:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Outono
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[CENA] Paraíso Perdido. H2CH7xZ

Jim
Genin
Jim
Vilarejo Atual
[CENA] Paraíso Perdido. H2CH7xZ

[CENA] Paraíso Perdido. - Publicado 18/1/2022, 12:16




CAPITULO I - Paraíso perdido.
O recomeço.

O sol se punha, enquanto uma figura encapuzada em um manto negro sentava sob um rocha observava o horizonte. Seus pensamentos flutuavam alternadamente entre o passado e presente. Na sua infância lhe disseram que para entender o futuro, era antes necessário entender quem era, e da onde vinha.  Ainda hoje no presente, ele buscava esse mesmo entendimento. Assim que o reflexo de sua silhueta dissipou-se, e o sol por fim foi trocado pela lua, moveu-se pela primeira vez em horas.

Guiado pelas estrelas e por sua própria intuição continuou sua jornada. Não carregava consigo nada além de suas vestes, que consistiam em um manto negro que lhe mantinha aquecido contra o frio da noite no deserto e alguns trapos que vestia por baixo destes. Em sua cintura um cantil de água semi vazio após dois dias de racionamento e uma bolsa de suprimentos já quase vazia. Notavelmente não carregava quaisquer armas consigo, algo imprudente uma vez que fora do vilarejo poderia deparar-se com ladrões do deserto, e outras adversidades. Todavia não parecia preocupar-se. Estava certo de que para onde iria não precisaria de armas, tão pouco preocupar-se com a escuridão humana, afinal era sua própria arma, e tinha definido para si que a razão daquela jornada era unicamente isolar-se com sua própria escuridão,

- Solo.
- 216 palavras.
- 1/8
HP: (475 • 475) CH:(275  • 275)
ST: (0 • 4) VEL: (0m/s • 14m/s )
Objetivo':
Qualidades:
[CENA] Paraíso Perdido. H2CH7xZ

Jim
Genin
Jim
Vilarejo Atual
[CENA] Paraíso Perdido. H2CH7xZ

Re: [CENA] Paraíso Perdido. - Publicado 19/1/2022, 11:55



"Quem sou, ou melhor, quem ou o que eu deveria ser? Que tipo de vida deveria viver?" Questionamentos e incertezas rondavam sua mente, questões pertinentes a seu presente e futuro, assim como demônios do passado que não lhe deixavam dormir. Em suas lembranças mais recentes, um vívido pesadelo permanecia fresco, assim como o medo de vive-lo. O cheiro de sangue e o caos da destruição o cercavam enquanto "aquilo" se apossava de seu corpo. Seus braços enrijeciam enquanto faziam força para torcer o pescoço de uma pequena criança indefesa a porta da academia ninja. Gritos histéricos ao seu redor, e então apenas o silêncio restava. Sonho ou premonição? Podia um homem lutar contra sua própria natureza? E afinal, aquela maldição era sua natureza? Estava fadado a travar essa batalha consigo mesmo até o fim de sua vida, rejeitando seu real propósito?

Seus pés chegavam com alguma dificuldade ao topo da duna que havia se proposto a subir. Por um breve instante bebericava um gole da água que restava no cantil e permitia-se apreciar o vento que soprava, com a ausência de seu capuz. Seus olhos negros avistavam uma palmeira ainda a alguns bons metros de distância. Permitiu-se suspirar aliviado, como se finalmente houvesse encontrado o que estava procurando, e imediatamente voltou a caminhar.

- Solo.
- 214 palavras.
- 2/8
HP: (475 • 475) CH:(275  • 275)
ST: (0 • 4) VEL: (0m/s • 14m/s )
Objetivo':
Qualidades:
[CENA] Paraíso Perdido. H2CH7xZ

Jim
Genin
Jim
Vilarejo Atual
[CENA] Paraíso Perdido. H2CH7xZ

Re: [CENA] Paraíso Perdido. - Publicado 26/1/2022, 23:20



Quando seus pés finalmente se aquietaram, já estava abaixo da palmeira e sob a margem de um lago cercado de uma vegetação rasteira, típica do bioma. Esboçou um suspiro aliviado e enquanto pensou consigo - Finalmente. - Havia por fim encontrado seu tão preterido oásis, após dois longos dias de caminhada. Nesse período chegou a pensar  que nunca o encontraria, mas agora sentia-se recompensado por sua persistência indômita. Com alguma satisfação gastou alguns instantes ali parado  apreciando aquele paraíso perdido em meio ao deserto, afinal era extraordinário pensar que terras tão hostis poderiam abrigar um local como aquele.

Bebericou o que havia restado de agua em seu cantil, e logo se aproximou para abastece-lo sob a margem. Viu seu reflexo, junto da lua e da palmeira como plano de fundo, e nele viu um rosto sujo, e olhar cansado. Tirou o manto negro que lhe cobria o corpo, assim como as vestes por baixo deste, ficando nu sob a luz da lua, que iluminava as cicatrizes em seu corpo. Esticou-se e então saltou no lago, na sequência. Lavou-se aproveitando-se do momento para descansar seus músculos, relaxando enquanto olhava mais uma vez para o céu estrelado sob sua cabeça.

- Solo.
- 201 palavras.
- 3/8
HP: (475 • 475) CH:(275  • 275)
ST: (0 • 4) VEL: (0m/s • 14m/s )
Objetivo':
Qualidades:
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Paraíso Perdido. - Publicado