:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Campo de Treinamento
12 Anos Online
O Nascer do Sol
Arco 01
Ano 12 DG
Inverno
Após a cisão que uniu o mundo, a separação de espólios pós-guerra pareceu muito promissora, mas mais para uns do que para outros. Kumo tomou como parte de seu território uma terra pequena que para muitos não tinha nada, mas, após uma investigação minuciosa feita por ninjas enviados pelo próprio Daimyou do Fogo, foi descoberta a vantagem que Kumo tinha em mãos: estavam em posse, ainda com vitalidade, do corpo de Hashirama Senju, este que foi considerado o maior shinobi em sua época. O Fogo começou uma campanha pessoal para descobrir mais sobre isso, o que acabou culminando em uma grande reunião entre os Senhores Feudais. Mas, no fim, sem nenhum acordo que fosse bom para todos os lados, uma declaração de Guerra Mundial foi feita, e o campo de batalha escolhido foi Otogakure. Forças do mundo inteiro estão agora marchando para Oto para travar aquela batalha que pode destruir toda a paz que foi conquistada há 10 anos.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[C. Treinamento] Miley - Publicado Sex 12 Out - 21:42

O dia passava tão rápido quanto os segundos antes do findar da vida, o sol se deitava e dava lugar a grande lua, seu brilho não era próprio mas ainda sim era o suficiente para iluminar todos ao quatro cantos do mundo e principalmente os corações daqueles que buscavam refúgio em suas mentes. Eu me encontrava deitado em minha cama, meus olhos repousavam no brilho do luar e meu corpo buscava algum sentido para se levantar, levemente inclinava minha cabeça de lado e podia notar minha bolsa de equipamentos, um movimento completamente espontâneo, mas suficiente para acender um desejo estranho de sair dali e buscar algo útil para fazer. 


Me levantei com os olhos fixos na minha bolsa de armas, pousei em meus pensamentos por alguns segundo e então caminhei até ela, conferi peça por peça e em seguida caminhei até a porta, desci as escadas calmamente, passei pela recepção e dei boa noite para a moça que costumava ficar ali—Boa noite, estou saindo mas logo estarei de volta— eu não sabia até que horas ela trabalhava e eu não poderia dormir na rua, não naquela noite. 


Caminhei lentamente pelas ruas de Iwagakure, eu não sabia ao certo onde eu queria ir, mas em alguns segundos caminhando acabei chegando no “templo” onde todos os shinobis aprendem a se fortalecer, o campo de treinamento... Estava parcialmente deserto, havia apenas eu e mais duas pessoas ali, uma delas parecia praticar taijutsu em uma árvore é o outro apenas ficava sentado, aparentemente meditando. Levei um das mãos até minha bolsa e então retirei um pequeno manual, ele era dotado de algumas informações importantes sobre o mundo shinobi, eram bem básicas mas ainda sim extremamente úteis. 


Comecei a foliar as páginas até chegar em uma parte onde falava sobre controle de chakra... “interessante, então quer dizer que posso dominar meu elemento ao ponto de não precisar tecer nem se quer um único selo”, aquele conhecimento me deixou curioso, será que eu conseguiria achar alguém com tais habilidades? O mundo era realmente uma caixinha de surpresas, isso era bem óbvio... continuei com a minha leitura calmamente, ali várias coisas passavam a enriquecer a minha mente e principalmente, levantar dúvidas, algumas partes citavam algo sobre o domínio perfeito do chakra e de todos os elementos, outras partes citavam maneiras de obter maiores sucessos na hora de um treinamento, desde um simples taijutsu até mesmo uma técnica avançada.


Por um segundo eu consegui vislumbrar um futuro indefinido, onde eu conseguia obter todos os poderes que meu corpo fosse capaz de suportar para finalmente poder ir atrás do meu passado, do meu pai e das respostas que eu gostaria de ter, afinal... até hoje a única coisa que eu sabia era que eu não era um nativo de iwagakure. Após “despertar” me coloquei de pé e me aproximei de um pedra gigante que ficava posicionada bem no centro do campo de treinamento, ela era extremamente chamativa e retratava bem o símbolo da nossa vila e a nossa resistência, eu até podia dizer que sentia a sua força, que sentia sua energia pulsando através do campo....


Levei ambas as mãos até um enorme buraco presente nela, ali eu comecei a fantasiar e falar... —Você consegue me ouvir, consegue me sentir?— qualquer um que visse aquela cena provavelmente acharia que eu era um louco lunático, foi então que decidir concentrar o meu chakra, fechei os olhos e iniciei uma breve meditação... “Uuuuuusssaaaaaaaaa, Uuuuuuussssaaaaaaaaa... vamos lá, vamos lá” pensava, pouco depois comecei a tentar liberar a minha energia, focava das pontas dos dedos, percorria meus joelhos, minhas coxas, meu tórax, até chegar nas pontas dos meus dedos e dai liberava a energia sobre ela, —Consegue me sentir? Eu devo ser um idiota, só pode.... por que diabos eu estou falando com uma pedra?— minha indagação me deixava frustrado, mas isso não fazia eu perder minha fé e nem meu foco, continuei a meditar e a concentrar mais chakra ainda, fazia todo o processo novamente e então lançava a energia sobre a pedra... “Vamos lá, tem que ter algum sentido nisso tudo”, pensava com uma feição de frustração e pronto para desistir, mas antes que eu pudesse cogitar realmente fazer... uma voz inundou minha mente. 


—Você está quase lá, não desista agora— essas palavras tomaram todo o local e eu arregalava os olhos buscando desesperadamente a fonte delas, —Quem está ai?— questionava.... olhava para os lados e nada, —Aqui em cima!— falava...., ao olhar pude ver um homem de idade avançada, seus olhos não tinham uma cor definida e seu corpo estava coberto por uma manta marrom, cores que refletiam os padrões daquela vila, ele flutuava acima de mim e aos poucos se aproximava... minha mente fervia de curiosidade e desejo de perguntar, mas algo bloqueava a minha língua e nada conseguia sair. 


—Você tem um coração forte, isso significa que suas vontades também são...o único problema é saber por onde partir....— suas palavras continuavam a me invadir e uma sensação de que e deveria repetir meus movimentos começaram a cutucar o meu peito, algo dizendo que agora ia dar certo. Me concentrei mais uma vez, moldei meu chakra até conseguir visualizar meus sonhos, meus desejos, meu passado perdido e meu futuro indefinido... o chakra pulsava como nunca antes e não perdi tempo, liberei ele por completo sobre aquela enorme rocha e não tardou para ter uma resposta... eu sentia tudo conectado a mim, como se ela finalmente tivesse me respondido, eu finalmente estava sorrindo e já me preparava para agradecer, mas assim que voltei meus olhos para o lugar onde o homem estava.... ele simplesmente havia sumido. 

HP:475/475. CH:600/600


Considerações:
-Treino de Inteligência e Ninjutsu.


-Mês do UP ativo, então creio que é bônus dobrado



 
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [C. Treinamento] Miley - Publicado Sab 13 Out - 1:29

@Aprovado, ganhos dobrados pelo mês do UP.
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [C. Treinamento] Miley - Publicado Qua 17 Out - 13:35

Iwagakure, país aclamado pelo seu grande poder dentre as grandes Nações, os anciãos pregavam a mensagem de que o espirito dos Iwanenses deveriam crescer fortes iguais as rochas que protegiam a vila oculta. A determinação no nosso povo era louvada por muitos e isso era algo que repousava em minha mente, “Será que conseguirei, será que eu só tenho que tentar e nunca desistir?”, pensamentos vívidos que me mantinha centrado em lutar e evoluir a cada dia.

Era dia em Iwa, eu estava deitado observando o céu tranquilamente em meu conforto, os pensamentos naquele dia estavam fervendo e um desejo explosivo de evolução gritava em mim, o problema era que existiam certos degraus que nenhum genin conseguia subir sozinho e era exatamente em um assim que eu estava estagnado. “Eu preciso de poder, eu preciso de alguém capaz de me entregar isso, eu preciso”, em um movimento brusco eu levantava e me colocava de frente para a porta do meu apartamento, com minha mochila pronta eu simplesmente parti rumo ao “desconhecido”.

Passava pela recepção como de costume, pegava uma fruta no cesto e então seguia pela rua principal, meus passos eram lentos como se eu buscasse alguma resposta, meus olhos fitavam as nuvens enquanto meu corpo clamava por algo de grande. Meus passos me levavam novamente ao templo do poder, o campo de treinamento, ali eu podia notar um número maior de pessoas, sendo que uma delas chamava a atenção de todos, era um homem alto e extremamente gordo, ele fitava uma gigantesca rocha e em seguida fazia selos em uma velocidade absurda, só aquilo ali já havia sido suficiente para reter toda a minha atenção... “Mas que diabos é isso, algo assim é realmente possível?” me questionava e continuava a observa-lo.

O pior de tudo veio a seguir, após a conclusão dos selos o homem levantou a enorme rocha com tremenda facilidade e a manteve erguida no topo, quase tocando o céu... “Esse cara não pode existir... não é possível” eu ficava falando isso pra mim mesmo tentando entender tudo aquilo, o maldito mantinha a rocha erguida durante tanto tempo, mostrando ser dotado de um grande vigor físico.... normalmente shinobis comuns não conseguiam manter um mesmo ritmo assim durante tanto tempo, nem mesmo aguentavam metade daquilo... “Será que ele faz algum treinamento especial?”, a minha curiosidade aumentada a cada minuto que aquele maldito mantinha aquela pedra erguida.

—Eiiii!!!!— Exclamava, o homem sabia que era com ele, mas simplesmente ignorou a minha existência, —EIIII!!!, Não me ignore cara— falava novamente enquanto me aproximava calmamente. Dessa vez ele virou os olhos em minha direção e retrucou... —Por que diabos está atrapalhando meu treinamento?—, por um instante imaginei que ele lançaria aquela droga em cima de mim, sorte a minha que em vez disso, ele simplesmente a deixou cair quase que ao seu lado, —Eu quero aprender isso, quero ser tão forte quanto você... tenho meus objetivos e ainda não tenho forças o suficiente para alcança-los— , lancei todas as verdades para cima daquele sujeito sem ter nenhuma certeza se conseguiria comove-lo.

Com uma forte respiração e um olhar esmagador ele se sentou, ele levava suas mãos ao solo e enfiou os dedos, sua força era absurdamente assustadora... —Eu não sou um bom professor e você não me parece um bom aluno— suas falas não me afetaram, nem mesmo a verdade sobre eu não ser um bom aluno...—Eu não me importo com isso, contanto que saiba ensinar algo que você domina— um sorriso... ta certo que parecia ser de deboche, mas ainda sim era um sorriso, —Você tem minha atenção, quer aprender... ficar forte e não sei mais oque... — levantou-se e reproduziu uma sequência de selos, eu tentava memorizar cada um deles e reproduzir em seguida... —Você precisa reproduzir os selos o mais rápido possível e só assim conseguirá liberar todo o seu vigor, vamos tente—

Suas palavras vieram como um gatilho, depois de memorizar todos os selos eu os repetia em máxima velocidade e em seguida levava minhas mãos até a rocha, eu não sabia o porque tinha feito aquilo, apenas fiz... fiquei colocando toda minha força sobre ela durante o máximo de tempo que eu conseguisse. O homem gargalhou e lançou suas palavras sobre mim,—Eu não sei pra que você está fazendo isso, mas pode ser que te ajude de alguma forma— na minha ideia aquilo ia aumentar minha resistência e eu poderia obter maior desempenho em um curto período de tempo, —Isso vai me ajudar, se eu exercer força e aguentar manter o mesmo nível, conseguirei adiantar o processo e irei obter o vigor que eu quero—, assim que eu o respondi voltei imediatamente a fazer os movimentos, reproduzi os selos, liberei o chakra e levei novamente minhas mãos até a rocha, dessa vez busquei resistir mais do que antes, cheguei até imaginar que estava obtendo mais força também, mas não passava de impressão, “Isso está funcionando mesmo”, cada vez que eu repetia aquela sequência, mais eu podia notar que algo mudava, mesmo eu cansando mais, eu conseguia manter o ritmo e até ir mais além.

—Interessante isso garoto, parece mesmo que isso está funcionando— as palavras dessa vez me serviram de apoio, eu conseguia além de aumentar a velocidade dos selos, também aumentava a minha resistência física... onde eu conseguia durar muito mais do que antes, —Será que devo agradecer agora?— perguntava com um sorriso no rosto... meu corpo estava exausto por conta do excesso, parecia que eu ia desmaiar a qualquer momento. Eu parava de fazer tudo que estava fazendo, limpava minhas roupas e agradecia o homem... após isso eu caminhava para longe, rumo a minha casa,...
HP:475/475. CH:600/600


Considerações:
-Treino de Stamina e Selos.


-Mês do UP ativo, então creio que é bônus dobrado



 
[C. Treinamento] Miley Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
[C. Treinamento] Miley Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

Re: [C. Treinamento] Miley - Publicado Qua 17 Out - 13:43

@App, Miley Naruto. Atributos dobrados.

_______________________

[C. Treinamento] Miley Original
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [C. Treinamento] Miley - Publicado Qui 8 Nov - 7:32

—SHOOOOOOTO!!!!! — Um berro invadia minha mente enquanto eu repousava em meu quarto, alguma criatura maldita ousava interromper meu precioso descanso, meus olhos virados na raiva seguiram de prontidão até a porta, —QUE FOI!!!!??? — Exclamava com os olhos sedentos por sangue, meu caminhar lento me direcionava até a porta com uma leve levantada de mão que ia de encontro a maçaneta. Um movimento leve e rápido foi feito para que a porta se abrisse de imediato e a figura do meu bom e velho mestre podia ser avistada logo a minha frente, —Calma lá, por que diabos você está aqui? — Questionava enquanto levantava uma das sobrancelhas em sinal de descontentamento.

O homem ficava estático em minha frente como se esperasse que eu adivinhasse aquilo que ele estava pensando, —Diga logo o que você tá fazendo aqui cara, eu não tenho o dia todo— exclamava com o franzir de minha testa, o homem de nada dizia e seguiu adentrando o meu quarto indo diretamente até uma mesinha que se encontrava próxima a minha janela, ali repousava uma garrafa de café que provavelmente estava mais gelado do que um freezer no país da neve, —Não beba isso cara—, palavras jogadas inutilmente ao vento, virou lentamente a garrafa e deixou que o liquido preto caía dentro de xícara e assim tratou de leva-la até a sua boca, —Precisamos treinar, agora mais do que nunca Shoto—

Com uma puta falta de interesse em suas palavras e com uma vontade de soca-lo até beirar a rua principal eu respirava fundo e mais fundo ainda até conseguir pensar naquelas palavras ditas por ele, —Hmmmmmm.... Hmmmmmmm... Tá, você tem razão e quando vamos fazer um treinamento de verdade? Porque aqueles que fazíamos não era lá grandes coisas, hoje eu preciso ir muito além daquilo— eu sabia que as suas palavras estava mais do que certas, mas eu não podia dar razão para ele facilmente, não agora.

Após minhas palavras ele me encarou de cima a baixo e deu um largo sorriso, como se já tivesse esperando por aquela minha resposta, —Tenho o treinamento ideal pra você Shoto, e  ele iniciará aqui mesmo até chegarmos no campo de treinamento— o sorriso era mantido em seu rosto e eu franzia a testa assinalando uma breve preocupação, —Vamos, diga o que você está planejando— Questionei, —É bem simples, já estou ciente de que você tem melhorado o seu controle sobre o elemento fuuton, e quero que você mantenha uma manipulação até chegarmos no campo de treinamento, isso vai aumentar ainda mais o seu poder de ninjutsu e consequentemente sua resistência—

“Manipular o meu próprio elemento, isso vai ser fácil” pensava com convicção e realmente era fácil visto que eu tinha domínio perfeito sobre ele a questão toda seria referente a minha resistência quanto a isso, meu corpo não era acostumado a durar muito em meio a batalha e nem resistir muito a um constante treinamento, talvez aquilo realmente pudesse me favorecer, me fortalecer mais. Ali no meu quarto mesmo eu manipulei o vento, criei em minhas palmas dois discos de fuuton, seguiria concentrado em ambos e então saímos do quarto.

Com minhas mãos levantas seguimos andando pela via principal da vila, eu concentrado para seguir mantendo a técnica ativa e o meu camarada me encarando como se tivesse tentando me tirar a concentração, —O que você está olhando? — questionava com uma cara nada amigável, —Estou vendo até onde vai a sua resistência, sei que uma hora você vai cansar e ai as coisas irão começar a ficar complicadas— não dava para entender o significado daquilo e eu não podia perder tempo com essa preocupação a mais. Em nossa caminhada passamos por um aglomerado de pessoas, elas nos olhavam e ficavam cochichando sobre aquela visão, um homem manipulando um elemento no meio da vila... aquilo realmente chamava a atenção e com certeza até mesmo eu iria me distrair se visse algo assim.

Os metros iam passando e a distância até o campo de treinamento diminuía, meus braços estavam começando a cansar e o disco que antes media algo em torno de 30 CM agora não passava de 15, minhas mãos começavam a adormecer e o controle de chakra falhar, “Preciso conseguir, preciso conseguir... eu vou conseguir”, eu tentava mentalizar positividade em minha mente, algo para que eu pudesse seguir firme e capaz de não desistir.

—Você está no seu limite Shoto, não precisa mais e matar cara, estamos bem próximo... já pode parar— dizia o maldito com aquela voz que dava a entender que queria ver o meu fracasso, —Não, não irei te dar esse gostinho cara, desiste— focado e com uma gota de energia incendiando minha alma eu liberei uma maior quantidade de chakra de meu corpo, o disco aumentou gradativamente, meus passos ficaram firmes novamente e o disco atingiu um tamanho de quase 60 centímetros, —Falta pouco, VAMOS CHEGAR NESSA MERDA LOGO!!! — Exclamava e acelerava meus passos, meus olhos estavam refletindo a minha dor e minhas veias pulsavam mais do que nunca.

O campo de treinamento estava logo a minha frente, restavam nada do que alguns poucos passos e assim que toquei nos limites do lugar eu simplesmente cai ao chão, o corpo exausto impedia que eu conseguisse levantar novamente, ficava ali fitando o céu de Iwa ao mesmo tempo que buscava recobrar alguma energia, —Você foi bem, tenho que admitir que não imaginava que conseguiria, não mesmo—, suas palavras foram satisfatórias, ele sentou ao meu lado e ficou ali até que eu tivesse condições de me levantar e retornar para minha casa.

HP:1025/1025. CH:1600/1600


Considerações:
-Treino de Stamina e Selos.


-Mês do UP ativo, então creio que é bônus dobrado



 
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [C. Treinamento] Miley - Publicado Qui 8 Nov - 7:33

@. Pontos para os atributos dobrados. Bom jogo.
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [C. Treinamento] Miley - Publicado Qui 30 Maio - 10:25

A rápida e conclusiva conversa com o Raikage serviu não só como um acréscimo de valor próprio, mas também me deu ânimo para que eu colocasse novamente um pé em meu futuro como shinobi. Meus passos me lavaram para um lugar conhecido por todos, um lugar cuja existência serviu e ainda serve para transformar jovens ninjas em grandes guardiões do poder e da paz. Chegando ali eu podia observar alguns jovens genins e até chunins fazendo alguns treinamentos, uns menos elaborados como socar um boneco de madeira ou tronco de uma árvore e outros praticando com meditação ou com clones de si mesmos, já eu caminhei para um canto um pouco mais isolado e me sentei próximo a uma pedra azul que aparentemente havia sido surrada centenas, talvez até milhares e milhares de vezes.

“ E agora, por onde comecar “ Me perguntava mentalmente esperando que a velha voz de Yon viesse me relevar um caminho mais curto, mas infelizmente o velho velho amigo havia se perdido da imensidão do mundo espiritual, só valia pensar que ele estava bem, vivendo de uma maneira diferente e em um plano de paz eterna. Sabendo que as respostas não iriam vir comigo sentado sem fazer nada eu me coloquei em uma postura diferente, as pernas se cruzavam e os braços ficavam estendidos, as mãos eram abertas da mesma forma que fazemos para pegar água, assim eu fechava os olhos me concentrando, buscava sentir cada essência do meu chakra naquele instante e pouco a pouco eu podia sentir a energia fluindo como se estivesse viva.

“É agora” Falava tecendo selos lentamente e em seguida voltava a posição anterior de minhas mãos e ali o chakra começava a fluir como se fosse um combustível levando assim a criação de chamas juntamente com a adição de meu novo elemento.


Considerações: Elemento Katon 300 palavras.



 
[C. Treinamento] Miley 789e0fc5dd4eb4bd8dab8250ccf4dcaf

Zeitgeist
Zeitgeist
Vilarejo Atual
[C. Treinamento] Miley 789e0fc5dd4eb4bd8dab8250ccf4dcaf

Re: [C. Treinamento] Miley - Publicado Qui 30 Maio - 10:49

@

_______________________

Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [C. Treinamento] Miley - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas