NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Inverno
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Ranni
2º Lugar
Hemumu
3º Lugar
Summer
1º Lugar
Ranni
2º Lugar
Hemumu
3º Lugar
Zero
Os membros mais ativos do mês
Angell
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
848 Mensagens - 39%
Shion
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
206 Mensagens - 10%
Ranni
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
187 Mensagens - 9%
Nan
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
147 Mensagens - 7%
Hemumu
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
137 Mensagens - 6%
Mako
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
136 Mensagens - 6%
Kaguya
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
135 Mensagens - 6%
Zero
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
122 Mensagens - 6%
Summer
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
120 Mensagens - 6%
Chazer
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
114 Mensagens - 5%

Os membros mais ativos da semana
Angell
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
84 Mensagens - 46%
Cherry
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
16 Mensagens - 9%
Hemumu
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
14 Mensagens - 8%
Liater
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
14 Mensagens - 8%
Chazer
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
12 Mensagens - 7%
Ranni
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
11 Mensagens - 6%
Kira
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
11 Mensagens - 6%
Summer
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
9 Mensagens - 5%
Zero
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
6 Mensagens - 3%
Zireael
[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_lcap[RolePlay] 1 + 1 = 3 Voting_bar[RolePlay] 1 + 1 = 3 Vote_rcap 
6 Mensagens - 3%


Note
Chūnin
- Aqui vai ocorrer um role play entre os players Note, Love/Hate e Aelthas -

_______________________

Note
Note
Chūnin
The forgotten one
HP: ❲ 875 • 875 ❳ CH: ❲ 875 • 875 ❳ ST: ❲ 05 • 05 ❳
Kuri andava pelo centro da vila sem rumo, olhava em sua bolsa quanto dinheiro tinha. Passava o dedo indicador pelas notas não ficando nada feliz com o resultado, ”meu dinheiro está acabando, morar na pousada está acabando com minhas economias”. Seu pensamento triste o fazia bufar para o céu limpo e bem azulado da pedra. Sua últimas roupas limpas estavam para se despedir de mundo cheiroso e liso para ir em um mundo surrado e nada visualmente apelativo. Inspirava aquele ar seco que lhe cortava a garganta seguindo para o um banco de pedra em uma das praças da vila.

Estava próximo da floricultura da vila, o ar fica mais aromático, mas ainda seco. ”Eu acho que já fiz uma missão ali, mas já fazem tantos anos que nem me lembro ao certo. Eu não lembro do que comi de manhã, não vou nem me cobrar. Apenas vou em aceitar como um inútil de mente quebrada.”
Um de seus novos hobbies era reclamar de sua vida, era um ótimo passatempo para quem fica muito sozinho e não se lembra muito bem das coisas, era mais um lembrete para sua memória falha.

Colocava suas costas para trás daquele banco sentando de forma nada formal, abrir o braços apoiando eles no banco enquanto ficava com a face virada para o céu. O sol esquentava seu rosto lhe dando certo conforto, ”eu vou me desidratar e gastar dinheiro se continuar aqui”. Com o medo eminente de gastar dinheiro, Kuri corria para o lugar próximo ao banco ainda na praça com um gramado resistente a calor e que tinha uma sobra até que boa para relaxar.

Sentava no chão aproveitando que não tinha nada para fazer, ”eu to sentindo que estou esquecendo de alguma coisa”. Ficava a pensar sobre o assunto ainda sentado ali.


Considerações:
Words: 351

_______________________

Note
Love/Hate
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7



Love
Reaparecimento: Anjo – Parte 2.


O dia estava cada vez mais quente, estava sendo impossível ficar ali na vila com aquela temperatura, isso me obrigava a utilizar meu estilo de luta para criar uma pena de dez centímetros e grossa em ambas as minhas mãos, mas essas não eram para lutar. Ambas as penas começaram a voar a minha volta e a chacoalhar ao lado de minha cabeça, gerando um pequeno vento, na intenção de me refrescar. As penas eram quase negras pela tonalidade do verde, mas não chegava a ser negras.

— Meu deus, eu vou matar a piranha que criou o sol, pra ser tão irritante assim só pode ter sido alguma pirada com problemas de sadismo. — Eu podia sentir a minha pele ficar vermelha e ardente, minhas roupas negras também não colaboravam.

Eu nem ao menos sabia por que eu estava ali, Love devia ter alguma coisa para fazer e não tinha anotado em lugar nenhum, só me restava a opção de voltar para casa. Andei mais alguns metros, passando perto de um garoto totalmente estranho que estava sentado no chão, mesmo com um banco bem próximo. Não demorei para perceber que o motivo dele se sentar ali era o mesmo de eu estar passando próxima a ele: Era a única área com sombra no local. Antes que eu pudesse me afastar muito dele, uma forte tontura caiu sobre mim.

Love forçando sua saída, somado com a insolação pelo sol era um prato perfeito para problemas físicos, embora minha primeira opção era de que era outra coisa. Saquei uma kunai em cada mão e me agachei ali mesmo, pronta para atacar quem quer que fosse que estivesse me envenenando ou... fazendo seja lá o que fosse. Comecei a olhar em ambos os lados, caçando a fonte desse problema, mas apenas o garoto estava ali, seria ele o meu maior problema? Em um piscar de olhos, eu já não era mais eu.

[RolePlay] 1 + 1 = 3 Hp210HP: 575/575 [RolePlay] 1 + 1 = 3 XQKY0MP: 1075/1075 | [RolePlay] 1 + 1 = 3 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexelsST: 5/5


Considerações:



Love/Hate
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71250-ficha-love-hate-quinn
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71290-g-f-love-hate#541604
Aelthas
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100

HP: ❲ 625 • 625 ❳CH: ❲  825 • 825 ❳ST: ❲ 01 • 05 ❳


 
Minha cabeça estava fervendo com a briga que tive com o meu tutor, Erik. Tive que sair de casa para não ter que continuar com um debate que nenhum dos dois cederiam. Nada melhor do que tomar um ar no Centro da Vila. Peguei um sorvete de chocolate e limão é degustava enquanto andava.

As últimas missões tinham sido um tédio. As brigas mais intensas com o Erik, e a Ayako sempre fazia o que podia para remediar a situação, mas nem sempre funcionava. E fazia tempo que não tinha contato com o Tomoya-sensei e a Tsukihira. Meu amigo de infância estava em missão, Kurime sumida e Hate por aí. Resumindo, estava sozinho. E em parte aquilo era bom porque me dava tempo para pensar em como caçaria o Nukenin do Byakugan. Mas para isso precisava de mais poder.

Fiquei em pé próximo a um banco próximo a floricultura da Sayuri. Me perguntava se ela estava lá ou estaria treinando com os médicos da Vila. Quem sabe ela não usasse seus conhecimentos comigo. Já que normalmente eu não nego uma boa briga, e nem sempre saio ileso. Seria ótimo ser tratado por ela. Tal pensamento me fez ruborizar um pouco.

Balance a cabeça para afastar tais pensamentos. E notei alguém a sombra. Um garoto e mais a frente a Love ou era a Hate? Parecia que ela estava tonta, mas quando ela sacou duas kunais eu logo percebi que tinha algo errado.

-Byakugan! – Disse ativando o meu doujutsu, os olhos albinos sobrepondo os meus olhos azuis e as veias ao redor do olho saltaram. Não tinha ninguém a não ser nós três ali perto. O chakra da Hate estava em ordem e o do garoto estava certo também. Não... Pera... O garoto tinha a mesma coloração e padrão de chakra da Kurime.

- Mas que por*** é essa? – dizia pra mim mesmo e me aproximará dos dois.

- Tudo bem! É o Hiroshi... Se acalma e guarda suas armas... – Dizia sem saber qual personalidade estava na luz. Depois me voltaria para o garoto no chão.

- Kurime é você? – Questionaria a figura a minha frente. Com uma cara de espanto na cara.




Considerações:


_______________________

Aelthas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71246-f-p-hiroshi-yotsuba
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71278-g-f-hiroshi-yotsuba
Note
Chūnin
The forgotten one
HP: ❲ 850 • 875 ❳ CH: ❲ 850 • 875 ❳ ST: ❲ 04 • 05 ❳
O tempo passava com o jovem perdido em seus pensamentos negativos que se acumulavam até que ele, simplesmente, surtava internamente ignorando tudo que havia. Balançava a cabeça numa tentativa de mudar o que se passava em sua mente, via que uma jovem segurando kunais aparecia em sua visão. Saltava se levantando e ganhando espaço da mesma:

— Epa epa, que isso moça, não me mata não.

Com as mãos na altura do peito em posição de batalha, o garoto se preparava. Tudo poderia acontecer ali, Kuri não entendia quem era ela e por que estava se armando de kunais no meio da vila.  Uma nova pessoa chegava e ele comentava:

— Agora eu vou morrer pelas mãos de duas pessoas… só me leve logo senhor.

Olhava para cima se entregando aquela situação. Junto de palavras parcialmente emocionadas do outro ninja que estava ali, Kuri respondia surpreso:

— Meu nome é Kuri, como você sabe?

Concentrado em sua mão ele forçava que de seu polegar se projetasse uma espada de sangue. Segurava com a mão direita e a empunhava como foi ensinado pelo homem grande que tinha uma espada ainda maior. Com a lâmina na altura da têmpora direita e a mão esquerda a frente o menino se preparava para o pior, mas ainda sim olhava para seus arredores em busca de uma saída. Energiza a mão esquerda rapidamente fazendo um movimento horizontal em arco dispersando raiton na direção de ambos com o intuito de paralisá-los. Partia logo em seguida na direção deles pronto para dar o primeiro corte com sua lâmina não muito afiada na jovem que segurava ambas kunais, pretendia desarmá-la com um movimento da sua espada caso elas se chocassem. Durante seu brandir da espada ele questionava:

— Quem são vocês, falem logo?

Se afastaria tentando ter uma visão que contemplasse os dois ali.



Considerações:
Words: 281

_______________________

Note
Love/Hate
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7



Love
Sangue, suor e... Penas?


Eu acordei sem saber o que acontecia. Hiroshi se aproximava com seus poderes oculares ativos, falando algo sobre a Kurime, talvez ele estivesse delirando, Kurime sumiu faziam anos. E mesmo quando era para ela voltar, ela não havia aparecido. O garoto que nos enfrentava fez algo que eu não costumava ver: uma espada de sangue. Mas se ele queria brincar com laminas eu poderia fazer o mesmo.

O garoto se dirigiu a minha direção com um ataque com a mesma espada que havia acabado de criar, ele devia ter visto Hate usar algum jutsu de cura, sabia que se eu caísse Hiroshi poderia não aguentar ele sozinho. Movi ambas as Kunais para formar um “x” e tentar parar aquele ataque. Sem sucesso, seu movimento era melhor trabalhado do que o meu e o movimento e impacto com a espada foi o suficiente para que minhas mãos soltassem as armas.

No entanto, eu tinha um movimento surpresa, eu sabia criar facas com chakra e era exatamente o que eu faria. Com a mão direita, tentei atrair sua atenção para a mesma, realizando selos de mão, quando na verdade, as três penas eram criadas em minha mão esquerda e em seguida realizava meu arremesso contra o peito do garoto. Sua proximidade deveria dificultar sua esquiva.

[RolePlay] 1 + 1 = 3 Hp210HP: 575/575 [RolePlay] 1 + 1 = 3 XQKY0MP: 1075/1075 | [RolePlay] 1 + 1 = 3 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexelsST: 5/5


Considerações:



Love/Hate
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71250-ficha-love-hate-quinn
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71290-g-f-love-hate#541604
Aelthas
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100

HP: ❲ 625 • 625 ❳CH: ❲  750 • 825 ❳ST: ❲ 02 • 05 ❳


 O movimento hostil da garota assustou o garoto que dizia que não era para matá-lo. Ele se preparou se colocando em posição de combate. “Vai dar merda!” pensei ao me deparar com a cena. Ao ouvir suas palavras sobre morrer por duas pessoas percebi que ele tinha me englobado em um esquema inexistente. Se fosse a Kurime realmente, ela teria surtado de vez.  E a demais cenas que ela fez antes de afirmar que era “Kuri” e como eu saberia daquilo. “Pirou de vez mesmo, nem nos reconhece mais!” pensava.

- Hate se afaste! – Dizia ao perceber que o garoto manifestava sua lâmina de sangue. Eu já tinha testemunhado o uso de tal técnica. Então a forçaria a se lembrar do meu jutsu. Contra a primeira técnica do oponente eu avancei em minha máxima velocidade me posicionei de forma que ficaria na diagonal da Hate ou Love, e lançaria o meu Hakke Kusho com força total de forma a defender a mim e a garota de cabelos rosa, assim como, eu fiz contra o ninja rubro.

- Fizemos uma missão juntos Kuri, nós três! Há dois anos! – Dizia indo para cima do garoto, quando chegasse a dois metros, ativaria outro jutsu do clã Hyuuga de forma a liberar chakra pelos meus tenketsus contra o garoto na tentativa de arremessá-lo para longe da Love.

- Se quiser briga eu estou aqui, Kuri! Mas deixa a Love fora disso! – Dizia assumindo a postura de combate do estilo Juken.

Avançaria em direção do garoto ou garota em máxima velocidade tentaria dez golpes seguidos contra o braço esquerdo do garoto com o intuito de fechar os tenketsus do braço dele e inutilizá-lo. Após tais golpes usaria minha velocidade para tocá-lo em seu ombro e usar a minha habilidade para absorver o seu chakra. Depois me afastaria ficando entre a Kuri e Love.


Considerações:


_______________________

Aelthas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71246-f-p-hiroshi-yotsuba
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71278-g-f-hiroshi-yotsuba
Note
Chūnin
The forgotten one
HP: ❲ 800 • 875 ❳ CH: ❲ 800 • 875 ❳ ST: ❲ 03 • 05 ❳
Seu ataque de raios era bloqueado pelo menino ali com uma técnica que funcionava como um gatilho para sua memória. Era uma única imagem clara depois de ter passado pelo maior medo de sua vida, um colega se colocava em sua frente o protegendo de uma grande bola de fogo que iria queimá-lo vivo. ”Não pode ser, minha mente me prega peças novamente?”, pensava desarmando a garota e deixando caída no chão.

O menino se aproximava da jovem desarmando ela e a fazendo cair no chão, em uma janela muito curta de tempo com uma rajada de chakra que desestabilizava parcialmente Kuri. Via que Hiroshi almejava seu braço, ao sentir o primeiro golpe ele trocava de lugar com algumas rochas junto de uma suave cortina de fumaça. As pequenas pedras caiam no chão junto de sua espada de sangue, aparecia um pouco mais acima de Hiroshi formando um rapidamente um escudo de sangue pontiagudo com seu braço esquerdo para se defender, por pouco e com muito reflexo, das armas que eram almejadas. Enquanto caia no ar em direção ao Hyuuga usando o próprio escudo para se chocar contra ele, dizia:

— Vocês são eles, não acredito nas memórias que tenho daquela amaldiçoada.

Estenderia o braço no ar mesmo para ser jogada para longe, durante esse movimento rápido ele usava o sangue da espada caída para segurar as pernas do menino e força-las a abrir em um espacate. Com o movimento do escudo, ele ativaria seu olhos e colocando um genjutsu no seu grande escudo que era bem difícil de ser ignorado.

Colocaria o escudo a sua frente e começaria a correr em direção aos dois para fazê-los cair nessa ilusão simples de paralisia:

— Se vocês são vocês mesmo, me digam como me aparentava?

Era um ultimato desesperado, suas táticas estavam escassas e a última que parecia restar era a fuga.



Considerações:
Words: 312

_______________________

Note
Love/Hate
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7



Love
A primeira aparição da Katsuyu muda.


Eu precisava ser salva pelo Hiroshi? Por que eu não podia simplesmente me defender como qualquer outra ninja? Minhas penas voaram pelo campo e se mantiveram no chão, haviam sido inútil igual tudo que eu fazia. No entanto, existia algo que eu podia fazer ali enquanto eles lutavam. Levei minha mão até a boca e mordi meu polegar, fazendo sair uma fração de sangue e o passei em meu ombro. Com uma nuvem de fumaça, uma pequena lesma de 20 centímetros se enrolava em meu pescoço, era uma fração de Katsuyu.

Ao olhar para o campo de batalha eu pude ver um escudo de sangue se formar próximo ao Hiroshi. Ao mesmo tempo em que meu corpo parava de responder aos meus comandos, como se eu estivesse presa por alguma coisa. Concentrando o meu chakra, liberava uma luz verde de minhas mãos em meu próprio corpo, mas era inútil, aquilo não era um ferimento, nem uma paralisia por raiton, mas também não havia nenhum odor no local que indicasse veneno, aquilo deveria ser algo mais...

Comecei a alterar minha própria corrente de chakra, me livrando da única coisa que eu não conseguia me livrar usando a medicina: Genjutsu. Me aproximei do meu colega e, dividindo a katsuyu em duas partes, coloquei uma das partes no ombro do garoto. Eu ainda não conseguia entender como ele estava se referindo ao garoto como Kurime, a Kurime era uma garota, não havia chance de ser a mesma pessoa. Corri um pouco para frente para pegar uma de minhas laminas de chakra, e arremessei contra o garoto de novo, eu queria que ele se mantivesse em movimento.

— É impossível você ser a Kurime, ela era uma garota. — Disse confiante para o garoto desconhecido. — Ele usa genjutsus. — Continuei, dessa vez para Hiroshi. — Deve estar usando isso para te confundir, sua visão é boa demais, pode ter sido pego em algum momento sem perceber. É fácil escapar, basta mudar seu fluxo de chakra. — Expliquei, eu não sabia o quão bom o ninja era, nem como havíamos chegado até esse ponto da luta, mas era a conclusão que eu havia chegado.

Peguei mais uma das penas no chão e corri para o lado direito, tentando ficar a 5 metros ao lado de Kurime deixando-a cair no chão perto de mim, estipulando um perímetro. Agora eu só podia esperar que Hiroshi fosse capaz de sair sozinho do genjutsu e me ajudasse em meu plano, mesmo sem que ele soubesse qual era.


[RolePlay] 1 + 1 = 3 Hp210HP: 575/575 [RolePlay] 1 + 1 = 3 XQKY0MP: 1015/1075 | [RolePlay] 1 + 1 = 3 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexelsST: 4/5


Considerações:



Love/Hate
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71250-ficha-love-hate-quinn
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71290-g-f-love-hate#541604
Aelthas
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100

HP: ❲ 625 • 625 ❳CH: ❲  750 • 825 ❳ST: ❲ 03 • 05 ❳


 Minha estratégia tinha sido parcialmente realizada no momento em que consegui separá-lo da Love, mas ele se esquivou dos meus golpes com uma técnica de substituição, e apareceu um pouco acima de mim ao mesmo tempo em que levantou uma defesa a tempo com um escudo feito de sangue para protegê-lo contra as penas de Love. O meu trabalho em equipe com a garota de cabelos rosa não estava alinhado o suficiente para encurralarmos o garoto que se auto intitulava Kuri.

- Nós somos eles, QUEM?! A verdadeira pergunta é: - Quem é você?! E o que fez com a Kurime?! – Questionaria o garoto em contraponto a sua afirmação “daquela amaldiçoada”. Veria todo o campo e percebi que a espada de sangue avançava em minha direção. Eu usaria a minha velocidade para me manter longe da técnica de Kuri,ficando a mais de dez metros dele, até por fim, saltar numa árvore e olharia para a Love e o sistema de chakra em sua cabeça estava totalmente bagunçado com o que pareceu ser o chakra do Kuri. Aquilo só podia ser uma coisa, e sabia que a garota usava genjutsu, pois ela o fez naquela missão contra o ninja rubro. Então, antes de olhar para a Kuri me preparei para enfrentar um possível genjutsu dele. Juntaria as minhas mãos ao olhar para ele. E ao olhar para o garoto e seu escudo meu corpo paralisou automaticamente. “Muito esperto! E segue o padrão de ataque da Kurime, como isso é possível?!” pensava enquanto movimentava o meu chakra para quebrar o genjutsu do garoto.

- Kai! – Dizia fazendo a interferência de chakra interno. Foi meio complicado me livrar, exigiu um pouco mais de força e controle do que eu imaginava, mas meu corpo voltou a responder novamente. Saltei para perto de novo de Love e ela já tinha se livrado do genjutsu e usado uma técnica de invocação para chamar uma lesma minúscula. “Que invocação mais fajuta...” pensava. Foi quando uma lesma foi posta em meu ombro. E ouvia o que a garota tinha para dizer ainda observando o garoto com o meu Byakugan. Não poderia machucá-lo muito.

- Os cabelos de Kurime eram negros amarrados num rabo de cavalo, roupa tradicional branca em cima e vermelha nas pernas. Sofreu uma tentativa de rapto na primeira missão com o Tomoya-sensei e Tsukihira. Usou as mesmas técnicas que agora para me ajudar a derrotar o ninja rubro, e como prometido ele nos deixou em paz. – Dizia rapidamente lembrando-se dos fatos de dois anos atrás.

Novamente investiria em direção ao garoto para mantê-lo a certa distância da Love. Ao me aproximar em máxima velocidade do lado direito do garoto que estava exposto e tentaria quatro golpes no estilo Juken para travar mais quatro pontos de seu braço direito, outra tentativa de neutralizá-lo sem causar muitos danos. Continuaria avançando contra ele com mais quatro golpes do Juken tentando acertar as pernas e braço direito, e tentando escapar do escudo de espinhos. E por fim, concentraria força na minha palma direita para um golpe no tronco do garoto para pará-lo.  

- Shotei! – Falava ao dar o golpe focado em acertar o centro do tronco próximo ao estômago. Depois me afastaria de tal forma a ficarem dez metros do garoto e cinco da Love. E prepararia uma técnica básica da academia.


Considerações:


_______________________

Aelthas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71246-f-p-hiroshi-yotsuba
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71278-g-f-hiroshi-yotsuba
Note
Chūnin
The forgotten one
HP: ❲ 750 • 875 ❳ CH: ❲ 690 • 875 ❳ ST: ❲ 02 • 05 ❳
Ataque após ataque, técnica após técnica e nada surtia efeito. Os dois respondiam de forma coerente e plausível, Kuri se questionava. ”Não é possível, não acredito. Será que devo essa explicação a eles?. Durante esse meio tempo, ambos saiam do genjutsu que havia caído, era uma ilusão simples a final. Ao ver o movimento da jovem primeiro junto daquelas penas tão afiadas quanto kunais se movendo logo se preparava colocando o escudo a sua frente e correndo em direção a ela. Eram bem similares a armas simples afinal, o escudo segurava bem as armas, mas isso acaba por dar uma entrada para o menino que tudo via.

Sua velocidade era acima do normal, não havia nada que ele poderia fazer para lutar de frente com ele. Ele batia no braço de Kuri que sentia seu chakra sumir daqueles locais, ”ele bloqueia os tenketsus com o toque, que macabro”. Tirava sua conclusão quando recebia um último golpe na barriga o forçando a expelir todo o ar de seus pulmões, suas veias da garganta e uma da testa saltavam, sua face tomava um tom avermelhado por conta da falta de ar no cérebro. A visão turva acaba não ajudando, mas seu corpo logo liberava uma grande quantidade de adrenalina o fazendo ranger os dentes, pegaria o braço que estava encostado em sua barriga com ambos braços o segurando, parte do sangue de seu braço direito subiria pelo corpo do jovem juntando ambos ali pelo intermédio do sangue. Como já estava em contato com seu sangue resolvia chamar ele Nue, a quimera protetora do portão dos Yokais. Uma fumaça surgia da massaroca de sangue que os prendia um ao outro. O animal surgia saltando em direção a face do menino enquanto sua cauda tentaria segurar o outro braço que estava livre do mesmo enquanto sugava seu chakra com qualquer parte de seu corpo que tivesse contato com o inimigo.

— Aquela Kurime está morta, ela era um parasita que matei. Não vou deixar ninguém usar meu corpo como ela usou.

Esperando chocar os dois com a afirmação passada ele novamente colocava um genjutsu no escudo que estava um pouco menor e direcionado para a jovem. Ele se movia forçando Hiroshi que estava preso a ele ficar sempre entre ele e a jovem das penas sempre dando tempo para ela ver o escudo. Se ela continuasse a se mover para tentar achar uma abertura entre os dois ele continuaria com seu plano, em um movimento ele saltaria usando o braço de Hiroshi como eixo com o intuito de força-lo a cair no chão usando sua própria força. Durante esse movimento ele fazia com que o sangue da espada que havia caído anteriormente no chão e aparentemente esquecida formassem um grande chicote preso ao chão que faria movimentos circulares para bater tanto na menina quanto no Hiroshi.




Nue
Hp: 400
Ck: 300
Ev: 000/200
Considerações:
Words: 472

_______________________

Note
Love/Hate
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7



Love
Ataque final de Love, Hate não vai te dar tantas chances!


Hiroshi parecia não ter saído do genjutsu, ainda estava acreditando nessa história de que a Kurime e ele eram de alguma forma... não sei, algo. Com a nova visão do escudo me bateu uma tontura novamente, Hate queria assumir o controle novamente, mas eu não poderia deixar agora, ela iria querer ir para a luta, enquanto eu tinha que me focar em ajudar Hiroshi. Avancei com certa dificuldade alguns metros para frente, enquanto tentava realizar selos com uma mão para criar um escudo de penas na minha lateral, a fim de evitar que o sangue atingisse eu e Hiroshi. No entanto, caí no chão logo em seguida, deixando visível que aquilo não era a Hate, era outra coisa.

— Kai! — Novamente eu alterei a corrente de chakra do meu corpo, se aquilo fosse outro genjutsu eu seria capaz de me livrar disso. Meu palpite não estava errado, era uma tontura provocada por chakra, e a alternância de chakra era o suficiente para me livrar daquilo.

— Katsuyu, me diz quando ele ficar entre mim e minhas penas. — Sussurei para a invocação. Caída atrás de Hiroshi, minha intenção era conseguir ficar fora de seu campo de visão. Realizei selos para criar mais três penas em minhas mãos. Arremessei elas para o lado direito, a 10 metros do inimigo, como forma de distração. Me levantei, fechei meus olhos e corri para o lado esquerdo, agora eu esperava ficar imune aos genjutsus dele.

— Agora. — Disser Katsuyu. — Realizei selos de mão novos, tentando usar um novo jutsu. Mas na verdade, esse novo jutsu não era tão novo assim, ele simplesmente atraiu as três penas recém jogadas para mim e atingiriam tudo que estivesse no caminho, tanto Hiroshi, quanto o falso Kurime e a Kuchiyose. Até que as penas parariam em minhas mãos novamente. Minha mente, no entanto, ficou tonta novamente, mas dessa vez era Hate mesmo que assumia o controle.

Katsuyu(Comigo): [RolePlay] 1 + 1 = 3 Hp210HP: 250/250 [RolePlay] 1 + 1 = 3 XQKY0MP: 175/200
Katsuyu(Com o Aelthas): [RolePlay] 1 + 1 = 3 Hp210HP: 250/250 [RolePlay] 1 + 1 = 3 XQKY0MP: 175/200


[RolePlay] 1 + 1 = 3 Hp210HP: 575/575 [RolePlay] 1 + 1 = 3 XQKY0MP: 948/1075 | [RolePlay] 1 + 1 = 3 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexelsST: 3/5


Considerações:



Love/Hate
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71250-ficha-love-hate-quinn
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71290-g-f-love-hate#541604
Aelthas
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100

HP: ❲ 625 • 625 ❳CH: ❲  753 • 825 ❳ST: ❲ 04 • 05 ❳


 O garoto caiu na minha combinação de golpes, aliás, ele não tinha o mesmo nível de velocidade do que eu. Era a minha vantagem, mas o que eu não esperava era que ele pegaria o meu braço direito com as suas duas mãos e logo colocaria sangue complicando ainda mais a minha evasão. Em seguida uma fumaça surgiria e um ser com chakra surgiria dela. Uma invocação. Estava complicando o meu caso, foi quando eu encostado-se ao Kuri, ativei a minha habilidade de absorver chakra e começaria a roubá-la de seu dono. O que eu não estava contando é que o ser pulou na minha cara e percebi que ele segurou o meu outro braço, neste instante, percebi chakra saindo de mim, assim como, estava fazendo como eu estava fazendo com o seu dono.

Com o salto do Nue na minha cara, eu só conseguia ver a circulação de chakra dele enquanto eu ouvia o que o Kuri dizia sobre a Kurime.

- Você a matou? Como ousa a chamar de parasita... Como ela usaria o seu corpo? – perguntaria em resposta a frase do Kuri.

Foi quando forcei o meu corpo para trás o máximo possível, girando a minha cintura e perna esquerda usaria a minha força para usar um chute com a perna esquerda na altura da cabeça de Kuri, executando o Konoha Daisenkō desta forma girando todo o meu corpo com o movimento. Em seguida exalaria o meu chakra por todos os meus tenketsus com o intuito de afrouxar todos os contatos com os dois oponentes. Jūkenpō Ichigekishin, evadir do contato deles num rodopio de 360 graus no ar (estilo Matriz) e das penas de ataque da Love. Ao tocar os pés no chão a dois metros de onde estaria, olhei para o oponente e consequentemente para o seu escudo o que me fez desestabilizar e cair no chão.

Com a raiva que senti no momento, aquela desestabilização seria provavelmente de mais um genjutsu do Kuri. Usei o Byakugan para verificar e constatar o desequilíbrio no meu fluxo de chakra. Mordi a minha boca tão forte que fiz escorrer um pequeno rio de sangue da minha boca e esperaria no chão os efeitos passarem. Levantei-me do chão e evadiria de qualquer golpe executado pelo garoto, e iria em direção da Love, a fim de ser o escudo visual dela.

- Explique-se Kuri... – Falaria desativando o Byakugan e evitando olhar para o garoto. Não demonstraria, mas estava a ponto de chegar ao meu limite. Precisaria ganhar tempo e por mais que eu quisesse lutar até o fim, saber a resposta era ainda mais importante. Pois a presença do garoto poderia ser uma ameaça a Vila se ele não explicasse muito bem sua história de ser Kuri sem ser a Kurime que conheci.


Considerações:


_______________________

Aelthas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71246-f-p-hiroshi-yotsuba
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71278-g-f-hiroshi-yotsuba
Note
Chūnin
The forgotten one
HP: ❲ 605 • 875 ❳ CH: ❲ 543 • 875 ❳ ST: ❲ 01 • 05 ❳
A luta progredia e escalava cada vez mais. Kuri mesmo levando alguns golpes parecia lidar bem contra seus inimigos. ”Eu preciso escolher que decisão tomar, já estou muito cansado e parar essa luta seria o ideal”, pensava vendo a menina das penas lançar algumas para longe. ”Que pontaria é essa”, perdia seu pensamento ao ver que Hiroshi vinha com um chute almejando sua cabeça, ele logo abaixaria fazendo com que o chute continuasse sua trajetória Se levantaria em ordem de chutar as costas abertas de seu inimigo quando sentia objetos perfurando suas costas.

Ele era empurrado para longe de ambos desfazendo a ligação entre os dois por conta do chakra expelido de Hiroshi ferido, ofegava tossindo um pouco de sangue. Seu escudo se desfazia molhando aquele campo de terra seca. Alcançava as penas em suas costas a jogando de volta no chão em direção a ambos:

— Ela era a bruxa original, eu sou um receptáculo para ela ainda viver nesse mundo — levantava o punho banhado em sangue na altura de sua barriga e o fechava com todas suas forças — eu tomei o controle e ela morreu, se fiz certo ela nunca mais surgirá. Kurime era uma afronta a vida e morte.

Kuri não queria mais ver aquelas pessoas que achavam que Kurime era a boazinha da história. Canalizava eletricidade pelo corpo em faíscas que estalavam para todos os cantos, seus olhos de sangue brilhavam ainda mais em um tom vermelho. Corria em direção de Love ofegante, preparando um genjutsu que colocaria sobre sua face assim que Hiroshi se aproximasse em ordem de ganhar tempo para conseguir alcançar a menina sem interrupções. Com uma espada de sangue que se projetava de sua mão ele a empunhava fazendo um grande corte horizontal da esquerda para a direita na altura da barriga da menina. Acompanharia com a mão esquerda o corte como se fosse uma arma mirando e preparada para atirar. Assim que a jovem desviasse ele liberaria os raios em seu corpo da direção da jovem e logo voltaria sua atenção para o menino que já deveria ter saído da ilusão.


Considerações:
Words: 346

_______________________

Note
Love/Hate
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7



Hate
Carta de Rivalidade: A luta acaba aqui.


Recobrava minha consciência, voltando para mim, sentindo a lesma rastejar sobre meu ombro. Abri meus olhos, olhando para a Katsuyu e vendo que Hiroshi se aproximava.

— Não olhe senhorita. — Disse o molusco, imediatamente voltei a fechar meus olhos, acreditando que a invocação sabia o que era melhor para mim.

— O que está acontecendo? — Disparei.

— Você está no meio de uma luta, Hiroshi está do seu lado. — Ela resumiu.

— Nesse caso... Fique fora do meu caminho, Hiroshi. — Falei, realizando selos de mão, fazendo surgir duas patas de louva-deus em minhas mãos. — Minha vez de brincar. — Abri um grande sorriso, ignorando totalmente o que o adversário falava.

— Ele está vindo com uma espada. — Ela disse, posicionei minha mão direita para cima, com se eu estivesse me defendendo de um soco, enquanto a lamina de água formava um tipo de gancho, pronto para puxar a espada para o lado com um pequeno movimento, enquanto a minha outra mão estava na lateral do meu corpo, como se eu fosse realizar um soco. — Agora!

Com a ordem de Katsuyu eu puxei minha lamina para o lado de partida da lamina de sangue, interceptando o ataque, ao mesmo tempo em que eu realizava uma estocada com a lamina de água da mão esquerda contra ele. A lamina de minha mão esquerda se encontrou com a mão esquerda do adversário, e o uso do raiton se mesclou com o meu jutsu compartilhando o dano da técnica e imediatamente paralisando o membro afetado de ambos. Por fim, vendo que meu braço estava imobilizado, empurrei a espada de sangue ainda mais para dar tempo de me afastar e desfazer minha lamina de água.

— Se você sabe o que é melhor para você, você não vai tentar me atacar de novo. — Eu o ameacei. Utilizando minha mão que ainda conseguia se mover, passei sobre o braço danificado, emitindo uma luz esverdeada para conseguir me curar, embora o efeito da paralisia não conseguisse sumir de nenhuma maneira. Katsuyu também me auxiliava, me transferindo chakra novamente.

Katsuyu(Comigo): [RolePlay] 1 + 1 = 3 Hp210HP: 250/250 [RolePlay] 1 + 1 = 3 XQKY0MP: 25/200
Katsuyu(Com o Aelthas): [RolePlay] 1 + 1 = 3 Hp210HP: 250/250 [RolePlay] 1 + 1 = 3 XQKY0MP: 175/200


[RolePlay] 1 + 1 = 3 Hp210HP: 565/575 [RolePlay] 1 + 1 = 3 XQKY0MP: 1001/1075 | [RolePlay] 1 + 1 = 3 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexelsST: 2/5


[spoiler="Considerações"]
— Foi tudo tentativa, mesmo que algumas coisas possam não parecer.
— Velocidade máxima.
— Eu não realizei meu ataque em potência total, foi apenas para empurra-lo, então não dá o dano da técnica em si (usado como técnica ativa). No entanto, com base na regra de Yotogutsu, ambos tomam 110 de dano(Rank C + 50)
— Técnicas Black Feather desativadas durante a troca de personalidade.
— To de olho fechado, você que lute com esse genjutsu –q
— Kuchiyose rank C não gasta chakra, então a Katsuyu também não gasta –q
— Gastos de Chakra: - 100 - 50 + 53 + 150(Da Katsuyu para mim) – 150(Da Katsuyu)= +53(eu) -150(Katsuyu)
— 1 Jutsu ativo, 2 jutsus passivos e 1 kuchiyose.
Ficha

Técnicas Usadas:



Love/Hate
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71250-ficha-love-hate-quinn
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71290-g-f-love-hate#541604
Aelthas
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100

HP: ❲ 625 • 625 ❳CH: ❲  753 • 825 ❳ST: ❲ 03 • 05 ❳


 Minha respiração estava pesada depois de todos aqueles movimentos. Se eu me esforçasse seria quase inútil, pois estava sentindo dores em alguns músculos. Estava olhando para o garoto enquanto ele explicava a sua situação com a garota Kurime, uma bruxa que usaria o corpo do garoto para o seu bel prazer. Isso me lembraria das histórias que o Erik me contava sobre os Hyuugas Bunke, a minha casta, e seus sacrifícios para manter a família Soke a salvo. Em parte o entenderia e não o culparia se fosse a verdade.

- Não devemos ser usados desta maneira... – Falaria alto para os dois ouvirem, mas não me movimentei. Peguei a moeda de ouro e a lancei. Cara: eu confiaria nele. Coroa: eu ainda desconfiaria de sua história.

A sorte estava lançada e residia naquela moeda de ouro. Pegaria com a mão direita se fechando sobre a moeda e colocando nas costas da mão esquerda, Coroa. E ao sair o resultado eu ouvi a forma de falar única. Hate tinha a luz com ela. Não precisaria mais me preocupar em defendê-la como faria com a Love. Um sorriso irônico na cara e me virei para sentar no banco mais próximo e ver a luta. Veria os movimentos de luta e não seus rostos em particular.

Sentei todo largado no banco e assistiria o que viria da Hate enquanto descansava. Aprenderia mais um pouco daqueles dois. Foi quando me dei conta que ainda tinha uma lesma no meu ombro.

- Olá, pequenina. Você é invocação da Love, né? Como lida com aquelas duas? – Daria um tempo para a lesma responder.


Considerações:


_______________________

Aelthas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71246-f-p-hiroshi-yotsuba
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71278-g-f-hiroshi-yotsuba
Note
Chūnin
The forgotten one
HP: ❲ 605 • 875 ❳ CH: ❲ 543 • 875 ❳ ST: ❲ 02 • 05 ❳
A menina criava uma garra estranha de água que surpreendia o jovem o fazendo perder sua espada de sangue. Em um movimento desesperado ele liberava seu raiton, mas por conta da água que tocava seu corpo, ele se eletrocutava junto da menina que aparentava se afastar. Com tal movimento ele logo voltava sua atenção para o menino que tudo via, percebia que ele estava a lançar uma moeda para o alto, Kuri entendia aquilo como uma afronta, buscava uma shuriken em sua bolsa e jogava contra ele apenas para ficar esperto.

O ar ficava mais leve, o sangue ainda escorria de suas costas. O menino ofegante com as pernas bambas se sentava no chão percebendo que não conseguia mais andar:

—Não atacarei mais então.

Se dirigia a menina que mudava completamente de aura. Seus olhos de sangue voltavam ao normal, suas palavras pausadas se mostravam um empecilho naquela conversa. Voltava o menino agora com suas costas escorrendo um líquido carmesim ainda quente.

— Você sabe como é essa sensação menino?

Antes de responder ele via que mais um ninja se aproximava, desta vez era um mascarado e trajado de preto. ”E lá vamos nós novamente”, concluia ao ver que o ANBU pedia que nós três comparecermos no portão da vila.

— Vocês tambem são ninjas da pedra? Estamos lascados, eu principalmente.

Com certa dificuldade ele se levantaria do chão esperando que ambos o acompanhassem ao local designado.

— Alguém, por um acaso, sabe onde fica o portão da vila?



Considerações:
Words: 246

_______________________

Note
Love/Hate
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7
[RolePlay] 1 + 1 = 3 J6tHqz7



Hate
Carta de Amizade: Não estrague tudo.


Comecei a rir de toda aquela situação, afinal, por que estávamos lutando? Não fazia sentido. Os três eram ninjas da pedra e duvidava que Love tivesse feito alguma coisa também. Abri meus olhos novamente, vendo que quem estava a minha frente era o garoto que eu havia passado perto a algum tempo atrás, mas a presença do ANBU mudava a situação toda. Corri até Hiroshi, tirando Katsuyu de seu ombro, pegando em sua mão e dando um piscar de olhos para o garoto que devia ter sido capaz de desviar da shuriken. Peguei a shuriken do garoto que alegava ser Kurime.

Me aproximei novamente do meu rival e entreguei sua shuriken, enquanto fundia a Katsuyu em apenas uma. Cheguei no garoto a tempo de ajudar ele a se levantar, e com uma de minhas mãos eu comecei a cura-lo, emitindo aquele chakra esverdeado. Acelerando o processo de cura do garoto e fechando seus ferimentos a uma certa distância do garoto. Katsuyu usava seu jutsu para transferir parte do seu chakra para mim, antes de voltar para o seu mundo.

— Eu estou te ajudando agora, mas se você abusar de novo, essas marcas em suas costas vão ser peixe pequeno. — Culpei o garoto, mesmo sem saber o que estava acontecendo aqui. — Agora alguém de vocês pode me explicar o porquê de estarmos lutando, bitchies? — Por fim perguntei, totalmente perdida.

Katsuyu(Comigo): [RolePlay] 1 + 1 = 3 Hp210HP: 250/250 [RolePlay] 1 + 1 = 3 XQKY0MP: 0/400

[RolePlay] 1 + 1 = 3 Hp210HP: 565/575 [RolePlay] 1 + 1 = 3 XQKY0MP: 1075/1075 | [RolePlay] 1 + 1 = 3 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexelsST: 1/5


Considerações:



Love/Hate
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71250-ficha-love-hate-quinn
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71290-g-f-love-hate#541604
Aelthas
Chūnin
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100
[RolePlay] 1 + 1 = 3 100x100

HP: ❲ 625 • 625 ❳CH: ❲  807 • 825 ❳ST: ❲ 01 • 05 ❳


 Depois dos dois aparentemente se eletrocutarem pareceu que entraram em um acordo de não agressão. A Hate deve estar se segurando mesmo. E ao lançar a minha moeda o garoto lançou uma shuriken em minha direção. Saquei rapidamente uma kunai e desviei o projétil que vinha contra mim. Indo para a minha direita. Depois guardei a kunai em sua devida bag.

- Já parei faz um tempinho...  – Dizia olhando para o garoto. Depois me voltaria para a Hate. – Pena que a Love ficou com toda a emoção desta vez! – Sorria para a garota.

O garoto depois se dirigiu a mim sobre a sensação de ser usado. Olhei-o sério, pois mesmo assimilando a história do clã Hyuuga eu ainda não a entendia por completo. Mas naquele momento, sentia que os membros da Bunke eram objetos descartáveis para proteger a família principal. Contudo, não verbalizaria.

- Sim, entendo o que sente... – Dizia levantando os cabelos que ocultavam a minha testa. O símbolo do clã secundário. O selo maldito.

Minha frase fora interrompida pela presença de um ninja mascarado. Um ANBU da Vila Oculta da Pedra. Não o fiz menção já que a Hate vinha em minha direção pegar sua amiguinha rastejante. Depois me deu sua mão de princesa assassina, eu a peguei com a minha mão direita, usando da minha habilidade de absorver chakra, ela não precisava tanto como eu, é claro. E aquela piscada me tirava do sério, então o retribui com outra piscada devolvendo o recado. Depois ela foi curar o garoto que machucamos. E não negaria tal cortesia a ele.

- Você tinha que ter me visto dando um coro nesse garoto aí! – Dizia indo em direção do ANBU. – Mas foi uma boa luta. Quem sabe ocorram mais vezes. – Dizia para ele. Voltaria-me para a Love. – A Kurime que conhecemos era uma bruxa que usava o corpo do Kuri. Segundo ele, ele é o mocinho... – Explicava para a Hate. A versão que eu mais gostava da Love.

- Vamos até o portão da Vila, então! – Dizia rumando para o destino indicado pelo ANBU. O que não poderia ser uma coisa boa.



Considerações:


_______________________

Aelthas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71246-f-p-hiroshi-yotsuba
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t71278-g-f-hiroshi-yotsuba
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido