:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Filler] Despertando de Um Pesadelo FwEdX3H

Shizui
Jōnin
Shizui
Vilarejo Atual
[Filler] Despertando de Um Pesadelo FwEdX3H

[Filler] Despertando de Um Pesadelo - Publicado Sab 4 Dez - 22:13

ONE
DAY AT
A TIME
Aos poucos os olhos se abriam, com uma dor incômoda como se a muito tempo não avistassem a luz. Tudo o que conseguia ver era uma imagem embaçada, porém esbranquiçada, do que deveria ser o teto de algum lugar. —‌ Onde estou? ‌—‌ Meu corpo se sentia fraco, enquanto em meu braço um tipo de tubo bem fino se encontrava preso, com uma agulha em sua ponta espetando minha veia. —‌ Porque estou com isso? ‌—‌ A confusão era nítida em meu rosto, e por sorte uma enfermeira apareceu para me ajudar. —‌ Nossa, que bom que acordou. Espera um instante, vou chamar o doutor. ‌—‌‌ Não consegui ver direito o seu rosto, mas o tom de seus cabelos eram dourados.

Não demorou para que um homem barbudo e baixinho, não que eu fosse alto é claro, adentrasse no quarto com um sorriso grande estampando todo o seu rosto. —‌ Ora ora, o menino decidiu acordar não é mesmo? ‌—‌ ‌Aos poucos meus olhos se ajustavam ao ambiente, tendo maior nitidez no que via. —‌ O que aconteceu? Porque estou aqui? ‌—‌ Suas mãos estavam para trás, mas logo seguiram até seu peito puxando um objeto que não conhecia. —‌ Vamos com calma meu jovem, você está a muito tempo dormindo. Lhe darei as respostas, mas antes deixe-me ver suas batidas. ‌—‌ Aquelas palavras não me tranquilizaram, pelo contrário.

—‌ Pronto pronto, seu coração bate como um reloginho. ‌—‌ O homem se afastou um pouco, mas continuou não me dizendo o que eu queria. —‌ O que aconteceu? Porque estou aqui? ‌—‌ ‌Ele sinalizou com a mão para que eu não falasse muito, mas respondeu o que eu tinha dito. —‌ Você foi achado no meio da floresta, com alguns corpos ao seu redor. Alguns eram de seus companheiros de time, enquanto outros eram ninjas inimigos. Esses estavam mais afastados, como se estivessem fugindo de alguma coisa. ‌—‌ Não conseguia lembrar daquilo, na verdade só de uma breve lembrança de gritos vindos de todos os lados. —‌ Eu não me lembro de quase nada. É como se tudo fosse um branco total. A quanto tempo estou aqui? ‌—‌ O médico suspirou um pouco antes de me responder, como se ela não fosse das melhores.

Dava para ver que eu já estava ali por um tempo. Meus cabelos estavam maiores que o normal, e meu corpo já não era mais tão pequeno quanto antes. —‌ Você está aqui há um bom tempo. Alguns anos por assim dizer. ‌—‌ Ele não entrou em muitos detalhes, mas talvez fosse o melhor a ser feito. —‌ Entendi, eu... ‌—‌ ‌Meu fôlego acabou repentinamente, deixando-me bastante cansado. —‌ Se acalme se acalme, é melhor você deitar um pouco para descansar. Já falou demais, e isso tudo é muito informação para você. ‌—‌‌ A mulher me ajudou a deitar, fazendo minha cabeça pousar sobre o travesseiro colocando algo no soro que corria até minhas veias.

Os olhos começaram a pesar, pouco a pouco um sono incontrolável tomou conta de todo o meu corpo. Não conseguia me manter acordado, e ali percebi o que tinha sido injetado no soro. —‌ Não se preocupe, você precisa descansar um pouco depois disso tudo. ‌—‌‌ Não consegui dizer não, quando percebi um imenso escuro me engoliu. Meu corpo se sentia leve, minha mente não pensava em nada. Tudo o que me restava naquele momento era relaxar, mesmo que involuntariamente. Não resisti a tudo aquilo, pois a sensação era boa demais para lutar contra ela tão fortemente.

Pensei que ficaria bem, que dormiria até o dia seguinte, mas então algo aconteceu. Uma pequena luz se formou em minha mente, e aos poucos foi tomando forma e crescendo mais e mais até conseguir ver nitidamente do que se tratava. Haviam diversas pessoas, sendo algumas com bandanas da folha enquanto as outras… Bem, eu não conseguia ver o símbolo em suas testas. Eu estava na parte de trás, como se estivesse fazendo a defesa das costas de todos. Havia algo estranho, algo que não era para estar ali. Era uma presença obscura, escondida atrás de uma árvore próxima aos inimigos.

Seus olhos eram amarelos, e sua silhueta completamente negra. Tentei gritar para os outros que aquele ser estava escondido, mas parecia que minha boca estava colada. Tentei avançar, mas meus pés estavam soterrados até as canelas e eu não conseguia sair. A agonia pouco a pouco tomava conta de mim, e diante dos meus próprios olhos vi meus amigos morrerem na minha frente sem que eu pudesse fazer nada.

Talvez esse tenha sido o motivo de todo o problema. Aquele ser sombrio caminhou lentamente em minha direção, enquanto eu aos poucos ia perdendo as forças e até mesmo o controle do meu próprio corpo. Ele parou na minha frente, e sorriu. Um sorriso macabro, mostrando seus dentes afiados e sua face maligna. Seu abraço era gélido e desconfortável, mas ao mesmo tempo eu não conseguia sair dele. Naquele momento tudo se tornou um completo breu, até eu retornar a mim.

Quando os meus olhos se abriram só consegui ver corpos espalhados por toda a parte, e alguns completamente destroçados como se um animal os tivesse atacado. Não conseguia lembrar do que estava acontecendo, e aos poucos minha mente ia se esvaindo. Aquela imagem de uma sombra se esgueirando não saiu da minha cabeça, mas nada pude fazer quanto a isso. Então eu apaguei, levando comigo toda a história do ocorrido.

Quando despertei novamente já era manhã. O sono durou quase um dia inteiro, e quando dei por mim ainda estava deitado naquela cama. —‌ Ah, você acordou novamente. Vejo que descansou bem. ‌—‌‌ Ela ainda mantinha um imenso sorriso em seu rosto, e logo se aproximou de mim para fazer alguns testes. —‌ Desculpe por ontem, você precisava depois de tantas informações. ‌—‌‌ Não disse nada, apenas acenei positivamente com a cabeça enquanto a observava tirar a agulha do meu braço. —‌ Não se preocupe, logo logo irá melhorar. Agora você só precisa respirar fundo e fazer a reabilitação.  ‌—‌‌ Ela continuou, cuidando mais dos detalhes ao mesmo tempo em que me explicava o que seria feito na tal reabilitação. Um meio de melhorar a minha condição, que ao longo do tempo foi se tornando ruim.

HP: 275/275 | CH: 375/375 | ST 0/4

Considerações:

_______________________

Ficha | G.F | Banco | R.D | C.J | C.H | Mod.Ag | Org |  Template

[Filler] Despertando de Um Pesadelo Eru143

staz blood
Nukenin A
staz blood
Vilarejo Atual
[Filler] Despertando de Um Pesadelo Eru143

Re: [Filler] Despertando de Um Pesadelo - Publicado Dom 5 Dez - 15:00


Situação: Aprovado
Considerações: -x-
Recompensas: +200 de Status.

_______________________



[Filler] Despertando de Um Pesadelo Eru43

I hate to let you go, but if I don't
Then we both know
I'll bury us both, fed to the night
As ghosts