:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
O Dia Mais Claro
Arco 02
Ano 13 DG
Verão
Com o fim da guerra em Oto, o mundo estava se reajustando uma vez mais. Embora se vendo como inimigas, as Cinco Grandes Nações se reergueram novamente, cada uma à sua maneira. Suna e Iwa ainda se mantinham sem Kages, e em cada uma um conselho de alto nível foi formado. Em Kumo, Kagaya focou em deixar seus ninjas mais poderosos e passou a exigir deles ainda mais comprometimento em batalha. Kaden, mesmo emocionado com a difícil vitória, levou novas esperanças à sua vila, Konoha, e, aliviado pela renúncia de Kamata ao posto de Senhor Feudal, via na nova Senhora do Fogo uma forma de deixar tudo que aconteceu em Oto enterrado em Oto, para que todos seguissem em frente, para o futuro. Em Kiri, Jyu apresentou um novo investimento, e, agora, a vila investia na área cientifica, trabalhando com engenharia genética e mecânica; um jovem engenheiro, Moira O'Deorain, lançava um produto que alavancaria Kiri e todo o mundo ninja, sua nova criação: “Vita”. Ao mesmo tempo, saindo das sombras, a organização privada HYDRA se apresentava ao mundo, investindo pesado em tecnologia e criações para torná-lo um lugar melhor.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

[Filler] Verdade ou Mentira Templa23

Raves
Genin
Raves
Vilarejo Atual
[Filler] Verdade ou Mentira Templa23

[Filler] Verdade ou Mentira - Publicado 13/11/2021, 22:21

1150Palavras

Verdade ou Mentira

Falas | Pensamentos
A noite recaía sobre Kumogakure no Sato, trazendo a serenidade e beleza dos céus estrelados para o conforto dos isolados. Como era o caso de Hisoka Haruno, alguém que por mais "sociável" que fosse não conseguia fazer amizades verdadeiras, tampouco criar laços verdadeiros, afinal, sua principal característica era a mentira compulsiva. No entanto, qual a razão para alguém como Hisoka torna-se um mentiroso? Qual a razão para tal Haruno permanecer a sós voluntariamente? E o mais importante, qual a razão de seu nome e sobrenome? ...

"Mistério de Primavera".

Poderiam ser questões simples na visão de qualquer pessoa, no entanto, jamais alguém entenderia o quão importante são essas perguntas para Hisoka Haruno. A resposta poderia ser a mesma para todas, e novamente, poderia ser muito simples na visão de terceiros, mas para Hisoka Haruno eram chaves secretas que revelariam sua origem e suas reais motivações nesse mundo. No entanto, também não poderiam ser nada disso, aliás, tudo isso poderia ser mais uma grande mentira fabricada pela memória confusa de Hisoka Haruno... Mentira essa que ninguém parecia saber a verdade.

Nem mesmo Hisoka Haruno sabia a verdade, apenas sabia a mentira.

Sentado num dos rochedos distantes do vilarejo, tal Haruno contemplava o horizonte estrelado com sua expressão perdida em devaneios. Não se importava com regras, não se importava com moralidades, não se importava com nada. Hisoka não sabia nada, então não sentia nada e tinha nada a perder além da vida. A pouco tempo Hisoka descobriu que sofria com lapsos de memória, ou seja, seu próprio cérebro pregava mentiras compulsivas, Hisoka não podia confiar nem em sua própria pessoa, ou pior, ele não sabia nada sobre sua própria pessoa.

Em minha vida... O que é verdade e o que é mentira?

Você pensa demais. — Manifestava-se uma voz desconhecida, fazendo Hisoka saltar de onde estava para um local mais distante. — E estava de guarda-baixa, você colocou em risco sua própria segurança, sabe o quão difícil já é lhe proteger normalmente? — Pregava aquela voz, revelando-se num tom mais feminino do que a primeira vez, com sua figura sendo contornada pelas sombras numa silhueta escura.

Quem é você?! Proteger-me!? — A máscara estoica de Hisoka deslizava por alguns minutos, denunciando seu espanto com a situação e presença inesperadas. No entanto, entrando em posição de combate, tal Haruno logo retornava para sua persona enganadora. — Hey hey! Você não sabia que é falta de educação ficar bisbilhotando os outros? Isso não teria perdão, mas vou te perdoar caso se apresente. — Dizia de forma bastante tranquila, disfarçando seu nervosismo de instantes atrás. No entanto, a silhueta feminina parecia entender sua mentira fragilizada, expressando isso com um riso contido.

Relaxa, eu não vou te morder, ao menos não ainda. — As palavras saíam risonhas, mas logo retornavam ao seu tom natural. — Eu sugiro que você apenas ouça o que tenho a lhe dizer, não me revelei para você atoa, então não desperdice esse momento. — A silhueta feminina encarava Hisoka com olhos estranhamente carmesins, que brilhavam atraindo sua atenção, mas tal Haruno permanecia inerte de movimento e expressão após ouvir o anúncio.

Boa Haruno. — Dizia em total escárnio, saindo das sombras e finalmente revelando sua aparência. Uma jovem de idade próxima a de Hisoka, com pele clara e cabelos curtos pretos como a noite, seu vestiário igualmente escuro como o breu, exceto pelas luvas, grava e cinto avermelhados completando seu visual. Uma bainha longa também era notável em seu lado esquerdo, com seu cabo exposto denunciando a presença de uma arma laminada em seu porte.

Responda-me, o quanto você exatamente se lembra?

E do que exatamente eu deveria me lembrar? — Questionava um tanto apático, não querendo provocar alguma reação indesejada na desconhecida. — Não é todo dia que alguém se mostra interessado em minha pessoa mentirosa, então poderia ser mais clara e direta ao ponto? — O sorriso no rosto da garota ampliava em sua feição, estremecendo levemente Hisoka do que isso poderia indicar.

Muito bem, irei mostrar exatamente do que você deve se lembrar. — Com essas palavras a jovem desconhecida chegava perto de Hisoka e segurava-lhe nos ombros para encarar nos olhos, enquanto Hisoka permanecia imóvel no lugar, não somente por saber que não conseguiria fugir daquela garota, também por desejar saber o que aquela repentina presença significava em sua vida.

"Genjutsu: Sharingan!"

[...]

"De repente Hisoka se encontrava em outro local completamente diferente, mas não exatamente novo; tinha retornado para a guerra, assistindo tudo em meio ao caos se desenrolar, como se fosse algum telespectador infringido, um alguém impotente e arrastado para toda a desordem causada pelos mais fortes. No entanto, essa memória do passado estava diferente do que se lembrava, conseguia discernir e ouvir melhor os gritos eufóricos por todos os lados, sentia melancolia ao invés de frustração com a humanidade, era como se a perspectiva de outra pessoa naquela situação. Antes que pudesse pensar mais sobre tal sensação, uma mão pequenina puxava seu dedo e chamava por sua atenção, surpreendendo Hisoka por quem era a criança da situação.

Hisoka Haruno, enquanto criança, com seus olhos âmbar vidrados no campo de batalha que era Iwagakure. Uma chacina e destruição em massa aconteciam bem diante deles, mas Hisoka parecia estar com seus pensamentos em outro lugar enquanto assistia a tragédia, diferente do que se esperaria de uma criança com apenas cinco anos. Segurava aquela mão estranha com firmeza, certamente não querendo a solta-la, mas então a visão de uma poça de sangue embaixo dos pés de quem lhe segurava atraia sua atenção, surpreendendo mais uma vez ao ver o reflexo de seu rosto na poça.

Era a jovem de cabelos negros e olhos vermelhos, no entanto, também em sua versão criança de aparente cinco anos de idade. Ela parecia estar assustada, quase desamparada, no entanto, sentia uma onda de alívio ao sentir o toque da mão de Hisoka criança lhe segurar firmemente. Ao seu lado,uma outra mulher cabelos negros também observava o desastre, contudo, essa já era uma adulta na flor da idade, ela lhe encarava calmamente nos olhos enquanto dizia as seguintes palavras:

"Nossa filosofia é não uma verdade absoluta, mas a decadência da humanidade se tornará uma.""


[...]

Hisoka acordava em cima de sua cama, dentro de seu quarto e abrigo onde morava desde que se lembrava por gente. Sua cabeça girava horrores, a sensação do Genjutsu era como se tivesse experimentando a situação em tempo real e isso exigiu, de alguma forma, grande vigor físico de seu corpo para o súbito despertar. Muitas dúvidas percorriam sua mente, mais dúvidas surgiam a cerca da jovem misteriosa e da outra figura no sonho estranho; contudo, se aquilo tudo fosse verdade, algumas perguntas essências a cerca de sua origem e intenções estavam mais claras... Mas ainda longe de serem resolvidas.

No final, tudo isso foi verdade ou mentira?

[Filler] Verdade ou Mentira Hp210 HP: 375/375 [Filler] Verdade ou Mentira XQKY0 CH: 625/625 [Filler] Verdade ou Mentira 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 00/05  》

Considerações:
Resumo/Observações:
Filler de Status, +100 HP; 1000 palavras mínimas.

Aparência:
• De Gowther, Nanatsu no Taizai: link;
• Equipada uma Bolsa de Armas, presa na lateral direita da cintura;
Informações:

Status/Limites:
• Força: 0 (Base; máximo) = 0 FOR, -20 de Resistência.
• Velocidade: 1 (Base; um nível abaixo do máximo)  = 1 VEL, 6m/s.

• Armadilhas: 00/01 (2 INT: 1 armadilha a cada 3 turnos).

Forças/Defesas:
• N/A
• N/A

Custos:
• N/A
• N/A

Equipamentos:
Dentro da Bolsa de Armas - 1 (20/20 Espaço):
• 4x Kunai (04 Espaço)
• 16x Senbon (08 Espaço)
• 1x Fūma Shuriken (04 Espaço)
• 4x Hikaridama (04 Espaço)

Técnicas/Habilidades:
Estilos de Luta (00/03):
• N/A

Manipulações (00/02):
• N/A

Jutsus Básicos (00/--):
• N/A

Jutsus Ofensivos (00/02):
• N/A

Jutsus Defensivos (00/03):
• N/A

Jutsus Curinga (00/01):
• N/A

Invocações (00/01):
• N/A

Jutsus em Preparo (00/01):
• N/A

Jutsus Passivos (00/02):
• N/A

Jutsus Ativos (00/--):
• N/A

Descrições:
N/A


emme


Última edição por Raves em 14/11/2021, 18:58, editado 1 vez(es)
[Filler] Verdade ou Mentira Tumblr_oyil6vFimn1woo6vmo5_400

staz blood
Chūnin
staz blood
Vilarejo Atual
[Filler] Verdade ou Mentira Tumblr_oyil6vFimn1woo6vmo5_400

Re: [Filler] Verdade ou Mentira - Publicado 14/11/2021, 01:30


Situação: Aprovado
Consdeirações: -x-
Recompensa: +100 Status

_______________________

[Filler] Verdade ou Mentira Tumblr_o1s8xyBbQO1tlypw3o2_400

Some people feel what some people don’t
Some people watch until they explode
The meaning of life doesn’t seem to shine
like that screen


Resposta Rápida

Área para respostas curtas