:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Outono
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Narrador
Game Master
Narrador
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Ter 1 Fev - 3:44

O Dia Mais ClaroDUNAS DE SANGUE  

O pelotão de Yasuhiko, chegava com as tropas de mais de trinta ninjas atrás das muralhas de Hokkaido. Sendo uma aldeia desértica, o governo da cidade optou por cerca-la com um muro, que circundava todo seu entorno. Dos trinta, apenas dez seguiram com ele para dentro dos portões, os outros vinte iriam percorrer nos externos da cidade, verificando se não haviam focos de inimigos por ali.

A PARTIDA

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 06e4c327eec913a24dea869d4c9e8059-removebg-preview

Na polícia da vila, Roy? É um trabalho puxado, hein. — Sorria para o garoto. — Meus amigos todos decidiram entrar na polícia de Suna, só eu decidi me tornar professor. Mas se você demonstrar um bom trabalho aqui, com certeza contarei aos meus superiores, e, quem sabe você não receba um estágio entre os investigadores? Iria gosta disso? — Acendeu a esperança do púbere.

O Jounin, fez questão de ouvir cada um dos três, atentando-se em perceber que os três tinham estilos de técnicas completamente opostos, enquanto um dominava e manipulava insetos, a outra dominava e manipulava marionetes. Altria, era se mostrava mais padrão, mas nem por isso havia chamado menos a atenção de Yasuhiko.

São ótimos conjuntos de habilidades que vocês tem por aqui, elas serão muito úteis em nossa missão. — Sempre sorridente, afinal, que mal poderia ocorrer a Yasuhiko Kazeshini? Ele tinha todas as características desejadas por qualquer pessoa ou shinobi. Naquele momento, contudo, ele tinha tudo, menos respostas. — Quero muito que encontremos pistas em nossa ronda por Hokkaido, então já deixo aqui adiantado a vocês o nosso foco. — Avisou-os, enquanto percorriam por Suna, já em direção aos portões. — Ah, fui indecoroso, me perdoem. — Fez uma mea-culpa. — Vocês todos contaram sobre suas habilidades, e eu nada revelei sobre as minhas. Sou também um usuário de Vento, e o tenho como minha afinidade de nascença. Modesta a parte, sou um especialista neste elemento, conseguindo realizar até a natureza mais avançada dentro dele. — Deixou em aberto para que, se tivessem conhecimento, descobrissem por si mesmos ao que ele se referia.

O caminho para Hokkaido, foi menos exaustivo do que imaginavam, e isso graças as habilidades de Futon de Yasuhiko, que volta e meia, trazia brisas e ventos aprazíveis para refrescar seu pelotão. Passaram toda a viagem conversando e se conhecendo, então era de se esperar que quando chegassem ao destino final já estivessem bastante a vontade uns com os outros.

A INVESTIGAÇÃO

O portão de Hokkaido, era grande, mas sem luxo ou ornamentos chamativos. Das cidades desérticas, ela era a que menos se destacava, ficando para trás se comparada às suas irmãs, mais opulentas e ricas. Hokkaido, porém, detinha os maiores templos, e era centros religiosos do País do Vento, o que significava que sua população era majoritariamente teísta. Com essas informações em mente, era de se esperar que o ataque ao templo de Seth, tivesse tido repercussões apocalípticas para os Hokkainenses, que exigiram uma resposta de Suna, à altura.

Yasuhiko, foi bem recebido nos portões, visto que já tinham conhecimento de sua chegada. Após isso, organizou e separou seus homens para visitarem pontos estratégicos da cidade. Para os três genins, o Jounin, deixou três áreas específicas:

Romanoff, iria visitar o templo de Seth, ou seja, o local onde o ataque havia acontecido. O templo é um dos maiores da cidade, e é visitado por centenas de fies todos os dias. Era, já que agora, o local estava delimitado e fechado, para que se realizassem as investigações. O objetivo da garota, era levantar detalhes e encontrar pistas, como marcas, digitais, itens e quaisquer coisas do gênero que trouxessem luz a investigação.

Roy, ficaria responsável por seguir para uma das saídas das muralhas de Hokkaido, a nordeste de onde estava. Yasuhiko, o orientaria a usar seus insetos para procurar por pistas, cheiros e qualquer coisa que parecesse suspeita. O jovem de cabelos platinados, acreditava - por intuição apenas - que àquela havia sido a rota de fuga usada pelo assassino. Mas era apenas uma intuição...

Altria, por sua vez, ficaria encarregada de interrogar os moradores, e criar um relatório de testemunhas oculares. A loira, teria em suas mãos a função de trazer informações e detalhes da aparência, altura, cor de cabelo, olhos e o que fosse possível sobre o sujeito. Isso, se fosse mesmo só um, hipótese que Yasuhiko, estava quase descartando. Também através das entrevistas, tentaria descobrir o horário em que ocorreu o crime, se alguém viu ou estava próximo no momento, e tudo mais o que puder. Vale ressaltar que os moradores de Hokkaido, são muito reservados e religiosos, o que farão deles alvos resistentes à perguntas descabidas ou mal feitas.

Considerações
Considerações:
TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Scre1755
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) GTG2M5mOlá, Convidado, eu sou o Narrador.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão a sua narração no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia os nossos Conceitos de Narração e entenda como funcionam as narrações aqui no fórum.
Admineiros Aprenda sobre Metagaming!
Admineiros Fique atento aos Danos Gerais do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Ter 1 Fev - 10:05

Yasuhiko era realmente um ótimo anfitrião e líder, o homem se portava com respeito mesmo tendo certa superioridade. Era professor, um Jonin e o próximo na fila para tornar-se Kazekage, Altria o via com bons olhos, e sentia uma certa inveja; como iria se comparar a tal homem sendo uma mera chunin? Havia espaço para evolução da mesma, claro, mas entre ela e Yasuhiko, naquele momento, era como a terra e o céu. Altria suspirou, fitando o rapaz e os genins do vilarejo, com um pequeno sorriso no rosto; ouviu atentamente a explicação do homem, e revelou suas habilidades: Yasuhiko, Roy e Romanoff possuíam os três o mesmo elemento, mas é claro que o Jonin era superior a estes, e a própria Altria. Outro suspiro, mas mais curto, moderado. A garota repousou o corpo e descansou o restante da viagem.

[...]

Após algum tempo, chegaram no portão de Hokkaido. O mesmo era grande, mas não possuía nada tão chamativo, era simplesmente um grande portão. Em contrapartida, os templos da cidade eram enormes, quiçá os maiores do país do vento, e era impressionante uma cidade que não se destacava ter tamanhas construções. Altria permaneceu atônita, fitando os mesmos enquanto Yasuhiko era bem recebido pelos aldeões. Ele realmente é bem quisto por todos, não é atoa que aparenta ser o próximo Kazekage. pensou, fitando o homem. Após o mesmo ser recebido, este fora na direção de Altria, Roy e Romanoff, dando-lhes suas tarefas. Romanoff cuidaria do templo onde ocorreu o assassinato, Roy iria procurar por pistas com seus insetos, e Altria lidaria com as interrogações. A mulher assentiu com a destra e aguardou um instante antes de iniciar sua tarefa.

HP: 1050/1050, CK: 1050/1050.

Esta: 0/6

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 4sh18xd
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Roy Collins
Chūnin
Roy Collins
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Ter 1 Fev - 22:58

Missão: Recebendo minha função

O superior dessa missão se mostrava contente com a minha vontade de entrar na polícia da vila. Todos seus amigos entraram na policia da vila também, e o melhor de tudo, caso eu demonstrar um bom trabalho, ele irá me recomendar lá para estagiar. - Yasuhiko, ter uma indicação para trabalhar me deixa muito feliz!! Pode deixar que vou ajudar ao máximo nessa missão e vou honrar a confiança que o senhor depositar em mim. Comentava com o espírito de poder ajudar, tanto nosso superior, quanto a nossa vila. O bom é que como sempre gostei de me dispor para ajudar os outros, poder fazer isso não será como um trabalho e sim um prazer. ~ Vou honrar a responsabilidade que Yasuhiko depositar em mim!! Pensava confiante.

Após isso cada um dos demais se apresentou a ele e ele nos recebia com bons olhos, pois, cada um parece ter características importantes para ajudar nessa investigação. Até mesmo o homem de cabelos brancos comentava ser especialista com o elemento Futon. ~ Incrível!! Quem sabe no futuro não possa treinar com ele para aprender algumas técnicas. Imaginava enquanto ele falava sobre isso. Daqui um tempo precisarei treinar mais minhas habilidades, e nada melhor como ter algum ninja experiente para ajudar. ~ Mas vamos fazer por merecer, um passo de cada vez. Lembrava, já que ele só irá me indicar para a polícia da vila caso demonstre um bom trabalho.

Segundo ele, nosso objetivo em Hokkaido tem como foco descobrir pistas. ~ Imagino que de qualquer jeito que ajude na missão. Refletia enquanto ouvia suas orientações. Após toda conversa, saímos das tendas e fomos direto para Hokkaido, com uma certa tranquilidade no caminho e ar fresco. - Fiu, fiu, fiu, fiu, fiu. Assoviava durante o trajeto enquanto recebia leves brisas de ventos que nosso líder tinha usado por conta da sua habilidade com o Futon. ~ Nem consigo imaginar o que ele pode fazer em luta. Ele deve ser bem forte. Observava o mesmo no caminho e ao mesmo tempo o admirava.

Ao chegarmos em Hokkaido confesso que tive uma surpresa. O portão de Hokkaido é bem grande, mas o que se destaca mesmo é que ela possui os maiores templos religiosos. ~ O pessoal daqui é bem apegado a religião pelo visto. Olhava para a cidade e para os aldeões que recebia Yasuhiko de uma forma cortês. Logo depois, nosso chefe orientava cada um para suas respectivas funções e a minha seria ficar encarregado em descobrir uma pista em uma das saídas da muralha de Hokkaido. Foi recomendado usar meus insetos para descobrir algum cheiro, pista ou qualquer coisa que eu perceba algo estranho. ~ Vou agarrar essa chance como se fosse minha última. Assentia para Yasuhiko e acompanharia um dos homens designados para essa região da muralha. Durante o caminho, caso esse homem ou esses homens que estiver comigo demonstrar abertura pra conversar, começaria. - Olá!! Como não o conheço, meu nome é Roy Collins, muito prazer!! Assim que ele responder e chegássemos no local, pediria. - Você tem algum mapa dessa região? Quero rondar cada canto daqui sabendo até onde vai, pra tentar não deixar passar nada despercebido.
Fala
Pensamento

Status:


Última edição por Roy Collins em Qua 2 Fev - 0:02, editado 1 vez(es)
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Revescream
Genin
Revescream
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Ter 1 Fev - 23:54

572Palavras

Dunas de Sangue

Falas | Pensamentos
A conversa prosseguia durante mais algum tempo na viagem para Hokkaido, entre Roy e Yasuhiko especificamente, enquanto isso, Romanoff preferia continuar em silêncio e apenas escutar o que tinham para falar, ao mesmo tempo que descansava em seu assento; Altria parecia ter a mesma ideia que a titereira, também permanecendo quieta e fitando a todos com um pequeno sorriso entre suspiros. O jōnin também revelava suas habilidades em meio ao dialogo, informando a todos ser especializado e mestre na utilização do elemento vento. "Natureza mais avançada dele? Interessante..." Ravena não demonstrava, mas sua intuição de pesquisadora captava a existência de um sentido sublime naquelas palavras, instigando a garota a deixar uma nota mental sobre pesquisar mais sobre isso no futuro.

"Mas não me surpreende possuirmos vários usuários de Fūton, afinal, essa natureza de chakra é bem comum aos conterrâneos do País do Vento." Pensava consigo mesma, ainda seguindo com seu voto de silêncio autoimposto. Seus dedos dançavam entre as beiradas da caravana, imitando o que parecia ser uma mini demonstração de sua manipulação com os fantoches, ajudando Ravena a se distrair de sua ansiedade para a missão que estava por vir. O tempo da viagem era o bastante para que todos conseguissem se acostumar na presença um do outro, logo, a timidez que a Romanoff apresentava no início daquela jornada gradativamente desaparecia para com seus novos companheiros.

[...]

Ao descerem da caravana no local destinado, Ravena tinha um vislumbre magnífico do que era a cidade de Hokkaido. Embora fosse alguém que apreciasse a riqueza, a marionetista também encontrava charme na simplicidade das coisas e a visão daquele cenário era o mais perfeito exemplo disso. Os grandes templos, que podiam ser avistados ainda que distantes, mostravam o tamanho da importância que a religião tinha para aquela região,  não atoa era considerada o grande centro da fé em todo o deserto.

Sendo recebidos na entrada dos portões, o jōnin Kazeshini rapidamente distribuía quais funcões cada ninja deveria empenhar naquela primeira instância, não diferenciando para Romanoff. Ela iria verificar diretamente a cena do crime, tendo a missão de coletar o máximo de pistas e dados que pudesse obter em sua investigação, fato esse que surpreendia a Genin antes dessa voltar para seus pensamentos. "Então, talvez Yasuhiko-san esteja confiando em meus conhecimentos científicos para avaliar a situação... Estou longe de querer ou ser uma perita criminal, no entanto, acho que posso fazer alguma coisa." Fazia sua linha de raciocínio, imaginando quais ferramentas deveria possuir em mãos para realizar sua investigação de maneira efetiva. A Romanoff buscaria por Yasuhiko para que esse a orientasse também, além de retirar algumas dúvidas e problemas que já vinham em sua mente.

Yasuhiko-san. — Chamava-o, entoando com sua voz branda, mas impassível. — Poderia me apontar a direção do templo de Seth? Além disso, creio que precisarei de equipamentos mais adequados para a investigação do que tenho comigo a disposição. — Explicava-se uniformemente, seu olhar nunca encarando diretamente a face do outro, pois não sentia conforto nesse ato. — Existiriam ferramentas dispostas quando eu chegar no local? Ou será que devo compra-las de antemão? Talvez eu deva me virar com o que estiver ao meu alcance? — Fazia suas múltiplas indagações ao líder, aguardando pacientemente pelas respostas, e desejando não tê-lo incomodado ou infringido algum código com essa ações. Após tudo isso, Ravena prosseguiria rumo ao local que lhe seria designada e se prepararia para iniciar sua parte da investigação.

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Hp210 HP: 575/575 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) XQKY0 CH: 875/875 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 00/06  》

Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:


emme

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) TUYyA
"Separados nós somos grãos de areia, juntos nós somos Sunagakure no Sato!"

Criação de Habilidades | Evoluções | Criação de Itens | Recompensas Diárias
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Narrador
Game Master
Narrador
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Qua 2 Fev - 4:20

O Dia Mais ClaroDUNAS DE SANGUE  

O ÚLTIMO CONTATO

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 06e4c327eec913a24dea869d4c9e8059-removebg-preview

Yasuhiko, responderia a todos os questionamentos dos três ninjas, orientado-os a seguirem os pontos designados. Ele confiava naqueles três, sentia verdade e coragem vindo deles. Quando partiram, ele seguiu para sua parte da investigação, que seria conversar e com o sacerdote supremo de Seth, com o governador da cidade, juntamente de todos os seus conselheiros e líderes provinciais, para prestar os devidos respeitos a eles, em nome de Areia. Parecia besteira, mas garantir a paz política entre as cidades menores com a grande Suna, era, além de vantajoso e necessário, também uma diretriz muito enfática do conselho de anciões.

A INVESTIGAÇÃO SE INICIA

Roy, na região em que você está há três saídas próximas. Uma tem ligação direta com o centro da vila, que é onde fica o templo de Seth, e, é bastante movimentada e repleta de pessoas. A dois quilômetros, a outra saída não tem ligação com o centro de Hokkaido, logo, para que alguém pudesse sair do templo e chegar até ela, este deveria percorrer um caminho mais longo e com obstáculos logísticos. E por último, a dois quilômetros e meio desta segunda, a terceira saída é uma construção relativamente nova, não tem ligação com o centro, não tem grande fluxo de pessoas, e sua construção ainda não está finalizada, isso quer dizer que há barricadas, materiais de construção e outras ferramentas de engenharia civil por toda sua extensão. Ela ainda é uma saída, entretanto. Escolha uma das passagens para percorrer e investigar em seu post. Pode visitar as três, mas no final de seu turno você precisa escolher e permanecer em uma. Esta uma será onde sua missão continuará.

Romanoff, o templo de Seth, está completamente fechado, e os seguranças deixarão você, e apenas você, passar, dada a sua patente militar e a bandana de Suna, que a senhorita ostenta. O templo é grande, por mais que não seja tão luxuoso, ele ainda é bastante imponente. Há uma grande estátua de Seth - um humanoide com cabeça de cão - no centro do salão principal e atrás do púlpito, onde o grande sacerdote ou seus cardeais fazem as exortações nos cultos semanais. Seth, está manchado de sangue. A doze metros à direita do púlpito, há muito sangue, e ele ainda está líquido, visto que o ataque havia acontecido na madrugada. Você veria poças e poças de sangue, mas até onde lhe foi relatado, apenas três pessoas haviam morrido, e menos de uma dezena estava feridas. A senhorita, também observaria que as bancos a frente das poças de sangue, estava danificados, muito danificados. Havia um rombo no teto da capela, com dois metros de raio e bem acima da cabeça de Seth. Muitos itens e artefatos religiosos estavam espalhados pelo chão. E sangue, muito sangue. Dependendo de suas suspeitas, você poderá seguir;

a) até o andar o superior do templo.
b) continuar pela direita, na direção das poças de sangue.
c) sair para fora da catedral para verificar o teto da capela.

Altria, na parte da cidade em que você está, há muitas pessoas, mas todas elas estão saindo do templo de Isis, que fica a duzentos metros de onde você está, e a um quilômetro do templo de Seth. Os seguidores de Isis, quase todos são também devotos de Seth, o que quer dizer que também estão muito perplexos e chocados com o que ocorreu na última madrugada. Sua missão é aborda-los, usando do tom certo e da forma para que eles lhe forneçam as informações que você precisa. Tudo dependerá de você, se sua abordagem for ruim, conseguirá pouca ou nenhuma informação, se for boa, conseguirá um pouco mais, se for muito boa, pode conseguir a informação chave para esta investigação.


Considerações
Considerações:
TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Scre1755
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) GTG2M5mOlá, Convidado, eu sou o Narrador.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão a sua narração no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia os nossos Conceitos de Narração e entenda como funcionam as narrações aqui no fórum.
Admineiros Aprenda sobre Metagaming!
Admineiros Fique atento aos Danos Gerais do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Qua 2 Fev - 10:53

A ordem viera, e com ela, Altria se retirou, seguindo até o ponto indicado por seu líder. Antes de ir, porém, a garota ouvira o que Yasuhiko dissera para os outros dois para caso fosse necessário ajudá-los com algo. Enfim, era hora de partir, e Altria o fez, mas como Yasuhiko havia dito que os moradores daquela área estavam chocados com o acontecimento, então, por causa disso, Altria seguiu a passos lentos, pensando em como abordar os cidadãos daquela área. Eu… não sei bem o que falar com eles. Não quero deixar meus companheiros na mão, droga. pensou, caminhando em direção ao primeiro civil.

—— Olá. Sinto muito pelo ocorrido, você está bem? Eu sinto muito que houve, deveríamos proteger melhor os residentes do país do vento. —— A mulher fez uma pausa, demonstrando empatia para com o morador. —— Peço perdão mas preciso de informações para lidar com o criminoso que cometeu essa atrocidade. Você o viu? Sabe de alguém que o viu? Algum boato acerca disso? A aparência do homem, o horário do crime, se havia alguém próximo do local… —— A chunin fizera um monte de perguntas, mas cada uma separadamente, aguardando a resposta do homem antes de ir para a próxima. Altria ficou com o primeiro rapaz até ele acabar de respondê-la, avaliando suas feições, seus gestos e quaisquer coisas que se provassem suspeitas aos olhos esmeraldas da mulher. Ao término das respostas, Altria já teria gravado o rosto do cidadão, assim como suas vestes e nome, e despediu-se do mesmo para abordar o próximo civil, utilizando da mesma tática.

[...]

Espero que os outros saiam bem em suas próprias investigações. pensou, limpando o suor do rosto com o dorso da destra. Altria continuou o interrogatório, reunindo informações para Yasuhiko, pautando as estórias críveis e comparando-as com as falsas, vendo se os moradores estavam de acordo ou algum destes estava mentindo. O trabalho era árduo, mas Altria tentava fazê-lo com a maior capacidade possível, já que era sua primeira vez fazendo.

HP: 1050/1050, CK: 1050/1050.

Esta: 0/6

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 4sh18xd
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Roy Collins
Chūnin
Roy Collins
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Qua 2 Fev - 23:05

Investigando as saídas de Hokkaido

Yasuhiko explicava para nós que ele faria a parte diplomática em conversar com as pessoas com mais gabarito por aqui em Seth. Concordava com a cabeça  para ele e depois voltava meu olhar aos meus companheiros. - Pessoal, se precisarem de alguma coisa ou aparecer algum perigo, gritem. Eu vou correndo ajuda-los!! Cumprimentaria o restante demonstrando que os mesmos podem confiar em mim, apesar de ser o mais inexperiente do time.

~ Já que foi um massacre no templo de Seth, tenho quase certeza que durante a fuga o ou os culpados deixaram pingar sangue por onde andaram. Um bom começo é por lá. Pensava enquanto caminhava para lá. Lá é bem movimentado pela população da região, por isso, procuraria um local do centro que me desse uma visão geral dali. Dessa forma tentaria encontrar rastros de sangue e assim seguiria. ~ Mas o criminoso pode também querer confundir os investigadores deixando sangue por vários locais.

Imaginava como poderia fazer com que seja mais assertivo minha procura por pistas. ~ Já sei!! A ideia veio como uma luz que acendeu. Acompanharia o rastro de sangue e ao mesmo tempo usaria um dos meus insetos. -  Preciso da sua ajuda amigão. Sinta o cheiro que está acompanhando esse rastro de sangue e me guie para até onde esse cheiro pode ser sentido. Como o criminoso pode tentar confundir-nos, ter o auxílio dos meus insetos será de grande valia.

Observaria por onde passarmos e se há algum vestígio de pegadas em cima do sangue. E caso houver, focaria mentalmente o tamanho do pé através da pegada e procuraria também por alguma arma por perto. Pode ser que o mesmo jogou fora a arma que utilizou. Terminando de seguir o rastro do sangue e do cheiro que meu inseto sentir, iria me dirigir para a saída a dois quilômetros do centro.

- Me acompanhe e me avisa se você sentir um cheiro parecido com o que sentiu no lá no centro. Há alguns obstáculos logísticos, e por conta disso, observaria se há algum rasgo de roupa, gotas de sangue ou mesmo alguma arma jogada. Por haver obstáculos e o criminoso ter feito a fuga na correria, quem sabe ele não deixou escapar algo pelo caminho.  E por último, me dirigiria para a terceira saída que é um pouco distante dessa segunda saída.

Uma construção nova e não tem tantas pessoas vagando por ali. ~ Um ótimo lugar pra fugir e se esconder também. Outra vez pediria para meu inseto tentar sentir e avisar se há algum cheiro parecido com o que sentiu no centro de Hokkaido. Enquanto isso, supervisionaria as barricadas, os materiais de construção e ferramentas de engenharia civil, afinal, vai saber se o criminoso não utilizou alguma dessas ferramentas. Já que por enquanto ainda não sabemos com quem estamos lidando, todo detalhe é importante. Para ter alguma suspeita, observaria se alguma dessas ferramentas estão com manchas de sangue.

- Tem o mesmo cheiro? Perguntaria ao meu inseto caso ache alguma ferramenta com mancha ou gotas de sangue. Se ele me informar que sim, pegaria essa ferramenta para depois avisar meus companheiros a possível arma utilizada. Por fim, eu iria ficar no local em que meu inseto sentir o cheiro que sentiu no centro de Hokkaido com mais intensidade.

Fala
Pensamento

Status:
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Revescream
Genin
Revescream
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Qui 3 Fev - 10:22

443Palavras

Dunas de Sangue

Falas | Pensamentos
Recebendo as orientações do líder Kazeshini, a Romanoff partia satisfeita em direção ao grandioso Templo de Seth. Chegando ao local designado encontrava a região completamente fechada para os membros não autorizados para a investigação, não sendo esse o caso de Ravena, a jovem titereira rapidamente conseguia entrar no recinto com sua permissão concedida. Adentro do templo, percebia o quão extensa deveria ser sua investigação para cobrir todo aquele espaço, mas não deixava isso abalar sua concentração em outros aspectos que encontrava em sua zona de visão.

Existiam várias formas de iniciar sua investigação, no entanto, seguindo uma linha de pensamento rápido e bom senso, a Romanoff decidia por onde começar sua missão; ainda que houvesse a segunda parte do templo – o andar superior – a ser verificado de antemão e o notável rombo existente no teto da capela fosse chamativo, a prioridade de toda investigação era analisar o cenário no qual o crime tinha acontecido. Desta forma, a bagunça deixada para trás no andar inferior do templo seria a primeira a receber o foco de avaliação da Genin Científica.

Continuando pela direita, na direção das poças de sangue, a Romanoff se aproximaria dos bancos quebrados e verificaria de forma mais profunda o tamanho dos estragos nos mesmos. "Conforme tudo que foi me passado, apenas três pessoas morreram e menos de uma dúzia sofreu algum tipo de ferimento; não sou uma médica, entretanto, é cientificamente sucinto dizer que apenas essa quantidade não seria o suficiente para formar tantas poças de sangue..." Iniciava seu raciocínio, recapitulando a base do que sabia em pensamentos. "A cidade de Hokkaido é um centro de religiosidade, não um centro militar igual Sunagakure, logo é muito provável que houvesse pouquíssimos ou nenhum ninjas fazendo a segurança do local no momento do crime..." Prosseguia com seu debate interno, resmungando em baixo tom algumas palavras soltas. Sua visão passava de relance para a toda sanguinolência ainda líquida no cenário, antes de voltar para os objetos danificados.

"Não parece que houve apenas um massacre... Mas também houve algum segundo evento, talvez resistência dos guardas locais ou algum fator inesperado entre os próprios invasores, que resultou nos inimigos também serem feridos durante o ataque." Teorizava a cerca da origem daquela quantidade de sangue derramado, no entanto, ainda não tinha confiança de sua própria tese, a jovem buscaria continuar estudando aquela região para melhor colhimento da informações. "O que teria causado a deformidade nos bancos?", "Talvez algum objeto utilizado como arma ou uma técnica ninja?", eram perguntas que se mantinham na mente da Romanoff enquanto fazia sua análise e exploração, decidindo a continuar sua investigação e talvez com sorte encontrar mais pistas naquele andar.

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Hp210 HP: 575/575 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) XQKY0 CH: 875/875 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 00/06  》

Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:


emme

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) TUYyA
"Separados nós somos grãos de areia, juntos nós somos Sunagakure no Sato!"

Criação de Habilidades | Evoluções | Criação de Itens | Recompensas Diárias
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Narrador
Game Master
Narrador
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Sex 4 Fev - 4:29

O Dia Mais ClaroDUNAS DE SANGUE  


A INVESTIGAÇÃO

Roy,

Seus insetos não sentiriam cheiro de sangue, apenas o de suor e o cheiro normal de pessoas. Eles também não sentiram nenhuma chakra específico. Os materiais de construção tem o cheiro dos trabalhadores que os manejaram, mas fora isso nada de suspeito. À frente dessa entrada em que você está (pelo o que eu entendi, você está na saída mais nova) há um rio artificial, que é considerado uma maravilha em Hokkaido, chamado Aqueloo. Você vê dois barcos navegando sobre ele, e um atracado, os que estão navegando levam pessoas e mercadorias. Do outro lado do rio há casas, naquela estética de Suna, com tijolos cor de oliva e arquitetura arredondadas. Você pode investigar mais ou ir para uma das outras saídas. Pode retornar para o templo de Seth também, se não tiver encontrado nada. Está à sua escolha.

Altria

Você é de Suna, não é? Vocês deviam nos deixar em paz. Hokkaido, foi atacada por causa de Sunagakure. Vá embora. — E andou, resmungando e esbravejando para a garota. A loira perceberia que os moradores eram muito fechados, e tinham um certo grau de aversão a estrangeiros e figuras externas a cultura deles. Altria, não só era diferente etnicamente daquela população, mas seus trajes também destoavam dos utilizados pelos fies. Uma mulher vem na direção da garota, ela carrega uma criança de colo e uma outra mais crescida ao lado. Ela usa um longo vestido, e um véu no rosto, que a Suna-nin, logo perceberá que é típico dos devotos de Isis. Quem sabe com ela Altria, tivesse mais chances...


Romanoff

Você segue, fazendo seu estudo em vermelho e analisando a trilha de sangue deixada pelo ocorrido. O cheiro é muito forte, cheiro de sangue misturado ao ar abafado, visto que o templo estava fechado. Pelos corredores, iluminados por velas postas à doze metros acima de você, notam-se varia salas, algumas com a porta aberta, revelam dos mais diversos tipos de ambiente. Ambientes recreativos, de leitura, de adoração e de armazenamento de escritos sagrados. Nas que estão fechadas, você só descobrirá se escolher abri-las. Há duas portas fechadas próximas a você, e uma porta fechada, mas suja de sangue. Quando você observar o sangue nessa porta, verá que há sangue pelo corredor também, e há pontos em que ele se avoluma e outros em que se apequena. Você escuta o barulho de rodinhas, vindas de um dos corredores adjacentes a esse que você está.


Considerações
Considerações:
TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Scre1755
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) GTG2M5mOlá, Convidado, eu sou o Narrador.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão a sua narração no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia os nossos Conceitos de Narração e entenda como funcionam as narrações aqui no fórum.
Admineiros Aprenda sobre Metagaming!
Admineiros Fique atento aos Danos Gerais do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Sex 4 Fev - 10:05

Altria não teve reação quando o homem a culpou pelo ocorrido, não só a ela como a Sunagakure inteira, mas a verdade é que de fato, era culpa deles, então não havia muito o que fazer. Desculpe… murmurou, baixinho, enquanto o homem caminhava para longe e sumia entre as vielas da pequena vila. Diferente do que havia imaginado, os moradores não eram receptivos, pelo contrário, eram bastante ariscos com forasteiros, o que a fez ponderar se não deveria usar da habilidade básica para tornar-se um destes e então continuar com as perguntas. Mas, antes dela dar a resposta para si mesma, a loira pôde observar uma mulher que caminhava em sua direção, com dois infantos, um de colo e um maior, que caminhava ao seu lado. Seu longo vestido arrastava no chão, mas a mulher não parecia se incomodar, na verdade, o véu que ela estampava no rosto não deixava ver sua feição, mas pela mesma sequer cogitar arrumar o vestido, era meio notório que ela não ligava para tal.

—— Olá, poderia me ajudar? Antes; sinto muitíssimo pelo ocorrido, estamos trabalhando para achar quem fez isso. —— Altria fez uma pausa para limpar a garganta e retomou a oratória. —— Preciso saber se você algo, ou alguém que possa ter visto algo no horário que aconteceu o ocorrido. Se puder me ajudar, ficarei grata. —— concluiu, observando a mulher. Havia algo de misterioso nessa mulher que deixava Altria um tanto quanto receosa, e desconfiada. A chunin não sabia exatamente o que, e devido ao véu, não era possível ver as feições da moça, o que se tornava um incômodo. Como vou fazer com que ela tire esse véu… pensou por um instante, mas deixou isso de lado e pôs-se a observar a criança que estava de pé ao lado desta. —— Ei, garoto. Você viu algo? Se me der alguma informação útil eu te pago um doce… —— falou, estampando um sorriso amigável. Altria não sabia como a mãe do menino ia se portar diante daquilo, mas sabia que era melhor tentar do que perder a chance. A chunin suspirou, observando ao seu redor, mas mantendo a atenção na mulher à sua frente.

Acho que irei criar uma cópia e mandá-la ir em busca de informações por si só, enquanto eu permaneço aqui. pensou, mas não o fez a princípio, antes disso, aguardou a resposta da mulher à sua frente.

HP: 1050/1050, CK: 1050/1050.

Esta: 0/6

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 4sh18xd
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Roy Collins
Chūnin
Roy Collins
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Sab 5 Fev - 0:00

Investigando as saídas de Hokkaido - Parte 2

Durante a procura pelas saídas meus insetos não encontrou nenhum cheiro ou chakra suspeito, o que dificultava mais ainda. Com diversas saídas e nenhuma pista aparentemente, da para contar com uma mão quais opções restam. ~ Se eu for para o outro lado do rio, eu vou ter mais locais ainda para procurar e aí a chance para encontrar algo suspeito fica mais difícil. Pensava observando o rio, o barco que o cruzava, as pessoas que estão passando por ele e o outro barco atracado.

Como não consegui encontrar nada nessa casa em construção, a última coisa que resta é procurar por alguma coisa ao redor desse rio já que não irei ao outro lado. - Preciso que procurem naquele barco atracado e ao redor do rio se encontram algum cheiro de sangue. Ordenaria aos meus insetos, pois eles possuem um alcance de até 500 metros longe de mim. Não seria possível encontrar algum chakra suspeito, visto que diversas pessoas cruzavam o rio, logo teria diversos chakras e nenhum poderia ser suspeito por conta disso.

Terminando nesse local, voltaria para o centro de Hokkaido já que foi lá que tudo começou. É de lá que o suspeito saiu, então deve haver algum lugar que eu não tenha procurado, afinal foi um massacre. É quase impossível ele não ter deixado algum rastro de sangue por onde saiu, embora nós da equipe de investigação ainda não sabemos com quem estamos lidando. E mesmo que tenha sido uma pessoa muito forte e inteligente, todo crime é deixado brechas para serem desvendados.

Voltando ao centro de Hokkaido, não entraria no templo porque essa função é da Romanoff, então não quero interrompê-la. Mas como estou encarregado de investigar as saídas, pelo menos posso procurar ao redor do templo as saídas - na parte térrea. - Rondem o templo e vejam se há algum rastro de sangue ou chakra suspeito. Graças ao longo alcance que eles podem ter longe de mim, mandaria meus insetos para um lado enquanto eu iria para outro procurando por sangue e até mesmo alguma arma jogada. No caso de eu encontrar algum rastro de sangue, seguiria até onde ele terminasse tomando cuidado para não estragar as pistas.

No momento que meus insetos retornarem e me avisassem se encontraram algo, pediria uma última coisa a eles. - Deem uma olhada lá em cima do templo e vejam se encontram algo suspeito também. Dessa forma aguardaria meus subordinados retornarem com a resposta. E caso realmente acharem algo estranho, acompanharia eles tomando cuidado por onde piso para não estragar nenhuma pista no caminho.

Fala
Pensamento

Considerações:

Status:
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Revescream
Genin
Revescream
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Sab 5 Fev - 1:44

480Palavras

Dunas de Sangue

Falas | Pensamentos
Ao seguir o caminho dos rastros irregulares do crime, Ravena tivera que levar suas mãos as narinas quando sentiu o cheiro de sangue abafado nos corredores do templo. Durante o trajeto encontrava várias salas com almas e avistando o interior cada uma de relance poderia avaliar qual era a função de cada uma. Entretanto, duas portas estavam impedidas de abrir, com uma mais suspeita contendo rastros de sangue em seu entorno. Ravena olharia para o mecanismo que fechava ambas as portas, com seu intelecto afiado não demorando a encontrar uma possível maneira de abri-las, e rapidamente começaria a tecer sua habilidade particular – Fūton: Chakura no Ito.

"Um pouco de criatividade deve bastar." Pensava enquanto olhava seus dedos, enrolados com as linhas prontas a serem utilizadas, e logo em seguida a morena fazia uso de sua manipulação com os fios ao seu bel prazer, junto aos seus conhecimentos científicos, para criar uma "chave mestra" a partir de três fios de sua mão esquerda. Saber o funcionamento de mecanismos é um dos conceitos básicos para os titereiros ninjas, ainda mais quando se tinha o conhecimento que Romanoff possuía, trancas e fechaduras comuns não seriam um problema. Pelo menos esperava que não.

No entanto, antes que a Genin pudesse tentar abrir uma das portas, o som de rodinhas no corredor próximo fazia o sangue da Kunoichi congelar. "... Não era suposto apenas EU estar aqui dentro?" Ressaltava em mente o que achava óbvio, mas, agora não tendo mais certeza de sua segurança. Uma ideia simples aparecia na mente quase insegura daquela situação, e não querendo prolongar o seu debate até paralisar no lugar, a Romanoff fazeria sem pestanejar. Realizando um selo de mão único, um clone das sombras – Kage Bunshin no Jutsu – surgia  ao lado da original como uma cortina de fumaça, tendo já o objetivo que compartilhavam em mente.

Enfim, visto a saída do clone para o outro corredor, a Romanoff original podia voltar ao seu primeiro problema sabendo que pode confiar em seu clone para obter resposta daquela outra estranha situação.  Ela utilizaria sua nova chave mestra para destrancar a porta suja de sangue, mantendo-se encostado na parede não querendo ser atacado de repente. Averiguando mais uma vez, com cautela, a bonequeira iria explorar aquela novo salão, preparada para o cenário que lhe fosse revelado. 

Ao mesmo tempo que isso acontecia, o clone ativava Kekkai: Tengai Hōjin para aumentar sua área de rastreamento dos possível invasores. Ele se manteria furtivo e cauteloso, buscando evitar de que fosse descoberto tão longe, preparando também um Kawarimi no Jutsu no caso do pedido anterior não tiver sido realizado. Seus atributos não estavam no máximo dele mesmo, justamente para evitar que fosse descoberta de maneira tão fácil. E se terminasse dessa forma, buscaria se dissipar tão rápido para que Oni não conseguisse reagir, transmitindo assim todas as informações para o corpo original.

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Hp210 HP: 475/575 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) XQKY0 CH: 325/875 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 01/06  》

Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:


emme

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) TUYyA
"Separados nós somos grãos de areia, juntos nós somos Sunagakure no Sato!"

Criação de Habilidades | Evoluções | Criação de Itens | Recompensas Diárias
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Narrador
Game Master
Narrador
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Sab 5 Fev - 16:49

O Dia Mais ClaroDUNAS DE SANGUE  


A INVESTIGAÇÃO

Roy,

Seus insetos continuam sem detectar nenhuma chakra suspeito. Você também não nota nada de suspeito nessa saída em Hokkaido, aparentemente nada aconteceu ai. Ao voltar para o centro, você está perto o suficiente do templo de Seth, e sabendo que a Romanoff está lá, seus insetos captam o chakra dela e também captam mais uma assinatura de Chakra. Esse chakra é completamente desconhecido para você.

Altria

A abordagem de Altria, havia melhorado apenas um pouco, o que fez a mulher se sentir confortável para responder sua pergunta, mas ainda acanhada.

Eu, eu não estava no momento em que aconteceu tudo, mas ouvi os rumores através dos moradores. Até onde eu sei, nas quartas-feiras há sempre um culto de agradecimento a Seth, então a catedral estava menos cheia do que nos cultos de adoração de Seth. Um vizinho disse que ouviu gritos, sons de destruição dentro do templo, e uns falaram até que a estátua central da capela foi destruída. Nem quero pensar nisso, aquela estátua é nosso alicerce... A única coisa que vi foram os corpos das vítimas sendo retiradas, um horror... Um senhorzinho muito humilde e gentil foi um dos assassinados nesse atentado, Heyasu, o nome dele, sempre tão hospitaleiro, um verdadeiro servo de Seth. — Contou o que sabia para Altria, e quando a menina tentou pergunta ao menino, se ele havia visto algo, o garoto, envergonhado, fez sinal negativo com a cabeça.


Romanoff

Após escutar o som das rodinhas, você notará que o som vai aproximando-se de você, como se essa objeto que possuí rodinhas estivesse em movimento. As velas e candelabros do corredor de repente se apagam, deixando-a completamente no escuro. Quando seu Kekkai: Tengai Hojin, começasse a fazer efeito ele notaria uma massa de chakra percorrendo todo o corredor, tanto à sua frente quanto à suas costas, e não só isso. Detrás de você, passos. Alguém se aproximava. Não apenas uma, e sim três pessoas entraram em contato com a sua barreira, indo na sua direção.

Mocinha, nós viemos limpar o corredor, a pedido das autoridades. Vou pedir para que a senhorita nos dê licença. — Caso se virasse para falar com os funcionários da limpeza, Romanoff, não poderia enxergar uma luz tênue atrás dela, que havia ficado fora de sua barreira.

Considerações
Considerações:
TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Scre1755
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) GTG2M5mOlá, Convidado, eu sou o Narrador.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão a sua narração no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia os nossos Conceitos de Narração e entenda como funcionam as narrações aqui no fórum.
Admineiros Aprenda sobre Metagaming!
Admineiros Fique atento aos Danos Gerais do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Dom 6 Fev - 0:31

Heyasu… e um vizinho. Pensou a chunin, fitando a senhora e seu filho, o garoto que respondera meneando a cabeça por estar envergonhado. Altria teceu selos e criou três cópias, e as três possuíam destinos diferentes; a primeira destas iria procurar por aqueles que estavam adorando Seth pela manhã, e também pela suposta estátua destruída e aqueles que viram algo. Essa cópia, assim como as outras duas, estariam usando de uma técnica básica para mudar sua aparência e ficar similar aos demais moradores; mudando seu tom de pele, cabelo e até mesmo suas vestes, escondendo também seu armamento. —— Pode me informar a aparência de seu vizinho? Preciso fazer perguntas a este. —— dissera uma das cópias antes de partir, aguardando a resposta da mulher. A terceira e última réplica de Altria seguiu pelas vielas, buscando mais informações sobre Heyasu e o que ele fazia naquele templo naquele dia, inclusive, se havia mais alguma informação sobre o atentado. A original, porém, permaneceu aonde estava, ainda conversando com a mulher.

—— Sinto muito por ter presenciado uma cena tão horrível como esta. Sinto muitíssimo, mesmo. —— O semblante da Pendragon demonstrava a tristeza que habitava seu ser. O ocorrido fora algo completamente surreal, e descobrir o porquê daquilo era mais difícil do que aparentava. Não havia obtido alguma informação relevante, isto é, que achou relevante, com exceção do nomi do idoso assassinado e do vizinho que vira o ocorrido. —— Você tem mais algo que possa me contar? Qualquer informação é importante, mesmo que você ache-a banal. —— finalizou, observando a mulher e aguardando sua resposta. Enquanto isso, as cópias de Altria agiam, buscando por todo o lugar informações do acontecimento.

HP: 1050/1050, CK: 260/1050.
Clone¹: 260.
Clone²: 260.
Clone³: 260.

Esta: 1/6

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 4sh18xd
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Revescream
Genin
Revescream
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Dom 6 Fev - 13:06

438Palavras

Dunas de Sangue

Falas | Pensamentos
Conforme os ruídos aumentavam, demonstrando estarem se aproximando de sua posição, a tensão crescia e pesava nos ombros da Romanoff. Não bastasse isso para sua ansiedade, as pequenas chamas que iluminavam sua visão apagavam de repente e a deixavam na total escuridão. Devido a esses fatores, o clone não se distancio muito mais do que cinco metros da original e continuava utilizando Kekkai: Tengai Hōjin, sendo a única forma restante que a Kunoichi tinha para se orientar.

No entanto, o que a titereira não queria imaginar aconteceu: tinham outras pessoas além dela no recinto. Antes que a Kunoichi pedisse quaisquer tipos de explicação, a mesma ouvia um dos homens justificarem sua presença e arqueava uma das sobrancelhas em reação. "... Faxineiros, hein?" Ainda que seu exterior impassível não lhe entregasse pela falta de expressão, os pensamentos interiores estavam céticos daquela situação. Era difícil acreditar que as autoridades iriam deixar mais pessoas entrarem no templo, principalmente faxineiros que poderia destruir possíveis rastros dos culpados.

Raciocinando velozmente, tanto a Romanoff original quanto o clone tinham a mesma ideia; sendo possível graças a uma saber que a outra pensaria da mesma forma que ela, as duas se preparavam para uma ação muito arriscada. A Ravena mais próxima dos "faxineiros" iria sutilmente pegar uma Hikaridama de sua bolsa de armas direita, orientando-se através do tato consigo mesma, e ficaria com ela até: — Muito bem, deixo-os passarem daqui... — No momento que falava, o clone iria cobrir parcialmente seus olhos ao mesmo tempo que detonava a bomba de luz a jogando poucos metros atrás de si própria, buscando atordoar somente quem estava na sua retaguarda. Sabendo da localização prévia dos indivíduos, tanto pela sua técnica de barreira anterior quanto pelos instantes de luz após o clarão, a cópia da Romanoff iria ativar sua linhas de vento – Fūton: Chakura no Ito – e usaria da manipulação dos fios para aprisionar os três faxineiros pelos membros, braços e pernas, fazendo do corredor uma armadilha semelhante a uma teia de aranha.

Enquanto isso a Romanoff original continuava precavida, mantendo seu Kawarimi no Jutsu para trocar de lugar com um jarro de areia, que sempre carregava em sua bolsa para utilizar a técnica de substituição, e não perdendo sua atenção ao menor dos movimentos. Por essa não ter que precisar se virar de onde estava, talvez, seria capaz de notar a sútil luz que emanaria de uma das direções, mas não era uma garantia. Ademais, buscando se esconder das três presenças desconhecidas, com seus atributos máximos, ela novamente tentaria colocar a chave que criava segundos antes para abrir a porta sangrenta e adentra-la sem pestanejar.

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Hp210 HP: 475/575 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) XQKY0 CH: 325/875 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 02/06  》

Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:


emme

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) TUYyA
"Separados nós somos grãos de areia, juntos nós somos Sunagakure no Sato!"

Criação de Habilidades | Evoluções | Criação de Itens | Recompensas Diárias
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Roy Collins
Chūnin
Roy Collins
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Dom 6 Fev - 13:41

Indo atrás de Romanoff e do suspeito

Como esperado, meus insetos não detectaram nada de suspeito pelas proximidades do rio. Seria muito difícil encontrar alguma coisa num espaço como esse, porque a água pode acabar apagando o cheiro, quem dirá algum chakra. Por conta disso retornei ao centro de Hokkaido para perto do templo de Seth. Como ordenado, meus subordinados procuraram por rastro de sangue, porém, o que eles detectaram foi bem diferente ... O chakra da Romanoff, afinal, ela está dentro do templo e mais um chakra que não sabemos de quem é.

Por ser um local do crime, somente pessoas autorizadas devem entrar. ~ Além de nós de Sunagakure, será que tem mais alguém encarregado dessas investigações? Pensava com calma antes de qualquer decisão. ~ Mas Yasuhiko iria comentar alguma coisa sobre isso pra nós. Tentava encaixar isso na cabeça para simplesmente não achar que podem ser o ou os culpados. Confesso que tenho um leve pressentimento de que Romanoff - minha companheira encarregada de investigar o local pode estar passando por perigo.

~ E eu não encontrei aqui fora nada de rastros de sangue ... Apesar de ser uma desconfiança, ainda fico com um pé atrás de achar que quem está por trás disso ainda esteja no templo. ~ Será que pode ser loucura a esse ponto? De toda forma, essa foi a única coisa diferente que consegui com meus insetos detectar de suspeito. Minha única alternativa nesse momento era seguir essa assinatura de chakra, caso contrário, vou ficar à deriva.

- Poderiam me levar para onde esse chakra está? Daria essas ordens aos meus insetos e os acompanharia. Graças ao alcance e rastreamento deles serem de 500 metros, isso acaba sendo útil. Por conta que minha companheira está por perto também, apressaria meus passos e diria o mesmo para os insetos. - Pessoal, vamos ser rápidos porque não sabemos se a Romanoff pode estar em perigo. E desse modo seguiria meus companheiros, tomando cuidado para não pisar em poças de sangue ou qualquer coisa que tenha espalhado pelo chão, pois, não posso estragar nenhuma prova do crime.

Enquanto estiver seguindo meus insetos, pegaria uma das minhas kunais na bolsa de armas e manter-me-ia atento por onde passar. Claro que meus insetos me informariam se houver alguma coisa, entretanto, todo cuidado é pouco. Caso encontrasse alguém a frente que seja perigoso, isto é, lutando contra minha companheira Romanoff, iria ajuda-la sem pestanejar numa distância em que consiga visualizar o inimigo. - Absorvam o chakra deles e ajudem a Romanoff ficando em volta do inimigo para atrapalha-lo. Falaria para meus Kikaichū num tom que apenas meus insetos escutassem, e os mandaria o mais rápido que puderem contra esse ou esses inimigos. Nesse meio tempo a Romanoff também poderia fazer alguns movimentos que a ajudaria mais ainda a se defender. Como ainda desconheço a localização da minha colega, de quem tem essa assinatura de chakra diferente e do templo de Seth, tomaria muito cuidado para avançar até entender o local que estou.

Se em algum momento o inimigo avançar em minha direção, usaria um dos jutsus básicos para me esconder e desse modo confundi-lo onde estou. - Kakuremino no Jutsu! Me esconderia tornando-se invisível com um pano. No momento em que o inimigo estiver próximo a mim, desfaria a técnica e com a kunai na mão direita atacaria em horizontal a perna dele e recuaria alguns passos para manter distância.

Fala
Pensamento

Considerações:

Status:
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Narrador
Game Master
Narrador
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Seg 7 Fev - 16:38

O Dia Mais ClaroDUNAS DE SANGUE  


A INVESTIGAÇÃO

Romanoff

Sua ação é rápida, e velozmente você prende os três empregados. O que você não esperava, contudo, era que no momento em que suas finas cordas os apertasse, eles se transformariam em sangue. Três poças de sangue caíram e espirraram em você. Você escuta o som de rodinha novamente à suas costas. As velas de repente acendem novamente, todas juntas. Agora você consegue perceber, no fundo do corredor, do lado oposto para o que você estava olhando uma figura, caída e machucada, mas ainda sim viva. As velas se apagam de novo, e agora apenas uma luz pode ser vista. Dois pontos vermelhos te observam no fundo do corredor. Você começa a sentir seu corpo fraco, a cabeça começa a doer e você oscila, querendo cambalear.

Roy,

Seus insetos vão leva-lo até a assinatura de chakra que eles detectaram. Você chegará a entrada do templo de Seth, e do lado de fora aparentemente está tudo calmo. O segurança do templo vai deixar que você passe, visto que você tem a bandana de Suna estampada. Notará que o templo está bem danificado e com muitas marcas e poças de sangue em seu salão principal. Os insetos vão leva-lo até um dos corredores, e logo que você adentrar nele, os animais te comunicarão que há uma massa de chakra naquele espaço, que você pode imaginar ser da Romanoff, mas você não a vê em lugar nenhum. De ambos os lados você verá portas, algumas abertas outras fechadas. Verá também marcas de sangue, e a iluminação é razoável, com velas acendendo o caminho. Contudo, nenhum sinal de sua amiga, mesmo assim os insetos insistem que aquele é o lugar onde ela está. Você terá que descobrir o que está acontecendo.

Altria

A mulher pareceu não muito confortável em revelar a aparência do vizinho.

Ele mora na região residencial de Hokkaido. — Apontou para o leste da cidade. — Ele estava do lado de fora do templo, quando aconteceu. Tem pele oliva e enrugada, e, é um senhor com mais de sessenta ano. — Descrição vaga, claramente. — Espero ter ajudado. Preciso ir ao mercado agora, com licença. — Mostrou-se esquiva e partiu, deixando Altria, sozinha, com mais dúvidas ainda.

Após alguns minutos, a menina vê Yasuhiko, se aproximando. Ele já havia terminado seu encontro com as autoridades de Hokkaido.

Olá, Altria, conseguiu alguma informação? Onde estão seus amigos? — Indagou. — Eu tenho mais algumas, mas é menos do que eu gostaria.

Considerações
Considerações:
TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Scre1755
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) GTG2M5mOlá, Convidado, eu sou o Narrador.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão a sua narração no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia os nossos Conceitos de Narração e entenda como funcionam as narrações aqui no fórum.
Admineiros Aprenda sobre Metagaming!
Admineiros Fique atento aos Danos Gerais do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Seg 7 Fev - 23:45

A mulher se sentiu desconfortável, e isso não passou despercebido por Altria, que fechou o punho em resposta. Ainda sim, a mulher dissera sobre o vizinho, ainda que as informações fossem vagas. Era como procurar uma agulha num palheiro; ainda sim, a cópia partiu, obstinada a encontrar o homem e fazê-lo as mesmas perguntas de outrora. As outras duas cópias de Altria também não tiveram sucesso, mas continuaram com sua abordagem aos demais moradores uma vez que possuía a aparência destes. A Pendragon, a original, permanecia com dúvidas, e após alguns minutos parada, matutando diversas ideias, foi tirada de seu devaneio por Yasuhiko, que a abordou com uma pergunta estranha. Como ele não saberia onde eles foram, ele que nos designou. Isso é no mínimo, curioso. pensou, e se dispôs a responder seu superior.

—— Roy foi para o sul, e Romanoff partiu para o oeste, para procurar por pistas com os adoradores de Isis. Quanto a mim, acho que obtive informações úteis para revelar o assassino. —— mentiu, e arqueou a sobrancelha. A chunin estava com a guarda alta devido à pergunta de seu superior, com a destra repousada no cabo da lâmina negra. Altria deu alguns passos para trás, com calma, para se afastar do homem, e ficar a exatos seis metros deste. —— E você, Yasushiko, o que conseguiu? —— finalizou, ainda com a destra repousada na lâmina, fitando-o.

As cópias da chunin ainda buscavam por respostas nos arredores do vilarejo, inclusive, uma delas procurava pelo homem que a pouco ouviu a descrição.

HP: 1050/1050, CK: 260/1050.
Clone¹: 260.
Clone²: 260.
Clone³: 260.

Esta: 2/6

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 4sh18xd
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Revescream
Genin
Revescream
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Ter 8 Fev - 16:28

000Palavras

Dunas de Sangue

Falas | Pensamentos
Sua tática funcionava com sucesso, numa fração de segundos, Ravena coordenava seus movimentos com as linhas de chakra e seu clone e aprisionava os três indivíduos no corredor com as mesmas linhas. No entanto, esse momento durava brevemente, segundos depois de presos os corpos dos faxineiros eram reduzidos a nada além de poças de sangue, o que espantava a Romanoff em primeiro contato.

"Isso não é possível, não posso tê-los matado! Tenho certeza de que apenas os imobilizei... Ou quase certeza..." A Genin ainda processava a cena que tinha acabado de visualizar, deixando a insegurança cultivar a dúvida em sua mente, porém, antes que pudesse tomar consciência, virava-se instintivamente para a direção onde estava o barulho de rodas outra vez, seguido do acender repentino de todas as velas e, por fim, o decaimento de uma figura estranha.

Uma expressão cética e duvidosa tomava conta das feições da Genin, que tentava compreender o que estava acontecendo ao seu redor, ao mesmo tempo que as luzes novamente voltavam a se apagar. "Preciso me concentrar... Pensa, pensa... Isso está longe de ser um fenômeno natural, é mais provável que esses eventos estejam sendo provocados por alguma técnica ninja." Raciocinava, seguindo com base em seus conhecimentos básicos acadêmicos e científicos para elaborar sua teoria. "Como uma versada usuária de Ninjutsu que eu sou, diria que isso é muito complexo e longe dos padrões teóricos para um Ninjutsu, Taijutsu nem cogito, restando apenas..."

Antes que pudesse terminar seu pensamento, de repente, uma tremenda dor de cabeça lhe atinge, igualmente a sensação de fraqueza em todo seu corpo em geral, fazendo a Romanoff se ajoelhar com umas das pernas enquanto finalmente avista os estranhos olhos vermelhos ao fundo do corredor.

Reunindo suas forças que ainda lhe sobravam, a titereira buscaria realizar um único selo de mão, ao qual achava necessário, para tentar escapar daquelas visões anormais que estava tendo. "Genjutsu: Kai!" Era sua melhor e única opção que pensava naquele instante, restando-lhe aguardar para ver se era de fato um terrível show de ilusões o que estava vendo ou uma maléfica verdade a de revelar.

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Hp210 HP: 475/575 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) XQKY0 CH: 577/875 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 02/06  》

Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:


emme

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) TUYyA
"Separados nós somos grãos de areia, juntos nós somos Sunagakure no Sato!"

Criação de Habilidades | Evoluções | Criação de Itens | Recompensas Diárias
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Roy Collins
Chūnin
Roy Collins
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Ter 8 Fev - 23:56

Reconhecendo o território

Segui meus insetos e eles entravam no templo. Graças a minha bandana, ninguém me interrompeu de passar e aquilo mostrava que os ninjas de Suna estão habilitados para investigarem o templo.  ~ Bom, se os meus insetos continuam detectando outro chakra além da minha parceira nesse local e só nós podemos entrar por ser uma cena do crime, tem alguma coisa aí ... Pensava rapidamente enquanto adentrava o local. O massacre do templo era nítido, pois, várias poças de sangue estavam espalhadas pelo local religioso e que ele está bem danificado. ~ Caramba, quem fez isso é sem dúvidas alguém perigoso e maluco.

A frente passávamos por um corredor onde a luz prevalecia por alguns espaços por conta de velas, mas nada extravagante. ~ Obrigado pessoal. Agradecia meus insetos por me avisarem que minha companheira estava por ali, mas, o outro chakra também. Pelos lados do corredor algumas portas estavam abertas, outras fechadas. - Sangue ... Observava cuidadosamente algumas marcas de sangue pelo caminho.   ~ Merda!!! Será que são da Romanoff?? Me perguntava com preocupação com minha companheira. Meu coração acelerou e meu instinto de alerta também, ainda mais pelo fato que não consigo enxergar nem ela, nem quem é o autor desse charka.

Parei por alguns segundos procurando ter alguma resposta de como sair dessa situação. ~ Sangue, chakra desconhecido e o chakra da Romanoff, e não consigo vê-los ... A ideia na minha cabeça acendeu como uma luz. Eu poderia estar sob um genjutsu que impede de enxergar. ~ E meus insetos são imunes a eles ... Então faz total sentido. Dessa forma tentava bolar alguma forma em que possa sair dessa ilusão.

Genjutsu não é o meu forte, entretanto, tenho o conhecimento básico por conta dos meus anos de academia. Nossos professores pegavam muito no pé em que essa é uma poderosa arma de ilusão em momentos críticos de batalha. Ter uma maneira de sair de um genjutsu é fundamental para não deixar o inimigo sob vantagem. Mesmo não sabendo nenhuma técnica que possa desativar isso, eu tinha uma outra opção, através da dor. Desse jeito consigo fazer com que o usuário dessa técnica não tenha mais controle sob meu sistema nervoso e assim acabo saindo dessa ilusão.

~ Não tem outro jeito ... Me manteria no inicio do corredor, distante de onde estava aquele chakra desconhecido e pegaria uma kunai da bolsa de armas com a mão direita. Faria um corte no dedo do meio e no indicador da mão esquerda. Por ser destro, isso não irá atrapalhar no combate e nem fará com que eu perca muito sangue. Precisaria de causar uma dor em que realmente meu sistema nervoso acorde para a realidade, por isso seria nos dois dedos.

Em seguida olharia novamente para o corredor e procuraria pela minha companheira. Caso a veja, falaria em alto tom. - Romanoff!! Estou aqui também ... Vim te ajudar!! Parece que encontramos o autor disso tudo. Mas, como você está?? E por último observaria meu inimigo, suas armas e se o reconheço. - Me pergunto o porque ainda está aqui ... Deixou alguma coisa ou quer apagar as pistas?

Fala
Pensamento

Considerações:

Status:
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Narrador
Game Master
Narrador
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Qua 9 Fev - 15:11

O Dia Mais ClaroDUNAS DE SANGUE  


A INVESTIGAÇÃO

Romanoff & Roy

Finalmente vocês estão no mesmo lugar, por mais que Roy não consiga enxergar nada além de um corredor vazio. Inteligentemente o menino havia notado que se tratava de uma ilusão, uma ilusão espacial. O usuário alterava a percepção do ambiente de qualquer um que entrasse em contato com seu chakra, espalhado pelo corredor, moldando e alterando a forma do lugar da forma que ele bem entendesse. Quando o sangue escorreu dos dedo de Roy, o menino veria o corredor, parecido com o que já estava vendo, só que agora podia enxergar Romanoff. A menina estava próxima a um desmaio, e alguns segundos depois Roy a veria cair ao chão, desacordada sob efeito da técnica do inimigo. Porém, caso se distraísse com a amiga, não veria a figura ensanguentada e caída ao chão no fundo do corredor. Este, realizaria um ataque na direção dos dois, porém apenas Roy poderia defender. Um jato vermelho cor de sangue, sairia em alta velocidade na intenção de acertar tanto Roy quanto Romanoff. O Jato viajaria na velocidade de 10 metros por segundo, e cortaria uma distância de vinte e cinco metros para chegar até os dois genins.

Altria

Soube que um grupo de andarilhos vindos de Iwagakure solicitaram asilo em Hokkaido há uma semana. Eram cerca de cinquenta pessoas, entre elas muitas mulheres com crianças e homens sem esperança de um futuro promissor na Pedra. O governador de Hokkaido acabou aceitando o grupo de refugiados, que estão ainda dentro da cidade. Um dos conselheiros acredita que o agente causador do ataque ao templo de Seth veio infiltrado nesta aglomeração. É só uma hipótese, sim, mas já é algo para nos orientar. — Ele virou-se, olhando para o templo de Seth, que ficava a poucos quilômetros de distância de onde estavam. — Vamos avisar a Romanoff e Roy das novas descobertas.

Vocês dois chegariam com relativa velocidade na catedral, e o sangue chamaria a atenção de vocês da mesma forma que chamou dos outros dois. Yasuhiko, por ser um jovem experiente, analisa aquela situação e já tira algumas conclusões. Vocês escutam um som, vindo diretamente do corredor à direita. Rapidamente vão até lá. Ambos se depararão com muito sangue espirrado pelas portas laterais e pelo tapete, e pelo menos um corpo ao chão, podendo ser dois corpos, e até três corpos caídos. Tudo dependerá do que aconteceu segundos antes da chegada de vocês.

Considerações
Considerações:
TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Scre1755
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) GTG2M5mOlá, Convidado, eu sou o Narrador.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão a sua narração no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia os nossos Conceitos de Narração e entenda como funcionam as narrações aqui no fórum.
Admineiros Aprenda sobre Metagaming!
Admineiros Fique atento aos Danos Gerais do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Roy Collins
Chūnin
Roy Collins
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Qua 9 Fev - 23:05

Sem tempo para pensar

Ao cortar meus dedos da mão direita com a kunai, gotas de sangue caíam e meus olhos pareciam que saíam de um transe por agora poder ver a realidade. - O QUE TÁ ROLANDO AQUI?? Falava nervoso e de maneira rápida tentando assimilar quem era o inimigo, o que acontecia com Romanoff e o que precisava fazer.  Só que essa situação exigia uma rapidez na tomada de decisão inacreditável ...

Minha primeira missão em que coloco minha vida em risco, e posso dizer que a prática não tem nada haver com a teoria. A adrenalina do perigo sobe de uma maneira que o calor da luta faz o sangue percorrer suas veias muito mais rápido do que o normal. Sem falar do tempo de reação, defesa e contra-ataque. Nesse caso, o tempo para pensar é escasso, pra não dizer nulo. Um jato de sangue vinha ao encontro de Romanoff e o meu numa velocidade absurda, onde era nítido que minha companheira estava indefesa diante disso. ~ Não posso deixar isso feri-la. Minha filosofia de vida e a dos Aburame sempre foi de ajudar todos que precisam, independente da circunstância, afinal acreditamos que o mundo só pode ser melhor onde pessoas colaboram uma com as outras. Quem dirá uma das minhas companheiras em missão.

Por um bom tempo treinei minha velocidade na academia ninja com meus professores e no templo com meu pai, porque em questão de força física, isso nunca foi o meu forte. E por conta desses treinos também aprendi uma técnica em que aproveito da minha velocidade. Seria o momento ideal para tentar salvar Romanoff desse ataque ou pelo menos tentar fazer com que ela se machuque menos do que iria caso eu não ajuda-la. - Shunshin no Jutsu!

Usaria esta técnica para me esquivar do jato de sangue e pegar a Romanoff no chão. Colocaria seu braço mais próximo em volta do meu pescoço para usar de apoio e aproveitando da velocidade me jogaria a frente junto com ela para a porta aberta mais próxima. Por estar a frente, tentaria amortecer a queda para evitar ao máximo machuca-la. - Procurem atrapalhar o inimigo caso quiser vir pra cá e absorvam seu chakra!! Ordenaria aos meus insetos Kikaichū para saírem dessa sala e irem direto ao inimigo. Enquanto isso poderia ganhar algum tempo. - ROMANOFF!!! ACORDA!! Falaria em voz alta e caso ela não acordasse, chacoalharia e se necessário daria alguns leves tapas em seu rosto para acordar. Ela precisa voltar pra realidade.
Fala
Pensamento

Shunshin no Jutsu:

Status:
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Revescream
Genin
Revescream
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Qui 10 Fev - 21:54

351Palavras

Dunas de Sangue

Falas | Pensamentos
Diferente de seu último turno, a técnica de liberação da ilusão não surtia quaisquer efeitos sobre a visão que recaía sobre Romanoff, que continuava a enfrentar a mesma situação enfadonha de sua mente. "Não... Não! NÃO! Isso é uma ilusão! Tem que ser uma!" A morena se desesperava pelo terror, além dos sentimentos de impotência e vulnerabilidade que lhe atormentavam, sentindo as dores de cabeças piorarem com mais intensidade, não permitindo que a Genin raciocinasse outras formas de sair daquela enrascada.

"Eu... Eu não quero ainda... Não quero morrer..."

Desnorteada, Ravena perdia as forças de suas pernas, caindo para o lado sobre um de seus braços; e pela primeira vez, uma emoção tomava conta do semblante geralmente inexpressivo da morena: angústia. Sua visão embaraçava com a imagem dos olhos vermelhos se aprofundando em sua mente, escurecendo conforme sentia os olhos se fecharem para talvez nunca mais abrirem. No entanto, pouco antes de perder seus sentidos, ela conseguia escutar um chamado distante pelo seu nome, em sequência de outras falas inaudíveis a esse ponto, um tom de voz familiar trazia um pequeno resquício de esperança e conforto para a mesma, sabendo que não estaria sozinho de certa forma.

Romanoff tentou clamar pela ajuda, entretanto, sua voz não saiu da garganta, desmaiando antes de conseguir pronunciar qualquer coisa.

[...]

No caso de ainda estar vida, certamente por ajuda externa, Romanoff despertaria vagarosa e desajeitadamente nos braços de quem estava, resmungando de dores que sentia nos lados das bochechas. — Hmf... Quando foi que vocês chegaram aqui? — Questionava, ainda um pouco sofrida da experiência que viveu, notando a quantidade de pessoas que chegavam àquele lugar. — Você pode me largar agora? — Falava em baixo tom, direcionando suas palavras ao companheiro Aburame. Era perceptível certo constrangimento da garota naquela situação, mas a razão para sua vergonha era a mais lógica do que poderiam imaginar. "Eu estraguei tudo... Agora todos sofreram as consequências por minha causa... Eu realmente não sirvo para estar aqui..." Concluindo seus pensamentos, voltava seu olhar para os arredores do lugar, buscando se inteirar mais uma vez do que estava acontecendo.

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Hp210 HP: 475/575 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) XQKY0 CH: 612/875 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 01/06  》

Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:


emme

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) TUYyA
"Separados nós somos grãos de areia, juntos nós somos Sunagakure no Sato!"

Criação de Habilidades | Evoluções | Criação de Itens | Recompensas Diárias
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Sex 11 Fev - 0:45

As informações passadas por Yasuhiko foram ótimas, o que lembrou Altria da mulher que acabara de investigar, era similar ao perfil de que o rapaz havia dado-a. Então, optou por também passar as informações obtidas por ele e por seus clones – que não obtiveram tantas assim. —— Meus clones não conseguiram muita coisa… e eu entrevistei uma mulher agora pouco que possuía duas crianças, sendo uma de colo, que se encaixa no perfil que me disse. Se você tivesse chego um pouco antes… Tsc. —— Altria reclamou, e retomou a oratória em seguida. —— Enfim, sinto que estamos mais próximos de desvendar isso do que imaginamos. A mulher de antes me informou apenas a descrição física do homem, que talvez seja útil: Pele oliva enrugada, e aparentemente é um senhor na casa dos seus sessenta anos. Talvez a pele seja verdade, já sua idade… Não posso precisar. —— concluiu, observando o homem que a chamou para seguir até o templo e encontrar seus companheiros. Altria assentiu e o seguiu com velocidade moderada.

[...]

Quando chegaram ao templo ambos notaram a quantia absurda de sangue no local. Altria pensou o pior, mas Yasuhiko se manteve relativamente calmo, demonstrando sua experiência em campo. De súbito, um som em meio ao templo, ecoando por todo este e chamando a atenção de ambos, que após alguns minutos reparam que o som vinha do corredor a sua direita. Fugazmente ambos foram até lá, mas quando chegaram notaram ainda mais sangue, inclusive, espirrado nas portas e tapete do ambiente, assim como corpos estirados neste.

—— O que aconteceu com eles? Merda. Romanoff, está tudo bem com você? Roy? —— Altria se aproximou, ajudando-os e reparando se estes estavam feridos ou algo do tipo. O outro corpo, porém, a chunin não fazia ideia de quem era, e por conta disso indagou aos demais. —— Vocês sabem quem é este? Foi um de vocês que o derrotou? —— Indagou, observando aquele no solo estirado. De súbito, raios azulados cobriram o corpo da loira, dando-a um ar diferente, mais firme. A garota havia ativado seu estilo de luta, preparando-se para um combate caso chegasse a este ponto.

—— Yasuhiko, o que devemos fazer? Será que ele ainda está por aqui? Do contrário, Romanoff não estaria caída quando chegamos aqui. Droga… —— finalizou, irritada. Altria estava atenta ao seu redor, e pronta para agir caso fosse necessário.

HP: 1050/1050, CK: 966/1050.

Esta: 2/6

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 4sh18xd
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Narrador
Game Master
Narrador
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) OxxAo3l

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Sex 11 Fev - 16:18

O Dia Mais ClaroDUNAS DE SANGUE  


O FINAL DO ESTUDO EM VERMELHO

Yasuhiko e Altria, chegam ao corredor e se deparam com um um cenário manchado em vermelho. Levemente sujos de sangue, Roy e Romanoff estavam próximos um do outro, com o menino ajudando a Kugutsu-nin a se levantar. Assim que notaram que ambos estavam bem, foram pegos por um terceira figura no fundo do corredor. O homem, aparentemente morto, não se mexeu com a chegada dos dois.

O jonin foi atencioso com os genins caídos, mas notando que eles estavam bem apesar de tudo, com Romanoff sendo a mais debilitada, mas não demonstrando nenhum grave ferimento. Altria, agora focada no corpo inimigo ao fundo do local, ativou seu estilo de luta, e de imediato Yasuhiko a acalmou.

Guarde suas forças, guerreira, este inimigo já está morto. — Foi doce com ela. Sinalizou com a mão para que eles não o seguissem. Aproximou-se do moribundo, e agora teve a certeza, ele realmente havia morrido. — Roy, Romanoff, vocês batalharam com este homem? — Pelas marcas ao redor do corpo, Yasuhiko deduziu que ele havia entrado em conflito com alguém. Revistou os bolsos, e a bolsa que o morto carregava, e encontrou algo que o pegou de sobressalto. — Não pode ser... — Ficou embasbacado ao encontrar a bandana do sujeito escondida em sua mochila. — Venham ver. — Os chamou.

Ao se aproximar os trio nota que ele ergue o identificador ninja que havia encontrado, e todos puderam vislumbrar... Iwa. A bandana ostentava o símbolo da Pedra. Mas por que a Pedra atacaria a Areia? Isto Yasuhiko ainda não sabia.

Roy, faça mais uma busca pelo local, procure por mais assinaturas de chakra. Preciso saber se ainda existem outros por aqui. — Roy felizmente não encontraria mais nada por aquela parte, dando a entender de que só havia aquele homem por aqui. — Se não encontrar nada, vamos volta para Suna, o conselho precisa saber disso. Isto é uma responsabilidade nossa, e apenas nossa. — Se referia ao governo de Sunagakure. O moreno realizaria alguns selos, e invocaria um animal, que receberia a ordem do jonin para que engolisse o corpo do assassino, juntamente de sua mochila e pertences.

Os quatro retornariam para a Areia. Todos os outros ninjas que estavam em Hokkaido, também seriam convocados de volta. Por toda a viagem vocês divagariam e conversariam sobre o que havia acabado de acontecer, inclusive levantando hipóteses e teorias baseados nas coisas que presenciaram e nas pistas que encontraram.

Considerações e Recompensas
Considerações:
TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Scre1755
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) GTG2M5mOlá, Convidado, eu sou o Narrador.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão a sua narração no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia os nossos Conceitos de Narração e entenda como funcionam as narrações aqui no fórum.
Admineiros Aprenda sobre Metagaming!
Admineiros Fique atento aos Danos Gerais do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Roy Collins
Chūnin
Roy Collins
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 100x100

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Sex 11 Fev - 23:48

Reflexão do massacre em Hokkaido


Desviar do ataque foi um sucesso e o melhor foi que a Romanoff não se machucou gravemente. Após isso, ela acordou e ao mesmo tempo pediu para solta-la.  - Claro! Notava que ela demonstrava um certo incômodo. Me pergunto se isso tem haver de eu ter a ajudado ... Espero que ela não fique com raiva de mim por conta disso, afinal, somos ninjas da mesma vila e companheiros de missão. De repente Yasuhiko e Altria chegavam e checava se estávamos bem, apenas assenti com a cabeça.

Já a chunin mostrava seu poder em defesa contra o inimigo. ~ Incrível esse poder!! Observava os raios azuis em volta dela que a deixava sua postura mais séria, firme pra ser exato. - Eu não cheguei a lutar contra ele, só acabei quebrando um genjutsu que caí e depois ajudei a Romanoff. Não queria que ela se sentisse incomodada com o que fiz, por isso mencionei o "ajudei".  Em seguida nosso líder pedia para Altria se acalmar porque o inimigo já está morto, e que precisamos ver de perto uma coisa.

~ Será que tem alguma coisa importante? Pensava no momento que nosso chefe pegava a bandana do inimigo e mostrava. - O que a vila da pedra tem haver com isso? Ficava chocado com o que via. Esse tipo de coisa pode gerar guerra entre a minha vila e a da pedra, afinal, nossos conselheiros não irão ver isso com bons olhos. ~ Será que os demais estão pensando o mesmo que eu? Possível conflitos entre vilas ... Pra não dizer o pior.

Yasuhiko me pedia para verificar mais uma vez ao redor pra ver se encontrava mais algum outro tipo de chakra. Concordei com a cabeça e dei a volta pelo templo e na parte de fora, com o auxílio dos meus insetos para detectarem algum outro chakra.  - Fiu, fiu, fiu, fiu ... Assoviava para tentar acalmar meus pensamentos e pensar no que pode ter acontecido aqui. Apesar de já ter visto essa quantidade de sangue, estar aqui de novo não me faz se sentir bem ... Quem está por trás disso matou diversas pessoas em um dos templos da cidade e ainda ficou por aqui. ~ Esse cara deve ter ficado tentando apagar alguma pista que deixou para trás ... Como tem muito sangue, ele pensou que deixou alguma pista para quem fosse investigar. Refletia durante minha ronda. ~ Então depois que ele terminou de apagar todas as pistas, viu que não tinha como fugir devido que isso repercutiu por Hokkaido e se matou para não entregar nenhuma informação. Só que ele esqueceu de um pequeno detalhe, a sua bandana. Com um leve sorriso entendia o que já li em alguns livros de investigação. - Todo culpado deixa alguma pista pelo caminho. Basta que investiguemos a fundo que iremos encontrar. Falava comigo mesmo quando finalizei a ronda. Em seguida voltava para a companhia do meu time.

Seguindo as orientações do Jonin, nós iríamos voltar juntos para Sunagakure pra informar ao conselho o que descobrimos nessa missão. Durante o caminho precisaria conversar com meus companheiros pra verem o que eles acham, até porque, isso aqui pode ser só um estopim pra algo maior. - Galera, o que aconteceu em Hokkaido foi um marco e tanto para a cidade. Comentava com cuidado nas palavras para que eles entendam onde quero chegar. - Quando nossos conselheiros souberem que um dos envolvidos é de Iwagakure, eu temo que isso pode gerar grandes conflitos entre as vilas. De certo modo me dá medo, pois guerras nunca trazem bons resultados. - Se não for causar uma guerra ... Finalizava aguardando o que meus irmãos de vila tinham pra falar.

Fala
Pensamento

Status:
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Ha1M73n

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Sab 12 Fev - 10:17

Altria estava irritada, mas Yasuhiko a acalmou, e a garota o fez como fora pedido, desativando suas defesas. O rapaz caminhou alguns metros, rumo ao corpo já derrotado e o averiguou, e após algum tempo ele convocou todos ali presentes para mostrar-lhes algo um tanto quanto chocante, a bandeira de Iwagakure no Sato. Altria arregalou os olhos e ficou sem entender o motivo daquilo, não imaginou do porquê a vila da pedra faria isso com Sunagakure, sequer sabia se estes possuíam motivos para o fazer. A mulher ponderou por um instante mas não conseguiu nenhuma ideia para isso, o que era um tanto incômodo a ela. Yasuhiko pediu para Roy fazer mais uma busca com seus insetos, e assim o garoto fez.

—— Talvez a vila da pedra queira nos enfraquecer ainda mais? Para nos atacar e dominar? Isso seria… Altria fez uma pausa, levando a destra até o queixo, pensando em inúmeras possibilidades. —— Sim, Roy, iremos investigar isso a fundo e descobrir o verdadeiro motivo para isso, mas não consigo deixar de imaginar que eles querem nos dominar, e isso por si só, é um insulto à areia, e a punição para tal insulto é com a morte. —— Altria foi rígida, inabalável em sua fala, demonstrando estar mais do que preparada para lidar com quaisquer ameaças à areia, independente de quais fossem. A garota ficou parada em silêncio por mais um minuto, até que Yasuhiko os convocou para voltar ao vilarejo e informar aos conselheiros do mesmo.

Em meio ao retorno, Roy comentou algo que deixou Altria um tanto animada. Conflito. a garota pensou, queria lutar, estava ávida por uma batalha onde poderia usar de todo seu poder, e se fosse para punir aqueles que conspiraram contra a areia, ainda melhor. —— Deixe-os vir. Se os conselheiros quiserem uma guerra, deixe-os ter, nós iremos triunfar sobre as carcaças de nossos inimigos, sejam eles quais forem. Mostraremos a todos o poder da areia, e a destruição do vilarejo da rocha deixará claro que ainda que estejamos em reconstrução, somos uma força a temer. —— finalizou, séria.

HP: 1050/1050, CK: 966/1050.


Esta: 1/6

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 4sh18xd
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Revescream
Genin
Revescream
Vilarejo Atual
[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6a77928adbc12e164cffce18439aa4c7

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado Sab 12 Fev - 16:34

575Palavras

Dunas de Sangue

Falas | Pensamentos
Quando os sentidos finalmente retornavam para si, a Romanoff desejava esconder seu rosto no primeiro buraco que encontrasse. "Eles devem estar pensando que sou um membro fraco... Eles tem o direito de pensar assim..." O gosto amargo do fracasso tomava seu paladar, embora as circunstâncias mostrassem um sucesso parcial de seu trabalho, a simples visão de que ela era a única do trio a estar debilitada se mostrava um cenário ainda pior do que a ilusão que enfrentou minutos atrás. "Eu estaria morto se não fosse por eles... Eu tenho que me redimir, principalmente com o Collins." Olhava de canto para seu companheiro Aburame, estando prestes a falar com esse quando era cortada pelo chamado de Yasuhiko, sinalizando ter encontrado alguma coisa na inspeção do moribundo.

Aproximando-se como pedido, a Kugutsu-nin teve um rápido lampejo de surpresa, quando reconhecia o símbolo de Iwagakure na bandana do inimigo, mas sua expressão ligeiramente espantada voltava ao seu olhar cético poucos instantes depois. Ainda que a possibilidade da outra vila estar tramando uma futura guerra contra Sunagakure fosse a primeira e mais sensata hipótese que vinha a cabeça, muitas outras dúvidas permaneciam sem resposta e faziam a revelação do envolvimento de Iwa, no minímo, suspeita e duvidosa.

Ravena permanecia em completo silêncio, desde a chegada dos maiores graduados até a orientação de Yasuhiko em voltarmos para Suna, observando também o Jōnin invocar um animal que armazenava todos os comprovantes físicos da investigação. Novamente, a Romanoff desejava falar algo a respeito, mas não se sentia no direito de pedir nada após o estado em que a encontraram. Ela acompanhou seus colegas até o caminho de retorno ao vilarejo oculto entre as areias, escutando as teorias e especulações que os mesmos criavam em cima da descoberta anterior, causando um desconforto ainda maior na usuária de marionetes.

"Muitas coisas ainda estão no escuro... É quase uma certeza de que eu não fui quem matou aquele ninja, então, quem o matou? E se esse é um aliado, porque não relatou a ninguém? Não faz sentido alguém, seja colega ou inimigo, deixar um dos possíveis culpados para trás depois de mutila-lo até aquele estado. Se fosse um caso de suicídio, após o culpado voltar para eliminar provas, não faz sentido ele sucumbir apenas depois de nós o encontramos..."

Repousando sua destra na testa, a morena soltava um suspiro que nem sabia estar segurando. — Espero que o conselho de Suna não tome providências precipitadas... Isso tudo ainda é muito estranho. — Comentava, mais parecendo divagar em voz alta. — Pelo que sabemos, Iwa e Suna são as únicas vilas das Grande Nações que ainda estão reconstruindo suas forças e também as únicas que permaneceram neutras diante a guerra que instaurou entre as outras três grandes vilas. Por mais que as chances de Iwa estar planejando algo existam, a possibilidade de que alguém esteja buscando incrimina-la para nos colocar em outro estado crítico de poder militar também é gritante... Uma guerra, tanto para Iwa quanto para Suna, é a última coisa que seria lucrativa para ambas....

Um silêncio ensurdecedor veio após seu monólogo, ao qual a Romanoff percebeu e buscou disfarçar com uma tosse. — De qualquer forma... Muito obrigado, Altria, e principalmente a você, Roy, espero poder retribuir o que fizeram por mim hoje no futuro... — Terminava, abaixando sua cabeça enquanto fechava os olhos, sentindo o peso da consciência voltar para seus ombros e lhe fazendo apagar durante o resto da viagem.

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) Hp210 HP: 475/575 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) XQKY0 CH: 647/875 [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 00/06  》

Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:


emme

_______________________

[O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) TUYyA
"Separados nós somos grãos de areia, juntos nós somos Sunagakure no Sato!"

Criação de Habilidades | Evoluções | Criação de Itens | Recompensas Diárias
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [O DIA MAIS CLARO] DUNAS DE SANGUE (Investigação) - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte