:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Verão
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Cena - Solo] O Pintor Rsz_1r10

Spike
Chūnin
Spike
Vilarejo Atual
[Cena - Solo] O Pintor Rsz_1r10

[Cena - Solo] O Pintor - Publicado 23/1/2021, 11:38

HPCHST
200/200200/20000/02
Zoro estava a meditar por baixo do sol escaldante de Suna, quando foi interrompido por uma kunoichi, que tinha um recado para lhe entregar, tinha-lhe sido atribuída a sua primeira missão. Devido à sua proficiência em combate, foi-lhe dada uma missão de escolta, onde o objetivo era acompanhar Hiroshi, um famoso pintor, desde Suna até à sua aldeia natal. Apesar de não gostar muito de seguir ordens, uma missão de escolta pareceu-lhe uma ocasião com algum potencial para progresso.

De alguma maneira, apesar de parecer uma proeza impossível ao mortal comum, Zoro conseguiu perder-se no caminho para o portão da vila, e chegou atrasado. Hiroshi já estava à espera e aproximou-se. "Estás atrasado." Apesar de ligeiramente atrapalhado por ter sido reconhecido, Zoro apenas respondeu. "É, desculpe." Hiroshi era um homem magro e baixo, nos seus cinquenta ou sessenta anos, com uma barba curta por fazer, e carregava uma mochila que tinha uns quantos pincéis presos do lado de fora.

Hiroshi começou a observá-lo atentamente de forma meio bizarra, antes da sua visão focar as espadas e ele soltar um comentário. "Quando me disseram que vinhas com três espadas eu não acreditei. Porquê três?" Zoro ficou confuso com a pergunta, nunca tinha pensado que as pessoas achariam estranho uma pessoa estar carregando três espadas. "É como sempre lutei, estou mais acostumado assim." Hiroshi simplesmente abanou os ombros, aceitando a resposta, mas a sua confusão continuava presente.

Sem mais demoras, Hiroshi sugeriu que começassem a viagem, que ainda seria longa. "A minha aldeia ainda é no País do Vento, mas a viagem é longa. Podemos ir andando?" Zoro confirmou abanando a cabeça, e Hiroshi liderou o caminho, vai na volta e Zoro perdia-se novamente.

Considerações:

Bolsa de Armas:

Descrições:



_______________________

[Cena - Solo] O Pintor Rsz_1r10

Spike
Chūnin
Spike
Vilarejo Atual
[Cena - Solo] O Pintor Rsz_1r10

Re: [Cena - Solo] O Pintor - Publicado 23/1/2021, 12:39

HPCHST
200/200200/20000/02
A caminhada pelo deserto era complicada, mas Hiroshi parecia empolgado e com vontade de conversar. "Zoro certo? Tenho estado curioso por isso vou perguntar, desculpa se for insensível. O que é que te aconteceu ao olho?" Zoro, não conhecendo bem o senhor, não se sentia confortável em dar os detalhes, e não havendo qualquer necessidade para tal, decidiu dar a explicação mais simples e direta que conseguiu arranjar. "Perdi. É tão simples quanto isso."

Hiroshi pareceu visivelmente triste com a resposta, e explicou o porquê. "É uma pena... Deixa-me triste ver gente tão nova ferida dessa maneira. Faz-me pensar que há demasiada coisa errada com o mundo quando isso é a norma." Zoro, irritado com a afirmação do senhor, respondeu com a sua perspetiva. "Cada um de nós escolheu o seu caminho. Todos nós temos sonhos e ambições, e todas elas têm riscos. No nosso caso, o risco é físico, e temos de estar preparados para isso."

O senhor soltou um sorriso leve, parecendo consolado. "És capaz de ter razão. Eu sempre quis partilhar as minhas pinturas e ligar as pessoas através delas, finalmente sinto que consegui. Assumo que tenhas os teus próprios sonhos, quais são?"

"Vou-me tornar o espadachim mais forte do mundo." Hiroshi sorriu com a ambição de Zoro. "Ser o melhor do mundo, seja no que for, é extremamente trabalhoso. Pareces ser bom rapaz, espero que consigas." E assim a conversa terminou, pelo menos por um tempo.

Os dois caminharam calados durante umas duas horas, até que Zoro reparou que o vento estava a começar a acumular. "Vem aí uma tempestade de areia, temos de arranjar abrigo." Em poucos segundos avistaram uma gruta, para onde se dirigiram, para se resguardarem da tempestade de areia, que surgiu rapidamente, tal como previsto.

Considerações:

Bolsa de Armas:

Descrições:



_______________________

[Cena - Solo] O Pintor Rsz_1r10

Spike
Chūnin
Spike
Vilarejo Atual
[Cena - Solo] O Pintor Rsz_1r10

Re: [Cena - Solo] O Pintor - Publicado 23/1/2021, 15:15

HPCHST
200/200200/20000/02
Cada um decidiu ocupar o tempo de espera como achou melhor. Zoro decidiu fazer um treino leve, seguido de meditação, enquanto Hiroshi ocupou o seu tempo com os pincéis, fazendo uma espécie de pintura rupestre numa parede da caverna. Infelizmente, a tempestade de areia durou muito mais tempo que o normal, e só acabou já perto do anoitecer. Como viajar num deserto à noite é receita para um desastre, o par viu-se obrigado a dormir na caverna, e esperar pelo amanhecer. Ao contrário de Zoro, Hiroshi vinha preparado para esta hipótese, e tinha alguns suprimentos na sua mochila, desde comida a fontes de iluminação, que os ajudaram durante a noite.

O nascer do sol não tardou a chegar, e o par resumiu imediatamente a viagem, procurando recuperar o tempo perdido. Hiroshi parecia animado com a ideia de finalmente se reencontrar com a sua família, mas o seu caminho foi interrompido mais uma vez, desta vez por intervenção humana.

Encontraram dois homens adultos que pareciam em problemas e pediram auxílio. Zoro avançou para ajudar, mas foi imediatamente parado por Hiroshi, que achou a situação muito estranha. "Olha bem para eles. Não parecem assim tão necessitados de ajuda pois não?" Observando com mais atenção, Zoro reparou que ambos os homens pareciam bem alimentados e hidratados, ambos carregavam uma faca na lateral da perna, e um deles tinha uma corda à volta do corpo, tudo aquilo era claramente uma emboscada.

"Bem visto velhote, és astuto." Disse um dos homens, enquanto empunhava a sua faca, gesto que o outro acompanhou sem demora. Zoro pôs-se à frente de Hiroshi, e com uma expressão serena na cara, pegou em duas das suas três espadas, a Shūsui na sua mão esquerda. "Fica para trás. Eu trato deles." Estava prestes a desenrolar-se uma luta, e Zoro estava confiante.

Considerações:

Bolsa de Armas:

Descrições:



_______________________

[Cena - Solo] O Pintor Rsz_1r10

Spike
Chūnin
Spike
Vilarejo Atual
[Cena - Solo] O Pintor Rsz_1r10

Re: [Cena - Solo] O Pintor - Publicado 23/1/2021, 16:29

HPCHST
200/200200/20001/02
Zoro esperou que os bandidos avançassem, buscando apanhá-los no contra-ataque, observando-os no entretanto. A postura deles era bastante casual, e não pareciam ter qualquer tipo de treino formal. Quando finalmente atacaram, as suspeitas foram confirmadas, o ataque era desleixado, mas sincronizado, pensavam que números seria o suficiente para abater Zoro. No entanto, ele não precisou de muito esforço para rebater os golpes, tendo mais do que treino suficiente para lidar com aqueles homens.

Os ataques continuaram, mas a estratégia de Zoro não mudou, ele ia rebatendo e desviando dos ataques, até encontrar o momento perfeito para terminar a luta rapidamente. Quando ambos vieram com um corte vertical, Zoro aproveitou a postura desleixada deles para seu benefício, rebatendo ambos os punhais e desequilibrando-os. Naquele momento, uma brecha abriu-se para Zoro, que passou por entre os homens, e com uma rotação, utilizou a Shūsui para fazer cortes superficiais nas suas coxas. O ataque por si só não era suficiente, mas o veneno na Shūsui não demorou a fazer efeito, e paralisou as pernas dos homens, que caíram ao chão confusos.

Zoro não planeava magoar os homens, muito menos matá-los, ele só queria parar os movimentos deles, para poder usar a corda que tinham trazido para os prender. Obviamente, os homens não gostavam desta ideia, e bem que se esforçaram para o evitar, mas de nada serviu, e Zoro utilizou o cabo da Shūsui para os deixar inconscientes com um golpe na nuca.

Depois de os amarrar, o par levou os bandidos para um sítio seguro, à entrada de uma caverna, onde estariam seguros na eventualidade de outra tempestade de areia. Hiroshi estava impressionado, e elogiou a habilidade de Zoro, que não respondeu. Não querendo perder mais tempo, continuaram a viagem, esperançosos de que não iriam perder mais tempo.

Considerações:

Bolsa de Armas:

Descrições:



_______________________

[Cena - Solo] O Pintor Rsz_1r10

Spike
Chūnin
Spike
Vilarejo Atual
[Cena - Solo] O Pintor Rsz_1r10

Re: [Cena - Solo] O Pintor - Publicado 23/1/2021, 21:30

HPCHST
200/200200/20000/02
A viagem até à vila natal de Hiroshi foi serena, e sem mais surpresas. Quando finalmente lá chegaram, havia uma pequena comitiva para receber o famoso pintor, que estava há meses em viagens constantes. A aldeia era bem pequena, não haviam mais do que dez casas, era difícil imaginar que uma aldeia daquelas daria origem a um dos pintores mais famosos do País do Vento. Lá, o senhor apresentou Zoro como seu protetor a praticamente toda a vila, o que deixou Zoro sem saber como reagir àquela situação completamente estranha para ele. Zoro conheceu melhor os filhos de Hiroshi, ambos ainda bem novos, que se inspiraram no jovem, com o filho mais novo até expressando o seu desejo de se tornar um shinobi, para desgosto evidente do pai.

Como já era bastante tarde quando chegaram à aldeia, Hiroshi sugeriu que Zoro jantasse e dormisse por lá, e o jovem aceitou com relutância, ansioso para voltar aos treinos. Não resistindo à tentação, depois de jantar foi treinar, mas não conseguiu ser produtivo, incomodado com as três ou quatro crianças que observavam atentamente à distância. Eventualmente, as crianças aproximaram-se e começaram a fazer perguntas de todos os tipos, e interromperam de vez o treino. Elas pareciam entusiasmadas em ver um shinobi pela primeira vez na vida, e tinham uma quantidade de perguntas que só uma criança teria. Após de falar com elas por algum tempo, Zoro voltou para casa de Hiroshi, que ao amanhecer, partilhou alguns suprimentos para ajudar na viagem.

Na caminhada de volta a Suna, para variar, Zoro perdeu-se no meio do deserto, e demorou dois dias a finalmente deparar-se com os portões, totalmente desidratado e esfomeado. Quando lhe perguntaram o que se tinha passado, ele apenas pediu que da próxima vez destacassem um guia para o acompanhar.

Considerações:

Bolsa de Armas:

Descrições:



_______________________

[Cena - Solo] O Pintor Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[Cena - Solo] O Pintor Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [Cena - Solo] O Pintor - Publicado 24/1/2021, 00:25

Aprovado @Spike.

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Cena - Solo] O Pintor - Publicado