:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Verão
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

LastJoke
Tokubetsu Jonin
LastJoke
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 14/7/2020, 00:04

Relembrando a primeira mensagem :

Convocação


E mais uma vez o sol se pôs no horizonte. Em poucas horas, a temperatura caiu drasticamente, fazendo os moradores do deserto acenderem fogueiras e buscarem por suas peles, a fim de se proteger do frio intenso do inverno. Na escuridão da noite, uma ave mensageira cortou o vento frio e venceu a distância até a casa de três genins, deixando uma mensagem na casa de cada um deles. A primeira a receber o pequeno pergaminho com a convocação foi Oshiro Ayumu. O segundo foi Tatsumi Takeshi, e, por fim, mas não menos importante, Kaguya Aelin. E talvez mesmo sem saber, os três receberam a mesma mensagem, naquela fria noite invernal.

Mensagem escreveu:Venham imediatamente até o portão Leste. Missão de emergência.

Aquela era uma convocação oficial, e pelo tom apressado das palavras, só podia significar problemas no horizonte.




—X—




OFF: Narre o que decidiu fazer.

Considerações:
1. Dúvidas? Críticas? Reclamações? Só chamar no Discord ou mandar MP.
2. Não irei tentar estender a trama além do necessário, mas o sucesso e a conclusão dependem de você.
3. Posto todos os dias à tarde ou durante a madrugada.


1
Doces ou Travessuras?

_______________________


[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

LastJoke
Tokubetsu Jonin
LastJoke
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 18/7/2020, 05:28

Hora de Decidir


Todos

Os genins estavam com problemas. A situação em que se encontravam era difícil, e o tempo continuava a passar. Lá fora os primeiros pingos de água começaram a cair. A tempestade finalmente se aproximava da pequena cidade, os relâmpagos iluminavam o céu, os ventos sopravam com maior violência e rapidamente a maioria dos habitantes retornaram para a segurança de suas casas, indo para suas camas dormir. Mas nem todos.

Oshiro Ayumu

A chuva encontrou Ayumu em seu avanço pela única estrada de terra que levava até os portões do castelo. Contudo, a tempestade não foi a única coisa que a encontrou. O olho permitiu que a menina percebesse seus inimigos antes que eles a notassem. A chuva era uma péssima notícia para o olfato de sua gata, a qual logo perderia o rastro que estavam seguindo. Mas isso também se tratava de uma benção disfarçada, já que seus inimigos não seriam capazes de lhe rastrear usando a mesma tática.

Oshiro avistou seis cachorros-homens deitados em frente aos portões que protegiam o castelo. Ela estava a cerca de quinze metros de distância, e devido a diferença de altitude entre eles, e o tamanho reduzido dela, os inimigos ainda não haviam percebido sua presença, o que poderia mudar a qualquer instante. Ainda assim, por hora, ela tinha a vantagem da surpresa. A qual, se ela soubesse aproveitar, poderia fazer toda a diferença.

Antes de começar a perder o olfato, porém, Hina confirmou com toda a certeza de que o cheiro que ela estava seguindo havia sido trazido para o interior daquele castelo. Mas a gata estava tremendo de medo, e não seria lá de grande ajuda naquele combate iminente, caso Ayumu escolhesse lutar.

Kaguya Aelin & Tatsumi Takeshi

Reunidos mais uma vez, os dois descobriram a presença um do outro rapidamente.

Entretanto, não tardou para que eles escutassem uma porta se abrir no fim do corredor e alguém gritar:

— CALEM A BOCA! Bando de idiotas barulhentos... - E outra infinidade de reclamações e palavrões criativos. Logo as portas da cela de Aelin e Takeshi foram abertas. Nesse momento, os dois, ou um deles, poderia até pensar em lutar. E essa era uma opção, é claro. Mas veriam que estavam lidando com cinco inimigos. Um homem baixo de cabelos pretos abriu a cela de Tatsumi com uma espada em mãos. Enquanto outro rapaz de expressão dura apontava uma besta carregada para o peito do rapaz.

Outro homem de estatura mediana abriu a porta da cela de Aelin, armado com uma espada curta, enquanto o seu parceiro de pele morena também apontava uma besta carregada para o peito da garota. E o quinto elemento era um homem de pele negra com dois metros de altura, que observava os dois pares mais próximo da saída, com os braços cruzados. De imediato Takeshi reconheceu aquele grupo como os capangas que acompanhavam Jalan na taverna. Eram as mesmas pessoas. Os quatro que foram até ele e um que ficou na porta para impedir sua saída. Para completar o bando todo apenas faltaria a presença do próprio Ureki. O qual, felizmente, não estava presente.

— Vocês devem vir conosco. - Disse o negro alto com um sorriso sádico, o qual todos os outros integrantes do grupo imitaram.

Aqui, porém, existia um divisor de águas. Eles poderiam obedecer o comando ou tentar lutar. Caso decidissem por obedecer, os guardas com espadas guiariam os genins com a ponta de suas armas, enquanto os besteiros manteriam sua distância, prontos para disparar ao menor sinal de perigo, e o líder dos quatro observaria tudo de perto. Eles sairiam da área das celas e seguiriam por um extenso corredor de pedra. Subiriam algumas escadas e chegariam a um corredor mais requintado. No final desse corredor havia duas portas. Uma indo em frente e outra à esquerda. Dois guardas e o homem negro alto guiariam Aelin por aquela direção. Enquanto Takeshi seria guiado pela porta em frente.

Assim sendo mais uma vez separados. Eles tinham a escolha de tentar resistir a qualquer momento, mas teriam que agir de maneira correta e inteligente, pois suas vidas dependiam disso. Porém se escolhessem apenas seguir as ordens, cada um iria por seu próprio caminho.

Todos

Ayumu pode notar que os cães têm alguns sinais de luta e ferimentos recentes. Mas nenhum deles está tão ferido ao ponto de ter seu poder de combate reduzido. Os portões do castelo estão fechados, sem sinais de guardas humanos. O quintal depois dos portões é repleto de vegetação alta, exceto por um corredor estreito de pedra que segue até a porta de entrada principal do castelo. As janelas estão bem iluminadas, o que significa a presença de pessoas vivas no interior do lugar, provavelmente. Caso se aproxime por mais cinco metros as quimeras vão notar sua presença e se preparar para atacar. Se demorar demais para tomar alguma decisão, na posição em que está, elas também vão acabar notando sua presença.

Aelin e Takeshi teriam que agir com cautela. Caso escolham ser guiados até onde os guardas estavam lhes levando, eles seriam direcionados com a ponta de uma espada tocando em suas costas, mesmo sem machucá-los. Enquanto um segundo inimigo aponta uma besta carregada na direção deles o tempo todo. Fora o líder com aparência forte e dois metros de altura que observa tudo o que acontece da retaguarda.




—X—




OFF: Narre o que decidiu fazer.

Considerações:
1. Dúvidas? Críticas? Reclamações? Só chamar no Discord ou mandar MP.
2. Não irei tentar estender a trama além do necessário, mas o sucesso e a conclusão dependem de você.
3. Posto todos os dias à tarde ou durante a madrugada.


8
Doces ou Travessuras?

_______________________

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 18/7/2020, 16:54


Aelin's Bizarre Adventure  
palavras: 451
Não demorou muito para a kunoichi ouvir uma porta se abrindo no fim do corredor, seguido de gritos de repreensão. Os gritos foram acompanhados de passos e, momentos depois, a porta de sua cela foi aberta. Um homem de altura parecida com a sua e armado com uma espada curta aparecera à sua frente. Atrás dele, um outro homem, moreno e com uma besta em mãos, mirava em direção à seu peito. Ainda, podia ouvir as vozes de um outro homem, na direção da porta que se abrira mais cedo. O mesmo dizia que a dupla deveria ir com eles.

Aelin ainda sentia dores, mas este era o momento que poderia decidir sua vida que, desde a chegada na pequena cidade, não foi nada fácil. Se não fosse capaz de tomar decisões, naquele momento, poderia estar se complicando ainda mais. Ainda, pareciam que estavam tão longe de completar a missão. Talvez estava na hora de tirar um pouco das decisões das costas do trevoso. “Definitivamente, não posso morrer aqui... Tenho que sair daqui logo e ir pro castelo.” — Pensou, enquanto caminhava na direção dos homens, cabisbaixa, aparentemente rendida por vontade própria.

Aqueles homens a encontraram, a prenderam e fariam alguma outra coisa com ela. Tinha tomado sua decisão. “É preciso ter graça... Faça toda hesitação e dúvida escoar de seus ataques...” — Lembrava das palavras do falecido Yakushi Nyorai. Antes de chegar até o homem da espada, faria, brevemente, o selo do Carneiro e com um Shunshin No Jutsu, tentaria passar por ele e aparecer atrás do moreno com a besta. Com um osso que faria surgir da palma de sua mão direita, tentaria ceifar a vida do homem, cravando-o em seu peito. A besta era a maior ameaça naquele instante. Rapidamente, giraria o seu corpo pelo lado direito, abrindo a palma de sua mão esquerda e fazendo surgir um outro osso. Enquanto desprendia a outra mão do corpo do inimigo, para não atrapalhar seus movimentos. Desferiria, então, um golpe diagonal, de baixo para cima, mirando o pescoço do espadachim em frente a sua porta. “Quando sua vida está em perigo, apenas resta desempenhar seu papel e acabar com tudo o mais rápido possível.” — Eram as influencias das palavras daquele homem refletindo sobre ela. A jovem era rápida, confiaria em sua velocidade e seus ossos neste ataque.

Caso tivesse dado certo, Aelin tentaria ajudar Takeshi. Inclusive notaria o homem negro na porta a alguns metros dali. Ficando atenta para tentar desviar de algum ataque inimigo. Se a sua investida fosse falha, talvez de nada tivesse adiantado todo o treinamento até ali e sua vida seria inútil para a vila. Mas, de alguma forma, tentaria se reposicionar e evitar ser atingida pela besta.

HP 700/700 | CH 850/850 (-10) | ST 01/04
Considerações:
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 9zSthXZ

Makkokun
Chūnin
Makkokun
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 9zSthXZ

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 18/7/2020, 16:58



Tatsumi Takeshi
Sunagakure Genin

Depois de ter gritado para ver se tinha mais alguém naquela prisão, Takeshi recebeu uma resposta um tanto quanto incomum, até mesmo retardada ele diria, mas foi o suficiente para reconhecer a voz de quem estava ali, era de Aelin, entretanto, não escutou a voz da anã, então assumiu que ela não havia sido presa como eles. “ Se nem todos nós estamos aqui, então é possível que ainda tenhamos alguma chance. “. Pensava esperançoso, contudo, sua felicidade momentânea não durou muito tempo, pois logo depois de se comunicar com sua companheira, alguém fora das celas reclamou, inclusive os xingando e em seguida viu a porta de sua cela se abrir, mostrando dois homens, um com uma espada e outro com uma besta, olhando melhor para eles, Takeshi percebeu que eram os mesmos capangas que viu no bar. “ O que esses caras querem agora hein? “. Pensava já imaginando o que viria pela frente, entretanto, os homens apesar de armados, só mandaram ele os acompanhar para fora da cela. “ O Jalan deve ter mandado eles fazerem isso, e com certeza não é para algo bom. “. Takeshi se lembrou das poucas palavras que trocou com o homem de pele pálida na taverna, principalmente sobre Jashin, que o fez se lembrar também vagamente sobre escutar a palavra sacrifício, ele não poderia arriscar ser levado por aqueles caras.

Para não irritar os homens, Takeshi tratou logo de ir em direção a eles, contudo, não iria aceitar ser guiado a lugar nenhum, ao se aproximar da dos homens que estavam na porta, o genin utilizaria o seu relâmpago roxo, Shiden, para enviar raios ao redor de seu corpo e eletrocutar os dois homens ao mesmo tempo, em seguida faria o selo do carneiro, ativando a sua armadura de raios, Raigeki no Yoroi, após ativá-la se precisasse iria eletrocutar os homens mais uma vez, agora utilizando a armadura somente, para depois pegar a espada de um deles e sair de sua cela.

Ao sair da cela, Takeshi iria verificar se tinha mais algum inimigo ali, se fosse atacado conseguiria desviar de maneira mais fácil utilizando de sua armadura de raios, pois, a Raigeki no Yoroi também aumentava sua velocidade, e depois atacaria quem estivesse ali com suas agulhas de água Tenkyū, se isso fosse o bastante, tentaria ajudar Aelin de alguma maneira, não sabia se os homens também tinham ido para a cela da kunoichi ou se ela ainda estava presa, entretanto, se seus ataques não fossem o suficiente, continuaria a enfrentar quem ainda estivesse no corredor.

Considerações:

Tatsumi Takeshi; HP 700/700; CH 955/1100; ST 01/05;
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 URkFDZ9

Lollipoppy
Chūnin
Lollipoppy
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 URkFDZ9

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 18/7/2020, 18:29


MONOGATARI SHOUJO @¨&#&☆MAGICA
Palavras: 655
Música

Aquilo que estava portando um gigantesco pirulito formado de ouro corria com seus olhos chorosos de lamentações em direção ao futuro incerto de uma provável morte: um castelo. A água de chuva começava a cair, junto de relâmpagos que iluminavam os céus, mas essas pequenas dificuldades não fizeram aquele ser continuar o seu avanço, e nem temer nada, porque para aquilo a maior dificuldade que teria e estava tempo não era algum inimigo físico ou de alguma natureza Elemental era o...

Tempo.

Não chegaria fácil e nem entraria fácil, sempre soube. A chuva que abençoava, acabava deixando Hina com uma percepção nula em seu olfato, mas daria a última confirmação para o que segurava o sagrado pirulito: era sim o castelo que estava o cheiro. Entretanto, estavam ali seis daqueles estranhos bichos fazendo uma aparente guarda do castelo. Improvável ganhar, impossível ganhar, daria para ganhar? Não eram perguntas que se passavam pela cabeça daquele pequenino ser, ele teria que passar e entrar no castelo. Ele já perdera tempo, até... Demais.

Hina talvez não entendia o grande significado do porque aquele tão pequenino ser fazia o que estava fazendo. Era uma causa estranha, impossível e sem sentido, mas aquela figura agia como se realmente um dia um grande herói fosse aparecer. Os inimigos estavam a quinze metros, não o tinha visto ainda, mas iriam ver caso fizesse nada o que não ocorreu. Aquela criatura não tinha tempo nenhum a perder, sendo que tirou sua mão do olho, desfazendo o “terceiro olho” e iria começar a fazer selos. Ações valiam mais do que mil palavras, Hina fora alertada verbalmente duas vezes, mas o ato de fazer os selos era o grande grito para a gata ir, a luta iria começar!

Carneiro, macaco, cavalo, carneiro... E então cuspiria terra criando quatro iwa bushins idênticos. E com isso, começaria um ataque surpresa. Correria em direção ao castelo, enquanto morderia o polegar direito e faria mais selos na ordem de javali, cão, pássaro, macaco e carneiro, invocando a mais forte carta ofensiva que poderia ter. Se o dono do castelo possuía um poderoso exército, aquela pessoa que segurava o sagrado pirulito tinha o Hulk.

Então cinco figuras idênticas, uma ao lado da outra, todas com o mesmo olhar determinado e melancólico com um pouco de lágrimas começariam um ataque surpresa. Sendo o criador dos clones o da direita, e logo atrás estaria Hulk, um ninja neko extremamente forte que aquela figura estaria apostando suas fichas para poder ter um mínimo de ajuda naquele que seria um violento combate, aonde todos os envolvidos eram bestas enjauladas de ódio que vencem, vencem e vencem, só que livres.


— ▂▂▃▃▅▅▅▅!! — Aquilo em uma espécie de comunicação com Hulk urraria baixo, sabendo que Hulk não precisava escutar as palavras precisas, mas apenas um urro que significaria que aquilo seria um combate importante e que necessitava de sua ajuda.

A estratégia daquela figura seria simples, teria que entrar em combate, mas não poderia perder tempo ali, caso perdesse seria o mínimo. Então utilizaria sua manipulação para tentar cegar os inimigos manipulando seu pó de ouro até os olhos dos inimigos para ajudar os clones e Hulk no combate. Infelizmente, queria perder o menor tempo possível então ela esperaria uma abertura para conseguir rumar até os muros do castelo. Com a abertura, ela correria e utilizaria novamente de seu pó de ouro para afastar quem a seguisse. Faria isso com pena, mas ela sabia que caso escalasse o muro com o seu Ki Nobori no Shugyō, Hulk saberia que era hora de recuar e iria para seu mundo.

Entretanto, era seu plano, sabia que seria difícil sair tudo como estava planejado, e se não conseguisse tal abertura, ela então teria de ficar e combater utilizando de seu pó de ouro para continuar tentando cegar os inimigos e machucá-los mais ainda suas feridas com seu sakin, infelizmente, perdendo mais tempo.

Oshiro Ayumu~ HP 800/800 | CH 675/800 (~ + 50 - 50 - 50 - 25 ) | ST 10/04 (~ + 1) | Sakin 2870/3000 (~ - 30)
Considerações:
( 〃▽〃)
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

LastJoke
Tokubetsu Jonin
LastJoke
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 18/7/2020, 20:58

Confrontos Inevitáveis


Todos

A cada instante que passava, a tempestade se tornava mais feroz e violenta. Contudo, a situação dos genins já era difícil o bastante sem que tivessem que se preocupar com tal coisa. Os dois prisioneiros eram alvos de inimigos armados e prontos para a menor das reações. Enquanto a pequena Ayumu estava em clara desvantagem numérica, caso decidisse partir para a violência contra seus inimigos. Mais uma vez cada um deles agiu de acordo ao que julgavam ser o mais correto naquele momento, e assim a cena continuou a se desenrolar...

Oshiro Ayumu

Ao que parecia a situação extrema havia servido para despertar a mente estrategista da pequena Oshiro, já que o plano foi simplesmente eficiente, para dizer o mínimo. Já que estaria em uma clara desvantagem caso tentasse combater os inimigos de frente, a pequenina decidiu por uma abordagem diferente, mas extremamente efetiva. Ela criou alguns bunshins de terra que não eram facilmente destruídos e um gato bombado, os quais foram a distração perfeita para o verdadeiro plano da menina: passar disfarçadamente, de maneira sorrateira e marota, a fim de passar pelo portão com incrível facilidade.

No fim os inimigos eram tremendamente poderosos em combate físico direto, mas não tão brilhantes quando o assunto era a inteligencia estratégica. Enquanto seus clones e gato fortão distraiam as quimeras do inimigo, Ayumu, feito uma verdadeira ninja, conseguiu adentrar no castelo com facilidade. Contudo, ao adentrar no local, após passar pelas portas principais, ela avistaria uma figura pálida sentada sobre um trono de pedra acolchoado no fundo do salão, bebendo tranquilamente de uma taça de vinho vermelho sangue.

Era o mesmo homem bonitão que estava falando com o trevoso na taverna.

Kaguya Aelin & Tatsumi Takeshi

Chega de seguir ordens feito cordeirinhos, estava na hora de agir! E foi o que fizeram. Aelin e Takeshi pareciam estar em sincronia perfeita, de forma que ambos tomaram a mesma decisão de atacar seus captores sem sequer pensar no que poderia acontecer com o seu aliado na cela oposta.

No instante em que Aelin fez o selo, seus inimigos, que estavam atentos, reagiram de imediato. O shunshin lhe concedeu velocidade extra, mas a flecha foi mais rápida a atingindo no lado direito do peito, errando o coração por alguns centímetros. Com sua resistência absurda, e força de vontade superior, a Kaguya ainda era capaz de agir sem hesitar, apesar da dor excruciante que estava sentindo. Em um avanço rápido um osso brotava no peito do besteiro, e em sequência o espadachim caia com as mãos no pescoço, tentando inutilmente conter o sangramento.

O Shiden de Tatsumi foi mais rápido do que o dedo do besteiro, fazendo com que os dois fossem atingidos pelos relâmpagos em um instante. Os músculos do corpo, porém, tendem a se retrair sobre o efeito da eletricidade, o que fez a mão do besteiro se fechar e disparar a flecha mesmo assim. Porém, devido aos espasmos musculares, a flecha atingiu Takeshi no lado direito do abdomen, o que não era exatamente bom, mas não o colocava em uma situação de risco de vida imediato.

Os dois inimigos na frente da cela do rapaz caíram inconscientes e chamuscados, com fumaça ainda saindo de seus orifícios e olhos revirados para trás.

E foi no momento em que saíram das suas celas que os dois viram o gigante negro lançando um poderoso suiton na direção do pequeno espaço que formava o corredor e as celas. O único proposito do jutsu parecia ser inundar toda aquela área com água até o teto e tentar afogar os prisioneiros. Na verdade, porém, o homem que estava lançando o jutsu era apenas um clone, e o original havia fugido para tentar avisar seu mestre da fuga dos dois prisioneiros no instante em que viu seus companheiros serem abatidos.

HP TT: -40% (flecha no local, sangramento pequeno. Dificuldade para se mover, dor grande). [pode usar redutores que tiver]
HP KA: -60% (flecha no local, sangramento pequeno. Dificuldade para se mover, dor grande). [pode usar redutores que tiver]

Todos

Ayumu tem a liberdade de permanecer do lado de fora do castelo, no pátio, e tentar verificar o interior sem entrar. Contudo, cada minuto a mais lá fora pode atrair a atenção dos cães para a invasora no interior do pátio. Tão logo escolha entrar no salão, o homem de cabelos brancos, Jalan, vai notar sua presença. Ele está sozinho a principio. Takeshi e Aelin conseguiram eliminar seus alvos primários, enquanto o homem mais afastado usou um suiton para inundar a área por completo e tentar afogá-los. Eles não sabem que o homem negro na verdade fugiu e quem está lançando o jutsu suiton é apenas um clone das sombras. Os dois inimigos caídos perto de Aelin estão mortos. Os dois perto de Tatsumi estão inconscientes. Takeshi está com a espada do homem morto nas mãos, mas pode notar que ela não é de qualidade.




—X—




OFF: Narre o que decidiu fazer.

Considerações:
1. Dúvidas? Críticas? Reclamações? Só chamar no Discord ou mandar MP.
2. Não irei tentar estender a trama além do necessário, mas o sucesso e a conclusão dependem de você.
3. Posto todos os dias à tarde ou durante a madrugada.


9
Doces ou Travessuras?

_______________________

[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 9zSthXZ

Makkokun
Chūnin
Makkokun
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 9zSthXZ

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 19/7/2020, 01:04



Tatsumi Takeshi
Sunagakure Genin

Takeshi havia conseguido derrubar os dois homens que estavam na sua cela com seu Shiden, entretanto, não esperava que os espasmos causados pela eletricidade fariam com que o homem disparasse sua besta que já estava armada previamente ao ataque, o disparo acertou em cheio o genin no lado direito de seu abdome, mas pelo menos havia conseguido fritar aqueles dois que o haviam derrubado na taverna.

O ferimento de Takeshi não era em uma região boa, mas também não era em uma região crítica, pelo que podia ver, pelo menos nenhum órgão vital foi atingido. “ Mas que merda, não acredito que esse desgraçado conseguiu me atingir mesmo depois de eletrocutado, quais as chances de isso acontecer porra? “. Falava indignado com o acontecido, afinal, agora tinha uma flecha enfiada em seu corpo, e nem ao menos poderia tirá-la, pelo que sabia, era melhor ficar com a flecha para diminuir a perda de sangue e também não aumentar o ferimente o rasgando. Apesar da preocupação, o genin de olhos heterocromáticos não pode ficar muito tempo preocupado com seu ferimento, pois logo em seguida escutou barulho de lutas acontecendo em outro lugar, e quando saiu de sua cela para ver o que acontecia no corredor, viu Aelin também sair da cela em que estava, e coincidentemente, ela também estava com um ferimento parecido com o de Takeshi, contudo, não teve tempo para falar com a kunoichi, pois, na entrada do corredor viu o homem negro e alto que havia falado consigo na taverna efetuar um jutsu suiton, liberando quantidades excessivas de água pela boca.

— Ele quer nos afogar aqui, temos que parar antes que encha essa merda de prisão! – Takeshi falou para Aelin, o genin e sua companheira tinham pouco tempo para agir, teriam que pelo menos parar o homem de utilizar seu ninjutsu, e depois veriam o que fariam para lutar contra ele.

Não perdendo tempo, Takeshi resolveu rebater o homem com a mesma moeda, não poderia usar nem sua Kekkei Genkai e nem algum raiton naquele local, se não seria eletrocutado, então optou por usar um jutsu do mesmo elemento, largou a espada velha no chão, em seguida, efetuando os selos do rato, pássaro e cobra, Takeshi lançaria um jato de água de alta pressão na direção de seu oponente, como o jato do Suidanha continha alta pressão, ele iria direto para o oponente sem a chance de se misturar com a água que estava sendo utilizada para tentar afoga-lo, sendo o suficiente para parar o jutsu, Takeshi utilizaria o Tenkyū para atirar agulhas na direção do homem, aproveitaria o momento de distração que ele muito provavelmente teria ao ser atingido pelo Suidanha. Caso tivesse êxito em parar o seu inimigo, Takeshi iria chamar Aelin para saírem dali o mais rápido possível, para finalmente verem de fato onde estavam.

Considerações:

Tatsumi Takeshi; HP 420/700; CH 955/1100; ST 02/05;
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 URkFDZ9

Lollipoppy
Chūnin
Lollipoppy
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 URkFDZ9

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 19/7/2020, 01:19


MONOGATARI SHOUJO @¨&#&☆MAGICA
Palavras: 506
Música

Sucesso... Nem tanto, aquela figura acabara conseguindo uma brecha e passando pelos muros do castelo, os inimigos pareciam não serem bons em estratégia, mas ainda assim seriam um problema para Hulk. Estava na vegetação alta e teria de adentrar ao castelo, pois o tempo já deveria ter se esgotado. Nada fizera novamente, e talvez nada poderia fazer novamente, aquela figura adentrava pelo portão, em lamentos.

“É você o herói?! Ayumu!”. Aquela voz tão presente em sua vida, estava ali novamente, fazendo a mesma pergunta novamente. Quantas milhares de vezes aquela pergunta fora feita daquele ser que em seus últimos suspiros fizera uma pergunta que acabara a vida toda fazer?! Aquele ser de face tatuada e olhos de esperança, olhos de quem via...

Porque ele olhava assim?! O que poderia responder?! Que não, não era, infelizmente toda a vida daquele homem teria sido em vão, ou que sim, que era para nos seus últimos momentos de vida dar um pouco de paz, na verdade a resposta fora.

Nada.

Aquela falta de resposta, marcaria profundamente o coração daquele corpo, mas mesmo não tendo dar uma resposta, aqueles olhos púrpuras se lembravam do sorriso de gratidão. Porque?! Porque?! Porque um dia um herói irá aparecer.


Não tinha volta, não tinha tempo, seguir em frente seria a única alternativa, mas... Aquele homem apareceu. O pequenino ser que estava perdido em lembranças rapidamente acordou para o presente assim que seus olhos melancólicos encontraram aquele homem. Ele estivera com o tão querido “Takeshi”, mas agora estava ali, era inimigo, absolutamente era, pois, se fosse aliado, Takeshi teria procurado por ela lá na cidade para todos irem pro castelo.

O pequenino ser encontrava aquele homem, mas o que aquele homem via era Oshiro Ayumu?! Não, aquilo não era somente Oshiro Ayumu, ele nunca poderia ver isso, mas estava à frente de tantas pessoas, estaria à frente de algo que era mais que um provável inimigo com um grande e estranho pirulito. Aquilo era um ideal. A distância ainda existia, o pequenino ser então olhou e pendeu a cabeça para próximo do ombro esquerdo e perguntou:

— É você o herói?! — Mesmo nos momentos anteriores não dizendo nenhuma palavra, apenas grunhido e ações, naquele momento, como se fosse um eremita, a pergunta fora dada, mas aquele pequeno ser sabia qual seria a resposta, e já se prepararia para a grande resposta. Não era. Não era. E não o deixaria passar atrás de salvar “Aelin” e “Takeshi”, caso tivessem vivos. Poderia ser a luta final ou não, não tinha tempo a perder.

O pequenino ser esperaria por uma resposta, tomando cuidado com o que poderia ocorrer. Caso observasse algum movimento estranho, seja agressivo ou uma tentativa de aproximação, iria responder com seu sakin, manipulando o pó de ouro como se fosse mãos para agarrar as pernas e imobilizar o inimigo. Agiria assim, em qualquer tipo de aproximação, seja agressiva, ou amigável, porque o pequenino ser sabia, que aquele homem não era seu amigo e que não era o herói.

A pequenina figura esperaria por sua resposta.

Oshiro Ayumu~ HP 800/800 | CH 630/800 (~ + 50 - 50 - 20 - 25 ) | ST 02/04 (~ + 1) | Sakin 2840/3000 (~ - 30)
Considerações:
( 〃▽〃)
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 19/7/2020, 01:57


Aelin's Bizarre Adventure  
palavras: 274
O inimigo agiu rápido, aparentemente não era apenas um civil armado, estava preparado para aquela situação. Conseguiram reagir ao Shunshin da garota, acertando-a no lado direito do peito. Não foi suficiente para pará-la, ambos morreram antes mesmo de tentar algum outro movimento. Um com uma ossada no coração, o outro teve sua garganta dilacerada. Ao sair da cela, percebeu que Takeshi teve a mesma ideia, derrubando seus inimigos, mas possuía o mesmo ferimento que ela. Seria o destino unindo um belo casal? (rssssss)

A dor da flecha em seu peito ainda incomodava – e muito – mas não podia tirá-la dali agora, o ferimento só iria piorar seus problemas. A Kaguya não tinha um minuto de paz. Desde que pisara naquela maldita cidade ela não parou de atacar e ser atacada, a não ser quando estava desmaiada. Da porta no fim do corredor, o dono da voz que ouvira anteriormente, negro e alto, lançou um jutsu suiton na direção da dupla.

Takeshi agiu rápido. Após alertá-la, lançou um jato de água contra o homem, na tentativa de parar o jutsu. Ademais, complementou o ataque atirando alguma espécie de agulhas. Foi neste momento que Aelin agiu. Analisou as condições dos ataques de seu companheiro e o tamanho do corredor, tentando formular uma possível rota que o negro poderia utilizar para desviar dos ataques de seu companheiro. Então, atiraria balas de ossos, pelos dedos das mãos, no momento em que ele desviasse. Se o ataque de Takeshi tivesse sido suficiente, Aelin apenas pouparia sua energia e sairia do local da prisão.

Não sabia onde estavam, então teria cuidado para não cair em nenhum tipo de armadilha fora dali.

HP 510/700 (-190)  | CH 850/850 | ST 01/04
Considerações:
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

LastJoke
Tokubetsu Jonin
LastJoke
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 19/7/2020, 07:24

O Herói


Todos

O desenrolar dos eventos continuava a apressar os genins rumo ao seu destino. Mesmo sem que de fato tentassem, todos acabaram reunidos no castelo que era o destino primário do grupo desde o início da missão. Agora, porém, cada um deles estava em uma situação diferente, e enquanto lá fora a tempestade real acontecia envolvendo toda a cidade em uma chuva com ventos de virar carroças, dentro do coração e da mente dos genins havia tempestades de níveis e intensidades diferentes. Enquanto Ayumu lutava contra seus demônios interiores e as dúvidas que carregava consigo, Takeshi e Aelin se viram finalmente livres, apesar de feridos, para que pudessem seguir em frente.

Kaguya Aelin & Tatsumi Takeshi

O clone foi eliminado por uma combinação de jutsus poderosos de Tatsumi, o qual usou a cabeça e cancelou seus jutsus da natureza relâmpago, os quais poderia ser mais um tiro no próprio pé em uma situação como aquela. De forma que em poucos instantes estavam seguindo nos calcanhares do capanga original que havia criado o clone. Na pressa de seguir para o salão principal e avisar seu mestre, o homem acabou deixando todas as portas que usou abertas, o que apenas facilitou o trabalho dos genins na hora de seguir o seu captor.

Mesmo com a dor do ferimento de flecha, eles não tardaram para chegar ao salão principal, mas a cena com a qual se depararam foi no mínimo surpreendente.

HP TT: -5% (flecha no local, sangramento pequeno. Dificuldade para se mover, dor suportável). [sem redutores]
HP KA: -5% (flecha no local, sangramento pequeno. Dificuldade para se mover, dor suportável). [sem redutores]

Todos

E foi a mesma cena que Ayumu presenciou desde o início.

A pequenina Oshiro adentrou o grande salão e pronunciou sua pergunta, a qual Jalan sorriu e estava prestes a responder, quando o gigante negro adentrou o salão esbaforido carregando um pergaminho grande em seus braços, enquanto dava algumas noticias nada agradáveis para Ureki, o que Ayumu pode deduzir devido a expressão do homem bonito, a qual se tornou sombria e furiosa em um instante. No instante seguinte a espada do servo de Jashin deixou sua bainha, cortou a bochecha do subordinado e lambeu o sangue.

Nesse momento o negro caiu de joelhos, implorando por misericórdia, enquanto Ayumu viu a pele de Jalan se tornar negra com faixas brancas, dando ao homem uma aparência semelhante a de um esqueleto. Com um corte nos próprios braços, e alguns movimentos rápidos com seus pés, Ureki fez um circulo com um triangulo no interior com seu próprio sangue. A essa altura os gritos do capanga cessaram, no exato instante em que a espada de Jalan atingiu o próprio coração. O homem de joelhos apenas levou a mão ao peito e caiu, morto.

No instante seguinte a pele de Jalan retornou ao normal.

E esse foi o exato instante em que Takeshi e Aelin adentraram no salão pela porta dos fundos. A cena diante dos olhos deles era a do capanga negro morto, deitado no chão, com um pergaminho grande sob seu corpo já sem vida. Ayumu do outro lado do salão, com uma expressão difícil de decifrar, enquanto Jalan olhava para o trio com uma expressão do mais puro deleite, em pé sobre um simbolo feito de sangue, já sem qualquer ferimento e seu corpo.

— Sim, eu sou o herói. O herói da morte. - Disse Jalan, respondendo a pergunta de Ayumu com um sorriso insano.




—X—




OFF: Narre o que decidiu fazer.

Considerações:
1. Dúvidas? Críticas? Reclamações? Só chamar no Discord ou mandar MP.
2. Não irei tentar estender a trama além do necessário, mas o sucesso e a conclusão dependem de você.
3. Posto todos os dias à tarde ou durante a madrugada.


10
Doces ou Travessuras?

_______________________

[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 URkFDZ9

Lollipoppy
Chūnin
Lollipoppy
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 URkFDZ9

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 19/7/2020, 15:36


MONOGATARI SHOUJO @¨&#&☆MAGICA
Palavras: 744
Música

Aquele ser esperava a resposta, mas quando ela estava prestes a responder um outro ser adentrara naquela cena. Um homem... Gingantíssimo, de pele negra. Ele trazia um grande pergaminho, ao qual por pouco tempo fizera a figura, que carregava o sagrado artefato dourado, dar um pouco de atenção.

Por um momento parecia que algumas respostas começavam a se encaixar, aquele deveria ser o tão dito pergaminho que deveria ser recuperado a todos os custos. Entretanto, as cenas seguintes trouxeram mais e mais dúvidas. O bonito homem empunhou sua espada e cortou o que deveria ser seu aliado e lambeu o sangue? Não era curioso era estranho e nojento, até demais. O que fora cortado implorava por clemência, deveria ser morto pela espada do homem com peculiares gostos nojentos, mas...

???

Por algum motivo, seja sobrenatural, divino, ou outro, aquele homem então a aparência do homem mudara completamente. Porque?! Não se sabia, mas sua pele ficara negra com marcas brancas. Aquele homem poderia não entender o que aquele pequeno corpo de cabelos loiros era, mas aquele pequeno corpo não poderia entender o que era aquele homem que estava em sua frente.

Então o homem negro, com marcas brancas, que parecia quase marcas de esqueleto, matara o negro com... Não! Hã?! Ele se cortara?! Porque?! E fez com seu sangue, um símbolo no chão de um círculo com um triângulo?! Completamente assustador, talvez muitos não saberiam o que era aquilo, mas nosso querido e pequeno protagonista sabia com toda a certeza do mundo o que era aquilo, só poderia ser uma coisa... Algo mais forte que magia negra, aquilo seria alguém fazendo um ritual satânico, só poderia ser uma macumba de alta qualidade!!! Talvez nesse momento alguém em Konohagakure no Sato que teria o sonho de ser o Kazekage de Konoha iria bater palmas e trazer um nobel para o maior gênio já existente de Sunagakure no Sato.

Entretanto... Que?!?! Ele pegara sua própria espada e se matara com uma espadada no coração?! Suicida?! Eram muitas informações, mas o estranhamento era a única expressão que tinha na face do ser mais baixo daquela cena. Quem agonizava de dor, quem se remexia todo, quem levava a mão ao peito, quem morrera, fora o recém-chegado. O que ocorreu ali, o homem-esqueleto além de não morrer, fez com que o outro morresse e com um algo no coração?? Não tinha uma explicação lógica, não era um ritual satânico, era uma macumba de alto nível, aquele homem era... Imortal? O tempo já deveria ter se esgotado a tanto tempo, e contra alguém imortal, o nosso querido e simplório ser não teria chances.

Fora então que mais duas pessoas entraram naquele ambiente, as pessoas que procurava. Eram ótimas notícias, ou não, aquele homem matara um aliado sem nem encostar nele, e era imortal. O que eles poderiam fazer?! “O único contato que ele teve foi o sangue...”. Até que então, o homem sanguinário estava totalmente ileso e dava a resposta verbalmente, mesmo tendo já dado a resposta antes com seus atos, que ele era realmente o herói, da morte.

— SE AFASTEM DELE! ELE MATA SEM NEM ENCOSTAR! ELE É IMORTAL! — Gritava alertando enquanto começava a usar suas mãos para levar seu sakin até o imortal. — ELE MATA OS OUTROS SE MATANDO! NÃO SEJAM FERIDOS POR ELE SE ELE LAMBER VOCÊS, TÃO TUDO MORTO!

Alertaria e mandaria o seu pó de ouro em direção ao homem, queria pará-lo, mas o que faria depois? Se aquilo era uma missão de matar esse homem que não morria, era uma missão que desde o início não tinha solução?! Se não poderia matar, pelo menos poderia parar, ou talvez aquele homem tivesse um meio de ser morto, mas quem que leva um golpe no coração e fica normal? Não tinha como matar, não tinha, aquilo era definitivamente imortal. Era alguém que estava em um nível muito superior.

A pequena figura, utilizaria de seu sakin em formato de dois braços com dedos em uma tentativa de prender e capturar. Agarraria os braços do inimigo, e o seguraria fortemente para tentar anular seus golpes e o parar. Sua ideia não venceria nem mataria o homem, afinal, se aquele homem enfiou no seu próprio coração uma espada e não morreu, o que seu pó de ouro poderia fazer?! Caso obtivesse sucesso, esperaria, ainda segurando fortemente, pelo seu time.

Contudo, ela sempre estaria atenta caso falhasse, afinal, aquilo ali era algo extremamente mortal e um simples vacilo era a morte.

Oshiro Ayumu~ HP 800/800 | CH 545/800 (~ + 50 - 50 - 20 - 25 ) | ST 03/04 (~ + 1) | Sakin 2810/3000 (~ - 30)
Considerações:
( 〃▽〃)
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 9zSthXZ

Makkokun
Chūnin
Makkokun
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 9zSthXZ

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 19/7/2020, 16:10



Tatsumi Takeshi
Sunagakure Genin

Os jutsus de Takeshi haviam dado certo, o homem negro havia parado de tentar afoga-los, entretanto, não da maneira que imaginavam, pois, aquele que estava lançando o jutsu era na verdade um clone que desapareceu depois de ter sido atingido pelo suiton do genin, isso só queria dizer uma coisa, o verdadeiro já não estava mais ali e muito provavelmente estava indo avisar Jalan neste exato momento.

— Merda! Era só um clone! O verdadeiro vai avisar o chefe dele!– Falou para a kunoichi ao seu lado e partiu para tentar perseguir o capanga de Ureki, ao sair da prisão Takeshi não conseguiu avistar seu alvo, entretanto, pode ver o caminho que o mesmo fez através das portas que ele abriu e não fechou. – Ele deve ter ido por essas portas, vamos! – Terminou de falar e já partiu pelo caminho, ainda que com um pouco de dificuldade para andar, afinal ainda estava com uma flecha enfiada eu sem abdome.

Takeshi seguiu pelo caminho de portas que o homem havia deixado juntamente com Aelin, até que finalmente chegaram em um tipo de salão, realmente estavam no castelo, o genin pensou enquanto andavam pelos corredores, contudo ao chegar no salão, a cena que que Takeshi presenciava não fazia o mínimo sentido, Jalan estava em cima de um círculo que parecia ter sido feito com sangue, o capanga dele estava deitado no chão, sem vida, com um pergaminho em cima de seu corpo. “ O que caralhos aconteceu aqui? Ele matou o próprio companheiro? “. Pensava o genin observando a cena, contudo, pelo menos no meio de tanta bizarrice havia uma coisa boa, Oshiro Ayumu estava no salão também, olhando para o homem de pele pálida, que falou algo muito provavelmente respondendo a pequena kunoichi.

Após ver que Takeshi e Aelin chegaram, a pequena Ayumu falou de uma maneira desesperada com eles, ela estava falando sobre os poderes de Jalan, entretanto, eles não faziam muito sentido, afinal a garota dizia que ele era imortal e que não era para deixa-lo os lamber, o genin de olhos heterocromáticos não entendeu com exatidão o que a pequena kunoichi disse, entretanto, se lembrou das palavras que trocou com Jalan, quando ele disse que Jashin era o senhor da vida e da morte. “ Provavelmente tem alguma coisa a ver com aquele Deus louco dele. “. Pensou o genin, imaginando como de fato eram os poderes de Ureki Jalan.

Logo após Oshiro alertá-lo sobre os poderes, a garota movimentou sua areia para prender Jalan, e o genin iria acompanha-la, em seguida da kunoichi movimentar sua areia, Takeshi realizaria os selos do tigre, cão cobra e dragão. – Não dê chances para ele, Aelin, é o nosso alvo! Ranton! Reizā Sākasu! – Fazendo uma auréola de luz aparecer a sua frente, em seguida criando vários feixes de luz que iriam na direção de Jalan, os feixes poderiam ser úteis mesmo que o homem não estivesse preso e tentasse desviar, pois, Takeshi poderia guia-los na direção em que o homem fosse. Como a movimentação do genin estava limitada graças a seu ferimento, se por ventura fosse atacado a curto alcance, o que parecia ser o modo de luta de Jalan, realizaria os selos do tigre, javali e cavalo, para utilizar o Ranton: Raiunkūha, criando nuvens em volta de si para atacar quem se aproximasse dele.

Considerações:

Tatsumi Takeshi; HP 385/700; CH 875/1100; ST 03/05;
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 19/7/2020, 17:41


Aelin's Bizarre Adventure  
palavras: 537
Takeshi fez uma combinação poderosa de jutsus e derrotou o inimigo com exímia facilidade. O homem negro desfez-se em fumaça, provando-se ser um clone. Ao saírem da prisão, não conseguiram avistá-lo, porém ele deixou as portas por onde passou entreabertas, facilitando o trabalho dos genins. Felizmente não precisaram da técnica da garota que poupou gastar energia desnecessariamente. Não sabia o que enfrentaria dali para frente.

A flecha ainda estava em seu peito e a dor era incomoda. Mas Aelin lembrou-se de um detalhe bem importante. Ela era uma Kaguya, tirava ossos de seu corpo constantemente, rasgando carnes, músculos e peles o tempo inteiro. Mas eles eram regenerados quase que instantaneamente, sem trazer riscos à sua vida. “Uma flecha não é muito diferente de um osso, não?” – Pensava. Sabia que a dor e os danos ao interior de seu corpo ainda se manteria, contudo, se removesse a flecha de seu peito, o ferimento se fecharia e o sangramento não seria mais um problema. Com coragem, segurou a flecha e puxou, removendo-a de seu corpo.

O problema, porém, estaria diante de seus olhos no momento em que chegaram ao salão principal. O homem negro ao qual pertencia o clone que Takeshi destruiu estava ali, morto, com um enorme pergaminho sob seu corpo. Ao seu lado, um homem que pelo que ela se lembrava as características batiam com a do pergaminho que recebera no inicio da missão. “É o nosso alvo? Estamos no castelo?” – Questionou-se. Neste momento, este ser estava sobre um símbolo feito com seu sangue e, aparentemente, sem nenhum ferimento. Com um sorriso insano, ele indagou algumas palavras, provavelmente direcionadas a Ayumu que estava logo à frente.

No momento que percebeu a presença de seus companheiros, a anã bradou algumas palavras que colocaram a Kaguya em dúvida. “Imortal? Como alguém pode ser imortal? A anã tá mais surtada do que pensei. Como alguém pode mantar os outros se matando?” – Neste momento, fixou seus olhos nas marcas baixo dos pés de Jalan. “Isso é um jutsu?” – Não tinha ideia alguma de tudo aquilo, mas acreditaria em suas palavras, então tomaria o dobro de cuidado em se aproximar daquele cara. Não iria pagar para ver se tudo aquilo era verdade. Mas se ele era imortal, como que os 3 o matariam?

Ayumu, então, começou a movimentar sua areia em direção ao vulgo imortal. Takeshi, entendendo a situação, fez o mesmo, após alertar a genin. Aelin, prevento uma possível necessidade de aproximação, fez os selos necessários e procurou preparar um Kawarimi No Jutsu que poderia salvar sua vida em um futuro próximo. Concentrou seu chakra com o elemento raiton em sua mão direita e lançou-o em direção à Jalan, em formato de cão. Os movimentos do animal de raio eram imprevisíveis e se mantinha conectado à mão da kunoichi, que permitia uma leve manipulação da técnica. Com habilidades poderosas indo ao mesmo tempo para cima do alvo, talvez tivesse uma maior oportunidade de acertá-lo.

[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 Main-qimg-6e0ee96fb836873f4935d89a72579f97

Ainda, começaria a se preparar para um combate corpo-a-corpo, fazendo ramificar de seu corpo diversos ossos. Conseguia controla-los de acordo com sua vontade, estendendo ou recolhendo-os. Caso Jalan decidisse ataca-la, conseguiria bloqueá-lo e até mesmo revidar. Seus movimentos com essa técnica são fluídos, acrobáticos e bem aproveitados.

HP 475/700 (-35) | CH 745/850 (-105) | ST 01/04 (-1)
Considerações:
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

LastJoke
Tokubetsu Jonin
LastJoke
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 20/7/2020, 09:21

Sangue e Marca


Em um instante os genins tomaram a decisão de atacar e combater o suposto imortal, mesmo sem compreender com exatidão as palavras da pequena Oshiro. Jalan, por sua vez olhou o conhecimento mais aprofundado de Ayumu como uma ameaça maior do que os dois recém chegados, de forma que ele disparou na direção da menina com uma velocidade assustadora que estava em par com a velocidade da própria Kaguya Aelin ou até mesmo ligeiramente superior.

Com certa facilidade e fluidez em seus movimentos, o espadachim saltou para a esquerda, desviando das mãos de areia que tentavam restringi-lo, executou um rolamento e se lançou com um poderoso impulso de suas pernas na direção de Oshiro com sua espada estendida. Era para a lâmina ter atravessado o coração da menina, antes que ela sequer tivesse a chance de reagir em resposta a rápida investida, mas foi nesse momento que os jutsus raiton de seus aliados atingiram Ureki pelas costas.

No fim, a espada de Jalan conseguiu apenas cortar o braço de Ayumu, enquanto o homem ficava com seus movimentos debilitados, devido a falta de resposta muscular. Ainda assim, Ureki foi capaz de fazer o pior: Ele lambeu o sangue de Oshiro que estava na espada, enquanto olhava diretamente para os olhos da pequenina, com um sorriso vencedor. As queimaduras causadas pelos jutsus raiton já estavam se regenerando, a uma velocidade absurda, e ele recuperava o controle sobre seu corpo.

De imediato o Jashin começou a caminhar com movimentos rígidos na direção do círculo de sangue...

Mas a cada passo seu ele se regenerava mais dos danos e recuperava a destreza e velocidade. Faltavam cinco metros.

STATUS
HP TT: -5% (Flecha no local, sangramento pequeno. Dificuldade para se mover, dor suportável). [sem redutores]
HP KA: -5% (Arrancar a flecha). [sem redutores]
HP OA: -5% (Pequeno corte no ombro). [com redutores]




—X—




OFF: Narre o que decidiu fazer.

Considerações:
1. Dúvidas? Críticas? Reclamações? Só chamar no Discord ou mandar MP.
2. Não irei tentar estender a trama além do necessário, mas o sucesso e a conclusão dependem de você.
3. Posto todos os dias à tarde ou durante a madrugada.


11
Doces ou Travessuras?

_______________________

[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 URkFDZ9

Lollipoppy
Chūnin
Lollipoppy
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 URkFDZ9

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 20/7/2020, 15:34


MONOGATARI SHOUJO AYU#&☆MAGICA
Palavras: 412


Não tinha como matar, não tinha, mas teria talvez como impedir parando-o ou imobilizando-o, porém, não seria tão fácil. Como se enxergasse naquele pequeno ser o maior ninja de Sunagakure no Sato com menos de um metro e vinte, o bonitão nojento e sanguinário então avançou, quase tão rápido como o Usain Bolt, ele desviou, rolou e soltou um impulso com sua espada indo em sua direção. Era rápido, não tinha como desviar, esse era o fim?

Se fosse uma luta um versus um, sim, mas aquele “um”, não era somente um corpo, mas três. O trevoso macumbeiro que soltava uns golpes bem chamativos, e a berserker com ódio enjaulado estavam ali, sendo as armas que aquela defesa não tinha. Eles acertaram jutsus raiton e fora isso que não matara a pequenina. Entretanto, a menina não fora de fato morta, mas fora penetrada no braço por aquela dura espada e seu sangue estava ali até o momento que fora lambido. Em um pensamento bastante calmo de “Fudeu cambada!”. A pequenina já sabia que iria morrer e iria para os céus, aonde encontraria Foguinho e Omar no meio de um baile funk. Era o fim... Mas ela ainda estava ali.

Porque ele não a matava? Tinha acabado, ele tinha já colocado sua língua naquele sangue. Até que ele começara a ir para o círculo de sangue e a pequena então entendeu como que aquela macumba funcionava e gritou:

— É O CARAI DO CÍRCULO! — Gritava enquanto já fazia movimentos manuais para mover seu sakin. — SE ELE ENTRAR ALI EU PAPOCO!

A pequenina não tinha como explicar o que tinha entendido, daqui que ela falasse “Ele matou o aliado lambendo e se espadando dentro desse círculo”, ela estaria morta na metade da frase. Ela então tentou prender aquele homem, não poderia deixar em hipótese nenhuma entrar naquele círculo, sua busca tinha mal começado, não deveria, não poderia.

Ela mandou seu sakin até o nojento sanguinário, tinha que parar. Ela criaria braços com dedos novamente, e tentaria pegá-lo a todo custo, já que o homem estava com velocidade debilitados, parecia que estava voltando em uma velocidade considerável, mas não estava 100% ainda. Seu sakin iria tentar prendê-lo, tentando segurar os braços do homem, e seguiria caso ele desviasse, tinha que prender, não tinha como vacilar.

Caso obtivesse sucesso, tinha noção que seu time faria alguma coisa, mas se não fizessem, ela então mandaria mais pó de ouro para preencher o corpo do homem totalmente com sakin.

Oshiro Ayumu~ HP 760/800 (~ - 5% ou - 40) | CH 475/800 (~ + 50 - 50 - 20 - 25 - 25) | ST 04/04 (~ + 1) | Sakin 2750/3000 (~ - 60)
Considerações:
( 〃▽〃)
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 20/7/2020, 15:49


Aelin's Bizarre Adventure  
palavras: 333
Jalan era rápido, tanto quanto a Kaguya. Com movimentos precisos, desviou da areia de Ayumu e lançou-se em direção a ela. Essa fora salva pelos jutsus de Takeshi e Aelin atingindo o inimigo. Contudo, a espada do homem conseguiu acertar o braço da anã. “Ele é rápido” – Pensou, enquanto viu-o lamber o sangue da pequena kunoichi da espada. As queimaduras causadas pelos raiton começaram a desaparecer no mesmo instante. “As queimaduras... Estão sumindo. Era isso que a anã queria dizer sobre ser imortal? Acho só que ele usa algum jutsu que o processo de cura é muito acelerado.” — Enquanto isso, o Jashin passou a caminha em direção ao círculo. “Aquele círculo...” — Seu pensamento foi interrompido por um grito de desespero de sua companheira, alertando-os sobre o perigo daquele símbolo de sangue.

— Trevoso, não podemos deixa-lo chegar até o círculo.

Rapidamente, Aelin lançou cinco balas de ossos na direção de Jalan. Essas eram apenas distração. Fazendo o selo do carneiro, usaria um Shunshin no Jutsu para encurtar a distancia entre eles o mais rápido possível, aparecendo ao lado do inimigo e desferindo um golpe horizontal com o osso da palma de sua mão na altura do pescoço dele para decapitá-lo. Neste momento, se Aelin utilizasse sua máxima velocidade, talvez ainda seria levemente superior à do Jashin. Com movimento simples, mas fluídos, tentaria manter uma sequencia de ataques em pontos vitais, buscando causar o maior estrago possível. Usaria os outros ossos das partes de seu corpo para tentar bloquear qualquer ataque. Ainda, tinha o fator surpresa. Quando visse a oportunidade de surpreender Jalan, estenderia os ossos de seu corpo para acertá-lo, voltando-os ao tamanho inicial logo após, não queria ficar presa como contra as quimeras.

Além disso, a jovem tinha seus dois companheiros para ajuda-la. Com o Jashin ocupado contra ela, sua atenção se desviaria dos genins restantes e poderia ser pego pelas técnicas deles. Em todo caso, Aelin ainda tinha seu Kawarimi se cometesse algum deslize. Era a hora de mostrar o seu valor.

HP 440/700 (-35) | CH 735/850 (-10) | ST 02/04 (-1)
Considerações:
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 9zSthXZ

Makkokun
Chūnin
Makkokun
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 9zSthXZ

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 20/7/2020, 16:01



Tatsumi Takeshi
Sunagakure Genin

Apesar de seu jutsu e o de Aelin ter acertado Jalan, não foi o suficiente para parar ele por completo, o homem de pele pálida era extremamente rápido, na verdade, era a pessoa mais rápida que Takeshi já havia visto em toda sua vida, e graças a essa velocidade ele foi capaz de desviar da areia da pequena Ayumu, e por pouco não a atingiu em cheio, só não teve êxito em seu ataque graças a paralisação vinda da eletricidade que atingiu seu corpo, contudo, ainda assim foi capaz de acertar de raspão a pequena kunoichi.

Após Ayumu ser atingida pela espada de Ureki é que Takeshi pode ver o que a kunoichi quis dizer anteriormente, Jalan lambeu o sangue da pequena que estava em sua espada, enquanto sorria de maneira macabra, e depois mesmo com seus movimentos restringidos, começou a andar de volta para onde estava anteriormente, em seguida, o genin escutou de suas companheiras para não o deixar entrar no círculo de sangue desenhado no solo.

Após escutar o aviso de suas companheiras, Takeshi teve uma ideia, se ele queria ir ao desenho que havia feito no solo para fazer sabe-se lá o que, então chegaria primeiro e impediria mais ainda seus movimentos, viu que Ayumu mais uma vez usaria sua areia, e Aelin parecia que iria partir para a luta corpo a corpo, então aproveitaria a brecha para ir na direção do círculo, mesmo com movimentos reduzidos acreditava que ainda chegaria antes de seu inimigo. Ao chegar em seu objetivo, faria os selos do carneiro e do tigre, para utilizar o Suiton: Mizuame Nabara, a intenção de utilizar este jutsu seria para cuspir uma água com alta viscosidade no chão que inibiria os movimentos de Jalan, cuspiria o “xarope” em  alta quantidade no chão, o cobrindo em volta do círculo para que ficasse no caminho entre Jalan e seu objetivo, em seguida, faria o selo do tigre, utilizando o Mizu Bunshin no Jutsu para criar quatro clones de água à beirada do círculo, um à sua frente virado para Ureki, um do seu lado esquerdo, um do lado direito, e outro atrás de si, tanto para se proteger quanto para tentar parar Jalan, mesmo que um pouco.

Considerações:

Tatsumi Takeshi; HP 350/700; CH 840/1100; ST 04/05;
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

LastJoke
Tokubetsu Jonin
LastJoke
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 21/7/2020, 00:40

Refém


E tudo pareceu acontecer simultaneamente.

O grito de Oshiro, tentando avisar com palavras desconexas o perigo que Jalan agora significava para sua própria vida. O fato de seus aliados compreenderem, mesmo que a pequenina não houvesse, de fato, usado palavras normais. A recuperação espantosa de Ureki perante os danos previamente sofridos, e a reação dos três em tentar impedir que o homem retornasse para o círculo de sangue previamente preparado.

Mais uma vez Ayumu tentou manipular sua areia para deter os movimentos do Jashinista, mas o homem era simplesmente rápido demais para suas habilidade de manipulação. No último instante ele saltou e executou outro rolamento, esquivando e desviando da areia como se ela fosse fogo para os seus pés. Em seguida foi a vez de Aelin partir para o ataque. Com sua velocidade ampliada devido ao Shunshin no jutsu, a Kaguya foi capaz de surpreender Jalan, que estava ocupado esquivando da areia, e acertar-lhe com um golpe no pescoço, o qual ele conseguiu esquivar apenas parcialmente, fazendo com que a cabeça dele ficasse meio cortada.

Aquilo pareceu irritar muito o homem, mas os ataques de Aelin não cessaram por aí. Ela continuou a atacar, fazendo diversos buracos no corpo de Jalan, que agora sangrava em grande quantidade de uma dezena de lugares.

— Malditos, irei acabar com todos vocês! - E sem hesitar girou o corpo em 360° duas vezes com um jogo de pés treinado, criando um círculo com um triângulo no meio antes que qualquer um dos presentes pudessem dizer ou fazer qualquer coisa. Ele então ficou com a pele negra mais uma vez, com um sorriso enorme e insano em seu rosto.

Ele então cortou a própria bochecha. — Não se movam! - E Ayumu sentiu a própria bochecha começar a sangrar.

STATUS
HP TT: -5% (Flecha no local, sangramento pequeno. Dificuldade para se mover, dor suportável). [sem redutores]
HP KA: -15% [com redutores]
HP OA: -10% (Corte na bochecha esquerda. Sangramento no ombro. Dor suportável). [sem redutores]




—X—




OFF: Narre o que decidiu fazer.

Considerações:
1. Dúvidas? Críticas? Reclamações? Só chamar no Discord ou mandar MP.
2. Não irei tentar estender a trama além do necessário, mas o sucesso e a conclusão dependem de você.
3. Posto todos os dias à tarde ou durante a madrugada.


12
Doces ou Travessuras?

_______________________

[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 9zSthXZ

Makkokun
Chūnin
Makkokun
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 9zSthXZ

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 21/7/2020, 03:15



Tatsumi Takeshi
Sunagakure Genin

Tudo havia acontecido em um instante, apesar da velocidade debilitada Jalan conseguiu desviar da areia de Ayumu e estava partindo para cima do círculo em uma velocidade absurda, contudo, Aelin também era muito rápido e foi capaz de acertar vários golpes nele, inclusive um que quase decapitou o homem, mas foi aí que Takeshi pode ver de fato o nível das habilidades de Ureki, seu pescoço estava quase cortado por completo, sua cabeça pendurada, e mesmo assim ele foi capaz de ainda se mover e até mesmo falar, era como se fosse uma visão do inferno. “ O que caralhos esse cara é? ”. Pensou Takeshi, horrorizado com o que seus olhos viam, contudo, a bizarrice não parou por aí, pois mesmo extremamente ferido, Jalan foi capaz de fazer um novo círculo, e ao terminar o desenho, sua pele escureceu e ficou com marcas brancas por todo o corpo, parecendo um esqueleto, em seguida cortou sua própria face com a espada, fazendo com que a face de Ayumu também sofresse um corte ao mesmo tempo, mesmo sem que nada relasse na kunoichi. “ Então é assim que funciona o poder dele? Além de imortal ele consegue ferir os outros se ferindo? Como que Sunagakure mandou três genins para enfrentar isso? “. Tudo acontecia de maneira muito rápida, contudo, o próprio Jalan parece ter se cansado também, mandando que ninguém se movesse, considerando o tipo de poder que ele tinha, muito provavelmente se desobedecessem a ele, seria capaz de enfiar a espada em si mesmo e matar Ayumu, pensou o genin.

Takeshi e seus clones não poderiam se mover, a água que havia jogado no chão acabou servindo para nada, entretanto, olhando para seu lado, agora que estava dentro do primeiro círculo feito por Jalan, viu o corpo do homem negro deitado no chão ainda, com um pergaminho grande em cima de si. “ Espera, ele pegou esse pergaminho quando estava fugindo, então muito provavelmente é o pergaminho que temos que levar de volta para vila, com certeza deve ter um valor muito grande para ele. “. Vendo o pergaminho, Takeshi teve uma idéia, iria mais uma vez tentar conversar com Jalan.

— Ninguém mais está se movendo Jalan, como você pediu, mas nós podemos falar certo? Afinal, eu e você não tivemos a chance de terminar a nossa conversa. – Takeshi começou a falar, tentando parecer calmo no meio de toda aquela loucura. – Você está com a Ayumu como sua refém, mas esqueceu que bem próximo de mim tem outra coisa que talvez seja valiosa para você. Esse pergaminho é o que você roubou de Sunagakure, certo? A nossa missão era para leva-lo de volta, ou destruí-lo, o importante era não deixar ele em suas mãos, então se você ferir Ayumu novamente, eu destruo o pergaminho em um instante com um raio, o fazendo pegar fogo. E aí, o que será? A vida de um simples genin ou um pergaminho que você teve o trabalho de roubar de uma das vilas ocultas mais poderosas do mundo? – Takeshi não sabia se aquele pergaminho era de fato o da missão, ou se era tão valioso quanto achava, estava fazendo uma aposta como na taverna, entretanto, dessa vez estava mais preocupado em distrair Jalan de alguma maneira, ele não estava em posição de tentar algo, nenhum jutsu, inclusive nem mesmo desfazer seus clones, Jalan era rápido e poderia matar Ayumu a qualquer instante, e depois Aelin também não conseguiria resistir a uma luta com alguém que era imortal, entretanto, se ele fosse tirado do círculo a pequena kunoichi estaria salva, então pelo menos tentaria abrir uma brecha para que alguma das duas tentasse algo.

Considerações:

Tatsumi Takeshi; HP 315/700; CH 780/1100; ST 04/05;
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 21/7/2020, 03:39


Aelin's Bizarre Adventure  
palavras: 431
É inegável que a kunoichi quando usa suas habilidades ao extremo é um ser mortífero. Com um golpe veloz conseguiu cortar metade do pescoço de Jalan que confirmou ser de fato imortal depois de continuar se movendo. Aelin, aparentemente, superava-o naquele momento, seus ataques ainda o feriam em dezenas de pontos. Contudo, com dois ágeis movimentos circulares desenhou a mesma marca que os genins impediram ele de chegar. Sua pele mudou de coloração e alguns desenhos como se fossem uma caveira tomaram conta de seu corpo. “O que é isso?” – A Kaguya estava surpresa com aquilo. Foi nesse momento que o Jashin ordenou que eles ficassem imóveis, cortando logo em seguida sua própria bochecha e o efeito foi sentido por Ayumu. Definitivamente, o círculo era o principal no jutsu do Jashin. Era o fim para os três pequenos aventureiros.

Takeshi, como de costume, começou a puxar assunto com Jalan. Era a pouca chance que Aelin tinha. Ela precisava pensar em uma forma de parar o jutsu e matar o pseudo-imortal. Ela sabia que do trio era a única com velocidade suficiente para se equiparar a ele, isso já era um ponto. Com tamanho ferimento por todo o corpo do homem, ela devia ser ainda mais superior neste quesito. Mas ele tinha a vida de Ayumu em suas mãos. “Estou a 1 metro dele, se eu usar minha velocidade máxima eu chego até ele em aproximadamente 0,07 segundos. Com o Takeshi o distraindo...” – Aelin começava a fazer cálculos mentais. Com o tempo de reação humana, mesmo que treinada, menos de meio segundo é algo extremamente rápido. Talvez tivesse uma chance, mas como? Se o atacasse no círculo talvez isso afetaria a anã, como foi com sua bochecha. Tinha que tirá-lo do círculo ou... “E se eu tirar o círculo dele?”.

Aelin então recuperou o foco, prestando atenção na conversa entre os dois. Se percebesse uma leve distração de Jalan, com sua velocidade máxima, deslocaria até o circulo e deslizaria seu pé sobre as marcas com o objetivo de desfazê-la. Efetuando, logo na sequência, um golpe para cortar a ponta da orelha do Jashin, com o osso de uma das mãos. Se percebesse que Ayumu não sentiu nada, efetuaria um corte com a outra mão, em direção ao pescoço dele, com o objetivo de terminar de cortá-lo. Se a anã tivesse um pedaço da orelha também cortada, tentaria segurar o braço que o adversário segurava a espada e chutá-lo para fora do círculo.

Em todo caso, se ela percebesse que em nenhum momento ele se distraiu, pensaria em outra forma de tirá-lo do círculo ou mata-lo sem prejudicar a anã.

HP 407/700 (-33) | CH 735/850 | ST 03/04 (-1)
Considerações:
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 URkFDZ9

Lollipoppy
Chūnin
Lollipoppy
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 URkFDZ9

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 21/7/2020, 04:10


MONOGATARI SHOUJO AYUMU☆MAGICA
Palavras: 586
Música

Esse é o fim?.

A única coisa que ela sabia era que deveria de todas as formas não deixar aquele Usain Bolt chegar naquele estranho círculo de uma macumba extremamente avançada. Ele era mais forte, ele era mais rápido, e ele tinha uma coordenação motora extremamente boa, o que aquele pequenino ser poderia fazer? Um herói irá aparecer, era fato, mas naquelas condições a pequenina não encontraria mais o herói, caso morresse ali. E era o que de fato estava destinado a ocorrer. Ele era mais veloz e mais forte, ela não teria como alcançar com suas pequeninas pernas, mas com seu pó de ouro, tinha uma chance... Ela não tinha como morrer ali, não tinha, não poderia morrer, porque morreria?

1... Isso não estava ocorrendo!

Tinha chances? Não tinha. Zero chances, o homem era bastante rápido, era bastante veloz, e desviava daquelas mãos douradas, e da berserker ao mesmo tempo. Era como se ele estivesse em ritmo de Olodum durante o jogo da seleção brasileira: imparável! Era triste? Não, dava raiva, se não tinha como não tinha como alcançar ele na velocidade, também não tinha como alcançar com sakin. Frustrante. Essa merda desse homem que era imortal, macumbeiro de bosta. Ele era quase um Ronaldinho Gaúcho, driblava tudo e todos, deveria até driblar a si mesmo, mas... Ele com um gingado quase capoerístico fez o círculo com um triângulo lá... E mandou todos pararem...?

2... Vá para a merda!

Porque, se a menina que iria morrer, ela que estava entrando nos estágios do luto, porque aquele ser queria uma barganha? Fazer a pequenina de refém? Um morto de refém? Isso era ótimo, a pequenina poderia então barganhar por sua vida, daria tempo para ter sua vida, sim, isso seria possível.

3... Quanto minha vida vale?

Não. Era apenas um jogo, estava claro. Infelizmente o que poderia fazer já teria sido feito, a sua inútil presença e inútil força não tinham sido suficientes para encontrarem o coração do herói.

4... É... Espero que o herói encontre Kaze no Kuni em bom estado.

O homem estava com a bochecha cortada, aquele pequenino ser chamado Oshiro Ayumu também, sua vida estava a um fio, ele ameaçara. Ela apenas gentilmente sorria. Estava tudo bem se morresse, ela poderia partir, mas aquele menino de olhos bugados que a salvara estaria ali de pé, e a berserker também, e o mais importante: o pirulito de ouro.

Um dia o grande herói irá aparecer. O grande herói de Kaze no Kune, ele não trará a vitória certa, ele não vencerá todas as lutas, mas ele trará algo que é quase impossível de alguém dar quando se está perdido. Naquele momento, a chama que a pequenina carregava, que fora passada de gerações em gerações poderia ser apagada, mas as cinzas que sobraram por onde ela teria andado não seriam algo que aquele homem poderia simplesmente arrancar.

O trevoso então falara do pergaminho, mesmo podendo ser em vão, ela achou que poderia ser uma brecha para alguma coisa, caso o homem não notasse ela aproximaria um pouco do sakin que estava próximo a ele, lentamente e gradual, esperando alguma ação direta de algum aliado. Poderia ser em vão, mas a pequenina esperaria por alguma ação brusca, pois sabia que se agisse o homem a mataria, mas o trevoso e a berserker eram mais rápidos, e caso eles batessem no homem, ela teria como rapidamente auxiliar com o sakin, tentando agarrar as pernas do homem.

5... Um dia o grande herói irá aparecer, podem esperar.

Fim?

Oshiro Ayumu~ HP 705/800 (~ + 25 - 10% ou - 80) | CH 475/800 (~ + 50 - 25 - 25) | ST 04/04 (~ + 0) | Sakin 2690/3000 (~ - 60)
Considerações:
( 〃▽〃)
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

LastJoke
Tokubetsu Jonin
LastJoke
Vilarejo Atual
[Graduação] Os Três Mosqueteiros - Página 2 W1d991V

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado 21/7/2020, 04:51

Destino


Com uma expressão do mais puro ódio, Jalan atravessou seu próprio coração com uma estocada impiedosa, visando dividir o beijo da morte com Oshiro Ayumu. No rosto de Ureki surgiu um sorriso vitorioso e ensandecido, enquanto ele olhava para a expressão dos genins, esperando ver medo e desespero sem limites. E, após ter dado cabo da pequenina, apenas restaria mais dois daqueles moleques intrometidos para ele dar conta. Nada demais. Era realmente uma pena que seus capangas tivessem perecido, um deles inclusive por suas próprias mãos, mas isso era o de menos. Ele sempre poderia recrutar novos aliados. A final, ele mandava naquela cidade e...

Por que tudo estava girando? — Não! Nãããããooooo! - E foi quando a cabeça se chocou contra o solo. Logo antes do corpo de Jalan tombar.

A Kaguya ainda ofegante após executar o golpe final, permaneceu na mesma pose do último corte com seus braços levantados. Ayumu não sentiu dor alguma em seu coração, pois o pé de Aelin havia apagado uma das linhas de sangue que formavam o círculo do jutsu impossível de Jalan antes que a espada tocasse o corpo dele. As palavras de Takeshi foram o suficiente para distrair o imortal, mas quando ele pressentiu o avanço de Aelin, o belo Ureki tentou eliminar Oshiro de qualquer forma. Contudo, já era tarde demais. Mesmo tão jovens aqueles três genins haviam sido capazes de decifrar as fraquezas de sua poderosa habilidade.

— Não! Eu estava tão perto! Malditos genins! - A cabeça continuou a falar e xingar e praguejar, mas ao menos o corpo não se movia.




—X—




Após voltar para a vila, levando a cabeça decapitada e o pergaminho roubado, os três shinobis receberam novas patentes como recompensa pelo seu esforço além do normal. Agora os três já eram Chuunins de Suna. Suas habilidades e esforço durante aquela missão foram amplamente reconhecidos e apreciados. A pessoa que havia lhes dado a missão foi a responsável por entregar as cartas com as notícias da subida de Rank. É claro que nem tudo eram flores, a final, quanto maior a patente que eles possuíam, maior seriam suas responsabilidades e também o risco das missões que teriam que enfrentar.

Ainda assim, uma vitória é uma vitória. Certo?

Quanto a Jalan? Bem, a Anbu apenas disse vagamente que os interrogadores lidariam com ele. Assim como o pergaminho que os genins foram capazes de recuperar.

Agora eles finalmente poderiam descansar um pouco. Um merecido descanso, de fato.




—X—




OFF: @Graduação concluída com sucesso. Parabéns! Ótima interpretação dos personagens e narração excelente. Podem pedir atualização direto na GF e não se esqueçam de solicitar a alteração do Rank! Não precisa postar aqui, a menos que queiram. Foi um prazer narrar para vocês. :3

Considerações:
1. Dúvidas? Críticas? Reclamações? Só chamar no Discord ou mandar MP.
2. Não irei tentar estender a trama além do necessário, mas o sucesso e a conclusão dependem de você.
3. Posto todos os dias à tarde ou durante a madrugada.


13
Doces ou Travessuras?

_______________________

Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Graduação] Os Três Mosqueteiros - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas

Página 2 de 2 Anterior  1, 2