:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Konohagakure no Sato :: Campo de Treinamento
O Dia Mais Claro
Arco 02
Ano 13 DG
Verão
Com o fim da guerra em Oto, o mundo estava se reajustando uma vez mais. Embora se vendo como inimigas, as Cinco Grandes Nações se reergueram novamente, cada uma à sua maneira. Suna e Iwa ainda se mantinham sem Kages, e em cada uma um conselho de alto nível foi formado. Em Kumo, Kagaya focou em deixar seus ninjas mais poderosos e passou a exigir deles ainda mais comprometimento em batalha. Kaden, mesmo emocionado com a difícil vitória, levou novas esperanças à sua vila, Konoha, e, aliviado pela renúncia de Kamata ao posto de Senhor Feudal, via na nova Senhora do Fogo uma forma de deixar tudo que aconteceu em Oto enterrado em Oto, para que todos seguissem em frente, para o futuro. Em Kiri, Jyu apresentou um novo investimento, e, agora, a vila investia na área cientifica, trabalhando com engenharia genética e mecânica; um jovem engenheiro, Moira O'Deorain, lançava um produto que alavancaria Kiri e todo o mundo ninja, sua nova criação: “Vita”. Ao mesmo tempo, saindo das sombras, a organização privada HYDRA se apresentava ao mundo, investindo pesado em tecnologia e criações para torná-lo um lugar melhor.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[TREINAMENTO] mecânica importa - Publicado 29/1/2020, 16:54



[TREINAMENTO] mecânica importa Ff5d26c76a4e7617c045ca4168237318
mecânica importa


Derrubei corpos atrás de corpos. Ora cortava cabeças, ora gargantas, às vezes furava corações e quase sempre algum osso se partia. Ao redor montanhas e mais montanhas de cadáveres desfigurados, alguns meio transformados em seres bestiais, outros completamente assolados pelas características monstruosas. Apesar da quantidade imensurável de gente morta, eu sabia que cada um deles havia sido ceifado por algum de meus ossos. Quando o último caiu despertei com um pulo, não mais que duas horas depois de ter deitado para dormir. Era mais uma das noites usuais em que os sacrifícios em nome da ‘grandiosa Folha’ pesavam sobre meus sonhos. Como se não bastasse o tormento durante o sono, a marca no peito era um lembrete sempre que na mira dos olhos.

Ainda era o auge da madrugada e o sono depois do sonho havia sido reduzido a quase nada. Deixei o corpo vagar sozinho até o campo de treinamento, o luar era sede das minhas práticas durante insônias havia muito tempo. Trocamos algumas intimidades, o gramado saudou-me com a desenvoltura elástica do seu corpo nu, de um verde escuro e brilhoso. Retribui-lhe me livrando de boa parte das peças de roupa em busca de flexibilidade e liberdade. Os movimentos seguiram lentos e rígidos inicialmente, era o primeiro alongamento e prática de uma técnica ainda em criação, mas já com grandes resultados. O projeto buscava a preparação do corpo para o uso diário em várias perspectivas físicas, deixando-o preparado tanto para situações de combate quanto para o cotidiano normal de um ninja, que não é muito sedentário particularmente.

Contei quinze minutos ao término dos movimentos estranhos, desafiadores e engraçados. Meus músculos moviam-se graciosamente, despertos e elásticos em cada centímetro de existência, rígidos como o aço. Há uma característica que ronda meu ser, a qual me faz quantificar e calcular tudo que a mente consegue quantificar e calcular. Geralmente estou ocupado demais pensando sobre coisas específicas, mas a complexidade dessa mania criou raízes até no modus operandi da racionalização. Por exemplo, o desenvolvimento físico do meu corpo é transparente como uma lágrima, sendo parte do próprio treinamento a contabilização de dados a respeito do organismo e sua interação com o meio, assim como o cálculo e interpretação dos mesmos; tamanho dos músculos e suas capacidades em parâmetro às relações com o ambiente, tempo de crescimento de acordo com o método utilizado na prática de exercícios, relação do crescimento estrutural com o desenvolvimento de velocidade e todo o resto de galáxia envolvendo dados e cálculos que basicamente descrevem meu organismo. Sabendo isso consequentemente era possível saber que no ritmo atual, minha força e velocidade estavam sendo evoluídas de uma forma que ultrapassaria o desenvolvimento de habilidades motoras, uma deficiência se não ajustado rápida e corretamente.

Não sabia exatamente quem eram os responsáveis pela manutenção dos campos de treinamento, mas eu era sempre grato a eles. Não importa o quão destruídos os bonecos de alvo ficavam, estariam sempre novos e reposicionados quando você estivesse ali novamente. Naquela noite isso seria um alívio de certa forma, empregaria uma metodologia de treino que incluiria diminuir o emprego da velocidade e acrescentar em força e técnica. Seguindo-a, passei as horas restantes da escuridão dançando por todo o campo até não sobrar um boneco sem ser destruído por punhos cerrados ou calcanhares agressivos.

HP [475/475] | CH [400/400] | ST [0/6]

Considerações:

Aparência: Clique
Treinando tai.
Equipamentos:

+20 Kibaku Fuda
+5 Kunai
+5 Shuriken
+25m Fio
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [TREINAMENTO] mecânica importa - Publicado 29/1/2020, 17:00

@App

Resposta Rápida

Área para respostas curtas