>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 10:
RemanescentesAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Verão

Skywalker
Genin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse Tumblr_p2vxr6gnZq1vfwlq1o3_r1_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73039-fp-daishkan-kamuy#560425

[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 27/8/2020, 16:29


Narrador: Skywalker

What a Horrible Night to Have a Curse

@Tamashi

Era uma noite sombria e sem vida quando o jovem Okakura rondava pelas ruas de Iwagakure. Os céus estavam completamente negros e as estrelas pareciam morrer diante dos olhos do garoto, que nada mais podia enxergar do que o brilho ofuscante da Lua de Sangue que se erguia naquele momento. Há quem diga que eventos naturais como esses são maus presságios, mas isso nunca fora realmente provado. A Beleza contrastava com o terror - A Escuridão com a luz, e mais uma vez, Kazuzo estava entre a vida e a morte numa linha tênue entre o céu e inferno, bem dizendo. Andando solitário com cabeça erguida como desejo de alcançar os céus, o garoto não esperava pelo que aconteceria poucos minutos. O que deveria ser uma simples caminhada noturna se transformaria em um verdadeiro pesadelo. Saindo dos portões da vila e sozinho caminhando entre as ruas de pedregulhos que levavam entre as matas de Iwagakure no Sato, percebeu que definitivamente a fauna estava junto de si, e não apenas os ares frios e sinistros daquela estranha noite. De repente, como se mil almas estivessem amaldiçoando o rapaz, por um único segundo ele pôde ver sua própria morte - Mas não sabia explicar como ou o por que. Parou imediatamente e sentiu que algo estava errado, e por isso deu uma passo para trás. Tremendo e suando frio, o garoto simplesmente paralisou diante do medo da morte, que também aparecera por detrás de seu corpo, passando a mão suavemente sobre seu ombro direito. Aproximando-se com delicadeza e elegância, uma figura misteriosa oculta pelos raios de sangue e as sombras abissais que cobriam aquela área ri aos pés dos ouvidos de Kazuzo, levantando sua voz - Que ainda manteve-se em um tom suave, agradável e também aterrorizante. Pela textura da pele, aparentemente tratava-se de uma mulher.

- "Uma criança como você não deveria sair a noite assim, querido...Own...Fugiu de casa? Bem, pelo menos agora eu estou aqui com você, não é? Vamos, não fique aí parado, olhe pra mim..."

A Mulher diz de maneira lenta e sussurrando, congelando até o último fio de cabelo de Kazuzo, que não fazia ideia do que fazer naquele momento. Consumido pelo medo mas sabendo que deveria obedecer à mulher caso não quisesse sofrer as consequências, ele tinha uma decisão em mãos. Caso virasse para a mesma, ela se mostraria com uma pele completamente pálida e olhos azuis. Seus cabelos são longos e de coloração castanha, possuindo também algumas sardas em seu rosto. Seu físico é magro e ele está utilizando túnicas de couro grossas, também aparentemente portando três katanas, que estão embainhadas do lado direito de sua cintura. Ela olhava fixamente para o rosto de Kazuzo, como se estivesse penetrando sua alma e também possuía um leve sorriso, permitindo a visão de alguns de seus dentes.  Era bastante jovem, com no máximo 19 anos de idade ou até um pouco menos. A Floresta ao redor de Kazuzo era densa e os raios vermelhos da Lua de Sangue penetram através das brechas proporcionadas pelas folhas e árvores mortas, mesclando-se com as sombras e criando um cenário completamente sinistro. Não há cantos de animais ou movimentos próximos, é como se você estivesse no mundo pessoal de um demônio...Qual decisão Kazuzo tomará? Conversar com a mulher ou correr para a sua segurança em meio à escuridão de sangue desta noite? Ah....Que noite terrível para se ter uma maldição...

Considerações:

- Narre o que decidiu fazer.

- Min de 400 palavras p/post.

- Objetivos:
.OTO ( Habilidade Secundário )
.Despertar Akagan ( KG )

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord! Beijos do Skywalker! S2

- Título é uma referência a uma clássica frase do jogo "Castlevania: Simon's Curse".
Post 1/10

_______________________

[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 1CDDAC2FEAAD0B9EC7A16EB29F279FEA1F7F4E9D
"O que não nos mata nos deixa mais estranhos"
Ficha | CJ | Banco | GF
-
Tamashi
Genin
Tamashi
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse ECbhQux

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72871-fp-okakura-kakuzo#558620 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69760-gf-tamashi#523883

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 27/8/2020, 18:18


Okakura Kakuzō


[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 4a573060b816822fec215431ef867e938bcf506c_00

Aquilo era extremamente assustador para o pequeno ninja, nunca havia se visto perdido como naquele dia, a noite era totalmente diferente e a presença daquela mulher só confirmava isso, era como se a morte estivesse presente em todas as suas etapas, encarar a própria mortalidade o tornava mais vulnerável do que nunca havia estado, ao ponto de até mesmo esquecer de todos os seus paradigmas de shinobi até então essenciais para a existência e progressão de Okakura como ninja.

O suor que descia pelo seu rosto era o mais verdadeiro sinal de que ali poderia ser seu fim, claramente assinado pelas suas próximas escolhas. O ninja até então paralisado virava lentamente ao ponto de ter uma imagem mais clara da figura feminina, crente que ela poderia lhe fazer mal, mas afinal, se fosse do desejo dela ele já estaria morto sem ao menos ter detectado a presença da mesma.

"Onde eu estou… a lua não era assim da última vez que eu a vi, isso só pode ser um sonho, um pesadelo… não é possível que eu tenha me preparado apenas para morrer aqui e assim, sem ao menos ter resposta para o que diabos está acontecendo comigo" — era seus pensamentos enquanto ouvia a voz da mulher, virando admirava a figura em sua frente, tão pálida que Okakura achava difícil dizer que havia sangue em seu corpo, ao pontos de ser considerado uma combinação perfeita para aquilo que acreditava ser seu desastre.

— Onde eu estou? — fazia uma pausa repentina enquanto olhava nos olhos da mulher — eu sei que deveria ser perto da vila, mas essa ambientação, essa presença não é comum para mim… quem é você? — completava tentando ao máximo se manter em pé, suas pernas tremiam com um medo exagerado de tudo que havia sentido, até mesmo a voz da mulher o causava calafrios da cabeça aos pés, quem seria essa presença tão ameaçadora, ao ponto de ser mais marcante que a carnificina deixado pelo nukenin de sua última missão em uma das bases de Iwagakure.

"o garoto acabava de questionando se aquilo até mesmo não era um genjutsu ou um pesadelo criado para afastá-lo de estudos tão exagerado da área"

Suas falas comumente arrastadas eram trêmulas ao ponto de ser perceptível o medo que exalava pelos olhos no garoto visivelmente aterrorizado com tudo aquilo, tremia suas pernas como impulso, sem ao menos se importa se aquilo era visível ou não para a mulher.

Considerações:
— Velocidade:
— Palavras: 410

Jutsus:



HP: 500 - 500 | CH: 525 - 525 | ST: 0/5

-
Skywalker
Genin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse Tumblr_p2vxr6gnZq1vfwlq1o3_r1_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73039-fp-daishkan-kamuy#560425

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 27/8/2020, 19:18


Narrador: Skywalker

What a Horrible Night to Have a Curse

@Tamashi

A Tremedeira nas pernas de Okakura era tão intensa que ele começou a perder o equilíbrio. O medo era praticamente palpável e a mulher deu uma risada disfarçada, colocando a mão sobre a boca ao ver tal cena. O rapaz piscava incontrolavelmente e realmente pensava que ali finalmente encontraria seu fim, morrendo sozinho no meio do nada sem encontrar respostas para si mesmo ou alcançando seus objetivos maiores. Mas ao contrário do que se pensava, a mulher era bem mais amigável do que parecia. Colocou as mãos nos ombros de Kazuzo e agachou-se, ficando cara-a-cara do o menino. Ela de um leve sorriso e passou a mão no rosto do mesmo, demonstrando que não era uma inimiga e que também não se tratava de uma ilusão, como ele havia pensado.

- "Acalme-se, garoto! Haha, eu não estou aqui pra te machucar! Meu nome é Isabel ~ Eu sou uma andarilha, não mais pertenço a nenhum vilarejo e gosto de explorar e conhecer o mundo por aí, sabe? Bem, eu fiquei um tempo aqui em Iwagakure e notei que você parecia ser diferente dos outros...Me interessei e acabei descobrindo algumas coisas legais sobre você que com certeza gostará de saber. Além disso, eu te achei fofinho também! Eu tenho uma doença degenerativa e não sei quanto tempo me resta, e por também preciso de alguém para herdar uma certa habilidade que eu posso...Por este e mais motivos eu quero que você me acompanhe...Mas antes, pode me dizer seu nome?"

A Voz dela deixou de ser algo frio e sinistro para um tom amigável e bastante alegre, completamente diferente do que Kazuzo esperava de uma pessoa que se apresentara de maneira tão peculiar. Ainda com as mãos nos ombros do garoto, ela voltara a se levantar, colocando a mão sobre os joelhos e demonstrando um pouco de dificuldade para se manter completamente ereta. Possivelmente ela realmente possuía uma doença até então desconhecida para o genin, que ainda não entendia muito bem a situação. Seguindo em frente, Isabel pede para que ele o siga, e sem muita escolha, Okakura o faz. Ambos continuam a andar em meio ao luar de sangue, alcançando uma trilha de pedregulhos que levava a um lugar desconhecido para o garoto, que por mais que entendesse muito bem sobre os arredores...Nunca havia notado este. Trilhando por um caminho entre vários montes partidos, eles alcançam um atalho que dá para o lado oposto de Iwagakure, chegando em uma espécie de floresta onde a maioria das árvores estão mortas. O chão está coberto de água que vai até os tornozelos de ambos, que por sinal...Está completamente vermelha graças a lua. Era uma visão ainda sinistra, e um calafrio percorre a espinha de Kazuzo, que paralisa por um momento. Aquilo ainda era muito estranho, mas a presença constante de Isabel lhe reconfortava um pouco. No meio do caminho, ela volta a falar.

- "Bem, eu na verdade vim de uma vila distante, Uzushiogakure. Acabei deixando a vila por questões familiares e também porque eu não tinha condições de continuar vivendo ali, era algo completamente medíocre. Nunca fui muito habilidosa como shinobi e não recebia muito dinheiro, então acabei deixando minha família e casa aos 13 anos, sabe? - Desde então eu comecei a vagar por aí sem um objetivo definido...Eu apenas sou uma amante do desconhecido, gosto de explorar o mundo a fora. Passei a treinar também e adquiri de meu mestre uma habilidade rara a qual explicarei depois para ti...E falando em você, me diga um pouco mais sobre você! Acho que seria interessante eu conhecer um pouco mais sobre você, já que eu quem estou lhe oferecendo a chance de se tornar muito mais do que um simples shinobi, não é? Haha! Ainda bem que eu estudei bastante sobre determinadas habilidades e características de clãs, se não eu jamais teria descoberto que você era apto a despertá-lo..."

Kazuzo não sabia do que se tratavam ambas as habilidades ditas por Isabel. Agora ele deve decidir se irá falar ou não sobre si mesmo para a garota. Ela parece ser bastante confiável e amiga, não demonstrando quaisquer sinais de malícia em suas expressões ou palavras. O pequeno olhou seus arredores e teve a impressão de enxergar olhos na escuridão, mas eles desapareceram logo em seguida. Tudo isso estava muito estranho..O que estava a verdadeiramente acontecer nesta noite tão horripilante? Os céus e terra cobertos pelo sangue lunar...Seria algum mau presságio do futuro?

Considerações:

- Narre o que fez, mantenha um olho nos arredores.

- Min de 400 palavras p/post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord!
Post 2/10

_______________________

[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 1CDDAC2FEAAD0B9EC7A16EB29F279FEA1F7F4E9D
"O que não nos mata nos deixa mais estranhos"
Ficha | CJ | Banco | GF
-
Tamashi
Genin
Tamashi
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse ECbhQux

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72871-fp-okakura-kakuzo#558620 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69760-gf-tamashi#523883

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 27/8/2020, 21:06


Okakura Kakuzō


[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 4a573060b816822fec215431ef867e938bcf506c_00

Todas a sensação de morte, dor e desespero saiam do olhar do garoto, tomando uma nova forma de admiração visível no brilho dos seus olhos, não era de costume do Ninja acreditar em alguém tão facilmente, mas Isabel parecia ser tão frágil que ele não deixava de sentir um certo de apego por ela, era quase como se Isabel fosse sua amiga de profissão a Akira-senpai.

"Que alívio, Isabel realmente parece ser uma pessoa como qualquer outra, acho que seria falta de educação minha tratá-la como um inimigo" — Pensava enquanto Isabel começava a se introduzir, deixando o ambiente mais leve enquanto perguntava o nome do garoto.

— Meu nome é Okakura, Okakura Kakuzō, é um prazer te conhecer Isabel-senpai, mas por que tudo está tão diferente? E por que me fez tanto medo no início? Foi uma apresentação um tanto quanto peculiar… — respondia agora com sua voz arrastada e alegre recuperada quase ao ponto de ignorar tudo que havia acontecido. A suposta viajante demonstrava ser bastante interessada nas habilidades de Okakura, o que deixava o garoto exatamente contente visto que era uma oportunidade de ganhar ferramentas que poderiam ser úteis para a propagação do nome de sua família, se todos o olhassem como a Isabel os desejos de Okakura estaria completo.

Essa sentimento de alívio não se mantinha por muito tempo, assim que caminhavam em direção ao local que Isabel julgava apropriado para continuar a conversa, Okakura se encontrava em alguns momentos que seriam perturbador para quase todo Genin ou até mesmo para alguns ninjas mais experientes, portanto, quando se deparava com a água com aspecto sanguinolento, Okakura não pensava uma vez antes que agarrasse o braço da mulher com o intuito de se proteger, aquilo poderia ser um erro, mas ela o fazia se sentir melhor.

— Isabel-senpai… esse lugar não me parece tão agradável — reclamava enquanto seguia o caminho com a viajante, assim logo ela voltava a puxar assunto, suas falas carregavam informações interessantes sobre duas novas habilidades que ela poderia lhe ensinar, e isso era o que chamava mais a atenção do ambicioso garoto.

— Não existe muita coisa a qual posso falar sobre mim, eu sou um Genin recém formado em iwa, meu pai era um antigo comerciante de sucesso, eu vim de uma linhagem de comerciantes, porém meu pai acabou destruindo tudo com suas escolhas imprudentes… como eu disse, minha família não tem ligação com nenhum clã shinobi, o que informações sobre clã pode ajudar nesse caso, Isabel-senpai? — Sua voz era trêmula enquanto fitava todas as direções com seus olhos, porém assim que enxergava o que parecia ser um par de olhos na escuridão ele voltava a questionar Isabel enquanto apontava — olha, tem algo ali, eu vi um olho! Ei! porque está tudo tão estranho?! Os arredores de iwa não costumava ser desse jeito…

Considerações:
— Velocidade:
— Palavras: 474

Jutsus:



HP: 500 - 500 | CH: 525 - 525 | ST: 0/5

-
Skywalker
Genin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse Tumblr_p2vxr6gnZq1vfwlq1o3_r1_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73039-fp-daishkan-kamuy#560425

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 27/8/2020, 22:38


Narrador: Skywalker

What a Horrible Night to Have a Curse

@Tamashi

Isabel vê que Okakura estava notoriamente com medo e por isso agarrou seu braço, ficando bem próxima dela. A Mulher joga olhares para o garoto e nota que possivelmente ele não está acostumado com esse mundo e acha melhor também se manter mais próxima dele, colocando o braço que ele segurava ao redor de seus ombros e o aproximando, acariciando seu cabelo enquanto o faz para tentar acalmá-lo. Talvez devesse não questionar muito sobre ele, definitivamente ele possui algum problema familiar ou algo relacionado que está preferindo esconder, e Isabel sabia bem disso - Não por ser parente ou algo do tipo, mas era notável pelas expressões e gestos que ele fazia. Continuaram a andar e Isabel preferiu ignorar os comentários de Okakura por um tempo enquanto ele parecia morrer de medo de qualquer lugar em que jogasse os olhos, alegando ter visto olhos e outras atividades paranormais que a mulher simplesmente não entendia.

- "Apenas ignore, Kazuzõ! Nenhum monstro vai te pegar, tá bom? Nós já estamos chegando, vou te levar até um lugar bem especial onde vou poder te falar um pouco mais sobre essas habilidades. Bem, antes de tudo..Devo dizer que a sua habilidade especial seria bem...Como explicar? - É algo chamado Akagan, uma espécie de Dõjutsu - Uma técnica ocular - Não sei muito bem como funciona este, porém creio que se trate de uma Kekkei Genkai raríssima a qual você teve muita sorte de herdar." - Completou.

Após dar um noção do que era o Akagan para o jovem Okakura, ambos continuam a andar até alcançarem uma clareira em meio à floresta de sangue, que não continha água e nem árvores. Era um terreno baldio plano e morto, mas com determinados selos de mão, a mulher desfazia o Genjutsu e revelava a verdadeira estrutura ao centro do lugar, tratando-se nada mais nada menos do que uma grande caverna encoberta por algo similar ao que um dia fora um morro. Dentro da caverna, tudo é escuro, mas a garota retira um pedaço de pedra falso do chão, que leva até o fundo da localidade por meio de uma escada. Quando ambos descem pelas escadarias sombrias da caverna, se encontram então no subsolo. O teto era completamente recheado de estalactites e o chão com algumas estalagmites. O Subsolo era bem espaçoso e ambos cruzam o mesmo com certa dificuldade, então alcançando o seu fim. Cerca de 30 minutos se passaram desde a chegada da caverna e o cruzamento do subsolo, mas por fim acabam por emergir do mesmo mais uma vez, saindo em uma espécie de templo. Era um templo bastante simples - Porém grande, escondido em meio a um lugar que Okakura já não mais sabia dizer onde se encontrava. Os portões do templo abrem-se por conta própria, e no campo antes da porta principal, Isabel levanta a voz.

- "O que eu vou te ensinar hoje é algo relacionado ao som. É uma habilidade demasiadamente rara e poderosa que permite com que o shinobi seja capaz de realizar manipulações sonoras pelas suas mãos ou pés, por exemplo. Esse templo foi dado a mim por.." - Isabel leva a mão ao peito e o aperta, aparentemente algo estava errado.

Ela parece perder um pouco dos sentidos por alguns momentos, mas logo volta ao seu estado normal, balançando a cabeça e fingindo que nada havia acontecido. Aparentemente a doença que ela possuía já havia se agravado bastante e Kazuzo temia que ela pudesse morrer a qualquer momento, julgando pelo seu estado. Nenhuma pessoa possui uma pele tão pálida, e quando você segurou o braço da mesma pôde sentir que ela mal possuía carne no mesmo..Era algo simplesmente surreal, difícil até de acreditar que ela ainda estava viva mesmo possuindo um estado tão decrépito como este. Ela volta a falar.

- "Meu mestre me nomeou líder da 'Oto', e agora cá estou eu. Eu não liguei muito pra isso na época e preferi continuar a viajar pelo mundo, mas temo que esta possa ser a minha última viagem...Hehe, não é irônico?" - Diz.

Ela puxa o pequeno pelo braço esquerdo e o leva até um local um pouco menos espaçoso e com grandes árvores esverdeadas - Agora não mais graças à Lua de Sangue, o qual possuía diversos manequins que simulavam ninjas inimigos. Ela possivelmente iria testar as habilidades do genin para verificar se ele era realmente apto para aprender essa tal "Oto". Estranhamento, ela não tocou mais no assunto do Akagan, talvez tenha se esquecido ou até mesmo preferido ignorar ou deixar para um outro momento. As portas do templo permanecem fechadas e ela regularmente joga olhares para trás, como se temesse que algo viesse pegá-la pela retaguarda quando estivesse desprevinida.

- "Quero que você teste suas habilidades com estes manequins...Vamos ver o quão habilidoso você é com ninjutsu, que é o principal para conseguir dominar as manipulações sonoras. A Parte mais importante vem depois dessa, mas não será nem um pouco fácil. Vou rezar para que você consiga chegar até o fim daquele maldito labirinto...Eu pensei que fosse morrer lá dentro. Se não fosse pelo mestre, com certeza teria morrido..Mas agora só resta você. Vou te explicar isso depois...Mas é capaz de você entender o conceito e importância das manipulações sonoras a partir deste labirinto, já que você será obrigado a usá-las para conseguir ultrapassá-lo."

Considerações:

- Narre suas ações.

- Min de 400 palavras p/post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord! Beijos do Skywalker! S2

- Coloca seu databook nas próximas considerações por favor, quero ver os dados dele.
Post 3/10

_______________________

[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 1CDDAC2FEAAD0B9EC7A16EB29F279FEA1F7F4E9D
"O que não nos mata nos deixa mais estranhos"
Ficha | CJ | Banco | GF
-
Tamashi
Genin
Tamashi
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse ECbhQux

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72871-fp-okakura-kakuzo#558620 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69760-gf-tamashi#523883

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 28/8/2020, 00:24


Okakura Kakuzō


[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 4a573060b816822fec215431ef867e938bcf506c_00

A mulher era totalmente carinhosa enquanto levava Okakura para o que aparentava ser sua guarita. Além disso, nesse meio tempo de contato físico era notório para o Genin as condições físicas da mulher que se mostrava fisicamente debilitada ao ponto de ser crítica sua situação.

"Isabel-senpai não parece estar muito bem, acho melhor eu soltá-la por enquanto, acho que eu devo protegê-la caso algo aconteça, afinal, eu sou o ninja aqui! — Pensava enquanto levemente tomava uma distância do carinhoso aconchego da viajante assim que ela o dizia para que ignorasse todas as visões que habitava naquele lugar escuro e sem vida que fazia parte do caminho até o local de treino que a mulher tanto falava.

Sua atenção novamente era tomada quando ela dizia de uma kekkei genkai raríssima que o garoto possuía, aquilo era um presente dos deuses para Okakura que precisava justamente de algo do tipo para que sua família se tornasse relevante novamente, seus olhos novamente enchiam de brilho enquanto escutava do tal doujutsu akagan tão especial que a mulher comentava.

Assim que chegavam ao local, a mulher dissipava uma ilusão que cobria seu esconderijo, era sem dúvidas que seria naquele templo o treinamento do garoto que ficava extremamente animado ao ver que a mulher teria tanta habilidade em genjutsu quanto o garoto desejava ter um dia, era sua área preferida dos estilos de luta shinobi e ela a cada segundo se tornava a sensei perfeita para Okakura.

O lugar era ligeiramente belo para ser tão desconhecido, o garoto observava todo o local como se fosse sua última vez ali, porém, não deixando de prestar atenção em tudo que a mulher dizia. Até então o assunto era o akagan, porém ela acabava tomando como principal a manipulação do som, antes que pudesse questioná-la do seu donjutsu ele escolhia se manter calado, afinal era igualmente interessante para Okakura a manipulação do som, além do mais, parecia ser os últimos esforços de Isabel para que seu estilo fosse passado para frente, de qualquer forma o akagan não fugiria de Okakura e ele teria como pesquisa-lo depois caso necessário e assim escolheu respeitar a vontade da mulher que o convidava a mostrar seu Ninjutsu contra os bonecos que imitavam humanos na aparência.

— Atacar bonecos parados? Isso é fácil, porém meu jutsu mais poderoso o Doton: Domu é uma técnica que uso de forma extremamente defensiva… mas eu tenho outros truques que podem ser igualmente interessante — fazia rápidos selos de mão atirando projéteis de pedra da própria boca mirando três dos bonecos com sua cusparada, assim completando — labirinto? Eu amo charadas e labirintos são uma forma de charadas gigantes, a gente pode tenta-lo caso você acredite que já estou pronto.

Considerações:
— Velocidade:
— Palavras: 453
— tudo tentativa

Databook:
[04] Ninjutsu* (Habilidade em Ninjutsu)
[00] Taijutsu
[02] Genjutsu* (Habilidade em genjutsu)
[03] Inteligência
[00] Força
[01] Velocidade
[03] Stamina
[01] Selos

Jutsus:

Doton: Iwadeppō no Jutsu
Rank: C
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: Doton: Iwadeppō no Jutsu é uma técnica usada pelos shinobi de Iwagakure nos quais pedaços de rocha do tamanho de balas são expelidos da boca do usuário com grande velocidade e força. Depois que eles são disparados, os pedaços se expandem em pedregulhos enormes. Orochimaru afirmou que, quando usada de forma colaborativa, esta técnica pode destruir uma montanha.

HP: 500 - 500 | CH: 510 - 525 | ST: 0/5

-
Skywalker
Genin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse Tumblr_p2vxr6gnZq1vfwlq1o3_r1_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73039-fp-daishkan-kamuy#560425

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 28/8/2020, 13:05


Narrador: Skywalker

What a Horrible Night to Have a Curse

@Tamashi

A Mulher nota que o garoto possui bastante facilidade em utilizar Ninjutsus, tanto de forma ofensiva como acabara de mostrar como em forma defensiva como o garoto alega. Sendo assim, ela abre um leve sorriso no rosto e parece reconhecer a força do pequeno Okakura, que demonstrou bastante interesse neste labirinto. Mesmo interessado, a expressão de Isabel se torna séria quanto a isso.

- "Kazuzo, você pode acabar morrendo lá dentro, se não for habilidoso o suficiente. Antes disso, eu lhe entregarei isso~"

Isabel entrega a Okakura um par de estranhas luvas que possuem uma espécie de canalizador em seus palmos. Ela as encaixa nas mãos de Kazuzo de maneira perfeita e o garoto pode sentir que algo perfura sua pele levemente, mas não causa dor alguma. Aquelas não eram luvas nem um pouco convencionais, e ele sabia que possivelmente teria que utilizá-las para conseguir superar os desafios deste labirinto.

- "Estas luvas canalizarão seu chakra e o liberará na forma do som. Estas são luvas essenciais para qualquer um que queira lançar jutsus de origem sonora contra seus inimigos. Porém, com o tempo você começará a canalizar o chakra e será capaz de lançá-lo normalmente através de suas mãos e pés. Você sentirá que o chakra, ao se transformar na natureza do som passa por uma grande transformação. Quando você sentir essa transformação, lance-a para onde achar necessário. É um estilo de luta baseado principalmente na debilitação geral dos oponentes e controle do terreno, já que você também pode controlar a intensidade dos sons, e etc. Este labirinto colocará em prova suas habilidades com a Oto, então tome cuidado e NÃO use nenhuma técnica além da manipulação do som. Se você conseguir passar do labirinto, com certeza será apto de ser um dos poucos manipuladores de som que atualmente existem no mundo ninja...Eu estarei muito orgulhosa de você, Kazuzo." - Diz, passando a mão sobre os cabelos do garoto mais uma vez.

Se ele se sentisse pronto, deveria seguir Isabel até dentro do templo. Lá, ele notaria que não se tratava de um templo comum...Toda aquela estrutura era um labirinto, os andares, subterrâneo...Tudo  era parte de um grande labirinto que ele deveria atravessar e superar os objetivos caso quisesse verdadeiramente dominar a manipulação do som, e quem sabe...O Akagan. A Primeira vista, o labirinto parece ser comum - Mas logo-se nota que existem diversos caminhos para todos os lados. Ele deve escolher entre cinco caminhos para seguir: Leste, Nordeste, Norte, Noroeste ou Sudeste. Estes eram os cinco caminhos possíveis a serem seguidos na parte inicial do labirinto. Apenas adentrando em um deles você teria uma maior noção do que fazer e como prosseguir nesta perigosa jornada...Vários caminhos para se tornar um, várias escolhas com um único final...Ou será que não?

Considerações:

- Narre o que fez.

- Min de 400 palavras p/post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord!
Post 4/10

_______________________

[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 1CDDAC2FEAAD0B9EC7A16EB29F279FEA1F7F4E9D
"O que não nos mata nos deixa mais estranhos"
Ficha | CJ | Banco | GF
-
Tamashi
Genin
Tamashi
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse ECbhQux

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72871-fp-okakura-kakuzo#558620 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69760-gf-tamashi#523883

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 28/8/2020, 16:04


Okakura Kakuzō


[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 4a573060b816822fec215431ef867e938bcf506c_00

Na visão do garoto era claro a confiança que Isabel tinha sobre ele, isso o deixava mais animado para o seu treino, a habilidade tão interessante de oto seria um diferencial para Okakura, o garoto estava pronto para qualquer desafio.

"Eu estou pronto, Isabel-senpai! Caso eu não estivesse eu não seria escolhido por você para continuar sua arte ninja" — Pensava já concordando com a mulher apenas confirmando com a cabeça sobre seu primeiro questionamento, diferente da antiga postura, Okakura mostrava em seus olhos determinação suficiente para tentar os mais difíceis desafios que estavam por vim.

Assim que ela lhe estragava o par de luvas e introduzia suas funções, tudo ficava mais claro para a mente de Okakura, as luvas pareciam ser fabricadas justamente para servir ao garoto o que deixava mais impressionante.

"Será que ela fez essas luvas para mim? Foi muito bacana da parte da Isabel-senpai… preciso pensar em uma forma de agradecer depois disso tudo" — logo em seguida viria informações sobre o tal labirinto dentro do templo, era animador a ideia de uma aventura na qual o garoto não poderia nem ao menos usar suas habilidades, porém era fascinante a ideia de uma habilidade que simulava ataques sonoros, dominando isso o garoto poderia ter tanto poder, afinal, ninguém espera um ataque vindo do som, pelo menos é o que ele acreditava.

"Certo, não usar meus Jutsus, usar apenas a luva, acho que se esse é o treinamento, tudo que eu preciso é dominar a luva e conseguir usá-la da forma mais efetiva, deve existir alguma charada no labirinto a qual apenas essas luvas ou a manipulação de som pode resolver, então devo ir com cuidado e observando tudo que posso — enquanto seguia Isabel até o labirinto ele dizia em voz alta para que ela pudesse ouvir — eu irei passar por isso, Isabel-senpai, não serei apenas o próximo manipulador de som, eu serei o melhor deles! — era visível a determinação do garoto enquanto só olhava para o templo apertando seus próprios punhos, ele estava afirmando que não seria apenas raro, seria o mais incrível dos manipuladores e era convicto disso.

Assim que devesse escolher entre uma das passagem o garoto parava pra pensar — temos bastantes opções aqui, vamos tentar fazer um chute inteligente… de orientações retas temos apenas o norte e o leste, os outros são ramificações, nordeste é a junção das duas primeiras… temos norte se repetindo pela terceira vez com oeste em noroeste, porém o leste também repete pela terceira vez em sudeste… Acho que assim fica três para o norte e três para o leste, são as única duas que se repetem, e de fato é interessante como tanto são as únicas a se repetirem como são as únicas que são de ângulos retos na bússola, acho que meu chute mais inteligente seria para o nordeste, então — assim que escolhia seu caminho com lógicas tiradas de livros, Okakura tomava o caminho nordeste como se fosse sua única opção.

Considerações:
— Velocidade:
— Palavras: 499
— tudo tentativa

Databook:
[04] Ninjutsu* (Habilidade em Ninjutsu)
[00] Taijutsu
[02] Genjutsu* (Habilidade em genjutsu)
[03] Inteligência
[00] Força
[01] Velocidade
[03] Stamina
[01] Selos

Jutsus:



HP: 500 - 500 | CH: 510 - 525 | ST: 0/5

-
Skywalker
Genin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse Tumblr_p2vxr6gnZq1vfwlq1o3_r1_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73039-fp-daishkan-kamuy#560425

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 28/8/2020, 18:16


Narrador: Skywalker

What a Horrible Night to Have a Curse

@Tamashi

Uma decisão tomada com muita sabedoria e genialidade por parte do pequeno Okakura Kazuzo. Seguindo para o Nordeste, ele notaria que o caminho era definitivamente o mais "fácil" dentre os outros. Sem muitos segredos a serem descobertos por este lado, o garoto se vê andando em um salão escuro e com enigmáticas frases espalhadas pelas paredes e até mesmo no chão. Para os que não tiveram muita sorte no passado, o genin seria capaz de observar restos de crânios humanos e até mesmo de outros pequenos ossos do corpo humano em determinados locais do labirinto - Nordeste, até mesmo com direito a empalamento, como indica um dos esqueletos. Passando pelos restos e evitando algumas armadilhas óbvias, ele se depara com seu primeiro enigma: Existe uma grande porta de madeira à sua frente, e logo antes uma sala espaçosa com cerca de 7 metros de largura, sendo que as laterais do chão estão cobertas por espinhos, indicando que você não deve se aproximar das beiradas. Caso desse um passo a frente, veria que uma tocha se acenderia logo acima da porta. A tocha está com duas correntes - Um se liga à fechadura da porta de madeira, e a outra se liga a uma linha composta de seis grandes lâmpadas que estão penduradas no teto, cada uma possuindo um compartimento e contendo algo em seu interior na parte de baixo e de cima. Se Kazuzo tentasse apagar a chama com sua manipulação do som, a porta se abriria, porém isso daria gatilho para as lâmpadas que revelariam estar carregando diversos espetos, então jogando-os contra Kazuzo e o matando por conta disso. As correntes das lâmpadas estão conectadas tanto à tocha como à um tipo de cabeça de pedra, sendo que as correntes saem de sua boca. Para Kazuzo resolver o enigma e abrir a porta, ele deverá descobrir um meio de apagar a chama, mas ao mesmo tempo impedindo que as lâmpadas possam o atingir. Lembrando que sua manipulação do som não é suficiente para parar tais espinhos, logo, pense bem no que fazer e tome cuidado com sua decisão, pois poderá ser a última de sua vida.

Considerações:

- Narre o que fez.

- Min de 400 palavras p/post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord!
Post 5/10

_______________________

[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 1CDDAC2FEAAD0B9EC7A16EB29F279FEA1F7F4E9D
"O que não nos mata nos deixa mais estranhos"
Ficha | CJ | Banco | GF
-
Tamashi
Genin
Tamashi
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse ECbhQux

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72871-fp-okakura-kakuzo#558620 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69760-gf-tamashi#523883

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 28/8/2020, 23:13


Okakura Kakuzō


[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 4a573060b816822fec215431ef867e938bcf506c_00

"Mais um enigma, esse parece um tanto quanto mais difícil…" — o garoto ficava vários minutos sentado no chão enquanto pensava no que fazer, admirava o fogo da tocha enquanto brincava com as linhas costuradas em sua pele como uma forma de mania quando estava pensado. Era de extrema importância aquilo não dar errado, ou poderia ser o fim da linha para Okakura e voltar não era uma opção, nunca tínhamos sido, então a única saída era pensar em formas de burla aquele desafio.

"Uma porta, uma tocha, correntes e uma cabeça de pedra… talvez se eu verifica-se a boca da cabeça de pedra…" — o garoto iria em direção ao monumento, verificava ter algum tipo de mecanismo, caso houvesse confirmação que as correntes estavam presas depois de ativar o suposto mecanismo, o garoto iria usar sua manipulação de som para apagar a tocha entrando na sala, caso não houvesse tentaria fechar a mandíbula da cabeça a fim de prender as correntes na boca da estátua usando a luva impedindo que a armadilha fosse ativa, em caso de confirmação apagaria a tocha, porém, caso ele obteve-se mais uma falha, ele voltaria a sala com espinhos na borda, usaria a vibração das luvas e uma kunai para tentar arrancar algum dos espinhos perto da lateral, caso obtivesse sucesso ele iria atravessar o espinho em um dos gomos na corrente visando prendê-la dentro boca da cabeça de pedra, caso obtivesse mais uma falha voltaria a sentar na frente da ponta, enquanto pensava mais e mais, em nenhum dos casos apagaria a tocha antes de ter certeza que as correntes estavam presas.

"Não é possível que nada disso funcionou, podemos tentar outra coisa, só preciso de mais tempo para pensar, talvez a Isabel pudesse me ajudar… como ela mesmo disse, ela sempre foi doente, acredito que não seja a mais veloz dos ninjas, então com certeza quando ela fez essa prova, ela não apagou a tocha e atravessou correndo, talvez eu devesse tentar pensar junto o objetivos e não tentar uma forma de burlar-lo" — Voltava a brincar com as linhas costuradas em seu corpo, pensava e pensava por horas até tomar sua próxima ação contra aquele grande enigma.

O que mais pesava era a falta de seu arsenal, já que pela Isabel era claro ser proibido a falta de Jutsus de algum tipo diferente de Oto — Eu não posso falhar, eu irei surpreender a Isabel-senpai quando eu sair daqui dominando sua arte ninja!

Considerações:
— Velocidade:
— Palavras: 412
— tudo tentativa

Databook:
[04] Ninjutsu* (Habilidade em Ninjutsu)
[00] Taijutsu
[02] Genjutsu* (Habilidade em genjutsu)
[03] Inteligência
[00] Força
[01] Velocidade
[03] Stamina
[01] Selos

Jutsus:



HP: 500 - 500 | CH: 510 - 525 | ST: 0/5

-
Skywalker
Genin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse Tumblr_p2vxr6gnZq1vfwlq1o3_r1_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73039-fp-daishkan-kamuy#560425

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 29/8/2020, 00:37


Narrador: Skywalker

What a Horrible Night to Have a Curse

@Tamashi

Por sorte, o pequeno Okakura não caiu em desgraça. O Rapaz sente que ao apagar a tocha, as correntes começam a se desfazer por dentro da cabeça da estátua, porém a mesma aparentemente era mecanizada e o garoto foi capaz de fechar a mandíbula da mesma, destruindo a corrente e fazendo com que as lâmpadas saíssem de sua proteção e colidissem com a porta, destruindo-a ao mesmo tempo que também liberação seus espinhos ao chão, porém em uma distância segura onde o garoto não pudesse ser atingido pela incontável quantidade de pequenos senbons lançados pelas lâmpadas-armadilha. Não era para ser assim, porém o importante é que o enigma havia sido resolvido. Dando mais alguns passos adentro do salão pós-enigma, o garoto se vê lançado em um grande corredor. Este, por sua vez, era bastante estreito e possuía diversos buracos, tanto no chão como nas paredes. Quando o garoto dá um passo à frente, ele nota que havia pisado uma espécie de compressor, que ativou a armadilha. O corredor era uma fonte interminável de grandes espinhos de aço que possuíam um padrão de levantarem-se e depois se abaixarem para dar espaço à próxima leva. O corredor possuía cerca de 26 metros de comprimento e apenas 1,2 metros de largura, fazendo com que o garoto mal tenha espaço para conseguir defender-se ou esquivar-se dos espinhos. O Padrão que Kazuzo conseguira notar fora que a primeira leva sempre surgia no meio. Depois disso, os espinhos do começo e fim se levantavam - E logo antes de descer, os que estavam próximos do meio também se levantavam, porém desciam muito mais rapidamente que os outros. Este padrão era feito com muita velocidade e incontáveis vezes, tantas vezes que o garoto simplesmente era quase incapaz de acompanhá-los, como se eles fossem apenas objetos parados em sua visão de tão rápidos que se moviam. Okakura deveria descobrir uma maneira de cruzar este labirinto o mais rápido possível - Pois ele ouve algo vindo atrás de si. Um segundo compartimento havia sido libertado - E um grande pedregulho rolante vêm em alta velocidade, já destruindo o corredor que estava logo antes do salão do enigma anterior. Pense rápido, porém decida com sabedoria! Como já diria o Capítão Levi - "Tome uma decisão que não vá se arrepender."

Considerações:

- Narre o que fez.

- Min de 400 palavras p/post.

- A Pedra está vindo em uma velocidade de ( 3 ) pontos p/segundo, e chegará a sua localização em cerca de 19 segundos, então Kazuzo tem apenas este intervalo de tempo para conseguir desvendar o mistério dos espinhos e cruzar o caminho ao mesmo tempo que evita o gigantesco pedregulho, que possui cerca de 6 metros de diâmetro.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord!
Post 6/10

_______________________

[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 1CDDAC2FEAAD0B9EC7A16EB29F279FEA1F7F4E9D
"O que não nos mata nos deixa mais estranhos"
Ficha | CJ | Banco | GF
-
Tamashi
Genin
Tamashi
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse ECbhQux

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72871-fp-okakura-kakuzo#558620 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69760-gf-tamashi#523883

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 29/8/2020, 12:59


Okakura Kakuzō


[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 4a573060b816822fec215431ef867e938bcf506c_00

Era claro que o enigma anterior foi enfrentado de forma errônea, porém pelo sucesso na passagem isso o deixava mais animador, afinal não fazia ideia do que estava por vim.

"Espero que o próximo seja mais fácil, ou vou acabar morrendo aqui como a Isabel-senpai tem ressentimento, acho melhor eu pensar mais daqui pra frente, isso pode me custar a vida, é como se fosse uma das missões da vila, só que no lugar de um ninja inimigo eu estou enfrentando armadilhas e no lugar dos meus Jutsus eu só posso usar o maldito oto… Se eu tivesse o maldito akagan seria mais fácil? Acho que não, mas vamos continuar! Ei não vou ter a mesma sorte mais de uma vez… que diabos é isso?! — seus pensamentos foram interrompidos assim que pisava no compressor, o corredor era muito pequeno para que pudesse desviar das armadilhas e além disso não poderia usar o ki nobori no shugyō para andar sobre as paredes, porque a viajante tinha deixado bem claro a regra de não poder usar nenhum jutsu que não fosse a manipulação de som, porém isso logo o trazia uma memória, e se ele não usasse jutsu, mas sim treinamentos que teve na academia para passar pelas situações mais complicadas como essa.

Assim que sua confiança era estabelecida de novo, porém era quebrado no mesmo instante pelo fato de uma pedra está descendo em velocidade máxima até o ninja e era inevitável caso ela o alcançasse, ele teria apenas dezenove minutos para desvendar o que tinha que fazer, porém contando que até mesmo seus olhos não conseguiam acompanhar os espinhos mesmo que tivessem um padrão seria impossível acompanhá-los de forma convencional, então em questão de microsegundos decidia que o chão não era sua opção o que lhe restava era a parede.

O garoto usava uma técnica de uma brincadeira de criança, pelo seu tamanho ainda era prática usá-la em um lugar tão estreito, colocava seus dois pés em direção a uma parede do corredor, enquanto na parede oposta colocaria suas duas mãos criando uma força contra seus pés e vice versa, usaria de toda sua velocidade e estamina para se manter naquela posição para tentar atravessar o corredor longe dos espinhos, levando em consideração que o corredor media vinte seis metros, mesmo que demorasse quatro vezes o tempo normal para atravessá-lo pela dificuldade da movimentação, o ninja com dezenove segundos de vantagem da pedra teria tempo suficiente para atravessar o corredor com três segundos de distância, tempo considerável para sair do caminho da pedra na próxima sala, usaria o treinamento da escalada da academia gake nobori no gyō como essencial em sua tarefa.

Considerações:
— Velocidade: 6 m/s
— Palavras: 443
— tudo tentativa

Databook:
[04] Ninjutsu* (Habilidade em Ninjutsu)
[00] Taijutsu
[02] Genjutsu* (Habilidade em genjutsu)
[03] Inteligência
[00] Força
[01] Velocidade
[03] Stamina
[01] Selos

Jutsus:

Gake Nobori no Gyō
Rank: E
Descrição: Este é um método de treinamento que envolve escalar um penhasco íngreme alta ou usando apenas um braço. Ele se destina a melhorar a sua força e disciplina.

HP: 500 - 500 | CH: 510 - 525 | ST: 1/5

-
Skywalker
Genin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse Tumblr_p2vxr6gnZq1vfwlq1o3_r1_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73039-fp-daishkan-kamuy#560425

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 29/8/2020, 16:01


Narrador: Skywalker

What a Horrible Night to Have a Curse

@Tamashi

Um movimento inteligente que fez com que Okakura se safasse por pouco. O garoto realizou um movimento que apesar de infantil - Ainda foram de grande utilidade. Propulsionando seu corpo com a manipulação do som combinada com sua força e velocidade, conseguira atravessar o corredor de incontáveis espinhos com bastante agilidade para a posição em que estava, enquanto o grande pedregulho continuava a rolar. O mesmo destruiu a sala do enigma anterior e vinha para o corredor, porém Okakura já encontrava-se do outro do mesmo, e seguiu por diversos outros caminhos e continham enigmas menores. Aparentemente, a grande esfera de destruição acabou parando ao fim do corredor, mas também causando o colapso de toda a estrutura do templo. Os segundos estavam contados para o pequeno Genin de Iwagakure no Sato, que deveria se apressar. Realizando seu caminho com pressa, ele atravessaria todo o resto da estrutura labiríntica, que por estar desabando e desmoronando aos poucos, acabara abrindo alguns atalhos entre as paredes que proporcionaram uma fuga bem mais acelerada e fácil do que originalmente seria...Mas o pior ainda estaria por vir. Saindo por um buraco de sorte na última parede, ele novamente via o luar de sangue...E gotas foram jogadas em seu rosto. Sem entender, Kazuzo passava a mão sobre o rosto...Vendo que se tratavam de gotas de sangue. No chão, um braço pálido decepado encontrava-se caído - E à sua frente, Isabel. Ela possivelmente estava no pior dia de sua vida - Sem um dos braços e praticamente sem energias para continuar lutando, notou que uma dupla de assassinos estava à sua frente, sendo que os mesmos portavam 'Hidden Blades', uma espécie de lâmina retrátil que normalmente é posta sobre o  braço do usuário. Eles utilizavam respirados e sobretudos acinzentados. Ambos tendo heterocromia, era possível dizer que eram irmãos. Isabel estava ofegante e cuspindo sangue, e logo notara sua presença no local.

- "O-Okakura...Você não devia estar aqui...Fuja, por favor...Esses caras foram mandados aqui para me matar, você não tem nada a ver com isso!" - Ela diz, em desespero.

Os assassinos se entreolham e soltam uma risada.

- "Ah, vejam só o que temos aqui...Ele por acaso é seu filho, traidora? - Que pena, vamos ver se você vai gostar de vê-lo morrer em sua frente!"

- "N-Não faça isso com ele, por favor! Ele não é meu filho, é apenas um discípulo que eu tomei! Seus malditos...Não ousem se aproximar mais!" - Ela diz.

- "E o que você pode fazer nesse estado, vadia? Chega de falação, é hora de morrer!" - O Outro assassino dita.

Ambos se jogam para lados opostos, visando encaixar um ataque em X que pegaria tanto Okakura como Isabel, possivelmente partindo ambos ao meio. Desconhecendo estas técnicas e confuso com tudo o que acontecia, o pequeno genin mais uma vez se via jogado neste mundo tão cruel. Para falar a verdade, o mundo as vezes é real até demais. Ninguém está a salvo, e não importa o quão bom você seja...A guerra não tem piedade, e no final, inocentes, culpados...Todos serão nada mais do que mais vidas deixadas no chão.

Considerações:

- Narre o que fez.

- Min de 400 palavras p/post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord!
Post 7/10

_______________________

[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 1CDDAC2FEAAD0B9EC7A16EB29F279FEA1F7F4E9D
"O que não nos mata nos deixa mais estranhos"
Ficha | CJ | Banco | GF
-
Tamashi
Genin
Tamashi
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse ECbhQux

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72871-fp-okakura-kakuzo#558620 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69760-gf-tamashi#523883

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 29/8/2020, 21:50


Okakura Kakuzō


[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse Af22e09c102e0a066613032fdc89acdd349aad25_hq

A fuga da labirinto era um tanto energética, a adrenalina estava correndo nas veias do garoto que se divertia com toda a situação de risco com ela desmoronando e o que deixava mais feliz a cena era o fato de ter passado de todos aqueles desafios que a Isabel tinha proposto.

"Estou louco pra ver o rosto da Isabel-senpai quando ela me ver sair daqui, aposto que ela vai ficar de cara e feliz por eu ter passado por tudo isso, mal posso esperar!" — era seu último pensamento antes de sair pelo último buraco que se abria para fora do labirinto, mas no mesmo instante que o fazia seu ânimo era jogado abaixo, era uma cena horrível o garoto nem ao menos podia acreditar no que estava vendo, seus olhos começavam a encher de lágrimas enquanto se questiona —"Por que? Por que?!! Por que isso tem que acontecer? Por que tudo tem que terminar assim? Sempre em morte… É como se estivéssemos em um inferno e a eterna punição é a dor" — mais lágrimas desciam enquanto via a Isabel naquele estado e como os assassinos a tratavam, ele chegava a dar um passo para trás mostrando interesse em fugir, porém, assim que o ataque inimigo era disparado o corpo de Okakura parecia se mexer sozinho, acompanhado de selos de mão rápidos e toda sua velocidade, o garoto tentaria usar seu Ninjutsu de defesa Doton: Domu para conseguir aproximar de Isabel enquanto tentava diminuir o dano causado caso o golpes acertasse nele, seu foco era tirar a Isabel do local do ataque, mesmo tendo pouco tempo de conexões entre eles, Okakura a via como uma figura materna e ele tinha que a proteger, ele não poderia deixar sua mãe morrer pela segunda vez.

Tendo sucesso ou não, e claro "caso ainda possuísse preparo físico para isso", o pequeno ninja continuaria seus próximos movimento criando cerca de trinta ilusões com Oboro Bunshin no Jutsu, além disso se ocultaria no solo com seu Doton: Shinjū Zanshu no Jutsu, assim que pronto tentaria puxar um dos assassinos para o chão o prendendo apenas com a cabeça para fora do solo

— Vocês vão todos pagar pelo que fizerem com a minha mãe!! Eu irei matar todos vocês!!! — diria caso obtivesse sucesso em sua investida enfiando uma kunai no rosto do Ninja inimigo soterrado. Seus olhos eram cheios de irá e isso era visível de longe, em meio a todas aquelas lágrimas o garoto estava convicto de que mataria todos ali, ele não queria ser um herói naquele momento ele queria ser o maior medo daqueles ninjas.

Considerações:
— Velocidade: 6 m/s
— Palavras: 420
— tudo tentativa
— Doton domu protege até 220

Databook:
[04] Ninjutsu* (Habilidade em Ninjutsu)
[00] Taijutsu
[02] Genjutsu* (Habilidade em genjutsu)
[03] Inteligência
[00] Força
[01] Velocidade
[03] Stamina
[01] Selos

Jutsus:

Doton: Domu (Defensivo)
Rank: B
Requerimentos: Chakra Flow.
Descrição: O usuário flui chakra Doton através de todas ou partes de seu corpo, fazendo com que ele se torne visivelmente mais escuro, enquanto aumenta seu poder defensivo para se tornar tão duro quanto o diamante. Como tal, isso permite que o usuário possa facilmente suportar a maioria dos ataques com pouco ou nenhum dano, com exceção do Ninjutsu de Raiton. Além disso, o poder destrutivo dos ataques físicos é aumentado, tornando-se uma ótima técnica para todas as finalidades.

Doton: Shinjū Zanshu no Jutsu(ofensivo)
Rank: D
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: Essa técnica esconde o usuário no subsolo e arrasta o objeto de seu ataque para baixo da terra, privando-o de sua liberdade, deixando-o completamente incapaz de se mover depois de estar no subsolo. Além disso, eles podem iniciar outro ataque. Esta técnica é normalmente usada para tortura, cortando o pescoço do inimigo depois de ser usado.

Oboro Bunshin no Jutsu(passivo)
Rank: D
Requerimentos:
Descrição: O usuário cria centenas de cópias de si mesmo, cada uma delas, como a técnica básica clone, não tem substância física e, portanto, não pode ser atacada. Enquanto os oponentes atacam os clones, tentando localizar o usuário, o usuário se move secretamente para o subsolo, para que os oponentes se preocupem com alguém que não esteja lá. Uma vez que o adversário esteja muito distraído para se defender, o usuário sairá do chão para atacar.

HP: 500 - 500 | CH: 450 - 525 | ST: 2/5

-
Skywalker
Genin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse Tumblr_p2vxr6gnZq1vfwlq1o3_r1_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73039-fp-daishkan-kamuy#560425

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 30/8/2020, 01:15


Narrador: Skywalker

What a Horrible Night to Have a Curse

@Tamashi

Fora um ataque movido pelas emoções, e isso nunca é bom sinal. Ambos os ninjas não demonstraram qualquer espanto quando Okakura utilizara suas técnicas, um deles chegou até mesmo a caçoar da atitude descontrolada do garoto, que conseguira salvar a frágil Isabel de uma morte certa. A Mulher cuspia mais sangue e mal era capaz de falar direito, mas ela sorriu para o pequeno e deixou uma lágrima escorrer de seu olho direito. A Garota fechou os olhos e ficou no chão, agarrando o que restou de seu braço decepado na tentativa de estancar o sangue enquanto o garoto utilizava um jutsu para enterrar-se na terra e assim conseguir puxar um dos assassinos para baixo, privando-o de sua liberdade e deixando-o aberto para ataques. O garoto apenas não contava que o mesmo utilizasse um jutsu de substituição e logo em seguida o punisse, reaparecendo por trás de Okakura e utilizando...

- "Katon: Gokkyaku no Jutsu!"

O Ninja cuspiu uma enorme bola de fogo normalmente utilizada pelo Clã Uchiha, possuindo dimensões extraordinárias. Em pouco menos de um segundo, consumira todo o corpo de Okurakura e explodira em uma enorme esfera de chamas e fumaça. Ambos os assassinos pensaram que já haviam acabado com o serviço e eliminado de vez aquele "Verme da Pedra", como disseram anteriormente. Ignoraram a nuvem de fumaça e começaram a andar na direção da já debilitada Isabel, que mal tinha forças para se levantar e correr. Ela apenas arregalava os olhos e grunhia enquanto a dupla de homens encapuzados se aproximava. Eram inimigos muito fortes, mais do que todos que Kazuzo já havia confrontado antes. Mesmo assim, eles ainda não sabem que o rapaz permanece vivo. Sua raiva percorria suas veias, cada centímetro de seu corpo. Não demorou muito até que um brilho misterioso vindo de seus olhos começasse a se manifestar, e enfim o akagan despertara - Por meio da dor, mas enfim na posse do garoto. O que ele faria agora, estava em suas mãos. Ele só deveria ter em mente que...Os assassinos não são nem um pouco burros, poderia se dizer até mesmo que são da elite. É melhor tomar cuidado com o que irá fazer, ou se não...

Considerações:

- Narre o que fez.

- Akagan despertado! Min de 400 palavras p/post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord! Beijos do Skywalker!
Post 8/10

_______________________

[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 1CDDAC2FEAAD0B9EC7A16EB29F279FEA1F7F4E9D
"O que não nos mata nos deixa mais estranhos"
Ficha | CJ | Banco | GF
-
Tamashi
Genin
Tamashi
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse ECbhQux

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72871-fp-okakura-kakuzo#558620 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69760-gf-tamashi#523883

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 30/8/2020, 12:23


Okakura Kakuzō


[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 8888ae24e2fec115743df4db765300ca61d66ad6_00

O sangue corria pelo corpo de Okakura em uma velocidade tão acelerada que ele mal conseguia pensar em seus movimentos, pego pelo ataque inimigo sua pele fervia já chamuscada, porém, a irá era tão grande que quase ignorava  todas as dores que sentia e em meio a respiração forte através da fumaça causada pela bola de fogo recebida de forma direta o garoto acendia os olhos que Isabel havia comentado antes, era uma sensação diferente de todas que já havia presenciado, era como se aquela dor estivesse o obrigando a agir, ele se sentia tão forte ao ponto de continuar aquela luta e salvar Isabel.

Sua próxima respiração era forte seguida de selos de mão na sua maior velocidade, situações drásticas pedem medidas drásticas e agora agia de forma mais inteligente possível para debilitar aqueles ninjas e ajudar sua sensei naquela árdua missão.

"Carneiro, Cobra e Tigre" — repetia em sua mente criando três ilusões do garoto, assim que terminasse sairia quatro Okakuras da fumaça, dois em direção ao irmão mais próximo e outros dois no outro irmão, os dois primeiros eram ilusões, ambas chegavam ao ponto de fingir um golpe ao inimigo, a primeira ilusão com um soco em sua costela direita e o terceiro com um soco mirando o seu rosto o tentando obrigar a movimentar ou se defender, porém, ambas sumiam assim que encostavam nele por serem apenas ilusões de bunshin no jutsu não causando nenhum dano, porém já no outro irmão quase no mesmo tempo o movimento decorado era feito novamente, porém, agora o segundo a atacar seria o Okakura real com um soco em seu rosto contado que o inimigo estaria esperando uma ilusão, o golpe era dado com o Doton: domu um soco direto em direção ao seu queixo enquanto segurava um papel bomba.

Mesmo que o golpe não pegasse soltaria o papel bomba o mais próximo do alvo o ativando, sua ideia era causar dano com a explosão o mais próximo do rosto do inimigo e ao mesmo tempo se defender da mesma com seu jutsu do estilo pedra Doton: domu já ativo. Empurrado pela explosão, ainda caindo, continuaria com mais selos, mirando novamente o adversário a fim de tentar o empalar com Doton: Ganchūsō assim que Okakura chegasse ao chão como havia feito com o último nukenin enfrentado, contando novamente que a explosão o havia tirado do chão ou pelo menos tirado o equilíbrio do inimigo dificultando sua saída daquele jutsu, suas táticas eram focadas em distrair o adversário enquanto fazia ataques o mais rápido possível, evitando ataques diretos e até mesmo tentando focar em um de cada vez, visto que os ninjas pareciam se egocêntricos a ideias dos clone eram pra que além de se moverem acreditassem que o garoto apenas estava tentando ganhar tempo para fugir.

Em contra partida, Okakura tentaria evitar quaisquer ataque com a manipulação de som, tentando reduzir ao máximo os danos.

Considerações:
— Velocidade: 6 m/s
— Palavras: 485
— tudo tentativa
— Doton domu protege até 220

Databook:
[04] Ninjutsu* (Habilidade em Ninjutsu)
[00] Taijutsu
[02] Genjutsu* (Habilidade em genjutsu)
[03] Inteligência
[00] Força
[01] Velocidade
[03] Stamina
[01] Selos

Jutsus:

Doton: Domu (Defensivo)
Rank: B
Requerimentos: Chakra Flow.
Descrição: O usuário flui chakra Doton através de todas ou partes de seu corpo, fazendo com que ele se torne visivelmente mais escuro, enquanto aumenta seu poder defensivo para se tornar tão duro quanto o diamante. Como tal, isso permite que o usuário possa facilmente suportar a maioria dos ataques com pouco ou nenhum dano, com exceção do Ninjutsu de Raiton. Além disso, o poder destrutivo dos ataques físicos é aumentado, tornando-se uma ótima técnica para todas as finalidades.

Doton: Ganchūsō (ofensivo)
Rank: C
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: Esta técnica permite ao usuário criar alguns pilares de rocha que se projetam do solo para inclinar o alvo. Os pilares da rocha até passarão por obstáculos para alcançar seu alvo.

Bunshin no Jutsu (passivo)
Rank: E
Selos: Carneiro, Cobra e Tigre.
Descrição: Um ninjutsu que cria uma cópia intangível de seu próprio corpo, sem qualquer substância. Uma vez que o clone em si não tem a capacidade de ataque, e, assim, só pode ser usado para confundir o inimigo, que é usado principalmente em combinação com outros ninjutsu. É uma técnica básica, mas dependendo de uma engenho, ela pode ser utilizada de forma eficaz. Os clones se dissiparm quando entram em contato com algo.


HP: 430 - 500 | CH: 400 - 525 | ST: 2/5

-
Skywalker
Genin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse Tumblr_p2vxr6gnZq1vfwlq1o3_r1_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73039-fp-daishkan-kamuy#560425

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 30/8/2020, 16:30


Narrador: Skywalker

What a Horrible Night to Have a Curse

@Tamashi

O Jovem realizou uma estratégia deveras interessante. O primeiro irmão parecia ser mais e experimento que o outro, e por isso nem se moveu ao notar a aproximação repentina dos clones. Já o outro não percebeu a diferença entre os  bunshin e o verdadeiro Okakura, e acabou sendo pego pelo ataque. O irmão mais velho percebeu este erro patético e mal se propôs a ajudar, apenas ficando de braços cruzados. Ele tratava seu irmão mais novo aparentemente como uma ferramente e não tinha quaisquer sentimentos afetivos pelo mesmo. Os golpes de Kazuzo encaixaram com perfeição, porém o bandido conseguiu pular os pilares de rocha criados pelo Doton: Ganchuso, pegando impulsão nos mesmos e se jogando na direção do genin de Iwagakure no Sato, revelando suas Hidden blades. Ele avança e realiza um movimento giratório em meio ao ar, na tentativa de perfurar o corpo do garoto como se fora uma espécie de broca. Okakura possuía muito pouco tempo para reagir, e seu novo poder lhe auxiliaria muito com isso. Do outro lado, o irmão mais velho arremessa duas kunais contra a já frágil Isabel, que as bloqueia sacrificando sua mão. Uma delas atravessa a mão e se crava na carne, enquanto a outra passa direto e atinge seu ombro direito, fazendo-o cair e gritar de dor mais uma vez. O rapaz já não aguentava mais ver tanta dor e sofrimento em sua frente, era hora de acabar com isso de uma vez por todas!

Considerações:

- Narre o que fez.

- Min de 400 palavras p/post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via DIscord!
Post 9/10

_______________________

[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 1CDDAC2FEAAD0B9EC7A16EB29F279FEA1F7F4E9D
"O que não nos mata nos deixa mais estranhos"
Ficha | CJ | Banco | GF
-
Tamashi
Genin
Tamashi
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse ECbhQux

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72871-fp-okakura-kakuzo#558620 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69760-gf-tamashi#523883

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 30/8/2020, 20:53


Okakura Kakuzō


[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 9d8367ce9c8103e11e127db6d1dcebc2340c2f60_00

Sua última investida havia dado meio certo, porém, não o suficiente, talvez se não fosse pela vantagem visível do inimigo, Okakura já teria derrubado um daqueles irmãos, não era de se esperar menos, visto que Isabel mesmo doente ainda era uma ninja e não tinha conseguido nem mesmo machucá-los antes que o Genin chegasse, mesmo com suas estratégias era difícil dizer que o Genin havia alguma chance, isso até um dos golpes terem pego no inimigo antes, deveria tentar mais e mais caso quisesse ao menos salvar Isabel, o seu último golpe deveria ao menos derrubar um dos dois.

Eram poucos segundos de resposta que havia quando o ninja inimigo saltava em sua direção, mesmo que Isabel estivesse ferida ele precisava focar naquela batalha ou além de não ter sucesso em salvá-la ainda morreria. Seus movimentos eram meticulosos, como se pudesse ler o que o ninja inimigo fosse fazer com seus novos olhos, tentava uma esquiva simples passando pelo lado direito da lâmina inimiga em poucos centímetros enquanto seguia rumo a direção oposta ao inimigo, o plano era usar a própria velocidade do alvo como arma, assim que passasse tentaria mais um soco, porém, dessa vez o foco não era acertá-lo diretamente, e sim usar as técnicas ensinadas pela Isabel, liberaria a manipulação do som o mais perto do crânio do alvo em meio ao golpe com foco em atingindo os ouvidos internos causando desorientação e perda de equilíbrio no mesmo, terminaria tentando apunhalar com a outra mão o inimigo com sua kunai, enquanto o mesmo continuaria sua movimentação pela inércia.

Usaria de seu akagan recém despertado e ainda não dominado junto com a manipulação de som recém descoberto de Isabel para fazer o seu ataque, era simples porém nada que havia feito, era sua ação mais nova e talvez arriscada, mas ele deveria terminar aquilo o mais rápido possível, de qualquer forma ainda teria mais um ninja para lidar, e talvez Isabel não tivesse mais tanto tempo caso demorasse mais, então ele não via outra escolha senão terminar com esse primeiro o mais rápido possível, mesmo que fosse usando manobras arriscadas e habilidades recém descobertas e mal treinadas, seria um jogo de aposta entre tudo ou nada, tentando aproveitar de inexperiência visível entre o mais velho.

"logo irei te ajudar, Isabel-senpai, custe o que custar irei te ajudar, mas agora preciso vencer" — esse era seu único foco enquanto fazia sua investida, não era de costume agir assim, mas ele não tinha tempo e analisar mais antes de atacar como havia feito contra o nukenin da sua primeira missão não era uma opção. Era quase como se no rosto do seu atual inimigo fosse trocado pelo do renegado em alguns instantes.

Considerações:
— Velocidade: 6 m/s
— Palavras: 485
— tudo tentativa

Databook:
[04] Ninjutsu* (Habilidade em Ninjutsu)
[00] Taijutsu
[02] Genjutsu* (Habilidade em genjutsu)
[03] Inteligência
[00] Força
[01] Velocidade
[03] Stamina
[01] Selos

Jutsus:


HP: 430 - 500 | CH: 400 - 525 | ST: 3/5

-
Skywalker
Genin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse Tumblr_p2vxr6gnZq1vfwlq1o3_r1_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73039-fp-daishkan-kamuy#560425

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 31/8/2020, 12:52


Narrador: Skywalker

What a Horrible Night to Have a CUrse

@Tamashi

Um movimento esplêndido da parte de Okakura, a manipulação sonora veio muito a calhar. O Ninja desconhecia tal arte shinobi, e por conta disso não conseguiu escapar dos crescentes decibéis gerados. Seus tímpanos começaram a se rasgar por causa da intensidade e o mesmo revirava os olhos, quase perdendo a consciência. Fora bem fácil para Kazuzo cravar sua kunai no ninja após ele ser debilitado. O Irmão mais novo então cai morto aos pés de Kazuzo, ainda de olhos abertos. O Mais velho não pareceu se importar nem um pouco e em poucos instantes já estava ao lado de Isabel, tocando em sua cabeça.

- "Então hoje é seu dia de sorte, heh? - Se eles triplicassem a recompensa, talvez eu faria o favor de te matar, mas o valor é baixo. Bem, de qualquer forma eu os matei, não tenho mais motivos para ficar aqui. Meu irmão mais novo era um empecilho, que bom que agora está morto. Se bem que com estes ferimentos, acho que você também não dura muito, Isabel." - Disse, rindo enquanto desaparecia em meio às sombras.

- "Maldito....Você é...." - Não conseguia terminar a frase, e nem tinha motivos, afinal o homem já havia dado o fora.

Kazuzo rapidamente corre para auxiliar Isabel, e por sorte ela não sofreu ferimentos fatais. A Garota conseguiu estancar o sangue de seu braço decepado e por conta disso impediu maiores consequências ao seu corpo que já é muito frágil. Ela fechou os olhos e sorriu para o garoto, abraçando-o. Por conta da perda de sangue, ela acaba perdendo a consciência - Mas ao menos continua viva. A Missão havia sido concluída, e Okakura também conseguiu cumprir sua promessa para Isabel...Seria isso um bom sinal? Esta pequena história pode ter acabado aqui...Mas e quanto ao assassino mais velho? Quem será ele? - Oh, isso ainda continuará um mistério...Mas por quanto tempo?

Considerações:

- Fim da missão! Pode realizar um último post RP e depois reivindique suas recompensas na GF! Espero que tenha gostado.

- Min de 400 palavras no último post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord!
Post 10/10

_______________________

[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse 1CDDAC2FEAAD0B9EC7A16EB29F279FEA1F7F4E9D
"O que não nos mata nos deixa mais estranhos"
Ficha | CJ | Banco | GF
-
Tamashi
Genin
Tamashi
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse ECbhQux

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72871-fp-okakura-kakuzo#558620 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69760-gf-tamashi#523883

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse - em 31/8/2020, 14:37


Okakura Kakuzō


[Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse B1000e_f41a8b2951124dc88b3f45b5421e582d

Todo esforço na sua última jogada havia valido a pena, os poderes das suas novas técnicas foram essenciais para que pudesse ganhar aquela luta, porém ainda precisava derrotar mais um oponente, não só mais um como o mais forte entre os dois que haviam aparecido, pelo menos é o que Okakura acreditava.

Enquanto encarava seu próximo oponentes o mesmo fazia um movimento imperceptível ao chegar próximo de Isabel, movimento esse que o Genin nem ao menos conseguia acompanhar com seus olhos.

"como ele chegou tão rápido perto dela? Eu não terei tempo e nem chances contra ele, se isso continuar vou acabar morto… Droga" — analisava o adversário para bolar seu próximo ataque, deveria ser o mais esperto possível ou não conseguiria nem mesmo aproximar, porém, para sua surpresa o ninja mostrava ter desistido da ideia de matar Isabel, aparentemente teria ficado feliz com o peso de seu irmão ter sido tirado de suas costas, era uma atitude totalmente nefasta dele ao nem mesmo se importar com a morte do seu sangue, além era possível entender que Okakura nunca tinha sido um perigo para o cruel ninja, caia a ficha que caso o mesmo desejasse um combate a morte do jovem Genin seria sem dúvida inevitável.

Assim que terminava seu discurso o ninja logo ia embora, deixando tanto Okakura e Isabel livres, o trabalho de matá-los valia mais do que a bonificação recebida e era outro ponto que deixava claro antes de ir embora.

Assim que o ninja aproximava de Isabel ele via que todos seus esforços haviam valido a pena,Isabel não estava nas melhores condições mas ainda assim estava viva, chegava a ser irônico a diferença de quando se conheceram com o momento, ele imaginava enquanto segurava Isabel em seu colo em meio a um abraço como sua mãe teria sido, assim que Isabel ficava inconsciente o garoto começava a carregá-la em direção a vila com dificuldade, seu rosto ainda queimava por contas do primeiro ataque recebido, mas aquela sensação de dor é cansaço era prazerosa para o ninja, era o mais puro sinal de que além de ter saído vivo estava crescendo como um ninja.

O caminho até a vila era árduo, porém cheio de beleza em meio aquela noite de sangue, assim que chegava a vila iria direto ao posto médico, levando Isabel para ser tratada o mais rápido possível, decidia ficar com ela até o amanhecer quando voltava pra casa descansar depois de tanto esforço.

Considerações:
— Velocidade: mínima.
— Palavras: 485
— tudo tentativa

Databook:
[04] Ninjutsu* (Habilidade em Ninjutsu)
[00] Taijutsu
[02] Genjutsu* (Habilidade em genjutsu)
[03] Inteligência
[00] Força
[01] Velocidade
[03] Stamina
[01] Selos

Jutsus:


HP: 430 - 500 | CH: 400 - 525 | ST: 3/5

-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo] - What a Horrible Night to Have a Curse -

-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.