NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Inverno
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Ranni
2º Lugar
Hemumu
3º Lugar
Summer
1º Lugar
Ranni
2º Lugar
Hemumu
3º Lugar
Zero
Os membros mais ativos do mês
Angell
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
853 Mensagens - 39%
Shion
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
207 Mensagens - 10%
Ranni
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
188 Mensagens - 9%
Nan
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
147 Mensagens - 7%
Kaguya
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
141 Mensagens - 7%
Hemumu
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
137 Mensagens - 6%
Mako
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
136 Mensagens - 6%
Zero
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
123 Mensagens - 6%
Summer
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
120 Mensagens - 6%
Chazer
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
114 Mensagens - 5%

Os membros mais ativos da semana
Angell
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
84 Mensagens - 46%
Cherry
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
16 Mensagens - 9%
Hemumu
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
14 Mensagens - 8%
Liater
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
14 Mensagens - 8%
Chazer
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
12 Mensagens - 7%
Ranni
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
11 Mensagens - 6%
Kira
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
11 Mensagens - 6%
Summer
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
9 Mensagens - 5%
Tensai
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
6 Mensagens - 3%
Lazy
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_lcap[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Voting_bar[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico Vote_rcap 
6 Mensagens - 3%


Mere
Heroína
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico AnitaPereira681.128.790535
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico AnitaPereira681.128.790535
1
Allannia Grey

HP:925/925
CH:1706/1725
ST:00/05
Vila:Iwagakure no Sato
Palavras:2284
As noites de inverno de Iwagakure eram terríveis para uma ninguém qualquer do vilarejo. Não era totalmente desconhecida, ocasionalmente olhares de desconhecidos caíam em seus ombros, embora não pudessem compreender a sua ruína. Os cabelos prateados não eram lavados haviam dias, e se alimentava com raridade, devido ao auxílio recebido por ser integrante da Hydra. Não sabia o que sentia pela facção responsável por ordenar crimes contra seu próprio povo, tendo uma participação direta nos atentado. Sentia-se frustrada todos os dias, tanto por macular seu nome com um pecado severo e ainda falhar.

As vidas que tirei foram em vão. Falhei. Não existe espaço para fracassados neste mundo — disse para a leoa, que a acompanhava silenciosa desta vez.

Constantemente repetia palavras similares. Rauros estava farta de incentivar sua mestra, que já havia desistido da própria dignidade. Por mais que a esfarrapada sentisse vergonha de como estava, evitando as atenções dos outros a todo custo, o que estava sentindo estava longe de superar o misto de insegurança e frustração que tomava conta de si. Se não fosse a sua mascote para a acompanhar, estaria numa condição pior.

Não era a única que vagava por aquelas bandas em desgraça, seu vilarejo inteiro estava num estado caótico. Pobreza, fome, desgraça e desespero reinava em seu lar, diariamente visualizando moradores de rua famintos. Iwagakure não era rica, tampouco possuía destaque ao redor do mundo. Na posição de coadjuvantes, foram esquecidos e largados ao acaso, embora não saiba se outros vilarejos estão usufruindo de melhores condições que o seu. Mas pouco importava, desigualdade era um preceito inevitável no mundo.

O interesse macabro pelo o que chamou de mistérios do corpo surgiu enquanto vagava por uma trilha de corpos. As nevascas matavam os pedintes e pobres com frequência, apenas não sofrendo do mesmo destino pois diariamente acendia uma fogueira forte com o seu “Katon: Hōsenka no Jutsu”. Sua curiosidade perdurou, indagando a si mesma sobre as circunstâncias que levavam um corpo a desfalecer por frio ou qualquer outro motivo que fosse, mas não detinha os conhecimentos necessários e nem os meios para obter tais. Esqueceu a ideia momentaneamente, por ser trivial, retornando com os planejamentos apenas quando temeu ser a próxima a falecer numa viela em decorrência de algo similar.

A biblioteca ainda estava aberta, mesmo após o anoitecer. O local possuía uma iluminação escassa, baseada em velas e archotes. Não estava mais desnuda quando entrou no estabelecimento, desde que adquiriu um vestido arcaico de uma idosa simpática que recentemente havia perdido a neta em decorrência da Grande Fome. A chūnin a partir de então pôde se portar com o mínimo de civilidade na sociedade, após um tempo de desleixo. Rauros nada dizia, apenas caminhava lentamente ao seu lado, em desânimo.

Encontrar por onde começar era uma tarefa árdua para uma leiga. Os termos científicos e formais não eram tão simples de entender, ocasionalmente precisando de dicionários para se situar. Sua mesa estava cobertas por pergaminhos, da qual levaria todos para uma leitura árdua. Aproximou-se do bibliotecário, um idoso cuja senilidade já tinha o acometido severamente, com diversas rugas e desgaste na face. Sempre teve curiosidade em descobrir como isso ocorria.

Livros de anatomia, interessante. Você quer ser médica? Esses são tempos difíceis, médicos realmente fazem falta — ele indagou, em tom calmo gentil.

Huh? Não, desculpa. Não, mil desculpas — ela se assustou, deixando cair alguns dos papéis — Caiu tudo, desculpa. Espero que o senhor me perdoe por isso.

Está tudo bem, filha. Belíssimo animal, parece feroz e forte — ele deu um sorriso amarelo, o semblante pouco amistoso da leoa geralmente intimidava estranhos, mas o homem não parecia temer nada que ela pudesse fazer contra si — Bem, recomendo que comece por estes — apontou para os exemplares corretos a serem estudados quando a esfarrapada apanhou os mesmos — Use o tempo que precisar, você será uma boa médica no futuro, se for dedicada.

Eu não salvo pessoas. Eu mato pessoas. Isso que kunoichis fazem. Sou uma chūnin de Iwagakure no Sato, uma militar. Não sirvo para isso de salvar e proteger “Muito menos para o meu próprio ramo”, quis dizer.

Nem todas. Algumas dedicam sua vida na arte de salvar outros ninjas. Existem batalhas que são travadas no campo de trabalho, e outras feitas na sala de cirurgia. Não há dignidade maior numa do que na outra — o homem se afastou por um breve período, retornando com um pergaminho sobre conhecimentos básicos de iryoninjutsu — Leia ou ignore, a escolha sempre será sua. Apenas peço que pense no que lhe falei. Boa leitura, espero que encontre o que está procurando agora — e então se despediram.

Saiu da biblioteca rumo às ruas, onde havia feito de lar após ser expulsa da própria residência. Encontrou um novo lugar silencioso para seus estudos, numa barraca abandonada de alguns mendigos que haviam falecido na semana retrasada. Os seus corpos não estavam mais ali, nem ao menos os seus pertences, mas a construção improvisada de lona ainda existia. Acendeu uma fogueira com o seu “Katon: Hōsenka no Jutsu” de uma distância das lonas, para que não fossem incendiadas, e próxima desta leu os pergaminhos e livros, evitando estar no alcance das chamas e danificar os artigos. Teria problemas caso assim fosse feito.


Seu foco principal voltou-se primeiramente para o desenvolvimento dos conhecimentos anatômicos complexos, deixando os artigos indicados pelo idoso para depois. A chamas da fogueira tremeluziam a cada ventania fria, mas permaneciam fortes. Preparada e disposta a aprender tais mistérios.

Aprendeu nos primeiros trechos que a anatomia é uma forma de descrever os receptáculo dos seres vivos, baseado no estudo de seus corpos, sejam eles humanos ou de animais. Para se compreender a anatomia, deve-se usar uma posição de referência, a qual os autores denominaram de posição anatômica. Visualizou a ilustração de um indivíduo em forma ortostática, olhando para o horizonte, com os membros alinhados e voltados para frente. A jovem chūnin achou a figura engraçada, dando uma risada tímida em seguida.
A constituição física dos seres vivos pode ser dividida em membros superiores, sendo estes os mais próximas do vértice, a cabeça destes, e os membros inferiores referiam-se especificadamente aos que estavam no ponto mais baixo do corpo, distantes do vértice. Era como se cada parte fosse um vilarejo oculto diferente, com diversos ninjas em seu interior, residindo corajosamente.

Compreender os conceitos de anatomia apenas com a introdução básica era impossível, portanto, precisou prosseguir para desbravar com detalhes a importância do que estava sendo transpassado durante a leitura. Descobriu sobre os planos anatômicos, formas de delimitar as zonas do corpo de maneira apropriada, de maneira que fosse possível facilitar a descrição e localização destes. Tais áreas eram divididas em três planos distintos: plano sagital mediano, plano frontal e plano transversal. Coçou a cabeça ao ler acerca deste tema, mais parecia uma forma de complicar ainda mais as coisas do que facilitar o entendimento delas.

O plano sagital se referia à divisão vertical do corpo em dois lados iguais, como se uma linha imaginaria dividisse o corpo em esquerdo e direito. Associou rapidamente o preceito aos braços, recordando de um ser o destro e o outro o canhoto. Ele possui um “irmão”, sendo este o plano mediano, que atravessa o corpo de maneira longitudinal e paralela ao sagital. Passando para o seguinte, descobriu que o plano frontal mencionava a divisão num conceito similar, embora com nítidas diferenças. O corpo a partir deste era dividido em ventral, especificadamente quando determinada parte estava transposta mais próxima da frente do corpo, acoplando a menção ao que pode visualizar diretamente, e em dorsal, sendo tal conceito invertido para a posição antagônica, denominando popularmente tal estrutura posterior como costas.

O conceito do último plano fora mais fácil de compreender. O plano axial, como fora chamado, recorda a divisão introdutória dos membros, referindo-se exatamente para a divisão do corpo em parte superior e inferior. Não exatamente a forma como a figura foi traçada recorda uma linha, sendo o único plano horizontal do corpo, em oposição aos dois verticais, sendo uma espécie de distinta de quadrado dividindo o corpo em ângulos. A imagem era tão estranha quanto engraçada, mas dispensou o divertimento para focar apropriadamente nas questões traçadas.

Como se não bastasse o conceito de planificação do corpo humano para a descrição correta de suas respectivas posições, para compreender o movimento das partes do corpo humano, precisou entender o que são os eixos do corpo humano. Os eixos são concebidos em transversal, sagital e cranial-caudal. O primeiro atravessa o corpo lateralmente, de um lado para o outro, cruzando em consequência de maneira perpendicular o plano sagital. É o principal responsável pelos movimentos de flexão e extensão do corpo. Observando o que se refere o eixo sagital, aprendeu que há uma relação similar ao anterior, mas de forma a ser envolvido o plano frontal em decorrência disto. Os movimentos principais envolvidos são o de abrir e fechar, denominados de maneira técnica como abdução e adução. Por fim, o eixo cranial-caudal, citado ocasionalmente como longitudinal, é o único que cruza o corpo de cima para baixo, assim sendo a única forma de acessar o plano axial.

Passando pelas questões de descrição do corpo, alcançou o que realmente lhe interessava. Descobriu que os bebês nascem com mais de 300 ossos, enquanto os adultos, como ela própria, possuem apenas um total de 206. “Por que não 210? Seria mais interessante”. Surpreendeu-se com a menção de que as crianças possuem 650 músculos formados, o total máximo de um adulto, mas a diferença é que as fibras musculares são mais finas e delicadas, portanto, podem carregar 40 vezes menos peso que um adulto. “No fundo, ainda há um pouco da infância em nós, irônico”, ela pensou.

Corpos humanos possuem cerca de 80 órgãos, apenas. Após os números consideráveis de músculos e ossos, os tecidos mais importantes e vitais do organismo eram relativamente mais escassos. Todos os órgãos existem dentro de sistemas distintos, sendo estes: sistema circulatório, sistema digestivo, sistema nervoso, sistema respiratório, sistema excretor, sistema reprodutor e sistema endócrino. Cada um possuía uma função restritiva e fundamental diferente dos demais, sendo que o mau funcionamento de um poderia acarretar numa série de complicações para todo o organismo. Percebeu uma certa ênfase no funcionamento dos pulmões, cérebro e coração, sendo estes capazes de ocasionar a morte de um indivíduo caso sejam severamente lesionados. Estremeceu com a ideia de ter alguma das áreas atingidas.

Prosseguiu sua leitura constantemente, aprendendo não apenas sobre para que servia cada um dos órgãos, como também seus nomes. Era nomes em demasiado para memorizar de uma vez só, portanto focou em determinados deles para evitar uma sobrecarga de informações. Precisaria de uma revisão para fixar o conteúdo eventualmente, então não ficou chateada com tal situação. Ler sobre anatomia a deixou maravilhada, era um vasto mundo de possibilidades e os conhecimentos aprendidos abriam inúmeras alternativas para o seu futuro, tanto em aplicações de combate quanto reconhecer os pontos fracos do organismo e tentar prevenir danos severos em uma situação adversa futura. Talvez o calor do momento não auxiliasse da forma que imaginava naquele momento, mas a mínima das ideias era o suficiente para dar uma prospectiva animadora para a utilização do aprendizado.


Decidiu dar uma atenção para os artigos recomendados pelo idoso da biblioteca, acrescentando ao seu enfoque aprender  sobre Iryoninjutsu, as Técnicas Ninjas Médicas. Descobriu que são formas avançadas de ninjutsu focadas em utilizar um altíssimo controle de chakra para reparar danos causados aos seres vivos. Recordou das vezes que fora ferida em batalha, como ocorreu na batalha contra as tropas de Jashin em Amegakure. Um shinobi utilizou supostamente alguma destas técnicas para reverter os danos, associando a descrição aos preceitos vivenciados em sua memória. Sentiu-se deslumbrada com a possibilidade de aprender a utilizar tais capacidades eventualmente, reconhecendo momentaneamente apenas as suas possibilidades e a existência destas. O controle de chakra que possui é considerável desde a academia, tendo uma capacidade nítida em manipular seus ninjutsu e até mesmo prevenir gastos desnecessários de chakra. Caso possa utilizar da forma adequada, se quiser desfrutar de tais técnicas no futuro, poderá ser de grande utilidade no campo de batalha. Ponderou momentaneamente tal pensamento, mas preferiu não exagerar em seus pensamentos.

Não seria capaz de utilizar os conhecimentos aprendidos sobre as artes medicinais em questão no momento, mas caso quisesse buscar isso no futuro, estava no direcionamento correto. Prosseguiu com a sua leitura, desfrutando de alguns termos básicos e específicos sobre a arte em questão, encerrando a leitura quando percebeu que não havia mais nada a ser lido além das considerações finais do autor. Bocejou, exausta após tantas leituras. Guardou os pergaminhos num local seguro, dentro da barraca, para evitar que fossem perdidos ou danificados. Faria mais uma revisão eventualmente antes de devolver, mas não iria tardar mais do que o dia seguinte para fazê-lo.

Rauros estava adormecida, cansada de esperar pelo fim dos estudos de sua dona. Assim sendo, a esfarrapada se aninhou ao lado da mascote, repousando. Pensou em tudo que havia aprendido e nas suas metas para o futuro. Não sabia se devia considerar as palavras do bibliotecário e seguir uma carreira voltada para as artes médicas ou prosseguir sendo apenas mais uma militar de seu vilarejo, enfrentando inimigos e tentando causar impacto no mundo. A tristeza retornou, quando recordou de tudo que havia feito com o próprio povo na missão dada pela Hydra em momentos anteriores. Era uma dor que a atravessava profundamente a atingia pontos em seu âmago que talvez não existisse nas descrições anatômicas dos livros. Lembrou-se então, que talvez isso estivesse faltando. Nenhum livro falava sobre a alma, mas o que mais estaria doendo além dela, então?


Rauros, a Leoa:
HP: 1000/1000
CH: 1000/1000
ST: 00/05





Emme



”Aparência”:
”Trajes”:
”Allannia e Rauros”:
”Clã e Kekkei Genkai”:
”Equipamentos”:
”Qualidades e Defeitos”:
”Jutsus Utilizados/Ativos”:
”Databook”:
”considerações”:
”Links Comprobatórios”:
Sangue em Einchenwald
Proteja Einchenwald do insano Kenpachi
Formando
Tenha sua ficha de personagem aprovada.
Estudioso
Compre/treine três jutsus.
Um Pequeno Arsenal
Compre/treine três jutsus.
Primeiros Passos de um Ninja
Conclua sua primeira missão.
Meu Primeiro Ajudante
Obtenha sua primeira invocação.
Sangue Derramado
Vença seu primeiro PvP.
Falando em Ninjutsu...
Tenha 10 jutsus & complete cinco missões de profissão.
Meu Primeiro Evento Paralelo
Conclua seu primeiro evento paralelo.
Falando em Nintaijutsu...
Tenha um jutsu classificado como "nintaijutsu" de rank B ou superior.
Superando Minhas Fraquezas
Supere um defeito inato.
Vencendo Adversidades
Supere um defeito adquirido.
Um Poder só Meu
Adquira sua primeira Habilidade Secundária.
Conhecendo Outros Reinos
Visite o Continente Perdido.
Domínio Elemental
Compre/treine um jutsu classificado como "elemental" de rank B ou superior.
Eu Sou Sensei!
Forme uma equipe ou seja designado para ser sensei de uma equipe.
Boletos e Mais Boletos...
Alcance o nível máximo em sua profissão.
Mestre Elemental
Torne-se um mestre elemental.
Conquistando o Mundo
Conclua seu primeiro evento mundial.
Mais que Amigos, Friends!
Forme uma aliança com outro vilarejo.
Guardião da Vida
Salve um aliado da morte durante um evento mundial.
O(a) Doutor(a) Chegou!
Seja o suporte (curandeiro, sensor, etc.) do grupo durante um evento mundial.
Heroísmo
Conclua três eventos principais e/ou paralelos.
Eu Sou Kage!
Torne-se Meishu Kage.
Assim Está Bom
Não resete totalmente o personagem por um ano real (ou seja, em OFFgame).
Mere
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t79206-fp-allannia-grey#631999
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t79210-gf-allannia-grey
Bloodlad
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico 76139df0c00970d1b7071220d0743c2a
[ONEPOST] Conhecimentos Anatômico 76139df0c00970d1b7071220d0743c2a

Situação: Aprovado
Considerações:
Recompensa: Qualidade Conhecimento Anatômico & Conhecimentos básicos sobre Iryo-Ninjutsu.
Bloodlad
Ficha de Personagem : http://narutorpgakatsuki.net
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido