:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Kirigakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Kakyoin
Genin
Kakyoin
Vilarejo Atual
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

{Q} — Crimson Eyes, Part II. - Publicado 29/6/2022, 19:56

▸Uchiha Eileen.

Eterna e silenciosa, se encontrava a noite. Nosso lar, banhado por raios de sangue carmesim, que assombravam não apenas o vilarejo, como todo o país, e, com um pouco de azar, talvez o mundo. Não houve sequer um dia em que não me perguntei a origem aquele eclipse maldito, e para dizer a verdade, ainda sinto medo quando encaro o céu. Sempre quando chovia, as gotas refletiam a coloração vermelha, e portanto, via como se o céu estivesse sangrando, em agonia, dia após dia.

Houve tempo apenas para um descanso simples, e pouco mais do que dez horas haviam se passado desde a minha primeira missão e o despertar do Sharingan. Tive a sorte de conseguir conter o medo de me olhar no espelho, pois temia enxergar algo que eu desprezava. Felizmente, percebia que aquele poder era inerente de minha própria pessoa, e portanto, eu deveria fazê-lo tão poderoso quanto minhas técnicas elementais, que por sinal, eram a minha prioridade naquele momento. Ainda com as mesmas roupas com pingos de sangue de meu último dever em nome da Névoa, deixei minha moradia descalço, rumando em direção aos campos de treino locais.

— "Djura, por que revoltou-se? Você cresceu com tudo, mas nunca foi feliz. Não viu até a água do rio descia ou até onde o cio ia. Seu sonho era explorar o mundo além dos oceanos. Então...Por que, meu irmão? Por que?!" — Disse a mim mesmo enquanto jogava olhares aos céus, relembrando dos tempos de infância ao lado daquele que se tornaria o grande algoz de minha própria existência. — "Enquanto você prega pelo caos com seu fogo, eu lutarei pela esperança. Somos movidos por vingança em nome da justiça, mas...Precisa ser dessa forma." — Finalizei.

Não havia sequer uma pessoa nas ruas, e mesmo que houvesse, a neblina carmesim com certeza me impediria de vê-las. Eu estava determinado a dominar por completo a água e trazer o equilíbrio às minhas mãos, mesmo que para isso eu precisasse sacrificar o meu próprio corpo. A vida de Amelia era preciosa demais. Eu preferiria morrer mil vezes do que vê-la com sequer um arranhão. Então, após sete minutos de uma caminhada carregada com os pesares de meu passado, cheguei até o meu destino - O Campo de treinamento. Vazio, como a imensidão do oceano. Em um clima verdadeiramente fúnebre, ouvia o uivar dos ventos à distância, e sabia que ali o meu destino seria selado. Se eu era apto a conquistar as águas...Ou se eu falharia miseravelmente como antes.


HP: 1125 / 1125 || CH: 2425 / 2425 || ST: 00 / 06

Considerações:

_______________________

{Q} — Crimson Eyes, Part II. Dororo-4_5-1200x675-cropped
"What a Horrible Night to Have a Curse..."

{FP}  || {GF} || {Banco} || {CJ} ||
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Kakyoin
Genin
Kakyoin
Vilarejo Atual
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Re: {Q} — Crimson Eyes, Part II. - Publicado 30/6/2022, 14:32

▸Uchiha Eileen.

Lembro-me de uma história antiga que me fora contada por meu pai: De um garoto capaz de sentir a dor dos outros, e que para se livrar da culpa, optou por se vendar até o resto de seus dias. A moral é que se você não olhar, a dor não existe. Eu até pensei em fazê-lo. Para esquecer de quem sou, para esquecer de tudo. Mas não há como fugir desse inferno.

Adentrando o campo de treinamento e alcançando o sue centro, rapidamente percebia que havia uma outra silhueta no local. Não demorei sequer um segundo para reconhecê-la: De cadeira de rodas e longos cabelos negros que alcançavam o meio de suas costas, com certeza se tratava de minha irmã, Amelia. Como de costume, ela esbanjava um sorriso ao me ver, e parecia estar esperando a minha chegada há algum tempo. Fitei-a no rosto e não pude esconder a alegria ao vê-la, com um leve sorriso no canto direito da boca.

— "O que você está fazendo aqui, Amelia? Pensei que você houvesse dito que ficaria por conta de algumas crianças na academia ninja hoje. Não esperava vê-la tão cedo." — A Questionei, me aproximando.

— "Ah, não fale dessa forma, Ni-Chan! Fui dispensada hoje! Parece que eles farão outra coisa com as crianças além das aulas convencionais, então aproveitei o dia para te observar. A forma em que você manipulou a água no oceano? Wow! Foi demais!" — Ela disse, de maneira extrovertida.

— "Você esteve me seguindo? Veja só...Eu realmente não tive ideia de que você estivesse fazendo isso. Só me pergunto como eu não a percebi. Ainda mantém suas habilidades shinobis, mesmo após tanto tempo?" — Eu a perguntei.

— "Não pense que só por eu não possuir mais o movimento das pernas que eu fiquei inutilizada! Ainda tenho alguns truques no meu pente. Porém, percebi pelo seu sistema de chakra que você finalmente despertou o Sharingan. Eu estou aqui para lhe ensinar tudo o que sei sobre os olhos de nossa linhagem. Eu nunca te disse, mas eu também já o despertei há vários anos atrás, e creio ter atingindo o ápice de seu poder." — Ela ditou, suspirando.

Então, após fechar os olhos por alguns instantes e abri-los novamente, ativou o sharingan. Porém, ao invés de apenas uma tomoe em  cada olho, ela possuía três. Para falar a verdade, fiquei chocado, e instintivamente também ativei os meus próprio, com apenas uma vergonhosa tomoe em cada um dos globos oculares carmesim. Porém, eu conseguia ver muito mais do que o normal - O próprio sistema de chakra de Amelia, por exemplo. Aquela habilidade era considerada uma maldição por muitos, e bênção por outros.

— "Parece que você só obteve acesso a este poder recentemente, então deixe-me elevá-lo ao seu limite, meu irmão. Sei que ainda persegue um caminho que será traçado por sangue, porém, mesmo que eu seja contra, não vou permitir que sequer um único inimigo seja capaz de lhe fazer mal. Com estes olhos, você se tornará invencível! Deixe-me ajudá-lo. Por favor!" — Ela me pedia, segurando meus braços.

Não havia como negar um pedido de minha tão amada irmã. Apenas acenei com a cabeça em sinal que concordava com sua fala. Se ela, uma garota tão pacífica e que raramente se envolvia em combates pôde desenvolver o sharingan até o seu limite, então eu estava confiante que o mesmo destino também me aguardava. Eu precisava quebrar os meus limites, e ultrapassar os estigmas do passado.  Me recusava a cair em desgraça como meu irmão, e se para isso eu tivesse que empilhar centenas ou milhares de corpos, eu o faria. É tudo por essa vingança. É tudo pela minha irmã. Ela é o que me restou, e eu jamais permitiria que a tirassem de mim, como fizeram a minha família.


HP: 1125 / 1125 || CH: 2425 / 2425 || ST: 00 / 06

Considerações:

_______________________

{Q} — Crimson Eyes, Part II. Dororo-4_5-1200x675-cropped
"What a Horrible Night to Have a Curse..."

{FP}  || {GF} || {Banco} || {CJ} ||
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Kakyoin
Genin
Kakyoin
Vilarejo Atual
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Re: {Q} — Crimson Eyes, Part II. - Publicado 30/6/2022, 19:49

▸Uchiha Eileen.

Estes olhos vermelhos são resultado de tudo o que já passou, mas quando os revelo para mim fica claro todo o mundo ao meu redor. Não haveria oponente páreo a mim - No céu ou na terra, não aceitaria que existisse alguém capaz de subjugar a linhagem Uchiha. Porém, retornando a realidade, fui surpreendido com uma atitude inesperada por parte de Amelia. Em um instante, a garota teceu selos manuais e concentrou uma quantidade razoável de chakra em sua boca, cuspindo uma enorme bola de fogo em minha direção que se movia a cerca de quatorze metros por segundo. Instintivamente, ao vê-la em contato com o Sharingan, simplesmente saltei para trás e na sequência rolei para o lado, evidenciando o foco do Sharingan, capaz de enxergar movimentos em uma velocidade superior a de seu próprio usuário.

— "O que? Meu corpo..." — Dizia, perplexo com meus próprios movimentos. — "Normalmente, eu jamais conseguiria me esquivar de algo a uma distância tão curta como essa. O que significa?" — Questionei-me.

— "O Sharingan é capaz de enxergar movimentos em alta velocidade, além de lhe conceder a capacidade de copiar técnicas alheias. Sei que não é muito apto para genjutsus, mas se fosse, seria um excelente usuário de ilusões. Você não tem noção do poder que nossos olhos carregam, Eileen. Vamos continuar. Defenda-se...Vamos ver qual é o seu limite!" — Amelia ditou, sorrindo.

Meu limite? - Ela estava querendo me testar. Imediatamente coloquei em posição de combate, e uma única lágrima de suor escorreu pelo lado direito de meu rosto, logo sendo evaporada pelo calor emanado por uma sequência de pequenas bolas de fogo lançadas por minha irmã. Sem dificuldades, esquivei-me ao mesmo tempo em que concentrava o chakra pelo corpo, enviando-o para a palma de minha mão direita. Quando uma das esferas flamejantes se aproximou, suspirei e deixei que a palma destra viesse a frente, causando uma pequena explosão de água que fora capaz de anular o pequeno orbe de fogo, apesar de não ter impedido que eu sentisse o calor das chamas.

— "Ugh...Ainda não é o suficiente? Ainda não consigo manifestar a água de maneira natural, preciso me concentrar mais. De novo, Amelia! Você disse que queria ver o meu limite, não é? Então venha! Estou pronto!" — Exclamei, exigindo que os próximos jutsus viessem.

A Garota pareceu gargalhar por alguns instantes, antes de tecer novas sequências de selos. Desta vez, eu era capaz de enxergar o chakra fluindo através de seu corpo - E como um mímico, imitei seus selos manuais, apesar de não lançar a técnica. Como poderia um par de olhos carmesim possuir tanto poder? Um fluxo flamejante então chegou, em uma velocidade ainda maior do que antes. Arregalei os olhos ao perceber a potência do ataque, e sabia que tentar me esquivar era em vão, porém, eu também me via capaz de perceber o chakra que fluía através das chamas. Para toda a técnica, havia uma maneira de contorná-la.

E com isso, coloquei uma mão sobre a outra e concentrei o chakra novamente, firmando a perna direita a frente da esquerda em posição de avanço, e desferindo um golpe perfurante com os dedos na direção das chamas quando estivessem próximas o suficiente. Ao contato, imediatamente a água manifestou-se como uma lança defensiva, e uma explosão de fumaça ocorrera, ocultando o resultado. Em um raio de cerca de dez metros, uma fumaça cinza cobriu, de maneira que seria impossível a olhos humanos comuns enxergar através. Porém, com meu sharingan, era capaz de enxergar o fluxo de Amelia, mesmo à distância, e vice-versa. Pela primeira vez, eu havia sido capaz de moldar a água à minha vontade, e contornar aquela difícil situação com apenas um único ataque.


HP: 1125 / 1125 || CH: 2375 / 2425 || ST: 01 / 06

Considerações:

_______________________

{Q} — Crimson Eyes, Part II. Dororo-4_5-1200x675-cropped
"What a Horrible Night to Have a Curse..."

{FP}  || {GF} || {Banco} || {CJ} ||
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Kakyoin
Genin
Kakyoin
Vilarejo Atual
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Re: {Q} — Crimson Eyes, Part II. - Publicado 30/6/2022, 22:21

▸Uchiha Eileen.

Quando a fumaça baixou, ouvi o bater de palmas - E ao jogar olhares para Amelia, presencie-a me aplaudindo. Ela estava genuinamente feliz, sentia-se orgulhosa por ver o seu irmão caçula evoluir. Admito que me comovia, talvez, se tudo aquilo não houvesse ocorrido, eu choraria. Porém, minhas emoções já foram tão reprimidas que ainda me pergunto se possuo a capacidade de chorar por mais uma vez. Joguei olhares para o alto e suspirei, como também a mão destra. Observava os pingos de água que escorriam entre meus dedos - Não era o suficiente. Eu precisava de um estímulo ainda maior e mais perigoso que pudesse me forçar ao meu limite. Sabia que os membros do clã eram instáveis, e eu tinha a teoria de que empurrá-los para o limite de seus corpos poderia torná-los mais forte. Eu precisava testar isso. Agora.

 — "Minha irmã, agradeço." — Ditei, em relação às palmas. — "Porém, preciso de algo a mais. Não é o suficiente. Estes olhos precisam se tornar mais fortes. Meu controle sobre a água necessita de refinamento. Não se contenha, teu irmão aqui não cairá tão fácil, eu lhe juro! Não tema, eu tenho certeza de que vou conseguir." — Ditei, confiante.

— "Desde pequeno você é assim, sabia, Nii-Chan? Você sempre procurou maneiras de desafiar, e o pai lhe repreendia todas as vezes. Mas agora você já é quase um homem completo...Tenho certeza de que ele estaria orgulho ao vê-lo desta forma." — Ela ditou, com um pesar em sua voz.

Mantive o silêncio. Ouvir aquelas palavras me trazia dor - Não como antes, mas pesava em meu peito de forma em que eu não conseguia sequer reagir. Mesmo que meu pai fosse contra seus filhos se tornarem ninjas, ele não conteve sua alegria e orgulho quando Djura decidiu trilhar a academia shinobi. Ele acreditava na liberdade individual. Um homem de caráter - Nobre. Mas agora, se tornou memórias. De qualquer forma, aguardei o ataque direto de minha irmã, que chegaria na forma de um gigantesco paredão de chamas.

Forcei a visão ao máximo, saltando os vasos sanguíneos em meus olhos enquanto fincava os pés no chão e suspirava, inspirando uma grande quantidade de ar até preencher os pulmões, e desta forma, equilibrar o chakra em meu interior. A parede estava ao alcance de meus braços, mas antes que pudesse me tocar, expeli um fluxo aquático poderoso de minha boca, capaz de cobrir uma área de três metros de diâmetro com facilidade. A colisão entre as chamas e o oceano se fazia - E ambos os ataques se anulavam, porém, não era o fim. Logo por trás, uma sequência de kunais com papéis bomba foram lançadas em alta velocidade - Mais do que eu normalmente poderia reagir.

Porém, antes mesmo de esboçar uma reação em meu rosto, movi o corpo de maneira instintiva e criei um chicote de água a partir de meu antebraço esquerdo, balançando-o ao ar de maneira a repelir os arremessáveis. Assim sendo feito, as explosões ocorreram a poucos metros de mim, clareando a área coberta pelo luar carmesim. O Chicote d'água então desfez-se, e eu suspirei - A fim de conter a fadiga. Estava quase ofegante, sentia que havia tensionado demais os músculos.

— "Incrível, Eileen! mas ainda penso que algo falta a este treinamento. Vamos elevar um pouco o nível, sim? Me prove que está sob o domínio dos mares!" — Amelia exclamou, visivelmente eufórica.

Me perguntei durante alguns instantes o que diabos ela estava querendo dizer com aquilo, até que notei algo que até então nunca havia visto: Ela empurrou o próprio corpo para se retirar da cadeira de rodas, caindo no chão e deixando a cadeira para trás. Na sequência, de uma bainha, retirou uma espada curta, e olhou em minha direção. Que tipo de coisa ela estava pretendendo fazer? Sem o movimento das pernas, pensei que lutar fosse impossível...

HP: 1125 / 1125 || CH: 2300 / 2425 || ST: 02 / 06

Considerações:

_______________________

{Q} — Crimson Eyes, Part II. Dororo-4_5-1200x675-cropped
"What a Horrible Night to Have a Curse..."

{FP}  || {GF} || {Banco} || {CJ} ||
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Kakyoin
Genin
Kakyoin
Vilarejo Atual
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Re: {Q} — Crimson Eyes, Part II. - Publicado 1/7/2022, 16:34

▸Uchiha Eileen.

E com a névoa, a silhueta natural de seu corpo era ocultada - Porém, era possível, através da visão pelo sistema de chakra de Amelia, que parecia posicionar-se com o um animal quadrúpede, utilizando somente de seus braços para manter-se equilibrada no solo. Com um suspiro, a garota pressionou o solo com as mãos, causando uma explosão que enviou-a ao ar.

Sua velocidade era incrível - Mesmo com meu Sharingan, não pude acompanhá-la na subida sem desfocar a visão ou mesmo passar a enxergar somente borrões disformes e sem significado. Afiei os olhares e franzi o cenho, preparado para o avanço que chegaria. Mas ao contrário do que esperava, além canalizou uma segunda leva de chamas no ar para se impulsionar em minha direção, com a tantõ segurada pela sua mão direita. Através da névoa, por um instante, pude ver o seu rosto, parcialmente coberto pela neblina local. Mesmo que parecesse loucura - Mesmo que minha mente não quisesse acreditar, posso afirmar que enxerguei o meu irmão. Não como de costume, e sim na exata posição de ataque que ele assumiu no momento em que assassinou nossos pais.

Pude ver claramente a seriedade em seu olhar e olhos carmesim demoníacos, com as roupas banhadas pelo sangue de sua própria família. Aquilo me fez ficar paralisado por apenas um instante, mas em minha mente, longo o suficiente para reviver aquelas memórias. Ressuscitar as lembranças há tanto tempo enterradas me fez ranger os dentes, e antes mesmo que o contato entre a tantõ de minha irmã e eu ocorresse, exclamei um grito de ódio enquanto canalizava a água ao redor de ambos os meus braços. Ao mesmo tempo - Os olhos carmesim pareciam se tornar cada vez mais claros, como se algo estivesse prestes a ocorrer. No final, havia descoberto que, de fato, o ódio é a maldição que move todos os Uchiha.

HP: 1125 / 1125 || CH: 2425 / 2425 || ST: 02 / 06

Considerações:

_______________________

{Q} — Crimson Eyes, Part II. Dororo-4_5-1200x675-cropped
"What a Horrible Night to Have a Curse..."

{FP}  || {GF} || {Banco} || {CJ} ||
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Kakyoin
Genin
Kakyoin
Vilarejo Atual
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Re: {Q} — Crimson Eyes, Part II. - Publicado 1/7/2022, 19:21

▸Uchiha Eileen.

Meus olhos pareciam arder de ódio - Nunca antes em minha vida eu havia sentido tal sensação, que me fazia borbulhar de ódio por mais uma vez. Os olhos cobertos por veias se transformavam, e ao invés de apenas uma tomoe, duas surgiram em cada globo, para que meus sentidos fossem aprimorados além do limite atual. Com um suspiro, agora conseguia ver claramente através do ataque de minha irmã, esquivando-me para o lado ao mesmo tempo em que levava a mão destra ao seu estômago, causando uma explosão aquática potente o suficiente para enviá-la a diversos metros de distância de onde estava originalmente. A primeiro momento, desesperei-me por pensar que havia a ferido, mas logo me dei conta de que a jovem já havia se recomposto do golpe. Como o absorveu? Não fazia ideia - Mas não havia sequer uma única gota d'água em seu corpo.

Na outra mão, havia também criado objetos similares a kunais entre os dedos, mas logo os desfiz, ao perceber que o embate já havia se encerrado. Não conseguia acreditar no que havia acabado de acontecer - Como um treino tão simples poderia trazer à tona tais memórias? Não fazia ideia, e para falar a verdade, quanto mais eu ponderava sobre o assunto, mais sombrio acabava por se tornar. Acalmei o meu interior e baixei a guarda, fitando a silhueta da jovem por mais uma vez, aguardando sua próxima ação. Mas ao invés de prosseguir com um novo ataque, apenas arrastou-se em direção a sua cadeira de rodas e se ajeitou de maneira confortável, apoiando os cotovelos sobre suas coxas e levando as palmas até o queixo.

— "Admito que foi um excelente golpe, quase me atingiu de verdade! Além disso, seu sharingan evoluiu....Não entendo o motivo, mas parece que você está apto a desenvolver suas habilidades muito mais velozmente do que eu mesma. Porém, mesmo assim, eu permaneço superior na questão do Doujutsu. Ainda quer continuar treinando, ou acha que já basta? Não se force muito, Nii-Chan.
" — Ela avisava.

— "N-Não se preocupe, eu estou bem." — A Respondi. — "Acho que ainda quero tentar mais uma coisa. Dessa vez, você poderia ficar na defensiva? Quero provar do meu próprio poder, pelo menos uma única vez. Só garanta que não irá se ferir, minha irmã. Não aceitaria vê-la com olhares pesados sequer uma única vez." — Ditei.

— "Oh, tudo bem. Enfim, o que você tem em mente?" — Amelia questionou.

Apenas dei um sorriso confiante, e mais uma vez me coloquei em posição. Ao percebê-lo, a garota de longos cabelos negros imediatamente levantou a guarda, deixando para trás sua postura doce e meiga. Franzindo o cenho, abria ambas as mãos e as colocava a frente de rosto, a fim de conjurar uma técnica para caso fosse necessário defender. Já eu, não tomei nenhuma ofensiva de início - Estava pensando no que fazer. Se meu objetivo era conquistar as águas, então o faria da maneira mais difícil. Era preciso tornar o meu corpo um com o oceano, e como em uma canção, era preciso haver um princípio básico, que há tanto tempo vos segue: Harmonia. Sem ela, era impossível continuar.

Suspirei profundamente, a fim de deixar os pulmões cheios de ar. Na sequência, de maneira consciente, concentrei o chakra por cada ponto de meu corpo, e movi os membros lentamente. Desta forma, os primeiros pingos d'água revelavam-se, para a criação de um ataque único que conteria todo o meu poder. Só desta forma eu teria certeza de uma coisa: Que, no céu ou na terra, o único homem capaz de me parar fosse eu mesmo. Não admitiria que sequer um kage estivesse acima de mim. o caminho seria longo e trilhado pelo sangue, mas...Que outra opção eu tinha?


HP: 1125 / 1125 || CH: 2375 / 2425 || ST: 03 / 06

Considerações:

_______________________

{Q} — Crimson Eyes, Part II. Dororo-4_5-1200x675-cropped
"What a Horrible Night to Have a Curse..."

{FP}  || {GF} || {Banco} || {CJ} ||
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Kakyoin
Genin
Kakyoin
Vilarejo Atual
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Re: {Q} — Crimson Eyes, Part II. - Publicado 2/7/2022, 21:18

▸Uchiha Eileen.

Seria um último avanço para simbolizar a maestria sobre as águas que por tantos anos sonhei em conquistar.  Sem hesitação, saltei em velocidade máxima na direção de minha irmã, me mantendo a cinco metros no ar, enquanto uma grande quantidade de chakra moldava-se ao meu redor, tomando a aparência do líquido azulado. Saindo até mesmo do nariz e da boca, eu procurava manter a calma enquanto todo o poder exalava de meu corpo, e ao me aproximar, bati palmas uma única vez, causando uma gigantesca explosão concentrada em um raio de cinco metros. Ao mesmo tempo, Amelia respondeu o ataque ao vomitar uma enorme quantidade de cinzas - Rangendo seus dentes tão  velozmente que causara uma reação para criar uma faísca mínima, mas o suficiente para reacionar com toda a pólvora e causar uma explosão de fogo à altura.

Ainda não obstante, com a prótese do braço esquerdo, criei uma enorme lança d'água que perfurou através do inferno criado por Amelia dissipando as chamas e ficando a centímetros de alcançar o corpo da garota. Em autocontrole, parei o ataque antes que pudesse atingi-la, sentindo pela primeira vez o verdadeiro gosto do poder que fluía em meu corpo. Suspirei enquanto desfazia a lança d'água, observando a fumaça gerada pela colisão de elementos se desfazer em meio ao ar, junto a névoa.

— "Eu finalmente me sinto capaz de atender o chamado, enfim." — Ditei, observando meu palmo destro. — "Muito obrigado poder ceder a sua ajuda, minha irmã. Não teria conseguido despertar este poder interno sem você." — Finalizei, colocando a mesma mão sobre cabeça da garota.

— "Eu estava pegando leve, mas você realmente é bem poderoso...Haha." — Ela ditou em um tom sarcástico. — "Mano, tem certeza de que quer seguir esse caminho? Eu temo que algo ocorra a você. Por favor, me prometa que ficará bem. Eu não quero pensar nas coisas que podem acontecer em suas jornadas. Eu sei como é o caminho ninja, e te alerto que você não será o mesmo." — Alertou.

— "Como se eu sequer sentisse algo em mim. Não tema, eu continuarei o mesmo. Mesmo que companheiros morram...Eu não sei se realmente me importo. Já caí no fundo do poço há muito tempo, e você também." — A Respondi, dando as costas.

A Sinceridade sempre foi um de meus traços principais. Mesmo que Amelia não desejasse ouvir aquelas palavras, era a verdade do mundo que ela seria obrigada a encarar. Não éramos mais os mesmos. A morte já não mais nos abalava. Do que importava a vida, de qualquer forma? Eu não tinha motivos para me apegar a este mundo além dela. Todos os demais...Não são nada. Lembro-me de meus amigos. Hoje, os enxergo como peças - Ou melhor: Animais, ratos. Eu não possuía apego ou consideração pro nada. Não mais depois que perdi tudo o que amei. O que me impediu de ceder à loucura - E o que  ainda me motiva a seguir em frente é ter a certeza de que Amelia possa viver.

Continuei os passos sem olhar para trás, pois sabia que me arrepender de decisões passadas era assumir um fracasso lamentável. Com estes olhos carmesim e o poder das águas em minhas mãos, tinha certeza de que poderia começar a minha trilha como um shinobi. Ascenderia ao topo - Para então travar a batalha destinada contra Djura. Era um conflito inevitável, onde apenas um seria digno de viver. Não tinha confiança de que poderia vencê-lo, mas...Eu não poderia recuar. Não enquanto ela continuasse depositando sua esperança em mim. Era um destino sombrio para a família, e independente de quem saísse vitorioso, no final, não haveria comemoração. A dor era equivalente. Mesmo para um monstro para Djura.

HP: 1125 / 1125 || CH: 2275 / 2425 || ST: 04 / 06

Considerações:

_______________________

{Q} — Crimson Eyes, Part II. Dororo-4_5-1200x675-cropped
"What a Horrible Night to Have a Curse..."

{FP}  || {GF} || {Banco} || {CJ} ||
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Kakyoin
Genin
Kakyoin
Vilarejo Atual
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 2c0af07108d07136daca7ef1a4e00a0b

Re: {Q} — Crimson Eyes, Part II. - Publicado 2/7/2022, 23:19

▸Uchiha Eileen.

O Treinamento já havia rendido resultados o suficiente para que eu me satisfizesse, ao menos naquele momento. Fechei os olhos por alguns instantes antes de abri-los novamente, desativando a linhagem carmesim, bem como qualquer outro artifício sobrenatural que naquele momento estivesse ativo. Desapareci do campo de treinamento, misturando-me a neblina local para retornar até minha casa. Sabia que Amelia ficaria bem e que facilmente encontraria seu caminho de retorno para casa, então não me preocupei - Mas também não tive a delicadeza de sequer me despedir da mesma. Mesmo que eu a amasse mais do que tudo o que já existiu nesse mundo, não conseguia demonstrar isso por meio de emoções ou falas, somente ações.

Talvez eu tenha me esquecido do significador de amor, afinal. Não - Pior, de me sentir vivo. Eu não era nada além de uma casca vazia em busca de uma vingança improvável, que vivia apenas pro obrigação. As ruas vazias iluminadas pela lua de sangue eram lentamente atravessadas por mim, que antes de alcançar minha morada simples, decidi realizar um caminho alternativo. Não havia uma pessoa sequer. Os olhares amedrontado dos civis que se escondiam temerosos da maldição carmesim nos céus era justificável, mas mesmo sob um clima tão horrendo, eu precisava continuar.

Se há algo que aprendi desde cedo - E que carregarei até o último instante...
É que um guerreiro não se esconde atrás de emoções.
Um guerreiro não se esconde atrás de desculpas.

HP: 1125 / 1125 || CH: 2475 / 2425 || ST: 04 / 06

Considerações:

_______________________

{Q} — Crimson Eyes, Part II. Dororo-4_5-1200x675-cropped
"What a Horrible Night to Have a Curse..."

{FP}  || {GF} || {Banco} || {CJ} ||
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
{Q} — Crimson Eyes, Part II. 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: {Q} — Crimson Eyes, Part II. - Publicado 3/7/2022, 17:06


Situação: Aprovado
Considerações:
Recompensa: Perícia Elemental - Suiton & Sharingan 2 Tomoes.
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: {Q} — Crimson Eyes, Part II. - Publicado