NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Verão
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Senju Inazuma
3º Lugar
Raves
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Tensai
3º Lugar
Zireael
Os membros mais ativos do mês
Angell
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
732 Mensagens - 42%
Starfox
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
192 Mensagens - 11%
Zireael
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
156 Mensagens - 9%
Kurt Barlow
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
114 Mensagens - 6%
Sevenbelo
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
103 Mensagens - 6%
Tensai
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
101 Mensagens - 6%
Zero
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
100 Mensagens - 6%
Shion
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
98 Mensagens - 6%
Kaguya
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
81 Mensagens - 5%
Keel Lorenz
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
79 Mensagens - 4%

Os membros mais ativos da semana
Angell
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
18 Mensagens - 32%
Heavy
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
7 Mensagens - 13%
Keel Lorenz
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
6 Mensagens - 11%
Kurt Barlow
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
5 Mensagens - 9%
Sly
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
5 Mensagens - 9%
Coca
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
4 Mensagens - 7%
Raves
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
4 Mensagens - 7%
sinhorelli
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
3 Mensagens - 5%
Gyoku
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
2 Mensagens - 4%
Shion
[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_lcap[Capítulo] Invadindo Pensamentos Voting_bar[Capítulo] Invadindo Pensamentos Vote_rcap 
2 Mensagens - 4%


O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

AKCL
Tokubetsu Jonin
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57


O simples ato de escrever em seus registros faziam a mente do Yamanaka trabalhar melhor. Desde que voltou para sua casa, não teve mais noticias do paradeiro de Hoko, o velho comerciante que se aliou com contrabandistas para conseguir um raro remédio para seu filho doente. As anotações em seu diário visavam refletir as motivações de Hoko e o consenso de certo e errado em uma situação como aquela. — Hoko não era nada mais do que um pai desesperado. O sentimento paterno é misterioso para mim, e tampouco pretendo descobrir como é tê-lo em minha mente, mas através de minhas técnicas talvez seja possível adquiri-lo pela experiência de outros. A doença de seu filho justificava quebrar as leis? Em seu universo particular, talvez a resposta fosse obviamente que sim, era justificável. Para nós, seres alheios a sua realidade, éramos os vilões que impediam a salvação de seu filho. Duas realidades que se conflitavam e, de formas opostas, buscavam o melhor para si. Somos, então, individualistas por natureza? — Terminou as anotações e guardou o pequeno livro na gaveta de sua escrivaninha. Ao se levantar da posição de lotus que estava sentado na cadeira, o bater em sua porta o despertava da meditação temporária. Não havia ninguém além do loiro na casa, seu pai recentemente havia sido enviado para uma missão e teria que ir pessoalmente atender. Atravessando o corredor, a cozinha e o hall de entrada, avistou a sombra que transpassava as frestas da porta e a abriu lentamente.

Não teve tempo de fazer os cumprimentos tradicionais, o Chunin apressado que o aguardava apenas se curvava rapidamente, abrindo uma mochila típica de carteiros, vasculhando inúmeros pergaminhos até encontrar aquele direcionado para Asmita. — Enviado diretamente do quartel, Asmita. Boa sorte! — O garoto de cabelos acinzentados deixou rapidamente o local para terminar suas entregas. Com o pergaminho em mãos, encostou o braço direito no batente da porta e desenrolou o papel, deixando-o se abrir inteiro. — Asmita Yamanaka, ao reconhecer seu êxito na investigação de Hoko Yugo, Kirigakure no Sato conseguiu rastrear os próximos movimentos dos contrabandistas. Seu alvo se chama Fushiro, deverá extrair informações para que conseguimos descobrir a localização da base inimiga. Na mesma região foram reportados ataques de animais, aproveite sua localização para investigar e neutralizar a possível fera. —, Com o conteúdo gravado em sua mente, Asmita retornou ao seu quarto, preparando-se com suas típicas vestes largas e escuras, prendendo os longos fios loiros em um coque apertado, e a bolsa de armamentos presa logo a direita de sua cintura. Deixou sua casa, rumando aos portões do vilarejo.

HP: 1025/1025 | CH: 1825/1825 | ST: 00/06

Considerações:
Armamentos:
Usados:
Talentos:
AKCL
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81877-fp-asmita-yamanaka#660206
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76868p56-gf-akcl#606052

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

AKCL
Tokubetsu Jonin
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57


Ao desembrulhar o pequeno doce e leva-lo aos lábios, Asmita se deparou com os portões do Vilarejo da Névoa. Daquele horário, uma kunoichi e um shinobi faziam a guarda e recepcionavam os viajantes e outros ninjas que retornavam de suas viagens e missões. Como de costume, a saída de Asmita já era esperada e alertada pelo Quartel General da Névoa, e por isso não precisou ceder explicações sobre seus próximos passos. Para o Quartel, especialmente para a família de Asmita, as habilidades, tanto sensoriais, como a capacidade de extração de informações, eram cruciais para a inteligência, e moldar aquilo no loiro facilitaria ainda mais sua busca pelo entendimento absoluto da mente humana. Para a sorte do mesmo, aquele objetivo estava sendo garantido pela categoria das missões. Ao dar seus primeiros passos para fora dos portões, e assim da proteção da Névoa, o Yamanaka retirou de sua bolsa o pergaminho entregue pelo Chunin, desenrolando-o a frente de seus olhos azulados para analisar o pequeno mapa desenhado a mão. Necessitaria, em uma velocidade mediana, de um dia ou dois para chegar no local, o tempo necessário para a coleta de informações, segundo a investigação prévia da névoa, baseada em relatos entregues pelo próprio Hoko. O velho comerciante havia sido detido temporariamente em sua recém chegada a Kirigakure, e decidia ajudar em troca da redução de sua pena. Tomou rumo para o oeste, caminhando durante toda a metade do dia, até se aproximar de um pequeno riacho cristalino para saciar sua sede, ao mesmo tempo que mascarava a fome com uma bala açucarada. — A companhia do velho faz falta agora. — Reclamou, em seus pensamentos, a ausência de Hoko, que lhe fornecia água e comida durante a escolta.

Trilhas eram comumente utilizadas por viajantes e mercadores da região, mas nem por isso eram as mais seguras durante a noite. A falta do calor e a pouca visibilidade aumentavam a densidade da névoa, tornando a utilização das trilhas um convite perfeito para saqueadores atacarem. Asmita conhecia está possibilidades, alterando sua rota para um espaço de mata levemente fechada, porem, deixando sua guarda levantada. Parou sobre um galho resistente e se abaixou levemente, fechando seus olhos, suspirando, levando ambas as mãos a se encontrarem na altura do peito, desenhando, pela união de seus dedos, o selo do tigre. Ali, se tornava um receptáculo de sensações alheias, de presenças exteriores, podendo captar a presença de chakras. A partir da evolução de suas habilidades como um ninja, a distancia que poderia percorrer com aquela técnica também havia aumentado. Desta forma, pode garantir um avanço mais seguro, até finalmente o cair da noite ser concretizado perto das zero horas. Precisaria decidir se continuaria ou descansaria.

HP: 1025/1025 | CH: 1825/1825 | ST: 01/06

Considerações:
Armamentos:
Usados:
Talentos:
AKCL
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81877-fp-asmita-yamanaka#660206
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76868p56-gf-akcl#606052

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

AKCL
Tokubetsu Jonin
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57


Com o chegar da meia-noite, Asmita estava finalmente a meio dia de seu destino final, e poderia aproveitar que havia ganho tempo para finalmente descansar um pouco. Por fim, estava seguro de que ninguém, em uma grande área, iria se aproximar dentro de algumas horas, e por isso foi rápido em saltar para um novo galho, este um pouco mais largo e resistente, onde pode se sentar, deixar sua perna direita esticada e a esquerda levemente pendurada. A destra do loiro deslizou por suas vestes até pegar duas balas açucaradas, que iriam servir como fonte de caloria e saciedade de seu vício. Suas costas pesavam no tronco da árvore, assim como seus olhos que começavam a se fechar sozinhos. — Dormir um pouco não vai me fazer mal nenhum... — Pensou, ajeitando a roupa para mais perto de seu corpo, cobrindo levemente a boca. O silencio da noite era a canção de ninar perfeita para o estudioso, que o apreciava mais do que tudo. O aroma fresco das folhas, e até mesmo de algumas flores espelhadas pelo ambiente, confortável suas narinas e permitiam que seu corpo finalmente encontrasse algum descanso. Ainda era apenas uma hora da manhã. Três horas se passavam desde o adormecer do loiro. Um pesado rastejar remexia os arbustos no solo, arrastavam os galhos e espantava pequenos animais que passavam por ali. O som das criaturas afugentadas quebravam o silencio da mata e chegavam aos ouvidos do Yamanaka, que despertava ainda sonolento, demorando alguns segundos para assimilar o que estava acontecendo. Bastou inclinar levemente seu corpo e olhar para o solo logo abaixo, para então perceber a silhueta alongada que rastejava a poucos metros de distancia. — Isso é uma cobra? Como é possível? — A sombra demorou para atravessar toda a árvore, demonstrando o tamanho de seu corpo e provavelmente a monstruosidade de força que carregava consigo. — Essa deve ser a criatura que está atacando pela região. — Não precisou pensar muito para ligar os fatos, e agora aproveitar para dar inicio a uma de suas missões.

Mais desperto, o rastejar a serpente emitia um som abafado da vegetação sendo arrancada e esmagada, o que permitiu que o Yamanaka a acompanhasse silenciosamente. Saltava de galho em galho, aguardava a mesma se mover, esperando encontrar seu ninho ou esconderijo, mas o caminho traçado pela silhueta não tinha um padrão e sequer um destino certo. A corrida permaneceu durante uma hora, e agora a luz do sol começava a dar as caras e melhorar a visibilidade do loiro, que, ao notar o que lhe esperava, arregalava os olhos, com um sorriso surpreso no rosto. — Aquilo tudo.. era só a cauda?! — Foi tarde demais perceber que toda sua perseguição se resumia somente aos movimentos da cauda do animal, que se movia pelo solo até desaparecer. Como uma baforada de ar quente, a atenção de Asmita foi lançada para suas costas que, se não tivesse sido astuto o suficiente, teria sido atingindo por um bote fatal no mesmo instante. A cabeça do animal era ainda maior e suas presas certamente eram do tamanho do antebraço do loiro. Asmita saltou para o solo e não podia ver todo o corpo da cobra, que se alastrava por, no mínimo, quatro árvores diferentes. Asmita levantou alguns selos de mão e deixou que clones imateriais surgissem do solo, visando ganhar tempo para uma estratégia valida.

HP: 1025/1025 | CH: 1815/1825 | ST: 01/06

Considerações:
Armamentos:
Usados:
Talentos:
AKCL
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81877-fp-asmita-yamanaka#660206
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76868p56-gf-akcl#606052

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

AKCL
Tokubetsu Jonin
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57


O animal circulava toda a extensão de uma grande árvore, apertando-a com todos os músculos que constituíam seu longo corpo. O ranger da madeira indicava que um mínimo aumento na força da serpente seria mais do que suficiente para romper todas as suas fibras. Asmita ficou apreensivo, e sabia claramente que, se fosse pego daquela maneira, seria esmagado em um misero segundo. As habilidades de combate do loiro podiam deixar a desejar, mas seus meios de controle eram ainda mais eficientes contra seres de baixo intelecto, não desconsiderando os meios de raciocínio da serpente, mas sim comparando-os a de um humano minimamente inteligente. A cobra possuía seus artifícios e suas formas de agir por instinto que, se colocados a prova contra instintos de sobrevivência humana, poderiam ser muito superiores. Precisaria de tempo, foco, e um bom controle de seu próprio chakra para não errar, ou seria necessário criar uma situação propicia para que o disparo de seu controle mental fosse preciso o suficiente para funcionar em uma única tentativa. A cobra deslizou do tronco da árvore e parecia analisar o Yamanaka das cabeças aos pés. A cobra dardejava, captando o cheiro do loiro no ar. Suas presas eram expostas quando a mesma abria sua larga mandíbula, e as fendas vertiam um veneno amarelado, além do forte mau cheiro que incomodava as narinas de Asmita. — Preciso agir logo. Shinten... merda! — O loiro primeiramente se abaixou, apontando o selo Yamanaka para o animal, que reagia ao súbito inclinar do Yamanaka e tentava novamente abocanha-lo em um bote fatal, visando seu tronco. Contudo, a velocidade do Yamanaka foi ligeiramente suficiente para que ele saltasse, chutando levemente o topo da cabeça do animal para se elevar ainda mais. Mas em pleno ar, estava indefeso para a próxima investida da fera, que serpentava seu corpo e se preparava para o bote final.

Enquanto a cobra se virava para cima, houve tempo para Asmita resgatar uma bala de sua bolsa e devora-la no mesmo instante, precisando esperar que o animal o olhasse fixamente. E assim que foi feito, os olhos da cobra tinham total foco no seu alvo, que elevou ambas mãos unidas até a altura de seu peito. Controlando seu chakra e o moldando com o elemento contido em sua natureza de chakra, Asmita deixava a energia extravasar de seu corpo em uma forma forte de luz, com o único objetivo de cegar o animal, ganhar tempo para atingir um galho e, com a luz direcionada ao animal, Asmita ganhava uma reta livre de obstáculos para atingir a fera. — Shinranshin no Jutsu! — Dessa vez, suas mãos se uniam em um outro selo especifico de seu clã, este que era reservado ao Shinranshin no Jutsu, uma forma de controle ainda mais poderosa que sua técnica materna, o Shintenshin. Ao contrario da origem, aquela técnica entregava o controle do corpo do alvo sem que a consciência do loiro deixasse seu corpo e dessa forma poderia ferir o alvo sem utiliza-lo como uma faca de dois gumes. A força bruta do animal não era suficiente para aquele tipo de controle, se sua consciência e intelecto eram inferiores. Asmita não a mataria, mas sim daria uma lição no ser. As presas da serpente foram fincadas em sua própria cauda, e o veneno eram levemente injetado em sua carne. Esperava que o animal resistisse a sua própria toxina. Entregou o controle da serpente para ela mesma que, assustada, recuava imediatamente para seu ninho. Asmita respirava aliviado, e ciente de que poderia rumar para o verdadeiro inimigo daquela empreitada.
 
HP: 1025/1025 | CH: 1715/1825 | ST: 02/06

Considerações:
Armamentos:
Usados:
Talentos:
[/quote]
AKCL
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81877-fp-asmita-yamanaka#660206
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76868p56-gf-akcl#606052

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

AKCL
Tokubetsu Jonin
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57


A enorme serpente afugentada ainda emitia seus sons arrastados por onde passava, até a distancia interferir completamente no ecoar de seus movimentos e o Yamanaka enfrentar novamente o doce silencio que lhe agradava tanto. Tomo uma nova bala açucarada, relaxando seus músculos e vícios, suspirando por ter conseguido sair com vida daquela batalha, sem necessariamente utilizar de jutsus diretos, mas sim do controle do próprio oponente. Aquela era a arte dos Yamanaka, usar a grandeza de seus inimigos contra eles mesmos e dessa forma atingir o equilíbrio perfeito entre inteligência e poder. O caminho para o encontro com seu alvo primário demoraria cerca de duas horas de caminhada lenta, e tomaria esse exato tempo para repor suas forças, caminhando, ainda pela trilha tomada pela névoa amena durante o dia. Desviando o caminho Oeste, Asmita atravessava uma longa ladeira, inclinando levemente seus passos para se adequarem ao novo ambiente, que exibia, com o diminuir da névoa, um aglomerado de casas, provavelmente pousadas para viajantes, restaurantes de estrada e pequenos comércios locais, um ambiente perfeito para esconder os crimes cometidos, ou se esconder. O loiro finalmente se aproximou e, dali em diante, sua aparência foi substituída para um homem de longos cabelos morenos, barba por fazer e roupas levemente surradas, se apresentando como Hogo. Para manter aquela transformação em um estado próximo da perfeição, Asmita visava manter um bom controle da canalização de seu chakra.

O aglomerado de casas de madeira não possuía uma entrada especifica, apenas trilhas marcadas pelo acumulo de carruagens, carroças e passos no solo, e estas eram as vias tradicionais para se entrar na região. Ali, a grande maioria das pessoas eram passageiras, não moravam verdadeiramente no local, que estava reservado a quatro ou cinco famílias, proprietárias dos comércios, claramente dependentes dos próprios viajantes e de produtos fornecidos por eles. Por mais precário que pudesse parecer, o sistema funcionava e estavam bem daquela maneira. A chegada do Yamanaka, disfarçado como Hogo, atraiu olhares curiosos. Guiado apenas pelas figuras e escritas nas placas dos estabelecimentos, o shinobi da névoa adentrou o restaurante e hospedagem local, que anunciava sua entrada com um sino preso acima da porta de madeira. O local vivia cheio, todos comiam e bebiam, mas o tocar do sino os silenciava por alguns instantes, até entenderem quem havia entrado, mas a chegada de um desconhecido fez com que o silencio se instalasse por mais tempo. Asmita caminhou até o balcão, onde poucos se sentavam, e logo atrás da madeira uma mulher mais velha limpava as canecas de bebida, o observando se aproximar desde sua chegada. — Novo por aqui? Não ligue, as pessoas estranham quando alguém desconhecido chega. Sabe, somos poucos, então conhecemos cada um que costuma vir aqui. Mas um rosto novo é sempre agradável. — A simpatia escondia a preocupação da mulher. Asmita admirava a maneira como ela falava, como sua face transmitia os pensamentos e seus olhos estavam fixos em como iria reagir. — Obrigado, estou apenas de passagem. — Respondeu, tentando desviar o assunto. — Todos estão. — Ela retrucou com um sorriso. Ali dentro, Asmita teria que identificar seu alvo, procurando não chamar muita atenção por ser um rosto novo.
 
HP: 1025/1025 | CH: 1715/1825 | ST: 01/06

Considerações:
Armamentos:
Usados:
Talentos:
AKCL
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81877-fp-asmita-yamanaka#660206
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76868p56-gf-akcl#606052

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

AKCL
Tokubetsu Jonin
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57


— Aqui, tome um pouco de água fresca e um pouco de comida. A primeira vez é por conta da casa. — Com toda sua simpatia, a dona do estabelecimento servia o Yamanaka um copo grande de água gelada e um farto pão de fermentação natural. A conversa nos arredores era indecifrável, tamanha quantidade de vozes e assuntos que se misturavam. Com algumas olhadas discretas por cima dos ombros, Asmita pode perceber que sua presença ainda era um incomodo, por mais que já estivesse ali por cerca de vinte minutos. Precisava agir logo, ou ao menos tentar uma aproximação entre os clientes da pensão. Questionar a dona poderia ser uma das opções, mas sua simpatia poderia se revelar ser apenas uma mascara. — Ela não iria arriscar sua clientela, essas pessoas são bens preciosos para manter esse lugar funcionando... — Pensou, mordiscando um pedaço do pão. O sabor do alimento fermentado impressionava o Yamanaka, tentando imaginar como aquele pequeno lugar havia conseguido ingredientes tão bons para fazer tal produto. — Trocas... é claro... — A resposta veio rápida e obvia. Na mesa atrás de si, a cadeira foi arrastada no chão de madeira, e passos pesados se aproximaram por trás, e o dono dos ecos monstruosos se sentou no balcão logo ao lado do Kirinin. — Você é novo por aqui, camarada? Conhecemos todo mundo que passa pela região, mas nunca vi seu rosto. Como se chama? Eu sou Ryuki, o chefe da maioria desses homens aqui. — O grandalhão estendeu sua mão direita para o Yamanaka, que a observou rapidamente, notando uma infinidade de cicatrizes, a falta do dedo indicador, e uma marca de queimadura que sua por todo seu antebraço. O cumprimentou com um aperto firme de mãos. — Me chamo Hogo, acabei me perdendo durante a noite. — Foi rápido na resposta, tirando um riso alto do outro. — HAHAHA! Durante a noite?! E você não sabe que essa região é perigosa a noite? Teve a sorte de não ter topado com a serpente que guarda essa mata. — Rápido, o homem puxou a própria camisa, revelando uma deformação em seu ombro direito, proveniente do veneno do animal.

Manter o fluxo de seu chakra constante e uma conversa por tanto tempo estava se tornando algo árduo de se fazer, relembrando cada vez mais de manter um bom controle de seu chakra. Dessa forma, precisava se esquivar daquela conversa e encontrar uma maneira mais eficiente de investigar o local. E, se tinha algo que os Yamanaka faziam bem, era investigar. Se levantou devagar, terminando o pão, a água e uma de suas balas doces, agradecendo a dona do local e ao mesmo tempo se despedindo de Ryuki com um aceno de cabeça. O grandalhão não parecia convencido, mas ''ignorou'' a saída do Yamanaka, observando seus passos até a porta. Fora dali, bastou observar um pouco o ambiente para perceber que não era o mais limpo possível, ratos corriam livremente pelas trilhas, corvos, urubus, baratas. Desviou-se para um local afastado, onde alguns ratos passavam carregando alimentos jogados nas trilhas. Asmita aguardou, mirou precisamente o seu de seu Clã e disparou sua consciência no pequeno corpo do roedor. Seu corpo caia, encostando as costas em uma parede de madeira. Ali, naquela pequena forma, procuraria se infiltrar em conversas.

HP: 1025/1025 | CH: 1700/1825 | ST: 00/06

Considerações:
Armamentos:
Usados:
Talentos:
AKCL
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81877-fp-asmita-yamanaka#660206
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76868p56-gf-akcl#606052

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

AKCL
Tokubetsu Jonin
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57


O mundo sobre a nova perspectiva roedora transformava a visão do Yamanaka em um tom levemente azulada e um pouco mais embaçado, vendo tudo por baixo e em uma escala muito maior. As paredes haviam se tornado colossais, o que levava um tempo para se acostumar. Traçando o caminho de volta para a hospedagem, procurou, pela parte de fora, uma maneira de entrar sem que precisasse utilizar a porta da frente. Mesmo que muitos ignorassem sua existência no lado de fora dos estabelecimentos, dentro deles era visto como uma praga que deveria ser exterminada, e por isso precisaria ser astuto o suficiente para não ser pego naquela forma. Uma das mais importantes características a serem lembradas sobre a possessão da mente alheia era a divisão dos danos. Se fosse morto enquanto dominasse aquele animal, Asmita também seria morto em seu corpo original, e estava muito mais indefeso na forma de roedor. Vasculhou os fundos da hospedagem, encontrando uma pequena fresta de madeira quebrada na parede, com o tamanho perfeito para seu rosto roliço, talvez aquela entrada havia sido feita por outros da sua espécie. Entrou, se deslizando pela madeira com cuidado para não ser ferido por algumas farpas soltas, escalando elevações até estar caminhando dentro da parede. A conversa continuava como da ultima vez, era difícil distinguir assuntos em tanto vozerio. Quando um homem passou pela parede, agarrou-se em sua calça, e foi arrastado lentamente para onde ele estava se sentando. Permaneceu parado, e por sorte conseguia se camuflar minimamente na cor do tecido, que era cinzento igual seus pelos.

— E ai, Kah-chan, vamos sair agora de manhã? Não podemos atravessar essa parte da floresta de noite, não queremos encontrar a Gigante Suru. Quase não saímos vivo da ultima vez e a mercadoria vai começar a estragar. — Um dos homens sentado na mesa reclamava para o outro que acaba de se sentar com Asmita na barra de sua calça. — Vamos terminar de comer e já partimos. Deixou a parte deles aqui? Não podemos atrasar o pagamento dessa vez, ela não fica feliz com isso. — Comentou abaixando o tom, e claramente se referindo a única mulher presente no local, a própria dona. Asmita resolveu saltar dali e sorrateiramente se mover para duas mesas ao lado, subindo nas pernas do móvel até uma altura que pudesse se esconder e ouvir a conversa. — Estão começando a dizer que a Serpente Suru é comandada por ela para que as pessoas passem e se hospedem aqui durante a noite. Faz sentido... isso traria um lucro enorme. — Aos sussurros, era claro que muitos homens temiam o poder e a influencia daquela mulher. Estranhamente, todas as conversas pareciam levar a ela. De repente, um homem entrou as pressas no estabelecimento. Seu olhar assustado atraiu a atenção de alguns, e, correndo para o balcão, sussurrou no ouvido da dona, que demonstrou, pela primeira vez, algum tipo de espanto em seu rosto, indo para os fundos da hospedagem. Asmita saltou dali, passando por baixo do balcão para ouvir a conversa. Se sentia levemente cansado com o esforço de manter sua consciência em um corpo diferente.

HP: 1025/1025 | CH: 1700/1825 | ST: 02/06

Considerações:
Armamentos:
Usados:
Talentos:
AKCL
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81877-fp-asmita-yamanaka#660206
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76868p56-gf-akcl#606052

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

AKCL
Tokubetsu Jonin
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57


Apesar da baixa força psíquica do roedor, Asmita encontrava-se em plena dificuldade de manter seu controle, pela demanda do controle de seu chakra, porem, seu esforço era recompensado com informações preciosas a cerca de sua atual missão, encontrar o alvo que lhe entregaria as informações que buscava sobre os contrabandistas. A mulher e o homem que acabará de chegar iam as pressas para o fundo da hospedagem, em um jardim improvisado onde ela cultivava alguns temperos locais, explicando, talvez, o sabor exótico de seu pão. — Suru foi encontrada ferida, ela não responde mais a nenhuma ordem e nem ao controle que colocamos nela. Perdemos o controle da região... quando descobrirem as rotas mais curtas vão voltar. — O homem explicou para a mulher, que enfurecida socava a parede da hospedagem. — Isso não está certo! Quando o chefe descobrir que perdemos esse posto, sabe o que acontecerá com a gente? Preciso ir para lá o quanto antes e avisa-lo, talvez assim consegui diminuir a punição. — Ainda indignada com a noticia, a mulher coçava a nuca e resmungava sozinha, chutando o chão, socando a parede, sem conseguir entender como Suru havia sido derrotada. Ela conhecia cada rosto que frequentava o pequeno vilarejo, todos passavam por ali a tempos, e nunca sua estabilidade foi comprometida, até a chegada de Asmita, ou seu disfarce como Hogo. Aquilo estalou a imaginação da mulher, que imediatamente puxou seu informante pela gola. — Um homem chegou aqui recentemente, carne fresca, ele... estava quieto demais para quem acabou de chegar, perdido, com certeza não sabia sobre a Suru, ou... foi ele quem tirou ela de nós. Encontrem logo aquele homem! — Ordenou e o empurrou. Naquele instante, o roedor retomava o controle de seu corpo e Asmita acordava.

Era tarde, seu corpo adormecido estava sendo observado por Ryuki, o grandalhão que havia conhecido na hospedagem, que ria e chutava seus pés. — Droga... — Pensou, abrindo lentamente os olhos. — Olha só o que encontramos aqui rapazes... o novato está dormindo no chão! HAHA! — Escandaloso como no bar, seu tom alto chamava a atenção dos locais, mas principalmente do informante que buscava o Yamanaka. Em poucos segundos, cerca de cinco homens, contando com o informante, cercavam o loiro, que lentamente se levantava e retirava uma bala de sua bolsa, a mordendo e deixando o açúcar descer por sua garganta. — Ah, vocês são barulhentos demais... um homem não pode descansar em paz? — Brincou, ironizando o ato. Seu corpo foi coberto pela fumaça que desfez sua transformação, e, em meio a distração da técnica, uniu os dedos em um sinal de seu clã. — Shinran Enbu no Jutsu! — De repente, todos estavam imóveis, com seus músculos rígidos enquanto Asmita sorria. — Obrigado. — Agradeceu ao informante, e fez todos desferirem socos contra si mesmos, aproveitando a força do gigante para que todos fossem nocauteados. Agora, rumava para seu alvo principal, a dona da hospedagem.

HP: 1025/1025 | CH: 1620/1825 | ST: 03/06

Considerações:
Armamentos:
Usados:
Talentos:
AKCL
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81877-fp-asmita-yamanaka#660206
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76868p56-gf-akcl#606052

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

AKCL
Tokubetsu Jonin
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57


Asmita seguiu livremente após fazer aqueles homens se nocautearem. Com passos rapidos, correu para a hospedagem, abrindo a porta da frente. Alguns homens olhavam espantados a movimentação, e pela ausência da dona, nada faziam, como se precisassem esperar alguma ordem da mesma para agirem em uma situação de risco. — Ela já saiu... — Asmita virou de costas e pariu para uma outra direção. — Ela vai tentar encontrar a cobra... — Deduziu rapidamente, levando uma de suas balas até a boca enquanto se direcionava para a mesma trilha que usou em sua chegada. A serpente Suru estava recuada em seu ninho, mas poderia seguir os rastros de destruição deixados por sua mobilidade para encontra-la facilmente. E assim o fez. O vilarejo era pequeno o suficiente para que ele não demorasse até chegar na mata fechada, aproveitando o pico do dia para que os raios de luz atravessassem a névoa e permitissem uma maior visibilidade. Mas, mesmo com seus olhos podendo deixar a desejar, os dotes de seu clã estavam presentes, utilizando de sua habilidade sensorial para rastrear movimentações na floresta. E assim conseguiu, a metros pela direita, alguém se movia rapidamente na direção oposta. Asmita apertou seus passos e seguiu o rastro, que, por consciência ou não, também seguiam as marcas de arraste na vegetação rasteira.

A velocidade do Yamanaka era superior a da mulher, e a distancia se diminuía gradativamente, até o ponto em que ele já era capaz de enxergar a silhueta da mesma se movendo entre os arbustos com certa dificuldade. Apoiado em uma raízes que sobressaia a terra, Asmita empurrou seus pés e saltou por cima da mesma, parando a poucos metros a sua frente, a observando atentamente. Gostava daquela pausa para analisar o semblante alheio e suas expressões faciais, como se estivesse tentando deduzir seus pensamentos e entender seus sentimentos naquele momento. — A mente humana é fascinante, não acha? Em poucos segundos nosso conforto é tirado e agimos por puro instinto de sobrevivência, ou pelo puro desespero. — Gesticulava de uma forma quase nobre, se aproximando lentamente da mulher. Ao notar um movimento brusco de sua mão direita, Asmita levou suas mãos na altura do peito e deixou que seu chakra se expandisse na região. — Kanashibari... — Pronunciou em sua mente, enquanto o corpo da mulher estava completamente paralisado. Aquele técnica, contra não ninjas, e seres mais fragilizados, era o aprisionamento perfeito. Ao caminhar até a mesma, o loiro tocou sua testa com a palma da mão. — Bom, isso não vai doer nada. — Esclareceu e invadiu os pensamentos da mesma. Aquela técnica era capaz de coloca-lo dentro da mente de seu alvo, desde que o contato direto com a cabeça da vitima seja mantido. Assim, os Yamanaka eram capazes de extrair informações, mesmo que estas tenham sido bloqueadas pela própria biologia humana, através de trancas construídas por traumas, ou mesmo técnicas especificas. Aquilo exigia um controle de seu chakra e de seu psique.

HP: 1025/1025 | CH: 1585/1825 | ST: 04/06

Considerações:
Armamentos:
Usados:
Talentos:
AKCL
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81877-fp-asmita-yamanaka#660206
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76868p56-gf-akcl#606052

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

AKCL
Tokubetsu Jonin
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57


Enquanto o toque se mantivesse, Asmita viajava pelo labirinto mental de seu alvo, e com um pouco de concentração conseguia acessar as informações que buscava. Certas memorias exigiam um controle melhor da técnica e consequentemente um tempo elevado para consegui acessa-la, mas, fresca como estava, as memorias do esconderijo vinham rapidamente a tona. Era como se o Yamanaka compartilhasse a visão com seu alvo, gerando imagens em sua consciência sobre todo o trajeto feito pela mulher, suas conversas recentes, anteriores, tudo era exibido como um filme em sua mente, onde o Yamanaka podia pausar, avançar e retroceder. Em alguns minutos, mantendo a estabilidade do contato, a concentração e o controle de seu chakra e psique, Asmita reunia uma série de informações, formulando um compilado de imagens, e conversas gravadas na mente daquela mulher. Assim, conseguia a localização do inimigo, seu nome, e a data em que eles deveriam se encontrar. Aquelas informações seriam preciosas para a inteligência de Kirigakure em formular um ataque surpresa nas bases inimigas, desestabilizando os contrabandistas e garantindo uma rota mais segura e saudável de produtos para o país todo. Era como se um mapa surgisse em sua mente, unificando as informações obtidas através da leitura mental. — Com essa flauta, poderá controlar aquela serpente sempre que quiser, use-a para transformar este lugar em um marco para os viajantes, assim podemos deixar oculta nossas mercadorias e ganhar uma boa grana em cima do comercio. — Assim, Asmita também ganhava o conhecimento a cerca dos meios utilizados pelos traficantes para que aquele pequeno vilarejo fosse mantido, mesmo que a base principal fosse a muitos quilômetros dali.

Dentro da mata, a alguns minutos dali, uma dupla de ninjas Jonins se aproximavam, enviados para verificar o estado físico de Asmita, rastreando-o com seus métodos. Encontravam-no no fim de sua técnica de leitura mental, desvinculando sua mão da cabeça do alvo, sorrindo de canto enquanto o excesso de atividade cerebral fazia a mulher perder a consciência por algum tempo. Os Jonins aproveitavam o momento para se aproximar, aparecendo em um vulto de ar ao lado do loiro. A presença daqueles ninjas o intrigava, levantando as mãos. — Calma. — Foi tudo o que falou. — Isso já se prolongou demais para o nível da missão, recue imediatamente. Lidaremos com o que aconteceu. Isso são ordens. — Avisavam enquanto se aproximavam da mulher caída, e o maior deles a tomava nos braços. Asmita suspirou, comendo uma de suas balas. — Já tenho o que é preciso... — Falou para si mesmo sussurrando e aliviando as tensões de seu corpo. Restava então, retornar para Kirigakure no Sato e reportar a missão para seus superiores. Contudo, havia um longo caminho para percorrer até os portões de seu vilarejo.

HP: 1025/1025 | CH: 1585/1825 | ST: 04/06

Considerações:
Armamentos:
Usados:
Talentos:
AKCL
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81877-fp-asmita-yamanaka#660206
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76868p56-gf-akcl#606052

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

AKCL
Tokubetsu Jonin
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57
[Capítulo] Invadindo Pensamentos QRpAu57


Asmita utilizou a mesma rota para retornar ao Vilarejo Oculto da Névoa, e, da mesma forma que chegou em seu objetivo, demoraria cerca de um dia e meio, ou dois, para retornar. As primeiras horas de viagens serviram para o Yamanaka acelerar seus passos até a luz de dia começar a diminuir. Por mais que a grande Suru estivesse derrotada em seu ninho, não sabia o que esperar, e por isso fez o mesmo da ultima vez, novamente expandindo sua habilidade sensorial para os arredores no objetivo de tornar a rota noturna mais segura, evitando encontros desnecessário com quem quer que cruzasse seu caminho, seja humano ou animal. Todas as ocorrências na missão pareciam ter elevado o controle que Asmita possuía de seu próprio chakra, o que tornava menos exaustivo utilizar suas técnicas, principalmente por ter somado sua força mental com a energia de seu corpo. Subiu em um galho alto, retirando um bala de sua bolsa ninja e a mordendo bem no meio, deixando que sua saliva derretesse parte do açúcar e saciasse seu vício de coisas doces. Suspirou e deixou o corpo descansar naquele galho, encostando suas costas no tronco da árvore, mantendo uma das pernas penduradas, mexendo lentamente como um pendulo. Novamente, o silencio da floresta e o aroma natural das folhas trazia um conforto inexplicável para ele, que deixou-se descansar finalmente, desativando sua habilidade sensorial para que sua mente pudesse descansar também. Horas depois, a luz do dia ainda não havia voltado, mas o Yamanaka estava pronto para prosseguir com seu cansaço aliviado.

Seguiu utilizando os galhos como atalho para que sua mobilidade fosse maior, preenchendo a sola dos pés com uma fina camada de chakra, permitindo se prender durante os saltos, para que seu equilíbrio não fosse prejudicado. Com o passar da outra parte do dia, Asmita parou em um pequeno riacho para se refrescar, e este sabia que estava próximo de Kirigakure pelo aumento da densidade da névoa. Dali em diante, cerca de duas horas se passaram até que finalmente pudesse avistar as muralhas e por fim os portões, onde algumas pessoas passavam e guardas faziam a ronda. Quando finalmente se aproximou, um dos guardas o reconheceu, sendo o mesmo presente em sua saída. — Você, o que houve? Demorou para voltar. Alguns Jonins foram atrás de você, está tudo bem? — Questionou o guarda, parecendo preocupado com o loiro. — Não precisa se preocupar, tudo o ocorreu bem. — Durante seu esclarecimento, um dos responsáveis no Quartel General apareceu, parando perto dos dois que conversavam. Ele cumprimentou com um aceno. — Faça aquilo. — Pediu um pouco incomodado, mas de alguma forma conhecendo a habilidade dos Yamanaka. Asmita tocou sua testa com a palma da mão e fechou os olhos, repassando tudo o que vivenciou para ele. Assim, o relatório estava feito e Asmita poderia retornar para seu devido descanso.

HP: 1025/1025 | CH: 1565/1825 | ST: 05/06

Considerações:
Armamentos:
Usados:
Talentos:
AKCL
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t81877-fp-asmita-yamanaka#660206
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t76868p56-gf-akcl#606052
Ao
Moderador
[Capítulo] Invadindo Pensamentos OxxAo3l
[Capítulo] Invadindo Pensamentos OxxAo3l
Status: aprovado
Recompensa: 2 rank C + Bom controle de chakra

_______________________

[Capítulo] Invadindo Pensamentos Scre1755
Olá, Convidado, eu sou o Ao.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Conheça o Guia Shinobi e aprenda um pouco mais sobre o RPG!
Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
Ao
Ficha de Personagem : http://narutorpgakatsuki.net
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido