NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Verão
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Senju Inazuma
3º Lugar
Raves
1º Lugar
Senju Inazuma
2º Lugar
Starfox
3º Lugar
Summer
Os membros mais ativos do mês
Angell
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
369 Mensagens - 25%
Shion
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
239 Mensagens - 16%
Starfox
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
183 Mensagens - 12%
Senju Inazuma
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
138 Mensagens - 9%
Raves
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
110 Mensagens - 7%
Summer
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
106 Mensagens - 7%
Zero
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
100 Mensagens - 7%
Nan
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
89 Mensagens - 6%
Inoue
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
87 Mensagens - 6%
Kira
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
64 Mensagens - 4%

Os membros mais ativos da semana
Shion
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
70 Mensagens - 23%
Angell
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
50 Mensagens - 17%
Summer
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
32 Mensagens - 11%
Keel Lorenz
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
31 Mensagens - 10%
Raves
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
28 Mensagens - 9%
Gyoku
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
23 Mensagens - 8%
Senju Inazuma
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
19 Mensagens - 6%
Nan
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
18 Mensagens - 6%
Sevenbelo
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
16 Mensagens - 5%
Starfox
Missão Rank D e C (Um Post) Vote_lcapMissão Rank D e C (Um Post) Voting_barMissão Rank D e C (Um Post) Vote_rcap 
11 Mensagens - 4%


Convidado
Convidado
Reformas da Vila - D
Descrição: Desde o último ataque, a vila está sendo reconstruída, e você como um jovem ninja deve colaborar! Sua missão é pintar muros e cercas por toda a vila!

Eu acordava em uma manhã quente, poucos dias após me tornar um Gennin, precisava trabalhar para eu poder evoluir dentro da vila, e que trabalho melhor que tem além de pintar os muros e cercas de lá? Tomava meu café e comia meu pão, dei tchau para os meus pais, eles estavam se preparando para trabalhar também, porém como eu sou mais aplicado em meu trabalho, decidi ir na frente.

Chegando ao centro da vila, vi o homem que tinha solicitado minha ajuda para pintar a casa dele, aparentava ter uma certa idade avançada mas dava para perceber o vigor dele, ele estava com alguns baldes de tinta, cerca de 5 ou 6, e também tinha dois pinceis, ao chegar próximo a ele, o homem logo me reconheceu:


Você que é o ninja que vai me ajudar aqui na minha casa? - disse o homem

Sim, senhor, sou eu mesmo. Prazer, Rorschach respondi.

O prazer é meu, jovem. Vamos começar?falou.

Vamos!  exclamei


Como a minha primeira missão como Gennin na vila de Konoha, até que gostei bastante do trabalho, enquanto eu pintava as paredes de fora da casa do senhor, ele pintava por dentro, levou praticamente o dia inteiro para pintar as paredes de fora. As cores que o senhor escolheu combinaram muito bem com o ambiente da vila, um marrom brilhante com os detalhes das janelas e portas em preto. Após as paredes de fora, pintei as cercas, todas de preto. Já estava a noite quando eu terminei tudo, o senhor já estava cansado e estava guardando o resto das tintas para terminar de pintar uma unica parede que faltava da parte de dentro.

Muito obrigado, garoto. Você ajudou bastante aqui.agradeceu o homem.

Eu que agradeço a oportunidade, o senhor quer ajuda amanhã para a parede que falta?perguntei.

Não precisa, o trabalho pesado quem fez foi você, eu termino amanhã sozinho. respondeu em um tom humorado.


Eu também estava cansado então me despedi do senhor e voltei para a minha casa com uma fome enorme, e além de uma sensação de dever cumprido.


HP: 200/200|||CH: 200/200|||ST: 00/02

✧ BOLSA DE ARMAS (20/20)
※ 5un; Kunai [5]
※ 4un; Shuriken [4]
※ 3un; Hikaridama [3]
※ 3un; Kemuridama [3]
※ 20un; Kibaku Fuuda [5]
Anonymous
Convidado
Convidado
Flor Púrpura - C
Descrição: O Esquadrão Médico de sua vila esta desenvolvendo um novo remédio e precisa de uma flor rara só encontrada em uma montanha muito distante, sua missão é ir buscar essa flor para que a produção do novo medicamento seja iniciada

Após ler seu conteúdo, logo entendia. A necessidade recaía sobre as mãos certas. Com meu conhecimento geográfico de rotas recentemente adquirido, assim como meu breve conhecimento de medicina, não havia alguém melhor para buscar esse ingrediente. Com o pergaminho em mãos, ia até meu guarda-roupas, onde pegava tudo que necessitaria para minha jornada. Pelo cálculo que fiz mentalmente, imaginava que necessitaria de um dia para chegar ao meu destino, isso baseando-me em uma carona qualquer que conseguisse no caminho.


De posse de minha mochila, assim como minha bolsa ninja, preparava-me para partir. Se tudo desse certo, chegaria próximo à montanha na tarde do dia seguinte. Levava em minha mochila comida dois pequenos caldeirões, portando comida suficiente para me manter durante o caminho de ida. Na volta daria algum jeito para me alimentar, pois não tinha mais comida pronta para me abastecer por mais tempo. Trancava meu apartamento, e partia para a saída da vila. Com a posse do pergaminho, mostrava aos que ali faziam guarda meu motivo para sair da vila. Sem problemas me deixaram ir. Logo saindo da vila sabia que existia uma rota onde carroças passavam com frequência. Com sorte, logo arrumaria alguma.


Interrogando os que passavam em menor velocidade, encontrei um que dizia ir para próximo de onde eu queria. Com pouco tempo de caminhada poderia chegar à montanha.


Tem certeza que posso acompanhá-lo?Perguntava

Apenas para receber a confirmação em seguida. O trajeto de carroça levou o resto do dia. O silêncio na viagem não se manteve, pois consegui estabelecer uma conversa com quem me dava carona. Era um revendedor de artigos de cerâmica, e isso explicava os baús que levava em sua carroça. Contou-me sua história, mas estava distraído demais para prestar atenção, acenando apenas com a cabeça.


Durante a noite, revezei o controle da charrete com o comerciante. Por fim, precisávamos pausar para deixar os dois cavalos que nos puxavam descansar também. Onde descansávamos era a mudança de biomas entre Konoha e uma vegetação rasteira, onde no horizonte eu podia ver uma cadeia de montanhas iluminada pela luz da lua. O campo onde paramos era aberto, estávamos sobre um pequeno morro, onde a carroça se encontrava escorada em pedaços de madeira para não correr. Os cavalos pastavam naquela noite, reabastecendo suas energias.


Foi só quando acordei com o sol iluminando no horizonte a pastagem do local que percebi que havia adormecido. Havia poupado minha comida, pois o comerciante gentilmente compartilhou a dele comigo. Agora pelo menos tinha reservas para a viagem planejada de volta. Durante pelo menos mais uma hora ainda me encontrava com o comerciante, indo em direção à cadeia de montanhas. Depois desse tempo havíamos chegado à base das cadeias. A estrada seguia passando por entre montanhas, usando o caminho menos inclinado para seguir. Em pé dessa serra havia uma estalagem, um local onde eram servidos almoço, café e se podia dormir. Me despedia do comerciante, que seguia sua viagem. Dentro da estalagem via, em suas paredes, fotos dos campos de flores que batiam com a descrição da missão. Quando perguntei para um dos funcionários, me explicaram. Na montanha mais alta daquela cadeia havia um planalto. Nele nasciam as tais flores, porém o caminho até lá era complicado. Era necessário superar montanha por montanha, para assim se ter nível para alcançar o planalto, que era a última montanha partindo de onde estávamos.


Comecei a subir partindo da estrada que cortava a serra. Ela me deixou em um ponto de altura relativo, onde encontrei uma pequena rota referenciada pelos que trabalhavam na estalagem. A rota em teoria levaria até o local, mas a estimativa era de cinco horas de caminhada até alcançá-lo. O local era íngreme, e isso deixava qualquer um que fosse fazer o caminho cansado. Não passavam dois naquele pequeno caminho. Em meio à pedras e materiais obstruindo o caminho cheguei até a ponte de corda que me elevaria até o planalto. A ponte passava por cima de um vale, onde eu podia ver toda a região que havia percorrido até chegar onde estava. Era uma bela vista.


Ao iniciar a travessia percebi onde havia me metido. Com o vento, a união feita de cordas balançava muito, e estava praticamente suspenso em uma altura que a queda seria morte certa. Aos passos lentos atravessei aquele obstáculo, alcançando o planalto apenas no início da noite. Não sabia bem o que deixou aquele local tão bonito, se eram as flores ou a iluminação da lua sobre uma superfície que nada se apresentava mais alto no horizonte. A brisa fria da noite em altitude me alcançava, mas isso não parava meu objetivo. Recolhi punhados da flor que nascia apenas naquele local. Era de suma importância levar esses ingredientes de volta para vila antes que estragasse por não possuir nutrição. Por isso, desci o caminho de volta na mesma noite, aproveitando pouco a bela vista. Era quase o raiar da manhã quando alcancei a estalagem. Fechada, me acomodei do lado de fora, onde finalmente consumi a comida que havia trazido, adormecendo por ali. Não tive muito tempo de descanso, pois o dono da estalagem havia me acordado quando ela abriu. Era hora de partir para casa.
HP: 200/200|||CH: 200/200|||ST: 00/02

✧ BOLSA DE ARMAS (20/20)
※ 5un; Kunai [5]
※ 4un; Shuriken [4]
※ 3un; Hikaridama [3]
※ 3un; Kemuridama [3]
※ 20un; Kibaku Fuuda [5]
Anonymous
Kaden
Jōnin
Missão Rank D e C (Um Post) Tumblr10
Missão Rank D e C (Um Post) Tumblr10
@

_______________________

Missão Rank D e C (Um Post) Tumblr_pl035uEflG1uocgm5o2_500

Kaden
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t73475-fp-sarutobi-kaden
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t73468-gestao-sarutobi-kaden
Convidado
Convidado

HP: ❲ 275 • 275 ❳CH: ❲ 375 • 375 ❳ST: ❲ 00 • 04 ❳VL: ❲ 10 m/s ❳


D

Dizem que  missões ninja é de longe a mais importante na carreira de um ninja iniciante, pois eles sempre acham que terão desafios imensos, sabe? mas sempre acabam fazendo as coisas mais simples possíveis, aquilo era muito engraçado para os superiores, eu estava completamente feliz com aquilo, havia conseguido me tornar Genin e ja no outro dia estava indo fazer mais uma missão, durante minha caminhada para o quadro de missões resolvi passar na floricultura da vila e reservei uma flor, adorava flores, pois elas acalmavam meu animo.

Ao chegar ao quadro de missões senti uma pontada de decepção, tinha que levar dois cães para passear, dois fodendo cães para passear cara, a veia teve o trabalho de trazer os cãeszinhos até aqui, essa porra já não conta como um passeio? Bom, não tinha como discutir com aquilo, desde que eu ganhasse a quantia certa para completar o valor da flor, eu estaria feliz.

Não demorou muito para que a senhora chegasse, foi extremamente bem recebida pelos demais ninjas e pelo que entendi aquela era uma missão super geral, pense que eles poderiam pedir cães da vizinhança para os genins levarem para passear, uma puta falta de sacanagem né? eu ria muito, sinceramente, não pensei que era esses tipos de missões que me esperavam.

Me aproximei da senhora e fiz uma reverencia a mesma, não a conhecia, mas ja havia visto algumas vezes pela vila, peguei seus cachorros e sai para caminhar  com eles, não tinha muitos motivos para a missão dar errada e provavelmente não daria, mais uma coisa que não foi me dita era que os cães eram machos e eu sabia muito bem o que acontecia quando dois machos estavam no mesmo lugar, conforme andávamos um deles resolveu urinar em uma pedra, quando ele terminou eu senti a maldade do outro que se moveu em direção a mesma pedra e urinou ali, ouvi um rosnado, mas prosseguimos, enquanto andávamos novamente ocorreu algo parecido, porem o rosnado ja veio com um latido e aquilo deu uma leve preocupação, tentei acalmar e seguimos, estávamos voltando para o quadro de missões, pois estava preocupado sobre a possível briga dos dois quando na decima mijada, enquanto o outro se movia para mijar no local onde o outro havia mijado, ele recebeu uma forte mordida na pata e começou um briga intensa dos cães comigo no meio tentando afasta-los, inclusive recebi alguns arranhões o que fez meu instinto de assassino se ativar, olhei para ambos os cães que pararam quase instantaneamente, após isso, continuei a missão e a seguir em direção ao quadro.

O resto da caminhada foi feita de forma mais tranquila, não teve nenhuma retinha mais e eles mijavam em lados opostos agora, ao chegar no quadro de missões, omiti a situação, entreguei os cães a senhora, recebi meu pagamento e peguei outra missão.





Roupas:

Considerações:


Equipamentos:



Jutsus Utilizados:



Anonymous
Convidado
Convidado

HP: ❲ 275 • 275 ❳CH: ❲ 375 • 375 ❳ST: ❲ 00 • 04 ❳VL: ❲ 10 m/s ❳


D

Fui chamado, disseram que eu teria que ajuda umas pessoas a fazer uma entrevista com outras, algo incomum, mas se gerasse dinheiro eu faria qualquer coisa, assim tomei um água,  me sentia um pouco mais livre, sei lá, não sei explicar direito. Fui diretamente encontrar as pessoas que fariam a entrevista, me entregaram algumas folhas com algumas perguntas que eu não entendia muito do que se tratava, já havia ouvido algumas palavras daquelas mas eram super estranhas.

Parei uma moça na rua, perguntei se ela gostaria de participar de uma entrevista e ela me disse que sim, mas sem perguntar do que se tratava e assim fiz a primeira pergunta a ela.

- Quantos parceiros sexuais você ja teve? -
- Caralho - A mesma ria de uma forma que eu não entendia bem, mas escrevi sua resposta no caderno de anotações. - Mais parceiro que eu ja fui pra cama, mas parceiro que eu realmente considero parceiro? -
- Não, não é quantas pessoas você ja foi pra cama, se souber né -
- Ah, mano não vou contar mais media de uns dez mais ou menos  -
- Quantos anos você tem?  -
- Eu tenho dezoito -
- Dezoito anos, relativamente nova  -
- É, mais ou menos não se tem muita idade pra isso  -
- Você tem dezoito anos, ja transou com dez caras, existe padrões assim, você pode ser julgada por X, Y  -
- Não, é puta  -
- É isso que eu gostaria de saber, qual a sua percepção disso?  -
- A minha percepção é que o pessoal ainda esta muito fechado, não hoje em dia, sabe? porque meus amigos ja não vem isso como "óh, você transou com dez meninos?"  -
- Ah, saquei. Você esta em um ciclo social que tem a cabeça, tipo mais aberta.  -
- Sim, por exemplo vou falar da minha família. Isso pra minha família é um cumulo, sou a maior puta e galinha da família, sabe?  -
- E você tem algum padrão de escolha?  -
- Não, eu não ligo muito para padrões não, eu cago e ando pra isso, sabe? O que importa é que eu to gostando; Sentei, gostei, legal se eu to feliz, foda-se.  -
- Entendo, consigo entender perfeitamente seu ponto de vista em relação a isso, então pra você a vida sexual de uma pessoa não define carater?  -
- Claro que não, gente. Móh gostosinho o negocio ta ali só pra dar prazer, pra que vai ter vergonha gente? -
- Saquei, saquei. Qual o seu nome por gentileza? -
- Ayumi  -
- Obrigado pela entrevista Ayumi, aqui esta nosso contato, você estara recebendo uma quantidade de Ryous em casa devido a entrevista  -
- Eu que agradeço  -

Gente, eu tava chocado, serio. Como diabos mandam fazer uma entrevista daquelas? foi então que uma das pessoas da equipe apareceu correndo falando sobre eu não fazer a entrevista, pois haviam me entregado os papeis errado, que os meus eram para entrevistar estudantes de academia que gostariam de ser ninjas, eu continuava chocado, entreguei a entrevista em escrito para ele e que se surpreendeu ao ler, me entregou um pergaminho de conclusão e pediu para mim ir atras dos Ryous no quadro de missões, ao chegar, entreguei o pergaminho e recebi os ryous indo para casa.






Roupas:

Considerações:


Equipamentos:



Jutsus Utilizados:



[/quote]
Anonymous
Convidado
Convidado

HP: ❲ 275 • 275 ❳CH: ❲ 375 • 375 ❳ST: ❲ 00 • 04 ❳VL: ❲ 10 m/s ❳


C

Após lidar com os bandidos resolvi botar a cabeça no lugar, fui ao quadro de missões e escolhi uma missão de rank mais baixo, pois eu conseguiria pensar mais na palavra união e da forma que ela era usada no nome da vila, havia um pouco de lixo espalhado pela e resolvi pegar a missão simples que pedia para limpar a mesma, parecia ridículo e que aquela missão não ajudaria em meu desenvolvimento e de fato, não iria ajudar, mas o desenvolvimento que eu mais queria no momento era o desenvolvimento mental, tentar entender como as coisas se encaixavam e como as coisas de fato eram, me perguntava também como seria a próxima missão rank C e quantas pessoas  mais eu teria que matar para que a palavra união fosse usada da forma correta.

Caminhei pela vila segurando aquela vassoura de palha, recolhia o lixo tranquilamente naquela região, haviam me dado alguns sacos de lixo, recolhi-os para dentro dos sacos, conforme trabalhava fazia pequenos sons com a boca que lembrava muito os acordes da musica que eu havia composto era mais ou menos assim a quarta, a quinta,  a maior cai e a menos ascende e Rorshach perplexo compõe aleluias.

Não chovia; mas o tempo estava carregado e sombrio, tinha o céu cor acinzentada e do lado do poente linhas negras e continuas denunciavam trovoada talvez para
a tarde. Era o local, além disso, tristonho. Enfileiravam-se numa grande área, pés de milho já pendoados, dentre os quais surgiam possantes madeiros de tronco rugoso e galhada completamente despida de ramagem, uns, da base à extrema ponta, lugubremente enegrecidos pelo fogo lançado antes da sementeira; outros perdidas todas as folhas em consequência da incisão profunda e circular com que o machado impedira a ascensão da selva. Esses quedavam vivos mas de uma vida latente e esmorecida, denunciada por entanguidos brotos no mais alto do tope. Passei a catar algumas folhas das arvores com as mãos, olhava para o céu e me perguntava quando o sol iria aparecer, quando que haveria a paz e união de verdade? sinto meu rosto molhar, mas quem dera que fosse a chuva, sequei as lagrimas na manga de minha blusa e continuei a recolher as folhas no chão, o milharal soltava muitas folhas, o que atraia insetos para cá, aquilo prejudicava a plantação, após recolher todas elas, coloquei-as no saco de pano que haviam me entregado, após isso, retornei para o quadro de missões.  não demorou muito para chegar ao quadro de missões, entreguei o saco de lixo e peguei a quantidade de moedas prometidas na missão, não eram muitas, mas deu o suficiente para guardar e suficiente para comprar a flor para colocar em minha sala de estar.






Roupas:

Considerações:


Equipamentos:



Jutsus Utilizados:



Anonymous
Urameshi
Chūnin
lathe biosas
lathe biosas
aprovado.
recompensa máxima.

_______________________

Missão Rank D e C (Um Post) Susanoo-no-Mikoto-slaying-Yamata-no-Orochi-in-Kojiki
Urameshi
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t70850-berserker
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido