Naruto RPG
Akatsuki
A doce melodia dos ventos atravessando o deserto não era mais querida por absolutamente ninguém. Ele sabia muito bem disso, por mais que odiasse o fato. Concordava que sua vila estava morta há muitos anos, entendia que seu povo sofrera, e, mesmo assim, não entendia como. Parecia um absurdo sem precedentes como uma vila tão renomada como Sunagakure no Sato, organizador do primeiro Chunin Shiken mundial desde a formação das novas nações, havia sido destruída, afundada nos seus próprios desertos, graças a uma única entidade chamada Okina. Mas isso aconteceu. Muitas pessoas inocentes morreram, muitas fugiram, e os vastos desertos dentro de Kaze no Kuni tornaram-se morada de aldeias e mercenários, todos tentando sobreviver na jornada. Muitos ficavam nos arredores com esperança do retorno da gloriosa Sunagakure no Sato, outros porque não eram aceitos em outros lugares e, alguns ainda não tentavam, pois tinham idosos e doentes consigo. Um verdadeiro caos. A economia despencou; começaram os gastos com população, poucos impostos recebidos e mais gastos com mercenários contra outros mercenários. Acreditava que a iniciativa destrutiva de Okina não visava aquelas consequências, mas eram reais e ele precisava enfrentá-las.
Ano: 66DG
Estação: Inverno
Episódio: OFF.
~~~
01 / 06 Neste mês de Junho estaremos no nosso Mês do UP! Tudo em dobro: ryous, status, atributos, missões. Aproveitem esse período para fortalecer seus personagens e chegar até aonde almejam. Mais informações de como funciona neste link.

11 / 04 Tem alguma dúvida pequena que deseja retirar rapidamente? Utilize nosso tópico de dúvidas rápidas clicando aqui.

01 / 04 Olá, é sua primeira vez aqui? Caso a resposta seja sim desejo-lhe boas-vindas. Sugiro que antes de iniciar sua jogatina confira nossas regras e tutoriais e quando se sentir pronto lance sua ficha em inscrições. Nesse mês estamos com uma promoção exclusiva para novos jogadores, um pequeno pacote que concedem algumas vantagens no inicio de sua jornada dentro do RPG, confira clicando aqui.
.
.
.
Últimos assuntos


[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 16/1/2019, 10:10

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Lancer.%28Artoria.Pendragon%29.full.2161897
Narrador, 1/10

Arthuria Pendragon, abrigada durantes anos em Kumogakure a jovem militar carregava um sangue real e uma profecia de que um dia poderia usufruir do trono de Camm. Dada como morta na fuga com sua mãe, o reino nunca veio a desconfiar, mesmo que não tivesse visto o corpo, que a filha ainda poderia está viva.

Anos se passaram, e os boatos de comerciante local foram parar até a sala do trono —— É impossível! —— retrucou, não acreditando nas palavras que ouvia de seus servos —— Eu juro meu senhor, estão todos a comentar, existe uma Pendragon em Kumogakure. —— insistia o mensageiro, temendo pela própria vila. O rei a nada comentou, ficou pensativo por alguns minutos demonstrando um semblante de fúria —— Está certo, organize uma expedição com alguns poucos guerreiros, vá pessoalmente a Kumogakure e confirme você mesmo essa informação! —— exclamou, com um tom bravo e firme.

Preocupava-se o rei com a antiga profecia, por anos seu reinado pendurava sem perigo algum, mas o que faria ele caso tivesse uma filha viva? Matar-la a sangue frio era uma opção, no entanto deveria agir rápido, caso o povo soubesse que de fato sua filha estaria viva, buscariam respostas, questionariam, e tais atos poderiam ascender uma chama que há muito tempo já esteve apagada.

Os homens partiram pela manhã, uma caminhada que levaria pouco menos de uma semana, junto ao mensageiro real estaria cinco guardas, um de alta elite e outros menores, mas com um bom porte físico e com um bom controle sobre suas armas.

Já Arthuria, a protagonista de toda aquela breve confusão, nem mesmo imaginava o que estaria a enfrentar nos próximos dias, Kumogakure não a chamava para novas missões no momento, teria ainda alguns dias de paz, quem sabe não fosse um ótimo momento para aproveitar. 


Considerações:
—— Primeiro post inteiramente livre, será o tempo de viagem dos soldados até Kumogakure.
—— Minha narração é muito humilde comparada a sua, perdão se tiver alguns erros kkkkk
Convidado
Anonymous
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 16/1/2019, 11:08


Despertou de súbito, com os olhos se encontrando com a ascensão do astro solar, situado no além-mundo. A luminescência astral colidia com as esverdeadas íris da Pendragon, à medida que as pálpebras se fechavam com o exagerado desejo de resguardar o sentido da visão. Os supercílios dobraram, adjunto à pequenas câimbras que acometiam a musculatura dorsal da kunoichi. Não fosse só isso; uma forte dor de cabeça assolava a loira, vítima de uma pressão arterial sujeita à níveis incomuns para uma jovem de dezesseis invernos. De maneira vagarosa, houve de erguer-se do leito, indo diretamente para o toalete. Aproveitando do calor provindo do verão da Vila da Nuvem, banhou-se com água fria, depositando sua fé que o toque gélido da água poderia restituir suas forças. — Eu ando ao lado das águas paradas, e elas restauram minha alma. — proferiu, de olhos fechados, lembrando-se de uma antiga canção relatada nos escritos de sua mãe, Igraine. Por fim, desligou o chuveiro, secando-se com uma toalha de seda e trajando suas vestimentas.

Mediante passadas remansadas, Arthuria alcançou a cozinha. Com algumas bocadas, devorou uma maçã, consumindo em seguida um suco preservado no fundo da geladeira. Depois de alguns minutos, procurou no balcão algum medicamento para ingerir, engolindo então a capsula de um fármaco que prometia melhoras na dilatação arterial e no aumento da diurese. Naquele instante, agradeceu pelos avanços da medicina e imaginou se tal avanço havia alcançado Camm, sua terra natal. Apesar dos relatos de Igraine estarem sobre a posse de Arthuria, ainda há muito à se descobrir sobre o fantástico reino do tirano Uther Pendragon, o alcunhado Rei dos Cavaleiros. Repentinamente, sem se deixar levar pelos devaneios monárquicos, suas obrigações de shinobi irromperam na mente, forçando a jovem sair de casa rapidamente após tomar posse de suas armas lendárias. Deixou as Presas estacionadas nas costas – ainda doloridas –, cruzadas mediante uma única intersecção. Nesse ímpeto, a kunoichi saía da residência, tomando rumo até às alamedas da Vila da Nuvem. Esperava alcançar o gabinete antes que o sol estivesse acima do cume celestial.

Arthuria, 1175/1175; 1500/1500; 000/400; 00/08.

Considerações:
Dados: Minha aparência é de Arthuria Pendragon, Fate/serie, vestindo esse traje, sem o capuz. Uma hip-pouch permanece atada à cintura, virada para o lado direito do corpo, ao passo que as Kibas cruzam as costas em diagonal, o que permite sacá-las através de movimentos simples.

Palavras: ???, segundo este site.

Buffs: Mestre Elemental (x2 Raiton), Kuroi Kaminari (x2 Raiton), Kibas (+100 Raiton).
Danos: --
Custos: 00 CH.

Usados:
Oroborosu no Omei
Rank: -
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka.

O usuário terá o selo no centro do peito. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago (Raiton) sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste.

Kiba,
Rank: S
Descrições: Kiba (牙; Literalmente significa "Presas") é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. THobcWK
Kuroi Kaminari; inativo.
Rank: -
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.

Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.

_______________________

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. DSiajjg

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. K9SynP3
“Ser neutro não significa ser indiferente e insensível.
  Não devemos matar sentimentos dentro de nós mesmos.
  Basta matar em nós o ódio. Entendeu?”
  (Geralt de Rívia, O Sangue dos Elfos)

——— Andrzej Sapkowski

—

Fama : 80 Mensagens : 854
Ablon.
Kyūdaime Raikage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t63673-arthuria-pendragon-two https://www.narutorpgakatsuki.net/t56950-c-t-emporium#377670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 16/1/2019, 16:16

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Lancer.%28Artoria.Pendragon%29.full.2161897
Narrador, 2/10

A viagem dos soldados de Camm demorou apenas três dias e três noites, alcançando as enormes muralhas de Kumogakure mais rápido do que o esperado —— Mensageiro! —— exclamou o guarda de elite —— Diga, Sor  Avat. —— respondeu —— Quais as ordens de vossa majestade? —— perguntou, aflito com as poucas informações que tinha para aquela missão —— Não lhe convém, me siga e cumpra seu dever, é o suficiente. —— concluiu o mensageiro, avançando pela ultima estrada que teria de enfrentar antes de finalmente chegar ao grande portão.

—— Vejam! Esse é o grandioso vilarejo de Kumogakure no Sato, aproveitem a visão, por dentro das muralhas de Camm é raro contemplamos outras civilizações. —— disse o mensageiro, dando-lhes um breve conselho. —— Olá guardiões desse grandioso vilarejo, perdoem-me a chegada sem aviso, mas necessito de permissão para adentrar no vilarejo, busco por uma pessoa, em nome de Uther Pendragon. —— solicitaria o mensageiro, estendendo o papiro que carregava a mensagem real. Os guardas se encararam, não entendendo bem o que acontecia por ali —— Não podemos permitir a passagem, peço perdão, mas chamarei por um de nossos oficiais, aguardem um pouco. —— respondeu o menor dos guardas, dando de costa para ir em busca de um jounin.

—— Não podemos entrar? Quem vocês acham que são? —— gritou o guerreiro, furioso, sacando de sua bainha uma grandiosa espada e retirando de suas costas um escudo que carregava em seu centro a bandeira de Camm —— Pagarão por ofender a Camm! —— gritaria, mais uma vez, preparando-se para atacar aqueles dois pobres guardas.

Considerações:
• Você tem um pequeno leque de opções para escolher o rumo da missão, nesse, no entanto, estará a limitado a escolher entre duas:
• 1) Estava passando e ouviu toda a gritaria, podendo intervir ou não;
• 2) Mais um post livre, fazendo o que desejar e aguardando que seja chamado (próximo post).
—— Minha narração é muito humilde comparada a sua, perdão se tiver alguns erros.
Convidado
Anonymous
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 16/1/2019, 17:27


Sem pressa alguma, a kunoichi de fios dourados se movia pelas vielas de Kumogakure, deixando que o sol invicto banhasse a carne com suas oscilações fúlgidas e cálidas. A pele branca recebia as ondas luminosas sem pudor, ainda que o corpo estivesse protegido com algumas poucas camadas de tecido tecido negro, favorecendo o fenômeno conhecido como albedo. Deixando a respiração controlada, a Pendragon não deixava que seu vigor fosse dissipado na atmosfera ardente, submissa ao calor excruciante do verão em Kaminari no Kuni, o País do Relâmpago. Moderadamente suada, continuou a galgar em direção ao gabinete da Raikage, já com os encargos de assistente martelando sua mente.

Ao pé do magnífico gabinete, Arthuria ficou ali, esperando, vendo o kanji 雷 apontado no centro da edificação, adjacente às janelas do escritório da atual Sombra do Relâmpago. Próximo do desenho, um amontoado de nuvens se acoplavam ao redor da construção, indicando o verdadeiro símbolo de Kumogakure no Sato. Ficou alguns minutos ali, vislumbrada com as manifestações de poder representadas no carácter ilustrado e nas brumas esbranquiçadas, e em seguida direcionou seus passos até o acesso do edifício, avançando em sentido à longa escadaria que daria à sala da Hachidaime. Abstraída apenas em suas obrigações, a jovem assistente não esperava ser abordada por ninguém.

Arthuria, 1175/1175; 1500/1500; 000/400; 00/08.

Considerações:
Dados: Minha aparência é de Arthuria Pendragon, Fate/serie, vestindo esse traje, sem o capuz. Uma hip-pouch permanece atada à cintura, virada para o lado direito do corpo, ao passo que as Kibas cruzam as costas em diagonal, o que permite sacá-las através de movimentos simples.

— Escolhi fazer um post livre. Vou esperar me chamarem enquanto subo as escadas para ir ao gabinete.

Palavras: 209, segundo o word.

Buffs: Mestre Elemental (x2 Raiton), Kuroi Kaminari (x2 Raiton), Kibas (+100 Raiton). — não estou necessariamente concedendo o máximo de poder.
Danos: --
Custos: 00 CH.

Usados:
Oroborosu no Omei
Rank: -
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka.

O usuário terá o selo no centro do peito. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago (Raiton) sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste.

Kiba,
Rank: S
Descrições: Kiba (牙; Literalmente significa "Presas") é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. THobcWK
Kuroi Kaminari; inativo.
Rank: -
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.

Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.

_______________________

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. DSiajjg

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. K9SynP3
“Ser neutro não significa ser indiferente e insensível.
  Não devemos matar sentimentos dentro de nós mesmos.
  Basta matar em nós o ódio. Entendeu?”
  (Geralt de Rívia, O Sangue dos Elfos)

——— Andrzej Sapkowski

—

Fama : 80 Mensagens : 854
Ablon.
Kyūdaime Raikage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t63673-arthuria-pendragon-two https://www.narutorpgakatsuki.net/t56950-c-t-emporium#377670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 17/1/2019, 08:53

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Lancer.%28Artoria.Pendragon%29.full.2161897
Narrador, 3/10

—— Sor Avat! —— repreendeu o mensageiro erguendo seu braço direito para impedir que o guerreiro continuasse a avançar —— Não desonre Camm com um comportamento tão animalesco, controle-se! —— ordenou, agindo como o verdadeiro oficial daquela missão, no entanto, em seus pensamentos, amaldiçoava aquele vilarejo e suas futuras gerações, pois concordava que aquele comportamento não era digno de servos enviados pelo próprio rei, mas sua inteligência era profunda para entender que outras regiões que carregavam culturas bastante divergentes a de Camm.

Um dos guardas se retirou daquele local, restando apenas um, que já se tremia só em pensar numa batalha contra aquele enorme guerreiro. —— Não se preocupes jovem, não lhe atacaremos sem nenhuma necessidade, viemos em paz e só desejamos encontrar uma única pessoa, após isso partiremos de volta a nosso reino, e com isso nosso acordo de paz com Kumogakure pendurará. —— diria, para acalmar o guarda.

Após um curto tempo de espera um dos oficiais chegou pelo portão, vestindo uma espécie de armadura militar e carregando em sua bainha uma fina espada —— Se homem tem espada, homem é guerreiro. —— falou um guarda menor que tinha uma deficiência mental, mas agia com uma fidelidade honrável para com o rei, e possuía tamanha força para devastar exércitos. —— Aqui chamamos de ninjas. —— explicou, com um tom gentil.

—— O que fazem aqui? Por quais motivos o rei enviaria guerreiros de Camm até Kumogakure? —— questionou com um pouco de autoridade, por razões insignificantes do destino o ninja escolhido já tinha um pouco de conhecimento sobre o reino de Camm, pois já teria ouvido falar do reino. —— Buscamos por uma Pendragon abrigada em Kumogakure, os boatos se espalharam e caso seja verdade devemos a levar de volta, ela pertence à família real e seu lugar não é aqui. —— exclamou o mensageiro, com um tom evasivo e um pouco agressivo.

—— Busquem por Arthuria Pendragon, ela deve está no gabinete essa hora, é assistente da própria Raikage. —— exclamou o ninja, substituindo totalmente seu tom gentil para algo autoritário e irritado —— Lembrem-se, quem decidirá se vai ou ficará será ela, Camm não tem poder nas terras de Kumogakure, não adianta insistir, essa não é uma guerra que seu rei seria capaz de carregar. —— exclamou, esbanjando tamanha arrogância para com o reino.

Imediatamente as armas foram sacadas em total sincronia, concomitante a isso o mensageiro novamente ousou levantar a mão para cessarem os movimentos de guerra —— Não soem como animais, eu já disse! —— gritou, em autoridade e irritado. —— Não me importo com o poder militar desse vilarejo, sem ofensas, mas o acordo de paz não foi feito para nos beneficiar, sobre as regras assinadas no acordo todos aqueles que possuem sangue de Camm comprovados pertencem a Camm, seus julgamentos, serviços e afins serão feitos por Camm, e só será o contrário quando oficialmente, de frente ao rei, tal traidor renegue a Camm, cortando os pulsos de seu braço para que sangue até um estado final de fraqueza, mas que não morra, apenas para que perda todo o sangue que pertence a Camm. —— explicou o mensageiro, furioso com tamanha afronta.

As espadas ainda estavam apunhaladas, um clima tenso se criou ali, uma guerra poderia ser iniciada mesmo sem a presença do rei ou da Raikage, egos inflados que não aturavam desrespeitos as suas moradas, um acordo que provia de regras tão insignificantes, mas que hoje, mudaria o rumo de uma vida.

Logo o guarda chegou no gabinete, clamando pela presença de Arthuria no portão, dando o seu recado pessoalmente.

Considerações:
• Ficou meio grande, mas intensifica as histórias entre Kumo e o reino, buscando iniciar um pequeno clima de guerra e confronto, obviamente estou tentando criar um enredo bom o suficiente para lhe agradar, já que terá impacto na sua personagem e por isso solicito um feedback mínimo se o rumo do plot lhe agrada. Lembrando que sua personagem será o foco de tudo, logo os rumos de tudo isso ainda será decidido por suas escolhas, mas nesse post em especifico você foi convocado ao portão, podendo recusar caso tenha motivo, mas isso vai inflamar ainda mais o clima no portão.
—— Minha narração é muito humilde comparada a sua, perdão se tiver alguns erros.
Convidado
Anonymous
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 17/1/2019, 10:36


Arthuria distribuía seus passos pelos degraus que levariam ao grandioso gabinete, erguendo o corpo progressivamente à cada impulso muscular. Apoiava a mão direita no corrimão, equilibrando-se em meio à longa escadaria, mostrando certa despretensão enquanto realizava essa atividade tão simples. Os olhos verdes miravam o fundo da gradação, local onde se postava a pequena portinhola de madeira que daria no escritório de Chara, a Hachidaime Raikage. De forma vagarosa, prosperou em sua marcha e alcançou a entrada, encostando a mão na cintilante maçaneta de aço inoxidável. Fez força para girá-la, mas a energia se dissipou quando ouviu seu nome ser evocado. —— Arthuria Pendragon, solicito sua presença no portão do vilarejo. — disse um homem, aparecendo de repente às suas costas. Sem reparar muito no físico do sujeito, a jōnin notou que era um dos guardas do portão, pressentindo um transtorno ocorrendo no limiar de Kumogakure. —— Pois bem, então vamos. — respondeu, abandonando a maçaneta prateada que daria ao escritório da Sombra do Relâmpago e voltando para o andar térreo, seguindo em direção ao portão da aldeia.

Escoltada pelo sentinela, a loira não perdeu tempos com perguntas, apenas prosseguiu em seu caminhar pela avenida central, fugindo do contato das multidões graças ao seu pequeno porte físico. O guarda não ficava para trás; usando seu corpo musculoso, digladiava-se em meio à torrente infinita de civis, empurrando-os para as laterais e abrindo acesso na grande massa. Em meio ao calor, as vestes da moça serviam como uma forma de refrescar seu corpo, dado que – mediante os fenômenos convectivos – o ar quente se mostra ocupado pelo ar frio, criando uma espécie de vento no interior das largas vestimentas. Essa tática também é adotada por civilizações que vivem em áreas desérticas, locais onde a incidência solar é muito intensa.

Após algum tempo de caminhada, Arthuria finalmente alcançou o portão. De longe, já conseguia notar a presença de alguns indivíduos trajando roupas singulares. Naquela distância, notava a presença de um brasão estampado nos escudos e na bandeira hasteada, mas não obtinha sucesso em distinguir qual seria aquele vilarejo. Enquanto mirava seu olhar no dragão vermelho gravado no emblema da legião, a moça movia-se lentamente em direção aos intensos combatentes – visivelmente prontos para começar um embate. —— Acalmem-se, cavaleiros. Sou Arthuria Pendragon, e ofereço a minha atenção aos senhores. — palestrou, com alguns fios de cabelo serpenteando a atmosfera abafada. —— Eu lhes pergunto, qual é o problema? — indagou, deixando que seu olhar se perdesse no semblante daquele que parecia ser o líder da trupe.

Arthuria, 1175/1175; 1500/1500; 000/400; 00/08.

Considerações:
Dados: Minha aparência é de Arthuria Pendragon, Fate/serie, vestindo esse traje, sem o capuz. Uma hip-pouch permanece atada à cintura, virada para o lado direito do corpo, ao passo que as Kibas cruzam as costas em diagonal, o que permite sacá-las através de movimentos simples.

— Fui até o portão. Arthuria não sabe que é um grupo de Camm. Não revisei o post, ficou isso aí mesmo.

Palavras: ???, segundo o word.

Buffs: Mestre Elemental (x2 Raiton), Kuroi Kaminari (x2 Raiton), Kibas (+100 Raiton). — não estou necessariamente concedendo o máximo de poder.
Danos: --
Custos: 00 CH.

Usados:
Oroborosu no Omei
Rank: -
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka.

O usuário terá o selo no centro do peito. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago (Raiton) sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste.

Kiba,
Rank: S
Descrições: Kiba (牙; Literalmente significa "Presas") é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. THobcWK
Kuroi Kaminari; inativo.
Rank: -
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.

Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.

_______________________

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. DSiajjg

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. K9SynP3
“Ser neutro não significa ser indiferente e insensível.
  Não devemos matar sentimentos dentro de nós mesmos.
  Basta matar em nós o ódio. Entendeu?”
  (Geralt de Rívia, O Sangue dos Elfos)

——— Andrzej Sapkowski

—

Fama : 80 Mensagens : 854
Ablon.
Kyūdaime Raikage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t63673-arthuria-pendragon-two https://www.narutorpgakatsuki.net/t56950-c-t-emporium#377670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 17/1/2019, 14:37

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Lancer.%28Artoria.Pendragon%29.full.2161897
Narrador, 4/10

Arthuria aceitou sem pestanejar, seguindo em direção aos grandes portões de Kumogakure, que, naquele momento, protagonizavam um clima de tensão entre dois representantes. No entanto, apenas a visão dos cabelos loiros da princesa lhes fizeram repousar suas espadas e escudos —— É ela mesmo, pelos deuses, como isso é possível? —— questionou o mensageiro, surpreendido pela beleza que aquela figurava representava.

Ajoelharam-se todos mediantes a fala de Arthuria, prostrando-se aquela que carregava o sangue real. O mensageiro foi o primeiro a se levantar novamente, fazendo com que os demais seguissem sua movimentação —— Pendragon Arthuria! —— exclamou em alto som, anunciando em felicidade o nome da filha do rei —— Você se parece tanto com sua mãe, não tenho dúvidas que és filha de vossa majestade —— diria o mensageiro, deixando que a emoção do momento guiassem suas palavras.

—— Não viemos matá-la? —— questionou o brutamontes, provocando raiva no mensageiro —— Mesmo que sua pergunta soe inocente, eu juro que mandarei arrancar sua cabeça na próxima vez que cogitar tamanha barbaridade, ela é filha do rei, carrega o sangue real, automaticamente servimos a ela, o rei nos deu ordens para busca-la, jamais a considerou traidora! —— diria o mensageiro, não reconhecendo o pesar de suas próprias palavras —— O rei nunca citou Arthuria, não creio que exista orgulho dele referenciando a garota, não seja tolo —— sussurrou o guerreiro de elite, tentando falar baixo, para que Arthuria a nada escutasse.

O mensageiro, mesmo ouvindo aquelas palavras, ignorou-as por completo, retornando sua atenção para a jounin e dando as devidas desculpas pela confusão —— Me chame de Nike, mensageiro real de Camm, venho até em uma missão oficial para busca-la oh minhas senhora, sua vida nesse pobre vilarejo acabará hoje, o reino tem dividas com você por permitir que viva em algo tão simples e triste como é Kumogakure —— exclamava o mensageiro, estendendo o papiro que carregava a ordem de sua missão, nele, em algumas palavras não reconhecíveis a qualquer um, estaria a ordem de que o mensageiro buscasse por uma Pendragon em Kumogakure, e caso encontrasse, a trouxesse de volta.

Considerações:
• Bom, o mensageiro está animado em conhece-la, mas existe um motivo SECRETO para isso. Post livre, é RP, a missão quase inteira é RP, mesmo que seja de nível S, mas próximo turno planejo, dependendo de sua reação a tudo, trazer algo mais para o sentido de uma missão.
—— Minha narração é muito humilde comparada a sua, perdão se tiver alguns erros.
Convidado
Anonymous
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 17/1/2019, 16:02


Defronte a milícia de cavaleiros, Arthuria ouvia atentamente as palavras do notório dirigente. Conduzia seu olhar pela efígie do homem, reparando nos longos cabelos castanhos jogados para trás, na barba por fazer e nos estupendos olhos esverdeados, parecidos com os de Arthuria. Apesar de relativamente alto, a musculatura do homem deixava transparecer que não era um guerreiro; provavelmente ganhava a vida como mensageiro, ou mesmo como um escrivão, supôs. Em contrapartida, o restante do grupo era composto pelos maiores brutamontes que a jovem já viu, ostentando em seus punhos espadas e escudos prontos para serem usados como forma de instaurar o caos no portão de Kumogakure. Entretanto, a Pendragon estava ali para que isso não ocorresse.

—— Como assim? — indagou, vendo a trupe de guerreiros se ajoelharem um por um no solo arenoso do País do Trovão. Estupefata, notava a execução graciosa dos movimentos da tropa, exibindo uma autêntica reverência monárquica – diferentes de todas que Arthuria presenciara em seus dezesseis anos. Nesse ímpeto, a loira deixava inconscientemente que sua boca fosse aberta, concomitante a que o conteúdo dos manuscritos de Igraine avassalavam a psique. —— Como conhece minha mãe? — indagou mais uma vez, porém, não precisou de uma resposta para que pudesse juntar as peças. Após uma rápida organização de pensamentos, compreendeu que, certamente, aquele grupo viera de Camm, o lendário reino do déspota Uther Pendragon, o Rei dos Cavaleiros. Sua mente irrompeu em um turbilhão de informações, e por um instante, a kunoichi se perdeu na abstração.

No seu mundo onírico, deixava que as memórias de sua terra natal voltassem à consciência, fazendo-a recordar das verídicas epígrafes de sua mãe. Revivia uma época passada, quando saíra da tutela de seus pais adotivos e passara a viver sozinha, longe de tudo e de todos, focada apenas em aprender. Apenas com os conhecimentos de sua mãe, estudava os inéditos assuntos do império tirânico de Uther; o idioma, a cultura, a estratificação social e a religião – e graças ao intelecto da pequena, tudo entrava em sua cabeça facilmente. Todavia, Arthuria nunca foi capaz de conhecer um parente seu, nem mesmo relacionar-se com um igual. Ela sempre esteve sozinha.

Despertou subitamente, piscando com força para que seus olhos fossem lubrificados. Enquanto isso, as palavras do homem de cabelos castanhos alvejavam seus ouvidos, indicando seu nome e o motivo da viagem até a Vila da Nuvem. —— Por favor, não repitam isso. Não sou uma princesa. — disse, serena, descontente com as reverências. De maneira simultânea, minguava suas emoções para que elas não interferissem em suas atitudes, concomitante a que testemunhava o pergaminho de papiro abrir à sua frente, mostrando caracteres irreconhecíveis para os habitantes de Kumo – mas não para ela. —— Hen llinge, a Língua Antiga. — afirmou, lendo o mandato de busca, permitido pelo próprio progenitor de Arthuria. —— Eu irei com você. — disse, desviando o olhar novamente para Nike de forma repentina. —— Entretanto, não abandonarei a Vila da Nuvem, é minha palavra final. Por favor, peço que levem-me ao meu pai. — ordenou, deixando que a voz soasse de maneira dócil, desprezando os princípios reais maquiavélicos.

Arthuria, 1175/1175; 1500/1500; 000/400; 00/08.

Considerações:
Dados: Minha aparência é de Arthuria Pendragon, Fate/serie, vestindo esse traje, sem o capuz. Uma hip-pouch permanece atada à cintura, virada para o lado direito do corpo, ao passo que as Kibas cruzam as costas em diagonal, o que permite sacá-las através de movimentos simples.

— A personagem tiltou quando percebeu que os caras vieram de Camm. Com isso, ela perdeu a conversa do terceiro parágrafo inteiro, e só voltou à ficar consciente no último, quando estava a ser apresentada ao mensageiro.

Palavras: ???, segundo o word.

Buffs: Mestre Elemental (x2 Raiton), Kuroi Kaminari (x2 Raiton), Kibas (+100 Raiton). — não estou necessariamente concedendo o máximo de poder.
Danos: --
Custos: 00 CH.

Usados:
Oroborosu no Omei
Rank: -
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka.

O usuário terá o selo no centro do peito. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago (Raiton) sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste.

Kiba,
Rank: S
Descrições: Kiba (牙; Literalmente significa "Presas") é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. THobcWK
Kuroi Kaminari; inativo.
Rank: -
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.

Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.

_______________________

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. DSiajjg

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. K9SynP3
“Ser neutro não significa ser indiferente e insensível.
  Não devemos matar sentimentos dentro de nós mesmos.
  Basta matar em nós o ódio. Entendeu?”
  (Geralt de Rívia, O Sangue dos Elfos)

——— Andrzej Sapkowski

—

Fama : 80 Mensagens : 854
Ablon.
Kyūdaime Raikage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t63673-arthuria-pendragon-two https://www.narutorpgakatsuki.net/t56950-c-t-emporium#377670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 18/1/2019, 13:15

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Lancer.%28Artoria.Pendragon%29.full.2161897
Narrador, 5/10

—— Seja feita a sua vontade. —— concluiu o mensageiro, dobrando os joelhos e fazendo uma simples reverência. —— Podemos partir quando o próximo sol raiar, a viagem até aqui demorou três dias, mas não descansamos em nenhum momento, possivelmente a de volta demorará mais um tempo, então se possível, poderíamos nos descansar nessa noite? —— solicitou o mensageiro, recebendo uma simples confirmação do jounin ali presente, mesmo que sua presença não fosse mais requerida, visto que a própria assistente da Raikage estaria ali.

—— Lembre-se Arthuria, acima de tudo você é uma jounin, se vai partir deverá organizar a papelada necessária, é só isso, irei embora. —— concluiu o jounin, se retirando dali. Arthuria teria até o próximo dia para que organizasse todas as papeladas de sua viagem, podendo organiza-la como uma devida missão de reconhecimento, mas existia um peso em aceitar tal proposta, enfrentar Uther e renegar de uma vez por todas Camm poderia trazer graves consequência a Kumogakure.

O mensageiro e os guardas repousaram em um hotel local, não necessitando de nenhum luxo extraordinário para passar a noite, e logo no amanhecer já teriam despertado, partindo rumo ao portão do vilarejo e aguardando a chegada da ninja. No entanto, o mensageiro teria se atrasado um pouco, chegando depois enquanto arrumava alguns frascos em sua pequena bolsa —— Comprei algumas plantas exóticas e preparei algumas poções para o rei. —— justificou, mesmo que ninguém perguntasse.

Considerações:
• Post necessário para o enredo continuar sem furos.
—— Minha narração é muito humilde comparada a sua, perdão se tiver alguns erros.
Convidado
Anonymous
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 18/1/2019, 22:08


—— De acordo. Posso indicar uma ótima estalagem para o repouso do grupo. — afirmou, com certo de ar de simpatia transparecendo no singelo sorriso. Detalhadamente, explicou o caminho até à hospedaria – um hotel, conhecido por Arthuria graças à sua última atividade heroica em Kumo, quando derrotou o demi-robô Hans Benata. Logo, viu o bando de cavaleiros partirem para o interior do vilarejo, acompanhando o rastro deixado pelas escarpes metálicas. Por fim, voltou o olhar até o seu informante, ouvindo atentamente as palavras do mesmo. — Sim, farei isto. Obrigada por me lembrar. — agradeceu, mesmo que já estivesse ciente de suas obrigações para com o topo do Seiki Butai. Não obstante, após o jōnin ter se ausentado, desejou um bom dia aos demais sentinelas e marchou em direção ao quartel general.

Chegou no estabelecimento sem pressa alguma, cedendo o pé direito ao contato com o assoalho de madeira. Familiarizada com a instalação, viajou até a bancada, ajeitou os infindáveis papeis e, com uma caligrafia impecável, escreveu as diretrizes que permitiam sua saída do vilarejo. Feito isto, entregou a documentação ao fiscal e aguardou um tempo, conjecturando as reais intenções envolvidas na busca de Uther pela sua caçula. Para ela, encontrar seu pai seria constrangedor. Para ele, provavelmente seria estressante, ou quiçá, seria motivos para comemorações. A jovem Pendragon suspeitava das duas hipóteses, e deveria se mostrar cautelosa, precavida. Assim, o inspetor carimbou o papel, deixando-o arquivado em uma pasta de plástico para ser entregue à Raikage em um futuro próximo. Arthuria saiu do quartel general, retornando para casa, onde descansaria até a manhã raiar novamente.

—— Ceád'mil, Nike. — anunciou sua presença, utilizando de seus conhecimentos sobre o dialeto antigo de Camm, o Hen llinge. Concomitantemente, notava que Nike havia chegado um instante antes, parecendo portar algo em suas algibeiras. Defronte o grande portão, abaixo das inumerosas chamas do sol escaldante, Arthuria não se importou com isso, apenas esperava partir logo dali em direção à sua terra natal. —— Vamos? — perguntou, olhando para o seu anfitrião após ele ter explicado o conteúdo que carregava em sua pequena bolsa.

Arthuria, 1175/1175; 1500/1500; 000/400; 00/08.

Considerações:
Dados: Minha aparência é de Arthuria Pendragon, Fate/serie, vestindo esse traje, sem o capuz. Uma hip-pouch permanece atada à cintura, virada para o lado direito do corpo, ao passo que as Kibas cruzam as costas em diagonal, o que permite sacá-las através de movimentos simples.

— Desculpe a demora, passei o dia fora .-

Palavras: ???, segundo o word.

Buffs: Mestre Elemental (x2 Raiton), Kuroi Kaminari (x2 Raiton), Kibas (+100 Raiton). — não estou necessariamente concedendo o máximo de poder.
Danos: --
Custos: 00 CH.

Usados:
Oroborosu no Omei
Rank: -
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka.

O usuário terá o selo no centro do peito. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago (Raiton) sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste.

Kiba,
Rank: S
Descrições: Kiba (牙; Literalmente significa "Presas") é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. THobcWK
Kuroi Kaminari; inativo.
Rank: -
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.

Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.

_______________________

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. DSiajjg

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. K9SynP3
“Ser neutro não significa ser indiferente e insensível.
  Não devemos matar sentimentos dentro de nós mesmos.
  Basta matar em nós o ódio. Entendeu?”
  (Geralt de Rívia, O Sangue dos Elfos)

——— Andrzej Sapkowski

—

Fama : 80 Mensagens : 854
Ablon.
Kyūdaime Raikage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t63673-arthuria-pendragon-two https://www.narutorpgakatsuki.net/t56950-c-t-emporium#377670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 20/1/2019, 12:06

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Lancer.%28Artoria.Pendragon%29.full.2161897
Narrador, 6/10

Novamente rápidas reverências foram feitas com a chegada de Arthuria, e logo após a viagem se deu início, passando pelos mais diversos campos e montanhas durante o dia inteiro, sendo acompanhados apenas pela natureza selvagem que os rodeavam a todo tempo. —— Diga-me Arthuria, como é a vida em Kumogakure? Gosta de tamanha selvageria? —— questionou o mensageiro, não soando arrogante, mas apenas seguindo as ideias de sua cultura. Indiferente a resposta, Nike começaria a falar do reino de Camm, contando como era a civilização, o povo, as vestes e o máximo de informação que fosse possível dar até o anoitecer.

—— Acampamos aqui! —— anunciou Nike, com um entusiasmo exagerado. O local em especifico era numa pequena caverna que teria em meio a subida de uma montanha —— Um terço do caminho já foi feito, dessa forma chegaremos lá em menos de cinco dias! —— concluiu, ainda entusiasmado. Os guerreiros adentraram na caverna primeiro, checando o local e criando uma pequena fogueira. Quando todos se instalaram Nike começaria os preparos de uma sopa típica de Camm, ordenando que todos os guerreiros fossem atrás de flores comestíveis, mas seu objetivo real era apenas ficar a sós com a princesa.

Quando finalmente estivessem a sós, Nike puxaria um pequeno vidro com um liquido roxeado —— Minha princesa, perdoe-me por lhe chamar assim, mas é a forma mais respeitosa que devo iniciar essa conversa. —— diria Nike, dando uma pequena pausa enquanto deixava o vidro de lado —— Eu sou um leal servo de sua mãe, sempre fui e jamais seria capaz de ignorar seu ultimo pedido antes de deixar Camm, que embora tivessem fugindo ela me pediu para que eu lhe preparasse para o dia em que Uther deveria deixar o trono e você sentar sobre ele, e mesmo estando ciente que não é seu objetivo no momento devo lhe alertar que Camm não é seguro, seu pai não lhe ama, ele teme a uma antiga profecia que você será a responsável por tira-lo do trono, sua vida foi ameaçada ainda na barriga de sua mãe e o simples boato de que você estava viva o irritou, por sorte eu fui enviado, e estou disposto a permanecer traindo Camm, veja esse pequeno pote. —— explicou Nike, mostrando o pequeno vidro com liquido vermelho —— É um forte veneno, o suficiente para derrubar esses guardas em segundo, para que você volte a Kumo e solicite abrigo, Camm é forte, mas conheço as lendas de Kumogakure, lá pode ser seguro, mas Camm, a única forma de lá voltar a ser seguro é caso você aceite enfrentar seu pai, num duelo real, pelo trono. —— concluiu Nike, ouvindo os murmúrios de um dos guerreiros, possivelmente eles já estariam retornando, Arthuria teria pouco tempo para pensar e decidir o que fazer com tamanha informação.

Considerações:
• Você lida com as informações recebidas como quiser. Mals se isso foi exagero e lhe afetou.
—— Minha narração é muito humilde comparada a sua, perdão se tiver alguns erros.
Convidado
Anonymous
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 20/1/2019, 20:48


Jornadeando através do infrutífero solo montanhoso do Kaminari no Kuni, Arthuria e o ajuntamento de paladinos progredia, sentindo os lábios do sol encostarem no topo de suas cabeças. Tentando não externar um ar de arrogância e orgulho, a jovem kunoichi seguia próxima aos militantes, controlando suas passadas para se igualar aos mesmos, sem a intenção de estar à frente dos mesmos. As Presas, embainhadas na musculosa dorsal da ninja, permaneciam indecifravelmente remansadas, com o metal argênteo espelhando as luzes que proviam da estrela apolínea. Enquanto galgavam, Nike postou-se ao lado da Pendragon, curioso sobre como era a vida da Princesa de Camm em Kumogakure no Sato.

—— Não posso reclamar de minha vida. Tenho uma dívida com a Nuvem, e sou capaz de dar a minha vida pela aldeia. — Arthuria olhava fixamente nos olhos verdejantes do estafeta real, manifestando os seus reais pensamentos sobre a Vila da Nuvem. Sem dúvidas, a jovem de cabelos dourados tinha a responsabilidade de retribuir a receptividade que Kumo lhe ofereceu no pessado e, apesar de ter passado por inúmeros percalços, não deveria se vitimizar de forma alguma. Era uma heroína, e deveria firmar esse ideal na carne. —— Selvageria? Não foi um kage que ordenou a morte da própria esposa, e sim um rei. — ironizou a segunda pergunta, desviando o olhar e seguindo em frente. No caminho, ouviu incontáveis relatos de Nike sobre Camm, aprendendo ainda mais sobre a sua magnífica terra natal.

Horas se passaram e, finalmente, os errantes sentiram que deveriam descansar. Assim, no aclive de uma grande montanha havia uma pequena brecha, mas uma abertura espaçosa o suficiente para alojar todo o grupo. Desta forma, o grupo de cavaleiros adentrou no interior da caverna, usufruindo de uma parcela de cautela para que não fossem surpreendidos por bestas selvagens ou outras ameaças naturais. Nesse instante, Arthuria ficou só, apenas com a companhia do mensageiro de cabelos castanhos, Nike. Virou-se para ele e pensou em iniciar um diálogo, mas foi interrompida pelo mesmo, que começou a falar antes. Atentou-se em seus vocábulos, recebendo as revelações como um murro na cabeça.

—— Servo leal? Profecia? Duelo? Usurpar o trono? — questionou, com os olhos arregalados brilhando na escuridão notívaga. À cada segundo, as ideias exprimidas por Nike pareciam mais absurdas, ao ponto da própria respiração da moça sofrer um desequilíbrio graças ao baque emocional. Por sorte, Arthuria Pendragon não era uma princesa de contos de fada, e sim uma ninja. Mediante técnicas básicas – aprendidas na academia de Kumogakure – a kunoichi cadenciou sua respiração, freou suas sinapses neurais e, consequentemente, administrou seus sentimentos, passando a aceitar as sentenças proferidas – que certamente não era falácias.

—— Eu aceito suas palavras como verdade, Nike. Obrigada. — disse, pegando na mão do homem e fazendo uma simples reverência, imitando aquela que o mesmo havia feito outrora. —— Essa profecia... — levantou-se, realizando uma pausa para construir a frase, concomitante a que escutava alguns passos ecoarem do interior da caverna, indicando a volta dos cavaleiros de Camm. —— Se esta é a minha sina, só me resta aceitá-la. Guarde seu veneno, irei até Camm e tomarei o trono de meu pai. — revelou, resoluta. Nesse instante, a kunoichi deixou que uma pequena sensação de malícia se firmasse em seu corpo. Sua consciência dizia que era justiça, mas seu âmago sabia da verdade. Era vingança, a mais pura e cruel vingança.

Arthuria, 1175/1175; 1500/1500; 000/400; 00/08.

Considerações:
Dados: Minha aparência é de Arthuria Pendragon, Fate/serie, vestindo esse traje, sem o capuz. Uma hip-pouch permanece atada à cintura, virada para o lado direito do corpo, ao passo que as Kibas cruzam as costas em diagonal, o que permite sacá-las através de movimentos simples.

— Desculpe a demora, passei o dia fora² .- Não revisei, ficou isso aí mesmo.

Palavras: ???, segundo o word.

Buffs: Mestre Elemental (x2 Raiton), Kuroi Kaminari (x2 Raiton), Kibas (+100 Raiton). — não estou necessariamente concedendo o máximo de poder.
Danos: --
Custos: 00 CH.

Usados:
Oroborosu no Omei
Rank: -
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka.

O usuário terá o selo no centro do peito. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago (Raiton) sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste.

Kiba,
Rank: S
Descrições: Kiba (牙; Literalmente significa "Presas") é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. THobcWK
Kuroi Kaminari; inativo.
Rank: -
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.

Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.

_______________________

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. DSiajjg

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. K9SynP3
“Ser neutro não significa ser indiferente e insensível.
  Não devemos matar sentimentos dentro de nós mesmos.
  Basta matar em nós o ódio. Entendeu?”
  (Geralt de Rívia, O Sangue dos Elfos)

——— Andrzej Sapkowski

—

Fama : 80 Mensagens : 854
Ablon.
Kyūdaime Raikage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t63673-arthuria-pendragon-two https://www.narutorpgakatsuki.net/t56950-c-t-emporium#377670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 22/1/2019, 12:53

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Lancer.%28Artoria.Pendragon%29.full.2161897


Narrador, 7/10

Uma mudança súbita teria acontecido de forma surpreendente a Nike, que de imediato guardou seu veneno e se ajoelhou perante a presença de sua majestade, pois era assim que ele a via. O fogo tornou-se mais forte, os ares quentes adentraram confortando os corpos envoltos pelo frio —— Assim seja feita a vossa vontade. —— exclamou com uma suave voz, abaixando devidamente sua cabeça para simbolizar seu total respeito a Arthuria.

Segundos após aquele episódio as devidas refeições já estavam prontas, e, com todos devidamente alimentados, iriam repousar, Nike, no entanto, não se permitiria descansar os olhos, mantendo-os em aberto sempre para garantir a segurança absoluta de Arthuria, que, esperava ele, estivesse descansada o suficiente quando se encontrasse com Uther, para tomar o trono que era seu por direito.

A noite passou, e junto a ela dois novos dias e duas novas noites vieram a ficar no passado, para que finalmente Arthuria, pela primeira vez em sua vida, colocasse os próprios pés no grandioso reino de Camm. Os portões se abriram, e a noticia se espalhou rapidamente para que a população surgisse aos lados dando espaço direto para a princesa alcançar o palácio real, prostrando-se o povo, reverenciando em total respeito. A presença da princesa não simbolizava o retorno de uma realeza, mas sim o ascender da chama da esperança.

Uther também soube de sua chegada antes que seus pés tocassem ao palácio, trajando sua armadura e seu capacete de leão, sua espada, reconhecida entre todo o reino, estava pairada em sua frente fincada sobre o chão, enquanto um leão branco aguardava bem a seu lado —— Meu rei, ela chegou. —— anunciou o servo, anunciando a chegada da filha perdida, Arthuria.

Os portões do salão real se abriram, dando espaço para que Arthuria adentrasse e ficasse de frente a seu pai, o mensageiro estaria logo atrás, mas os guardas rodeariam a entrada, pairando ao lado do tapete vermelho erguido até o trono, todos devidamente posicionados para arrancar fora a cabeça de qualquer um que ameaçasse ao rei, mas, no peito dos pobres guardas, a princesa também era o símbolo do fim daquela tirania. —— Bem-vinda a Camm minha filha perdida! —— anunciou o rei, sentado em seu trono, acariciando seu leão.

Considerações:
• Totalmente livre. Pode, inclusive, desafia-lo pelo trono já nesse post (caso deseje).
—— Minha narração é muito humilde comparada a sua, perdão se tiver alguns erros.
Convidado
Anonymous
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 22/1/2019, 16:24


pendragon, arthuria

Paulatinamente, os cavaleiros da integridade açoitavam o assoalho saibroso com suas botas metálicas, ao mesmo tempo que entoavam aos deuses as mais exasperadas angústias, requestando o fim desta jornada torturante. O sol continuava hasteado no cume da abóbada celeste, distribuindo raiva e colhendo o vigor dos relés mortais que estavam em seu encalço. Mesmo assim, protegida por seu véu enegrecido, a kunoichi de Kumogakure seguia adiante, com os olhos verdes fixados no horizonte sombrio; a manifestação verídica dos confins do mundo. Nesse ínterim, a moça de cabelos dourado constatava um terreno totalmente infértil – com terra batida, sem nenhuma vegetação remanescente e escurecida pela recorrente cólera solar. Soturna, a Pendragon sabia que tal fenômeno acontecia devido aos avanços insustentáveis da civilização, amplificada de tal forma que acarretou na corrosão da flora e na expulsão da fauna. Arthuria julgou ser um resultado infeliz da prosperidade de Camm e de seu governo irracional, culpando o Rei dos Cavaleiros por tal atrocidade.

— Sinto que estamos chegando. — disse a loira, encontrando uma mancha branca desenhada um pouco acima da linha do horizonte. De início, a Pendragon suspeitou ser uma torre de vigília, mas a hipótese era rejeitada a cada passo que a moça dava. Após alguns minutos, a mancha branca engendrou um gigantesco castelo; um palácio esbranquiçado, portando mais um menos vinte e cinco torres anexadas aos impenetráveis paredes de concreto. No limiar da muralha havia então um muro de dimensões colossais, cobrindo o reino por todos os flancos e com sentinelas posicionadas nos seus devidos vértices. No alto do portão de entrada, postava-se um gigantesco símbolo da casa real de Camm, descrito como um dragão vermelho expelindo chamas pelas narinas. — É incrível. — proferiu a moça, admirada com a imponência do reino.

Logo, após uma hora de caminhada, Arthuria e seus acompanhantes estavam aos pés da grande muralha, posicionados defronte o imenso portão elevadiço. Nesse instante, o estafeta real Nike situou-se ante a todos os cavaleiros, proferindo algumas palavras de ordem para um soldado que se encontrava acima da muralha. Acatando aos pedidos do mensageiro, o soldado soergueu a porta, que se elevou imediatamente depois de um relinchar estrondoso, que certamente ressoou por todo o reino. Com o entusiasmo de um velocista pré-maratona, uma imensidão de soldados acoplou-se ao redor de Arthuria, conduzindo-a para dentro da grandiosa pólis de Uther Pendragon. Sabe-se lá como, espalhou-se a notícia que a caçula de Uther havia retornado, e muitos civis se ajuntaram ao redor do comboio, que ia rapidamente em direção ao palácio do déspota.

A boa prole à casa torna. — Parem os passos, senhores. — solicitou, tendo seu desejo realizado. Defronte a kunoichi encontrava-se o castelo de seu pai, o Rei dos Cavaleiros. Mesmo que não possuísse conhecimentos arquitetônicos, era notável que a construção fora entregue sem nenhuma deformidade – tudo se mostrava perfeitamente belo, inclusive a própria posição das sentinelas, que mostravam uma assustadora rigidez em sua vigia. Não obstante, continuaram o caminhar até o castelo, rapidamente alcançando o seu interior. Era lindo. Havia um pátio estupendo, com as mais belas flores e plantas nativas da região, as quais exalavam um ardor imaculadamente fresco e adocicado. Era notável que centenas de bandeiras estavam distribuídas pela construção, indicando a casa-mor daquele castelo, os Pendragon.

Por fim, ultrapassaram um longo corredor, encontrando a sala do trono. Envolta por um turbilhão de guardas, a kunoichi foi uma das últimas a entrar no estabelecimento, que rapidamente notou sua imensidão. Era uma sala com uma decoração parcialmente gótica, imitando a arquitetura mediévica mas pecando no sombreamento, que negativava o barroco negro e umbroso e tendia a um estilo branco e luminoso. No centro, uma pequena escada circundava o símbolo vermelho do dragão, indo em direção ao trono real. Graças à isto, a cadeira se encontrava dois três pés acima do piso, indicando uma manifestação de poder, orgulho e soberania. Rapidamente, após os cavaleiros se organizarem nas laterais do salão, Arthuria finalmente pôde se encontrar com o pai – a figura que mais odeia em toda a vida. Corajosa, a moça manteve-se calma, encaminhando-se até os pés do trono.

Os olhos cor de esmeralda fitavam a imagem do tirano – um homem alto, de corpo robusto, apresentando uma armadura prateada com tons de azul. Seu elmo também era argênteo, e de suas extremidades brotavam tufos de pelo, reproduzindo a juba de um leão. Enquanto Uther acariciava um felino de pele albina, Arthuria notava uma grandiosa espada fincada no pavimento esbranquiçado. — Agradeço o convite, meu pai. — enunciou, emburrada e visivelmente enraivecida com a presença de seu progenitor. — É uma honra estar aos pés do magnífico Uther Pendragon, o Rei dos Cavaleiros. — ironizou, fixando seu olhar pungente nas frestas do elmo leonino. Concomitante a isto, a kunoichi ousava reunir pequenas parcelas do chakra natural contido no ambiente, juntando-os em seu âmago como uma forma de preparar-se para o combate que haveria de acontecer.

Arthuria, 1175/1175; 1500/1500; 050/400; 00/08.

Considerações:
Dados: Minha aparência é de Arthuria Pendragon, Fate/serie, vestindo esse traje, sem o capuz. Uma hip-pouch permanece atada à cintura, virada para o lado direito do corpo, ao passo que as Kibas cruzam as costas em diagonal, o que permite sacá-las através de movimentos simples.

— Narrei com um time skip direto para quando o grupo encontrou Camm. Não desafiei Uther ainda, quero um rpzinho com ele. Tou testando um template novo, espero não bugar o tópico. Não revisei dnv pq ficou muito grande, é nois. Peguei um pouco de CN pra ativar Sennin Modo depois.

Palavras: ???, segundo o word.

Buffs: Mestre Elemental (x2 Raiton), Kuroi Kaminari (x2 Raiton), Kibas (+100 Raiton). — não estou necessariamente concedendo o máximo de poder.
Danos: --
Custos: 00 CH.

Camm - Imagens:
— Visão do alto: https://imgur.com/s39ce1R
— Visão externa: https://imgur.com/hRgIBOO
— Interior das muralhas: https://imgur.com/2YnZRoy
— Interior do castelo: https://imgur.com/a/ZwAdULx
— Sala do trono: https://imgur.com/a/rtVuekK

Usados:
Oroborosu no Omei
Rank: -
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka.

O usuário terá o selo no centro do peito. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago (Raiton) sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste.

Kiba,
Rank: S
Descrições: Kiba (牙; Literalmente significa "Presas") é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. THobcWK
Kuroi Kaminari; inativo.
Rank: -
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.

Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.

Senjutsu
Rank: -
Descrição: Senjutsu (仙術; Literalmente significa "Técnicas Sábias") se refere à um campo especializado de técnicas que emprega o chakra sábio.

Os praticantes de Senjutsu aprendem a atrair a energia da natureza para dentro deles, misturando-a com o seu próprio chakra (criado a partir da energia mental e física dentro do shinobi). Isso acrescenta uma nova dimensão de poder, resultando na criação do "Chakra do Senjutsu". Este novo chakra permite ao usuário entrar em um estado poderoso chamado Modo Sábio, que pode aumentar drasticamente a força de todos ninjutsu, genjutsu e taijutsu. Uma pessoa que é capaz de usar senjutsu é chamado Sennin (仙人, Sábio). Atualmente, existem duas formas conhecidas para aprender senjutsu: Sendo uma delas aprender com os sapos do Monte Myōboku como Jiraiya, Minato e Naruto fizeram, e a outro das cobras da Caverna Ryūchi onde Orochimaru e Kabuto Yakushi aprenderam. Os selos amaldiçoados que Orochimaru usou na série apresentam também o chakra do senjutsu. Uma terceira forma de senjutsu é também conhecida, usada por Hashirama Senju. Ao contrário dos métodos anteriores, Hashirama não apresenta quaisquer traços animais. Não se sabe onde obteve seu estilo de senjutsu.

De acordo com Fukasaku, apenas aqueles que já possuem "níveis de chakra extremos" podem utilizar a energia natural para invocar o senjutsu. Ao recolher a energia natural, o coletor deve permanecer absolutamente imóvel, a fim de ser um com a natureza. Se o praticante puder alcançar um perfeito equilíbrio entre as energias físicas e espirituais de seu próprio chakra, e as energias da natureza, elas podem produzir um novo e mais forte chakra, chamado de chakra do senjutsu.

_______________________

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. DSiajjg

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. K9SynP3
“Ser neutro não significa ser indiferente e insensível.
  Não devemos matar sentimentos dentro de nós mesmos.
  Basta matar em nós o ódio. Entendeu?”
  (Geralt de Rívia, O Sangue dos Elfos)

——— Andrzej Sapkowski

—

Fama : 80 Mensagens : 854
Ablon.
Kyūdaime Raikage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t63673-arthuria-pendragon-two https://www.narutorpgakatsuki.net/t56950-c-t-emporium#377670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 23/1/2019, 14:54

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Lancer.%28Artoria.Pendragon%29.full.2161897


Narrador, 8/10

Uther sentiu cada peso das palavras de sua filha, que, de forma corajosa, lhe desafiava com ironias perante todo seu exercito —— Diga-me mensageiro, minha filha é comportada como o pai ou teimosa como a mãe? —— questionou, afrontando ainda mais sua própria filha, quase que a desafiando com palavras bobas que apenas destilavam o seu ódio e tirania. —— Creio que ela exala um ar de misteriosa meu rei, mas só ouvi falar do bom e do melhor dela em Kumogakure. —— respondeu Nike, permitindo-se mentir naquele momento, pois mal teria ouvido falar dela, apenas sabia de seu cargo de grande responsabilidade, mas seu objetivo era evitar o pior.

—— Pendragon Arthuria! A tanto tempo perdida, é realmente uma honra lhe encontrar, e veja como está bela, até mesmo me lembra a traidora de sua mãe, que, felizmente, morreu antes de lhe contaminar com suas idéias tolas. —— continuou Uther, instigando ainda mais o ódio de sua filha, que ele poderia claramente notar através de suas expressões faciais. Deu uma única tapa leve na cabeça de seu leão e ele se levantou mostrando todos dentes afiados em sua bochecho —— Levem ele para meus aposentos! —– ordenou o rei, e imediatamente um de seus vassalos acompanhou o leão.

Foi necessário um simples estralar dos dedos do rei para que os guardas movessem-se rumo a Arthuria, mas não a buscavam, e sim a Nike, as lanças foram a seu pescoço e a espada fincada em suas costas, que, com um movimento simples arrancaria a seu coração —— Eu esperei durante anos para esse momento, o maior dos traidores que ainda habitava em meu reino, achando que poderia mover-se livremente e implantar as idéias daquela traidora perante o reino, mas sabe Nike, você não foi delicado o suficiente, e agora espero que curta apodrecer nas masmorras até o dia em que sua cabeça será degolada! —— exclamou o rei, revelando um teatro já preparado para a chegada de sua filha.

—— Peço perdão pela cena Arthuria, mas apenas estou cuidando do meu reino. —— concluiu o rei, bebendo mais um gole do melhor vinho já criado, em sua taça banhada em ouro e recheada com jóias.

Considerações:
• Totalmente livre. Pode, inclusive, desafia-lo pelo trono já nesse post (caso deseje).
—— Minha narração é muito humilde comparada a sua, perdão se tiver alguns erros.
Convidado
Anonymous
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 23/1/2019, 21:32


pendragon, arthuria

Arthuria ouviu angustiosamente os clamores monárquicos de seu pai, rangendo os dentes como uma forma de manifestar a cólera profunda que se acomodava em seu âmago. Na mente, idealizava os momentos tenebrosos que sua mãe Igraine teve que passar com Uther, certamente acometida por incessantes práticas patriarcais pregadas pelo Rei dos Cavaleiros. Nesse instante, sentiu nojo do déspota de armadura, criando uma devida aversão à sua imagem reluzente. De maneira simultânea, a kunoichi prosseguia na absorção da energia natural, cadenciando seu fôlego e seus batimentos cardíacos de forma que o chakra sábio pudesse ser aderido mais facilmente às suas entranhas espirituais. Ademais, a loira conservou seu olhar descortês na face do pai – o qual insistia em manter-se oculto no elmo leonino. Arthuria suspeitou que, além da alcunha Kishi-Ō – o Rei dos Cavaleiros, Uther também fosse conhecido como Shishi-Ō – o Rei Leão.

Subitamente, observou a fera albina ser afastada da sala do trono, deixando Uther assistido apenas por seu trono monárquico, por uma primorosa taça de vinho e por sua fabulosa espada longa fincada no chão, provavelmente uma lâmina claymore. Entrementes, a kunoichi de Kumogakure tentava se manter concentrada em seus ideias heroicos, usando eles como uma âncora para que seu psicológico não fosse incendiado pelos ríspidos e flamejantes vocábulos do tirano. Lembrava-se dos treinamentos, das batalhas e dos triunfos dignos de trovas homéricas. Este era o seu refúgio e sua fortaleza, e não seria derrubado por mal algum. Exceto pelo medo da morte de seus aliados.

Rapidamente, a milícia de Uther apontou espadas e lanças para Nike, exigindo que o estafeta se mantivesse passivo aos anseios do Rei dos Cavaleiros. — Não! — berrou a Pendragon, alcançando o estopim de sua ira. Não deslocou seu corpo, continuava atenta aos impulsos naturais que avassalavam o interior de seu corpo. Contudo, a fúria começava a avançar por sua mente, concebendo a efígie de uma Arthuria diferente; malévola, perigosa. Com os olhos esmeraldinos agora se encontrando com a face de seu protetor, a kunoichi viu-o ser levado para o além, fugindo do alcance da visão em instantes. Regressou seu olhar punitivo ao Rei Leão, estando notavelmente mais violenta que o normal.

— Você vai pagar, meu pai. — iniciou o diálogo, soando assustadoramente perversa. — Eu, Arthuria Pendragon, assistente da Hachidaime Raikage, herdeira legítima de Hikari Opus e sábia dos Hoshizora no Tora, desafio você, Uther Pendragon, para um duelo. — afrontou seu próprio pai, aumentando o tom de voz para que todos no salão pudesse ouvir o clamor da moça. Até agora, Arthuria estava intoxicada com a vitória, e não aceitaria a derrota de forma alguma. As íris verdes, apesar de joviais, intentavam penetrar no fundo da alma do absolutista, empenhando-se para soar como uma afronta ao rei injusto.

Arthuria, 1175/1175; 1500/1500; 100/400; 00/08.

Considerações:
Dados: Minha aparência é de Arthuria Pendragon, Fate/serie, vestindo esse traje, sem o capuz. Uma hip-pouch permanece atada à cintura, virada para o lado direito do corpo, ao passo que as Kibas cruzam as costas em diagonal, o que permite sacá-las através de movimentos simples.

— Peguei um pouco de CN pra ativar Sennin Modo depois.

Palavras: ???, segundo o word.

Buffs: Mestre Elemental (x2 Raiton), Kuroi Kaminari (x2 Raiton), Kibas (+100 Raiton). — não estou necessariamente concedendo o máximo de poder.
Danos: --
Custos: 00 CH.

Camm - Imagens:
— Visão do alto: https://imgur.com/s39ce1R
— Visão externa: https://imgur.com/hRgIBOO
— Interior das muralhas: https://imgur.com/2YnZRoy
— Interior do castelo: https://imgur.com/a/ZwAdULx
— Sala do trono: https://imgur.com/a/rtVuekK

Usados:
Oroborosu no Omei
Rank: -
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka.

O usuário terá o selo no centro do peito. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago (Raiton) sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste.

Kiba,
Rank: S
Descrições: Kiba (牙; Literalmente significa "Presas") é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. THobcWK
Kuroi Kaminari; inativo.
Rank: -
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.

Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.

Senjutsu
Rank: -
Descrição: Senjutsu (仙術; Literalmente significa "Técnicas Sábias") se refere à um campo especializado de técnicas que emprega o chakra sábio.

Os praticantes de Senjutsu aprendem a atrair a energia da natureza para dentro deles, misturando-a com o seu próprio chakra (criado a partir da energia mental e física dentro do shinobi). Isso acrescenta uma nova dimensão de poder, resultando na criação do "Chakra do Senjutsu". Este novo chakra permite ao usuário entrar em um estado poderoso chamado Modo Sábio, que pode aumentar drasticamente a força de todos ninjutsu, genjutsu e taijutsu. Uma pessoa que é capaz de usar senjutsu é chamado Sennin (仙人, Sábio). Atualmente, existem duas formas conhecidas para aprender senjutsu: Sendo uma delas aprender com os sapos do Monte Myōboku como Jiraiya, Minato e Naruto fizeram, e a outro das cobras da Caverna Ryūchi onde Orochimaru e Kabuto Yakushi aprenderam. Os selos amaldiçoados que Orochimaru usou na série apresentam também o chakra do senjutsu. Uma terceira forma de senjutsu é também conhecida, usada por Hashirama Senju. Ao contrário dos métodos anteriores, Hashirama não apresenta quaisquer traços animais. Não se sabe onde obteve seu estilo de senjutsu.

De acordo com Fukasaku, apenas aqueles que já possuem "níveis de chakra extremos" podem utilizar a energia natural para invocar o senjutsu. Ao recolher a energia natural, o coletor deve permanecer absolutamente imóvel, a fim de ser um com a natureza. Se o praticante puder alcançar um perfeito equilíbrio entre as energias físicas e espirituais de seu próprio chakra, e as energias da natureza, elas podem produzir um novo e mais forte chakra, chamado de chakra do senjutsu.

_______________________

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. DSiajjg

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. K9SynP3
“Ser neutro não significa ser indiferente e insensível.
  Não devemos matar sentimentos dentro de nós mesmos.
  Basta matar em nós o ódio. Entendeu?”
  (Geralt de Rívia, O Sangue dos Elfos)

——— Andrzej Sapkowski

—

Fama : 80 Mensagens : 854
Ablon.
Kyūdaime Raikage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t63673-arthuria-pendragon-two https://www.narutorpgakatsuki.net/t56950-c-t-emporium#377670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 25/1/2019, 12:20

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Lancer.%28Artoria.Pendragon%29.full.2161897


Narrador, 9/10

Mesmo com sua manifestação emocional nada poderia ser feito naquele momento, pois alguém como Uther teria autoridade soberana naquelas terras, e Arthuria, mesmo que reconhecida pela lenda que teria se propagado com o tempo, era uma recente guerreira a pisar ali, sua autoridade ainda nasceria com o tempo, caso escolhesse permanecer ali. —— Não perca a cabeça, tola! —— gritou em resposta ao grito da garota, antes mesmo do desafio ser lançado.

A tamanha da coragem lhe levaria a recorrer as leis sagradas, um desafio que o rei não poderia ousar negar, mas que significaria na morte de um dos dois, pois somente dessa foram um deles poderia ser consagrado o rei legitimo daquele lugar —— Isso é tão idiota, vejam! Como Kumogakure torna seus membros burros e infantis. —— ofendeu Uther, retirando a espada fincada do chão e levantando-se de seu trono —— Será uma honra destruí-la numa batalha! —— concluiu.

Os preparatórios para a batalha seriam imediatos, ali mesmo, num dos salões mais grandiosos de Camm o povo afastar-se-ia enquanto os guardas faziam uma roda com seus escudos, a evitar maior destruição. Entretanto, nem todos se agradavam daquela ideia. Segurando seu vestido caminhava propagando o som dos passos apressados por entre o grandioso corredor, passando lado a lado de Nike e apenas estralando seus dedos para que os guardas os soltassem —— Ela está aqui? Ela está viva?! —— questionou de imediato —— Minha senhora, Gwenhwyfar. —— reverenciou Nike. —— Sim, Arthuria está viva e nesse exato momento está rodeada dos guardas de Uther, que teria me ordenado a prisão no calabouço até o dia de minha morte como traidor. —— disse, sem medo algum nas palavras.

Um sorriso se fez no rosto de Gwenhwyfar, que com uma simples ordem fez com que todos os vinte guardas que abrigavam aquele corredor lhe seguissem rumo a sala do trono —— Onde estão os demais? —— questionou para Nike —— Três deles estão entre os guardas na sala, outros estão prontos para surgir assim que você enviar o sinal. —— concluiu o mensageiro, chegando, finalmente, na grandiosa porta do salão —— Hoje será um dia memorável Nike, contemple a reviravolta de sua mestra, minha mãe. —— concluiu a senhorita, empurrando as portas e fazendo sua voz ecoou por todo o salão —— Interrompam a esse confronto! E aqueles que servem a Uther saquem suas espadas e preparem-se para a morte, aqueles que juraram lealdade a causa de minha mãe prendam todos aqueles que ainda fingem um pingo de lealdade a esse tirano, e capturem a Uther, retirem seus trajes leais e o joguem nas masmorras, hoje eu declaro o fim dessa tirania! —— tais ordens trouxeram o caos para o reino, no entanto a pressa por executar sua missão traria uma reviravolta, e, se Arthuria não impedisse Uther naquele momento sua espada poderia trazer o fim de todo aquele castelo com todos dentro, um brilho enorme que transcendia sua espada e iluminava a todos ali presente —— Uma filha que por anos abriguei e permiti viver do bom e do melhor, ousas me trair?! Lhe trarei um fim tão honrável como o de sua mãe, sua imunda! —— gritava Uther, esbanjando tamanho desespero perante a traição.

Considerações:
• O que eu tentei realizar com esse post seria uma prova real de que Uther era um tamanho tirano que nem mesmo sua filha sucumbia a suas vontades. Almejando liberdade ela planejou a revolução, e para realizar um pouco suas vontades os guerreiros “mais poderosos” chegam no próximo post, caso você sobreviva e evite o fim que Uther trará a tudo. Nike é um servo leal a sua mãe, e percebe-se que ele propagou a ideia em Camm. A desorganização, em não possuir membros espalhados e afins é exatamente por sua chegada, como se a revolta estivesse programada para alguns dias após, mas com você ali, e Nike sendo preso e logo executado só restou a ela agir de imediato, com os poucos soldados que já teria ali.

A técnica de Uther será de rank mortal, e alcança duzentos metros, sendo semelhante aquele raio do Gilgamesh, quando ele gira a lança e tals.
• Não revisei o texto também, na verdade nenhuma vez revisei, mas esse pode ser que tenha mais errinhos pois ficou maior.
—— Minha narração é muito humilde comparada a sua, perdão se tiver alguns erros.
Convidado
Anonymous
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 25/1/2019, 19:57


pendragon, arthuria

Uther aceitara o desafio de Arthuria. Perante o Rei dos Cavaleiros, a kunoichi de cabelos dourados permanecia com sua postura sombria, uma presença desagradavelmente caótica e rebelde. No ardor psicológico, a princesa era manipulada pela hostil vontade de assassinar o pai, usando deste ímpeto como forma de vingar-se da morte de Igraine, sua mãe. Contudo, esta não era uma atitude heroica, sequer nobre. Era um compilado de práticas de egoísmo, indignação e orgulho, que tinham a chance de induzir a jovem ao caminho do mal. Os olhos esmeraldinos da moça agora apontavam para espada longa do déspota, deparando-se com o fio de uma lâmina magistralmente polida. Os ventos de Camm adentravam pelas frestas do castelo, deixando a atmosfera agradavelmente álgida. Em tal ímpeto, os fios áureos da Pendragon ziguezagueavam pelo ar, embora ainda se mostrassem presos mediante um primoroso penteado em coque. Ademais, o corpo da moça aquentava-se com sua cólera, tal era sua urgência em tirar o pai do trono do reino sagrado.

De repente, os legionários de Uther alojaram-se nos cantos do salão, movendo seus corpos para formar uma grande zona de batalha. Dessa forma, organizaram-se na euforia do momento, completando o arco de uma circunferência perfeita e posicionando seus escudos em direção aos combatentes, como forma de evitar a saída ou a entrada de outrem. Lentamente, o Rei Leão ergueu-se do trono, descendo a pequena escadaria e dirigindo-se ao centro do salão, concomitante a que proferia sentenças de morte à filha. — Como já disse, a honra é toda minha, milorde. — respondeu de maneira ríspida, reproduzindo um sorriso de escárnio. Apenas quinze metros separavam os gladiadores; de um lado, o tirano de Camm, líder de uma guarnição de paladinos e soberano de toda a cidadela legendária; do outro, apenas uma princesa caída, que sobreviveu com o amparo de práticas execráveis em uma aldeia incomum, longe do luxo e de regalias imperiais. Assim, apesar de irritada e desmedidamente disposta para dar fim ao mandato do pai, uma dúvida continuava a pairar na mente da kunoichi. Quem será mais forte, eu ou ele? — pensou, com determinação para descobrir a resposta.

...

O silêncio prevalecia na sala do trono, até que as portas se abriram com uma vontade monstruosa. Inopinadamente, a atenção de todos voltaram-se para o átrio do grande salão, revelando surpreendentes reforços para a causa de Arthuria. Na frente de todos postava-se uma mulher, exibindo cabelos grisalhos e olhos acinzentados, além de vestes típicas da realeza; atrás, duas dezenas de cavaleiros e, além deles, o estafeta Nike, fiel vassalo de Igraine e protetor devotado de Arthuria. A Pendragon ficou feliz por ele estar bem, e sentiu-se abençoada por receber ajuda em sua empreitada. Enquanto as palavras da moça eram proferidas, Arthuria deixava com que sua raiva minguasse, voltando ao seu estado psicológico de costume. Em um estalo mental, a kunoichi agora não tinha mais o propósito de matar seu pai; levá-lo ao cárcere certamente seria a melhor opção.

Ainda assim, abruptamente, outro baque irrompeu da mente da Pendragon. Absorta no diálogo da moça de cabelos grisalhos e de seu pai, conseguiu captar que a mesma tinha alguma afinidade com Uther, e seguindo as palavras de tais locutores, entendeu que ela era filha do Rei dos Cavaleiros e, portanto, sua irmã. — Irmã? — surpreendeu-se, encarando a delicada imagem da princesa de cabelos e olhos acinzentados, relativamente parecida com a própria Arthuria. Apesar de já saber que tinha irmãs, a kunoichi de Kumogakure não esperava encontrar uma delas ali, na sala do trono, momentos antes de se começar o combate para resolver o destino do reino. Ficou encarando-a por poucos segundos, até que uma concussão energética deflagrou na atmosfera. Rapidamente, a princesa de cabelos dourados virou seu olhar novamente para o pai, percebendo que sua espada sagrada brilhava com um impulso diabolicamente vermelho. O chakra carmesim parecia irradiar todo o poder do Rei dos Cavaleiros, que não teria receio algum em matar suas filhas e parte de sua guarnição.

Com um instinto por muitos considerado heroico, a Princesa de Camm pôs-se a agir. Em um piscar de olhos, a energia natural que antes estava contida em seu corpo rapidamente se alastrou pela carne, concebendo uma pele marcada por inúmeras rajas negras, concomitante a que as íris oculares se tingiam com uma pigmentação profundamente amarelada, com uma pigmentação escurecida ao redor dos olhos e nas olheiras. Este era o Modo Sábio de Arthuria, adquirido graças ao seu pacto com os Tigres do Céu Estrelado. Intuitivamente, a musculatura do braço direito da moça se contraiu, ao passo que a energia refreado na tatuagem de poder era transmitida para todo o corpo. Por fim, a moça gritou, epicamente. — Fiquem atrás! — conjurou então sua principal defesa, usando o misto de seus chakras para moldar um escudo azulado no braço direito, fincando-o no chão. — Lord Chaldeas! — bradou, simultâneo a que o escudo se ampliava para os flancos, concebendo um muro que crescia através de um amalgama de cores que variava entre o dourado, o negro e o azul. À quinze metros de seu pai, Arthuria esperava que sua proteção mais primorosa pudesse salvaguardar todos que estavam no castelo, inclusive evitar a destruição do mesmo ao absorver todo o impacto da técnica que proviria de sua espada. No fim, enquanto estivesse com sua técnica ativa, a kunoichi absorveria mais uma parcela de chakra natural envolto no ambiente.

Arthuria, 1175/1175; 1450/1500; 100/400; 00/08.

Considerações:
Dados: Minha aparência é de Arthuria Pendragon, Fate/serie, vestindo esse traje, sem o capuz. Uma hip-pouch permanece atada à cintura, virada para o lado direito do corpo, ao passo que as Kibas cruzam as costas em diagonal, o que permite sacá-las através de movimentos simples.

— Defesa usando Modo Sábio, Kuroi Kaminari e Mestre Elemental. O alcance do muro é de 10x10 metros, contudo, por ser uma rajada de energia, toda ela irá em direção à barreira, absorvendo o impacto. Dessa forma, o castelo não sofrerá nenhum dano, nem mesmo as pessoas que estão detrás da Pendragon (considerei os cavaleiros que chegaram + Nike + Gwenhwyfar).

— Movimentos, velocidade (6), força (6) e timming no máximo/melhores possíveis. Todas as ações são meras tentativas.

Palavras: ???, segundo o word.

Buffs: Mestre Elemental (x2 Raiton), Kuroi Kaminari (x2 Raiton) e Modo Sábio (x2 Força) — concedendo o máximo.
Defesa 2240 HP.
Custos: 50 CH & 100 CN (Lord Chaldeas, buffado com Modo Sábio e com desconto da qualidade Perícia Elemental).

Camm - Imagens:
— Visão do alto: https://imgur.com/s39ce1R
— Visão externa: https://imgur.com/hRgIBOO
— Interior das muralhas: https://imgur.com/2YnZRoy
— Interior do castelo: https://imgur.com/a/ZwAdULx
— Sala do trono: https://imgur.com/a/rtVuekK

Aparências - Imagens:
— Gwenhwyfar: https://imgur.com/miuQ3RC
— Cavaleiros: https://imgur.com/35GjvhY

Usados:
Oroborosu no Omei
Rank: -
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka.

O usuário terá o selo no centro do peito. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago (Raiton) sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste.

Kiba,
Rank: S
Descrições: Kiba (牙; Literalmente significa "Presas") é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência.

Senjutsu
Rank: -
Descrição: Senjutsu (仙術; Literalmente significa "Técnicas Sábias") se refere à um campo especializado de técnicas que emprega o chakra sábio.

Os praticantes de Senjutsu aprendem a atrair a energia da natureza para dentro deles, misturando-a com o seu próprio chakra (criado a partir da energia mental e física dentro do shinobi). Isso acrescenta uma nova dimensão de poder, resultando na criação do "Chakra do Senjutsu". Este novo chakra permite ao usuário entrar em um estado poderoso chamado Modo Sábio, que pode aumentar drasticamente a força de todos ninjutsu, genjutsu e taijutsu. Uma pessoa que é capaz de usar senjutsu é chamado Sennin (仙人, Sábio). Atualmente, existem duas formas conhecidas para aprender senjutsu: Sendo uma delas aprender com os sapos do Monte Myōboku como Jiraiya, Minato e Naruto fizeram, e a outro das cobras da Caverna Ryūchi onde Orochimaru e Kabuto Yakushi aprenderam. Os selos amaldiçoados que Orochimaru usou na série apresentam também o chakra do senjutsu. Uma terceira forma de senjutsu é também conhecida, usada por Hashirama Senju. Ao contrário dos métodos anteriores, Hashirama não apresenta quaisquer traços animais. Não se sabe onde obteve seu estilo de senjutsu.

De acordo com Fukasaku, apenas aqueles que já possuem "níveis de chakra extremos" podem utilizar a energia natural para invocar o senjutsu. Ao recolher a energia natural, o coletor deve permanecer absolutamente imóvel, a fim de ser um com a natureza. Se o praticante puder alcançar um perfeito equilíbrio entre as energias físicas e espirituais de seu próprio chakra, e as energias da natureza, elas podem produzir um novo e mais forte chakra, chamado de chakra do senjutsu.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. THobcWK
Kuroi Kaminari; ativo.
Rank: -
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.

Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. 45w3fTq
Sennin Mōdo [1/2]
Rank: -
Descrição: O Modo Sábio é um estado que pode ser ativado pela mistura de energia natural com o chakra, criando o chakra do senjutsu. Ele permite aos usuários explorar a força natural do mundo, concedendo novas técnicas para eles e permitindo-lhes poder aplicar o chakra do senjutsu em suas técnicas comuns.

Após reunir uma quantidade de energia natural em torno de si, os usuários podem aprender a desenhar a energia da natureza para dentro deles misturando-o com o seu próprio chakra, acrescentando uma nova dimensão de poder de chakra ao adicionar a energia natural. Este chakra não pode ser visto por alguém que não foi treinado em senjutsu. Ele também permite ao usuário entrar em um estado vigorante, que pode aumentar drasticamente a força de todos ninjutsu, genjutsu e taijutsu. Uma pessoa que é capaz de usar esse poder é chamada de sábio.

Através do Sennin Mōdo dos Hoshizora no Tora, o usuário se torna capaz de escutar todos os sons num raio de dez metros, sendo essa audição comparada à qualidade Audição Aguçada. Além disso, o usuário é capaz de manipular a energia natural presente nas próprias pernas para desenvolver o estilo de luta Sairentotaigā no Suteppu.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Ll3QzP3
Lord Chaldeas
Rank: S
Requerimentos: Mestre Elemental, Habilidade em Ninjutsu & Bom Controle de Chakra.
Descrição: Lord Chaldeas (ロード・カルデアス, Rōdo Karudeasu) é mais uma das defesas de Arthuria Pendragon, a qual manifesta todo seu desejo e ímpeto heroico. Com o ideal de proteger e si mesma e seus aliados de ataques poderosos, a kunoichi conseguiu conceber mais uma espécie de resistência elétrica, sendo essa mais efetiva à golpes diretos e frontais, funcionando mediante duas versões com forças distintas.

A primeira versão – rank A – consiste na usuária moldar o seu chakra inato da Liberação do Relâmpago na forma de um escudo broquel circular, com algumas protuberâncias nos contornos da circunferência. É uma égide feita puramente de energia, sendo sustentado através de uma alça atada ao antebraço da utilizadora. Nesta variante, a kunoichi é capaz de andar segurando o escudo, podendo portá-lo apenas com um dos braços e não garantindo dificuldades para a conjuradora em seu deslocamento.

Na segunda versão – rank S – a usuário aplica ainda mais chakra elétrico no escudo, deixando-o ainda mais forte. Com o escudo estacionado defronte a conjuradora, ela pode aumentar os limites da barreira, criando uma espécie de muralha que cresce para cima e para os lados. Na aparência da muralha de um castelo, o muro têm a resistência de uma técnica rank S, sendo a verdadeira forma do Lord Chaldeas.

O escudo da técnica rank A têm o alcance de cinco metros de altura e cinco metros de largura, e com a rank S o alcance têm a soma de mais cinco metros de altura e largura, ficando com dez metros por dez metros. A usuária pode manter o jutsu ativo por mais turnos, desde que ela compense um gasto de 50 pontos de chakra por turno caso seja a versão rank A; ou com um gasto de 100 pontos de chakra por turno, caso seja a versão rank S.

_______________________

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. DSiajjg

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. K9SynP3
“Ser neutro não significa ser indiferente e insensível.
  Não devemos matar sentimentos dentro de nós mesmos.
  Basta matar em nós o ódio. Entendeu?”
  (Geralt de Rívia, O Sangue dos Elfos)

——— Andrzej Sapkowski

—

Fama : 80 Mensagens : 854
Ablon.
Kyūdaime Raikage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t63673-arthuria-pendragon-two https://www.narutorpgakatsuki.net/t56950-c-t-emporium#377670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 26/1/2019, 14:23

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Lancer.%28Artoria.Pendragon%29.full.2161897
Narrador, 10/10

Os muros surgiram protegendo inteiramente as muralhas daquele castelo, projetando no rosto da irmã um alivio e felicidade com a beleza daquela cena —— Não tenho dúvidas que ela conseguiria a esse trono, Gwenhwyfar-sama. —— disse Nike, também alegre com o show de cores que surgiu no confronto da muralha com o poder supremo de Uther. Assim que o poder dissipou os cavaleiros reais, reconhecidos por todos e quaisquer um de Camm adentraram por entre os grandiosos portões e sacaram suas espadas em defesa de Gwenhwyfar, que, naquela altura, já era reconhecida como futura rainha.

Rapidamente Uther já estaria cercado, com sua espada no chão e cerca de dez lanças envolta de seu pescoço —— Eu não me agrado disso, meu pai. —— respondeu a princesa, aproximando-se e ficando de frente para ele —— Mas você não me deu escolhas, seria desonroso seus planos para com Arthuria, eu tive que evita-los. —— exclamou, referindo-se de uma armadilha já pronta para matar de vez a mais jovem filha de Igraine. Uther foi acorrentado, e levado até um calabouço até que luxuoso, onde teria comida e bebida aos montes quando desejasse, pois, mesmo que tivesse sido um tirano sua filha não teria forças o suficiente para trata-lo como um mero prisioneiro, que passaria fome e sede.

—— Perdoe-me toda essa inconveniência Arthuria, eu sou sua irmã, chamo-me Gwenhwyfar e sou a mais velha dentre todas. —— apresentou-se a princesa, com um sorriso em seu rosto —— Uther teria planejado tudo, seu desafio fazia parte pois, no meio dele, quando estivesse distraída, ele ordenaria que os guardas lhe cercassem e apunhalassem você em todas as direções, matando-a. —— explicou, sem pudor algum em suas palavras e tom de voz. —— Já algum tempo eu comando grande parte do exercito dele, que acumulava raiva e temor contra grande e tirano Uther, já comigo grande parte jurou lealdade para que um dia eu organizasse uma emboscada, ainda falta organizar algumas coisas, como renegociar algumas alianças de Uther, mas quando soube que minha irmã caçula estaria retornando a Camm e que sua vida estava ameaçada eu simplesmente não suportei a ideia de conviver com sua morte, convoquei os mais leais guardas e os ordeneis que estivessem na sala do trono, aguardando minha chegada para o momento final do meu golpe. —— concluiu a princesa, movendo-se em direção a espada de Uther e a tomando em suas mãos ——  Sor Rors, tome-lhe, a espada que um dia pertenceu ao defensor do trono estará guardada em sua bainha, como novo chefe da guarda militar de Camm. —— rogou a princesa, com sua autoridade temporária como a filha mais velha.

—— De fato eu não tenho permissão real para me assentar no trono, mas não me importo, assumirei ao trono até que eu sinta que, aquela decretada pela profecia, está certa de tomar o reino de Camm para si, obviamente me refiro a você Arthuria. —— concluiu Gwenhwyfar, assentando-se no grandioso trono que até aquele dia só teria sido pertencido a homens, mas, através de uma coragem só reconhecida pelas mulheres Pendragon, Gwenhwyfar, a mais velha entre as filhas de Igraine, estaria naquele momento no comando real de Camm.

—— Será tratada como uma verdadeira princesa, terá tudo do bom e do melhor, aposentos para quando desejar e para quantos desejar, mas para isso, terá que ser sincera em seu coração e me responder se realmente deseja ficar aqui e morar em Camm, diferentemente do meu pai não tenho planos para lhe retirar de seu lar que até hoje lhe abrigou apenas por possuir meu sangue. —— ofereceu Gwen, como atual rainha de Camm —— Também não lhe expulsarei, caso deseje permanecer em Kumogakure, poderá ficar quantas noites quiser, e nos visitar sempre que desejar. A escolha é sua. —— concluiu.

Considerações:
—— A defesa foi um sucesso.
—— Missão finalizada, reconhecimento sobre Camm, deverá adicionar um breve resumo em Kumogakure, nos arquivos de assistente — mero RP final — e assim receberá todas as recompensas de uma Rank S no máximo, pelo alto desenvolvimento da missão.
—— Uther está preso, mas bem, não será destratado ou morto, o julgamento dele ocorrerá num plot futuro, que você pode ou não fazer comigo.
—— Sua irmã, por ser a mais velha, tomou o trono, dessa forma você tem a opção livre de ficar em Camm como uma princesa, ou quem sabe se juntar a guarda real, ou retornar a Kumogakure.
—— Caso escolha voltar a Kumo, poderá narrar já o retorno, para não comer mais seu tempo.
—— Me disponibilizo para qualquer plot futuro envolvendo Camm, caso deseje.
—— Como foi o plot? Gostou? Teria dicas? O que achou? Estou aberto a feedbacks.
Convidado
Anonymous
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 26/1/2019, 15:49


pendragon, arthuria

A concussão energética deparou-se com o enorme muro projetado pela sábia dos tigres, absorvendo toda a energia e dissipando-a em forma de calor. Raios azulados, dourados e negros dançavam no ar, ao passo que a muralha de Chaldeas era desfeita após um intenso clarão luminoso. Uther, na outra ponta do salão, parecia esboçar um semblante de espanto, provavelmente surpreso com o fabuloso poder de sua prole. Não obstante, a kunoichi de Kumogakure devolveu o olhar, penetrando nos orifícios do elmo de leão. — Acabou, meu pai. — afirmou, deliberadamente resoluta, transparecendo como uma verdadeira heroína. De súbito, a energia natural antes contida no corpo da moça se desvaneceu na atmosfera, concomitante a que as marcas negras e os olhos amarelados voltavam à sua pigmentação típica.

Repentinamente, vários cavaleiros colocaram-se ao redor do Rei dos Cavaleiros, intimidando-o com as pontas de suas lanças afiadas. O brilho das armas letais refletiam nos olhos do déspota, claramente cegado com o medo da morte. Não obstante, o monarca de armadura foi escoltado para além do estabelecimento, indo em direção ao calabouço do reino, onde ficaria até o fim de sua vida. Recompondo a postura, Arthuria viajou até o canto da sala do trono, ficando ao lado de Nike e de sua irmã. Rapidamente, a princesa de cabelos cinzentos se apresentou, revelando um nome peculiar – Gwenhwyfar. — É um prazer conhecê-la, minha irmã. — respondeu, inclinando o joelho direito, abaixando a cabeça e efetivando uma sincera reverência imperial. Em seguida, continuou a ouvir pacientemente as palavras de sua semelhante, manifestando uma incomensurável felicidade por ter conseguido destronar Uther, agora conhecido pela alcunha de Rei Louco de Camm.

No fim das explanações de Gwenhwyfar, Arthuria balançou a cabeça, aprovando as atitudes de sua irmã. — Você merece o trono mais do que eu. — começou, pegando na mão da irmã. — A deposição de Uther só foi possível com sua liderança. Eu não conseguiria sozinha. — moveu a cabeça em direção ao trono real, largando a irmã e deixando que ela se sentasse na bancada monárquica. — Você se mostrou uma excelente líder, capaz de comandar toda essa nação. Tens a minha benção como a nova rainha de Camm. — deixou que um sorriso brotasse na face, claramente sincero. — Contudo, apesar de reconhecer seu apelo, sinto informar que tenho que voltar até a Vila da Nuvem, meu lar. Eu sou uma ninja, não uma princesa. — afirmou, mudando um pouco a personalidade alegre e parecendo mais soturna. — Eu agradeço o convite, mas partirei em direção à Nuvem amanhã, quando o sol raiar. Mas aceitarei novos convites para visitá-los, se me for permitido. — finalizou, retornando à alegria. Desse momento em diante, Arthuria, Gwenhwyfar e seus súditos reservariam todo o tempo para comemorações, aproveitando para melhorar os laços da princesa de cabelos dourados com todo o povo de Camm; povo este que foi salvo das terríveis garras do leão de armadura.

...

Quando o sol finalmente nasceu, Arthuria já estava nas muralhas da cidadela real. Acompanhada de Nike, Gwenhwyfar e alguns cavaleiros, Arthuria despediu-se de todos e tratou de começar à viajar, abanando os braços em uma demorada despedida. — Va faill — partiu, elegendo um vocábulo da língua antiga, significando um simples adeus. Por fim, longe de todos e com muitos suprimentos, a Pendragon começou sua jornada, indo lentamente em direção à Kumogakure. Sozinha e sem percalços, Arthuria demorou sete dias para alcançar o destino, chegando pela manhã no gigantesco portão do vilarejo oculto. — Lar doce lar. — ultrapassou o portão, sentindo o calmaria das brumas tocarem em sua carne, relaxando a musculatura da moça. Prosseguiu em direção à morada, abrindo-a com a chave antes escondida no local de costuma e rapidamente tomando um banho, que decorreu no cair da moça no leito acolchoado. Não demorou para que Morfeu a abraçasse, deixando-a inerte em seu universo de devaneios.

Acordou tarde, já com as obrigações de assistente martelando a cabeça. Moderadamente enérgica, colocou suas vestes de costume, apanhou as espadas e saiu de casa, rapidamente dirigindo-se ao quartel general. Quando alcançou o estabelecimento, apalpou um pergaminho quaisquer e começou a redigir uma redação, deixando claro que a missão de reconhecimento no reino de Camm havia sido um sucesso. Adulterou algumas informações como forma de proteger sua irmã de invasões futuras e, por fim, entregou até o dirigente local, recebendo os fundos referentes à uma empreitada rank S. Agradeceu e se retirou, indo em direção ao gabinete da Hachidaime Raikage, local onde continuaria a realizar suas obrigações como assistente.

Arthuria, 1175/1175; 1450/1500; 100/400; 01/08.

Considerações:
Dados: Minha aparência é de Arthuria Pendragon, Fate/serie, vestindo esse traje, sem o capuz. Uma hip-pouch permanece atada à cintura, virada para o lado direito do corpo, ao passo que as Kibas cruzam as costas em diagonal, o que permite sacá-las através de movimentos simples.

— Tinha esquecido de mudar a stamina no post passado, mas tá lá. Não revisei nada daqui, mals se tiver erro.

— Em relação ao plost, gostei muito da forma como abordou a trama de minha personagem, e não tenho nenhuma reclamação à fazer. Aceitarei sim a sua narração em novos RPs, caso você tenha disponibilidade para isso. Por fim, agradeço a sua preocupação com o plot e muito obrigado por ter narrado essa missão.

Palavras: ???, segundo o word.

Buffs: Mestre Elemental (x2 Raiton), Kuroi Kaminari (x2 Raiton) e Modo Sábio (x2 Força).
Dano 00 HP.
Custos: 00.

Camm - Imagens:
— Visão do alto: https://imgur.com/s39ce1R
— Visão externa: https://imgur.com/hRgIBOO
— Interior das muralhas: https://imgur.com/2YnZRoy
— Interior do castelo: https://imgur.com/a/ZwAdULx
— Sala do trono: https://imgur.com/a/rtVuekK

Aparências - Imagens:
— Gwenhwyfar: https://imgur.com/miuQ3RC
— Cavaleiros: https://imgur.com/35GjvhY

Usados:
Oroborosu no Omei
Rank: -
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka.

O usuário terá o selo no centro do peito. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago (Raiton) sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste.

Kiba,
Rank: S
Descrições: Kiba (牙; Literalmente significa "Presas") é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência.

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. THobcWK
Kuroi Kaminari; inativo.
Rank: -
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.

Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.

_______________________

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. DSiajjg

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. K9SynP3
“Ser neutro não significa ser indiferente e insensível.
  Não devemos matar sentimentos dentro de nós mesmos.
  Basta matar em nós o ódio. Entendeu?”
  (Geralt de Rívia, O Sangue dos Elfos)

——— Andrzej Sapkowski

—

Fama : 80 Mensagens : 854
Ablon.
Kyūdaime Raikage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t63673-arthuria-pendragon-two https://www.narutorpgakatsuki.net/t56950-c-t-emporium#377670

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. em 27/1/2019, 21:37

[ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado. Eu_apr11
Recompensa máxima
Convidado
Anonymous
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ Cap ] Arthuria, a ameaça ao legado.

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo



Você não pode responder aos tópicos neste fórum