:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Konohagakure no Sato :: Hospital|Laboratório
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 1/8/2019, 13:19

Silfo; Moradia e Laboratório House10





Uma casa simples e pequena localizada logo ao lado do terreno do Hospital da Vila, um bairro onde moravam quase predominantemente trabalhadores do hospital, prontos para qualquer emergência. A casa possui dois quartos, um banheiro e uma pequena sala acoplada à cozinha, um dos cômodos é o quarto de Masanobu, com uma cama no chão e alguns poucos móveis para guardar roupas e papéis, o outro cômodo é utilizado por Masanobu como laboratório, lá possui mesas e outros móveis para armazenamento de vidraçarias, substâncias de extração (como álcool de diversos volumes e tipos, óleos purificados, substâncias cáusticas e o que mais fosse necessário, muitos materiais obtidos no hospital onde trabalha como assistente) e materiais vegetais corretamente secos e bem armazenados. Na entrada da casa há um pequeno jardim onde Masanobu cultiva plantas de interesse.


Última edição por Silfo em 1/8/2019, 15:21, editado 1 vez(es)

_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 1/8/2019, 14:13

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

Naquele dia no hospital da Vila da Folha Masanobu presencioua entrada de um caso curioso, um homem passou pela porta de entrada desacordado em uma maca direto para a sala da emergência levado por médicos, seu rosto estava inchado e roxo como se estivesse sufocado, Masanobu aguardou até que um dos encarregados saísse da sala emergencial e lhe perguntou, como rotineiramente fazia: “Oi, o que houve com esse paciente?”, o médico devia ter uns 50 anos, tirou seu óculos e disse com expressão cansada: “É uma intoxicação por oxalato de cálcio, me parece que esse paciente consumiu raízes de uma espécie de caládio achando que era inhame ou coisa do gênero, essas raízes são ricas nessas substâncias que estruturalmente são minúculas agulhas de cristais de cálcio, elas danificam a camada superficial das células e provocam inchaço generalisado, é algo bem feio, mas já conseguimos neutralizar a situação dele, ele irá viver. Mas fique esperto! Caládio não se come!” Masanobu como um bom estudioso da botânica sabia que realmente as duas plantas possuíam semelhanças e eram da mesma família, parcialmente explicando o erro da vítima, aquela explicação brilhou os olhos do jovem Masanobu, o rapaz já preferia as senbons em detrimento às kunais quando se tratava de uma batalha, e extrair aquela substância seria como possuir em seu armamento pessoal um equivalente a milhares de senbons guardadas em um frasco de vidro, não podia esperar para realizar a extração.
Após terminar seu expediente realizando pequenas funções no hospital para receber seu salário o rapaz foi para casa, já estava perto de anoitecer e não era boa hora para sair atrás da planta (embora estivesse ansioso para fazê-lo o quanto antes), resolveu então sentar em uma cadeira de sua sala e ler alguns livros que possuia relativos à conceitos básicos de farmacologia, incluindo tipos de extração, ali encontraria sugestões para que pudesse deduzir sua própria fórmula para a extração da substância, e após seus estudos chegou a conclusão de que teria de coletar as raízes, cozinhá-las até o suficiente para poder amassá-las, em seguida mergulhar essa polpa em uma solução de porções iguais de água e álcool, coar com um pano e deixar decantar, onde então, caso estivesse correto, haveria um precipitado esbranquiçado que seria o veneno, retiraria a água sobressalente cuidadosamente e deixaria o extrato secar, após isso somente armazená-lo. Não via a hora de fazê-lo logo, deu umas últimas olhadas nas poucas informações que tinha relativo aos caládios, encontraria facilmente em horticulturas ou se fosse necessário roubaria da casa de senhoras que os cultivam em seus quintais por suas belas folhas, mas agora já era tarde e Masanobu estava cansado, ficou só de cueca e deitou-se em sua cama para dormir, ansioso pelo raiar do dia.


225 ; 425 ; 00|03

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 1/8/2019, 16:16

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

  Masanobu sonhava constantemente – talvez devido ao seu alto consumo de chá de artemísia - e aquela noite não foi diferente, o rapaz sonhou que estava em um longo corredor de tapete vermelho, tinha a roupa de um Jonin e corria como se fugisse de alguma coisa, mas o que? Para onde? Não tinha o menor sinal de haver um fim naquela jornada, e logo acordou suado, evitou pensar muito naquilo e foi logo tomar um banho frio, lembrava-se de que aquele era o dia em que iria atrás das raízes de caládio para sua produção tóxica, calçou então sua tradicional sandália de palha reforçada e seus trajes claros e esverdeados, mantendo rotineiramente a bandana da Folha em sua testa, notificando a todos sua origem. Seu desjejum foi composto de frutas da época – que havia colhido no mato como sempre faz – e chá verde, comeu rápido para que saísse em sua jornada o quanto antes.
Bem cedo saiu de casa, talvez não fosse necessário dessa vez sair para dentro da floresta atrás dessa planta, era um vegetal bem comum utilizado extensivamente como ornamental, então Masanobu foi até a horticultura da vila, Barro Vermelho, uma grande loja de plantas não muito distante do Hospital da Vila, nos entornos do qual morava, ao entrar no estabelecimento logo foi chamou a atenção de uma recepcionista – detestava isso – era uma garota jovem, levemente acima do peso, pele morena e cabelos longos e cacheados, falada animadamente: “Bom dia! Bem vindo ao horto Barro Vermelho em que posso ajudar?” Masanobu sem olhar para ela disse: “Acho que consigo me virar sozinho, obrigado.” E seguiu andando, ignorando qual teria sido a reação da jovem, que respondeu mesmo assim: “Se precisar de algo é só chamar! Meu nome é Shora”. O rapaz prosseguiu passando seus olhos apaixonados por toda aquela diversidade vegetal, quantas plantas venenosas não haviam no meio daquela miríade de ornamentais, não demorou muito para que encontrasse uma prateleira contendo diversas variações do caládio: alguns com traços rubros, outros rosados, outros com formatos de folha extremamente variados, qual deles conteria a maior quantia de oxalato de cálcio? Masanobu resolveu então pegar duas espécies das que achou mais bonitas e com um porte mais robusto e levou os vasos até a recepção, onde foi atendido por um velho senhor de alta estatura e aparência pacífica, “Oi, diga-me, essas espécies possuem algum risco para a saúde?” Masanobu perguntou inocentemente, ao que o senhor lhe respondeu: “Bom, todos os caládios são venenosos, mas as espécies que nós vendemos aqui são selecionadas com o intuito de serem menos tóxicas para reduzir o acidente com animais e crianças, mesmo assim ela irá causar grande incômodo se você consumí-las!” Droga. Teria de procurar a verdadeira potência na mata, como havia suposto, não obstante comprou as duas espécies por sua beleza e para que usasse-as de teste para ver qual teria o maior potencial venenoso, levou logo suas plantas para deixá-las em casa.



225 ; 425 ; 00|03

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 1/8/2019, 18:20

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

  Fazia sentido que os produtores de plantas ornamentais fossem selecionar espécies cada vez menos tóxicas, mas aquilo ainda assim decepcionava Masanobu, por outro lado aquilo significava outra coisa: agora ele iria ter de andar pela floresta em busca da planta “verdadeira”, imaginou que ela tivesse cores talvez menos chamativas e porte maior. O rapaz deixou as plantas que comprou no horto no quintal de sua casa, na esperança de que ninguém fosse roubá-las, em seguida caminhou tranquilamente até a mais próxima beira de mata que encontrou, onde logo adentraria-a mascando seu tabaco e tentando andar o mais furtivamente possível como sempre, o ar estava seco, afinal era inverno, muitas folhas de muitas árvores haviam caído, porém o porte daquela mata permitia que muitas espécies ainda mantessem suas folhas mesmo em períodos com pouca água como aquele. Masanobu sabia que a família daquela planta costumava ser de sub-bosque, sem necessidade de receber sol pleno, então o jovem buscou pelas partes ainda menos trafegadas da mata, via muitas aráceas trepadeiras mas demorou para ver um caládio, só foi encontrar um numa área muito escura perto de um riacho, havia uma pequena comunidade lá, as folhas eram enormes e manchadas de branco, o caule era negro, Masanobu cuidadosamente retirou um espécime inteiro para ser replantado em casa e, respeitosamente, coletou aproximadamente 10 grandes raízes tubulosas, deixando o suficiente para que a comunidade não corresse risco de extinção, afinal de nada adiantaria extinguir uma planta que é tão apreciada e útil.
Assoviando seguiu seu caminho para fora da floresta, atravessando por entre arbustos, via poucos animais aquele horário, mas teve o prazer de ver de relance uma cobra, um dos animais que mais atraíam sua atenção, quem sabe um dia não isolaria a peçonha dessa criatura para usar em batalhas, a verdade é que tinha mais facilidade tratando com plantas. O rapaz carregando sua sacola com raízes e plantas vivas atravessou a vila por ruas pouco visitadas até chegar em casa, antes de mais nada plantou logo os caládios que havia comprado e coletado, separando algumas raízes dos cultivares para que experimentasse sua potência, após o feito tomou uma refrescante ducha para esfriar o corpo de sua missão, aproveitou o momento para lavar as raízes que havia coletado, após o banho foi até seu laboratório no cômodo atrás de seu quarto, pôs uma panela de água para esquentar e sentou-se em sua mesa, lá começou a descascar a princípio as raízes dos caládios ornamentais (claramente menores), exibindo um interior branco e inodoro, após isto começou a descascar as mais grosseiras raízes dos caládios selvagens, no momento que estava trabalhando na última raíz começou a sentir um estranho formigamento em sua mão esquerda que estava molhada com o líquido daquela planta, eram as ráfides, sentia o cheiro do sucesso.


225 ; 425 ; 00|03

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 1/8/2019, 20:21

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

Após tirar a casca das esbranquiçadas raízes (que por si exudavam um suor esbranquiçado) Masanobu cortou-as em quadrados e jogou-as na panela de água fervente, enquanto aguardava a fervura limpava as vidrarias que utilizaria naquele processo, o cozimento foi rápido, tempo o suficiente somente para amolecer a raiz, mas não o suficiente para afetar o conteúdo químico do vegetal, tirou então as raízes da panela e pôs em um pote de cerâmica, olhando daquela forma dava para entender como aquele pobre infeliz confundiu aquela raíz com inhame, um erro que quase lhe custou a vida. Com um pilão de carvalho Masanobu começou a amassar o material até formar uma polpa, retirou-a do pote e transferiu para um grande vidro cilindrico (com seu interior coberto por um pano fino), fez isso separadamente com três experimentos: o selvagem, o ornamental 1 e o ornamental 2, faria isso para que tivesse conhecimento da potência que o selvagem possuiria, e imaginou que sua concentração seria bem maior que a dos cultivados, então encheu os vidros com uma mistura de água e álcool, misturou bem e deixou aquilo ali por algumas horas.
Enquanto esperava o tempo passar Masanobu resolveu experimentar um produto que comprara na feira no fim de semana, fora vendido por um excentrico velho que parecia vir de terras distantes, tinha longos cabelos profusamente enrolados a ponto de parecerem cordas, juntos de uma longa barba em estado semelhante, meditava muito e vendia esse material vegetal que devia ser fumado, Masanobu acendeu-a em seu cachimbo e experimentou alguns tragos, o cheiro era agradável e a fumaça não era tão pesada, interessante, mas não via nada demais, resolveu ir até seu quintal para ver o estado de suas plantas, encarou bem o caládio selvagem que havia coletado e plantado naquele mesmo dia, sentia como se estivesse... Vibrando, era como se emitisse uma energia, por um instante Masanobu jurou ver algo como chakra sendo emitido por aquela planta! Mas não, não era possível, sua mente devia estar pregando peças com sua excitação relativa ao assunto, talvez fosse efeito daquela erva, tivesse dado a ele a qualidade de ver o poder inerente em cada planta! Ouviu seu estômago roncar, todas as atividades daquele dia estavam deixando-o absolutamente faminto, foi logo a cozinha e preparou um saboroso pão com ovo e queijo, simples, prático e delicioso, principalmente acompanhando algumas ervas como o orégano, absoluta satisfação, após terminar seu lanche lavou bem suas mãos e foi de volta ao laboratório, suspendeu o pano que estava dentro de cada pote e espremeu seu conteúdo (tendo o cuidado de usar luvas, é claro), tirando todo o líquido daquela massa, resultando em um líquido branco amarelado, agora deixaria-o decantar por mais algumas horas.



225 ; 425 ; 00|03

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 1/8/2019, 22:23

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

Enquanto aguardava a decantação separar o joio do trigo Masanobu resolveu dormir um pouco deitado em sua cama após ter experimentado aquela curiosa especiaria que comprara na feira com o velho oriental, de repente sentiu como se estivesse debaixo da terra, preso e firme, mas a terra não era sufocante como se ele estivesse enterrado, mas sim acalentadora, como uma verdadeira mãe, prendia-se com vontade nela, nutria-se dela, e acordou, limpou a baba de seu rosto e jogou um pouco de água na cara, agora era a hora de ver se havia obtido sucesso naquele método de extração, indo ao seu laboratório viu os três vidros cilindricos contendo uma substância dividida em duas fases: uma fase superior composta de um líquido amarelado e uma camada inferior um pouco mais densa e branca, perfeito! Agora restava que o rapaz tirasse a água deixando o precipitado branco, lembrando-se de que não poderia agitar o vidro pra não misturar novamente as substância, pegou então uma pequena borracha oca utilizada no hospital e usou-a espertamente como uma mangueira, criando um fluxo reverso nela e pondo-a no cilindro fez com que ela puxasse a água para fora do cilindro – e é claro, um pouco de chakra suiton ajudou o procedimento – fez essa cuidadosa técnica em todos os três vidros, era perceptível que o extrato selvagem rendia muito mais de início; retirou então esse líquido inferior mais grosso e separou em três garrafas de vidro.
Até o momento o processo de extração aparentava ser um sucesso, só restava saber se o que possuía em mãos era realmente o veneno que espera que seja, e só havia uma maneira de testar. O primeiro teste que fez para checar a potência do veneno foi na primeira cobaia que conseguiu pensar em usar: si mesmo, com um pincel pegou um pouco da substância e passou em momentos separados em partes diferentes de seu corpo, nos extratos ornamentais sentiu um formigamento, mas nada muito impressionante ou que tivesse muito valor em uma batalha, no entanto quando pincelou em seu braço uma gota do veneno selvagem quase chegou a se arrepender, o formigamento passou a pinicar e essa sensação tornou-se um incômodo muito peculiar e de alguma forma cortante, era possível sentir as ráfides penetrando nas células, esse sim era o efeito que ansiava por obter! Separou essa garrafa, rotulou-a cuidadosamente com origem do produto, data e nomeou a toxina “Caladium”, em homenagem à planta que gerou-o, era um veneno de baixa patente, certamente não levaria ninguém a morte porém já era um bom começo e sabia que ele tinha um grande potencial para pregar determinadas peças cruéis ou até mesmo utilizar em batalhas, aquele era somente a primeira gota do elixir de sua alquimia pessoal.


225 ; 425 ; 00|03

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 2/8/2019, 22:04

@Sucesso.

_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 19/8/2019, 21:06

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

 Masanobu estava dentro de sua casa, no segundo cômodo atrás de seu quarto, onde realizava seus feitios alquímicos e onde guardava suas armas, naquele momento estava segurando sua nova arma Hikoze, afiando sua lâmina negra com uma pedra de amolar, sentado no chão, apreciando aquele metal bem trabalhado, já imaginou os cortes sutis e venenosos que faria na carne de seus oponentes, não podia esperar pela hora, mas enquanto ela não chegava pensou que devia carregar sua arma com maior furtividade, decidiu então que deveria selar sua arma em um pergaminho pequeno para que invocasse-a quando necessário em batalha. Pegou então um pergaminho pequeno e nele escreveu os kanji de sua arma: 飛虎魚, para identificá-lo corretamente, esticou sua arma em cima do mesmo e fez os selos de mão necessários, em seguida bateu com sua mão contra o pergaminho com sua belíssima arma em cima, selando-o com inscrições desenhadas no pergaminho, enrolou-o de volta e guardou-o em lugar seguro. Já sentia saudades de segurar sua arma...


875 ; 942 ; 00|06

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 20/8/2019, 19:45

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

  Livros estavam espalhados por todo o cômodo, muitos abertos, marcados em determinadas páginas, no meio dessa bagunça estava Masanobu, com dois livros no colo junto a um caderno onde rascunhava um projeto muito especial para seu desenvolvimento, chamaria de Dokusen. Após analisar o mecanismo de algumas cobras que encontrou na natureza foi inspirado, pois algumas dessas serpentes eram capazes não só de injetar suas toxinas através de suas presas mas também eram capazes de expelir o veneno à metros de distância, conseguindo envenenar seus inimigos sem tocar neles, isso no mundo shinobi seria algo de extrema utilidade, principalmente levando-se em conta a afinidade do jovem shinobi com o elemento suiton, o meio de transporte perfeito para as toxinas, animadamente dava os últimos detalhes de seu projeto.


875 ; 950 ; 00|06

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 20/8/2019, 20:44

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

Como a maioria de suas criações Masanobu buscou preservar acima de tudo um aspecto: a simplicidade. Desenhou então o que faria em si mesmo: seriam pequenos odres feitos provavelmente de couro ou pele animal mais fresca, esses objetos seriam então cirurgicamente adicionados no próprio corpo do rapaz, que, estudando diversos livros de anatomia, já visualizava em como seria realizado o procedimento, com o auxílio de um clone, é claro. No momento o que necessitava era a matéria prima para produzir os odres, saiu então de sua casa e foi para o açougue mais próximo, lá pediu uma alcatra para sua janta e restos de pele de porco, e recebeu ótimo material, resistente e elástico, uma vez no formato certo e recebendo o tratamento ideal com taninos aquilo serviria com perfeição.


875 ; 950 ; 00|06

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 20/8/2019, 21:45

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

  Levou a pele para casa, ela era endurecida o suficiente, mas ainda estava mole e relativamente fresca, Masanobu então limpou-a e deixou que secasse durante um dia inteiro na estufa que havia no laboratório para conservação de certos experimentos, após isso ter sido feito Masanobu cortou o material em 4 quadrados, que usaria de base para recortar os formatos oficiais posteriormente, pois no momento ainda mergulharia esse material (agora bem mais rígido) em um extrato alcoólico de taninos extraídos das cascas de certas árvores ricas nessas substâncias, comuns para tratar couro. Tendo deixado tempo o suficiente o couro na substância Masanobu então desenhou nos quadrados o formato exato do projeto e cortou os moldes com uma tesoura, prontos para serem finalizados.


875 ; 950 ; 00|06

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 21/8/2019, 08:06

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

Cuidadosamente preparou sua mesa de trabalho, arrumou-a para que não tivesse nada lá que atrapalhasse em sua operação, sentou-se em sua cadeira e sob a luz de um abajur começou os trabalhos, pegou os moldes que havia recortado e cuidadosamente dobrou-os no formato de pequenos odres (não tinham mais de 5cm) e com a maior atenção realizou uma fina e apertada costura no material, fechando-os um por um levando o tempo que fosse necessário, não satisfeito com somente a costura aplicou uma poderosa cola de couro junto ao corte que fechava os odres, somente na quantidade necessária, selando os objetos completamente, deixando somente uma pequena abertura afunilada na ponta, de onde seria ejetado o veneno armazenado nos objetos. Era noite quanto terminou as costuras, agora só faltava o passo final: a cirurgia.


875 ; 950 ; 00|06

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 21/8/2019, 09:13

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

 Os quatro pequenos odres estavam prontos, agora só seria necessário realizar a cirurgia, esta não seria de grandes complicações, só seria necessário inserir dois dos odres na mandíbula inferior e outros dois acoplados ao pulso, a primeira coisa que Masanobu fez foi a criação de um clone das sombras para lhe auxiliar nesse processo, que não conseguiria fazer sozinho e não tinha interesse em pedir aos membros do hospital que fizessem isso nele, seria melhor manter aquilo em sigilo por enquanto. Para que participasse ativamente da cirurgia começou com seu pulso esquerdo, cirurgia que conseguiria fazer sozinho. Sabiamente havia coletado algumas amostras quase em vencimento de anestésicos cirúrgicos do hospital que aplicou em seu pulso esquerdo, com a mão direita ativou seu bisturi de chakra e, com seu clone realizando o Shosen para impedir o sangramento, iniciou um corte longitudinal em seu pulso, abrindo-o cuidadosamente para não cortar artérias, com o auxílio do clone para manter o orifício aberto posicionou próximo a seu osso, entre seus tendões (para sua ativação) o primeiro odre, fazendo um pequeno buraco próximo à palma da mão onde ficaria a saída do pequeno objeto, uma vez inserido cuidadosamente entre as veias e os tendões o odre foi fixado e o ferimento foi selado com o Shosen, parecia um sucesso, agora só seria necessário adicionar outros 3.
No pulso direito teve o auxílio de seu clone, pois Masanobu não era canhoto, mesmo assim utilizou o Shosen com sua mão esquerda para impedir a hemorragia enquanto o clone realizava a maior parte da cirurgia como o cuidadoso corte com o bisturi de chakra, o posicionamento do odre e tudo mais, em poucas horas estava com os dois pulsos já modificados, não via a hora de explorar o potencial daquilo, mas ainda faltavam os dois odres mais críticos na mandíbula. Masanobu tirou tudo que havia em cima de sua longa mesa e deitou-se nela como se fosse uma maca, aplicou o anestésico em sua mandíbula, somente quantidade suficiente para anestesiá-la parcialmente, mas sem tirar o controle ou a consciência do alquimista. Seu clone, idêntico à ele, suava um pouco de tensão, o jovem havia estudado anatomia humana o suficiente para fazer aquilo sem correr grandes riscos, mas a prática sempre era diferente da teoria. O corpo original novamente mantinha o Shosen para evitar o sangramento, o clone por sua vez com o bisturi realizou dois pequenos cortes abaixo do queixo do corpo original, fazia tudo com a calma absolutamente necessária, a noite era só uma criança para quem queria fazer um bom trabalho, aquela área era composta primordialmente de músculos, e o clone teve a delicadeza de não ferir nenhum, abrindo um espaço entre eles para o posicionamento dos odres, em seguida realizando dois pequenos e medianamente dolorosos orifícios que saíam dentro da boca de Masanobu, por esses orifícios a abertura afunilada dos odres foi fixada, e uma vez posicionados entre os músculos (para facilitar sua ativação em batalhas) os cortes foram fechados com o uso do chakra medicinal, o clone então enfaixou os pulsos e toda a mandíbula inferior do corpo original que, cansado após a cirurgia, desfez o clone e adormeceu ali mesmo, em cima da mesa, sonhando com o sucesso de seu experimento.


875 ; 950 - 75 - 38 - 38 = 799 ; 00|06

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 21/8/2019, 10:35

@

_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 28/8/2019, 09:27

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

 Masanobu acordou cedo, havia dormido uma longa noite sem sonhos, mas ainda atormentado pela severa queimadura que havia recebido em sua batalha anterior, demoraria mais alguns dias até que engolisse o ocorrido por completo. Enquanto isso estava mais preocupado em se aprimorar para não passar mais por aquela situação, e como um bom alquimista que era, sabia que uma boa forma de aprimorar seus meios de batalha era com a criação de uma nova e ainda mais poderosa toxina. Masanobu possuía anteriormente uma toxina derivada das aráceas, que utiliza as ráfides (estruturas moleculares em forma de agulha) para causar incômodo em seus oponentes, no entanto sabia que um simples "incômodo" não iria ajudá-lo a vencer batalhas, concluiu então que essa mesma família ainda era capaz de lhe proporcionar toxinas de ainda maior poder, só precisaria encontrar uma planta mais forte e uma forma de extração mais precisa para que fosse além de uma simples dor e pudesse elevar a capacidade do próximo veneno à paralisia, graças ao seu conhecimento sobre botânica conhecia a planta certa para fazê-lo, uma planta curiosamente comum, porém ainda tóxica.


875 ; 950 ; 00 ; 00|06

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 28/8/2019, 17:16

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

 Havia uma planta de poder comum nas florestas do Fogo, chamada curiosamente de "Comigo-ninguém-pode", o próprio nome vernacular da espécie indicava que ela possuía algo que lhe tornava algo "intocável", e Masanobu, que já havia extraído toxinas de plantas similares, sabia que se tratava de microscópicas células em forma de agulhas chamadas "ráfides", e essa planta possuía uma quantia enorme dessas formações, estas ao serem consumidas por engano produziam uma sensação indizível de dor e incômodo na garganta do indivíduo desavisado, essa sensação progressivamente se desenvolvia para a dormência da área afetada e evoluía então para uma paralisação local, o que muitas vezes resultava no fechamento da garganta do pobre infeliz que ousou consumir uma planta como essa, e quem não está pronto para receber ajuda médica facilmente morreria asfixiado. Masanobu não tinha interesse em fazer com que seus oponentes comessem tal planta, seu objetivo era conseguir espalhar essa toxina na pele de seus inimigos, visando paralisar seus músculos e torná-los presas fáceis para sua Hikoze. Após tomar seu desjejum o rapaz pegaria sua sacola de coletas e sairia de casa em direção das matas, onde iniciaria sua busca pela planta.


875 ; 950 ; 00 ; 00|06

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 28/8/2019, 18:23

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

 O jovem já estava habituado com a floresta, havia se perdido por meses nela quando fugiu do País das Águas, quase morreu diversas vezes, o que, junto com seus incansáveis estudos, lhe garantiu uma sabedoria satisfatória sobre as plantas que ocorriam naquele bioma, dessa forma Masanobu caminhou pela mata densa observando com carinho cada planta que encontrava, e não foi muito difícil encontrar, em uma área bem sombreada, uma pequena comunidade de Dieffenbachia, a planta que procurava, uma bela erva de caule robusto e folhas largas pintadas com manchas brancas, abaixou-se perto delas, tocou-as com suas mãos e cuidadosamente arrancou uma com raiz e tudo, levaria esta para plantar em sua casa, em seguida coletou o tronco de diversas delas, tendo o cuidado de não se sujar muito com aquele leite tóxico, botou todo o material coletado em sua sacola e foi embora para casa.


875 ; 950 ; 00 ; 00|06

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:

[/quote]

_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 28/8/2019, 19:29

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

  Ao chegar em casa teve o cuidado de, antes de começar a extração, plantar seu novo espécime em um robusto vaso de barro com terra adubada dentro, em seguida lavou as mãos e foi até seu pequeno laboratório, onde higienizou o material que iria utilizar e em seguida picotou-o em pequenos pedaços com uma faca, o leite começava a escorrer na vasilha onde cortava o material, logo botou toda a matéria picada em uma peneira de aço para extrair somente o leite, posteriormente o material que sobrou seria prensado e mais leite seria retirado, por si só aquilo já era uma toxina, no entanto Masanobu queria ir além, separar somente as ráfides, se livrando de quaisquer material orgânico indesejado que poderia limitar o tempo de prateleira do material. Então a primeira coisa que fez foi adicionar álcool na solução e misturá-la, em seguida adicionar um ácido que possuía em seu laboratório, isso gradativamente foi decantando as substâncias impuras e flotando somente o que o cientista desejava.


875 ; 950 ; 00 ; 00|06

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Silfo
Genin
Silfo
Vilarejo Atual
Silfo; Moradia e Laboratório Yachir10

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 28/8/2019, 20:30

Silfo; Moradia e Laboratório Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

  Esperou um dia inteiro para que tudo decantasse, uma vez que isso ocorreu Masanobu com auxílio de uma grande seringa coletou somente o líquido claro-esbranquiçado que ficava no topo do grande frasco de separação, em seguida dividindo-o em dois pequenos frascos de vidro escuro para uso futuro em batalhas, por questão de curiosidade para ver se o veneno estava realmente potente Masanobu com um pincel pegou um pouco do líquido claro e desenhou um círculo nas costas de sua mão, a dor e a pinicação foram quase imediatas, progrediam para um sentimento cada vez pior, até que progressivamente a dor foi amenizando e a mão esquerda do ninja ficou totalmente dormente, aquilo podia ser chamado de sucesso.


875 ; 950 ; 00 ; 00|06

Observações:

Detalhes do personagem:

Armamentos:

Técnicas usadas:


_______________________

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado 28/8/2019, 20:50

@
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: Silfo; Moradia e Laboratório - Publicado