:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Outono
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Seg 11 Abr - 2:01


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN



Sunagakure, com seu clima escaldante e ambiente arenoso e desértico, assolava seus moradores, até mesmo os mais acostumados. Mesmo assim as pessoas enfrentavam os profusos raios solares e perambulavam por toda a extensão do vilarejo, em especial ao redor e dentro do gabinete da Kazekage. Aquele era sem dúvidas o lugar mais movimentado do País do Vento.

Só naquela manhã Altria já havia atendido um pelotão de chunins que relataram a ela um relatório importante de uma missão de investigação que o grupo havia feito em Chori no Sato, além disso uma duzia de mercadores riquíssimos  de Hokkaido quiseram ter com ela em busca de espaço para se estabelecerem nos domínios de Suna, para expandir suas zonas de influência.

Para encerrar aquele começo de dia exaustivo, Heguro Sokyaru, o líder do QG investigativo e também chefe das polícias da Areia acabara de chegar na sala. Um homem de estatura baixa, bem menos assustador do que deveria aparentar, mas muitíssimo competente. Possuía cabelos negros acinzentados pela idade - que já passava dos quarenta e cinco mas não chegava aos cinquenta - olhos amendoados e pequenos, pele branca bronzeada e um bigode delineado sobre os lábios.

Kazekage. — Fez uma reverência arqueando o corpo frente a jovem Altria. — A senhora mandou chamar-me? — O homem não havia vindo sozinho, tendo dois de seus oficiais investigadores à suas costas.

Considerações:
Objetivos:
Post 1/22


Última edição por Bloodlad em Ter 26 Abr - 16:58, editado 1 vez(es)
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Seg 11 Abr - 15:31

O dia já havia começado diferente. Altria estava mais atarefada que o normal ao ponto de sequer ter tempo de treinar pela parte da manhã. Não estava satisfeita com isso, mas infelizmente tinha de fazer sacrifícios para liderar a vila da areia e seu povo. Lidou com papéis, muitos, e posteriormente com um grupo de infantes que relataram sobre a missão da vila da cerâmica no limiar do vento, não obstante, também teve de lidar com comerciantes ricos que desejavam se estabelecer para expandir seu território e sabe-se lá mais o que; é claro, aprovou, ainda que com pesar. Seu trabalho era exaustivo, ainda sim, um tanto recompensador. Era bom ver que o vilarejo crescia gradativamente, dia após dia, desde que assumiu. Os relatórios não paravam de chegar, mas um que chamou sua atenção foi o relato sobre um pastor que pregava sobre a vida eterna. Jashin? Um Deus? É aquilo que Chome buscou há tanto tempo atrás? Lembrou-se de seu amigo que há muito havia desaparecido, mas logo pôs o mesmo para o fundo da mente; havia coisas mais importantes no momento.

A porta de madeira se abriu. O som pesado da mesma se arrastando era característico, mas o som das botas pesadas deixou claro à Altria que seu convidado não estava sozinho. Com a cabeça ainda baixa, ouviu as falas do homem e assentiu com a destra num movimento ilustrativo. —— Sim. Preciso aprender sua profissão, além de uma habilidade física que expanda meus limites. Sabe por onde devo começar? —— falou, ainda com a cabeça abaixa. Os olhos esmeraldinos focavam no papiro de outrora, aquele que carregava a mensagem do Deus imortal.

HP: 2005/2005, CK: 2015/2015, CN: 00/400.
Esta: 0/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Ter 12 Abr - 1:33


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN





Heguro foi pego de sobressalto pelo pedido de Altria, mas não deu para trás.

— A senhora gostaria de iniciar uma carreira investigativa, é isso? — Raciocinou ligeiramente em formas e métodos que melhor podia utilizar para ensinar os primeiros passos para a Kazekage. — Rotaro. — Chamou um de seus acompanhantes investigadores às suas costas. O homem lhe entregou uma pasta repleta de papéis e documentos confidenciais. — Este, senhora Altria, é o relatório do caso 556, o assassino de Hokkaido se a senhorita não tiver lembrada. Deve se lembrar dele, já que também esteve presente na investigação à  Hokkaido encabeçada por Yasuhiko. Temos aqui a biópsia, nome, ficha criminal, antecedentes, locais onde morou e se estabeleceu, algumas ligações estranhas com mercenários e nukenins, uma parte de seu dinheiro que foi rastreada e confiscada e muito mais. Tudo fruto de uma investigação de mais de quatro meses. — Deixou o relatório sobre a mesa da Kazekage para que ela observasse e se familiarizasse com um relatório investigativo e com o montante de informações e documentos que eram necessários para que se concluíssem uma investigação. — Pode perguntar qualquer coisa se tiver alguma dúvida. Sobre o treino para expandir seus atributos físicos infelizmente não poderei ajuda-la senhora.

Considerações:
Objetivos:
Post 2/22
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Ter 12 Abr - 15:34

A esta altura Altria já havia largado o papiro contendo a mensagem acerca dos imortais. A mulher estava fitando o líder investigador enquanto este fazia uma retórica. A loira permaneceu em silêncio, fitando-o enquanto o mesmo convocava um de seus acompanhantes. Rotaro – o rapaz que fora chamado – se aproximou e entregou a Heguro uma pasta, e então o investigador começou a explicar do que se tratava a mesma. A líder do vilarejo estava atenta, escutando tudo, porém, lentamente a garota fechava o punho direito, escondido dos olhos dos homens.

—— Sim, eu me lembro desse incidente. Logo tomarei uma atitude quanto a isso. —— respondeu, num tom mais sério que o de outrora. Era claro o descontentamento da mulher para com o caso em Hokkaido uma vez que não havia lidado com Iwagakure até o momento, e ainda sim, abrigava um fugitivo da mesma. Devo perguntar à Akuma se ele sabe o que aconteceu. Se ele mentir… arrancarei sua cabeça e enviarei de volta à Iwagakure. matutou, olhando os papéis que já haviam sido entregues pelo homem. Altria tomou um tempo observando aqueles relatórios, descobrindo mais e mais sobre o ocorrido.

—— Vocês sabem o porque ele estava ligado aos Nukenins? De onde vinha o dinheiro? Quanto à habilidade, agradeço de qualquer forma, Heguro-san. —— finalizou.

HP: 2005/2005, CK: 2015/2015, CN: 00/400.
Esta: 0/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Qua 13 Abr - 3:24


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN





Dinheiro. — Respondeu à Kazekage. — Era um mercenário, estava atrás de dinheiro e bons trabalhos. Nós conseguimos prender dois mercenários que tinham tido ligação com o homem um pouco antes dele cometer a chacina no templo, mas eles não tinha informações muito específicas sobre a figura abjeta. — Altria poderia ver o rosto do assassino nos relatório, um homem de cabelo curto e pele albina, olhos vermelhos feito sangue e uma aparência lunática e maquiavélica, com olhos desalinhados e lábios ardilosos. — Outro ponto importante foi descobrir a ligação do sujeito com Iwagakure, e neste ponto nossa inteligência ainda não possuí uma opinião unânime. Alguns acham que é forjado, e que a bandana foi colocada ou dada para ele, na tentativa de incriminar a Pedra e causar um mal estar com as duas grandes vilas, particularmente acredito nesta hipótese, já que a maioria das evidências apontam para esse lado. Um outro grupo do QG acredita que não, que o ninja é sim de Iwa e foi a mando do conselho da Pedra que o assassino cometeu o crime. O jovem Darkon não era o Tsuchikage quando o atentado aconteceu, então ele não teria como saber. — Explicou a ela mais alguns pormenores, como o método de investigação utilizado para a infiltração em alguns pontos de Iwa, para captarem informações. — Nós usamos dois espiões disfarçados para fuçarem e revivarem a residência do sujeito, que só no último ano teve mais de três alcunhas, a última, que inclusive usou para entrar em Hokkaido, foi Hitsuki. — Tudo que era dito por ele Altria podia conferir relatados no documento confidencial da investigação.

Considerações:
Objetivos:
Post 3/22
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Qua 13 Abr - 15:43

—— É sempre por dinheiro. —— constatou após a fala de seu ninja, fitando-o com os olhos esmeraldinos enquanto ouvia o que tinha a falar. Quando Heguro constatou sobre a aparência do morto, Altria levou os olhos até os papéis e o fitou: desconhecia o sujeito, e ela conhecia a grande maioria da população. A aparência era diferente de tudo que já havia visto antes, sendo exceção os olhos vermelhos; sua assistência o possuía. A mulher deixou o papel separado dos demais, e retomou a fitar o homem, ouvindo-o explicar acerca de Iwagakure. —— A teoria é interessante, mas se Iwagakure não estava a mando dos assassinatos, quem poderia ter sido? Um dos outros vilarejos? Se isso for verdade e Iwagakure não ser responsável pelos acontecimentos em Hokkaido, uma guerra entre nós seria a chance perfeita para sofrermos invasões. —— Altria fez uma pausa, levando a destra ao queixo enquanto franzindo o cenho, pensando em inúmeras possibilidades e motivos plausíveis para aquilo. —— Mas, caso o assassinato fosse de fato feito pelos superiores de Iwagakure, o que eles ganhariam com essa guerra senão mortes desnecessárias? Esse sujeito, Darkon, o que mais pode me falar sobre ele?[/b] —— Questionou o rapaz, levando os olhos de volta aos papiros na mesa após a fala acerca das alcunhas do falecido.

Isso é totalmente complicado. Há muitas lacunas nesta história, precisa averiguar a fundo. constatou, por fim.

HP: 2005/2005, CK: 2015/2015, CN: 00/400.
Esta: 0/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Qui 14 Abr - 5:46


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN





Algumas perguntas são difíceis de responder, madame. Alguns do investigadores acreditam que uma outra vila pode estar envolvida nisto... Kumo. — Pausou receoso e pragmático. — Já não é segredo para a Nuvem que nossa inteligência está de olho em Chori no Sato, então alguns acreditam que o atentado tenha sido planejado por ninjas de Kumo para criar instabilidade entre a Pedra e a Areia para nos fazer dispersos. Para dispersas nosso foco, nossas forças. Esta hipótese particularmente me convence, senhora. Ela é bastante plausível. — Heguro era um homem realista, as coisas tinham que fazer muito sentido em sua cabeça para que fosse pego por elas. — Não é minha função aconselha-la, Altria-sama. Sou apenas um investigador, reúno informações e as passo para cima, mas a senhora deve considerar que ter duas potências em posições de inimizade conosco não é uma boa ideia. Uma saída pacífica seria a coisa mais vantajosa para nós neste momento. — Encerrou a fala sem nada a acrescentar, não queria se estender num assunto que não lhe era devido. — Rotaro, tem as informações do nukenin em mãos? — O assistente abriu a maleta e procurou por entre os papeis. Encontrou e entregou para Heguro. — Aqui está. Senki Youjomaru. — Colocou na mesa à frente de Altria.

Considerações:
Objetivos:
Post 4/22
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Qui 14 Abr - 6:34

Kumogakure eh? Bem que Akuma falou sobre as colônias na nossa fronteira.. pensou, erguendo a face encarando diretamente o homem à sua frente, com um semblante sério. —— Akuma havia me dito acerca de Hoshigakure carregando o estandarte do raio, mas eles estarem envolvidos com um massacre desses… é um tanto quanto sofrível. concluiu. Heguro tinha a certeza do envolvimento do país do trovão, mas Altria ainda tinha seu pé atrás para com isso; tomaria aquilo como uma opção plausível, porém, teria de investigar mais a fundo para descobrir toda a verdade acerca do ocorrido. —— Sim, eu concordo, duas potências contra nós não é nem um pouco inteligente, mas ainda que consigamos a paz, o que iremos fazer com as colônias que eles possuem? Duvido que nos entreguem de bom grado, e comprá-las está fora de cogitação. —— informou, inquieta.

Heguro convocou Rotaro novamente, e este viera com mais informações, mas desta vez acerca do fugitivo da areia. Senki… murmurou, relembrando a aparência do cidadão. —— Esse rapaz fugiu enquanto eu ainda era uma Chunin e estava em Hokkaido. Já faz algum tempo; naquela época a vila não era tão ativa quanto é hoje, ele foi ardiloso. —— Altria permaneceu em silêncio por um longo minuto antes de retomar a fala. —— Mas, o que tem ele? —— finalizou, um tanto indiferente quanto ao fugitivo.

HP: 2005/2005, CK: 2015/2015, CN: 00/400.
Esta: 0/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Sex 15 Abr - 2:06


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN





Heguro não escondeu o descontentamento ao ver sua kazekage citando aquela figura abjeta, franzindo o cenho e contraindo o lábio. "um nukenin sem honra" pensou o homem que mesmo sendo racional não podia aceitar sem receio a presença daquele bandido na aldeia da areia. Não importava se Akuma tinha a confiança da Sombra do Vento e de outros do escalão, o que ele era não mudava e nunca iria mudar. "Um nukenin sem honra", concluiu novamente.

Espero que o rebelde tenha tanto amor a Areia quanto eu ou a senhorita. — Não faltou com respeito mas mostrou desalento com a situação. — Ao meu ver as colônias só serão nossas se as tomarmos. Kumogakure não entregará nenhuma delas de bom grado. Mas... — Desacelerou a fala. — A senhora deve pedir conselhos ao gabinete de anciões da Areia, com certeza eles terão comentários mais pertinentes a fazer do que os meus.

A reunião dos dois já estava para finalizar. Heguro deixou todos os documentos sobre a mesa de Altria, para que a líder de Suna pudesse ler e rever quantas vezes achasse necessário. Pediu licença antes de partir e reiterou que voltaria de muito bom grado caso a jovem kage desejasse. O trio de investigadores deixou a sala três minutos depois que o assistente havia entrado para pausar o encontro e avisar a loira que o almoço seria servido.

Tenha um bom almoço, jovem Altria-sama. A senhora tem feito um bom e árduo trabalho na gestão de nossa vila desde que assumiu. Logo mais colheremos bons frutos de sua colheita. Se precisar é só me chamar, madame. — Fez uma reverência militar antes que deixasse definitivamente o gabinete.
Altria-sama, conseguimos encontrar um professor de artes marciais para a senhora. — O assistente avisou. — Mandei que os outros assistentes fossem buscar na academia ninja o mais apto para servi-la como tutor e acredito que tenha encontrado. — Pausou. — Após o intervalo e a troca de horários a senhora poderá ir até o prédio da academia ninja e ele estará lá lhe esperando. — Terminou de informa-la.

Considerações:
Objetivos:
Post 5/22
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Sex 15 Abr - 8:55

—— Não precisamos do amor dele. Ele não tem de ser devoto ao vilarejo, mas fiel a mim, tal qual você é. Nosso poder militar é pouco, e ele é uma aberração tão forte quanto eu, há necessidade para tal. Mas, o descumprimento desta única regra – não ser fiel –, ou coisa pior, acarretará na morte. Dentro do país do vento ele responde única e exclusivamente a mim, e todas as suas ações refletem minha imagem. Qualquer coisa que assole os civis e inocentes será punido, e Akuma sabe disso. —— respondeu, curta e grossa, mas sempre imponente como uma líder deveria se portar. Akuma era um nukenin, e de um rank elevado cujos poderes rivalizavam ao da própria loira, mas ela o respeitava assim como sabia que ele o fazia, e às suas regras. Altria deu de ombros, não tinha muito o que fazer quanto a isso: era claro que nem todos estariam contentes com aquela situação, mas ela sabia que era uma atitude necessária.

—— Eu irei pedir conselho a meus superiores, mas temo que se não chegarmos a um acordo, a única opção será tomar as colônias à força. E se isso ocorrer, Akuma será uma peça fundamental nessa empreitada. —— concluiu, fitando o homem. Heguro e seus assistentes estavam em silêncio, e Altria havia retomado a leitura das informações que possuía: tinha em mente, porém, que se não chegasse a paz através da diplomacia, teria de usar da força bruta para tal, mesmo que não gostasse disso. Suspirou, e se despediu dos homens quando estes foram embora, esboçando um sorriso gentil em sua face. Há tanto para fazer… murmurou, ainda lendo os documentos na mesa.

Não mais que três minutos após a saída de Heguro e seus homens, uma das assistentes de Altria adentrou o gabinete, avisando-a do almoço. A mulher o deixou em cima da mesa, no canto direito e agradeceu a loira pela liderança; Altria sorriu, e respondeu com um simples obrigado antes da moça partir. A líder então pausou seus afazeres e tratou de almoçar, porém, enquanto o fazia, também fora notificada por outro de seus assistentes que já haviam localizado um professor para ensiná-la, e dito quando e onde ela poderia ir ao seu encontro. Altria meneou a cabeça em afirmação, e então tratou de focar em terminar seu almoço.

Passou-se algum tempo, e tudo já estava feito por parte da loira. Agora, restava-lhe ir ao encontro do tal professor. A mesma encerrou o expediente e saiu do gabinete, despedindo-se de seus assistentes e demais ninjas, indo ao encontro do homem na academia para expandir ainda mais suas habilidades.

HP: 2005/2005, CK: 2015/2015, CN: 00/400.
Esta: 0/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Sab 16 Abr - 11:42


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN





ㅤㅤA resposta de Altria não foi bem recebida por Heguro, mas ele não a questionou, era seu subordinado e sabia seu lugar melhor do que ninguém.

ㅤㅤ— Confio em suas escolhas, senhora. Suna inteira confia. — Reverenciou-a para finalizar e partiu da sala com seus homens o seguindo.

ㅤㅤAltria agora tinha um tempo para descansar, comer e pensar em seus próximos passos. Governar uma aldeia e secundariamente um País não era um trabalho fácil, mas que a Kazekage levava com bastante seriedade. O refeitório estava cheio de ninjas que trabalhavam no gabinete, desde os seguranças e guardiões do prédio, até os assistentes, secretários, shinobis da área de inteligente e muitos outros. Todos mostravam relativa amistosidade com a senhora do Vento, e acreditavam que ela poderia trilhar o caminho da Areia até seu apogeu novamente.

ㅤㅤHavia alguns murmúrios entre as mesas do salão, murmúrios de tempestades. Um homem alegou ter ouvido que uma gigantesca tempestade de areia estava em rota de colisão com o vilarejo de Villéus (ヴィルウス), povoado a sudeste de Sunagakure.

ㅤㅤ— É normal naquela região ter tempestades de areia. Os cidadãos já estão acostumados. — Um dos ninjas respondeu.
ㅤㅤ— Disseram que esse é dos grandes, dos grandes mesmo.
ㅤㅤ— Villéus? Nunca tinha ouvido falar nesse lugar. Fica em que parte do País do Vento? — Um outro perguntou.
ㅤㅤ— Alguns quilômetros ao sul de Chori no Sato. — Só citar aquele nome causava uma refrega nos ninjas da Areia. Nenhum deles era satisfeito de ter em posse de Kumo uma colônia dentro de seu território.
ㅤㅤ— Hum. Não conheço. Mas vai ser só uma pequena tempestade, no máximo uma mediana. Se as coisas ficarem muito ruins nós ajudamos com alimentos e mantimentos para os atingidos amanhã. Não precisa se preocupar.
ㅤㅤ— É. Espero... — O outro concordou, e todos voltaram com as colheres na boca.

ㅤㅤAltria ouviu toda àquela conversa e muitas outras mais. Seus ninjas tinham opiniões divergentes em muitos pontos e congruentes em outros, e a jovem teria que arrazoar para decidir o melhor para todos ou pelo menos para a maioria.

ㅤㅤDo lado de fora do complexo de prédios que formavam o gabinete de Suna o sol castigava com raios incisivos. Mesmo a chegada da tarde não havia sido suficiente para atenua-lo. A academia ninja ficava a seis quilômetros a noroeste do gabinete, sendo assim a chegada de Altria até lá não tardou. Foi recebida por uma das responsáveis do local, que logo lhe conduziu até seu tutor temporário.

ㅤㅤ— Ele é um dos nossos mais promissores lutadores, senhora. — Avisou a mulher, de corpo mais robusto que o da menina e de cabelos cheios, negros e encaracolados. — Não repare a idade dele, ele é muito mais do que aparenta.

ㅤㅤAo chegar as duas se depararam com o citado sozinho no tatame. Levantava seu corpo inteiro com apenas o dedo indicador, enquanto flexionava-se para baixo e para cima.  Pôs-se de pé ao ver a kazekage.

ㅤㅤ— Altria-sama. — Fez reverência. — Me chamo Ochō. É um prazer servir de seu professor pessoal esta tarde. — Era jovem, talvez da idade dela ou um pouco mais novo. A pele acobreada e os cabelos esverdeados eram características bastante marcantes do rapaz, mas seus olhos de amêndoa cor oliva também valiam atenção. Era mais alto que as duas figuras femininas ali e tinha um ar de um jovem bastante correto e respeitador. — Há algo que queira aprender em especial, senhora?


Considerações:
Objetivos:
Post 6/22
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Sab 16 Abr - 12:18

A refeição era feita em silêncio, cercada dos demais ninjas do vilarejo, além de alguns civis que trabalhavam no local. O burburinho era demasiado naquele local, e os assuntos divergiam completamente; uns falavam sobre uma iminente tempestade de areia num pequeno vilarejo próximo de Chori no Sato, e era notável o descontentamento para com este: era um território do país do vento que Kumo havia reclamado para si, feito de colônia. Altria não esboçou nenhuma reação, pelo contrário, permaneceu fria e calma por fora, ainda que por dentro borbulhasse como um vulcão prestes a entrar em erupção: o vilarejo estava fraco, era claro, mas a garota tinha vontade de retorná-lo à sua glória, e não era deixando outras nações em seu território que isso aconteceria. Deu uma garfada na comida, levando-a à boca enquanto continuava a ouvir a conversa dos terceiros, atenta para aquilo que chamasse sua atenção. Onde será que está Akuma… preciso de um favor. pensou, dando outra farta garfada na comida.

Quando concluiu seu almoço, entregou o prato à cozinha e deixou o local, seguindo em direção ao ponto de encontro com seu novo professor sob o sol escaldante.

Caminhar pelo vilarejo era sempre prazeroso. Por mais que uns e outros fizessem cara feia para a jovem líder, era claro que os demais gostavam de sua liderança, ainda que possuíssem suas ressalvas. A vila da areia outrora abandonada agora já possuía uma boa quantia de ninjas, comerciantes e até mesmo população. Comparado ao passado, hoje o vilarejo estava enorme, o que era motivo de orgulho para a segunda sombra do vento. Os olhares e sorrisos trocados para com todos os civis enchiam o peito de Altria de orgulho, havia concluído seu objetivo, pelo menos, um deles: ainda buscava o poder, é claro, mas prezava pelo bem estar de seu vilarejo. Quando deu por si, já estava diante do complexo onde iria aprender algo com um mestre na arte.

—— Olá. Tudo bem, obrigada. —— falou à moça que a atendeu, fitando-a com os grandes olhos esmeraldas que possuía. A mulher era mais alta e possuía uma aparência de certa forma, sensual, o que diferia da líder do vilarejo – era juvenil, e esse era um dos motivos para não ser levada a sério por alguns. O caminho foi trilhado rumo ao professor, e quando ambas as mulheres o viram, ergueram as bocas: apesar de sua idade, este flexionava o próprio corpo com um singular dedo, o que demonstrava tamanha força e habilidade. O homem parou o treino ao ver a Kazekage, e se apresentou, cortesmente.

—— Impressionante, Ochõ-san. —— disse Altria, também curvando-se para o homem de forma respeitosa. Seus cabelos esverdeados davam-no uma aparência extravagante, diferente. O silêncio permaneceu por alguns segundos, até que Ochõ o cortou, questionando Altria acerca de seu aprendizado.

—— Altria, por favor. E sim, quero aprender algo que libere o máximo de minhas habilidades. Sinto que não posso depender única e exclusivamente de minhas habilidades para com o trovão. Conhece algo do gênero, Ochõ-san? Finalizou.

HP: 2005/2005, CK: 2015/2015, CN: 00/400.
Esta: 0/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Seg 18 Abr - 3:33


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN





ㅤㅤOchō era radiante ao ser contemplado com tanta estima pela kazekage, que inclusive lhe concedeu a honra de chama-la pelo próprio nome. Ao pedido da jovem, contudo, o rapaz precisou pensar com mais calma. Ela estava correta em não ficar dependente unica e exclusivamente de suas técnicas com o elemento trovão, mas o que ele poderia ensina-la que lhe fosse tão proveitoso a ponto de impulsionar suas já incríveis habilidades? Parecia que ele tinha a resposta.

ㅤㅤ— Há um método proibido de captura de energia do próprio corpo utilizando tenketsus. Há oito no corpo humano, espalhados em regiões estratégicas do corpo, e eles protegem nosso sistema circulatório ao separar o sangue do chakra. Mas há meios de se liberar esses pontos... — Uma técnica proibida talvez não fosse de bom tom para se ensinar assim logo de primeira. — Posso demonstrar. para você, Altria-sama. Altria. — Corrigiu-se.

ㅤㅤCom um rápido concentrar uma áurea transparente percorreu o corpo de Ocho e seus músculos ficaram levemente mais definidos. Seus cabelos balançavam com leveza para cima em resposta a aquele estímulo que o garoto havia feito.

ㅤㅤ— Este é o primeiro portão, o portão da abertura. Ele fica localizado no cérebro, e uma vez ativado seu cérebro conseguirá enviar mais estímulos nervosos para seu corpo e sua força terá um aumento visível. — Terminou olhando para ela. — O segredo está em se concentrar no ponto atrás de seu olho direito, a senhora possuí o lendário byakugan, deve conseguir encontra-lo. Foque-se nele e tente o liberar.

Considerações:
Objetivos:
Post 7/22
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Seg 18 Abr - 21:09

—— Essa habilidade é impressionante, Ochõ-san. —— constatou, observando toda a singela transformação de seu professor. A mudança, por mais básica que fosse, claramente deu uma súbita energia para o rapaz, deixando-o com os músculos mais tonificados. —— Pensei que fosse uma energia como o Senjutsu, o qual eu possuo. —— Altria reuniu a energia e demonstrou sua forma por alguns segundos, desativando-a logo em seguida. —— Mas é totalmente diferente de reunir energia natural. Bom, agora irei tentar, como você me instruiu. —— finalizou, liberando seu dojutsu e deixando as veias saltarem em seu rosto.

A concentração veio, e com ela, a observação interna da própria rede de chakra. Os tenketsus eram tão visíveis quanto qualquer outra coisa no raio de ação de sua habilidade ocular. Altria estava parada, inerte, usando da concentração para focalizar no ponto atrás de seu olho direito como fora informado por seu professor. A tarefa em si, não era tão difícil quanto ela pensou que seria, mas por outro lado, liberar o tenketsu era um tanto quanto complicado, e totalmente diferente de expelir chakra por ele.

—— A liberação é bem… diferente de expelir chakra normalmente. Aliás, há mais quantos portões? Você disse que esse é o primeiro... —— comentou, de olhos fechados, enquanto focava no tenketsu especificado pelo homem.

HP: 2005/2005, CK: 2010/2015, CN: 400/400.
Esta: 0/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Ter 19 Abr - 2:49


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN





ㅤㅤO rapaz observava sua soberana se focar no ponto atrás de seu olho direito. Ele sabia que por ser uma Hyuuga, Altria não teria dificuldade em encontra-lo e não foi surpresa quando ela o fez. Acessar o portão da abertura não era uma tarefa tão simples, mesmo sendo o primeiro encontra-lo levava algumas horas de concentração e mais alguns dias de treinamento para libera-lo, mas o byakugan e o exímio controle de chakra da kazekage foram suficiente para que ela o acessasse. Mas ainda era só o começo.

ㅤㅤ— Bom a senhora o encostou, agora vamos faze-lo abandonar seu estado natural de selado e o liberar. Continue focando nele e tente o expelir levando um pouco de seu chakra até seu núcleo o forçando a se "romper". — Explicou a ela e logo em seguida respondeu à sua indagação a respeito da quantidade de portões existentes. — Bom, esse é um kinjujtsu muito poderoso e perigoso. Existem oito portões de chakra, que estão localizados em oito tenketsus principais que existem no corpo humano. A maioria das pessoas não consegue acessa-los, alguns conseguem liberar os dois primeiros, mas só um seleto grupo de ninjas alcançam níveis maiores que o terceiro portão. São raríssimos.

Considerações:
Objetivos:
Post 8/22
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Ter 19 Abr - 9:25

Altria havia feito progresso, ínfimo, mas um progresso. Seu exímio controle de chakra auxiliado com o dojutsu que possuía fazia com que esta tivesse certa vantagem sobre os demais, pelo menos era o que aparentava, na realidade era algo totalmente diferente. Forçar até romper? Posso me prejudicar… mas se ele disse que é assim seu funcionamento, que assim seja. pensou, e iniciou o processo de injetar chakra no tenketsu, forçando seu possível rompimento delicadamente. Ainda que possuísse uma habilidade invejável de distribuição de energia, unificá-la num único ponto para “destruir” um único ponto de pressão era um tanto quanto complicado.

—— Então essa técnica é mais poderosa do que aparenta. Será que se eu dominar pelo menos dois dos oito portões eu conseguiria utilizá-lo com minhas demais habilidades? Principalmente com o Senjutsu já que independente de minha habilidade para com o Raiton. Seria bem útil uni-los numa singular habilidade totalmente nova. —— comentou, ainda realizando a injeção de chakra atrás do olho direito. —— Aliás, Ochõ-san, quantos portões você consegue utilizar? Caso eu domine o primeiro, gostaria de ver os demais em ações, isto é, se for possível. —— comentou com seu professor, mas sem perder a concentração necessária para realizar sua própria tarefa.

HP: 2005/2005, CK: 2015/2015, CN: 390/400.
Esta: 0/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Ter 19 Abr - 23:29


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN




ㅤㅤ— Ela é. De novo, ela é um jutsu proibido, e até seus primeiros estágios são de difícil acesso. — Continuou discorrendo sobre os portões. Altria tinha interesse em saber se a habilidade ensinada poderia ser proveitosa para se somar com outras técnicas de seu arsenal, em especial as de elemento relâmpago. Ochō pôs o indicador no queixo antes de responde-la devidamente. — Os portões de chakra é um método de bonificador corporal, que aumenta sua força, velocidade, percepção e desenvoltura física. Em minha opinião é possível que a senhorita consiga unir suas técnicas de Raiton com ele, portando que sejam técnicas utilizando também seu corpo. O método não aumenta a força do chakra, só usa do chakra para aumentar a potencia corporal do usuário. No fim acredito que será de grande valia tê-lo em seu arsenal.

ㅤㅤUma aura começou a surgir em volta do corpo da kazekage. "Ela está conseguindo...", concluiu. — Eu consigo ativar até o sexto potão, senhora. Possuo características de nascença que me possibilitaram alcançar essa façanha... Me prejudicaram em muitas outras é verdade, mas consegui dribla-las com o tempo. — Se referia a sua incapacidade de utilizar ninjutsus e genjutsu, mas sem que revelasse isto à loira.

ㅤㅤObservou que o processo estava já completo, e a aura transparente e contra a gravidade já era perceptível em Altria. — Vamos lá, experimente. Use sua velocidade primeiro, veja se sentiu alguma diferença.

Considerações:
Objetivos:
Post 9/22
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Qua 20 Abr - 9:39

Ochõ confirmou a indagação de sua líder, e a explicou, novamente, que esta técnica era proibida mas ainda sim era compatível com as outras em seu arsenal. É só um aumento de energia, de fato, não irá prejudicar o fluxo de energia. murmurou, ainda atenta às falas do homem. —— Seis de oito é um ótimo número, mas sinto que isso tenha lhe custado o que quer que fosse. —— disse, e então agiu como ordenado. A fina camada de energia moldava o corpo da líder da areia, revestindo-a como uma armadura. Ainda que fosse só a primeira etapa, aquela habilidade seria bem útil no arsenal da princesa da areia.

A passos lentos, subiu no ringue e se pôs em posição de combate, inspirando profundamente, soltando o ar em seguida. Três golpes velozes no máximo de sua velocidade, mas notavelmente não possuía acréscimo algum por conta dos portões. Mais três, e também nada. Arqueou a sobrancelha e fitou seu sensei, porém, a camada transparente estimulava a musculatura da loira. Esta aproximou-se então da ponta do ringue, ao lado direito, na estrutura metálica onde as cordas ficavam amarradas: três socos, menos velozes, mas mais potentes, no ápice de sua força.

—— Minha velocidade não aumentou, já a força… —— comentou, abrindo um meio sorriso nos lábios.

HP: 2005/2005, CK: 2015/2015, CN: 390/400.
Esta: 0/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Qua 20 Abr - 23:13


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN




ㅤㅤO professor observou Altria melhorar sua desenvoltura corporal após acessar o tenketsu localizado atrás de seu olho direito, porém não foi sua velocidade a ser alterada e sim sua força.
Vamos lá experimente utilizar alguma técnica com ele liberado. — Afastou-se um pouco dela até 35 metros, e liberou seu segundo portão, emanando a mesma aura transparente por todo o corpo. — Me ataque. Pode utilizar de suas habilidades com o raiton para testarmos se elas sentirão os efeitos. — Sua posição era completamente defensiva com os punhos em riste e a atenção total na Kazekage. Sabia que o elemento relâmpago era famoso pela velocidade absurda e se de alguma forma não conseguisse acompanhar a primeira investida da garota o terceiro portão seria ativo, e o quarto se fosse necessário, afinal não era qualquer pessoa que estava ali à sua frente. — Vamos lá, senhora. Venha! — Se não viesse ele mesmo iria, avançando contra ela testando sua força, com socos na direção de seu rosto e braços e aumentando os portões no meio do combate caso fosse suplantado por ela em algum atributo.

Databook/Técnicas:
Considerações:
Objetivos:
Post 10/22
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Qui 21 Abr - 10:03

—— Uma técnica com ele liberado, tem certeza? —— Questionou, mas em vão: o homem já havia se afastado e adotado uma posição de defesa, liberando também a aura transparente que circundava seu corpo, tonificando seus músculos. A garota arqueou a sobrancelha, mas o fez como instruída por seu mestre: um trovão ribombou, e a armadura de raios tomou forma, em seu primeiro estágio. Num único flexionar das pernas, Altria disparou, fugaz e precisa: o punho erguido visava o torso do professor à sua frente com uma técnica elemental.

Após o ato, recuou, fitando-o com os olhos esmeraldas. —— O que você achou? —— Indagou, soltando o ar dos pulmões. Sua força era maior do que o comum graças ao primeiro portão, e por conta disso, não sabia como seu professor estaria após aquele golpe, e torcia para pelo menos que este não estivesse machucado ou coisa do gênero. —— Para os demais portões, o treino é o mesmo, focando apenas nos tenketsus diferentes do corpo, certo? Se sim, espero que possa me ajudar posteriormente. Você é forte e eu aprecio pessoas fortes. —— concluiu, desativando a armadura de raios que circundava o próprio corpo. Altria olhou para todo o ambiente e levantou o rosto, olhando para o teto. Pensava na necessidade de se fortalecer e de proteger seu povo.

HP: 2005/2005, CK: 1715/2015, CN: 390/400.
Esta: 1/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Sex 22 Abr - 2:00


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN




ㅤㅤO soco potente atingiu os braços endurecidos de Ocho, e mesmo com toda sua força ainda sentiu dor. "Impressionante..."

ㅤㅤ— Incrível. Funcionou melhor até do que eu imaginei. Suspeitei que ambos fariam um ótimo conjunto de bonificadores corporais e parece que acertei. — Os braços estavam doloridos com o soco da Kazekage. Sobre a pergunta dos outros portões, o professor respondeu: — Na verdade cada portão tem um ponto específico para ser ativado. O do segundo portão é localizado bem no centro do cérebro, porém não seria interessante ensina-lo hoje, já que a liberação destes tenketsus geram um estresse no corpo e o sistema nervoso e circulatório e por isso é melhor que a senhorita aguarde mais alguns dias antes de tenta-lo. — Alertou-a. O treino continuou mais calmo agora, com ambos desferindo golpes um no outro e expandindo o desafio para testar as novas capacidades de Altria.

ㅤㅤNum dado momento, já estando a quase duas horas de treino intenso alguém entra correndo no tatame, se revelando ser um dos responsáveis pela academia.
ㅤㅤ— Senhora Altria! — O tom ofegante era perceptível. — Senhora, estão requisitando sua presença no gabinete! É uma calamidade, um desastre.  É urgente! — Alarmou-a. Ocho cessou o treino imediatamente e fitou a líder da Areia aguardando sua resposta.
ㅤㅤ— Altria-sama..?

Databook/Técnicas:
Considerações:
Objetivos:
Post 11/22
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Sex 22 Abr - 12:52

A investida de Altria contra seu professor foi efetiva, empurrando-o alguns metros para trás ainda que este se defendesse. O impacto do golpe nos músculos rijos do homem fizeram o punho da loira doer por um instante: era como socar um muro de aço. A força daquele homem era impressionante, e quiçá, o mesmo fosse mais forte que sua própria superior. Abriu um largo sorriso com o elogio advindo do rapaz, deixando visível que gostava de aprender e se fortalecer. Ouviu, também, o que este tinha a dizer sobre os demais portões, atenta, sem tirar os olhos dele.

—— Entendo. Agradeço a breve explicação. Quanto ao segundo portão, aguardarei até ficar disponível posteriormente para me ensinar, Ochõ-san. —— disse, erguendo novamente os punhos e continuando o treinamento para com seu mestre.

As horas passaram, e o treino já havia sido concluído. Altria e Ochõ eram duas aberrações no que tangia ao estilo de luta corporal, além de suas aptidões físicas. O treino de duas horas ininterruptas não os cansou, pelo contrário, a cada soco trocado, ambos professor e aluna se sentiam mais vivos, felizes, aprendiam um com o outro: os punhos falavam, e o ambiente aplaudia com os barulhos causados pelos mesmos. Mas, infelizmente, a dança ininterrupta de ambos foi interrompida de súbito.

—— Se acalme. O que aconteceu? Me conte enquanto caminhamos rumo ao gabinete. —— ditou, e desativou suas habilidades. —— Ochõ-san, peço desculpas, mas temo que devo ir resolver os problemas do vilarejo agora. Estarei aguardando o dia que irá me treinar no segundo portão. Dito isto, até mais ver, e obrigada mais uma vez. —— finalizou, saindo às pressas juntamente do mensageiro.

HP: 2005/2005, CK: 1856/2015, CN: 390/400.
Esta: 0/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Sab 23 Abr - 0:11


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN




ㅤㅤA assistente se pôs a falar sobre o que havia ouvido.

ㅤㅤ— O vilarejo de Villéus vai ser atingido por uma gigantesca tempestade de areia. — Se ele não continuasse tanto Altria quanto Ocho poderiam retruca-lo, já que tempestades de areia eram comuns naquela região. Naquele país. Mas aquela era diferente... — Essa não é com as outras eles disseram, é colossal. Com capacidade de varrer a aldeia inteira! — Altria tinha então o dever de agir, já que Villéus, mesmo minúsculo no mapa do grande País do Vento ainda era um território sobre sua proteção. — Os conselheiros pediram para que a senhora volte urgentemente.

ㅤㅤO gabinete não estava longe da academia, bastando que a kazekage usasse de sua velocidade incomum para que chegasse lá em minutos. Assim que chegasse ao prédio veria o intenso fluxo de pessoas, todas atônitas com o que estava prestes a acontecer, mas que não poderiam agir sem a ciência da líder.

ㅤㅤSua sala era tomada por um de seus conselheiros e também um dos anciões da Areia, o Velho Godrich Hyuuky, um dos mais críticos ao governo da garota mas também um dos homens mais competentes e politicamente poderosos do País. Ali com ele dois jonins, um meteorologista, um cientista e o chefe da polícia da Areia, mas a sala estava bem mais cheia anteriormente. Dois pelotões de contenção e proteção já haviam sido enviados para Villéus, para tentar atenuar a tempestade de areia. Caso não fosse suficiente então teriam que evacuar os civis o mais rápido possível.

ㅤㅤ— Villéus tem uma população de quinze mil habitantes, lorde Godrich. Não tem forma de se evacuar tantas pessoas assim em tão pouco tempo, o grupo de contenção tem que funcionar se não... — O chefe da polícia de Suna alarmava a todos os presentes.
ㅤㅤ— Ora você é um ótimo fatalista, Yruki. Vou lembrar de pedir seus comentários da próxima vez. — O velho não tinha papas na língua. — Posso saber como esse desastre natural não foi previsto nem um pouco por seus medidores? — Indagou ao meteorologista.
ㅤㅤ— Godrich-sama, eu... nosso centro de pesquisas detecta dezenas de tempestades de areia por dia, inclusive na zona em que está localizado Villéus, então me espanta também esta ser tão discrepante das outras, isso é quase inexplicável...
ㅤㅤ— Posso apostar que sim, e sua incompetência será cobrada mais tarde. — O velhinho tinha apenas um metro e sessenta e dois mas a voz era firme como uma barra de aço. — Onde está a kazekage? — Altria chegaria bem na hora em que sua presença havia sido requisitada.
ㅤㅤ— Altria-sama. — Várias vozes em uníssono a reverenciaram, menos a de Godrich.
ㅤㅤ— Já era hora, kazekage. — Sabia como ser inconveniente sem deixar os bons modos. — Já está sabendo do ocorrido? Villéus está em rota de colisão com uma gigantesca tempestade de areia, uma sem precedentes. Precisamos que você em pessoa vá até, pois suas habilidades auxiliarão os outros grupos a conter o fenômeno destruidor. — Todos o olharam boquiabertos, pois havia resumido a situação e passado a ordem para a garota em tempo recorde. — Peço para que a senhorita parta agora. Há pessoas inocentes lá. — Ele apelou para o sentimentalismo dela, mas não era necessário. Altria era a kazekage e proteger seu povo era um dever que ela daria a vida para cumprir.

ㅤㅤEm velocidade máxima a garota chegaria a villéus em uma hora e meia, e já próximo ao vilarejo veria a massa de areia cobrindo toda a extensão do vilarejo, tendo um gigantesco tornado em seu centro. Dois pelotões de oito ninjas planejavam uma forma de atacar o tornado, mas temiam não ser suficientes. O tornado ainda não havia chegado no vilarejo, mas os ventos adjacentes já eram suficiente para destruir as plantações e os telhados das casas e estruturas comunitárias. Soro, um dos responsáveis pela liderança do time vê a líder do Vento, e logo presta continência.

ㅤㅤ— Senhora Altria, estamos todos as suas ordens.


Considerações:
Objetivos:
Post 12/22
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Sab 23 Abr - 18:06

Então a tempestade que outrora citaram era verdadeira… o pensamento sobreveio à mente, deixando quaisquer outros escondidos no canto da mesma. Quanto mais Altria ouvia, mais preocupada ela ficava; tinha de lidar com aquilo, minar os danos, salvar as pessoas, destruir a tempestade…  era muita responsabilidade, mas felizmente, tinha seus ninjas preparados para ajudá-la naquilo, e confiava na sua própria força para lidar com as adversidades. Era para isso que se fortalecia, afinal. —— Está tudo bem. Eu estou indo para lá, ninguém irá se ferir. —— disse, ainda seguindo rumo ao gabinete da areia em velocidade moderada.

Após subir os lances de escada, suando frio nas costas, Altria, antes de abrir a porta do gabinete com força, parou por um segundo, e escutou do lado de fora sobre o que os homens comentavam ali dentro, atenta. Quando encerraram e seu nome foi chamado, a mesma abriu a porta com ímpeto, deixando o estrondo da mesma chocando-se com a parede romper o silêncio que se instaurou por alguns segundos. —— Godrich. Sim, estou indo para lá de imediato. Não se preocupe. —— finalizou, seca, e deu às costas ao homem e aos demais. Meneou a mão com um gesto simples de adeus e partiu.

A líder do vento cruzou o deserto em cerca de uma hora e meia, no máximo de suas capacidades físicas, aprimoradas pela energia do trovão negro e da energia natural que circundava todo o ambiente.

Próxima do vilarejo, notou a tempestade de areia que levava consigo tudo no ambiente, além dos ventos adjacentes. Os olhos outrora esmeraldas deram lugar ao lilás característico de seu clã, além das veias saltadas em sua têmpora. Pôde observar, de longe, os dois esquadrões que aguardavam-na chegar, próximos do vilarejo. Altria acometeu com velocidade e quando estava a cerca de trinta metros, notou que um dos homens prestava continência e a chamava. Se aproximou, e então, falou com o mesmo. —— Não precisa de cerimônia. O tornado está vindo em alta velocidade, arrume seus homens em oito duplas: mande-os irem auxiliar a evacuação do vilarejo. —— Disse, e então teceu um selo, criando cinco cópias de si mesmo.

—— Vocês duas serão responsáveis pelo ataque ao ciclone, e você, na defesa. —— ordenou, retomando a fala com o homem. —— Reúna os demais ninjas possíveis e mande-os evacuar todas as pessoas da vila, minhas cópias irão auxiliá-lo nesta tarefa. —— concluiu, fitando o homem. As cópias partiram junto dos ninjas, visando evacuar todo o vilarejo: não sabia se detinha poder suficiente para dar cabo daquele tornado numa única investida. —— Lembre-se que os civis são mais importantes que todo o resto. Agora dispersem e vão. ——  Finalizou, se preparando.

As três cópias da loira avançaram deserto adentro numa formação de triângulo invertido. Ágeis e precisas, desviavam dos tornados e destroços com sua velocidade acima do normal, além do auxílio dos olhos albinos e de sua armadura de raios. As lâminas negras já estavam empunhadas, emanando a energia azulada da técnica que executaria. Em uníssono, ambas cópias bradaram e utilizaram da habilidade em questão, criando um enorme tornado que rumava violentamente em direção ao vendaval. Não obstante, a última cópia se preparou: teceu os selos necessários e continuou avançando, atrás do furacão arremessado por seus iguais e, quando estes se dissiparam, cortou o ar duas vezes e deixou a energia natural fluir nestes, visando parar ou pelo menos atrapalhar o furacão. Mas, a cópia não parou, teceu os selos novamente e cortou o ar uma última vez, exalando a mais pura energia.

Quanto à original, estava preparada, reunindo mais energia natural para utilizar do Muki Tensei e criar uma parede grande o suficiente para atrapalhar o avanço do tornado caso a investida de seus clones falhassem. Suas duas outras cópias, porém, continuavam com a evacuação da cidade inteira, no máximo de seus atributos.

HP: 2005/2005, CK: 211/2015, CN: 25/400.
Clone 1: 211CK,
Clone 2: 211CK,
Clone 3: 211CK,
Clone 4: 211 CK,
Clone 5: 211CK,
Esta: 1/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:
[/b][/b]

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Seg 25 Abr - 4:37


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN




ㅤㅤOs dois pelotões ouviam a ordem da kazekage com atenção e obedeceriam todas as suas ordens. Tal como dito e planejado por Altria, cada um dos ninjas citados por ela foi em direção a posição e a tarefa dada.

ㅤㅤO gigantesco furacão aproximava-se numa velocidade impressionante. Impressionante também foram os dois tornados enviados pela loira seguido pelo corte duplo energético provindos e seus Getsugas, que atingiram em cheio o tornado, mas não foram suficiente para para-lo. Em vez disso o impacto causado ao olho do furacão fez seus ventos poderosos se dissiparem em alta velocidade, aumentando drasticamente o raio de efeito e também o dano destes.

ㅤㅤAntes os ventos cortantes estavam presentes a 60 metros de raio do centro da tormenta, agora porém chegam a 200 metros de raio do centro até as bordas. O centro da tempestade depois dos ataques efetuados por Altria diminuiu seu raio para apenas 10 metros e seu cumprimento para 8 metros, porém ainda imensamente poderoso e muito mais rotativo, sendo capaz de repelir com mais ímpeto habilidades físicas. Com mais rotações por segundo há uma força colossal puxando os objetos em sua direção a medida que se aproximem de seu núcleo.


200 Metros de distância do olho do furacão: 5 De força para não ser puxado.
170 Metros de distância do olho do furacão: 6 De força para não ser puxado.
140 Metros de distância do olho do furacão: 7 De força para não ser puxado.
100 Metros de distância do olho do furacão: 8 De força para não ser puxado.
80 Metros de distância do olho do furacão: 9 De força para não ser puxado.
50 Metros de distância do olho do furacão: 10 De força para não ser puxado.

*puxado a 42m/s.

ㅤㅤSua trajetória ainda continuava em rota de colisão com Villéus, só que seus ventos eram muito mais perigosos agora e se a grande kazekage não agisse os portões da cidade seriam atingidos e logo em seguida toda ela. Apenas 500 metros separavam-no (o furacão principal) dos portões da cidade agora.

Considerações:
Objetivos:
Post 13/17
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Seg 25 Abr - 23:26

Apesar dos esforços das cópias da sombra do vento, estas não concluíram seu objetivo de findar com o tornado que seguia rumo a villéus sem quaisquer problemas. O contrário, porém, ocorreu: os furacões criados por estas apesar de terem sido parcialmente efetivos, também fizeram com que o tornado tomasse mais força, e criasse mais vórtices, reduzindo, porém, seu raio de ação. Os pequeninos, porém, dobraram sua efetividade, o que causou um certo receio na líder da areia. Talvez eu não seja o suficiente contra um desastre natural. Temeu, e fitou o furacão que se aproximava com ímpeto em sua direção. Altria, então, deixou suas cópias para trás e investiu com o máximo de velocidade contra a natureza, tecendo selos necessários enquanto seguia para dentro da área de efeito daquela técnica.

Os metros que a separavam do enorme furacão eram cortados em poucos segundos. Os primeiros duzentos metros foram fáceis, mas infelizmente para Altria, os ventos menores estavam mais atingindo maiores distâncias. Ainda sim, a garota não parou; sentiu dor, e sentiu a força do colosso puxá-la para o centro, cada vez mais forte a medida que cruzava a distância que os separava. Seu avanço era rápido, mas inferior a ela, o que lhe deu vantagem na investida. Um primeiro corte no ar para defender-se do tufão; o primeiro raio de energia. Mais selos, e um segundo. No fim, um terceiro uso de selos seguido de um terceiro disparo de energia. Todos os disparos foram acrescidos com energia natural proveniente do ambiente, aumentando sua força para visar a destruição do tornado. Este, porém, começou a puxar Altria de forma mais abruta, ao ponto desta não conseguir desvencilhar do próprio por um singular motivo: não era forte o suficiente para resistir. Sabia que, se fosse pega em cheio, seria seu fim. Desde seu avanço até o atual momento, onze segundos haviam se passado. Sete segundos desde seu avanço, ainda fora da área do vento, e mais quatro no mesmo, até chegar próximo o suficiente (52m) para disparar suas habilidades. Torceu para aquilo ser o suficiente, do contrário, morreria em meio ao deserto, tentando salvar seu povo.

Enquanto isso, a cópia da líder seguia junto dos demais ninjas, auxiliando-os na evacuação.

HP: 1205/2005, CK: 549/2015, CN: 75/400.
Clone 2: 211
Clone 2: 211
Esta: 2/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Técnicas ativas:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Ter 26 Abr - 18:48


Narrador: BLOODLAD

O VENDAVAL DE GUERRA

@MYRDDIN




ㅤㅤColocando sua vida em risco, Altria parte em direção ao olho do furacão para tentar encerra-lo. Enfrentando os poderosos ventos adjacentes que cortam e afligem sua pele. A cinquenta e dois metros do gigantesco tornado Altria o atacou com três rajadas de energia. A força do ataque foi até o núcleo da tempestade e a fez implodir e explodir, expelindo toda a massa de vento condensada em uma área de 250 metros quadrados. A pressão era tão colossal que varreria qualquer coisa que estivesse nessa área e não possuísse força 10 ou superior. A areia do deserto seria arremessada para os ares e permaneceria por mais de cinco minutos cobrindo toda a área.

ㅤㅤOs ventos, dessa distância, chegariam até a cidade de Villéus e teriam capacidade de destruir toda a fachada do vilarejo. A nuvem de poeira e areia com certeza vai chegar até a cidade, mas ela causará mais incomodo do que destruição.

ㅤㅤOs ninjas enviados por Altria estão atrás dos muros de Villéus tentando afastar os moradores do impacto do furacão.

Considerações:
Objetivos:
Post 14/17
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Myrddin
Kazekage
Myrddin
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA Ha1M73n

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado Ter 26 Abr - 22:47

O avanço da loira findou no êxito. O tufão de outrora cedeu, implodindo e explodindo num instante. Altria se pôs a correr na direção contrária ao mesmo com o máximo de sua velocidade. Os cortes que outrora sofreu em todo o corpo doíam, mas a garota não podia parar sua corrida de volta para o vilarejo. Os segundos que passavam eram aterradores; via, com os olhos lilases, toda a destruição que a explosão estava causando no terreno desértico que deixava para trás, e conforme avançava de volta para os portões do vilarejo, reparava que a explosão acometeria contra o mesmo. A líder da areia não findou sua corrida, pelo contrário, continuou a disparar rumo ao vilarejo para defender-se da mesma junto dos demais.

Suas cópias, por outro lado, rumavam em direção contrária: iam ao encontro da explosão nos portões: fariam de todo o possível para conter a mesma, protegendo os ninjas que estavam ali presentes, além dos civis que restavam. Para isso, usariam de suas habilidades na propagação de chakra para rotacionar e criar uma defesa que ajudasse os mesmos, além de sua própria conjuradora.

Altria estava recuada, cerca de duzentos e setenta metros de distância da explosão, junto dos demais, em sua frente. Protegia-os como deveria o fazer uma vez que era sua responsabilidade. Usaria do máximo de suas capacidades para desviar e defender a todos ali caso destroços voassem, ou quaisquer coisas que a colocasse em risco, ou aos demais.

HP: 1205/2005, CK: 1323/2015, CN: 225/400.
Clone 1: 61
Clone 2: 136
Esta: 3/8

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Técnicas ativas:
Itens:

_______________________

[CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA 4sh18xd
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [CAPÍTULO] O VENDAVAL DE GUERRA - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte