:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

timeskip: SEIS MESES, por INDRA. Tumblr10

Kaden
Jōnin
Kaden
Vilarejo Atual
timeskip: SEIS MESES, por INDRA. Tumblr10

timeskip: SEIS MESES, por INDRA. - Publicado 25/1/2020, 22:43



Em mais um dia tranquilo em Konoha. Indra levantou cedo, preparou um café reforçado dos melhores alimentos para a primeira refeição do dia, tomou banho, escovou os dentes e passou cinco minutos procurando a sua bandana naquela casa enorme onde morava sozinho, mas não demorou muito para lembrar que a bandana estava dentro da sua oficina, onde não tinha uma ideia para construir um novo equipamento a meses, já não usava muito da sua criatividade para isso, afinal a preguiça era maior. Amarrou a bandana no braço esquerdo, e então saiu de casa.
Indra poderia jurar que se tornaria um shinobi lendário quando voltou para Konoha, mas ele não jurou. Não queria se apegar a promessas que não sabia se iria conseguir cumprir, principalmente porque ele não tinha nenhum interesse em ser um deus shinobi. Com a idade e com o cargo mais alto que poderia alcançar, na sua cabeça, Indra tornou-se um tanto preguiçoso quanto a ser um ninja. Aceitava fazer missões quando era chamado, mas não se arriscava em ir atrás delas. Era requisitado principalmente por suas habilidades como inventor, sendo capaz de decifrar tecnologias inimigas facilmente, até anotando algumas ideias para quando precisasse, afinal nunca se sabia quando iria ter uma outra ideia mirabolante.
De vez em quando, ele visitava outros inventores em Konoha, fazendo contatos que poderia usar para o resto da sua vida, mesmo que interações sociais não fossem o seu forte. Pouco via Volker, o homem que o incentivou a se tornar um inventor, mas quando o encontrava, o percebia sempre com novas ideias, mesmo que nem todas dessem em alguma coisa. Incentivava-se a continuar lendo todos os dias, mas era uma atividade que requeria um esforço que muitas vezes ele não estava disposto a fazer, principalmente porque lhe cansava a vista e a mente.
Mas nos seis meses que se passaram, ele nunca viajou para fora de Konoha, a não ser que estivesse em missão. Haviam notícias de que algumas vilas estavam sendo reconstruídas, e o inventor era mandado para ajudar em uma coisa ou outra, principalmente no que dizia respeito a tecnologias e engenhocas que pudessem suprir algumas carências que certos terrenos não davam conta, como achar água no deserto de Sunagakure. Não interferia diretamente na construção da vila, mas acabava ajudando em uma coisa ou outra. No final das contas, não queria levar muito crédito pelas coisas que fazia, pelo menos no que era mais trabalhoso. Gostava de ser reconhecido individualmente, não pelas coisas que fazia em grupo.
Sua mãe, Haru, acabou recebendo uma outra promoção que a levou para trabalhar na nova vila que estava sendo construída, chamada de Uzushiogakure. Indra até mesmo pensou em se mudar com ela, mas preferiu ficar em sua vila natal, onde foi nascido e criado, do que embarcar em uma aventura rumo ao desconhecido, porém acabou deixando as suas opções em aberto, afinal nunca se sabia quando surgiria uma boa oportunidade em outro lugar.
Chegou no Quartel General de Konoha, onde se apresentou e procurou saber se havia uma missão para ele naquele dia. A resposta que ouviu era de que estava na reserva, isso é, caso houvesse alguma situação urgente e a vila precisasse de alguém para resolver alguma situação. Indra deu de ombros, afinal não se importava muito com tal coisa, e foi rapidamente procurar alguma coisa para fazer. Deu uma caminhada por uma parte da vila, com as mãos no bolso da blusa, olhando para os lados. Alguns Gennins e Chuunins vinham falar com ele, mas suas respostas não eram lá muito sociáveis.
Depois de uma manhã tediosa, Indra foi almoçar em um restaurante onde ninjas do alto escalão militar da vila costumavam ir. Ele pegou uma mesa para si, pedindo um prato de lámen de carne de porco, devorando em alguns poucos minutos. Enquanto comia, tentava lembrar de alguma aventura que tenha sido, de alguma forma, impressionante. Infelizmente quase todas as suas missões foram extremamente fáceis, principalmente porque não haviam muitos combates, e os seus oponentes geralmente eram ladrões e arruaceiros.
- Que bom que as últimas missões foram moleza... – conversou sozinho, chupando o molho que vinha na tigela. - Depois que confiscaram as minhas armas e invenções, não dava para sair viajando por aí fazendo missões complicadas. – disse entediado, colocando o rosto em cima da mão, cujo braço estava apoiado na mesa. - Melhor coisa que eu faço é construir tudo o que for de utilidade para mim tudo de novo, até porque nem tudo o que fiz está, de alguma forma, perdido. Existiam coisas úteis a mim, afinal de contas. – sussurrou, quase fechando os olhos e dormindo.
Assim que terminou de almoçar, Indra voltou para casa, apreciando o clima gélido que era normal daquela estação. Gostava mais quando não fazia tanto calor, afinal o excesso de roupas pretas fazia com que a sua pele suasse mais rápido.
Escolheu devotar uma parte do seu tempo para entender como funcionava as convenções e interações sociais. Queria aprender a interagir com as pessoas, tornar-se amigo delas, coisa que era impossível a uns anos atrás. Sabia que era a única forma de criar laços verdadeiros dentro da vila ou até mesmo fora de Konoha. Com o passar do tempo, o garoto percebeu que não era o único garoto frio e solitário de Konoha, e que poderia fazer novos amigos se estivesse mais aberto a entender como as pessoas se sentiam. O problema é que ele não tinha muito jeito para fazer tudo isso na prática, o que levaria muito mais tempo, afinal não poderia carregar os livros de autoajuda por aí.
Na sala da sua casa, ele se cercava de todos os livros que pode encontrar, mas depois de duas horas de leitura, parecia que nada havia entrado na sua mente.
- O tempo que eu gasto lendo essas bobagens, eu poderia estar inventando algo bom. – disse em um momento de exaustão, abandonando suas crenças momentaneamente. - Mas não, estou aqui lendo essas porras desses livros. “Você precisa fazer novos amigos, meu filho, ou nunca vai encontrar uma boa esposa!” Quem disse que eu quero uma esposa, mãe!? – berrou para o nada, afinal a sua mãe estava bem longe de casa.

Chakra: 1600/1600▵ HP: 1675/1675 ▵ VEL: 00/05 ▵ ST: 00/06 ▵ ARC: 800/800
Filler ▵ (O1/O1)

Considerações:
Equipamentos:
Jutsus Usados:

_______________________

timeskip: SEIS MESES, por INDRA. Tumblr_pl035uEflG1uocgm5o2_500

timeskip: SEIS MESES, por INDRA. 100x100

Luishturella999
Jōnin
Luishturella999
Vilarejo Atual
timeskip: SEIS MESES, por INDRA. 100x100

Re: timeskip: SEIS MESES, por INDRA. - Publicado 26/1/2020, 11:52