NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Verão
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Senju Inazuma
3º Lugar
Raves
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Tensai
3º Lugar
Zireael
Os membros mais ativos do mês
Angell
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
791 Mensagens - 42%
Starfox
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
194 Mensagens - 10%
Zireael
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
160 Mensagens - 8%
Kurt Barlow
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
132 Mensagens - 7%
Zero
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
117 Mensagens - 6%
Tensai
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
112 Mensagens - 6%
Sevenbelo
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
106 Mensagens - 6%
Shion
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
105 Mensagens - 6%
Nan
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
88 Mensagens - 5%
Kaguya
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
86 Mensagens - 5%

Os membros mais ativos da semana
Angell
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
77 Mensagens - 39%
Kurt Barlow
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
23 Mensagens - 12%
Zero
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
19 Mensagens - 10%
Sly
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
18 Mensagens - 9%
Heavy
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
15 Mensagens - 8%
Raves
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
11 Mensagens - 6%
Tensai
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
11 Mensagens - 6%
Nan
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
10 Mensagens - 5%
Shion
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
9 Mensagens - 5%
Jow
[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_lcap[Cena] O Príncipe do Orfanato Voting_bar[Cena] O Príncipe do Orfanato Vote_rcap 
7 Mensagens - 4%


Raves
Chūnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110

Narrador: Raves

O Príncipe do Orfanato

@Tails

Os céus estrelados daquela noite de Outono, em Uzushiogakure no Sato, resplandeciam toda beleza que existia por detrás de tanta névoa. No entanto, a maioria dos habitantes preferiam aproveitar aquele período em suas casas; diferente da realidade de Taichi Miura, que no mesmo tempo era convocado ao QG do Redemoinho, devendo estar de prontidão para mais uma missão em nome de seu cargo.

Quando chegasse no local, Taichi encontraria um Jōnin sentando atrás do balcão de missões, já esperando a sua aparição. - Diversas crianças de um Orfanato começaram a desaparecer, curiosamente, todas até então possuíam alguma característica especial - como Kekkei Genkais -  sua missão será investigar a situação e manter a segurança das crianças durante a madrugada. - Explicava sem rodeios a missão do Miura, liberando-o na sequência para a realização de sua tarefa.

Ao chegar em seu destino, Taichi seria outra vez recepcionado por um adulto responsável pelo lugar, agora uma das aparentes funcionárias do Orfanato. - Olá, seja bem-vindo! Espero que possa ajudar com nossa causa, jovem Taichi. - Cumprimentou-o fazendo uma reverência, antes de continuar. - Por favor, não conte as outras crianças o motivo de sua vinda, deixa-las nervosas somente pioraria a situação, se precisar de alguma coisa pode me falar... - Dizia com uma expressão preocupada, olhando de longe as crianças que retornavam ao Orfanato após uma longa tarde de atividades e encontravam Taichi naquele cenário, a responsabilidade do chūnin começaria a partir dali.

Considerações:
Post 01/06

_______________________

Raves
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86897-fp-kuroko-shiin#713266
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86898-gf-kuroko-shiin#713272
Tails
Jōnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
ele se exercitava naquele início de noite com a mesma dedicação com que fazia todas as suas outras atividades. havia treinado os membros superiores do seu corpo algumas horas antes no campo de treinamento, e por isso, naquele momento, taichi se dedicava a trabalhar as suas pernas, exercício este que, aliás, ele detestava. estava numa série bastante profunda de agachamentos, sentindo seus glúteos serem forçados ao máximo a cada nova inclinação que fazia em direção ao chão. cada movimento correspondia ao pagamento de um pecado, mas ele insistiu, pois sabia que precisava aumentar a força e a resistência das suas medidas pequeninas.

magricela como era, taichi se esforçava para ganhar peso e para tonificar seus músculos. havia tomado ciência de que não deveria ficar dependente exclusivamente de seu ninjutsu, e por isso resolvera se dedicar ao desenvolvimento da potência física do seu corpo nos últimos dias. trocou o agachamento pelo avanço, exercício que ele sabia ser tão bom quanto àquele para o fortalecimento das coxas. trocava as passadas sem sair do lugar, usando o yamiton para aumentar gradativamente o próprio peso, envolvendo-se com a massa negra, de forma que seus músculos fossem expostos a cargas cada vez mais pesadas e ganhassem mais poder.

ele parara o treinamento pouco antes de receber a intimação que o instruía a comparecer no quartel general de sua vila. leu-a com atenção, procurando alguma informação extra que pudesse estar contida ali, mas quando finalmente aceitou que não haveria mensagens odificadas na branquitude do pergaminho, taichi se permitiu ir para debaixo do chuveiro. tomou um banho rápido, vestiu as roupas de sempre – regata branca, bermuda preta e o excêntrico chapéu panamá na cabeça – e tratou de se por na rua, com tails logo atrás no seu encalço.

você não precisa vir comigo sempre, sabe?” falou o garoto para o gato, que apesar de ter ido por livre e espontânea vontade, demonstrava mau humor por estar saindo tão tarde de casa. eles caminharam devagar até o ponto de encontro, adentrando no grande prédio com uma postura relativamente taciturna. taichi não estava disposto a chamar a atenção, por isso se manteve o mais discreto – considerando o adereço incomum que cobria seus cabelos – que conseguiu.

encontrou o jōnin rapidamente, e não se demorou em sua presença. absorveu todas as instruções que julgou necessário, e correu imediatamente ao orfanato. crianças como ele estavam sendo possivelmente sequestradas, e isso era o suficiente para que ele se obrigasse a não perder tempo naquela missão. por isso mesmo, fez uma mesura rápida quando cumprimentou uma das responsáveis pelo local, disparando a primeira pergunta quase que imediatamente:

você notou algo ou alguém suspeito nos últimos dias? talvez as crianças tenham demonstrado algum comportamento diferente antes de sumirem...” falou, mantendo a neutralidade no tom de sua voz, mas antes que pudesse ouvir a resposta, ele se virou para encarar os petizes que se aproximavam – muitos dele da sua altura, e sorriu para eles. um sorriso muito largo e sincero, cheio de amabilidade e simpatia.  


                                          • hit points 1575 | 1575 • chakra 2350 | 2350 • stamina 00 | 07 •                                           
                                                                       • word 01; 0565 • aparência •                                                                      
[ o príncipe do orfanato ]

referencial:
cactus

_______________________



「R」
Tails
Raves
Chūnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110

Narrador: Raves

O Príncipe do Orfanato

@Tails

Em questão de segundos, graças a empatia do jovem Miura, o chūnin do Yamiton se via cercado por diversas crianças entusiasmadas com sua presença. Uma avalanche de perguntas eram lançadas sobre sua pessoa, todos aparentavam achar que ele era uma nova criança que viveria no orfanato. Contudo, ao perguntarem "Você também possuí uma Kekkei Genkai?", um silencio de suspense foi instalado no local, com todos encarando Taichi e prestando atenção a reposta que esse daria.

Não parava por ai; das 20 crianças que poderiam se contar presentes - sem contar o chūnin - uma delas não estava tão animada quanto as outras. Muito pelo contrário, essa permanecia distante e olhava Taichi com um olhar sereno, mas ainda esboçando algum resquício de simpatia com sua pessoa. Um garoto de cabelos loiros e trajes azulados, que mais parecia um duque de tão pomposo, carregando consigo um bastão curto de madeira preso as suas costas...

- Minhas crianças! Deixem o nosso convidado respirar um pouco, enquanto isso, vão para os chuveiros e se preparem para o jantar. - Chamando a atenção de todos, a mulher orientava aqueles órfãos a seguirem para o andar superior do edifício, deixando ela e Taichi novamente sozinhos. - Desculpe-me, eles adoram novos visitantes a casa. - Comentava, antes de se permitir refletir sobre a pergunta de mais cedo. - Caso eles se comportassem de uma forma diferente antes de sumirem, certamente eu mesma já teria solucionado esse problema... Entretanto, é uma verdade que as crianças andam bastante assustadas e inseguras, devido a esses desparecimentos repentinos, principalmente o jovem Elric Azuma que costuma ser uma figura protetora dos demais... - Falou em tom de angústia, explicando tudo que aparentava saber.

- Você tem a minha permissão para explorar os arredores e dentro dos cômodos do orfanato, mas respeite a privacidade das crianças! Aliás eu vou preparar um ótimo jantar em breve, então aproveite quando eu chamar! - Terminava se retirando para a cozinha, dando a liberdade para que Taichi quisesse fazer em seguida...

Considerações:
Post 02/06

_______________________

Raves
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86897-fp-kuroko-shiin#713266
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86898-gf-kuroko-shiin#713272
Tails
Jōnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
taichi não esperava receber uma recepção tão calorosa, e por isso ele não conseguiu disfarçar o olhar surpreso tão logo fora cercado por todas as outras crianças. não se lembrava da última vez em que alguém se sentiu verdadeiramente feliz pela sua presença, e sentiu um afago em seu coração ao ser agraciado com boas-vindas tão sinceras vindas daqueles pequenos estranhos. ele diminuiu o sorriso, deixando um traço discreto entre seus lábios e um rubor em suas bochechas como demonstração de um estado vergonhoso, e levou a mão aos cabelos, empurrando o chapéu discretamente para coçar a própria cabeça.

bem... sim, eu tenho uma kekkei genkai...” respondeu, intercalando as palavras com risadinhas de constrangimento. a informação, no entanto, pareceu intensificar ainda mais a primeira conexão que tiveram, e taichi ficou feliz por não ser tratado com indiferença, como costumava acontecer em seus dias mais comuns, e por isso estava pronto para desenrolar uma conversa com os demais pequeninos antes de serem interrompidos pela cuidadora simpática.

taichi observou as crianças se afastarem, todas bastante alegres, e permitiu que seus olhos se demorassem no menino loiro de temperamento aparentemente mais comedido do que o dos outros. ele parecia mais responsável, taichi pensou, e talvez mais amadurecido quando comparado com as demais figuras de sua idade. tails percebeu o interesse do amigo no estranho, e arranhou o seu ombro levemente, para capturar a sua atenção, e direcioná-la de volta para a mulher que os recebera.

entendo,” disse, simplesmente, refletindo sobre tudo que acabara de ouvir. fazia sentido que estivessem todos bastante ansiosos, mas taichi esperava encontrar algo mais destoante que pudesse lhe entregar alguma pista sobre o sumiço de tantas crianças. certamente, o elo em comum entre os desaparecidos era um fator determinante, mas como uma kekkei genkai poderia indicar a ele o caminho daquela investigação?

ele agradeceu pela autorização recebida, despedindo-se temporariamente com uma inclinação discreta do seu tronco, e logo em seguida tratou de subir as escadas, seguindo pela mesma direção que havia visto as outras crianças correrem anteriormente. não estava satisfeito com a resposta obtida com a moça, e esperava conseguir informações mais consistentes – e francas – com seus semelhantes. desconfiado como era, taichi não descartaria a possibilidade de um funcionário do orfanato ser o responsável pelos desaparecimentos.


                                          • hit points 1575 | 1575 • chakra 2350 | 2350 • stamina 00 | 07 •                                           
                                                                       • word 02; 0425 • aparência •                                                                      
[ o príncipe do orfanato ]

referencial:
cactus
[/quote]

_______________________



「R」
Tails
Raves
Chūnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110

Narrador: Raves

O Príncipe do Orfanato

@Tails

Decidido a obter mais informações com outros funcionários, e subindo as escadas após a recepção, Tachi encontraria mais três funcionários/responsáveis pelo local espalhados em cada cômodo: Nozomi, a Faxineira; Hiroshi, o Diretor; e Gohan, o Instrutor.

A primeira era uma mulher adulta que trajava roupas domésticas e levava produtos de limpeza consigo. Sua personalidade era demasiadamente incômoda, visto que ela não parecia respeitar a privacidade dos outros para fazer seu trabalho, e também se autoproclamava uma das maiores incentivadoras para a criançada sentir orgulho de suas "habilidades especiais", embora elas sentissem mais desconforto do que realmente motivação. Geralmente, ela também é responsável para cuidar das crianças na maior parte do tempo.

O segundo era um senhor idoso que trajava roupas elegantes, como um terno e gravata a moda antiga, além de parecer bastante acomodado na sala onde estava. Ele contava brevemente que construiu tal orfanato com objetivo de proteger essas crianças, portadoras de genéticas especiais, da perseguição que muitas sofreriam sem a ajuda de um acompanhante. Hiroshi também contava mais sobre Kuroko, a cozinheira que recebeu Taichi, revelando que a mesma cresceu no orfanato e continuo ali trabalhando para ajudar na causa... mas apresenta uma profundo remorso por nunca ter sido adotada.

Por fim, o terceiro era um jovem rapaz que trajava roupas semelhantes a da faxineira, mas ainda diferentes o suficiente para diferenciar suas funções. Contava ser um recém-contratado no orfanato, e que havia saído da carreira ninja após perder o controle de sua Kekkei Genkai, e agora estava dedicado a ensinar aquelas crianças para que não cometessem os mesmos erros que ele. No entanto, também revela que Kuroko estranhamente não demonstrava sua habilidade única e que o velho Hiroshi aparentava ser o único a saber.

Conhecendo a estrutura interna e externa do orfanto, agora restava a Taichi, o responsável por aquela missão, saber organizar as informações e concluir alguma hipótese. A madrugada também se aproximava, as crianças logo iriam ser orientadas a dormir, mas para a sorte do Miura ele conseguiria algum tempo para dialogar com algumas delas caso fosse de sua vontade.

Considerações:
Post 03/06

_______________________

Raves
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86897-fp-kuroko-shiin#713266
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86898-gf-kuroko-shiin#713272
Tails
Jōnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
sentado no chão, de pernas cruzadas, taichi observa tails tomar seu precioso banho, com longas lambidas que percorriam todos os seus pelos, enquanto sua mente martelava as informações que havia recebido dos funcionários do orfanato. por um momento, acreditou fielmente que nenhuma coisa dita poderia lhe ser útil, mas taichi bem sabia que ele seria incapaz de seguir em frente sem antes filtrar todos os pormenores que pudessem ser inferidos de cada um daqueles relatos.

nozomi lhe parecia ser uma mulher normal, com trejeitos modestos e língua mexeriqueira, como era comum a pessoas da sua idade. sem dúvida nenhuma, gostava de dar pitaco onde não era chamada, mas a sua indiscrição, embora fosse um crime contra os bons modos, não a levaria para a prisão da vila do redemoinho. mas ela era também quem mais ficava na presença dos pequenos, o que deixava taichi intrigado, já que a faxineira não mencionara ter visto nada fora do comum.

outro que parecia fugir de qualquer mácula inicial era o criador do orfanato, um senhor elegante que demonstrava deter bastante apresso pelos seus residentes. taichi não conseguia enxergar uma relação óbvia entre ele e os desaparecimentos, já que estes eram demasiado recentes, contrapondo a idade que o garoto imaginava ter aquele local. ainda assim, não se permitiu descartar a possibilidade de estar de lidando com uma máscara de bom samaritano.

havia, ainda, o recém-contratado, de jeito modesto e coração aparentemente quente, e taichi não pôde deixar de pensar em como seria fácil culpá-lo pelo crime. era gohan o mais recente no quadro de funcionários, e, embora alegasse possuir uma kekkei genkai, ele não a demonstrava para ninguém... fato curioso quando não se tem controle sobre as próprias habilidades. mais que isso, o rapaz parecia manter uma relação mais estreita com o velho hiroshi, e por isso, pela primeira vez, taichi imaginou um cenário em que estaria lidando com uma quadrilha.

sua última suspeita recaia na cozinheira, notoriamente ressentida por nunca ter conhecido um segundo lar. ao menos, era o que dizia hiroshi, e o pequeno genin ponderou sobre a possibilidade de seu relato estar contaminado por segundas intenções. precisava de mais evidências, decidiu, logo antes de tecer os selos de invocação com as mãos e tocar o chão, transportando kuro para o orfanato. detalhou a missão e o contexto para o felino, e então pediu:

preciso que você investigue este local para mim. tente encontrar qualquer chakra malicioso, e tome cuidado caso esbarre com uma quinta pessoa por aí. se suspeitar de qualquer coisa, volte imediatamente, ok? você sabe onde me encontrar,” instruiu o genin, despedindo-se do animal para correr até onde estariam as crianças. caso as encontrasse, conversaria com elas de forma casual, fazendo perguntas corriqueiras sobre o local e os funcionários. taichi procuraria principalmente pelo menino loiro, figura que , mais cedo, lhe chamara bastante atenção.  


                                          • hit points 1575 | 1575 • chakra 2331 | 2350 • stamina 00 | 07 •                                           
                                                                       • word 03; 0515 • aparência •                                                                      
[ o príncipe do orfanato ]

referencial:
cactus

_______________________



「R」
Tails
Raves
Chūnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110

Narrador: Raves

O Príncipe do Orfanato

@Tails

Perspicaz e decisivo, Taichi demonstrava um bom raciocínio para aquela investigação. Ao invocar Kuro e solicitar a esse para que rastreasse as assinaturas de chakra distorcidas no local, o gato assentia e executava sua função sem hesitar. - WAAAAAH! - Entretanto, para o espanto do Miura, a Kuchiyose soltava um grito estridente no instante seguinte, virando-se em direção a casa com os pelos de seu corpo totalmente ouriçados. - Uma fonte de chakra obscuro, deslocando-se para uma grande concentração de forças menores! - Fora a única coisa que conseguiu dizer, antes de dissipar-se em fumaça pelo tamanho medo que sentia.

Primeiramente, o chūnin estaria agora enfrentando o pior inimigo de todos: o tempo. O menino teria que deduzir em qual cômodo aquelas fontes de chakra se encontravam, e torcer para que sua escolha fosse a correta, do contrário, significaria o fracasso de uma de suas missões. Estranhamente, as luzes do Orfanato pareciam ter queimado justo naquele momento, deixando o ambiente mais escuro e tenso para qualquer um presente, e para seu azar, Taichi não conseguiria encontrar nenhum dos funcionários pelo caminho...

No meio da escuridão, depois de algum tempo, uma esfera de luz surgiria para guiar o chūnin, ou então ajuda-lo a enxergar caso encontrasse o cômodo certo, permitindo-o avistar o que mais parecia ser um demônio com roupas domésticas. Sua pele amarronzada, presas afiadas e chifres ressaltavam ainda mais aquela presença intimidadora, porém suas vestes faziam aquela imagem grotesca se aproximar dos monstros contados nas histórias para crianças más obedecerem. Talvez fosse a vez dele, Taichi Miura, de aprender a ser obediente e deixar de ser uma criança levada.

[Cena] O Príncipe do Orfanato Templa12

Considerações:
Post 04/06

_______________________

Raves
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86897-fp-kuroko-shiin#713266
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86898-gf-kuroko-shiin#713272
Tails
Jōnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
antes que pudesse se afastar, taichi foi surpreendido com a reação inesperada de sua invocação, e sentiu um calafrio percorrer sua espinha ao testemunhar o medo de kuro frente a um terror desconhecido. engoliu em seco, antes de virar-se para correr atrás da fonte daquele mal, aumentando a sua velocidade até o limite do seu condicionamento, sem importar-se em poupar energia num momento como aquele. nem mesmo a falta de luz foi suficiente para fazê-lo diminuir a sua pressa, e era notória, pelo seu semblante, a sua determinação.

tails, seus sentidos são melhores que os meus. ache as crianças, por favor!” pediu ao amigo quadrúpede, que agora estava com as patas bem firmes no ombro do pequeno chūnin. não era um animal dado a muitas responsabilidades aquele, mas taichi sabia que poderia contar com a ajuda do parceiro quando realmente precisasse. por isso, ele confiaria plenamente em tails e em sua percepção felina, seguindo pelos corredores até que o gato identificasse, através da audição e da visão, o cômodo onde provavelmente estariam as crianças desprotegidas.

a falta de funcionários era incômoda, mas nada deixou taichi mais apreensivo do que o globo de luz pairando no ar misteriosamente. sentiu-se tentado a persegui-lo quando ele começou a se mover, mas igualmente apreensivo, supondo tratar-se de uma armadilha. ainda assim, seguiu em frente, lembrando-se de uma historinha que lera, quando mais novo, sobre um pequeno bruxo ruivo que encontrou seus dois amigos, ao confiar numa esfera luminosa como aquela. depositando a fé que detinha em sua intuição, ele perseguiu a bolota brilhante até se deparar com um... demônio?

o garoto não era supersticioso, mas taichi nutria algumas crenças particulares, como a existência do destino e da boa sorte. apesar disso, ele jamais acreditou em ōnins, pelo menos não no sentido literal da palavra. mas lá estava um monstro à sua frente, distante de tudo que ele já vira, botando em cheque as convicções que detinha até então. preparou-se para atacar, antes de ser abruptamente interrompido por um insight inesperado. o bicho não parecia querer avançar imediatamente, ele percebeu, e seus olhos correram rapidamente pelo cômodo a fim de certificar o bem-estar das outras crianças.

não posso deixar que ele toque no pessoal, ” murmurou para si mesmo, suficientemente baixo de forma que apenas tails conseguiria ouvir, se estivesse prestando atenção. mas o gato estava com sua atenção voltada exclusivamente para a presença demoníaca, e não percebeu quando o amigo condensou o chakra pelo próprio corpo e liberou uma grande cortina negra pelo recinto, inundando o ambiente em trevas tão escuras que nem mesmo o rei do inferno conseguiria enxergar através delas.

prudente e extremamente reativo, taichi não atacaria a não ser que tivesse certeza de onde viria a fonte do terror captada por kuro, medroso demais para estar ali e dizer se era aquela criatura a verdadeira responsável pelo chakra maligno. por isso, logo depois de usar o primeiro jutsu, sem sequer ter certeza de que o uchū: muryōkūsho seria efetivo, ele intensificou a sua energia em uma das mãos, de densidade tamanha a ponto de manifestar-se sob o roxo muito escuro característico do garoto, e moldou a grande massa de fumo, que anunciava seu jutsu ominosu nebyura: seiiki, para prender o primeiro que fizesse qualquer movimento suspeito dentro do recinto.  


                                          • hit points 1575 | 1575 • chakra 2269 | 2350 • stamina 01 | 07 •                                           
                                                                       • word 04; 0610 • aparência •                                                                      
[ o príncipe do orfanato ]

referencial:
cactus

_______________________



「R」
Tails
Raves
Chūnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110

Narrador: Raves

O Príncipe do Orfanato

@Tails

Graças aos sentidos superiores de seu mascote, Tachi conseguia encontrar o demônio a tempo. As crianças estavam mais ao fundo da sala, todas juntas e encolhidas tentando se mantar longe do monstro, e mais a frente o loiro de trajes azuis tinha seu corpo envolvido pela mesma luz que guiou Taichi e recriava outra esfera luminosa que atingia a criatura com exímio poder.

Mesmo com sua ferocidade presente, o demônio era subjugado pela técnica de aprisionamento do chūnin, além da cegueira proporcionada pela cortina escura do mesmo. No entanto, azaro do Miura, de repente um imenso buraco surgia sobre a cabeça do menino e dele uma avalanche de areia de ferro despencava, soterrando Taichi sem que esse pudesse fazer algo a respeito. Alguns feixes luminosos eram escutados nesse meio tempo, mas o chūnin só voltaria ao presente quando Azuma o liberava da prisão de areia feita pelo monstro.

- Obri-Obrigado! - Falava a Taichi, com um semblante que mesclava a vitória e o temor no rosto. - Essa é a primeira vez que vimos, eu também demorei a encontra-la para... impedir que alguém sumisse. - Sua voz parecia exausta e um tanto ressentida, revelando certa gastura de tudo aquilo. Olhando para os arredores, não seria difícil deduzir o que aconteceu naquele período que esteve incapacitado. Azuma conseguiu proteger as crianças, graças as técnicas de Yamiton que permaneciam em campo, mas em contrapartida a besta conseguiu fugir do local sem deixar rastros. - Me desculpe, eu esqueci de me apresentar. - Falou agarrando as mãos de Taichi às suas, enquanto esboçava um sorriso desajeitado ao chūnin. - Eu sou Azuma, e obrigado, de novo! -

As luzes retornavam ao normal; enfim, Azuma parava de emitir seu Hikariton e decidia procurar pelos funcionários do orfanato. Taichi também poderia fazer o mesmo, entretanto, ao olhar para os céus perceberia que a madrugada já havia passado, ou seja, suas missões por ali haviam terminado. Bastava apenas retornar ao QG do Redemoinho e relatar tudo que descobriu durante a missão.

Considerações:
Post 05/06

_______________________

Raves
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86897-fp-kuroko-shiin#713266
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86898-gf-kuroko-shiin#713272
Tails
Jōnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
uma profusão de habilidades inundou todo o recinto, com luz, trevas e areia de ferro dançando juntas num baile de terror e desespero. taichi acreditou que tudo ocorreria bem, até ser soterrado por uma quantidade absurdamente grande de satetsu, que o prendeu debaixo de uma montanha de ferro.

praguejou mentalmente, lembrando-se de seu pai. aquela era a kekkei genkai de taro miura, infeliz coincidência que deixou um gosto amargo na boca do garoto. taichi passara a maior parte da sua infância sendo subjugado por aquele jutsu, e agora, mais uma vez, havia sido invalidado pela extensão de seu genitor. era como se taro nunca fosse deixá-lo ser verdadeiramente livre, como se seu fantasma estivesse atrelado permanentemente à existência do chunin, e taichi sentiu vontade de chorar.

mas resistiu.  

conteve as lágrimas enquanto prestava atenção no que acontecia lá fora, escutando sons incomuns que o fez pensar em feixes de luz. quando finalmente ficou livre, viu que a criatura havia conseguido se livrar de seu jutsu de aprisionamento de alguma forma, mas que mais nenhuma criança havia desaparecido com ela.

ele sorriu para o outro garoto, aliviado. cumprimentou-o e estendeu a mão, dizendo seu próprio nome como retribuição, e depois voltou a caminhar pelo orfanato em busca da saída. ainda estava incomodado com a ausência dos adultos durante aquele pandemônio, e não se sentiu verdadeiramente confortável para abandonar o local sem se assegurar de que saberia que o problema havia finalmente sido solucionado.

me desculpa por te invocar de novo, kuro, mas desta vez a situação está mais tranquila. só preciso que você vigie o local, e me conte se alguém agir de forma suspeita. alguma coisa atacou as crianças durante a madrugada, mas não estou convencido de que ela era a única fonte do problema. seja discreto e não seja visto, ok?” instruiu ao gato, logo antes de retornar ao quartel general para fazer seu relato.  


                                          • hit points 1575 | 1575 • chakra 2254 | 2350 • stamina 01 | 07 •                                           
                                                                       • word 05; 0343 • aparência •                                                                      
[ o príncipe do orfanato ]

referencial:
cactus
[/quote]

_______________________



「R」
Tails
Raves
Chūnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110

Narrador: Raves

O Príncipe do Orfanato

@Tails

Decidindo entregar seus relatórios antes de qualquer coisa, e após deixar Kuro vigiando as redondezas do Orfanato, Taichi se retirava do local a caminho do Quartel General do Redemoinho. Muitas coisas se passavam pela mente do jovem Miura, o sentimento desconfortante que sentia não era atoa, ainda existiria trabalho a ser feito naquela estranha missão.

Quando chegava ao QG principal, reencontrava-se com o mesmo jōnin que lhe atribuiu a missão, e após relatar tudo que se passou, o superior levava sua destra ao queixo em reflexão. - Isso é problemático... - Comentou, mantendo seu olhar distante dali. - Todos são possíveis de serem suspeitos, mas nada do que trouxe poderia ser suficiente para concluir algo, infelizmente. - Informou sem enrolações, porém. - Todavia, você cumpriu com as missões que lhe foram dadas, usaremos dessas informações ao nosso favor e ganharemos tempo até o próximo ataque desse... "monstro". - Voltou seu olhar a Taichi, entregando-lhe as recompensas da pequena investigação.

- Eu não me importaria de você continuar investigando, para falar a verdade, isso apenas facilitaria nosso trabalho, então... mantenha seus olhos abertos naquele Orfanato, se possível. - Terminou se despedindo ali, tragando um pouco do cigarro que carregava no bolso, liberando o jovem Miura de suas tarefas... por enquanto.

Considerações:
Post 06/06

_______________________

Raves
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86897-fp-kuroko-shiin#713266
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86898-gf-kuroko-shiin#713272
Tails
Jōnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
[Cena] O Príncipe do Orfanato EDbNctR
a apreensão deveria fazer parte daquele tipo de missão, já que taichi não se sentia realizado ou satisfeito com o desfecho daquela história. pelo contrário, o garoto não conseguia afastar o sentimento de angustia por não ter descoberto verdadeiramente o que era aquela criatura, ou sequer se ela possuía algum aliado dentro do orfanato. sua mente ainda processava os rostos dos funcionários, tentando associá-los ao ser, procurando traços comuns que pudessem ligar fisicamente uns aos outros, mas nada parecia se encaixar com precisão suficiente para ele cravar uma sentença.

por hora, tentaria se contentar com o pouco que havia conseguido, e fez uma mesura discreta, porém demorada, como agradecimento pela recompensa. deu as costas ao seu superior, e saiu da sala a passos lentos, deixando que o tempo agisse sobre si para conseguir aliviar toda a tensão que aquela missão havia lhe causado. ainda precisava se atualizar com as novas informações coletadas por kuro, mas taichi não se sentia verdadeiramente disposto a fazer aquilo naquele momento. o gato, provavelmente, já havia deixado o local, e estaria aguardando para ser invocado novamente, a fim de fazer o seu relatório; mas o pequeno chūnin estava cansado demais para fazer qualquer coisa que não fosse tomar um bom banho e dormir. decidiu que deixaria essa história para outro dia.

agora, taichi só queria ir para casa.


                                          • hit points 1575 | 1575 • chakra 2254 | 2350 • stamina 01 | 07 •                                           
                                                                       • word 06; 0244 • aparência •                                                                      
[ o príncipe do orfanato ]

referencial:
cactus

_______________________



「R」
Tails
Raves
Chūnin
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110
[Cena] O Príncipe do Orfanato Print110

_______________________

Raves
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86897-fp-kuroko-shiin#713266
Gestão de Fichas : https://www.narutorpgakatsuki.net/t86898-gf-kuroko-shiin#713272
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido