:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Campo de Treinamento
12 Anos Online
O Nascer do Sol
Arco 01
Ano 12 DG
Inverno
Após a cisão que uniu o mundo, a separação de espólios pós-guerra pareceu muito promissora, mas mais para uns do que para outros. Kumo tomou como parte de seu território uma terra pequena que para muitos não tinha nada, mas, após uma investigação minuciosa feita por ninjas enviados pelo próprio Daimyou do Fogo, foi descoberta a vantagem que Kumo tinha em mãos: estavam em posse, ainda com vitalidade, do corpo de Hashirama Senju, este que foi considerado o maior shinobi em sua época. O Fogo começou uma campanha pessoal para descobrir mais sobre isso, o que acabou culminando em uma grande reunião entre os Senhores Feudais. Mas, no fim, sem nenhum acordo que fosse bom para todos os lados, uma declaração de Guerra Mundial foi feita, e o campo de batalha escolhido foi Otogakure. Forças do mundo inteiro estão agora marchando para Oto para travar aquela batalha que pode destruir toda a paz que foi conquistada há 10 anos.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

[Treinamento II] Amaterasu 100x100

Blackfeather'
Genin
Blackfeather'
Vilarejo Atual
[Treinamento II] Amaterasu 100x100

[Treinamento II] Amaterasu - Publicado 23/8/2020, 14:54


O dia raiava em Iwa com uma leve brisa  anormalmente úmida dando ao tempo uma aparência embaçada e melancólica. As pessoas corriam de um lado a outro enquanto o pequeno ninja se dirigia a uma seção do campo de treinamento que estivesse mais vazia. Sua última sessão de treinamento no lugar aconteceu a noite e foi bem dramática. Dessa vez decidiu que treinaria outro atributo ninja fundamental, e que era de fato muito mais divertido do que treinar ninjutsu, velocidade.

Trazia consigo um papel velho onde tinha escrito tudo o que faria naquele dia. A lista era extensa e provavelmente levaria horas para ser concluída, contudo, não deixou se abater, afinal, ninguém nunca tinha dito que o caminho para se tornar um bom shinobi seria fácil. — Não sonho em ser o Tsuchikage — pensou — Mas preciso ser forte o bastante pra fazer jus a minha bandana e vila, para poder corresponder as expectativas que os professores colocaram sobre nós. — Parou por um instante refletindo suas próprias palavras e não acreditou em sequer uma delas.

A primeira parte do treinamento consistiu em correr no entorno do campo de treinamento. A corrida era intercalada com alguns momentos de aceleração e outros de desaceleração. Contava o tempo que fazia na cabeça, mesmo que, em alguns momentos, a contagem se tornasse defasada ou pouco precisa. Ainda assim prosseguiu tentando melhorar o ritmo. A má forma que respirava enquanto corria fez com que o pequeno percebesse que isso era um limitante e estava atravancando sua melhoria como velocista. Sentou por um instante para pegar fôlego, bebeu um gole de água que trouxe numa garrafa ao seu lado e observou um homem correndo, veloz e sem qualquer empecilho.

— Todos nós buscamos nos melhorar, queremos nos tornar super homens, pra proteger algo ou alguém que gostamos, mesmo que no final esse alguém seja nós mesmo. — Levantou já recuperado e voltou a correr, dessa vez tentando imitar o homem de outrora, o que não conseguiu fazer de primeira. Observar e executar são coisas diferentes. Observar e entender também. É possível executar algo por instinto, mas isso não significa entender a execução e, portanto, é praticamente impossível criar algo novo a partir disso. Observar é tentar entender, mas nada é garantia, é apenas um método de aprendizado. Amaterasu observou, tentou entender e não conseguiu, por fim se propôs a executar, pelo menos externamente, o que viu na corrida do homem. Fez várias rodadas de corrida, em algumas se sentia ofegante e em outras não.  Seu desempenho melhorou um pouco, sentiu o ar preenchendo seu pulmão, se expandindo e por fim se contraindo novamente. Cada célula do seu corpo parecia saltitar de felicidade, seus músculos não lembravam da dor, pelo menos não por enquanto, de um tempo de corrida tão prolongado.

— Acho... Acho... Que é o bastante! Agora vamos pra segunda parte. — ao dizer isso caiu no chão, os olhos estavam pesados. Seu corpo não queria responder a qualquer outro esforço. — É tão engraçado isso — disse colocando o braço sobre os olhos para se esconder da luz do sol que estava em seu auge. — Eu estou aqui me ferindo, deixando meu corpo mais resistente, mas não consegui alcançar minha alma, nem fortalecê-la, afinal eu tenho uma? — levantou apoiando os braços no chão. Sentiu uma pequena pontada no pulmão, a luz solar parecia mais intensa que o comum e o suor descia de seu rosto. Sua figura era patética, seu rosto sério e determinado se contorceu de dor quando fez outro esforço com as pernas, queria correr o máximo que pudesse, mas não só, aproveitou da mata que rodeava a floresta, dos galhos contorcidos caídos ao chão e da serrapilheira escorregadia para servir de obstáculo para sua corrida.

— Eu ainda estou correndo? Bom... Então vou continuar não posso parar agora, não vou parar, talvez eu alcance, eu alcance o que mais desejo — Tudo estava branco ao seu redor, o menino não via mais nada.

— E o que você quer Amaterasu? — perguntou uma voz distante.

— Talvez... Talvez eu queira morrer.

Sua visão foi retornando aos poucos, primeiro como vultos, depois com uma aparência rosa monocromática e por fim na forma natural. Suas pernas mantiveram o movimento enquanto ele continuava a desviar das árvores. Sua movimentação se tornou surpreendentemente mais natural que outrora. Sua mente estava em um estado de êxtase absoluto. Ouvia a voz de sua mãe, sentia o cheiro do seu pai, sua boca parecia mastigar bolos da confeitaria de Iwa, mas no fim só estava correndo, tentado se tornar mais veloz, ter uma esquiva melhor e tudo isso pra quê? Pelo quê? Porquê?

— Eu não sei, talvez nunca saiba, mas devo continuar melhorando, se ainda assim no final eu não obtiver a resposta a morte tratará de me responder.

Entrou no caminho com diversas rochas metamórficas, todas elas bastante escorregadias. Caiu algumas vezes e ficou com o joelho escorrendo um pouco de sangue. Levantou quando ouviu um rio que parecia cortar o sul do campo de treinamento. No horizonte o material particulado composto por ferro dava uma coloração avermelhada a paisagem. O jovem absorveu aquilo como se fosse parte de si, depois voltou seu olhar para a mata e mais uma vez realizou o esforço de correr até o campo de treinamento. Novamente voltava a se desviar de árvores, porém, conseguia esquivar a tempo delas. Seu pulmão não limitava mais sua corrida, estava visivelmente mais rápido.

— Ficar forte... Talvez eu não tenha motivos pra isso mas se eu não tentar eu nunca vou saber, afinal, também não tenho motivos pra permanecer fraco.

Finalizou a corrida quando pouco ou nada restava de suas forças, ao ponto de ter levado o quádruplo do tempo que levou pra ir de sua ao campo de treinamento para voltar para sua humilde morada e, por fim, descansar.  

Considerações:
• ~980
• Treinamento de Atributo: +2 Velocidade

Bolsa de Armas:

• 5 Kunai
• 3 Shuriken
• 4 ‎Senbon
• 4 Kemuridama
• 2 ‎‎Hikaridama
• 4 Ampola Vazia
• 10 ‎Fio de aço
• 4 Kibaku Fuuda
HP: 225/225; CK: 225/225; ST: 1/3

_______________________

Live 'til the day that you die ...
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Treinamento II] Amaterasu - Publicado 23/8/2020, 19:38

Tudo certinho, aprovado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas