NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Verão
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Senju Inazuma
3º Lugar
Raves
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Tensai
3º Lugar
Zireael
Os membros mais ativos do mês
Angell
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
791 Mensagens - 42%
Starfox
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
194 Mensagens - 10%
Zireael
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
160 Mensagens - 8%
Kurt Barlow
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
133 Mensagens - 7%
Zero
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
117 Mensagens - 6%
Tensai
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
112 Mensagens - 6%
Sevenbelo
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
106 Mensagens - 6%
Shion
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
105 Mensagens - 6%
Nan
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
88 Mensagens - 5%
Kaguya
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
86 Mensagens - 5%

Os membros mais ativos da semana
Angell
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
77 Mensagens - 38%
Kurt Barlow
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
24 Mensagens - 12%
Zero
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
19 Mensagens - 9%
Sly
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
18 Mensagens - 9%
Heavy
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
15 Mensagens - 7%
Raves
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
11 Mensagens - 5%
Tensai
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
11 Mensagens - 5%
Nan
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
10 Mensagens - 5%
Shion
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
9 Mensagens - 4%
Jow
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_lcap[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Voting_bar[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Vote_rcap 
7 Mensagens - 3%


Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Mako
Game Master
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT

[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Zoc1QIP


Os membros da aliança Karma se viram numa escuridão imensa até que flores iluminaram um pouco em várias cores. O ambiente soava agradável, muito diferente do esperado para uma aliança considerada inimiga de tantos. Um calor gostoso os abraçava, mas, de algum modo, esse calor parecia suspeito. Assim como aquelas estranhas flores. O chão era coberto de grama úmida, como se tivesse saído de dentro da água recentemente e pisar nela soltava sons lamacentos.

-> Todos os membros da Aliança Karma (ou que escolherem ela) devem postar neste tópico dentro de 24hrs a partir de sua abertura.
-> Quem escolher agora Aliança deverá, antes de cair no local, narrar a escolha, por favor.
-> Neste momento devem apenas postar chegando. Concept Art da Caverna (Clique)
-> Neste momento devem apenas postar chegando.
-> Por favor, o último a postar (ou alguém escolhido pelo grupo) deve me avisar quando todos tiverem completado o turno.


Última edição por Mako em Sáb 04 Abr 2020, 08:43, editado 1 vez(es)

_______________________

Mako
Kaido
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
Em meio aos gritos e ao burburinho da briga iniciada por Hattori Shion, Kaido sentiu que algo lhe fisgava o umbigo. As palpebras do jovem se abriram mais uma vez para que ele pudesse estudar o que havia acontecido, mas antes mesmo que pudesse sequer mover seus olhos, a luz pareceu ser novamente extinta.
A escuridão surgiu no mesmo instante em que Kaido sentiu ser puxado pela força que antes lhe havia fisgado. O guerreiro sentiu certo desconforto em seu corpo, mas esse logo cessou.
De joelhos em meio a escuridão, Kaido ergueu sua cabeça, procurando por pistas do que havia acontecido. Kaido sabia que não estava dentro de uma ilusão, afinal, ele sempre se preocupará com a possibilidade de cair em um Genjutsu e sempre tomará as medidas de segurança necessárias para que aquilo não acontecesse. Ao seu redor, Kaido não sentia o chakra de mais ninguém e também não conseguia escutar nenhum ruído “Eu fui transportado... Mas como? Quem?”. Após deduzir o obvio, Kaido se levantou, e foi então que ele pode vislumbrar as duas chamas pairando em meio a escuridão.
Kaido se sentiu atraído para a imagem do anjo, sentia que a reconhecia de algum lugar, mesmo que ainda não soubesse exatamente de onde.
A mão esquerda do líder da Nuvem tocou a chama vermelha, e foi então que o jovem foi novamente transportado, mas dessa vez com a marca da aliança Karma em seu corpo.

Kaido novamente sentiu seu corpo tocar o chão, ele havia chego na dimensão de sua nova aliança.



HP: ❲3.250 • 3.250❳  CH: ❲6.275 • 6.300❳  BK: ❲500 • 500❳  
ST: ❲00 • 14❳  ICHI: (1500 • 1500)

”Considerações”:
”Equipamentos”:
”Jutsus Utilizados”:

_______________________

Kaido
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t70736-f-kaido
Convidado
Convidado


[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 5k5lP2D


A sensação antinatural no estômago veio um milésimo antes do roubo da minha visão. A mão direita foi rápida e precisa mirando o lugar onde o Raikage estava instantes atrás, mas não encontrou nada além do ar. Um dos olhos tentou cobrar uma quantia de chakra para me levar dali através do Kamui, porém meu corpo manteve-se materializado e firme em meio ao breu.  

Antes que eu pudesse chamar pela confirmação da companhia de Rá, duas chamas explodiram não muito distantes à minha frente e expulsaram toda a escuridão. Um lado rendeu-se ao vermelho da forma angelical manifestada do fogo, alada e quase divina. O outro foi tomado pela selvageria do azul no molde e frieza de um lobo. Os gritos telepáticos e instrutivos do Hokage abraçaram as características que a direita azulada transmitia de maneiras distintas, mas a sensação de compreensão veio com o calor das chamas avermelhadas e talvez alimentadas pelo destino.  

Estendi o braço e ofereci a mão para receber o toque da chama, assombrado pela perspectiva e possibilidade de aquilo tudo ser o simples e ingênuo deslumbre ilusório da criança adormecida no meu cerne. A forma angelical arriscou alguns passos na minha direção durante a desintegração do seu corpo para o estado mais puro do fogo, mergulhou na palma da mão entregue, espalhou e gravou o calor na pele em uma representação tatuada do sol e da lua. A mente e visão se distraíram com a marca e meu equilíbrio se desfez tão rápido quanto a invasão do escuro há não muito tempo.

Caí ao lado do Raikage e só então voltei a realidade da missão e do meu protegido. Um salto veloz fez a capa negra esvoaçar e me colocou de pé, apresentando o cenário cavernoso pela primeira vez aos olhos e banindo da mente toda a perspectiva pessoal da situação. Entender o que havia se passado e a atração irrecusável por uma escolha entre duas chamas seriam explorações para mais tarde.

– Você está bem, Raikage-sama? – Perguntei e preparei a força dos braços para ajudá-lo a levantar, se precisasse.  

O morno do ar acolhia de forma aconchegante, mas não convencia completamente a desconfiança que me compunha. Nada parecia hostil, embora os músculos e olhos esperassem o pior.


HP [630/650] | CH [1277/1300] | ST [0/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Anonymous
Mako
Game Master
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT

[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Zoc1QIP


Parece que poucos ninjas estão dispostos a tomar um lado considerado ruim. Kaido e Artemo não eram esses tipos de ninja. Ambos aceitaram e abraçaram a chama brilhante das forças de Shaka mesmo com o aviso de Hattori Shion. Kaido era realmente esperado, afinal ele tinha um acordo com Hinka, a arauto do caos da divindade Shaka. Artemo, por outro lado, soava como uma boa surpresa para os reforços da aliança. Se ele usasse seu poderoso dojutsu na caverna poderia enxergar algum chakra flutuando no espaço, como se fosse poeira de energia deixada para trás após alguma coisa ter passado por ali. Com a habilidade de sensor, Kaido podia continuar a investigação e até encontraria os vestígios espalhados de chakra, no entanto, não era possível entender o que se passava ali. As flores murcharam lentamente, perdendo o brilho e deixando-os na escuridão por um instante antes de desabrocharem novamente voltando a brilhar — e liberando mais uma onda de chakra semelhante a que flutuava antes. A caverna não parecia, no entanto, ter saída alguma, como se fosse impossível entrar ou sair... O que eles fariam diante daquele cenário?

— Concept Art da Caverna (Clique)
— Tudo está detalhado no Post. A decisão do que irão fazer e o que discutirão é com vocês. Qualquer ideia que tenham e que não tenha sido esclarecida no Post, por favor, façam uma tentativa narrativa (deixem em aberto e esperem confirmação no Post seguinte), assim criaremos uma dinâmica melhor.
— Este tópico deve durar uma média de 10 turnos.
— Neste turno os Posts devem conter de 200 a 600 palavras. Posts com mais do que isso (ou menos) serão invalidados.
— W.O de 24hrs (individual).
— Por favor, assim que todos postarem, selecionem um para me avisar no privado, especialmente do WhatsApp, quem me tenha.

_______________________

Mako
Kaido
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
O jovem explorou o novo cenário, procurando também sentir qualquer manifestação de chakra ou escutar qualquer ruído ao seu redor. As plantas que cresciam em meio a caverna permitiam uma iluminação precária do ambiente e essas também despertavam a curiosidade do guerreiro, que nunca antes havia visto nada como elas.

Kaido deu um passo adiante e sentiu seu pé afundando alguns centímetros, o som provocado pela pisada também era inconfundível. O sorriso do homem se apagou, aquele não era o tipo de ambiente em que ele gostaria de se perder.

A última das coisas a ser notada por Kaido naquele primeiro momento foi a temperatura do ambiente, ou pelo menos a temperatura que seu corpo parecia sentir “Qual seria a fonte disso?”.
Artemo surgiu ao lado do líder da nuvem, que naquele momento voltou a sorrir – Desconfiei que escolheria esse caminho -.

Os sentidos de Kaido lhe fizeram sentir algo que ele não podia compreender – Sinto a presença de chakra, mas nada disso faz sentido para mim -. Kaido deu uma última olhada no cenário ao seu redor e então decidir colocar em ação seu último recurso de sensoriamento. Uma pequena porção de areia deixou a cabaça de suas costas e se espalhou pelo ambiente, procurando ocupar e explorar cada pequeno espaço e fresta da caverna – Se houver alguma saída, passagem ou criatura por aqui nós logo descobriremos -.

Em adição ao Suna no Kanchi, uma segunda técnica foi utilizada por Kaido, uma técnica que deu vida para uma espécie de olho de areia, que passou a flutuar pelo ambiente, procurando por qualquer coisa suspeita. O olho tentaria explorar não só a caverna em si, mas também as curiosas plantas, que talvez fossem a única coisa viva naquele ambiente e possivelmente eram a fonte do calor. Para investigar as plantas, o olho se aproximaria o máximo possível delas, mas procuraria não as tocar.

Kaido procuraria tocar as paredes da caverna e também o solo com sua mão esquerda, procurando sentir a temperatura e a umidade dos elementos que constituíam aquele local para que aos poucos as coisas começassem a fazer sentido. O uso do tato sobre as rochas também tinha a finalidade do Mestre Jiton estuda-las, tentando descobrir se seria possível e viável fazer uso de suas técnicas destrutivas dentro daquele local.

De olhos fechados novamente, Kaido se limitou a sensoriar a caverna por meio de seus jutsus e habilidades. A areia logo lhe concederia uma espécie de conhecimento físico do espaço e de sua dimensão, enquanto o olho de areia lhe daria uma visão do interior da caverna e dos pequenos espaços que ela poderia possuir.

Enquanto explorava o local com seus sentidos, Kaido se mantinha de pé, concentrado e em guarda, pronto para correr ou reagir caso fosse necessário.



HP: ❲3.250 • 3.250❳  CH: ❲6.225 • 6.300❳  BK: ❲500 • 500❳  
ST: ❲01 • 14❳  ICHI: (1500 • 1500)

”Considerações”:
”Equipamentos”:
”Jutsus Utilizados”:

_______________________

Kaido
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t70736-f-kaido
Convidado
Convidado


[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 5k5lP2D


A flutuação de chakra não escapou da mira inflamada pelo sharingan, pairando e preenchendo o ar cavernoso como nuvens sutis e azuladas de energia.  Acometidos pelo mesmo lapso espacial e temporal, Rá e Kaido me acompanharam no reconhecimento do território, cada um atentando suas peculiaridades aos detalhes que lhe interessavam.  

– Há rastros de chakra por boa parte do lugar, consigo ver. – Respondi com a certeza de que o homem entenderia a influência daquilo sobre suas possíveis habilidades sensoras.

Embora a simplicidade nos detalhes da caverna não seduzisse tanto a atenção dos olhos, as plantas luminosas conseguiram roubar e manter minha curiosidade com certa facilidade. Como uma respiração lenta e suave, a vida nas flores murchou e levou consigo a luz que nos banhava, devolvendo-a no instante seguinte enquanto regava o ar com mais energia.

O movimento das flores foi bonito, agradável e com grande potencial de perigo. Coloquei o lobo e o Kage na mira do meu dōjutsu e busquei por indícios de ilusões ou outras técnicas que talvez se relacionassem com o chakra a nos circundar. As mãos também juntaram-se a investigação e rabiscaram um humanoide pouco detalhado no pergaminho já aberto no ar. O desenho encontrou vida em um selo que fiz e pulou do papel que não mais o conteria.

Apesar da composição de tinta, o pouco peso do desenho veloz em direção a flor mais distante ainda foi o suficiente para perturbar o som quase inaudível chiando pela caverna. A areia do Raikage – iluminando para mim o propósito da enorme cabaça que ele carregava – corria por cada canto do lugar e buscava um mapeamento que julguei bastante eficiente depois de uma rápida análise. Deixaria para ele, portanto, a função de nos informar sobre a geografia a nos abrigar.

Seja conhecimento da dupla antiga que eu formava com Rá ou do trio recente que todos nós ali compúnhamos, sabíamos – ou assim eu pensava – que não cabia dissertação sobre os acontecimentos que nos engoliram. Deveríamos, acima de qualquer compreensão, sobreviver e deixar aquele lugar. Ouvi um canto da mente chamar pelo Kamui, mas de nada serviria a técnica para a minha curiosidade e interesse pela situação.  


HP [630/650] | CH [1300/1290] | ST [0/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Anonymous
Mako
Game Master
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT

[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Zoc1QIP


A areia flutuou pelo espaço, assim como um estranho olho. As habilidades de sensoriamento do Raikage eram mesmo incríveis e seu lacaio não ficava atrás, usufruindo dos dotes de seu olho escarlate para capturar a essência do chakra que pairava no ambiente. No entanto, não havia nenhuma ilusão. O chakra não gerava perturbação alguma que fosse contundente com as técnicas ilusórias, a menos que se tratasse de algo muito singular no mundo — o que era pouco provável. À medida em que o olho se afastou, ele simplesmente pulverizou-se no ar e, no instante seguinte, as flores murcharam e desabrocharam novamente. Foi a fez da areia espalhada se desmanchar quase totalmente, deixando um resquício cristalizado preso à parede. O charka espalhara-se novamente com o respirar das flores, mas agora a temperatura parecia ainda mais alta e eles podiam sentir ardores sobre suas peles expostas ao ambiente. Quem quer que ficasse de olhos abertos sentiria incômodos neles, forçando-se a fechá-los — era o caso do lacaio do Raikage, que poderia enxergar a onda novamente de chakra, mas em seguida, precisaria fechar os olhos. A areia não deu retorno nenhum, o olho só viu a luz, eles ainda estavam sem saber o que estava acontecendo, mas talvez agora tivessem algumas pistas.

— Concept Art da Caverna (Clique)
— Qualquer ideia que tenham e que não tenha sido esclarecida no Post, por favor, façam uma tentativa narrativa (deixem em aberto e esperem confirmação no Post seguinte), assim criaremos uma dinâmica melhor.
— Mexicano não colocou o rank do uso do Choju Giga, então foi desconsiderado. Além disto, não tinha narrado o que ele faria ao ir na flor, colocando em consideração, então isso seria desconsiderado também. Aliás, nada que considerem, mas não citem será considerado efetivo.
— Sim, eu soltei algumas dicas nos fatos que ocorreram, vocês precisam tentar desvendar o mistério. Considerem suas habilidades de dedução e pontos de Inteligência ao fazerem isso, por favor.
— Este tópico deve durar uma média de 10 turnos (estamos no 03)
— Neste turno os Posts devem conter de 200 a 600 palavras. Posts com mais do que isso (ou menos) serão invalidados.
— W.O de 24hrs (individual).
— Por favor, assim que todos postarem, selecionem um para me avisar no privado, especialmente do WhatsApp, quem me tenha.

_______________________

Mako
Kaido
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
Não demorou muito para que as habilidades de Kaido fossem extintas dentro da caverna. A tentativa frustrada de sensoriamento talvez não permitisse que o líder da Nuvem adquirisse as informações que ele esperava, mas davam para ele dados relevantes sobre o local.

O calor que atingiu a pele do homem após o novo florescimento das plantas, percebido devido a variação de luminosidade que podia ser sentida mesmo com as pálpebras fechadas, era desconfortável, mas novamente, revelavam para o guerreiro dados sobre a caverna – Evite usar chakra até conseguirmos entender com clareza como esse local funciona -.
Kaido permaneceu em silencio por alguns segundos, juntando as pistas que ele e Artemo haviam juntado sobre o cenário “Chakra flui pelo ambiente e esse parece fluir com o florescimento das plantas. Quando florescem as plantas são capazes de emanar luz e também parecem serem capazes de fazer com que o chakra ao seu redor flua, ou elas mesmas emanariam esse chakra, o que faz mais sentido... Se esse for o caso, o calor que sentimos é resultado da luz e/ou do chakra que flui em razão do florescimento das plantas... Agora, qual o motivo de minhas técnicas terem sido extintas? Logo após a extinsão eu pude perceber que houve um período de escuridão, o que coincide com o período em que as plantas murcham... Seriam essas plantas capazes de utilizar chakra quase como combustível? Como uma espécie de energia vital? Talvez ela metabolise esse chakra, o transformando em energia e calor”.

- Artemo, você parece ser capaz desperceber o chakra de uma forma diferente da minha... Diga-me, o que você foi capaz de notar? Mas seja muito preciso em sua descrição, por favor... Eu preciso saber se o chakra que sinto é oriundo dessas plantas e se o chakra de minhas técnicas foi drenado pelas plantas. Algo me diz que o ciclo que elas realizam tem relação não só com a luminosidade da caverna, mas também com o chakra circundante e a aparente impossibilidade de se utilizar jutsus aqui dentro -.

Enquanto aguardava a resposta de Artemo, Kaido se aproximou de uma das plantas, se guiando pela luminosidade que podia perceber através de suas pálpebras. O jovem tentaria aproximar sua mão de seu objeto de estudo, inicialmente evitando o contato. Caso nenhuma sensação de calor ou algo do gênero fosse sentido, Kaido então encostaria sua mão esquerda na planta, tentando assim obter mais dados sobre o local.

Com a teoria tendo sido confirmada ou não, Kaido se afastaria cerca de sete metros da planta e sacaria com sua mão direita a espada que se encontrava em sua cintura. Kusanagui se expandiria em direção da planta, a fim de lhe cortar pela o mais rente possível da raiz, se possível.



HP: ❲3.250 • 3.250❳  CH: ❲6.300 • 6.300❳  BK: ❲500 • 500❳  
ST: ❲00 • 14❳  ICHI: (1500 • 1500)

”Considerações”:
”Equipamentos”:
”Jutsus Utilizados”:

_______________________

Kaido
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t70736-f-kaido
Convidado
Convidado


[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 5k5lP2D


À primeira vista não encontrei indícios que apontassem o uso de qualquer técnica sobre nós ou caverna. As flores expiraram e inspiraram duas vezes mais, a luz se foi e o barulho da areia esfolando as rochas e grama cessou gradativamente. Até aquele instante as plantas se mostraram a única estranheza do lugar – com exceção da temperatura – funcionando como se a vida pulsasse através das suas luminescências. Senti o calor se espalhar e tomar conta da superfície da pele exposta, alcançando os olhos pouco depois do último respirar iluminado e os impedindo de continuar a vasculhar. Antes da sensação de ardência pesar sobre os globos, o último resquício de visão vislumbrou a nuvem de chakra sutil que juntava-se aos vestígios ainda pairando no ar.  

O aviso do Raikage veio logo após meu entendimento superficial e suspeito do funcionamento das flores. O calor aconchegante e pouco compatível com a caverna assim que fomos recebidos, a iluminação alterada da vegetação estranha, os fragmentos de chakra em movimento com o ar e o expelir da energia durante o aumento crescente da temperatura, provavelmente vindo de algo vivo, formaram uma curta e estreita trilha até o encontro do culpado pelo incômodo que esquentava minha pele.  

Duas possibilidades foram rapidamente trazidas a superfície do raciocínio, aceleradas pelo grunhir de dor do lobo que me acompanhava. A primeira abraçava a possível culpa que caía sobre as "lâmpadas biológicas" depois da trilha de evidências que deixaram, a hipótese poderia ser facilmente testada ao destruir uma das mais próximas, porém, a segunda possibilidade me impedia de seguir com a ideia. E se estivessem preparadas para serem destruídas?! Se naturais, as vidas costumam carregar uma série de experiências adaptativas no decorrer das suas evoluções, incluindo recursos que compensem pontos fracos expostos ao meio hostil. Se criadas por alguém, não seria motivo para espanto a mente por trás ter preparado uma defesa ou propósito as suas criações. Desabotoei o estojo da perna e enrosquei um dedo na argola que delimitava o fim do cabo de uma kunai.  

O movimento do braço seria firme e preciso no arremesso da arma contra a última planta visualizada antes de proteger os olhos, se nada se opusesse. Enfrentei um pouco do incômodo e aumentei minhas chances dando uma brecha rápida para o sharingan atuar na precisão. Julguei ser segura a distância que separava nós três do alvo, mesmo que uma explosão resultasse do dano possivelmente ainda teríamos tempo para agir. Se o resultado não trouxesse nenhuma preocupação, responderia as questões do Raikage levantadas enquanto eu atirava.

– Sim, se o chakra que sente é o mesmo que nos cerca, meu sharingan consegue vê-lo nitidamente no ar como uma nuvem sutil se espalhando.  

As conclusões de Kaido seriam o bastante para eu sustentar as minhas e continuar o informando.

– Independente do funcionamento, imagino que destruir as flores a distância acabe com o chakra. Se eu estiver certo talvez a temperatura diminua. – Nessa altura o homem estaria prestes a tocar uma delas.

O fim das palavras e o sangramento no dedo com a mordiscada deu início a uma sequência de selos acompanhada de um tapa na grama encharcada. O chakra dedicado ao movimento invocaria uma nuvem moderada de corvos da maneira mais direta e menos artística possível: inscrevendo marcações na superfície tocada e teleportando os animais através de explosões de fumaça. Seriam – e tentariam ser logo que surgissem – a maneira mais rápida e eficiente de acabar com as plantas, possivelmente não cedendo a teoria do Raikage sobre a impossibilidade do uso contínuo de ninjutsu. Afinal, corvos são vidas.


HP [630/650] | CH [1230/1300] | ST [1/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Anonymous
Mako
Game Master
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT

[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Zoc1QIP


No momento em que o Raikage elaborou questionamentos e fundamentos de dados sobre a estranheza do lugar, seu lacaio usou uma mera arma afiada para se opor às flores que iluminavam o ambiente. O fio da lâmina não era nada assustador se comparado a espada carregada pelo líder, mas, ainda assim, acertou uma espécie de pétala de uma das flores e a arrancou. O resultado foi a pétala dissolvendo-se no ar e formando um acúmulo de chakra sutil. Kaido se aproximou de uma das plantas, aproximando a mão, mas sentindo um estranho calor. Neste momento as flores murcharam outra vez e o Raikage lançou-se para trás, enquanto corvos surgiam e avançavam explodindo no meio do ar com labaredas no instante em que todas as flores desabrocharam novamente, com um brilho mais intenso ainda. A nuvem de chakra tão visível aos olhos escarlates do shinobi agora estava densa. O calor que antes somente incomodava um pouco, agora estava causando uma leve queimadura na pele dos dois shinobis presos naquele lugar. Então as flores murcharam novamente e eles sabiam que no próximo desabrochar, que não levaria mais do que três segundos, aquelas queimaduras seriam muito piores.

— Concept Art da Caverna (Clique)
— Ambos estão de parabéns pelas interpretações. Creio que, talvez, tenha soado um pouco quebrado esse final do Post, mas foi também pensando em dar mais dicas. Os corvos queimaram e as flores parecem ter reagido mal ao corte feito pela kunai do shinobi. O dano recebido é de uma queimadura superficial (10HP) em todas as partes expostas de pele.
— Sim, eu soltei algumas dicas nos fatos que ocorreram, vocês precisam tentar desvendar o mistério. Considerem suas habilidades de dedução e pontos de Inteligência ao fazerem isso, por favor.
— Qualquer ideia que tenham e que não tenha sido esclarecida no Post, por favor, façam uma tentativa narrativa (deixem em aberto e esperem confirmação no Post seguinte), assim criaremos uma dinâmica melhor.
— Este tópico deve durar uma média de 10 turnos (estamos no 04)
— Neste turno os Posts devem conter de 200 a 600 palavras. Posts com mais do que isso (ou menos) serão invalidados.
— W.O de 24hrs (individual).
— Por favor, assim que todos postarem, selecionem um para me avisar no privado, especialmente do WhatsApp, quem me tenha.

_______________________

Mako
Kaido
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
Kaido sentiu o calor sendo emanado pela planta e imediatamente soube, somando a descoberta com as palavras de seu colega, que eram elas a chave para o misterioso calor que tomava conta do ambiente.
Quando os corvos surgiram, Kaido saltou para trás. Mesmo sem ler a mente de seu colega, Kaido sabia qual era a intenção no uso daquela técnica “Destruir as plantas”. A medida de Artemo parecia ser a resposta para os problemas que pareciam se acumular dentro da caverna, mas os corvos mal haviam se materializado quando explodiram em meio ao ar “Droga”.
Era como Kaido desconfiava, assim que os corvos foram obliterados, uma nova onda de calor surgiu com o desabrochar das plantas. O calor era forte o suficiente para provocar ardor e leves queimaduras nas mãos e rosto do líder da Nuvem.
Mesmo diante a estressante situação, Kaido procurou manter a calma – Artemo -. Kaido sabia que seu colega já havia entendido a situação, a fala do Raikage simplesmente foi um chamado, um chamado para a ação.
Segundos antes da caverna voltar a escurecer o shinobi anexou quatro tarjas explosivas na ponta de sua espada – Cuidado -. Com a nova onda de escuridão, Kaido sabia que o tempo se esgotava. O shinobi novamente brandiu sua espada, fazendo com que essa se expandisse rapidamente e alvejasse o máximo de plantas possíveis. Kaido desferia movimentos rápidos com seus braços, procurando simplesmente usar a espada como uma espécie de navalha contra o máximo de pontos luminosos possiveis. Os papeis bomba também explodiriam individualmente, procurando causar ainda mais estrago na flora da caverna. A precisão do guerreiro talvez não fosse das melhores naquele momento, afinal, não contava com pelo menos metade de suas habilidades sensoriais, mas ele esperava que fosse o suficiente. O aviso dado de antemão para o homem ao seu lado foi simplesmente para que esse não ficasse na frente da lamina quando essa passasse por ele, afinal, o tempo era curto e haviam plantas por todos os lados “Talvez se nós eliminarmos a maioria delas a próxima onda de calor não seja tão forte assim... E se a caverna ceder... Bom, depois a gente pensa em como lidar com isso".



HP: ❲3.250 • 3.250❳  CH: ❲6.300 • 6.300❳  BK: ❲500 • 500❳  
ST: ❲01 • 14❳  ICHI: (1500 • 1500)

”Considerações”:
”Equipamentos”:
”Jutsus Utilizados”:

_______________________

Kaido
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t70736-f-kaido
Convidado
Convidado


[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 5k5lP2D


A eficiência planejada dos corvos foi rapidamente consumida pelas chamas famintas por chakra. Não tinha cultivado qualquer dúvida sobre a hipótese do Raikage acerca da absorção de ninjutsu, mas jamais esperaria que o apetite das plantas alcançasse seres vivos de uma forma tão veloz. Embora o reinado sobre meu primeiro plano fosse completamente da falha, a brecha dada ao sharingan em meio ao incômodo de mirar precisamente em uma das flores também deu a ele a oportunidade de observar o resultado ligeiro do teste; uma parte dela arrancada a fez dissolver-se no ar e deixar para trás um acúmulo sutil de chakra. No momento em que as aves foram sacrificadas, uma alternativa reserva já zanzava entre meus pensamentos.

O cair dos corvos foi iluminado por uma nova onda de florescer acompanhada do aumento agressivo da temperatura, penetrando a primeira barreira do limite da superficialidade e causando danos a minha pele exposta. A compreensão sobre o cenário anteriormente considerada, agora confirmada, me atingiu um instante antes do chamado do líder da Nuvem por ação. Quando respondi com um aceno veloz da cabeça, os tomoes dos meus olhos já haviam performado a transformação do Mangekyō Sharingan, o chakra dedicado ao olho direito invocaria o poder do Kamui em toda minha cabeça e as mãos trabalhavam velozes dentro dos estojos de armas em busca de cinco kunais.

Meu conhecimento estudado, ensinado e experienciado em minhas próprias habilidades acerca das várias dimensões e técnicas que compunham nosso mundo traziam desconfianças miradas no uso do Kamui. Talvez surpreendesse alguns a existência de um bloqueio dimensional, aprisionando seus acolhidos de uma forma elaborada e restritiva. Para mim seria apenas a continuação da dimensão que me acolhera há não muito tempo, incompatível – pelo menos por um tempo – com os poderes dos meus olhos. Mas a caverna era outro lugar, as possibilidades que nos guardavam eram outras e não teria oportunidade melhor para testá-las.

Os planos foram límpidos na mente, simples e seriam precisos na execução; se a intangibilidade abençoasse minha cabeça e livrasse o incômodo que esperava pela abertura dos olhos, usaria a vantagem para memorizar os pontos onde as plantas se encontravam em preparação ao escuro inevitável que logo inundaria o lugar, presságio de algo maior que uma simples queimadura. As mãos com cinco kunais firmadas nos vãos disponíveis entre os dedos disparariam rápidos movimentos e projéteis, distribuindo as armas sacadas para todos os alvos memorizados e carregando tarja explosiva duas delas. O espaço que me acomodava estava fora da possível linha de ataque de Kaido, mas me atentaria ao som e trajeto da lâmina para não atrapalhar seu movimento.

Ter os olhos intangíveis seria a principal engrenagem no funcionamento perfeito – ou quase – do meu plano, porém apoiar-se nela poderia não ser a melhor escolha. O dano a prejudicar a visão não me barraria na tentativa de acertar as lâmpadas biológicas em um cenário sem Kamui, por mais que fosse cobrado em dor e imprecisão, embora contasse com as peculiaridades do meu dōjutsu.


HP [550/650] | CH [1179/1300] | ST [2/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Anonymous
Mako
Game Master
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT

[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Zoc1QIP


Algumas estratégias não são as melhores. Às vezes, por mais genial que um shinobi possa ser, ele ainda irá falhar por lapsos de conhecimento — ou por simplesmente deixar um detalhe passar. São seres humanos afinal de contas e sendo assim, cheios de falhas. Quando a escuridão se abateu sobre os dois shinobis, as coisas ficaram sinistras. Ambos tinham notados padrões de funcionamento daquele estranho ambiente, mas não pareciam saber como realmente resolver o problema. Kaido havia entendido que precisava destruir as flores, um pensamento sagaz, mas sua execução não foi das melhores. Enquanto seu braço-direito ativava uma técnica suprema de sua linhagem sanguínea, o Raikage usava a estratégia menos eficaz naquele momento; tarjas explosivas. Quando a primeira foi atingida e morreu liberando sua nuvem de chakra, as demais ressonaram e desabrocharam e numa soma de calor, chakra e energia, tudo explodiu. Tudo. Uma explosão gigantesca que abarcou a caverna inteira, emitindo chamas poderosas e brilhantes, consumindo tudo dentro daquele ambiente. O Raikage e o shinobi foram pegos na explosão, principalmente o líder cujo corpo foi totalmente engolido em chamas, diferente do shinobi Uchiha cuja cabeça ainda tinha uma salvação automatizada. Os danos foram enormes, os corpos receberam queimaduras intensas, carne, sangue e nervos foram completamente afetados, mas, ainda assim, eles estavam vivos. Danificados e com queimaduras sérias, mas vivos. As habilidades medicinais podiam ser a melhor escolha depois daquela decisão estranha tomada pelo Raikage — mas nem tudo havia sido em vão, alguns metros a frente, um enorme buraco se abriu mostrando uma saída por onde uma frágil luz avançava e o vento corria. Só que daquela direção também era possível sentir um chakra monstruoso.

— Concept Art da Caverna (Clique)
— Embora tenham feito uma boa estratégia, o uso de papel explosivo no meio de um ambiente que claramente tem efeitos de calor/fogo não foi a melhor decisão e provocou uma explosão do ambiente. Dano considerado é de duas explosões grandes (300HP) com queimaduras de 2° grau em Kaido (por causa de seu corpo ser mais resistente de acordo com os pontos em força) e 3° grau em Mexicano (mesmo motivo, mas ele é menos resistente). Os danos por post das queimaduras serão de 50HP p/post de Kaido e 150HP p/post de Mexicano (estes danos começam, no próximo turno). Importante, no entanto, ressaltar que os danos em Mexicano não lhe afetaram a cabeça, esta protegida pelo Kamui, enquanto que Kaido, sim. Por este motivo, Kaido está literalmente careca. Vocês tem poucas roupas, eles estão em maltrapilhos, mangas cortadas, partes da calça rasgados, podem ficar sem a parte de cima, sem botas, porém, nada de ficar totalmente nu (ou seminu). Vamos manter o family-friendly nesse sentido.
— O chakra sentido através da abertura é tão monstruoso quanto de uma Biju, caso algum dos personagens tenha ciência de bestas de caudas. Não há mais flores (e quase não há mais vocês). Neste turno vocês terão de se ajudar para sobreviver aos danos provocados pelo erro de Kaido. Claro que podem tentar só seguir em frente, mas cuidem com os danos por turno. A espada de Kaido se perdeu na explosão e está por entre escombros em algum lugar.
— Qualquer ideia que tenham e que não tenha sido esclarecida no Post, por favor, façam uma tentativa narrativa (deixem em aberto e esperem confirmação no Post seguinte), assim criaremos uma dinâmica melhor.
— Este tópico deve durar uma média de 10 turnos (estamos no 05)
— Neste turno os Posts devem conter de 200 a 800 palavras. Posts com mais do que isso (ou menos) serão invalidados. Houve aumento, pois entende-se que será um momento bastante complicado e de desenvolvimento para ambos os personagens, pois será um trauma enorme.
— Não esqueçam de interpretar bem seus personagens. Kaido tem Calmaria na ficha, mas Artemo não, por exemplo. Os efeitos disso numa situação dessa precisam ser narrados.
— W.O de 24hrs (individual).
— Por favor, assim que todos postarem, selecionem um para me avisar no privado, especialmente do WhatsApp, quem me tenha.

_______________________

Mako
Kaido
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
A espada do guerreiro se alongou e começou a ceifar as plantas, mas logo que a primeira tarja explodiu, o calor liberado se somou ao já existente no ambiente, o que provo uma reação por parte das plantas e da caverna, uma explosão, que se alastrou rápido e atingiu a dupla de shinobis. Kaido, mesmo veloz, não conseguiu reagir, sendo atingido pelas chamas.
O fogo reduziu parte das vestes de Kaido em cinzas, o que lhe expor ainda mais o corpo. A pele do jovem foi consumida pelas chamas, o que fez com que em diversos pontos, marcas vermelhas e bolhas irrompessem. A pele, fragilizada, permitiu que sangue escapasse e manchasse os trapos que ainda restavam sobre o corpo do guerreiro.
Quando as chamas finalmente se foram, Kaido voltou a abrir seus olhos. O shinobi procurou estudar seus ferimentos, mas a baixa luminosidade não permitiu que isso fosse feito com precisão. Em seu amago, Kaido conseguia sentir Shukako rindo com a situação e insultando o garoto. Kaido se levantou, fazendo careta diante do grande desconforto provocado pelas queimaduras.
Kaido já havia passado por muitas situações complicadas ao longo de sua vida e havia desenvolvido resistência física e psicológica para enfrentar situações como aquela, no entanto, Artemo talvez não fosse capaz de lidar com a situação e se recuperar da mesma forma. Com sua “Rede Mental”, Kaido acessou a mente de Artemo – Ainda está vivo? Consegue continuar? -. O homem procuraria também a percepção dos sentimentos do homem, a fim de avaliar seu estado emocional. Caso a insanidade, provocada pela experiência traumática, se instaurasse na mente de Artemo, Kaido seria obrigado a agir, tomando conta do corpo do rapaz.
O líder da Nuvem levou seu braço até a espada que era guardada em suas costas. No momento em que a mão do homem tocou Samehada, essa lhe roubou um pouco de chakra e pareceu ganhar vida, se movendo de forma atípica para um objeto que deveria ser inanimado. Kaido colocou Samehada sobre o colo de Artemo – Tome, ela irá roubar seu chakra, mas pelo menos se encarregará de cuidar de uma parte de seus ferimentos. Quando terminar com ela, jogue-a para mim, por favor -. A atitude nem tão individualista de Kaido se devia ao fato de ele saber que havia causado aquilo e de perceber que Artemo necessitaria da ajuda de Samehada para continuar sua jornada.
O som de rochas e pedras despertou a atenção de Kaido, que ao desviar seus olhos, vislumbrou a passagem que havia sido feita pela explosão. O estranho sorriso de Kaido voltou a se abrir, conferindo ao homem queimado uma aparência bizarra que beirava a monstruosidade e insanidade.
Kaido foi impactado pela energia que sentiu quando voltou a usar suas habilidades sensoriais. Sobre o corpo de Artemo, até mesmo Samehada poderia sentir e reagir a energia demoníaca que se encontrava para além da caverna “Shukaku, você sente isso?”. A energia se assemelhava a da besta que Kaido possuía dentro de si, e essa possibilidade deixava o guerreiro em êxtase, de forma que ele quase se esquecera de seus ferimentos naquele momento – Artemo, se prepare, o que nos aguarda além daquele portal será infinitamente mais difícil de lidar do que essas plantas -.
Enquanto Artemo terminava de se recuperar, Kaido fazia com que sua areia voltasse a se espalhar pela caverna, procurando adentrar nas pequenas frestas e aberturas entre as rochas para procurar Kusanagi. Se a espada fosse localizada, Kaido faria uso de sua manipulação elemental para retirar a espada dos escombros. Se as tentativas não funcionassem, Kaido então tentaria manipular a própria espada, como as lendas diziam ser possível.
Se recuperasse a espada, Kaido voltaria a guarda-la em sua cintura.

Quando Artemo estivesse pronto, Kaido cruzaria o portal para fora da caverna, em alerta e pronto para enfrentar o próximo desafio que lhe fosse dado, movido, mesmo diante as adversidade, por sua sede de poder.



HP: ❲2.900 • 3.250❳  CH: ❲6.075 • 6.300❳  BK: ❲500 • 500❳  
ST: ❲02 • 14❳  ICHI: (1500 • 1500)

”Considerações”:
”Equipamentos”:
”Jutsus Utilizados”:

_______________________

Kaido
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t70736-f-kaido
Convidado
Convidado


[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 5k5lP2D


Mesmo sabendo e sentindo o êxito da intangibilidade na cabeça, meu instinto shinobi não se conteve e os braços e mãos correram em busca de proteção ao rosto. O flash da explosão percorreu toda a escuridão da caverna antes que o som da mesma invadisse os tímpanos. Apesar da intangibilidade, a visão foi tomada pelo clarão alaranjado na primeira fração de segundo até o branco penetrante passar a também dominar parte da mente. As ondas sonoras vieram acompanhadas do calor extremo e da dor penetrante e triste, se houvesse tempo para observá-la. Essa última parte não demorou a ser amenizada com a fome do fogo pelos nervos responsáveis por passar informações ao cérebro.  

Em uma necessidade hipotética de atribuir posições aos piores momentos onde ser inteligente foi, na verdade, o motivo do declínio de uma situação, esse sem dúvida alguma seria o primeiro colocado até este dia. Do instante em que a visão faltou até a dor marcante e passageira, a mente passou pela ciência de que estávamos em um lugar fechado e sede de uma combustão que, naquela altura, havia levado visão, parcialmente a audição com a explosão e me consumido ao ponto de anular a percepção dos meus nervos em várias partes do corpo. Minha condição não era nada boa, o conhecimento disso detalhado jogado ao cérebro exausto que lutava para sobreviver a tudo que interpretava do ambiente se mostrava um fardo com peso maior que suas capacidades. Ainda tinha doze anos, afinal, e a criança que vivia em mim nunca se aproximara tanto da superfície.  

Quando caí no chão os pensamentos já não se mantinham inteiramente em pé, ora cambaleavam entre a dor que dominava as áreas onde restava tato, ora tentavam ir mais longe do que conseguiam na tentativa de recordar algo que faltava, algo que necessitava. Por um instante Puri surgiu tão rápida quanto uma estrela cadente em céu claro, seu rastro tinha a mesma sensação de curiosidade e raridade em algo que deveria ser tão simples. A voz de Kaido soou límpida, clara e compreensível na minha cabeça, fazendo as pálpebras abrirem e darem fôlego a visão que se recuperava gradativamente. Ainda não fui capaz de respondê-lo nem ver sua figura em detalhes, mas dessa vez acompanhei sua silhueta enquanto a mesma instruía e repousava a espada em meu colo.  

Um resquício de instinto shinobi moveu minimamente minha mão em busca do cabo da espada e, na confusão dos pensamentos, talvez ela também tivesse ido ao meu encontro. Houve um pedido de chakra e eu dei sem questionar, apesar de não conseguir acompanhar com o corpo o que fora recomendado. As palavras ainda tinham o sentido que deveriam.  

Já havia multiplicado minhas células o bastante para saber como era a sensação de recuperação, embora a sentisse apenas quando a cura emanada através da minha mão alcançava os limites dos ferimentos, foi quando a consciência estabilizou, a visão respirou calma e completa. A tempo do término da regeneração e antes que eu me situasse inteiramente, o gemido sutil, animalesco e em agonia esmurrou o meu ser, minha percepção e trouxe de volta o que a mente buscava no breve momento de confusão: Rá!!!

Larguei a espada sem a delicadeza e agradecimentos que ela merecia, ignorei toda a calma nos movimentos que eu mesmo recomendaria naquela pós recuperação e atirei-me ao encontro do lobo, as mãos já emanavam o verde do iryō e o calor dessa vez alcançou o rosto através de uma ou duas lágrimas que riscavam a pele.  

– Estou pronto – respondi impassível enquanto a cura também se espalhava pelo corpo de Rá, o rosto seco pelo alcance do ombro e a criança preocupada com seu parceiro, longe e trancafiada.

– Seja o que for, assim que Rá estiver estabilizado vou estar pronto para irmos. Talvez eu precise descansar, mas tenho meios pra fazer isso depois.  

Entreguei ao Raikage o primeiro vislumbre de atenção depois que as palavras terminaram, olhei-o no fundo dos olhos e sua aparência e aparente despreocupação repousaram em algo sinistro e inquietante até a visão se acostumar, o que não levou muito tempo. Curei o lobo com precisão e rapidez, embora o mesmo se mantivesse em descanso e profundo sono. Quando me certifiquei de colocá-lo em um canto escondido nos escombros, seguro de desmoronamentos e longe de outras vistas, dei a mim mesmo o cuidado que merecia.

Das vestes pouca coisa sobrou, dos equipamentos apenas algumas pílulas – engoli duas – e a mão da sorte sobre um pergaminho com pincel e tinta acoplados, talvez ainda pudesse ser usado. O sharingan novamente brilhou nos meus olhos e me coloquei atrás de Kaido, calculando o quanto deveria para ele.


HP [450/650] | CH [753/1300] | ST [3/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Anonymous
Mako
Game Master
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT

[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Zoc1QIP


Os poderes curativos da espada dos tubarões foram decisivos nas vidas dos shinobis. O sucesso só dependeria deles de agora em diante. Artemo ficou um pouco mais afetado psicologicamente, mas tinha conhecimentos médicos e compreendia perfeitamente os riscos que estava correndo quando decidiu ignorar as necessidades básicas de repouso; pois, no fim das contas, ele também era um ninja e ninjas não podem simplesmente parar diante de uma missão. O chakra monstruoso na direção da saída ficou ainda mais intenso  e, mesmo assim, eles andaram em frente. Liderados pelo Raikage cujo corpo ainda estava com ferimentos — mas que sua resistência colossal o deixava menos sentido quanto a isto. Passaram pelo buraco formado na parede e sentiram o vento ameno tocando seus rostos. Parecia tranquilo. Ouviram também um som característico de ondas do mar, mas estava escuro, então era difícil saber se realmente estavam na costa. Continuaram os passos para fora e sentiram a areia debaixo dos pés; o cheiro da maresia e agora a sutil visão das ondas se quebrando confirmava a suspeita anterior. Chamas iluminaram atrás e acima deles, chamando-lhes a atenção junto de uma risada debochada. Atrás deles, de onde vieram, havia uma enorme estatua de uma divindade com os traços e feições de Katsura, porém, muito mais sombria.

—— Eu não imaginava que vocês chegariam até aqui, de verdade —— falou Hinka, tirando o capuz que lhe cobria o rosto. —— Olá, raikagezinho —— ela indicou uma intimidade ímpar com o líder da nuvem. —— Shaka ficaria muito satisfeito em vê-los aqui, mas, ele me pediu para dar um presentinho a vocês, um último, mas importante, teste. Enquanto vocês se viram com ele, eu vou resolver pendências familiares do nosso mestre —— com um aceno ela desapareceu entrando em uma ruptura dimensional.

Sua fala parecia estranha, mas o charka monstruoso ressonou novamente e as ondas pararam de quebrar. Se os dois virassem e olhassem, notariam como o mar estava recuando como se fosse criar uma tsunami, mas no centro dele uma sombra se levantava balançando seis caudas diferentes. Um rugido rompeu o silêncio do ambiente emitindo uma onda de presença sinistra que paralisaria qualquer ninja que não conhecesse os poderes de uma besta de caudas, pois ambos estavam diante da gloriosa Rokubi e precisariam derrotá-la para saírem dali.

— Concept Art (Clique)
— Kaido ainda está ferido, pois Mexican não lhe deu a Samehada. Mexican fez uma narração sensacional! Kaido teve sua espada recuperada sem maiores problemas. Com isto tudo resolvido, dei continuidade a cena de vocês seguindo adiante, como ambos demonstraram dar liberdade em suas narrações.
— Cena bastante interpretativa e agora começa o desafio sério. Kaido & Artemos vs Rokubi. Só vencendo-a vocês poderão sair dessa dimensão.
— Qualquer ideia que tenham e que não tenha sido esclarecida no Post, por favor, façam uma tentativa narrativa (deixem em aberto e esperem confirmação no Post seguinte), assim criaremos uma dinâmica melhor.
— Este tópico deve durar uma média de 10 turnos (estamos no 06)
— Neste turno os Posts devem conter de 200 a 800 palavras. Posts com mais do que isso (ou menos) serão invalidados.
— W.O de 24hrs (individual).
— Por favor, assim que todos postarem, selecionem um para me avisar no privado, especialmente do WhatsApp, quem me tenha.

_______________________

Mako
Kaido
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
Após o portal entre as rochas ser cruzado, um vento suave e húmido atingiu a pele (ou pelo menos o que restava dela) de Kaido, fazendo com que esse sentisse uma vez mais as dores de suas feridas. De peito aberto, com uma careta estranha estampada em seu rosto e ansiando por encontrar o dono do sinistro chakra que emanava na região, Kaido seguiu.
Um som familiar se tornou audível, e mesmo na escuridão, Kaido já sabia que tipo de terreno ele encontraria em sua frente – Saco -. O mesmo mal humor de quando chegará na Caverna Iluminada tomou conta do guerreiro, que preferia se aventurar por lugares mais secos.
Quando a areia tocou os pés do homem, esse não se surpreendeu, muito pelo contrário, ele já esperava que em algum momento encontraria aquele tão familiar material. Embora o característico aroma da maresia não pudesse ser sentido pelo líder da Nuvem, esse não lhe fazia falta.
Não demorou para que a luz fosse alcançada e o mar pudesse ser vislumbrado. Mesmo chateado com o cenário desfavorável, Kaido não podia deixar de sentir uma pontada de felicidade por ter finalmente saído daquela maldita caverna. Por um segundo ou dois o jovem escarou o belo cenário que se formava em sua frente. Foram as chamas que fizeram com que Kaido desviasse seu olhar do mar e pousasse eles sobre a bela e sombria estátua que se erguia entre as rochas. Kaido estudou os traços e formas da estatua, mas não se demorou muito, afinal, ele e Artemo não estavam sozinhos no local.
Kaido sorriu ao ver a mulher que havia lhe dado o trono de Kumogakure – Olá, Hinka-sam -. O jovem levou sua mão a cabeça, como quem estivesse prestes a retirar um chapéu em respeito a mulher. Kaido não encontrou o chapéu, o mesmo havia sido transformado em pó durante a explosão, mas pela primeira vez o rapaz se deu conta de que suas vestes não haviam sido a única coisa que a explosão lhe roubara. O mal humor do guerreiro piorou e seu sorriso sumiu de seu rosto.
Kaido ouviu o anúncio da mulher, e por mais que tivesse ficado curioso a respeito dos tais “assuntos familiares”, não teve muito tempo para pensar no assunto, pois o som atípico do mar anunciava o próximo desafio da dupla.
Kaido se virou e pode ver o mar recuando. O guerreiro já desconfiava sobre qual seria seu próximo desafio, mas não pode deixar de admirar a própria natureza se curvando diante do poder da besta. Enquanto a monstruosa criatura se erguia, Kaido contava o número de caudas que ela possuía.
O rugido proferido pela besta fez com que os ventos viessem de encontro com a dupla, assoprando a areia e água da praia contra os corpos dos garotos. A demonstração de poder talvez fosse o suficiente para fazer com que mesmo a mente de um experiente shinobi travasse e experimentasse o medo da morte... Mas Kaido já havia passado por isso antes, conhecia o poder de uma Bijuu, e possuía ele dentro de si.
O habitual sorriso de Kaido não mais estampava seu rosto, ele estava sério, talvez um pouco irritado com a recente descoberta da perda de suas madeixas loiras.
O guerreiro agachou e colocou sua mão em contato com a areia da praia e fez com que uma porção de seu chakra e de sua própria areia se espalhasse pelo local. Fazendo uso de sua “Rede Mental”, Kaido se comunicou com seu colega “Vou tentar acabar com isso rápido... Mas no melhor dos casos eu ganho um pouco de tempo para você se recuperar”.
Kaido encarava a besta, se perguntando sobre qual seriam os poderes daquele monstro “Essa seria uma boa hora para você me ajudar e me dar algumas informações, Shukaku”. Naquele primeiro momento o rapaz não atacaria a Bijuu, ele se manteria na defensiva, preparando um ataque massivo que talvez fosse capaz de sobrepujar a criatura, mesmo em um terreno tão ruim quanto aquele.



HP: ❲3.175 • 3.250❳  CH: ❲5.775 • 6.300❳  BK: ❲500 • 500❳  
ST: ❲03 • 14❳  ICHI: (1500 • 1500)

”Considerações”:
”Equipamentos”:
”Jutsus Utilizados”:

_______________________

Kaido
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t70736-f-kaido
Convidado
Convidado


[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 5k5lP2D


O interior da caverna abrigava a temperatura elevada remanescente, embora ela não agredisse mais ao sairmos de lá. A brisa fresca veio quase como água gelada na pele despreparada quando cruzei o buraco na parede e fui recebido pelo frescor e barulho de água. Confirmei as suspeitas de um litoral a nos esperar assim que alguns passos nos levaram a sentir areia sob os pés, o cheiro do mar que eu ainda não tinha decidido se era bom ou ruim e a visão tímida das ondas dançando e cantando. Seria uma ótima recepção se a risada possivelmente feminina não ecoasse das nossas costas e espantasse todo sentimento de conforto que ainda estava arisco, alertando o shinobi emergido depois de uma situação difícil.

Meio instante a mais e meus músculos me afastariam da imagem feminina a se revelar na companhia de uma estátua enorme e imponente. Colocava-se diante de nós como parte natural do lugar, tão velha quanto as águas do mar que encararia eternamente. O sorriso do Raikage e sua falta de reação do corpo evidenciaram a possível relação entre os dois, seja qual fosse, e me impediram de agir. Observei-os conversando com os ouvidos, o vermelho dos olhos posou sobre as feições da mulher erguida sobre nós e ali permaneceu. Olhando-a dali, pequeno e inconsciente da visão maltrapida e surrada que eu deveria encenar sob a mira de olhos profundamente experientes e poderosos, senti-me distante da posição de poder que eu imaginava ocupar e da que almejava alcançar, apesar de aparentemente ser apreciado por estar ali. Novamente, o nome Shaka alvejava a curiosidade e sumia antes que pudesse ser explorado.

Observei-a sumir através de um jikukkan que me atraiu mais que o desaparecimento do som das ondas, ainda que os olhos corressem verificar o motivo assim que técnica se dissipou. A curiosidade latejante, mas oculta sobre as bestas de cauda, o fato recente do Raikage ser um portador delas e a conversa sobre o desafio a nos esperar levaram diretamente ao nome da fera ao terminar de contar suas caudas.

– R-Rokubi?! – As palavras lutaram a sair e se arrependeram logo em seguida.

O rugido da criatura irrompeu qualquer calma, silêncio e noção de perigo e medo. Os senti – medo e perigo – correrem mais rápido que a explosão de não muito tempo, afetando meu corpo sem poupar qualquer parte dessa vez. Tão instintivamente quanto antes, protegi os olhos da areia levada pela potência do berro e me afastei alguns passos da presença gigantesca a se erguer como nosso desafio.  

Bastou o gemido de Rá – preocupação constante na mente – se espalhar pela memória para me despertar das consequências de um poder esmagador. Fraquejar novamente diante de uma situação e do Kage era uma ideia que carregava repulsa forte o bastante para desaturdir.

– Não preciso de muito tempo, apesar de estar preparado para intervir se necessário – pensei e esperei que os pensamentos respondessem a telepatia de Kaido.

Entender as limitações do próprio corpo é – ou deveria ser – um conhecimento natural e primordial de um shinobi. O cenário onde estávamos já não se tratava do meu dever com a proteção do Raikage, embora ele ainda existisse para mim. Para sobrevivermos, e isso era prioridade anterior a qualquer teste, Kaido precisaria segurar a besta até meu corpo voltar ao que era com a continuidade do descanso já praticado até ali. À primeira vista julguei não ser difícil acompanha-los de onde eu estava e, se necessário, alcançaria o líder com facilidade. Uma ideia vaga do que fazer surgia no horizonte, ainda a se mostrar por completo.


HP [450/650] | CH [792/1300] | ST [2/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Anonymous
Shaka
Game Master
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Kp7JWtE
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Kp7JWtE


O ROMPER DAS DIMENSÕES
A destruição
Quando Shaka tentou encontrar o bastardo e foi impedido, seu chakra perdeu quase toda a força que restava. O ambiente com a besta de seis caudas ficou inteiramente preto-e-branco e toda a realidade pareceu se rachar como um vidro quebrado. Aos poucos a dimensão se rompeu e tanto os ninjas quanto a besta de caudas se viram surgindo em outro ponto num piscar de olhos; a praia de antes virou um oceano tranquilo, onde, nos horizontes, era possível enxergar gelo e as ilhas de Uzushiogakure, além de destroços do navio onde os kages estavam antes - um bom sensor podia até sentir o chakra de alguns genins.

Considerações & Descrições:


_______________________

[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) Scre1755
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) WmXxHD8Olá, eu sou o Shaka.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
Shaka
Ficha de Personagem : http://narutorpgakatsuki.net
Mako
Game Master
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT

[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 3af98bfb545bda808457c5d877c1df5f4406d732_hq


Os ninjas observaram a besta de caudas como se pudessem derrotá-la facilmente. Ficaram quietos, analisando e bolando estratégias, mas a verdade era que os seres humanos não sabiam realmente como enfrentar aquelas criaturas. Shukaku ouviu seu hospedeiro precisando de ajuda e tentou entrar em contato direto com Saiken, buscando uma forma de entender o que se passava, contudo, ao fazê-lo, a criatura sentiu olhos o vigiando e uma barreira de chakra colocada para impedi-lo. — Provavelmente ela está sendo controlada por um usuário de Sharingan ou Rinnegan. — Shukaku disse com pesar na voz. — Tome cuidado, água e ácido e sua especialidade — explicou torcendo que aquilo ajudasse seu hospedeiro. E talvez ajudasse se no instante seguinte, em meio a uma confusão já estalada, o mundo inteiro onde estavam não se tornasse um grande plano vítreo monocromático que estilhaçou-se levando-os para cima do oceano de Uzushiogakure no Sato. À distância era possível ver os destroços do navio onde estiveram anteriormente, além de colunas de gelo e partes do oceano completamente congeladas. Um segundo depois, era possível ver as setes asas-caudas batendo em uma ilha distante. Agora não havia mais areia ao redor e a técnica antes sendo preparada pelo Raikage se tornara nada. Os ninjas precisaram concentrar o chakra nas solas dos pés para não afundar e o animal de Artemo também acabou transportado para lá e começava a se debater na água se afogando, assustado, a cerca de trinta metros dos ninjas. Rokubi os encarou a pequena distância entre eles, o que não devia passar de vinte e cinco metros, e liberou uma onda de gás corrosivo contra os ninjas.

— Cenário descrito no Post.
— Kaido teve seu Jutsu em Preparo desfeito. Rá viajou junto e está se afogando. Shukaku lhe deu a informação que podia.
— Qualquer ideia que tenham e que não tenha sido esclarecida no Post, por favor, façam uma tentativa narrativa (deixem em aberto e esperem confirmação no Post seguinte), assim criaremos uma dinâmica melhor.
— Este tópico deve durar uma média de 10 turnos (estamos no 07)
— Neste turno os Posts devem conter de 200 a 800 palavras. Posts com mais do que isso (ou menos) serão invalidados.
— W.O de 24hrs (individual).
— Por favor, assim que todos postarem, selecionem um para me avisar no privado, especialmente do WhatsApp, quem me tenha.
Técnica:

_______________________

Mako
Kaido
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
Após obter a resposta de Shukaku, Kaido compartilhou sua descoberta com Artemo por meio de sua rede mental “A criatura esta sendo controlada por alguém, de acordo com Ichibi a pessoa deve ser um usuário do Sharingan ou Rinnegan. E a criatura faz uso de Suiton e de Ácido, tenha cuidado”.
Kaido se preparava, fazendo com que sua areia se alastrasse pelo ambiente, mas em um piscar de olhos o mundo em que estava pareceu perder a cor. Se aquilo não fosse estranho o suficiente, o próprio céu pareceu rachar. A imagem daquele mundo se fragmentou até que nada mais do que a escuridão pudesse ser vista. Perdido junto a Artemo naquele limbo, Kaido se viu confuso, se questionando o que haveria provocado a destruição do plano em que estava.
Cor e vida voltaram aos olhos dos garotos, anunciando a chegada deles em um novo mundo. Agitado, Kaido olhava para os lados, procurando pistas sobre o local onde ele e Artemo haviam sido lançados.
Os destroços de um navio, uma ilha não muito distante e as diversas (porem pequenas) massas de chakra chamaram a atenção do guerreiro e lhe permitiram deduzir onde é que ele e Artemo se encontravam – Voltamos -. O gelo que tomava parte do oceano era, no entanto, uma peça daquele quebra cabeça que Kaido não conseguia entender, mas se questionava se teria relação com o surgimento da criatura que pairava a ilha.
Não houve muito tempo para que Kaido e Artemo pensassem ou discutissem, Rokubi estava de volta, e agora o cenário parecia ainda mais desfavorável para os shinobis. A besta finalmente se moveu, lançando seu primeiro ataque contra a dupla.
Kaido fez com que uma fração da areia de sua cabaça desse origem a uma espécie de grande plataforma – Suba -.
Assim que a dupla subisse na plataforma de areia, essa se deslocaria em grande velocidade na direção do pequeno lobo de Artemo. Enquanto a nuvem se deslocava em direção ao primeiro ponto, Kaido realizou uma série de selos de mão, dando origem a um clone de si.
O clone de Kaido fez uso daquela que talvez fosse uma das melhores técnicas do rapaz, a técnica da não existência. O clone sabia o que fazer, se aproveitou do timing criado pelo ataque da Bijuu, que provavelmente perderia um pouco da visão de seus adversários devido a fumaça tóxica, e saltou para dentro da água. Tanto Kaido quanto seu clone imaginavam que dentro da água a fumaça não seria capaz de penetrar fundo, afim de atingir aqueles que por lá nadavam.
O clone avançou em direção ao fundo do mar, fazendo de toda a força e velocidade que era capaz de despender. Enquanto o clone nadava, Kaido, após a tentativa de resgate do lobo de Artemo, faria com que sua nuvem de areia ascendesse em direção aos céus. Sem uma habilidade útil contra a técnica adversária, o garoto teria que se limitar a fugir, pelo menos naquele primeiro momento.

Se o clone conseguisse alcançar o fundo do mar, ele daria início ao contra-ataque. Inicialmente uma nova porção de chakra seria despendida no solo arenoso e rochoso do mar... Fazendo com que aos poucos o cenário fosse sendo tomado pelos poderes de Kaido. Enquanto Saara era preparado, o clone também se permitiu realizar um ataque imediato contra a bijuu, fazendo com que embaixo dela a areia começasse a afundar e criar uma espécie de redemoinho “A areia pode ter suas desvantagens contra a água, ela pode perder sua forma e sua capacidade de compactação, mas assim como existem perdas, existem também ganhos.. Técnicas como Gokusa Maisō, que manipulam o próprio solo, puxando suas presas e procurando enterra-las vivas, se tornam ainda mais fortes em conjunto com a água. A areia se torna mais traiçoeira, ela desmancha sob os pés, faz com que resistir se torne ainda mais difícil do que em situações normais. Além disso, criar um redemoinho em baixo da água faria com que o própria mar se agitasse e quem sabe não seria capaz de criar um redemoinho na água... Uma segunda força que agiria em conjunto ao redemoinho de areia, a fim de enterrar a Bijuu”. O mestre no manejo do Jiton conhecia os limites de suas técnicas e sabia também como transformar fraquezas em oportunidades.

Se o corpo original de Kaido, voando, percebesse que seu clone havia obtido sucesso,  então ele procuraria desviar atenção da bijuu, realizando ataques de outro ângulo.
Kaido concentraria chakra em seu estomago e então cuspiria uma rajada de água que visaria atingir a cabeça da criatura, local que o jovem acreditava que mais provocaria danos e chamaria a atenção da criatura “Só preciso ganhar um pouco de tempo... Meu domínio sobre a areia do mar irá se ampliar e em breve poderei realizar um ataque mais forte”.



HP: ❲3.200 • 3.250❳  CH: ❲5.500 • 6.300❳  BK: ❲500 • 500❳  
ST: ❲04 • 14❳  ICHI: (1500 • 1500)

”Considerações”:
”Equipamentos”:
”Jutsus Utilizados”:

_______________________

Kaido
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t70736-f-kaido
Convidado
Convidado


[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 5k5lP2D


As informações na voz do Raikage soaram valiosas e me fizeram reorganizar as ideias sobre o nosso cenário. Meu fogo já não seria tão útil assim, nem o vento teria tanta efetividade contra água. A perspectiva sobre a realidade rachou, céu, terra, mar, estátua e até mesmo o som, fraquejaram ante a quebra dimensional e o estilhaçar do ambiente, colocando-nos em um vazio escurecido e, no instante seguinte, sobre o mar extenso e sob céu azulado que também reinava em Uzushiogakure. Os detalhes observados no ambiente rapidamente entregaram nossa localização e, sem muita brecha para raciocinar ou trocar ideias com Kaido, a besta nos mostrou a forma que usaria o ácido das suas habilidades ao cuspir um mar de névoa rosada.

O homem exibia olhos tão atentos quanto os meus, a areia que carregava obedeceu ao seu comando com velocidade impressionante e moldou-se em uma plataforma para receber meu salto instruído. Junto a nós outro barulho trazido com a troca de dimensões havia atingido a água, os pensamentos correram para Rá. Antes que o lobo pego de surpresa cedesse as águas, tentaria o alcançar com a mão direita firme e precisa, eficiente em trazê-lo para cima sem a necessidade de interromper nosso deslocamento.

– Estou quase pronto – informei o líder com a voz buscando a sutileza de um pensamento.

– Rá, logo vou poder te mandar para um lugar seguro, por enquanto fique atento para se manter perto.

Mesmo dedicando as palavras ao parceiro ainda confuso, a atenção jamais deixaria o adversário e seu ataque. A velocidade das habilidades de Kaido mostrava-se surpreendente, mais velozes que a névoa que nos seguiria provavelmente, embora eu estivesse preparado para repeli-la com o vento que, na verdade, não seria tão inútil assim.


HP [450/650] | CH [831/1300] | ST [0/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Anonymous
Mako
Game Master
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT

[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 3af98bfb545bda808457c5d877c1df5f4406d732_hq


A nuvem ácida avançou e os ninjas tentaram escapar, porém, o tempo não foi o suficiente. Uma parcela do ácido tocou na nuvem de areia, assim como nas costas de ambos os shinobis, deteriorando levemente suas peles e fazendo a areia começar a dissolver-se no ar, embora ainda voando em alta velocidade. A areia sacudiu e os levou ainda cerca de vinte metros antes de desfazer-se e lançar os dois ninjas contra as águas, atirando-os ao risco de se afogarem se não estivessem preparados. Caído no oceano, os dois perceberiam que, talvez, estivessem muito afobados. A besta era gigantesca e perigosa, mas devia ter suas falhas na defesa e era isso que eles precisariam verdadeiramente buscar. A besta ergueu um pouco a cabeça e concentrou chakra ma porção positivo e negativa, criando uma esfera escura que parecia completamente devastadora. Mas a dica dada antes por Shukaku talvez servisse para mais do que apenas se preparar para o pior...

HP: 6.000/6.000
CH: Ilimitado.

— Cenário descrito no Post.
— Alguns detalhes da Biju em questão de Databook: Ninjutsu: 08; Força: 10; Velocidade: 05; Inteligência: 05; Stamina: 10; Ninshu: 10. Perdão, tinha esquecido de adicionar esse detalhe antes.
— Velocidade dos ninjutsu da bijuu podem chegar a: 51m/s.
— Precisaria manipular a areia, dar forma a ela, subirem e avançarem. Em meio segundo, o ácido estaria em cima de vocês, mas estariam saindo já. Portanto, considerado que o ácido acertou as costas de vocês e a nuvem de areia, dissolvendo-a e os dois caíram na água; o lobo conseguiu começar a nadar. O clone foi anulado, em vista de que na narração ele dependia do afastamento com a nuvem de areia. Como descrito, vocês estão bem, são danos de rank-C, superficiais aos dois. A batalha não será tão exigente assim, apenas precisam enfraquecer a besta e selá-la. A técnica de vento não foi usada porque, na verdade, a defesa funcionou, só foi impedida depois, além de que não adiantaria de nada usá-la.
— Dica: há como vencer sem lutar.
— Este tópico deve durar uma média de 10 turnos (estamos no 08)
— Neste turno não há limite de palavras.
— W.O de 24hrs (individual).
— Por favor, assim que todos postarem, selecionem um para me avisar no privado, especialmente do WhatsApp, quem me tenha.
Técnica:

_______________________

Mako
Kaido
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
Kaido e Artemo mal haviam deixado a superfície da água quando a nuvem acida os alcançou, fazendo com que a plataforma de areia e uma parte de seus corpos fossem atingidos pelos poderes de Rokubi. Mal houve tempo de sentir ou lamentar a insuportável dor do acido, pois com a destruição da plataforma de areia, a dupla se viu caindo em alta velocidade.
Foi necessária concentração, calma e dextreza para que o pouso na superfície da água fosse realizado. Em queda, Kaido concentrou seu chakra na sola dos pés e posicionou seu corpo em meio ao ar, afim de fazer com que fossem seus pés, e não outras partes de seu corpo, a atingirem a água. A ideia era realizar uma aterrissagem sobre a água fazendo uso de uma das mais simples técnicas de controle de chakra que havia. Por mais simples que parecesse, realizar aqueles procedimentos em plena queda era tarefa difícil e exigia do shinobi muitas de suas capacidades.
Após o ocorrido, ficou evidente que o poder da besta era ainda maior do que o esperado. Se o cenário fosse diferente, talvez Kaido conseguisse combater o monstro de igual para igual, no entanto, em meio ao oceano, habitat natural de Rokubi, bater de frente com a criatura seria loucura. Kaido percebeu que precisaria utilizar a inteligência naquele momento se quisesse vencer o duelo.
Ainda se levantando do tombo que havia levado, Kaido procurou reunir mais uma vez todas as informações de que dispunha “Rokubi foi enviada para nós como um desafio, Shukaku diz que ela está sendo controlada por alguma espécie de técnica... Se o usuário da técnica não se encontra por aqui, deve haver alguma forma de ele garantir que o controle se mantenha”. Fazendo uso de sua experiência, inteligência e conhecimentos a respeito de Ninjutsu, Kaido deduziu que caso a criatura não estivesse sendo controlada por técnicas ilusórias, talvez essa possuísse algo em seu corpo que permitisse a Hinka ou Shaka controlarem a besta mesmo a longas distancias “Toda técnica tem suas exigências e quanto mais forte a técnica, maiores são essas exigências. Controle a distância deve exigir algum tipo de extensor de alcance, algum objeto, alguma coisa”.
Quando Rokubi ergueu sua cabeça, Kaido aproveitou para buscar por pistas, por marcas de selamento ou objetos que pudessem atuar no auxílio da técnica de controle. O jovem procurava ser rápido, pois sabia qual era o poder da técnica que estava sendo preparada pela besta “Não sei se temos tempo de fugir, precisaremos encarar esse golpe de frente, mas não será nada fácil”. A mensagem, e inclusive os pensamentos de Kaido a respeito de Rokubi, foram repassados para Artemo pela técnica mental que o líder da Nuvem mantinha ativa já a algum tempo.
Caso Artemo não surgisse com nenhuma surpresa, Kaido seria obrigado a recorrer do auxílio de Shukaku, fazendo com que seu corpo fosse tomado por areia e chakra da bijuu. A defesa da Versão dois se somaria com a defesa de areia de Kaido, o que lhe concederia uma resistência provavelmente capaz de suportar o golpe de Rokubi.



HP: ❲3.200 • 3.250❳ CH: ❲6.225 • 6.300❳ BK: ❲500 • 500❳
ST: ❲05 • 14❳ ICHI: (1500 • 1500)

”Considerações”:
”Equipamentos”:
”Jutsus Utilizados”:

_______________________

Kaido
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t70736-f-kaido
Convidado
Convidado


[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 5k5lP2D


A névoa nos alcançou antes que alcançássemos Rá, embora a maior parte do caminho estivesse para trás. A areia não resistiu as propriedades corrosivas e cedeu, nos atirando ao mar com força o bastante para desestabilizar e entregar a vida de um shinobi ao fundo das águas, se esse já não estivesse preparado – eu estava. Meus olhos mantinham-se vigilantes com o inimigo e seu ataque, a técnica gasosa movia-se com o ímpeto de mil animais famintos em carne fresca, impossível de evitar. Dei as costas ao ácido e o senti levar parte da pele no momento em que a areia derretia e a perna tentava me distanciar e estabilizar a queda sobre a água.

Dei ao Kage apenas a atenção dos ouvidos, notei seu pouso próximo ao meu e sabia que o líder da Nuvem não afundaria tão facilmente, os olhos alimentados com mais chakra e levados a mais uma evolução tinham preocupações maiores à frente. Caí na superfície com a eficiência de um felino manco, trôpego e sem qualquer ar de nobreza, porém conhecia meu peso e equilíbrio e dominava a energia do meu corpo com familiaridade o suficiente para colocá-la a tempo nos pés. A força na velocidade da areia me arrastou por alguns metros durante a tentativa de amenizá-la em quatro “patas”.

Rokubi foi impaciente e majestosa, mirou o céu com a boca aberta e o contemplou com um acúmulo inacreditável de chakra, cada vez maior e mais sinistro. Entre os disparos de possibilidades e estratégias trabalhados na mente, o ataque massivo não deixou brechas a permitir uma defesa que não fosse a do Kamui e uma estratégia que não envolvesse a liberação do meu selo.

– Infūin: Kai! – Ecoei com a voz impassível e veloz, mas objetiva em informar o homem ao lado que eu já estava preparado e agiria.

Juntei dedos de ambas as mãos enquanto desfazia o Byakugō, explodindo ao meu lado uma réplica perfeita da minha imagem esfarrapada a tempo de beneficiá-la com o acréscimo em minhas reservas de chakra. O clone também se moveu com a graça máxima da sua velocidade, buscou agarrar a parte mais próxima e prática de Kaido e puxá-lo para o lobo já perto e pronto para também ser agarrado durante o acúmulo incontrolável de chakra a nos enfrentar.

Embora o clone mirasse uma defesa segura e garantida com o Kamui, absorvendo consigo aqueles sob seu toque e levando-os para outra dimensão em uma espiral instantânea, usei a mesma técnica para tentar me aproximar ainda mais da devastação negra sobre a criatura. O sharingan mirou entre as estruturas que julguei serem seus olhos e fui sugado por um dos meus. Ao contrário do clone e meus companheiros, não surgiria seguro e distante do perigo na cobertura de blocos cinzentos entre milhares espalhados pela imensidão de um mundo solitário. Apareceria no espaço entre a esfera preta e seu conjurador, próximo ao corpo da fera e com a imponência da aparência destruída de uma criança abençoada com bons e curiosos olhos.  

O par de redemoinhos negros em meio ao rubor girariam e buscariam um genjutsu em ambas as visões da Biju, a possibilidade de controle por parte de um usuário de mesmas habilidades e origem não deixava de chutar as ideias. Se fosse o cenário, talvez eu pudesse livrá-la ou conseguir informações em sua mente.  

O poder completo daquele ser era desconhecido para mim. Eu sabia que o movimento era arriscado e até ali a surpresa caía nos meus preparos como granizo e chuva forte em plantação. Dessa vez a intangibilidade estaria pronta para qualquer indício de perigo que os sentidos atentos identificassem.


HP [370/650] | CH [479/1300] | ST [1/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Anonymous
Mako
Game Master
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) P5OpjVT

[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 3af98bfb545bda808457c5d877c1df5f4406d732_hq


A técnica suprema das bestas de caudas continuava crescendo e se formando prestes a encerrar a vida dos shinobis, mas eles eram experientes e inteligentes, inclusive o mais novo. Quando a divindade decidiu testá-los, não esperava que conseguissem ir tão longe; na verdade Shaka duvidava da capacidade de eles chegarem até Hinka. Hinka também duvidava. Talvez a arrogância dos dois estivesse ultrapassando muitos limites. No entanto, aquele testes serviria para muitas coisas dali para frente. O Raikage analisou a situação e transmitiu as informações necessárias para seu ninja, servindo muito mais como um suporte do que realmente um combatente; a posição perfeita para um líder, ainda mais um possuindo suas habilidades únicas. Coube ao shinobi da linhagem Uchiha se envolver mais ativamente no combate de uma vez por todas, depois de ter resgatado seu animal de estimação. Assegurou-se de manter seu líder seguro, mostrando respeito e preparo, e então lançou-se contra a besta usando suas habilidades dimensionais; seus olhos penetraram a mente da criatura e a encontrou totalmente presa por diversas correntes de chakra sobre um enorme selo. — Por favor, shinobi, me ajude com essas correntes. Aquela mulher terrível... aquele monstro me prendeu e está me controlando, eu não consigo enfrentar o controle dela com meus poderes trancados... ela colocou o selo na minha nuca... retire-o... — a besta falou para a imagem de Artemo projetada dentro de sua consciência e, do lado de fora, a técnica perdeu força até desaparecer e a criatura ficou paralisada.

HP: 6.000/6.000
CH: Ilimitado.

— Cenário descrito no Post.
— Alguns detalhes da Biju em questão de Databook: Ninjutsu: 08; Força: 10; Velocidade: 05; Inteligência: 05; Stamina: 10; Ninshu: 10. Perdão, tinha esquecido de adicionar esse detalhe antes.
— Artemo está na consciência da besta e quebrou a técnica ocular que a controlava, mas ainda tem um selo (rank S) a segurando. Tenha cuidado com as ações tomadas a partir de então, um deslize e ela pode voltar a atacar ainda mais forte.
— Dica: há como vencer sem lutar.
— Este tópico deve durar uma média de 10 turnos (estamos no 09)
— Neste turno não há limite de palavras.
— W.O de 24hrs (individual).
— Por favor, assim que todos postarem, selecionem um para me avisar no privado, especialmente do WhatsApp, quem me tenha.

_______________________

Mako
Kaido
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) To2whn10
Kaido se preparava para enfrentar o poderoso ataque de Rokubi, mas antes que pudesse de fato agir, Artemo lhe puxou e fez uso de sua técnica de transporte. Kaido respiraria aliviado e estudaria as nuances daquela bela e versátil técnica que seu colega utilizava.

Quando o líder da Nuvem mais uma vez pisasse sobre as águas do oceano, provavelmente encontraria uma Rokubi diferente, paralisada e não mais movida pelo impulso de matar os shinobis de Kumogakure. Kaido analisaria a situação e deduziria que aquilo teria sido obra de seu colega “Impressionante”.
Os olhos do ambicioso shinobi, no entanto, não se demorariam muito na bijuu imóvel, eles procurariam pela segunda besta, a que sobrevoava a ilha “Shukaku, o que pode me dizer sobre a sete caudas?”.
Sem a ameaça de morte, Kaido podia pela primeira vez observar o cenário com calma e pensar sobre todos os recentes acontecimentos, no entanto, a guarda do guerreiro não ficaria baixa; dotado de Arayashiki, os movimentos de Rokubi e de terceiros dificilmente passariam despercebidos “Todos os kages e seguranças foram levados para a dimensão dos orbes de fogo. Eu e Artemo escolhemos a marca de Shaka e Hinka, enquanto os demais, que não foram transportados para a caverna das plantas luminosas, certamente escolheram pela marca daquele que gritava, Hattori. Se Rokubi foi um desafio enviado para nós, as sete caudas certamente também deve ser um desafio enviado por Shaka, um desafio para o segundo grupo... Eles devem estar na ilha nesse exato momento, lutando contra a besta e procurando vence-la”.
Kaido procuraria sensoriar mais uma vez a ilha com seu Kanchi, a fim de coletar informações sobre as massas de chakra que lá se encontravam. Tendo coletado essa ultima informação, Kaido usaria sua Rede Mental para informar Artemo sobre as descobertas e adverti-lo “Seremos vistos como inimigos daqui em diante, devemos tomar cuidado, mas acredito que antes disso, devemos nos concentrar em vencer a batalha por poder e influencia nesse mundo, pois essa será a chave para a sobrevivência e para a vitória daqui em diante”.

Como ultima medida naquele momento de calmaria, Kaido daria vida para um olho de areia, que seria enviado para a ilha próxima com a finalidade de espionar aqueles que lutavam contra o sete caudas. O olho, controlado por um especialista no deslocamento silencioso, se deslocaria e se posicionaria sempre de forma estratégica, procurando passar despercebido por tudo e todos naquele local.



HP: ❲3.200 • 3.250❳  CH: ❲6.250 • 6.300❳  BK: ❲500 • 500❳  
ST: ❲04 • 14❳  ICHI: (1500 • 1500)

”Considerações”:
”Equipamentos”:
”Jutsus Utilizados”:

_______________________

Kaido
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t70736-f-kaido
Convidado
Convidado


[ Evento Mundial - Karma ] A Caverna Iluminada (Karma vs Rokubi) 5k5lP2D


Não houve estranheza quando deixei de encarar de perto os olhos da criatura e encontrei-me diante da sua presença em outra perspectiva, estava à frente e ainda imponente, mesmo com as correntes e selo que restringiam o gigantesco corpo. Ao contrário das trocas dimensionais forçadas até àquela altura, invadir a privacidade de uma mente era sempre sutil, pouco turbulento até cruzar com o que mora dentro de cada uma.  

– Eu posso te libertar e salvar sua vida, Rokubi. – Respondi-a enquanto passos lentos me aproximavam do corpo colossal, interessante e quase hipnotizante em cada detalhe do seu ser.

Em minha voz havia curiosidade e respeito, guardei a tempestade de perguntas que disparavam em companhia de planos e possibilidades e por um instante entendi e senti a frustração e impotência do animal. Conhecia superficialmente o mito que descrevia sua história, embora não confiasse completamente nos “detalhes” e nem abraçasse o que sabia como verdade incontestável. Porém algo era certo e, diante da imagem acorrentada de um ser tão único e naturalmente especial, a cobiça humana por poderes que não lhe pertenciam, a custos que não lhe importavam brilhou e queimou tanto quanto fogo na pele. Rápida como um relâmpago, Puri visitou minha mente com o rosto ensanguentado e assustado. Fugia dos captores com a marca de suas cobiças no rosto, gravada na falta de um olho roubado e, mais tarde, em sua morte.

– Embora eu espere que você também me liberte e me salve. Talvez doa um pouco. – Avisei-a e minha imagem se desfez.

Cercado pela realidade outra vez, busquei a superfície da cabeça da criatura com as solas dos pés já banhadas por chakra. Com a mão direita rápida e também acompanhada de energia, procuraria marca-la na tentativa de destruir o controle do fūin que a dominava, se não houvesse qualquer propriedade corrosiva em sua estrutura pegajosa. Se fosse ácida, pagaria o preço por um impulso único e voraz que me jogasse na direção da nuca de Rokubi e expusesse o selo para minha visão.

– Fūinjutsu: Kai – Diria sem qualquer emoção ou volume, como se apenas apreciasse o som do nome da técnica.

A contramedida para selamentos talvez não funcionasse em proporções tão grandes, não esperaria confirmação e correria para onde fui instruído. Deixei a confiança em meu controle de chakra nos pés se sentir confortável e buscaria o motivo da paralisia que, naquele cenário, a diversidade de possíveis métodos não era tão vasta. Selos dessa natureza geralmente têm a necessidade de uma marca corporal, o que julguei difícil – mas não impossível – dada a estrutura de Rokubi. Essa marca também poderia ser substituída por tarjas ou qualquer coisa que se fixasse ao corpo do alvo, contudo, a principal preocupação caía sobre medidas de segurança possivelmente tomadas pelo usuário da técnica.  

Novamente o sharingan giraria e dessa vez a natureza do clã Uchiha se manifestaria na forma do chakra sinistro a materializar dois braços esqueléticos e enormes ao meu redor. Seriam meu ataque e defesa, livrariam o animal do que estivesse o prendendo e me protegeriam se o destino assim exigisse. Mesmo rodeado pelo Susanoo, preparava o Kamui para me livrar de hostilidades surpresas – ou não – desde que havia deixado a consciência da bijū.

– Talvez seja seguro irmos agora – o clone informou ao Raikage antes de tentar tocá-lo novamente.

A espiral outra vez os teleportaria à batalha enquanto me dedicava a Rokubi, os deixando não muito mais distantes da criatura que anteriormente. Tão cristalina quanto todas as vezes, a voz de Kaido soaria na minha cabeça com informações valiosas como de costume.  

– Nós lidaremos com todos eles depois de livrarmos a Rokubi. Consegui tirar o controle sobre ela, mas ainda há um selo restritivo na nuca – informaria o Kage com a confiança de que meus pensamentos chegariam até ele.


HP [300/650] | CH [285/1300] | ST [2/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Anonymous
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido