>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 10:
RemanescentesAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Outono

Seigen
Jōnin
Seigen
Vilarejo Atual
http://narutorpgakatsuki.net

[Cena - SOLO] Um presente do velho Honda. - em 2/7/2020, 22:35

Tatsumaru retorna de sua missão um tanto quanto desanimado. Cabisbaixo o dia todo, o agora Tokujo Jounin ficou imerso em pensamentos, buscando uma forma de conseguir mais poder. O garoto simplesmente não podia aceitar o fato de Mirai ter escapado e evitado todos os seus ataques. Em sua memória permanecia a cena em que duas Mokujin Arms foram destroçadas como se nada fossem. Seu jutsu favorito, um fracasso.

Decidido a progredir mais, o garoto procura Honda em busca de conselhos. Achar o velho não foi difícil, utilizando-se da habilidade sensorial de seu Senjutsu Mokuton, foi facil sentir a incomum energia daquele homem. Sentado em baixo de uma árvore nos arredores de Iwa, Honda descansava enquanto fumava seu velho cachimbo. O entristecido Tatsumaru se aproxima com a fisionomia cansada, causando uma certa estranheza em seu mestre.

- Honda... eu... eu... - murmurou, com os olhos marejados.

- Calma, rapaz. Não precisa me contar nada. Já vivi esta vida shinobi e sem muito bem que tem seus altos e baixos hehehe. Mas acredite, no final tudo pode dar certo e você poderá até terminar como eu! - disse o velho com um largo sorriso.

- Velho, gordo, fumante e com hábitos de higiene duvidosos? - indagou o Senju.

- Não, paspalho! Poderoso e invencível como eu, o grande Honda! - disse o homem estufando o peito e murchando a barriga.

- Okay... - triste, Tatsumaru apenas concordou.

- Vamos lá, não desanime... Já estava na hora mesmo de eu lhe passar a maior dádiva da Natureza Mokuton. Eu chamo de... presente de Gaia.

Naquela tarde ensolarada Tatsumaru passaria por mais uma etapa de sua evolução. O que será esse tal presente de Gaia? Bem... É o que vamos descobrir.


Considerações:
Objetivo: Qualidade de 3 pontos, Mestre Elemental - Mokuton.
Reduções: Premium Kage; Redução de Tempo de Treino de Qualidade
Total de Posts: 3 posts de 200 palavras.

_______________________

-
Seigen
Jōnin
Seigen
Vilarejo Atual
http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Cena - SOLO] Um presente do velho Honda. - em 6/7/2020, 21:15

HP: 1300/2500
CH: 4500/5000
ST:01/08

"O velho me olhava com aquela cara de demente e sorria por entre as tragadas de seu cachimbo. Permaneci ali, sem entender do que se tratava, enquanto isso Honda gargalhava sozinho, provavelmente ja imaginando o que aconteceria em seguir. Foi quando senti um baque na altura do peito, uma pancada tão forte que me tirou o ar por completo. Meu corpo foi arremessado por alguns metros e então me choquei com o solo numa queda pra lá de dolorosa. Honda havia me atacado com um simples "peteleco", o incrível é que eu nem mesmo pude enxergar a trajetória do golpe.  Me levantei nervoso, pronto para dar o troco,  e foi então que o desgraçado resolveu abrir o bico."

- Eu, o grande Honda, o guardião de Gaia, o magnífico sábio dos carvalhos, o majestoso eremita, e por ai vai... tenho mais um teste para você, pequeno Tatsumaru. Este é o meu simulacro. - Disse o velho enquanto uma espécie de cipó saia de seu peito e se ramificava em diversas direções e formatos, construindo no ar um outro Honda, completamente idêntico ao original. Um clone muito mais avançado que o Moku bushin ou o kage bushin no jutsu. Mais tarde eu aprendi que aquele clone tem capacidade de viver uma vida inteiramente própria, caso não seja destruído.

- Ele guarda em si uma parcela do meu poder. E 100% da minha beleza hihihi. Se você, pequeno Tatsumaru, conseguir vencê-lo, eu lhe darei o presente de Gaia. - concluiu o velho.

"Presente de Gaia? Eu fiquei pensando... vou arriscar a minha vida para ganhar algo que eu nem mesmo sei do que se trata? Bem... não é como se eu tivesse alguma escolha. O simulacro de Honda me atacou com tudo, uma velocidade absurda e sem nenhuma hesitação em seus golpes. Uma sequencia de Taijutsu quase me fez ver o outro lado, em cada pancada eu senti que por pouco não perdi a consciência. Ele não estava para brincadeira, e o pior é que eu sabia muito bem que Taijutsu é o menor de seus talentos. Tomei distância e me preparei... realizei alguns selos e invoquei o Mokujin em baixo dos meus pés. Eu teria que ir com tudo para ter alguma chance contra ele. Por fim, sem realizar nenhum selo, um outro Mokujin muito mais sinistro e macabro que o meu, surgia logo atrás de mim, agarrando o meu golem de madeira e girando com tanta força que me vi obrigado a saltar para o chão. Então aquele era o poder de Honda... uma técnica de tamanha magnitude sem precisar de nenhum selo para tal. Estava claro para mim, eu teria que me superar ali mesmo, ou eu terminaria o dia totalmente f..."


JUTSUS:
Mokuton: Mokujin no Jutsu
Rank: Mortal
Requerimentos: Grandes Reservas de Chakra & Perícia Elemental — Mokuton.
Descrição: Depois de formar os selos de mão necessários, o usuário cria uma criatura enorme estátua de madeira. Esta criatura humanoide com um corpo cheio e uma cara oni-like é geralmente criado com um dragão de madeira enrolado em torno de seu tronco, e geralmente é usado na batalha como um avatar. O dragão de madeira pode ser multiplicado e ser usado para atacar seus inimigos diretamente também. Esta criatura é declarada para ser tão poderoso quanto o Nine-Tails, e poderia pegar um descompactado, não descarregado, Standard Ball Bola Ball disparado por este último. Se o usuário não tem tempo suficiente para manifestar  o corpo inteiro, eles podem manifestar um membro ou dois primeiro a comprar tempo suficiente para o corpo inteiro para formar. Poderia mesmo choque contra os gostos do corpo completo de Madara Uchiha - Susano'o, que foi indicado por Madara ele mesmo ter os poderes destrutivos que rivalizam mesmo as bestas tailed. No anime, é capaz de desovar várias cabeças de Dragão de Madeira, cada uma capaz de se autodestruir.

_______________________

-
Seigen
Jōnin
Seigen
Vilarejo Atual
http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Cena - SOLO] Um presente do velho Honda. - em 7/7/2020, 22:45

"Aquela batalha de Golens gigantes se estendeu por algum tempo. Aos poucos, o meu Mokujin foi perdendo pedaços, sofrendo múltiplas lacerações e sendo mutilado golpe por golpe. Caramba, de onde vinha aquele poder? Aquilo é mesmo só um clone de Honda? Pensei abismado. Tentei de tudo, dei tudo de mim, mas o titã enegrecido permanecia de pé e intacto, enquanto meus mokutons eram destruídos e o meu próprio golem caía ao chão como um brinquedo quebrado. Me vi acuado diante daquela situação. Honda gargalhava para aumentar a minha raiva. E funcionou. Novamente, involuntariamente o chakra Otsutsuki tomou o meu corpo, me concedendo mais um fôlego para continuar.

Senti em meu íntimo aquela chama se acender e logo se tornar uma labareda de chakra a me consumir. Era exatamente o que o velho queria, o meu limite físico, o meu limite energético, e o fim de toda a minha paciência. Não era pelo tal prêmio misterioso, não era nem pela raiva que me consumia... eu me fortaleci simplesmente pela minha honra. Era inadmissível para eu ser o guardião daquele poder, daquela kekkei genkai, e ainda assim me ver como um incapaz.

Eu devo honrar a quem me confiou, eu devo honrar o nome Senju que acompanha o meu próprio destino. Não. Eu não serei a vergonha por trás deste nome. Eu sou Tatsumaru Senju. Eu sou o herdeiro deste poder elemental, eu sou aquele tocado pelo chakra primordial, eu sou... eu sou capaz!

Pela primeira vez eu tentei "aquilo". O chakra ardia pelos meus tenketsus como ácido em minhas veias. Senti a pressão interna estourar de súbito, escutando um estranho zumbido que me fez perder a noção de tempo e espaço. O tempo... este pareceu congelar. Toda energia natural ao meu redor se condensou e as marcas se formaram para a minha derradeira tentativa. Eu tinha que tentar e... eu consegui.

Uma estátua ainda maior se formou abaixo dos meus pés, e junto com ela uma infinidade de braços e punhos em prontidão, formando uma redoma colossal que se abria como as penas de um pavão celestial. Aquele era o jutsu da lenda, o jutsu de Hashirama Senju. O buda estava sob o meu domínio. Não me lembro de muita coisa, mas a minha força de vontade fez aquele colosso avançar ao meu favor. Era implacável. Incansável. Eu diria majestoso. O Mokujin de "Honda" se apequenou diante das milhares de mãos que cobriram toda aquela planície com uma chuva de golpes que nem pude acompanhar. E foi aí que perdi a consciência, sem mesmo ver o resultado daquela batalha.

Acordei com algo em meu peito, um calor reconfortante e uma luz esverdeada que pulsava sobre mim. Era Honda. E era também  o tal presente que ele havia prometido. Uma semente cuidadosamente pousava em meu torax como numa espécie de ritual mágico provido pelo velho. Então eu venci! logo pensei. Mas não só venci... eu finalmente entendi. GAIA, a mãe natureza naquele momento me abraçava com sua energia pura e verdejante. Uma pequena semente que Honda depositou em meu peito, e com ela eu pude sentir a conexão primordial com o nosso planeta. O amor incompreensível, um êxtase não há como descrever... nirvana... conexão total. Olhei para os lados e vi todo aquele cenário de destroços se reconstruindo e brotando em árvores e lindas flores que tornaram impossível imaginar que ali houve uma batalha de gigantes. Todo o ambiente parecia participar daquele ritual e cada elemento natural parecia comemorar a minha ascensão. Eu podia controlar, eu podia sentir e fazer cada ramo, cada porção da grama se mover e germinar à minha vontade. Aquele era o abraço de Gaia. Aquela era a máxima conexão. Com meus olhos marejados eu olhei para o sol e a face risonha de Honda bloqueou a luz como num eclipse solar. O velho bateu em meu ombro e disse que tudo estava pronto."

- Meu discípulo... se levante para viver este dia. - Disse o velho - Eu lhe nomeio agora... Tatsumaru Senju, o Mestre Elemental Mokuton. - E com aquela frase se iniciou a minha nova jornada.

Fim.


Jutsus:
Senpō Mokuton: Shin Sūsenju
Rank: Mortal
Requerimentos: Habilidade Secundária: Senjutsu, Grandes Reservas de Chakra & Perícia Elemental — Mokuton.
Descrição: A Arte Sábia da Liberação de Madeira: Várias Milhares de Mãos Verdadeiras é uma técnica que cria uma estátua de madeira titânica de muitas mãos, que pode ser controlada livremente pelo usuário. Depois de entrar no Modo Sábio, Hashirama cria uma estátua de madeira de proporções titânicas, facilmente capaz de empequenecer Kurama em tamanho completo. Milhares de mãos se originam em volta da estátua em inúmeras linhas concêntricas, enquanto suas duas mãos principais estão entrelaçadas, como se em oração. A estátua pode servir para uma variedade de propósitos na batalha para lutar em nome de Hashirama, para defender e mesmo usando outras técnicas com ela. O tamanho desta técnica faz com que seja quase impossível atacar o próprio Hashirama.

Ele também pode separar a sua parte principal de seu arsenal prevalecente para aumentar a sua mobilidade e se adaptar a uma situação que exige mais velocidade. Com a sua imensa força, ele pode agarrar uma Besta com Cauda com facilidade e mantê-la no lugar, deixando-a incapaz de se mover. Hashirama pode usar a Técnica Sexagenária do Estilo Hokage: Kakuan Entrando na Sociedade com Mãos Trazendo Felicidade em conjunto com o Humano de Madeira sobre a cabeça da estátua para suprimir e eliminar qualquer controle direto sobre a Besta com Cauda.

_______________________

-
Takane
Jōnin
Takane
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena - SOLO] Um presente do velho Honda. 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang

Re: [Cena - SOLO] Um presente do velho Honda. - em 8/7/2020, 01:51

@

_______________________

[Cena - SOLO] Um presente do velho Honda. Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Cena - SOLO] Um presente do velho Honda. -

-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.