NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Verão
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Senju Inazuma
3º Lugar
Raves
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Tensai
3º Lugar
Zireael
Os membros mais ativos do mês
Angell
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
732 Mensagens - 42%
Starfox
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
192 Mensagens - 11%
Zireael
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
156 Mensagens - 9%
Kurt Barlow
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
114 Mensagens - 6%
Sevenbelo
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
103 Mensagens - 6%
Tensai
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
101 Mensagens - 6%
Zero
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
100 Mensagens - 6%
Shion
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
98 Mensagens - 6%
Kaguya
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
81 Mensagens - 5%
Keel Lorenz
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
79 Mensagens - 4%

Os membros mais ativos da semana
Angell
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
18 Mensagens - 32%
Heavy
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
7 Mensagens - 13%
Keel Lorenz
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
6 Mensagens - 11%
Kurt Barlow
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
5 Mensagens - 9%
Sly
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
5 Mensagens - 9%
Coca
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
4 Mensagens - 7%
Raves
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
4 Mensagens - 7%
sinhorelli
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
3 Mensagens - 5%
Gyoku
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
2 Mensagens - 4%
Shion
[Capítulo] Indulgência I Vote_lcap[Capítulo] Indulgência I Voting_bar[Capítulo] Indulgência I Vote_rcap 
2 Mensagens - 4%


iu
Genin
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
O quadro na parede parecia pedir por novas informações. Até o momento Flare havia procurado por tudo que tinha a respeito da morte dos pais, mas tudo não passava de recortes de jornais comentando o acontecido — uns apelavam à carreira de outros, outros apenas lamentavam a morte, nenhum se aprofundava na provável causa do assassinato, nem mesmo tocavam no incêndio criminoso. Por se tratar de um laboratório, deviam ter atribuído o fogo a alguma substância que pode ter sido espalhada ou manuseada incorretamente. Havia muito para se saber, mas ela carecia até mesmo de informações elementares para determinar prováveis causas ou suspeitos. Estava completamente no escuro.

Depois da formação, sua rotina estava reduzida a ronda e outras missões cuja importância estavam muito longe do que tinha idealizado — salvar gatos em árvores e outras coisas nesse nível —, mas naquele dia em particular, escutando uma conversa entre dois oficiais enquanto adentrava o escritório anexo ao quartel general para informar o término de sua ronda, descobriu um fato que poderia estar relacionado ao que procurava. Ela estava em êxtase. Naturalmente, buscou, já sem esconder que estava escutando a conversa, se oferecer para realizar a tarefa em questão: localizar e capturar um shinobi que havia desertado a vila. Seu crime? Matar um médico. O tempo para o surgimento da notícia se mostrava uma coincidência grande demais para ser ignorada, justo agora, pouco tempo depois do se acreditava ser um crime sem suspeitos ou motivação. O criminoso era pouco importante, porém; embora matar um ninja, qualquer que fosse sua patente, fosse um crime grave, renegados eram avaliados pelo risco representado por suas habilidades e conhecimentos sobre a vila. Este era apenas um criminoso covarde.

Informações:

Vida: 225. Chakra: 225.
Estamina: 00/03. Vício: 00/03. Sakki: 00/50.
iu
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86276-ficha-shizuke
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86506-gf-iu
iu
Genin
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
Pensou em diversas alternativas, as mais variadas, para fazer com que a missão caísse em seu colo. A falta de tato, as respostas que pareciam estranhas e as conversas que acabavam num silêncio súbito não a ajudaram. Por fim, resolveu voltar para casa, aceitando o fracasso. Remoeu o assunto durante toda a noite, preenchendo o quadro com as pistas sobre o assassinato dos pais com recortes dos jornais que noticiaram a morte de ambos. Nenhum deles tinha pistas concretas, nenhum deles ajudava Flare a chegar num motivo sequer, ela se recusava a pensar que ambos haviam sido vítimas de crime brutal e infundado, mas o que parecia era que suas respostas teriam de esperar. Na manhã seguinte, para sua surpresa, foi convocada para a missão. Ela e o amigo Shizuke. O que de início parecia uma coincidência, depois passou a uma racionalização rápida: mesmo sendo um criminoso, aquele sujeito fraco e patético, que precisou recorrer a métodos covardes para atacar um homem que sequer era combatente, embora ninja, só poderia ficar a cargo de dois inexperientes recém formados. Começaram a viagem o quanto antes, aproveitando o trajeto para ler o texto da missão, junto com um envelope contendo as informações do criminoso, do tempo que estudou na academia.

Apesar do frio, Flare estava suando. Sequer conseguia organizar os pensamentos, as mãos tremendo — foi quando Shizuke percebeu e perguntou se estava tudo bem. Ele passou a ela as folhas, que precisou segurar e lutar contra o vento para não perdê-los a cada vez que a brisa gélida soprava contra eles. “Um médico”, leu, no meio do texto, provavelmente ainda sobre a descrição do crime. O que naquilo a incomodava tanto. “A morte de um médico”, leu novamente. “Ah”, exclamou, estacando no meio da viagem. Foi a exclamação mais insípida que alguém já fez. Ela compreendeu o que a incomodava tanto. Na empolgação, achando estar diante de uma descoberta, não percebeu que a missão não se referia a morte de um casal e sim de apenas um único médico. Estava frustrada antes mesmo da missão começar de fato e pegou-se amassando o papel. Diante do olhar confuso do amigo, apenas respondeu:

“Achei que isso estivesse relacionado à morte deles.” Deu de ombros. Passada a desilusão, chegaram a um ponto da viagem onde um homem em seus quarenta anos, grisalho, atacado pelo tempo, os encontrou. Era um informante de Kirigakure, que sempre atuava como intermediário quando as missões demandavam informações externas à vila.

“Vocês chegaram numa boa hora”, ele explicou. “Tem um garoto esquisito que acabou de se hospedar numa estalagem a trinta minutos daqui. É uma comunidade pequena, chamada Aldeia da Garoa; pouca gente, poucos estabelecimentos, a maioria são pesqueiros. Não é nada certo, mas é algo com que começar.” Depois daquilo, ambos agradeceram e seguiram adiante. Se certificaram de esconder as bandanas, guardando-as em suas respectivas hip-pouch, embora fosse difícil não se destacarem como ninjas por aquelas bandas, considerando que o rumor de um desertor à solta era conhecido na região. Mesmo assim, a primeira estratégia era evitar alarmar os locais e o próprio criminoso, então o localizando para levá-lo à justiça.

Informações:

Vida: 225. Chakra: 225.
Estamina: 00/03. Vício: 01/03. Sakki: 00/50.
iu
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86276-ficha-shizuke
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86506-gf-iu
iu
Genin
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
Caminharam através da névoa com passos cautelosos. Pela pista que tinha recebido, era muito improvável que ele estivesse pensando em fugir naquela noite. Flare ainda tentava controlar a frustração por ter pensado em diversos caminhos que fariam aquela missão cair em seu colo, apenas para no fim, mesmo que não o tivesse feito e ela caiu mesmo assim, de nada serviria — era um fruto de seu desejo de desvendar o sombrio mistério, um que parecia cada vez mais se afastar da realidade. Precisava encontrar um meio de controlar as emoções antes que isso resultasse em algo mais grave do que simplesmente entender erroneamente o texto de uma missão. Confundir “um” com “dois” parecia inofensivo, mas quanto tempo até criar falsos suspeitos, falsos motivos?

Chegaram na aldeia quando os estabelecimentos fechavam, restando apenas a estalagem e outras casas onde as famílias estavam colocando a conversa em dia com as luzes acesas. Se hospedar na mesma estalagem parecia o melhor caminho, passar a noite, tentar convencer o dono a cooperar e então traçar o melhor plano para capturar o renegado. Aliás, só então Flare se prestou a ler seu nome: Yamato. A ironia era que esse também era o nome de seu pai. “Tenho de prender Yamato”, falou em voz alta, rindo, incrédula com a peça do destino. A que Shizuke respondeu, sem entender muito bem por que ela ria: “Sim, temos.”

A noite sob a estalagem foi silenciosa. Não houve nenhum ruído que fosse audível vindo dos outros quartos, que não eram muitos, apenas outros cinco além do que estavam compartilhando. Ambos passaram a noite acordados, ninguém conseguiu pregar o olho até que a manhã se aproximou e Shizuke resolveu cochilar uns minutos, segundo ele, “para deixar a mente afiada”, embora Flare duvidasse muito que vinte minutos de sono fosse mudar algo. Depois de acordar o amigo, esperaram na área comum da estalagem. Desde a chegada, o dono do estabelecimento, um rapaz jovem, em seus vinte e poucos anos, com físico sólido — ele facilmente poderia ter sido um ninja, se tivesse nascido em Kirigakure —, havia se mostrado resistente a cooperar e o fazia pensando em seu negócio: para quem estava longe da Névoa, ele precisava, por vezes, abrigar sujeitos suspeitos e nada disso lhe importava contanto que pagassem. Ambos os genins conseguiam entender aquilo — apesar de tudo, nenhum deles era idealista ao ponto de negar a zona cinzenta em que a sociedade shinobi e todos próximos a ela viviam. Mas ele também não podia interferir na missão, o que era, no fim, uma vantagem.

“Será que pode fumar aqui?”, ela perguntou, falando alto propositalmente, como quem não queria perguntar diretamente ao dono. Bastou um olhar atravessado para ela entender que não. Guardou o maço e ficou esperando. Shizuke estava do lado de fora, observando a aldeia, se certificando de que no eventual caso em que ele fugisse da estalagem e alcançasse a rua, todas as rotas de fuga estavam mapeadas. Enquanto isso, Flare estava se tornando cada vez mais impaciente. Era quase meio-dia e Yamato ainda estava em seu quarto — que tanto havia para se fazer lá em cima? Pensou rapidamente num plano e foi comunicar Yamato, pois envolveria habilidades onde ele era melhor.

“Preciso que puxe assunto com os hóspedes no saguão, para descobrirmos os quartos que estão hospedados. Subtraindo o nosso e os que você descobrir, talvez podemos descobrir em qual ele está, já que o dono não vai nos falar.”

Assim, Shizuke trocou de posição com Flare. Ela ficou na porta, mas olhando para o interior do lugar, observando a escada, mantendo os ouvidos atentos, pronta para capturar qualquer ruído da madeira velha estalando sob o peso de alguém que, lá em cima, se preparava para descer; uma porta batendo nos fundos; alguém pulando da janela. Duvidava muito das últimas possibilidades, mas àquela altura tudo estava em aberto. Esperou e esperou, a impaciência se somando à frustração, pensamentos diversos sobre o passado tomando conta. Mãe, pai, quem poderia ter feito aquilo? A motivação, com que arma, exatamente a que horas…

“Ele está ao lado do nosso, ao que parece.” Foi a voz de Shizuke que a despertou. “Vamos.”

Subiram as escadas lenta e cuidadosamente, fazendo jus ao título de ninjas. Pararam diante da porta. Silêncio.

“E agora?”, repetiram em uníssono, cochichando.

Informações:

Vida: 225. Chakra: 225.
Estamina: 00/03. Vício: 02/03. Sakki: 00/50.
iu
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86276-ficha-shizuke
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86506-gf-iu
iu
Genin
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
Flare apenas agiu, simples assim, sem dar margem à indecisão. Percebendo a fragilidade da porta — a hospedagem como um todo, mesmo que a localização talvez conferisse uma renda contínua suficiente para melhorar a estrutura do lugar, possuía mobília barata, o que era nítido para qualquer canto que olhasse —, tomou impulso e bateu com o ombro, sinalizando para Shizuke acompanhar sua investida. Quando avançaram juntos, a porta se abriu. Melhor ainda, sem danificar, sem que posteriormente precisassem incluir aquilo no relatório para Kirigakure compensar financeiramente o dano causado, o que era uma grande burocracia. Do lado de dentro, Yamato paralisado. Enxergar a dupla de genins na porta foi o suficiente para ele compreender que havia sido pego e não tentar nenhuma ofensiva contra eles, ficando com uma expressão que parecia perguntar “e agora?”.

De todas as coisas que Flare desejou falar, optou por ficar em silêncio. Ter confundido o texto da missão voltava a assolá-la — o que eu teria feito se fosse esse o assassino de meus pais? Não encontrou uma resposta para aquela pergunta, se adiantando a pegar o par de cordas que Shizuke tinha pendurado em sua cintura para amarrar o desertor.

Na base da escada o dono da estalagem esticou o pescoço, curioso para saber se seu patrimônio havia sido danificado. “Está tudo bem, tudo em ordem”, respondeu Flare sobre os ombros. Então devidamente amarrado, Yamato foi conduzido por ambos, iniciando a tediosa caminhada de volta à Kirigakure, através do frio e da neblina. Flare aproveitou para acender um cigarro, tragando em silêncio enquanto empurravam o criminoso através da estrada úmida.

Informações:

Vida: 225. Chakra: 225.
Estamina: 00/03. Vício: 03/03. Sakki: 00/50.
iu
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86276-ficha-shizuke
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86506-gf-iu
iu
Genin
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
A viagem de volta era a parte mais longa da missão, devido a carregarem o preso amarrado junto com eles. Não bastasse, precisavam ser cautelosos durante o cair da noite, visto que as terras além da Névoa por vezes continham perigos além do frio e a baixa visão. Além disso, ambos estavam cansados — não terem dormido apropriadamente na estalagem quando tiveram a chance finalmente cobrava o preço; Shizuke aproveitava quando Yamato diminuía o passo não para forçá-lo a seguir o empurrando, mas para diminuir também suas passadas; Flare, por mais de uma vez, viu o amigo dar longas piscadas, bocejar, e em breve ela também começou a fazer o mesmo, embora tenha mantido o estado de alerta. Por sorte, tinha uma barrinha de proteína nos bolsos, que sempre costumava levar nas missões. Ficando para trás com a desculpa de “vigiar a retaguarda”, aproveitou para comer rapidamente depois de terminar o cigarro. Não tardou, depois do início da viagem de volta, para que alcançassem um bosque, onde prontamente Yamato, finalmente falando, pediu para mijar. Flare ignorou os pedidos e protestos. “Não ligo. Caminhe”, disse, mas Shizuke se compadeceu, com o argumento de que “tê-lo todo mijado nesse frio ia fazer ele chegar na Névoa doente”. Como ele se ofereceu para olhá-lo, Flare não protestou mais, esperando enquanto a dupla se afastava da estrada principal indo até as árvores.

Aproveitou para apagar parte dos traços deixados por eles na estrada de terra fofa, remexendo a terra e desfazendo as pegadas do trio. Depois de um tempo, ficou sem o que fazer; isso também a fez perceber quanto tempo havia se passado. Nenhum sinal dos dois. Resolveu procurá-los, encontrando Shizuke apoiado num tronco, mas sem sinal de Yamato. Quando se aproximou, escutou a respiração audível do amigo, cochilando apoiado na árvore. Yamato havia fugido.

“Ah não”, disse, chacoalhando Shizuke até ele acordar. Ele imediatamente reconheceu o que havia acontecido. “Merda”.

Flare buscou pelos rastros de Yamato, encontrando as pegadas marcando a terra.

A fuga a tinha deixado apreensiva. Falhar em sua primeira missão lhe doía muito mais como fracasso pessoal do que nas possíveis implicações com a vila. Se separou de Shizuke e ambos tentaram cobrir um ângulo de quarenta e cinco graus de onde haviam percebido a fuga dele, mas ela o encontrou sem mais problemas. Aparentemente, onde o bosque se adensava, ele tropeçou num emaranhado de raízes e machucou a perna, as farpas de uma planta espinhosa fazendo o trabalho de sua captura. Flare se pegou pensando em como o sujeito diante dela era patético — seria o responsável pela morte dos pais desse mesmo jeito? Isso apenas tornava não o encontrar ainda mais doloroso.

Depois do contratempo, conseguiram levar Yamato até Kirigakure sem mais problemas, chegando na vila quando o dia surgia novamente.

Informações:

Vida: 225. Chakra: 225.
Estamina: 00/03. Vício: 00/03. Sakki: 00/50.
iu
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86276-ficha-shizuke
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86506-gf-iu
iu
Genin
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
Flare pouco quis saber das consequências trazidas pela conclusão da missão — todos os ocorridos durante esta foram suficientes; a confusão com as vítimas, a figura covarde do assassino e os empecilhos que impediram a missão de ser concluída mais rapidamente. Com sorte, poderia usufruir de algum descanso nos dias seguintes, mas estava errada ao pensar nisso.

Encontrou com Shizuke pouco tempo depois de passar no quartel general para entregar seu relatório, aproveitando a proximidade com o centro da vila para comprar frutas e reabastecer a despensa. Uma nova missão havia sido atribuída para ambos, novamente nos arredores da Névoa, novamente lidando com criminosos, embora dessa vez o perpetrador fosse desconhecido. Uma série de desaparecimentos que acontecia a pelo menos duas semanas, vitimando civis de comunidades próximas; o que restava dos desaparecimentos era somente pistas simples, como pegadas, últimos relatos do desaparecido, mas nenhuma informação a respeito de suspeitos. Até então. O motivo da convocação era que um informante, tal como Shira, quem tinha informado a dupla sobre o paradeiro de Yamato na missão anterior, alegava ter conversado com um civil que escapou do cativeiro onde as vítimas de tais desaparecimentos ficavam presas. Essa atualização culminou na abertura oficial da missão por Kirigakure, assim como na atribuição dos genins.

Partiram no dia seguinte.

Informações:

Vida: 225. Chakra: 225.
Estamina: 00/03. Vício: 01/03. Sakki: 00/50.
iu
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86276-ficha-shizuke
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86506-gf-iu
iu
Genin
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
Foi somente durante a viagem que se preocupou com as minúcias, pegando o relatório com as informações que tinham até então para se aprofundar na questão dos desaparecimentos. Afora das localidades onde os desaparecimentos haviam acontecido, não se tinha nada. Ao menos, pelo que parecia a ela, Kirigakure tinha feito um péssimo trabalho identificando as vítimas, suas conexões e o possível fator em comum com os desaparecidos; as datas flutuavam em um período de tempo muito grande, com alguns desaparecimentos sendo de meses atrás, enquanto outros eram bem recentes, acontecidos na mesma semana. Uma sequestrador em série poderia estar a solta por meses a fio, operando sem nenhum medo da punição por seus crimes; por outro lado, todos os desaparecimentos poderiam ser acontecimentos sem nenhuma relação entre si, unidos apenas pela falta de investigação. Assim que terminou de ler, conferiu a expressão de Shizuke, que pelo que transparecia, pensava como ela: não era sequer um trabalho mal feito, eles estavam sendo enviados para recolher as informações iniciais dos ocorridos.

“Vai dar trabalho.”

“É, bastante.”

Alcançaram a primeira parada após a saída da Névoa ainda no mesmo dia, passadas algumas horas de viagem. A terra úmida e fofa facilitava a caminhada, diminuindo o impacto nos joelhos e, consequentemente, o cansaço. Esse vilarejo onde chegavam reunia três dos total de onze desaparecimentos, era a única localização onde mais de um aconteceu. Naturalmente, começaram a procurar pistas nele.

Informações:

Vida: 225. Chakra: 225.
Estamina: 00/03. Vício: 02/03. Sakki: 00/50.
iu
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86276-ficha-shizuke
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86506-gf-iu
iu
Genin
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
Com a viagem iniciada no começo do dia, conseguiram alcançar o vilarejo ao meio dia. Sob o brilho do sol, era difícil de imaginar um local da vila onde alguém desapareceria: era uma rua única, cerca por passagens largas entre as construções, que davam para o fundo de casas e comércios; além disso, não havia mais nada, a vila era somente um ponto de passagem para viajantes, composta de poucas residências e vários restaurantes, estalagens, lojas de roupas, utensílios ninjas e quaisquer coisas que um viajante pudesse necessitar; apesar da simplicidade, a via central era extensa, possuindo pelo menos um quilometro e meio.

Conversaram primeiro com um idoso simpático, dono de um restaurante, enquanto, com autorização dele, Flare tragava um cigarro — a ânsia começou a surgir ainda durante a viagem, mas ela suportou até a chegada no lugar. A fachada possuía um balcão no estilo de bar, bebidas à mostra, baquetas viradas na direção dessas, luzes fracas, música alta e os costumeiros clientes da própria vila — a área que se reservava aos mais apressados ou aos bêbados; nos fundos, depois de passar pelo que foi descrito, além de duas mesas de sinucas que deixavam uma passagem entre elas, se chegava ao restaurante. Mesas com cadeiras suficientes para uma família toda, mesas pequenas com apenas dois bancos e cardápios em todas elas, descrevendo o menu em letras bem grandes. Além do idoso, sua mulher e filha também trabalhavam no restaurante. Shizuke e Flare se demoraram conversando especialmente com o casal, primeiro banalidades, depois pediram comida e só por fim abordaram os desaparecimentos.

O casal conhecia os três desaparecidos e ajudou a dupla a identificá-los: duas mulheres, um homem, todos na faixa dos vinte a trinta anos; não eram exatamente os mais sociáveis, mas era sabido que pelo menos dois dos três haviam sido ninjas, estavam aposentados quando chegaram ao vilarejo; pelo que foi descrito aos genins, o terceiro também era. Isso jogava uma grande luz sobre o caso.

Três ninjas aposentados, vivendo numa pequena vila, sem mais vínculos com a Névoa, o que justificava a falta de interesse em investigar seus desaparecimentos.  

Informações:

Vida: 225. Chakra: 225.
Estamina: 00/03. Vício: 03/03. Sakki: 00/50.
iu
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86276-ficha-shizuke
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86506-gf-iu
iu
Genin
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
Depois de adquirirem tanta informação numa única conversa, tanto Flare quanto Shizuke acharam desnecessário se demorarem ainda mais naquele lugar, partindo para o próximo. Embora ainda mais distante de Kirigakure, o vilarejo seguinte tinha proximidade com o início da investigação e bastaram mais duas horas a pé para chegar até ele. Suas dimensões eram bem menores, constituída majoritariamente por casas e uma única estalagem, também de proporções modestas. Todos ali pareciam viver de pescar na costa. Diferentemente da última localização, nenhum local quis falar com a dupla, nem mesmo a dona da estalagem, embora tivessem conseguido passar a noite nela sem nenhum custo.

Aproveitaram para observar o lugar assim que o dia surgiu. Era uma comunidade reservada, silenciosa, onde cada um cuidava de seus próprios afazeres, sem criar muito movimento senão pela caminhada matinal que os pescadores faziam arrastando suas redes até a costa. Decidiram acompanhar um pescador em particular, que apesar de seus protestos, acabou concordando que ambos o seguissem. Ele tinha chamado a atenção da dupla: velho, por volta de seus sessenta, era pelo menos uma cabeça maior que os demais, ombros largos, e, ainda que não fosse muito forte, conservava o porte e a postura de um ninja, o que chamou atenção da dupla com base na pista que receberam anteriormente. Não tiveram sucesso em puxar conversa, mas mesmo assim o acompanharam e ajudaram durante sua rotina matinal de pesca.

A névoa era mais intensa conforme o barco se afastava da costa. O barco de Udon, o pescador, era uma embarcação grande o suficiente para suportar os três junto dos peixes pescados, um luxo que os demais pescadores não pareciam ter; pescaram junto dele por algumas horas, até que era hora de voltar, devido a uma tempestade que se aproximava. Foi somente na volta que perceberam a grande distância entre o ponto de pesca e a costa no ponto onde pegavam o caminho para voltar à aldeia. Haviam esperado que ele se mostrasse aberto a conversar ou que o mero fato de estar junto dele pudesse trazer uma pista, mas sem sucesso.

Informações:

Vida: 225. Chakra: 225.
Estamina: 00/03. Vício: 00/03. Sakki: 00/50.
iu
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86276-ficha-shizuke
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86506-gf-iu
iu
Genin
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
[Capítulo] Indulgência I M0PWQWa
Perto da costa, a névoa se intensificou. A forma como ela convergia ao redor da embarcação de Udon parecia tudo menos natural e antes que pudessem alcançar terra firme, duas embarcações pequenas, uma a cada lado, cercaram a embarcação que também levava os genins. Assim que convergiram para interceptar Udon, a visão de Shizuke e Flare a acompanharem o pescador os confundiu, eles pareciam esperar que ele estivesse sozinho — foi Flare quem juntou os pontos primeiro: estavam presenciando uma tentativa de sequestro, como deveria ter ocorrido nos demais desaparecimentos.

Aproveitando a proximidade para suprimir parte de sua falta de perícia no shurikenjutsu, Flare disparou duas kunais, os projéteis se cravando no peito de um dos algozes a sua direita; isso, somado a presença inesperada da dupla, foi o suficiente para causar a fuga daqueles que atentavam contra Udon. Enquanto eles fugiam, a névoa se adensou ainda mais, tornando a visão nula, mas depois desapareceu, dando lugar àquela que era natural ao País da Água.

Assim que alcançaram a costa, explicaram que se tratava de uma missão, da pista que haviam recebido e que estavam lá para investigar o caso. Ao menos para a missão, Flare e Shizuke possuíam material mais que suficiente para elaborar um relatório e informar Kirigakure do que estava acontecendo nos desaparecimentos. Embora ainda faltasse um motivo, quem eles deviam proteger estava agora mais claro e precisavam se contentar com o ponto de partida. Uma nova investigação seria necessária posteriormente para se aprofundar no motivo e em quem perpetuava os sequestros, mas a Névoa não estaria mais no escuro. Depois das explicações, iniciaram a viagem de volta até Kirigakure, onde passariam todas as informações obtidas para o quartel.

Informações:

Vida: 225. Chakra: 225.
Estamina: 00/03. Vício: 01/03. Sakki: 00/50.
iu
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86276-ficha-shizuke
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86506-gf-iu
Shion
Game Master
[Capítulo] Indulgência I Giphy
[Capítulo] Indulgência I Giphy
doneAprovado
O fim de semana está chegando! Aproveite para dar um bom rush no seu personagem. Muito obrigado por continuar conosco!

_______________________

[Capítulo] Indulgência I Scre1755
[Capítulo] Indulgência I XPhGAqaOlá, Convidado, eu sou o Shion.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Conheça o Guia Shinobi e aprenda um pouco mais sobre o RPG!
Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
Formando
Tenha sua ficha de personagem aprovada.
Falando em Ninjutsu...
Tenha 10 jutsus & complete cinco missões de profissão.
Sou Mais Técnico
Tenha 10 jutsus & complete cinco missões de profissão.
Sangue Derramado
Vença seu primeiro PvP.
Eu me Tornei Chūnin
Vença um evento de Exame Chūnin.
Meu Primeiro Ajudante
Obtenha sua primeira invocação.
Elos Mais Profundos
Tenha cinco tópicos diferentes de interação (incluindo uma missão) com seu time.
Um Pequeno Arsenal
Compre/treine três jutsus.
Disputas Podem Ser Saudáveis
Tenha três tópicos de interações de rivalidade com um membro de seu time.
Eu Tenho um Sensei!
Entre para um time.
Shion
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido