>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 10:
RemanescentesAno: 69DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Primavera
Últimos assuntos

Mokaccino
Game Master
Mokaccino
Vilarejo Atual
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67013-f-mokarzel

[Treino] Mokarzel - em 22/10/2018, 11:43

O despertador voltava a tocar, acordando o garoto de seus sonhos grandiosos. Com seu mau humor rotineiro, Mokarzel atinge o despertador com um golpe, o que faz o mecanismo parar de vibrar e disparar sinais sonoros – Melhor assim -. O shinobi esfrega seus olhos com as costas de suas mãos e logo em seguida salta de sua cama.
Após vestir suas usuais roupas de treino, Mokarzel dispara em direção a porta. Nas ruas, o garoto apanha seu cachimbo, um objeto de madeira belamente esculpido pelo próprio Genin. Mokarzel se incomoda um pouco com os civis que olhavam para ele e lhe discriminavam com seus olhares “Trabalho para proteger eles e ainda sou obrigado a aguentar essa palhaçada. Um pouco mais de respeito seria legal”. Ignorando os olhares, Mokarzel continua sua caminhada até a blibioteca.
O guarda que fazia ronda na frente do edifício publico só deixara o shinobi entrar quando esse apagou seu cachimbo e mostrou sua identificação, a bandana de Iwagakure que Mokarzel carregava na cintura “Eu preciso arrumar uma forma melhor, mais original e criativa de me identificar como um Shinobi. Talvez eu crave o emblema em um elmo quando eu deixar de ser apenas um aprendiz de ferreito”.
Mokarzel cruza o portal do edifício e logo se dirige a uma secao de Jutsus a respeito de Doton “Se existem técnicas mais belas e poderosas eu desconheço. Nasci na vila certa. Definitivamente nenhuma outra grande nação domina tão bem a arte dos Jutsus Doton quanto Iwagakure”.
O jovem apanha das prateleiras três grandes livros, diferentes volumes de uma mesma série de livros “Introdução ao manuseio das técnicas de terra, Um guia intermediário da liberação Doton e Como se tornar um mestre na liberação de terra, um guia avançado. Isso deve ser o suficiente”. Com os livros em baixo do braço Mokarzel vai até uma das mesas de madeira, localizada aos fundos do edifício.
Mokarzel deposita os livros que protava em cima da mesa e se senta em uma cadeira em frente ao móvel – Nunca fui muito fã de livros, mas suponho que isso seja necessário -. Sem demoras o jovem inicia a leitura do primeiro livro, parando ocasionalmente em algumas paginas ou ilustrações para conseguir ter um melhor entendimento das técnicas e ensinamentos abordados pelo livro.
Mokarzel não dava conta de ler os livros inteiros, pulava sempre que possível as partes menos importantes ou que já tinha conhecimento “Se meu antigo sensei me visse fazendo isso eu estaria ferrado, mas como um Genin, posso em dar ao luxo de ignorar certos detalhes insignificantes”.
Após duas horas de leitura, o jovem já havia folhado todos os volumes e feito diversas anotações mentais sobre a liberação Doton. Muitas técnicas haviam sido descobertas, muitos detalhes e conhecimentos que antes Mokarzel não se dera conta haviam sido aprendidos, o que tornará o treinamento dele muito proveitoso, mesmo que muitas paginas dos livros tivessem passado batido “Bom, por hoje é só. Não sei se eu daria conta de ler mais um paragrafo. Saco... “.
Sem pressa, o jovem volta a apanhar todos os livros e os leva até seus respectivos lugares em meio ao labirinto de prateleiras que ocupavam toda a região central do edificil. Tendo guardado os guias, Mokarzel ruma então para a saída “Ainda esta muito cedo para interromper meu treino. Eu me mataria se tivesse que ler mais uma palavra desses livros, mas eu ainda posso procurar treinar de outras formas”.
Fora do edifício, o sol já havia se elevado aos céus e os moradores da vila agora ocupavam as ruas de forma mais intensa. Relutante, Mokarzel apanha de suas vestes o seu habitual cachimbo, que acende e leva a boca “Mais uma rodada de olhares discriminativos. Saco...”. Tragando o forte tabaco do cachimbo, Mokarzel inicia uma caminhada em direção ao campo de treinamento da vila, onde daria inicio a uma nova etapa de seu treino “Bom, ontem eu aprimorei meu Ninjutsu e meu controle de chakra, hoje eu desenvolvi meu conhecimento acerca de técnicas Doton... Talvez se eu treinasse minhas habilidades com selos. Devo admitir que não sou muito rápido e preciso com eles”.
Dentro das dependências do Campo de treinamento, Mokarzel se certifica de se afastar o máximo possível dos outros Genins e shinobis que ali treinavam. O temperamento tempestuoso do garoto fazia com que sempre ocorressem desentendimentos ou desavencas com os outros – Aqui é um bom lugar -. Diante de um paredão rochoso, afastado do centro do Campo, Mokarzel da inicio ao seu treinamento.
O Genin se esforçava para lembrar de todos os selos de mão e revisava mentalmente seus significados. Alguns selos davam mais trabalho para o garoto, que ainda não havia desenvolvido por completo sua coordenação ao realiza-los – Gostaria de não precisar usar selos. Tudo seria muito mais fácil se a terra rempesse diante dos nossos desejos, se o fogo avançasse com um simples sopro... Bom, talvez eu chegue lá um dia -. Sem desanimar, Mokarzel continua com a revisão sistemática dos selos.
Enquanto cerrava os punhos, juntava as palmas em forma de oração e cruzava os dedos, fazendo sinais, Mokarzel se questionava porque ainda não havia aprendido a execução de jutsus “Da forma como eu estou hoje, não seria capaz de enfrentar nenhum daqueles pivetes que enchem o Campo como se fossem pragar... Esta decidido, quando eu sair daqui irei atrás de dominar o máximo de técnicas que eu puder... Técnicas mortais, técnicas de defesa... Irei dominar todas elas”. O espirito dominador e sedento de poder de Mokarzel voltava a dominar seus pensamentos.



HP: ❲ 450 • 450 ❳ CH: ❲ 200 • 200 ❳ ST: ❲ 00 • 02 ❳

Considerações”:
Treino de Databook - 900 palavras - referente a 1 ponto de Inteligência e 1 ponto de Selos. Devido ao mês do UP os pontos seriam dobrados.

Equipamentos”:
--.
Jutsus Utilizados”:
--.


-
'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Treino] Mokarzel 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Treino] Mokarzel - em 22/10/2018, 14:05

e eu com isso @pp - Pontos Dobrados.

_______________________

[Treino] Mokarzel ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-


Layout por @Akeido Themes, @Loola Resources e Naru.