:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Fillers] Mikan Yamanaka LE7jCRx

Klee
Genin
Klee
Vilarejo Atual
[Fillers] Mikan Yamanaka LE7jCRx

[Fillers] Mikan Yamanaka - Publicado 13/7/2020, 13:42



「 山 中 • ミ カ ン, Yamanaka Mikan 」

Temos mais um caso de roubo, dessa vez com sequestro, o aliado do suspeito foi capturado e ele está com o rosto deformado. Precisaremos de um método diferente para a abordagem. Hiro e Mikan ficarão responsáveis por este caso, os demais serão direcionados pelos seus supervisores em seguida, boa sorte a todos.

O discurso do pai atraia mais olhares para si do que o rotineiro, porém, por causa do seu já costume com a situação, pegou seu caderno de anotações e deixou a sala de reunião sem se importar com aquilo, afinal, nada que ela fizesse mudaria a situação.

Hiro a seguiu pegando um copo e enchendo de água. — A sala do interrogatório está sendo preparada, já sabe o que fazer?

Bom, nada me impede de usar um genjutsu, certo?

Boa, Yamanaka. Porém esteja ciente que ele pode ter condições de sair da ilusão, você precisa o coagir para mediante ao medo, subtrair suas forças.

Não sou muito experiente com Sakki. — admitiu e Hiro riu brevemente, bebendo enfim o líquido no copo de plástico.

Você está cada vez melhor em suas abordagens, então não duvido que conseguirá usar isso em breve. Irei pegar o relatório em minha sala, me encontre em frente ala de interrogação e meia hora.

Ao finalizar a conversa, ambos se dirigiram por caminhos opostos, ela apenas verificou algumas coisas que tinha deixado de fazer antes de ir à reunião e quando desse alguns minutos para o horário combinado, sairia dali.

A queridinha do papai mais uma vez escolhida para a missão mais fácil… Ai ai, crianças incompetentes. — alguns dos outros sargentos conversavam e riam entre si — Pena que nunca teremos esse luxo, a bonequinha sempre vai ser a mais gratificada, daqui a pouco vira subtenente sem ter feito nada útil. — continuavam.

Mikan apenas se levantou botando o caderno na mesa com força, encarando o grupo e saindo em seguida. Ela havia decidido ignorar aqueles comentários, mesmo que ainda se irritasse com aquilo. Eles sempre viam apenas de quem Mikan era filha, mas nunca pelos seus métodos ou informações conseguidas para o departamento. Em algum momento ela realmente começou a achar que ia ser assim para sempre e que ali, ela apenas filha do Coronel e pronto.

Seus pensamentos foram consigo até o encontro com Hiro na sala de interrogatório, o clima da sala era pesado e as poucas luzes conseguiam deixar a face de Mikan um tanto mais intimidadora. Apesar da deformidade, ele claramente conseguia a ver.

Comece pelo fácil, ele está imóvel, Yamanaka.

Assentiu e se aproximou colocando a mão sobre sua cabeça para tentar um jutsu de seu clã (Mind Reading), qual não surtiu efeito por estar com a mente bloqueada.

Sem reação, foi bloqueada. Alguma coisa aconteceu. — disse e Hiro apenas anotou algo na sua prancheta. Como decido, usou por fim o Magen: Jubaku Satsu, dentro do genjutsu criado pela garota, o homem parecia completamente saudável, sem nenhuma deformidade no corpo. Ali, iniciou os questionamentos sobre onde estava o companheiro do homem e a criança sequestrada. Mikan já havia começado a usar alguns métodos pouco dolorosos apesar de ainda ser tortura.

Ele fugiu, se tornou um nukennin.

Onde está a criança sequestrada? — questionou com a lâmina da kunai em frente aos olhos do homem.

Está morta. — revelou e disse a localização do corpo.

Mikan se afastou e desfez a ilusão, encostando-se a cadeira com a face triste e pensativa, apenas levantou em seguida e pegou sua própria prancheta.

Levem-no, ele não tem mais nada a dizer. Vocês decidem o que farão com ele. — disse e deixou a sala, reportando o caso a Hiro que entregou devidamente o relatório para os superiores, o nome do nukenin foi posto no Bingo Book e o interrogado seria morto em seguida.

Está tudo bem, Mikan? — Hiro a questionou após tudo.

Sim. Só é uma pena dar essa notícia ao pai da criança.

Concordo, eles devem estar fazendo isso agora. — concluiu e Mikan levantou a face ao céu do entardecer, aquilo sempre a deixava um pouco sensível. — Mas você se tornou mais forte ao lidar com isso, diferente da primeira vez.

É um elogio trágico. — disse sem mover-se.

Isso é pra você. — entregou um envelope e saiu, colocando a mão brevemente em seu ombro. — Descanse bastante essa noite.

Ao abrir ele, viu que era uma promoção vindo diretamente do seu pai, lhe fazendo suspirar. Era incrível como algo que deveria a deixar tão feliz, fosse motivo para a deixar mais cabisbaixa. Ninguém sequer a cumprimentou quando voltou a sala de descanso dos sargentos, a fazendo apenas pegar sua mochila e ir para casa. Sua face demonstrava que aquilo tinha realmente lhe feito mal, talvez por conta dos diversos casos de crianças mortas apenas por dívidas e vinganças com os pais dela. Isso a deixava cada vez pior por causa do que Hiro havia passado e também por causa do quanto ela vinha sofrendo apenas por ser filha de um homem de alta patente do departamento.

Mikan nunca teve os luxos que achavam que ela tinha, ela nem mesmo era considerada alguém de classe alta. Durante toda a sua adolescência viveu de favor com tios por intrigas com seus pais em relação a padrões de gerações que ela sempre fugiu. Agora estava em casa e tinha que lidar constantemente com aquilo. Era notável o quanto a loira estava sobrecarregada com aquilo tudo, o suficiente para mudar alguns de seus comportamentos.

Ela não conseguia dizer diretamente o que vinha mudando, mas as pessoas em sua volta notavam que a atual Mikan era completamente diferente da Mikan de dias atrás, quando ela não tinha que lidar ainda com os infortûnios da profissão de interrogadora.

Mikan sempre sonhou em estar ali, mas a questão era se ela estava satisfeita em ser aquilo que vinha sendo, a satisfação sempre vinha em primeiro lugar, ela era assim com Renji também. Percebeu que ela precisava se aproximar mais do companheiro para que ela tão ficasse doida com tudo aquilo.

É realmente isso que eu vou fazer e vou continuar fazendo.



Considerações:
HP: 1.425 | 1.425 CH: 1.900 | 1.950 ST: 00 | 06 CN: 000 | 400
[Fillers] Mikan Yamanaka URkFDZ9

Lollipoppy
Chūnin
Lollipoppy
Vilarejo Atual
[Fillers] Mikan Yamanaka URkFDZ9

Re: [Fillers] Mikan Yamanaka - Publicado 13/7/2020, 15:39

@Lessa Aprovado!
[Fillers] Mikan Yamanaka LE7jCRx

Klee
Genin
Klee
Vilarejo Atual
[Fillers] Mikan Yamanaka LE7jCRx

Re: [Fillers] Mikan Yamanaka - Publicado 19/7/2020, 17:43



「 山 中 • ミ カ ン, Yamanaka Mikan 」

Quando o senhor Yamanaka, vulgo pai de Mikan tira folga, certamente a família fecha a floricultura para fazerem uma viagem em família. Dessa vez não seria diferente e a mãe parecia animada daquela vez. A viagem havia sido determinada dias atrás, e o destino era a casa dos avós maternos da loira. Jirou dessa vez ficaria na companhia do irmão, Renji e ela haviam programado algumas coisas para fazerem juntos e Mikan até cogitou ficar, mas desde que ela havia feito as pazes com os pais, nunca tinha tirado um tempo para eles, essa era a primeira vez em que iam fazer uma viagem somente o trio.

Nem sempre era Jirou a outra companhia, muitas vezes contavam-se parentes próximos que aproveitavam para irem juntos na maioria dessas viagens.

Estamos de saída, Jirou. Não vai aprontar e cuide de Renji-kun.

Tá tá, Mikan, eu cuido do seu namorado. Agora vai…

Mikan riu e deu um último abraço a força na ruiva, ela apesar de ser a sua melhor amiga, era como se fosse realmente sua irmã mais nova, e só nos últimos dias tinham se apegado cada vez mais.

O vilarejo onde os avós moravam era perto, eles tinham uma fazenda de gado e árvores frutíferas, Mikan havia crescido entre elas e sempre que ia lá o aroma e os sentimentos vinham a tona, por isso adorava ir para lá quando mais nova.

Já fazem alguns anos que não vê seus avós, eles devem estar morrendo de saudade de você, Mikan.

Eu também sinto saudade, tenho tanta coisa para contar para eles, e mostrar o meu desenvolvimento.

Seu vô vai se orgulhar ao ver a sensora que se tornou.

O avô de Mikan era sensor nos tempos que ele servia nas forças militares da vila oculta da folha, só quando não houve mais como lutar se aposentou, pois se dependesse dele ia estar lutando até os dias atuais. Mesmo que eles tivessem defendido a tradição imposta pelos pais, a loira só conseguia sentir raiva dos pais, mesmo assim acabou se afastando dos avós.

Ao chegar nas proximidades da fazenda, a brisa invernal já ia lhe trazendo algumas memórias de bonecos de neve que construiu com sua mãe quando criança. Ali, apesar de parecer que deveria ter mais memórias dos avós, na realidade trouxe mais momentos dela com seus pais em sua mente.

Ah vocês vieram mesmo, que felicidade. Olá Mikan-chan, como cresceu.

A garota não conseguiu falar, apenas se apressou para abraçar a avó aconchegando-se em seu ombro. A mais velha correspondeu mostrando-se surpresa e acolhedora ao carinho da neta após tanto tempo.

Venha, vamos nos aquecer. Preparei chocolate quente, o seu preferido. Seu avó está quase voltando do celeiro, temos um novo casal de ovelhas, eles são umas gracinhas.

A avó contava e a família se acomodou na sala decorada de fim de ano. A garota se via correndo pela sala quando mais nova, após um dos primos roubar um dos biscoitos de coelho dela. O cheiro da casa em conjunto com a melodia das vozes lhe causava um misto de emoções e seu face demonstrava o quanto estava encantada de estar ali.

Depois de colocar algumas conversas em dia, falar de como estava sua vida profissional e amorosa, o avô da garota chegou, todos ficaram animados em ver o idoso que mesmo com a idade avançada demonstrava um vigor invejável.

Vovô. — a jovem foi ao seu encontro em um abraço aconchegante como o da avó.

Mikan, como você cresceu. Soube grandes coisas e feitos seus por sua mãe, devo dizer que estou curioso em ver seu desenvolvimento.

Mostro com prazer e adoraria umas dicas do melhor investigador que conheço. — elogiou o mais velho que riu e foram se sentar na sala.

Mesmo tendo recorrido ao lado do interrogatório, acho que dicas de investigação podem te ajudar bastante. E me orgulha ver que tem desenvolvido o sensoriamento.

Não podia ser diferente, minha família tem grandes exemplos de sensores.

A conversa durou algumas horas, naquele momento Mikan quase se emocionou em ver que sua família era unida, e em sua maioria saudáveis e repletos de memórias de suas vivências enquanto ninjas. Sua família era enorme e todos muito próximos, diferente de tantos relatos sobre pessoas que perderam seus pais em guerras em missões perigosas.

Mikan orgulhava-se do seu sangue Yamanaka.

Em sequência foram todos ajudar de alguma forma, Mikan primeiramente ajudou na cozinha sua mãe e avó e percebeu ali que estava criando uma relação mais forte com a mãe e em seguida ajudou o pai, gerando com ele também uma relação mais próxima. Pois eram momentos familiares e sem os julgamentos que tinham sobre si enquanto genin que deixavam a loira mais próxima deles, afinal, nunca mais lhe questionaram sobre um trio Ino-Shika-Cho, e de alguma forma sentia que os pais estavam orgulhosos dela mesmo seguindo um caminho distinto às tradições.

A viagem só estaria completa depois que mostrasse todo o desenvolvimento dela enquanto kunoichi para o avô, desde suas afinidades elementais a habilidades únicas que treinou ao longo de sua vida ali. Ele se impressionou com o kagura shingan e admirou-se ao ver a garota em modo eremita.

Você está tão forte, minha laranjinha, sei que um dia vai orgulhar Konoha e seu nome trará mais reconhecimento ao nosso clã.

Obrigada, vovô. Eu estou me esforçando.

O pai então a desafiou para uma luta treino com o avô de avaliador, pois mesmo que mostrasse ou falasse das habilidades que havia conquistado, nada era mais prazeroso que ver na prática. Mesmo o mais velho sendo forte, em uma luta com ela, pareciam em alguns momentos estar em níveis igualados, não apenas em jutsus de clã, mas em combates de ninshu e corporais.

Durante o confronto, muitos conhecimentos e dicas foram dados, e era enriquecedor cada uma delas. Mesmo perdendo a luta, não houve ressentimentos ou exaltação, pelo contrário, o pai ainda deu total apoio para seu autodesenvolvimento e crescimento.

Mikan estava tão feliz.



Consid.:
Jutsus e Armas:
HP: 1.725 | 1.725 CH: 2.250 | 2.250 ST: 00 | 07 CN: 000 | 400
[Fillers] Mikan Yamanaka URkFDZ9

Lollipoppy
Chūnin
Lollipoppy
Vilarejo Atual
[Fillers] Mikan Yamanaka URkFDZ9

Re: [Fillers] Mikan Yamanaka - Publicado 19/7/2020, 18:29

@Lessa Aprovado!

Tudo perfeitinho como de costume ;p
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Fillers] Mikan Yamanaka - Publicado