:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Filler] Primeiro Contato LE7jCRx

Klee
Genin
Klee
Vilarejo Atual
[Filler] Primeiro Contato LE7jCRx

[Filler] Primeiro Contato - Publicado Dom 5 Jul - 12:07:48



「 山 中 • ミ カ ン, Yamanaka Mikan 」

A jovem Yamanaka não podia negar que seu primeiro dia no emprego estava a deixando um tanto nervosa, afinal, ela iria trabalhar com seu pai. Sendo assim, ela tinha que se esforçar o dobro para caso viesse a falhar, não culparem ele. E o pior, ela não queria ser tratada como a filha de seu pai, queria ser reconhecida por seus próprios atos, e isso claramente estava a deixando ansiosa.

A manhã raiva e seus olhos já estavam bem abertos pela noite mal dormida.

Apenas tomou um copo de chá com leite na varanda enquanto observava o sol nascer, esperava que não estivesse com a cara cansada em seu primeiro dia pela noite mal dormida. Aos poucos os demais de sua casa iam acordando, sua mãe preparava o café para o pai que acordava para ir trabalhar.

Mikan, irá comigo?
Sim.

Disse e por fim foi pegar suas coisas e juntos foram até o Departamento de Inteligência da Folha, o local não ficava tão distante de sua casa, por isso não demoraram tanto chegar ali. Seu pai já era bastante conhecido, então todos o cumprimentavam como um superior, já com ela, as coisas eram um tanto diferentes. Apesar do pai ter um bom relacionamento com todos, por ser um profissional, era seu primeiro dia, as pessoas ainda tinham um olhar curioso sobre seu desempenho ali.

A realidade é que Mikan não tinha nada que mostrasse em sua face que se daria bem naquele cargo, por conta disso ouviasse alguns comentários desconfiados de sua função.

Bom dia, sou Hiro Senju e serei seu parceiro por aqui. Espero nos dar bem. — um rapaz se apresentou a ela depois de seu pai a deixar para ir até o seu escritório. — Por aqui, Yamanaka-san.
Mikan. Espero me dar bem por aqui. — dizia no percurso até uma sala com algumas escrivaninhas.
Aqui é onde ficamos, o quadro de missão fica ali do lado e você pode verificar as que são mais importantes nesta parte. A lista de prioridades. — ele a direcionava apresentando tudo ali devidamente. A jovem memorizava tudo assentindo positivo ao rapaz. Por fim, ele mostrou a mesa qual ela faria seus relatórios das missões para encaminhar ao Hokage. — Por agora, só deixe suas coisas aqui, venha comigo que estamos indo em uma missão agora. — concluiu após toda as apresentações e conselhos.
Agora? — questionou um tanto surpresa.
Sim, não pense que as coisas serão fáceis por aqui, Yamanaka. — respondeu. Logo Mikan entendeu que as pessoas não iam pegar leve com a novata em seu primeiro dia.

Hiro pegou um copo de café e a direcionou até uma sala de interrogação. No percurso, não deixou de notar que as pessoas estavam um tanto estranhas, conseguia ouvir comentários e fofocas sobre si, em maioria que ela não daria conta daquilo. “Eles realmente estão tentando me intimidar?” questionava-se enquanto cerrava o punho ao lado de seu corpo.

Ao abrir a porta, havia um homem amarrado sentado em uma cadeira, percebeu que havia sido feitas algumas agressões ao homem e o sangue ao chão ainda estava fresco. Golpes talvez feitos naquela manhã mesmo.

Esse homem sabe a localização de um criminoso que anda invadindo e fazendo de reféns filhas de líderes de vilas vizinhas a Konoha. Precisamos de sua localização ainda hoje, pois se o alvo descobrir do aprisionamento deste, irá fugir. Descubra isso e… — ele a fitou — Bom, é seu primeiro dia, se descobrir a localização geográfica do suspeito até meio dia, não será necessário ir na busca.

Aí estava sua surpresa, além de tirar as informações, ela ainda tinha que se juntar a equipe de busca? Apesar dos questionamentos, manteve-se firme e atenta, e dentro de si, encorajava-se para fazer um bom trabalho, e então Hiro a deixou sozinha com o suspeito.

Arrumou a luva em suas mãos e aproximou-se do homem, abaixou e analisou o tanto de golpes que levou, e nada de ter dado a informação. Ele estava fraco, por isso ela pensou em se aproximar, mas ele parecia assustado e inquieto em seus movimentos, tentando a chutar e assustar a garota com sua face sombria.

Não tente me intimidar, você sabe que as coisas só vão piorar se não disser o que precisamos saber. — disse e pegou a prancheta ao lado com o nome dele e do suspeito — Diga-me então. — não pretendia fazer qualquer movimento contra ele inicialmente, mas ao ver ele cuspindo sangue como estivesse fazendo pouco caso da garota, ela pôs os pés em seu peito, encostando o homem sentado e amarrado ao chão contra a parede. Ele a fitava, seu olhar fixo ao dela ainda relutava.

Mikan não pretendia usar força física, não era como se fosse necessário se soubesse usar suas palavras corretamente.

Kawarima-san, se pretende manter sua boca fechada, então você estaria me dando liberdade para usar outros métodos que eu não acharia nada legal. — iniciou, indo em direção a mesa e sentando na única cadeira que havia na sala — Amigos, parentes, família… Pessoas que podem ajudar a conseguir essa informação, mas seria uma pena, não? Diga-me — levou o dedo ao queixo — Você acha que Kou-kun ia querer vir aqui lhe fazer uma visita? Como será que ele reagiria?

As ameaças eram sem dúvidas um bom argumento para si, e funcionam, desde que o homem arregalou os olhos para si.

Você…
Bom, não quero ser motivação do trauma de ninguém, seria doloroso para uma criança ver o pai nesse estado. — ela levantou e se aproximou abaixando-se e colocando-se na mesma altura de visão do homem, reparando seu olho avermelhado pelo cansaço e agressões — Você só precisa ser amigável e me dar a informação que preciso… Vamos lá, não tenho o dia todo para seu protagonismo.

Após muita relutância e silêncio, a informação foi dada. A jovem suspirou fatigada ao sair da sala com a prancheta e entregou para Hiro. Direcionou-se até sua sala e sentou com a face baixa na mesa.

Primeiro dia pesado, ah? — uma voz familiar lhe deu um copo de café, colocando na mesa ao seu lado. Seu pai a encarava e ela apenas limpou os olhos lacrimejados.
Uhum. — respondeu dedilhando o copo da bebida.
Descanse, está tudo bem agora. Você foi bem, parabéns.
Eu ameacei o filho dele… — sua mão tremia ao dizer aquelas palavras.
Mikan, a partir de agora você tem que ser forte e mais fria em relação a isso, ou vai acabar se corrompendo. Não deixe o caos te dominar, okay?

Foi o que disse antes de deixar a sala da garota, que apenas mantinha o olhar fixo em um ponto enquanto sua mente estava a mil em pensamentos sobre aquilo.



Considerações:
HP: 1.425 | 1.425 CH: 1.750 | 1.750 ST: 00 | 06 CN: 000 | 400
[Filler] Primeiro Contato 100x100

Luishturella999
Jōnin
Luishturella999
Vilarejo Atual
[Filler] Primeiro Contato 100x100

Re: [Filler] Primeiro Contato - Publicado Dom 5 Jul - 13:47:05

Aprovado.