.

Um destes homens, antes de se reunir ao grupo ao redor dos ninjas, havia arremessado seus dois machados, acertando o ombro direito de Tay e a coxa esquerda de Fudo, deixando um corte mediano e um pouco profundo, o  bastante para dificultar a movimentação daqueles membros.

Se identifiquem imediatamente! - disse um dos homens, demonstrando estar extremamente furioso — O que shinobis da aldeia da folha estão fazendo aqui?! Ainda por cima, tentando se transformar. Vocês acham que iriam passar assim despercebidos por aqui?!

Cala boca seu idiota! - o outro rapaz alerta o seu companheiro, como se este tivesse quase dito algo poderia beneficiar a dupla konohense.

Se identifiquem ou iremos atacar vocês! - o último aviso havia sido dito.
CONSIDERAÇÕES:

_______________________

Ficha | GF | Banco | CJ | CH | EV | RD | Mod AG
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Erickxws
Genin
Erickxws
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 5/7/2022, 16:37

HP: 327.5/575
CH: 1000/1000
ST: 00/05
Palavras: 303
- Falas
- Pensamentos
Indústria Silfer
Mini-Trama

Até aquele momento tudo corria de acordo com o planejado, contudo, devido a um descuido da dupla, um guarda que patrulhava a área foi capaz de avistá-los. Aquele homem, antes mesmo de tentar falar com os dois, já tinha decidido que seria melhor chamar reforços. — Droga! Era só o que me faltava. — Só foi preciso alguns instantes, para que enfim Fudo pudesse perceber que já estava completamente cercado. O cerco que foi formado ao redor do dois era composto por 6 homens, onde cada um deles carregava consigo dois machados.

O genin nesse momento estava desesperado, pois ele não sabia como deveria agir perante a situação. — Calma Fudo... é só você manter a calma que tudo vai acabar bem. — Foi nesse momento que um daqueles homens, um pouco antes de se juntar aos outros, resolveu lançar os seus machados contra os ninjas da folha.

E, antes mesmo que o Fudo conseguisse perceber tal ação, o estrago já estaria feito. Ao sentir uma pontada na coxa esquerda, o genin logo tratou de levar a sua mão até o local, que por sua vez, agora estaria encharcado de sangue. Assim que o genin vislumbrou a sua canhota, ele logo entendeu o que havia acontecido, no entanto, em vez de voltar o seu olhar para o inimigo, Fudo apenas ficou encarando as suas mãos, enquanto mantinha uma expressão abatida no rosto. Nesse exato momento, nada do que acontecesse ali seria percebido ou ouvido por ele.

— Pai... Mãe... essa é a sensação que vocês sentiram antes de morrer? Não, não pode ser... isso com certeza deve ser um sonho. Espera... por que eu estou mentindo pra mim mesmo? É mais do que óbvio o que está acontecendo aqui. NÃO! Já chega, por favor, eu estou implorando, por favor... alguém me diz que isso aqui é mentira.

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Bolsa de Armas ( 19 / 20 ):
Databook:
Qualidades & Defeitos:
Cálculos & Buffs:
Emme


[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

blaize17
Tokubetsu Jonin
blaize17
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 6/7/2022, 02:04

Industria Silfer
HP: 1082 | 1525 • CH: 1525 | 1525 • ST: 00 | 07


Tudo ia bem, Fudo era uma ótima companhia para Tay e ambos estavam prestes a iniciarem seu plano, porém algo nada calculado ocorreria. Um dos soldados de vigia da fábrica havia avistado os ninjas de Konoha e decidiu intercepta-los e começou a chamar reforços, não demorou muito para ser visto de longe um grupo em direção aos jovens ninjas... - Isso não é nada bom, mas calma, vamos conseguir sair desta e retornar a missão de forma original, é só manter a calma... Pensava o Senju em sua mente, porém, ele não poderia estar mais enganado.
Antes mesmos de todos os inimigos se aproximarem, um deles decidiu intervir e arremessou um machado que acertou o ombro direito de Tay, fazendo com que o mesmo imediatamente colocasse a mão esquerda no local do ferimento, como se não fosse o suficiente, o mesmo guarda havia arremessado um segundo machado em direção ao Genin e o acertou em cheio a perna esquerda, causando um grande sangramento e a total preocupação do Tokubetsu... - VOCÊS ESTÃO MALUCOS? QUAL É O PROBLEMA DE VOCÊS? Tay gritava com irá nos olhos ao encarar o ninja que havia arremessado as armas, porém em seguida se aproximaria de Fudo para que o mesmo se apoiasse nele.
Gritos dos inimigos eram ouvidos, exigindo uma identificação e notoriamente demonstrando uma fúria exagerada demais para apenas "guardar uma fábrica inofensivo", pensava o jovem Senju, o que fez com que ele tentasse explicar a situação da melhor forma possível.
- Me chamo Tay Senju, sou Tokubetsu da Vila oculta da folha em minha primeira missão como chefe de equipe. Decidi sair da vila em uma expedição junto com um Genin para aprender um pouco mais sobre nosso grande mundo ninja... Como está Fudo? Tay explicava a situação para os guardas, na tentativa de sair da atual situação sem muitos problemas, pois fora a desvatagem numérica, ambos se encontravam atualmente feridos... - Íamos nos transformar sim, um jutsu básico e inofensivo para que eu pudesse testar as habilidades deste prodígio de Konoha. Visando um desafio maior, decidi explorar uma outra região para ver tais habilidades, sendo que uma demonstração de dessas habilidades em território conhecido seria fácil demais. Tay falava em um tom firme, fazendo o possível para passar em seu tom de voz uma preocupação para colmo Genin e uma raiva pela ofensiva dos guardas.
- Vocês estão trabalhando e eu respeito isso imensamente, mas nada justifica um ataque inesperado deste sem qualquer aviso prévio e sem uma real noção da situação, exijo uma explicação, por que agir com tamanha violência a dois ninjas visitantes ao sua vila? O jovem havia tentado devolver a pergunta, demonstrando uma firmeza que até ele mesmo se convenceu de sua história... - Agora se me permite, preciso ajudar meu novato ninja antes que morra pela ação exagerada de vocês. O Tokubetsu abaixaria, tiraria a sua mão do ferimento e rasgaria um pedaço de sua capa azul, fazendo assim um trapo de pano... - Fudo, isso vai doer um pouco mas não se preocupe, vai ajudar. Avisaria ao Genin antes de tirar suas mãos de sua perna e amarrando o pedaço de pano em volta da perna ferida de Fudo, criando assim uma espécie de Torniquete para estancar o sangramento.

considerações:
[Mini-trama] Indústria Silfer Image10
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

sinhorelli
Hokage
sinhorelli
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 8/7/2022, 10:36

Enquanto o genin permanece em estado de frenesi enrustida, o líder da missão toma a dianteira da situação, mesmo ambos estando em um estado um tanto quanto precário e em desvantagem, o senju conseguiu convencer os sujeitos com sua breve e simples história inventada.

Nos desculpe senhor, mas é que não somos muito de visitas por estas redondezas e em tempos complicados como este… - disse um dos sujeitos, olhando para a lua escarlate e depois voltando os olhares em direção aos shinobis de Konoha — Não podemos nos dar o luxo de conversar. Iria te pedir uma comprovação de vocês serem de Konoha, mas suas bandanas justificam. Tomem cuidados , estes jashinistas não perdoam nem a própria família - dito estas palavras, os seis se retiram do local e seguem rumo a indústria, deixando os shinobis para trás.

Os ninjas de Konoha tinham algumas alternativas, invadir o local na surdina ou quem sabe aproveitar o disfarce inventando pelo senju e pedir ajuda dos seguranças. Claro, estas são só algumas das alternativas, porém, só uma entrada no local que é a porta da frente, ambos terão que encontrar uma maneira de adentrar o local e assim concluir a missão dada pela assistente do Hokage.
CONSIDERAÇÕES:

_______________________

Ficha | GF | Banco | CJ | CH | EV | RD | Mod AG
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Erickxws
Genin
Erickxws
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 8/7/2022, 18:16

HP: 427.5/575
CH: 962/1000
ST: 01/05
Palavras: 609
- Falas
- Pensamentos
Indústria Silfer
Mini-Trama

Assim que Fudo foi se acalmando, pouco a pouco, foi tentando entender tudo o que estava acontecendo a sua volta. E não demorou muito para que ele percebesse a aproximação que Tay estava tentando fazer, então sem demora o genin logo aceitou a ajuda oferecida pelo Tokubetsu. — Muito obrigado. —  Contudo, ao ver que Tay também estava ferido, Fudo meio sem jeito agradeceu educadamente a oferta e continuou de pé ao seu lado. — Não precisa se preocupar comigo, eu vou ficar bem. — Mesmo com essas palavras, Fudo não fazia questão nenhuma de tentar esconder a dor que estava sentindo.

— Entendo... — Ao ouvir o finalzinho da explicação que Tay estava inventando, o genin de imediato começou a entender o que estava acontecendo. — Se isso der certo vai ser ótimo, mas... e depois... o que vamos fazer? Mesmo se eles acreditarem nisso, o que eu acho difícil, agora que fomos descobertos eles provavelmente vão ficar ainda mais cautelosos, o que pra dizer a verdade, só vai servir pra deixar o nosso trabalho mais complicado.

— Isso mesmo, como o próprio Tay-sensei disse, eu apenas estava querendo demonstrar as minhas habilidades para ele. — Quando Tay terminasse de falar, Fudo logo em seguida confirmaria tudo dito anteriormente pelo Tokubetsu.

Após os guardas ouvirem o que Tay tinha a dizer, eles fizeram questão de se desculpar pelo ocorrido. E após Fudo ouvir o pedido de desculpas deles, pela primeira vez, o genin foi capaz de perceber que aqueles homens não passavam de pessoas assustadas, o que justifica e muito, a agressividade demonstrada anteriormente. — Mesmo que eles não sejam mais uma ameaça, ainda acho que esses caras podem ter algumas informações valiosas, então... tenho que dar um jeito de prender pelo menos um deles conosco. Espera... já sei!

Nesse momento, um pouco antes dos guardas irem embora, Fudo tentaria dar um passo com a sua perna machucada, mas intenção dele não era andar, muito pelo contrário, o genin na verdade apenas se jogaria no chão. E se por acaso Tay tentasse ajudar, Fudo fingiria se apoiar nele e em seguida o empurraria, com isso voltando novamente para o chão.

— Acho que esse ferimento na minha perna tá pior do que eu imaginava. Com licença... — Nesse momento Fudo dirigiria a palavra aos guardas. — É que... como vocês podem ver... parece que eu não estou conseguindo andar direito, então se não for pedir muito, eu gostaria de saber se um de vocês não poderia me ajudar a voltar pra estação do expresso shinobi.

Caso um deles aceitasse, Fudo pediria um tempo para descansar, mas na verdade ele só queria ganhar tempo, para que assim os outros fossem embora. E quando só estivessem os três ali, Fudo daria início a próxima parte do seu plano. — Ei, você aí. — No momento em que o genin chamasse aquele guarda, olhando em seus olhos, ele ativaria o seu dojutsu. Caso aquele homem fizesse contato visual, Fudo imediatamente tentaria lançar um genjutsu nele. E se o genin tivesse êxito, agora aquele homem estaria em transe.

— Temos algumas perguntas para você. Primeiro, o que você sabe sobre o carregamento de madeira que vinha vindo das florestas de Konoha? E segundo, porque essa indústria tem tanta segurança assim? O que vocês estão escondendo aí? Ah, e antes que eu me esqueça, existe algum jeito de entrarmos lá dentro sem sermos vistos?

— Tay, gostaria de fazer mais alguma pergunta para ele? — Caso Tay respondessem positivamente, Fudo esperaria, e depois ele acrescentaria. — A propósito, gostaria de pedir desculpas por mais cedo, eu agi sozinho e também fui imprudente. Mas em minha defesa... não tínhamos muito tempo pra pensar, então assim que vi uma oportunidade eu a agarrei.

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Bolsa de Armas ( 19 / 20 ):
Databook:
Qualidades & Defeitos:
Cálculos & Buffs:
Emme


[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

blaize17
Tokubetsu Jonin
blaize17
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 9/7/2022, 04:24

Industria Silfer
HP: 1072 | 1525 • CH: 1525 | 1525 • ST: 00 | 07

Os guardas começavam a se afastar e quando o Tokubetsu decidiu se pronunciar  a respeito o jovem Genin aparentava uma instabilidade e de prontidão se inclinou para ajudá-lo, porém foi rejeitado, o que foi confuso no primeiro momento visto que ambos estavam compartilhando da mesma situação e o Senju apenas tentava ajudar, ser empurrado não era o que ele esperava.
Porém em uma segunda perspectiva o jovem Fudo, agora não chão, solicitava a ajuda de um dos guardas para lhe ajudar, aliás era por conta deles que o shinobi estava com tal limitação... - O que ele está planejando, qual o plano dele com isso tudo? Será que o mesmo que eu? Pensava o Senju a respeito do que via e da semelhança com sua ideia de usar os próprios guardas para adentrar as instalações. Aparentemente ele estava certo, caso o guarda ajudasse o Genin, o mesmo usaria uma espécie de Genjutsu para o colocar em um transe fazendo com que o guarda fosse obrigado a responder suas perguntas e caso o Genjutsu funcionasse e Tay tivesse a chance de perguntar algo... - Existe alguma entrada ou meio que nós conseguirmos ter acesso a indústria sem chamarmos a atenção? Perguntaria o Tokubetsu caso tivesse a oportunidade.
Caso algo no plano do Genin não saísse como planejado, Tay pediria para os guardas os ajudarem, não para o Expresso Shinobi como planejado mas sim para algum lugar onde poderia cuidar das férias e ficaria na torcida para ser a fábrica.
- Não tem problema em tomar a iniciativa, só nunca esqueça que devemos sempre ir pra frente e nunca para trás, a não ser que seja necessário um passo para trás para se dar dois para frente. Comentava o Tay com Fudo sobre sua iniciativa na missão.

considerações:
[Mini-trama] Indústria Silfer Image10
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

sinhorelli
Hokage
sinhorelli
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 10/7/2022, 12:36

Um dos seguranças, o que se encontrava atras dos demais, ouviu o pedido de ajuda do jovem genin, sentindo-se responsável por te-lo ferido, este diz para os demais colegas que pretende se redimir, os outros se afastam rapidamente deixando o trio a sós.

Na indústria não tem um lugar específico para cuidados médicos, mas temos uma caixa de primeiros socorros no vestiário, creio que uma boa lavada com sabonete e água possa ajudar com estes seus ferimentos - o sujeito dizia ficando a aproximadamente 2m de distância dos shinobis da folha, olhando especificamente para o ferimento na perna do genin — Pois não! - atendendo o chamado, o sujeito olha diretamente para os olhos avermelhados do chinoike, assim caindo facilmente no genjutsu — Eu apenas sigo as ordens do Senhor Levi, ele nos envia para as florestas de Konoha para coletar uma rara madeira que só se encontra por lá. Tivemos alguns ataques e assaltos da concorrência durante estes meses, logo aumentaram a segurança. Não estamos escondendo, estamos armazenando madeira, aqui é uma indústria de madeira. Infelizmente, só há uma entrada, a da frente, e está repleto de seguranças ao redor do complexo... mas vocês podem aproveitar a troca de plantão dos seguranças, que ocorre ao pôr do sol, a entrada costuma ficar sem essa "proteção" por cerca de três a cinco minutos no máximo"

O plano do genin foi excelente para obter informações, porém o sujeito não estava aguentando aquele genjutsu, o que o levou a desmaiar.
CONSIDERAÇÕES:

_______________________

Ficha | GF | Banco | CJ | CH | EV | RD | Mod AG
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

blaize17
Tokubetsu Jonin
blaize17
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 12/7/2022, 02:17

Industria Silfer
HP: 1062 | 1525 • CH: Clone1: 491 / 491 Clone2: 491 / 491 Original: 491 / 491 • ST: 01 | 07

O plano do Genin havia funcionando, o guarda havia entrado em uma espécie de transe e começará a responder as perguntas que o jovem tinha e em seguida as que Tay havia perguntado, com isso muitas coisas boas e ruins eram esclarecidas, como o fato de saberem agora o nome do responsável por toda essa organização, Levi, porém saber que todo a indústria havia apenas uma entrada, o que dificultaria a entrada dos ninjas da folha.
Porém, após algumas exclamações do guarda o mesmo acabou desmaiando, o que não era nada bom para a situação da dupla de Konoha... Porém Tay havia tido uma Idea... - Vamos fazer assim... Tay se certificaria de que os outros guardas não estariam observando e após ter está certeza faria dois clones das sombras e em seguida uma transformação, fazendo assim o original transformado no guarda recém desmaiado, um de seus clones levando o guarda desacordado para longe e o amarrando em uma árvore local com, colocando até mesmo uma mordaça com um pedaço do pano da sua jaqueta, o amarrando com uma de suas linhas em sua bolsa e o outro ficaria ali entre eles. Caso os guardas não perdessem eles de vista, Tay apanas iria em direção ao expresso Shinobi dando a entender que o guarda estaria os escoltando e então efetuaria seu plano.
Caso tudo desse certo o Tokubetsu original transformado pegaria braço direito de Fudo e colocaria em volta de seu pescoço e andaria em direção a Indústria, enquanto seu clone o seguiria pela esquerda com a mão no ombro... - Irei me passar pelo guarda e tentarei nos colocar lá dentro, ao menos no vestiário para podermos cuidar dos ferimentos de forma descente, tudo dando certo vamos explorar. O Senju explicaria seu plano para o Genin e andaria em direção a entrada da Indústria... - Eles precisam de cuidados, vou levá-los até o vestiário onde temos os primeiros socorros e em depois de cuidar de suas férias eles iram sair. Dizia o jovem Senju para os guardas ao tentar entrar na indústria como parte de seu plano.


considerações:
[Mini-trama] Indústria Silfer Image10
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Erickxws
Genin
Erickxws
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 12/7/2022, 12:00

HP: 575/575
CH: 1000/1000
ST: 00/05
Palavras: 240
- Falas
- Pensamentos
Indústria Silfer
Mini-Trama

Para o alívio de Fudo o seu plano tinha dado certo, mas junto com as informações obtidas novos problemas apareceram. — Certo... pelo menos conseguimos o nome do responsável, porém o fato de só haver uma entrada nessa indústria me preocupa. O que deveríamos fazer? Não sei se ficar esperando é a melhor escolha, já que esses guardas podem perceber que tem algo estranho acontecendo quando o parceiro deles não retornar. — Enquanto o genin estava assimilando todas as informações que tinha recebido, por fim aquele homem veio a desmaiar, se tornando assim mais um problema para a dupla. — Droga! Era só o que me faltava. —

Por sorte Tay já havia pensado em algo, então pouco tempo depois daquele homem desmaiar, ele rapidamente fez duas cópias suas. De início Fudo não entendeu qual era o plano que a sua dupla tinha pensado, até que ele viu uma das cópias se transformando naquele guarda desmaiado, mas a confirmação de suas suspeitas só veio quando Tay verbalizou para o genin o que iria fazer. E enquanto isso, uma segunda cópia ia em direção ao guarda que estava desacordado, tudo isso com a intenção de leva-lo para longe. — Entendido. — Ao ouvir o que o Tokubetsu iria fazer, Fudo apenas concordou em segui-lo. Quando finalmente eles estavam prontos para agir, o genin pôs o braço em volta do pescoço de Tay, que agora estava transformado, e após isso começaria a acompanhar o seu passo.

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Bolsa de Armas ( 19 / 20 ):
Databook:
Qualidades & Defeitos:
Cálculos & Buffs:
Emme


[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

sinhorelli
Hokage
sinhorelli
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 13/7/2022, 09:55

Dois dos seis guardas que se encontravam próximos à entrada, fechou a frente do trio que se aproxima, deixando-os a 5m de distância da entrada, eles mediam de cima a baixo os dois shinobis da folha, enquanto os demais guardas fitavam a situação.

O porque eles estão assim?! - questionou um dos guardas — O senhor não deveria estar trabalhandos?! - continuou suas perguntas a Tay que está disfarçado — Cadê seus machados!? - o sujeito se aproximava a cada pergunta até que o outro o para, colocando o braço entre o trio e o guarda.

Ei, vai com calma! Os garotos realmente parecem precisar de ajuda. Pode deixar que eu os levo para a enfermaria e você retorne para o seu trabalho - o segundo guarda aperta um botão de um pequeno controle, assim abrindo a porta de aço, que se divide para os dois lados em partes iguais, ele caminha — Então vamos!? - o guarda acompanharia a dupla em direção ao vestiário e durante o percurso, decidiu dar uma de guia turístico — À esquerda ficam as cargas para importação e exportação e ali a frente do mesmo lado, ficam a separação do dia seguinte, como podem ver, onde estamos é o armazém onde os trabalhadores estão cortando as árvores para os respectivos pedidos. Eu sou leigo para essas coisas, mas creio que pude explicar bem. Vamos pegar o elevador - durante o trajeto, poderiam notar diversos homens parrudos, cortando enormes troncos de árvores e separando-as nos respectivos depósitos.

Após pegarem o elevador, no segundo andar, o guarda aponta para frente e segue em direção a uma porta, onde tem uma placa escrito “Refeitório''.

É aqui, vamos! - o guarda adentrava o local, mantendo a porta aberta para que a dupla pudesse entrar — O vestiário é ali na frente, eu vou ficar por aqui para tomar um café! Vê se não demoram! - ele se despede com um sorriso e segue em direção a um grupo de oito guardas que estavam tomando café em uma das mesas do refeitório.

Caso os shinobis da folha tenham chegado até aqui, iria avistar um enorme refeitório com diversas mesas e cadeiras, uma abertura na parede onde é possível ver a cozinha do outro lado, separados por bandejas com diversos tipos de comidas. No local havia alguns trabalhadores, além dos guardas.
CONSIDERAÇÕES:

_______________________

Ficha | GF | Banco | CJ | CH | EV | RD | Mod AG
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

blaize17
Tokubetsu Jonin
blaize17
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 15/7/2022, 04:52

Industria Silfer
HP: 1062 | 1525 • CH: Clone1: 491 / 491 Clone2: 491 / 491 Original: 491 / 491 • ST: 01 | 07

Aparentemente o plano de Tay iniciava com algumas informações das qual o jovem não havia planejado, como o fato do Segurança, que agora era o verdadeiro Tay transformado, não estava com suas armas... - Elas ficaram para trás, sem dúvida voltarei para pegá-las mas tinha que ajudar esses jovens antes, afinal a culpa é parcialmente nossa não é mesmo. Tay tentava assumir uma postura responsável pelo o ocorrido, para manter as aparências e aparentemente havia dado certo, ao menos parecia.
Um segundo questionamento surgiria, pois o guarda ao qual o Senju havia se transformado era agora forçado a voltar a sua posição na formação enquanto outro guarda levaria o Genin e o segundo clone de Tay para dentro para cuidar de seus ferimentos, o jovem não tinha muito o que fazer nesta situação... - Claro, leve eles até lá que voltarei para minha posição, na troca de turno eu entrarei para ver como eles estão. Deixando seu clone e Fudo entrarem pelas portas duplas juntos a outro guarda, o Tokubetsu assume assim uma posição na guarda da indústria.
Já dentro da indústria, uma parte da missão estava indo bem, não só tinham um nome para investigar como estavam dentro da indústria que o fizeram estar lá para começar. O Guarda que os acompanhava apresentava de forma bem descontraída o local, a madeira que trabalhavam e até mesmo alguns de seus brutos funcionários, tudo parecia tranquilo mas ambos não podiam baixar a guarda. Após passar pelo Refeitório e ser apresentado ao vestiário, o guarda informou que ficaria por lá enquanto a dupla se cuidava com os primeiros socorros... - Certo obrigado, faremos o possível para não demorar mas, confesso que esses cortes foram profundos, acha que depois dos primeiros socorros podemos aproveitar um pouco do alimento do refeitório antes de sairmos de uma vez? Perguntava ao guarda antes de adentrar ao vestiário e aguardava sua resposta.
Ao entrar no vestiário iniciava o cuidado tanto com seu companheiro Genin quanto consigo, pois boa estavam feridos e por mais que houvesse feito um Torniquete, agora era a hora de.se cuidar.
Tay então tem um plano, porém antes se certificaria que ambos estavam sozinhos no vestiário e caso esse fosse o caso... - Fudo eu tive outra ideia, o que acha se eu fizer mais dois clones e um deles transformar em você enquanto nós dois nos transformamos em operários? Apenas em homens que combinem com o arquétipo dos operários que vimos para poder nos enturmar e perguntar pelo senhor Levi, assim acredito que conseguiremos acesso ao cabeça da operação e claro, os clones que ficariam iam nos proporcionar o álibi perfeito, o que acha? O Senju compartilha seu novo plano com seu companheiro de missão, esperando para saber se o mesmo estava de acordo ou se tinha uma abordagem diferente, pois ali ambos confiavam um no outro.


considerações:
[Mini-trama] Indústria Silfer Image10
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Erickxws
Genin
Erickxws
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 15/7/2022, 20:52

HP: 575/575
CH: 1000/1000
ST: 00/05
Palavras: 425
- Falas
- Pensamentos
Indústria Silfer
Mini-Trama

Assim que Tay terminou de se transformar os dois partiram rumo a indústria, e durante todo o percurso não tiveram problemas, no entanto ao chegar perto da entrada começaram a ser indagados por um dos guardas que estava protegendo a porta. — Droga, como fomos esquecer de um detalhe tão crucial como esse? — Nesse momento, com a aproximação daquele guarda, Fudo tinha começado a se tremer todo. — E agora? Parece que vamos ser descobertos. — Ao ouvir a resposta que o falso guarda deu para aqueles homens, Fudo, mais do que nunca, achou que iria ser desmascarado e, consequentemente, morto. Contudo, para sua sorte, parecia que o segundo guarda tinha comprado a história que eles inventaram, o que foi um grande alívio para o genin.

Quando finalmente a dupla achou que iria conseguir entrar naquele lugar algo inesperado aconteceu, um dos guardas ordenou que Tay retornasse ao seu posto, pois ele mesmo iria conduzir os dois até o local apropriado. E depois de uma breve apresentação do lugar, finalmente aquele guarda, agora no segundo andar, direcionou os dois até o vestiário. Caso a dupla conseguisse chegar até lá, Fudo atravessaria o refeitório e entraria direto naquela sala. Se Fudo constatasse que não havia mais ninguém ali, ele apenas pediria para o clone fechar a porta. — Que merda! De novo não. — Nesse momento, Fudo estava com a respiração pesada e as suas mãos não paravam de tremer. Assim que o genin percebeu que tinha algo de errado acontecendo, ele apenas tratou de ficar com as costas contra a parede.

— E agora? O que eu deveria fazer? Parece que esse é o nosso fim. Logo, logo eles vão descobrir tudo, e nessa hora estaremos ferrados. Meu Deus, eu... eu não quero morrer. — Nesse instante toda a vida de Fudo passava bem diante dos seus olhos e por causa disso ele não estava conseguindo se concentrar. Tudo parecia perdido para o genin, até que ele ouviu o plano que Tay havia bolado. — C... Cer... Certo, podemos tentar fa... fazer isso. — Por algum motivo, Fudo tinha começado a sentir alguns calafrios pelo corpo, e devido a isso ele mal conseguia falar.

Antes que o clone de Tay começasse a executar o seu plano, Fudo o pararia. — Es... Espera um pouco, deixa que eu faço os clones. Só preciso que você me dê alguns minutos para eu me recompor. — Caso o clone de Tay consentisse, Fudo ficaria cerca de 4 minutos sentado no chão, enquanto tentava se acalmar. — Enquanto você espera, acho melhor cuidar desse machucado aí, sabe... pra não levantar suspeitas. —

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Bolsa de Armas ( 19 / 20 ):
Databook:
Qualidades & Defeitos:
Cálculos & Buffs:
Emme


[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

sinhorelli
Hokage
sinhorelli
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 16/7/2022, 18:04

O senju até tentou manter uma postura de como se estivesse fazendo guarda, porém, ums dos guardas do grupo que havia cercado os shinobis da folha, se aproximou dele:

Ei Jack, o que esta fazendo ai parado?! - o sujeito questionava o senju transformado — Seu horário de sair foi a poucos minutos, tu não ia ter aquele encontro... com quem mesmo? - o rapaz franzinha o cenho, tentando recordar, mas não obteve sucesso — Estranho ve-lo por aqui, ainda mais após seu expediente, tu sempre costuma sair correndo para ir embora, ta ligado que eles não pagam hora extra?! - dizia em um tom sarcastico, apesar de estranhar o comportamento do seu colega de trabalho.

[...]

Dentro da indústria, já no segundo andar, o guarda antes de se unir aos seus companheiros no refeitorio, responde ao clone do senju que podem sim comer algo, se assim desejarem.

Após atravessar a porta que dá acesso ao vestiário, os ninjas irão se deparar com um corredor amplo, de aproximadamente 4m de largura e que se estende até 10m para frente. Do lado esquerdo há uma enorme peça de marmore, com algunas pias e do lado direito as privadas com divisorias. No final do corredor, há um espaço de 10m², onde se encontra cerca de vinte chuveiros, cinco em cada parede. Na parede atrás deles, aquelas ao lado da porta, há alguns armários, inclusive uma caixinha branca com o simbolo positivo em vermelho, onde caso a peguem, poderão encontrar gases e outros itens de primeiros socorros. O local fedia a urina, fora um estranho cheiro de fezes.

Para felicidade ou infelicidade dos ninjas da folha, inicialmente o local não parecia ter ninguem, mas se prestassem atenção, poderão escutar o barulho de chuveiros ligados. No teto do espaço onde se encontra os chuveiros, há duas entradas que leva a tubulação, provávelmente para exaurir o vapor ocasionado pelos banhos quentes dos operários. A entrada desta tubulaçõs é o suficiente para uma pessoa mediana adentrar, porém é muito alto, pois esta a 5m de altura. O genin parecia não estar muito bem, mas se um destes prestassem atenção, notaria a ferida na perna de Fudo novamente sangrando e ao redor do ferimento uma mancha escura, proximo de um roxo.

CONSIDERAÇÕES:

_______________________

Ficha | GF | Banco | CJ | CH | EV | RD | Mod AG
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Erickxws
Genin
Erickxws
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 17/7/2022, 00:00

HP: 450/575
CH: 481/1000
ST: 01/05
Palavras: 533
- Falas
- Pensamentos
Indústria Silfer
Mini-Trama

Ao adentrar o vestiário Fudo tinha pensado em primeiro averiguar o local, para ver se tinha mais alguém ali, mas antes que conseguisse perceber algo começou a sentir um cheiro estranho, que por sinal, era forte o suficiente para preencher todo aquele corredor. — Que cheiro é esse? Será que tem alguém morto aqui? — Mesmo com aquele odor pairando no ar, Fudo sabia que não tinha tempo pra esse tipo de coisa. Depois de finalmente entrar naquele cômodo, o genin ficou apoiado na parede mais próxima que encontrou, pois ele já não estava tão bem assim. — Tay, só preciso de um minuto. — Nesse momento, Fudo com a mão esquerda começou a fazer pressão no seu machucado, e com isso ele esperava conseguir se libertar das amarras do medo, que por sua vez, eram responsáveis por assolar a sua mente.

Agora que já estava “livre”, Fudo começou a percorrer o lugar inteiro com os olhos. Além de algumas pias, privadas e chuveiros, não parecia que eles encontrariam algo mais ali, pelo menos era o que ele achava. Contudo, ao ouvir um barulho de chuveiro, Fudo logo deduziu que poderia ter mais alguém ali — Ei... parece que tem mais alguém usando o vestiário. — Enquanto sussurrava para Tay, o genin começava a olhar para tudo que estava a sua volta, com medo de ter deixado mais algum detalhe passar.

— Ei, eu tive uma ideia, que tal você roubar a aparência da pessoa que tá no chuveiro. Ai quando você sair disfarçado pela porta, eu faço um clone e depois uso um henge no jutsu tentando imitar a sua aparência. Faz o seguinte, primeiro vai até o chuveiro pra tentar dar uma olhada na rosto de quem tá no banho, ah... vê se não esquece de olhar também as roupas que ele estava usando. Se der tudo certo aí eu fico aqui, tentando impedir essa pessoa de sair. E aí, topa fazer isso? — Caso Tay concordasse, assim que ele desse início ao plano, Fudo iria até a porta do vestiário e começaria a projetar o seu corpo nela, assim tentando impedir que mais alguém entre ali.

— Pensando bem... esse sem dúvidas é um dos planos mais sórdidos que já bolei. Ter que espiar alguém no banho ultrapassa todos os limites, mas... — Enquanto Fudo ponderava sobre as suas escolhas, pouco a pouco, o desconforto que sentia na perna ia piorando, mas devido a adrenalina do momento, a dor ainda estava suportável.

Caso alguém tentasse entrar ali enquanto os preparativos estivessem acontecendo, o genin, sem abrir a porta, inventaria mais uma mentira. — Desculpa senhor, agora o vestiário está fechado para limpeza. A sujeira estava tanta, que tivemos que antecipar a faxina... não sei como vocês estavam aguentando aquele cheiro, hahaha. —

Independente do plano dar certo, Fudo falaria com Tay. — Tay... Se por acaso as coisas a partir daqui saírem do controle, quando eu ou você falar a palavra Fogo, saiba que vou atacar. — Após isso, Fudo faria um clone e usaria também o henge no jutsu, mas dessa vez tentando se parecer com Tay, reproduzindo até o machucado em seu ombro. Se por acaso Tay rejeitasse o seu plano, Fudo faria o henge com a aparência que o Tokubetsu sugerisse.

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Clone 1:
Bolsa de Armas ( 19 / 20 ):
Databook:
Qualidades & Defeitos:
Cálculos & Buffs:
Emme


[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

blaize17
Tokubetsu Jonin
blaize17
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 17/7/2022, 11:18

Industria Silfer
HP: 1062 | 1525 • CH: Clone1: 491 / 491 Clone2: 441 / 491 Clone3: 441 / 441 Original: 491 / 491 • ST: 02 | 07

O Verdadeiro Senju se encontrava transformado no guarda que a dupla de ninjas havia capturado em um Genjutsu e por consequência desmaiado, após tentar entrar na indústria com Fudo e um clone seu, o mesmo foi interrompido por um dos seguranças que queria ele mesmo levar os jovens ao vestiário. Com isso, o shinobi havia ficado de guarda em seu lugar, porém acabou levantado suspeitas pois aparentemente o guarda em que Tay havia se transformado já havia passado de seu período de trabalho e para evitar muitas perguntas ele deveria se virar... - Eu ia, porém o senhor Levi pediu para que eu desmarca-se e cuidasse de algumas coisas aqui dentro, especificamente no vestiário, pois preciso fazer um relatório sobre o uso dele, não sei por que agora mas se foi ele que pediu. Só vou aguardar um pouco, já que foram agora pouco, depois eu vou direto para lá. O Tokubetsu usava o pouco de conhecimento que tinha sobra a situação para criar mais uma história que sustentasse seu disfarce e espera que desse certo.

Já dentro do vestiário, após analisar o vestiário foi possível identificar a caixa de primeiro socorros e com isso ele faz um curativo em si mesmo para parar o sangramento, por mais que o pior já havia passado, porém o jovem Genin aparentava estar com muita dor na perna e isso não só poderia prejudicar a missão como poderia custar até mesmo a vida do jovem e por isso antes de mais nada, o jovem Senju decide ajudar... - Bom, não sou um ninja médico mas vou fazer o possível para lhe ajudar com essa perna, procure não se mexer muito que usarei os matérias de primeiro socorros para tentar ajudar. Tay limpava a ferida com uma gaze, passava álcool para desinfetar e por último colocaria uma gaze envolta de um esparadrapo para conter qualquer tipo de infecção e novamente amarraria o pano envolto em sua perna para colocar pressão na ferida.
Durante a ajuda prestada a Fudo, Tay havia dado uma ideia anterior, o que foi aceito primordialmente pelo Genin, mas após o mesmo verificar o vestiário e notar um dos chuveiros ligado ele dava outra idéia, após notar que o jovem aparentava estar em melhores condições o Tokubetsu se sente aliviado e respira fundo, infelizmente sentindo todo odor que aquele lugar emanava... - Como podem chamar isso de vestiário? É imundo e o cheiro é horrível, precisamos sair daqui o mais rápido possível. Pensava o ninja após sentir a podridão que aquele lugar representava.
Já em análise a ideia de Fudo, Tay concorda em fazer, porém não deseja que o jovem se esforce ainda mais, ao menos até ter certeza que está em boas condições... - Tudo bem então, pode fazer isso mas não precisamos copiar mais ninguém, espiar alguém no banho não será necessário. Vamos fazer o seguinte... Tay tranquilizava o jovem que demonstrava uma certa insatisfação com seu próprio plano, mas usaria de sua ideia para melhor avaliar a situação, com isso o Senju faz mais um clone, junto a Fudo que realiza a mesma técnica... - Nossos clones vão sair e ir de encontro ao guarda que nos trouxa ao vestiário, o que se encontra no refeitório, e vamos nos juntar a ele em um lanche e ver se conseguimos mais informações, pois ele pareceu bem solicito em fornecer tais informações. Enquanto isso eu e você vamos usar aquela Tubulação no teto para sair daqui e descobrir mais sobre esse tal de Levi e sobre o que estão fazendo aqui nesta industria com as madeiras de Konoha, vamos usar o Ki Nobori no Shugyō para subir na parede e chegar até lá, combinado? Caso o jovem concordasse ambos começariam a escalar até a tubulação e Tay ficaria de olho no chuveiro ligado, caso por conta da altura quem estiver no chuveiro pudesse enxergar os ninjas que estavam em direção a tubulação, Tay daria um sinal para seu clone que está na parte de baixo e o mesmo manipularia a água nos pés do indivíduo para que o mesmo escorregasse e perdesse a visão dos ninjas no teto. Para não fazer muito esforço, o clone do Senju que usaria a tubulação carregaria Fuso até lá, para que não fosse necessário colocar muita força em sua perna ainda.

Caso o plano desse certo e ambos conseguissem sair pela tubulação sem ser notados, os clones que ficaram no vestiário sairiam e iriam de encontro ao guarda que os levou para dentro... - Voltamos, muito obrigado pela ajuda, não está perfeito mas vamos sobreviver, poremos tomar algo e nos juntar a você antes de irmos? Perguntaria o Tokubetsu ao guarda tão solicito que os encaminhou ao vestiário.

considerações:
[Mini-trama] Indústria Silfer Image10
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

sinhorelli
Hokage
sinhorelli
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 17/7/2022, 17:10

Tay conseguiu se livrar do guarda com as desculpas usufruindo do nome de Levi e assim estando livre para seguir rumo a floresta nas redondezas ou quem sabe tentar entrar na indústria.

[...]

As ações do genin foram efetivas, mesmo diante de algo que assolava sua mente, porém não foi necessário o jutsu de transformação, somente o clone, que saiu junto ao clone de Tay, deixando genin e o outro clone do senju no vestiário. Assim que Tay e Fudo adentraram a área onde se encontra os chuveiros, seus olhos serão cobertos por uma névoa que se intensifica, caso fechem a porta que dá acesso aos chuveiros, poderão notar alguém tentando mexer na maçaneta, caso contrário, terão que identificar o chuveiro que se encontra ligado, para desligá-lo e diminuir o ruído e assim escutar os passos na água sobre o chão, rumo a porta.
CONSIDERAÇÕES:

_______________________

Ficha | GF | Banco | CJ | CH | EV | RD | Mod AG
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Erickxws
Genin
Erickxws
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 18/7/2022, 00:18

HP: 440/575
CH: 481/1000
ST: 01/05
Palavras: 366
- Falas
- Pensamentos
Indústria Silfer
Mini-Trama

Assim que Fudo terminou de ouvir o que Tay tinha a dizer, sem demora, ele chegou à conclusão de que o plano da sua dupla poderia ser mais vantajoso. — Tudo bem, vamos fazer o que você disse. — Então após chegarem a um consenso, ambos fizeram cópias suas. Com isso, após verem os clones saírem pela porta, os dois partiram para a segunda parte do plano. — Não sei porquê, mas desde de que ouvi o barulho do chuveiro não consigo me livrar dessa sensação de perigo. Sei lá... talvez isso seja só coisa da minha cabeça, pelo menos é o que eu espero. — Enquanto percorria aquele corredor, Fudo não conseguia parar de olhar para tudo que estava a sua volta. Quem o visse poderia até achar estranho, pois a sua cabeça e olhos não parariam quietos.

Logo que a dupla se aproximou de onde ficavam os chuveiros puderam perceber a presença de uma nevoa, causada por um dos chuveiros, que iria se intensificar até obstruir a visão dos ninjas. — Acho melhor desligar esse chuveiro logo, antes que fique impossível ver qualquer coisa aqui. — Já que a visibilidade naquela área estava bastante reduzida, o genin tentou descobrir aonde que ficava o chuveiro através do barulho que ele fazia. Caso Fudo o achasse, sem demora, ele tentaria fecha-lo, isso se não encontrasse ninguém pelo caminho.

Se Fudo tivesse êxito na sua tentativa de fecha-lo, assim que ouvisse os passos na água ficaria alerta. — Droga, de quem será que são esses passos? — Enquanto a nevoa era dissipada, caso o genin conseguisse, ele tentaria ir de encontro ao dono daqueles passos, se orientando pelos sons que ouvia. — Tenho que fazer alguma coisa. Desse jeito... seremos descobertos. — Mesmo sem saber quem era e nem o que tinha visto ou ouvido, Fudo já tinha classificado aquela pessoa como uma ameaça. — Ei... quem é você? — Diria ao se aproximar do sujeito.

Mas, caso Tay visse Fudo se afastando para procurar o chuveiro e o parasse, por qualquer motivo que seja, Fudo tentaria argumentar. — Relaxa, eu só vou desligar esse chuveiro. — Contudo, se Tay apresentasse algum motivo para impedir o genin, o mesmo pararia e seguiria as ordens ou sugestões dadas a ele.

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Clone 1:
Bolsa de Armas ( 19 / 20 ):
Databook:
Qualidades & Defeitos:
Cálculos & Buffs:
Emme


[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

blaize17
Tokubetsu Jonin
blaize17
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 19/7/2022, 04:17

Industria Silfer
HP: 1062 | 1525 • CH: Clone1: 491 / 491 Clone2: 441 / 491 Clone3: 441 / 441 Original: 491 / 491 • ST: 03 | 07

A conversa de Tay transformado em guarda deu resultado, estava livre de quaisquer suspeitas aparentemente e com isso daria uma última investida na tentativa de concretizar sua missão o mais rápido possível, pois querendo ou não um plano já estava em andamento pelo clone que havia adentrado junto a Fudo... - Bom, acho que é melhor eu ir, vou ver se antes de deixar meu posto o senhor Levi necessitará de mais alguma coisa, sabe me dizer se ele está no local de sempre ou ele estaria em algum outro lugar? Arriscava o jovem Tokubetsu identificar a localização de Levi para assim considerar uma missão bem sucedida e caso houve recebido uma informação útil ele iria em direção ao Levi, porém caso houvesse alguma suspeita da pergunta feita ao guarda, Tay simplesmente o ignoraria e entraria para manter o ar de preocupado para causar mais dúvida em favor do Ninja.
Enquanto isso, dentro da indústria, Um clone de Tay saia com um clone de Fudo feito por ele mesmo e iam Direção ao guarda tagarela da cantina para tentar conversar e acrescentar mais informações para a missão, porém para não levantar suspeitas, eles não insistiram em puxar uma conversa para e obedeceria a sua retirada da instalação caso seja necessário.

Porém dentro do vestiário o assunto já estava mais complicado, a missão de sair pela tubulação iria começar, porém ao adentrar a área do chuveiro foi impossível de enxergar corretamente tudo a sua volta, quando der repente Fudo decide sair e ao questionado responderia sobre desligar o chuveiro, o que foi uma boa ideia em primeira estância, porém caso o Genin tivesse sucesso em sua tentativa de desligar o chuveiro, alguns paços foram ouvidos e após perceber de onde viriam, Tay tentaria derrubar o ser caminhando pelo ambiente molhado manipulando a água no ambiente, causando um escorregão. Caso a tentava do Senju de derrubar o caminhante funcionasse, o mesmo veria Fudo se aproximar rapidamente e indagar sobre quem seria e Tay imediatamente pensou que Fudo fosse usar novamente seu Genjutsu como mais cedo e por isso decidiu não interferir, porém se aproximaria para caso fosse necessário ajudar seu amigo com esse interrogatório.

considerações:
[Mini-trama] Indústria Silfer Image10
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

sinhorelli
Hokage
sinhorelli
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 19/7/2022, 10:02

Tay do lado de fora, não obteve nenhuma informação sobre Levi, pois o guarda que foi questionado, não sabia onde o seu superior se encontrava.

[...]

O chuveiro foi desligado pelo genin, com isso ambos puderam ouvir os passos de alguém rumando a saída do local dos chuveiros, mas estranhamente os shinobis da folha nada fizeram a respeito para parar o que quer que fosse. A névoa se intensificava e os shinobis poderiam sentir uma certa leveza em seus movimentos, enquanto isso os passos molhados indicavam indo em direção a saída do vestiário.
CONSIDERAÇÕES:

_______________________

Ficha | GF | Banco | CJ | CH | EV | RD | Mod AG
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Erickxws
Genin
Erickxws
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer CP3WjSaWIAAxy7D

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 19/7/2022, 15:38

HP: 430/575
CH: 481/1000
ST: 01/05
Palavras: 443
- Falas
- Pensamentos
Indústria Silfer
Mini-Trama

Felizmente a minha tentativa de encontrar e deligar aquele chuveiro tinha sido bem sucedida. Aparentemente estava tudo dando certo, até que comecei a ouvir alguns passos, que identifiquei graças a água que havia aos montes pelo chão. Por um lado, podiam ser apenas passos, mas para mim significava ser descoberto, capturado e morto. O que fazer? Será que atacar logo de cara seria uma boa opção? Talvez quem sabe deixar tudo nas mãos de Tay, já que ele deve ter mais experiência lidando com situações como essa. Essa enxurrada de pensamentos gradativamente inundava a minha mente. Se pudesse parar o tempo, quem sabe poderia ter tempo o suficiente para pensar em algo. No entanto, como a realidade era cruel, a única coisa que conseguir fazer foi ficar impotente contra o perigo, que agora desfilava bem na minha frente.

— Vamos, o que tá acontecendo comigo? — Para ser sincero, não sei se essa impotência era fruto daquela nevoa que começava a tomar forma bem diante dos meus olhos ou se o problema era eu, mais especificamente, a forma que lidava com os meus sentimentos. Enfim, o fato era que comecei a sentir o meu corpo ficando cada vez mais leve, como se estivesse ficando relaxado, o que por si só, já é algo fora do comum, tendo em mente que estava em missão. — Temos qu... — Foi nesse momento que senti a água em meus joelhos, foi aí que percebi o estado deplorável em que me encontrava.

Primeiro tinha sido o corte na minha perna, depois foi a tensão que senti com medo de ser descoberto, e finalmente isso. Às vezes me pergunto se já não tinha aguentado coisas demais para um único dia. Já que estava leve como uma pluma, não demorou muito até sentir aquela água fria tocando a metade do meu rosto. — Então é isso... assim que vai ser o meu fim? Eu até que tive uma boa vida. Apesar de todos os traumas e cicatrizes, não acho que tenho muito do que reclamar. Só espero que Tay não tenha o mesmo destino que o meu. — Respiração pesada, batimentos acelerados e também aqueles tremores... será que essa missão tinha sido demais pra mim? Sabe... o medo era inevitável na minha atual situação, mas... apesar disso, era tudo tão calmo... Então isso que é a morte?

— M... Me... des... desculpa Tay. Parece que eu falhei. — Sentindo que não me restava muito mais tempo, apenas me desculpei pelo fracasso de ser humano que eu era, afinal de contas, Tay era apenas mais uma vitima da minha falta de sorte. — Cof-cof — Àquela altura já estava entregue, restava agora esperar o meu trágico e inevitável fim.

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Clone 1:
Bolsa de Armas ( 19 / 20 ):
Databook:
Qualidades & Defeitos:
Cálculos & Buffs:
Emme


[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

blaize17
Tokubetsu Jonin
blaize17
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 04246a8aec998ec9ffa3ab974a728542

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 21/7/2022, 02:01

Industria Silfer
HP: 1062 | 1525 • CH: Clone1: 491 / 491 Clone2: 416 / 491 Clone3: 441 / 441 Original: 491 / 491 • ST: 04 | 07

Tay que estava transformado em Guarda adentra a instalação, vê tudo o que foi apresentado para o seu clone anteriormente e então começa a procurar o vestiário, com a intenção de de se reunir com seu companheiro Genin, porém precisava encontrar como se fosse algo natural para não levantar suspeitas, pois alí ele era um guarda muito familiarizado com o local.

Enquanto isso no refeitório o clone 4 do Senju tentava obter alguma informação ao se juntar ao guarda no refeitório... - Então, como essa industria funciona? São muitos trabalhadores parrudos para trabalhar apenas com árvores você não acha? Ou secretamente interesse de vocês é atacar ninjas desavisados kkkk. Tay perguntava mais informações sobre o local e emendava uma piada para tentar deixar claro que seu interesse era de fato apenas curiosidade e que o fato de ter sido atacado teria ficado no passado.

Já dentro do vestiário, Tay via seu mais novo amigo patentear um certo desespero, se encontrava cada mais tenso com a situação ao ponto de cair ao chão , aos olhos do Tokubetsu a impressão que dava era de que ele iria desmaiar a qualquer momento. Com isso o Shinobi se aproxima de seu companheiro e toca seu ombro... - No mundo ninja a luta não é importante, sim o seu resultado. Não importa se você deu mais golpes ou fez seu adversário esgotar seu arsenal de Jutsus, o importante é concluir a missão e eu confio na sua capacidade de concluir a nossa. O medo é normal, geralmente é ele que nos mantém vivos e vencemos os perigos por termos sido bons suficiente para usar o nosso medo como um impulso para alcançar nossos objetivos... Tay tirava a mão do ombro de Fudo e estendia para que ele a segurasse para se levantar... - Vamos lá meu amigo, prometo não deixar mais nada acontecer com você e terminar essa missão com a sua ajuda. O Senju não poupava palavras para animar o Genin, fazia o possível para motiva-lo.
Após suas palavras o Tokubetsu se atentaria aos passos que ambos ouviam e então manipularia a água para o derrubar... - Conto com você Fudo, use suas habilidades para conseguirmos novas informações. Dizia Tay caso o jovem tivesse se recomposto com as palavras do Senju caso fosse o caso, o próprio Shinobi apontaria o dedo para quem tivesse caído na posição do Jutsu Sureiha e diria... - Se você se mexer não vai a chance nem mesmo de saber quem te derrubou, agora fala quem é você, o que faz aqui nesta hora de trabalho? Tentando deixar uma impressão de cautela com a indústria, Tay interrogação o caído na intenção de obter informações, isso caso Fudo não pudesse ajudar.

considerações:
[Mini-trama] Indústria Silfer Image10
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

sinhorelli
Hokage
sinhorelli
Vilarejo Atual
[Mini-trama] Indústria Silfer 20f36534d9a5a98770641103766a9261

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado 21/7/2022, 14:42

Tay transformado em guarda, consegue adentrar o recinto até chegar ao refeitório onde foi abordado por outros dois guardas, que conhecem aquele no qual está transformado.

Eae Jack, ta fazendo banco de horas?! E o encontro com aquela mina, ja era?! - disse um homem gordo de 1,50 de altura, sorridente e segurando um pequeno copinho de plástico com café na destra.

Estranho mesmo, um cara como Jack estar na empresa nessas horas. Cuidado para o inspetor não vê-lo, a punição vai ser severa! - o outro homem magrinho magro e de 1,80 de altura, gargalhava.

[...]

Este cena poderia ser visto por todos que estão presentes no refeitório, inclusive pelos clones dos shinobis de Konoha. O clone do senju tentava obter informações com os demais seguranças que ali se encontravam na roda de conversa próximo a máquina de café, os rapazes olharam para o tokubetsu com certa desconfiança, deixando um clima pesado.

O garoto é hilário! - o guarda que acompanhou os ninjas, conseguiu descontrair e começava a gargalhar, fazendo com que os demais gargalhem também, se o senju notasse rapidamente notaria o guarda piscando o olho esquerdo para ele.

[...]

No vestiário, os shinobis finalmente conseguiram controlar que aquela situação não se tornasse um completo caos, para eles e para Konoha. Tay conseguiu parar o sujeito, que caiu de rosto no chão frio e ensopado, mantendo-se a aproximadamente 2m da porta que leva para o refeitório.

Calma pessoal, não precisa ser assim né!? - disse um sujeito magro, de cabelo raspado e umido, com uma tatuagem tribal no pescoço, com a barba por fazer, tendo uma aparência de uns trinta anos aproximadamente, com as nádegas a vista de todos ali, pois a toalha havia se desenrolado com a queda — O que vocês querem? Dinheiro? Eu tenho bastante! Sou inspetor daqui, mas por favor, não me matem! - disse ele assustado.
CONSIDERAÇÕES:

_______________________

Ficha | GF | Banco | CJ | CH | EV | RD | Mod AG
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Mini-trama] Indústria Silfer - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte