>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Verão

SaevonNuke
Genin
SaevonNuke
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler] Hoki Hira - Egoísmo. C28a66cac71eafff8beef336d435c7b34db1d0ea_hq

https://www.narutorpgakatsuki.net/t71379-ficha-saevonnuke https://www.narutorpgakatsuki.net/t71393-gestao-de-ficha-hoki-hira

[Filler] Hoki Hira - Egoísmo. - em 18/4/2020, 21:41

Filler:

Treinamentos:+ 100 pontos de status.

[Filler] Hoki Hira - Egoísmo. E653f5f2b28067b4d36fb537f2679ee4

    Depois de estudar tanto eu finalmente aprendi Ninjutsu médico, e com isso o avançado jutsu de cura do meu clã que é passado de geração em geração. Eu já sabia teoricamente como o Jutsu era feito, mas não tinha conhecimento e habilidade, ainda, para aplicá-lo.

Com isso, mesmo não sendo um médico profissionalmente, às vezes eu era chamado pelo Hospital da vila para auxiliar, e aceitava super disposto. Ficar ativo era necessário para cuidar da minha depressão. Eu tinha que ficar constantemente fazendo algo, vendo pessoas, para minha mente, mesmo desejando superar a morte e virar imortal, não acabar enveredando pelo pior dos caminhos.

Acabei tendo que fazer diversas operações mais simples, por não poder realizar as mais complicadas ainda por não ser um médico oficialmente. Agia como um enfermeiro super capacitado. Sempre acertava a dose dos remédios, mesmo sem medidores, sempre fazia diagnósticos precisos, às vezes até orientava sobre erros médicos. Eu começava a mostrar meu talento que intimidava minha família. As pessoas só não se surpreendiam muito pela minha idade. O que elas não entendiam era: por que com essa idade e meus conhecimentos eu ainda não era médico, mas ninguém tinha coragem de manifestar abertamente essa dúvida, julgavam inapropriado.

No hospital me chamavam de “Enfermeiro Médico”, pelo menos os pacientes que eu tinha tratado em pós-operatório ou nos leitos do hospital. Por diversas vezes curei pacientes utilizando de Ninjutsu médico, como procedimento de pós-operatório. Geralmente fazia isso enquanto dormiam e com as cortinas fechadas, vai que eu não poderia fazer aquilo também por não ser, formalmente, médico ainda. Mas curar os pacientes era prioridade.

Cada vez que eles se curavam era uma dor para mim. Sim, é importante que os pacientes se curem, mas eu amava tanto cuidar deles, tanto me devotar a eles. Dava um pouco mais sentido para minha vida, parecia a época em que eu tratava Hana. Com o tempo fui aprendendo a lidar com isso, com as idas e vindas dos pacientes.

Meus colegas me chamavam de “work-holic” por que eu sempre estava trabalhando, auxiliando um paciente, um médico, outro enfermeiro, um legista, um fisioterapeuta. Ficavam impressionados com minha dedicação e minha “moral”. Mal sabiam eles que não era questão de moral, eu tinha que me ocupar para aguentar ficar vivo. Eu tinha que tratar os outros para sentir que era útil, que minha vida tinha algum propósito. Além disso, jamais poderia deixar que ferimentos impedissem outros ninjas de alcançarem seus sonhos, igual minha família me atrapalhou com os meus.

Conheci uma vez uma bela Kunoichi, ela era a mulher mais bonita que vi na minha vida, até mais que Hana. Ela estava intensamente ferida por causa de combates, seu nome era Sasha. Foi levada imediatamente à UTI e ficou 8 horas em operações. Ela tinha sofrido inúmeras perfurações em seus órgãos, além de ter tido as duas pernas quebradas e a garganta ferida. Nos leitos de pós-operatório administrei diariamente os remédios, e ela sempre sorria para mim, que menina sorridente. Não podia falar por causa de seus ferimentos, mas mesmo assim insistia em agradecer com suas expressões faciais. Diariamente eu a tratava, tratava de suas pernas com Ninjutsu médico, acelerando a recuperação. Quando pontos se abriam eu imediatamente estava à disposição para ajudá-la. Além de manter normalmente todas as tarefas no Hospital.

Continuou em recuperação por quase um mês, e isso a frustrava muito, era visível. Ela chorava frequentemente, à noite, quando achava que não tinha ninguém olhando. Talvez ela tivesse perdido algum(a) companheiro, ou só estivesse frustrada por ter parado de trabalhar.

Depois que sua garganta melhorou ela começou a falar, sempre agradecia quando eu a tratava. Sempre elogiava como o dia estava bonito ou como gostava do canto dos passarinhos. Ela era realmente a pessoa mais encantadora que já conheci na minha vida. Infelizmente, de certo modo, ela se curaria e jamais nos veríamos na vida.

Ela se curou e foi embora. Tentei voltar à rotina normalmente, mas não consegui, estava apaixonado. O problema era, não sabia se conseguiria a encontrar, não sei o que falaria se o fizesse, e além disso, tinha que trabalhar, ser útil.

Um dia quando eu estava andando na vila, próximo a uma churrascaria, alguém me chamou ao longe. Era ela, em toda sua beleza e positividade. Ela estava comendo sozinha, e me chamou para acompanhá-la. O fiz e comi churrasco junto dela. Perguntei, em dado momento, por que ela chorava toda noite. Primeiro ficou surpresa, não sabia que eu estava lá, depois ela disse que perdeu o namorado durante um combate com ninjas renegados. Aquilo parecia a afligir muito, por isso mudei rapidamente e completamente de assunto. Na hora de ir embora falei que devíamos fazer aquilo mais e combinamos de tentar, sempre, no fim de semana nos encontrarmos. Todo fim de semana íamos lá e comíamos churrasco. Nunca revelei minha paixão, afinal: ser rejeitado doeria muito, e ela tinha acabado de perder o namorado, dificilmente eu teria sucesso, e perguntar poderia doer ainda mais.

Com o tempo ficou mais difícil de nos encontrarmos, por suas grandes atuações ela tinha se graduado como Tokubetsu Jonin e ficou muito ocupada, constantemente me dando o bolo.

Em uma das poucas vezes que ainda nos encontrávamos ela me contou levemente que tinha um namorado. Em sua forma leve e alegre de falar e agir ela me contou isso, não deveria ter percebido minha paixão, e se percebeu pensou que era melhor falar de forma leve e descontraída. Com isso fomos nos distanciando cada vez mais. Cada vez ela ia encontrar o namorado em vez de me encontrar. E depois de um tempo, cortou contato comigo totalmente. Um dia, enquanto eu passava pela mesma churrascaria em que nos encontrávamos, eu a vi. Fui cumprimentá-la, mas ela já estava acompanhada do namorado. Ela me cumprimentou e logo voltou a conversar com ele, me ignorando completamente.

- Você o conhece? – o namorado perguntou.

- Ele é só um cara que cuidou de mim no hospital, é um Genin de 20 anos. – ela disse e os dois começaram a rir, enquanto eu estava ao longe observando (já tendo me afastado depois dela me ignorar).

A decepção foi tremenda, percebi que ela me usava assim como eu fazia com os outros, ao tratá-los. Eu era só uma distração para a morte de seu último namorado. E, provavelmente, esse cara estava usando e sendo usado por ela. No fim das contas, todo ser humano é egoísta, até eu. Não deveria por um momento ter confiado na alegria e positividade demonstrada por ela. Seres humanos são falsos e sociais, nada mais que isso. Depois disso nunca mais busquei encontrá-la e me distanciei daquela churrascaria.



Informações Gerais:

1.111 palavras. Filler:+100 pontos de Status.
CH:225/225
ST:0/3 [/center]

Jutsus Usados:

Nenhum.
Armamentos:

Bolsa de Armas (20/20)
+ 40 Kibaku Fuuda (10)
+ 3 Kunai (3)
+ 7 Shuriken (7)
Ficha "Hoki Hīrā"/Gestão de Ficha
-
Indra
Juuichidaime Hokage
Indra
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler] Hoki Hira - Egoísmo. Tumblr10

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73475-fp-sarutobi-kaden https://www.narutorpgakatsuki.net/t73468-gestao-sarutobi-kaden

Re: [Filler] Hoki Hira - Egoísmo. - em 19/4/2020, 03:45


_______________________

[Filler] Hoki Hira - Egoísmo. Tumblr_pl035uEflG1uocgm5o2_500

-


Edição de Natal por Loola e Senko.