>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 10:
RemanescentesAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Outono
Últimos assuntos

Kaleesh
Genin
Kaleesh
Vilarejo Atual
Ícone : [MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) 6933430-LKYUVFLR-32

http://narutorpgakatsuki.net

[MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) - em 30/8/2020, 23:46

I - Muros da Vila

Pintar os muros das casas que foram atacadas desde o último ataque soava bastante monótono e relativamente idiota para Leonhart, que prezava acima de tudo a si mesma. Apesar disso, um shinobi é um shinobi e independentemente da situação ele deve o honrar o nome de sua vila, por menor e mais irrelevante que seja o serviço. A Garota deixou sua casa logo cedo e despediu-se de seu pai. Como de costume, visualizou a mãe passando na rua mas evitou até mesmo contato visual - Agora demonstrando sua seriedade, mas ao mesmo tempo tristeza e solidão a qual ela vêm passando há tantos anos desde que seu irmão partiu deste mundo. A garota que antes resplandecia com curiosidade e felicidade agora tornou-se uma parede na questão emocional, desaprendendo a sorrir e até mesmo conversar com as pessoas. Para ela, tudo o que importava a partir de agora era ela  - E somente ela. Seus únicos amigos além de seu pai eram suas marionetes, as quais a garota conversava. Mesmo sendo seres inanimados, na visão de Annie eles eram justamente amigos pelo simples fato deles nunca terem a audácia de se virarem contra ela ou sequer afrontarem/questionarem a garota. Ela ainda era bastante conversativa com seu pai por ter sido a única pessoa a apoiá-la durante todo esse período praticamente infernal aos olhos da garota, que agora, como uma kunoichi em nome de Iwagakure no Sato, deveria fazer tudo o que os seus superiores mandassem. Ela odiava receber ordens, mas o que fazer, não é mesmo? Não demorou muito até chegar na na casa a qual ela deveria prestar serviços - Um senhor a aguardava na entrada e permitiu sua passagem ao ver de quem se trava. Sendo assim, ela iniciara seus serviços sem nem mesmo cumprimentar o homem. Ela não sabia o que dizer ou como se expressar, então preferiu manter o silêncio.

- "Todos os dias eu sonho com a mesma coisa. Será que eu vou ter paz algum dia? Por que logo ele? Era uma pessoa tão boa e inocente...Isso não devia ter acontecido! Foi minha culpa, eu sei disso...Eu tomei uma decisão patética e isso custou a vida de meu irmão..Nunca vou poder me perdoar por isso...Minhas memórias agora me assolam e eu não posso fazer nada além de continuar chorando..?" - Pensava consigo mesma, refletindo sobre a perda de seu irmão, mesmo 5 anos após o fato.

Cumpriu o trabalho com deveras velocidade pois não havia nada de interessante acontecendo ao seu redor, e além disso, suas mãos eram rápidas e precisas, o que fez com que o serviço fosse bastante adiantado. Após o final do mesmo, despeçou-se do  velho, que agradeceu imensamente a garota e explicou que havia uma condição que o impedia de trabalhar. Annie então deu uma resposta genérica ao senhor e mal tentou forçar um sorriso, mas o homem parecia entender. Um shinobi não era suposto a demonstrar emoções...Mas será que Annie ao menos ainda continha algum sentimento humano?
HP: 200 / 200 | CH: 200 / 200 | ST: 00 / 02

Palavras: 502

Missão:

Rank D — Reformas da Vila
Descrição: Desde o último ataque a vila está sendo reconstruída, e você como um jovem ninja deve colaborar. Sua missão é pintar muros e cercas por toda a vila.
-
Kaleesh
Genin
Kaleesh
Vilarejo Atual
Ícone : [MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) 6933430-LKYUVFLR-32

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) - em 30/8/2020, 23:56

II - A Floricultura

Já a segunda missão da garota havia sido iniciada logo após a primeira, pois sua demanda nos dois local havia sido requisitada praticamente ao mesmo tempo. Priorizando os muros para depois focar-se na floricultura, a garota agora media passos até o estabelecimento onde flores eram comercializadas. A dona do local disse que voltaria em breve e que estava a caminho de retirar uma determinada quantidade de Ryos de seu banco para investir no próprio estabelecimento, e que a garota deveria cuidar do mesmo enquanto ela não retornasse. Missão dada é missão cumprida, e Leonhart pôs-se a ficar no caixa. A loja era bastante movimentada e regularmente clientes entravam, interessados nas flores e também alguns se distraindo pela b ela aparência de Annie, que ficava cada vez mais vermelha quando alguém a olhava diretamente por conta de sua timidez. A garota atendeu algumas pessoas durante o período em que a dona teve que se afastar e não teve quaisquer problemas com a clientela  - Que inclusive se mostrou ser bastante respeitosa e até mesmo paciente com a garota, que era extremamente tímida e mal sabia conversar direito sem travar em determinado momento ou simplesmente ficar vermelha demais e com vergonha de continuar. Regularmente estalava os dedos para não se sobrecarregar e conseguiu levar o comércio de seu próprio jeito até que a bendita comerciante retornasse. Quando a mulher retornou, percebeu que a pequena Annie havia cumprido seu trabalho com maestria - E mesmo escondendo a maioria dos fatos de como conseguiu passar vergonha diversas vezes em um só dia, ainda foi parabenizada pela dona. Dispensada, Annie em breve retornaria a sua casa para enfim descansar. Havia sido outro dia chato e monótono...Até quando isso vai continuar?

HP: 200 / 200 | CH: 200 / 200 | ST: 00 / 02

Palavras: 286

Missão:

Rank D — Floricultura da Vila
Descrição: A garota que cuida da floricultura agora é uma Kunoichi médica muito atarefada. Sua missão é cuidar da floricultura enquanto ela está fora. Se tem alergias a flores, utilize uma máscara.
-
Bahko
Genin
Bahko
Vilarejo Atual
Ícone : -x-

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72644-ficha-bahko?nid=5#555839 https://www.narutorpgakatsuki.net/t72645-gf-bahko#555844

Re: [MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) - em 31/8/2020, 11:24

Ok

_______________________


Bahko


|Ficha|GF|Banco|Template|
-
Kaleesh
Genin
Kaleesh
Vilarejo Atual
Ícone : [MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) 6933430-LKYUVFLR-32

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) - em 31/8/2020, 18:06

III - Aluno Desaparecido

Mais um dia irrompe-se aos céus de Iwagakure, e a jovem Leonhart é surpreendida quando seu pai lhe aparece com um pergaminho em mãos. Aparentemente, um shinobi veio entregar tal missão a garota, e por estar mais próximo, o velho fez o favor de pegá-las para sua filha. Annie deixou de cuidar das plantas de seu quintal para dar atenção à missão, e aparentemente era uma de Rank D, como as duas últimas. Sem perigo algum presente nas mesmas, ela não se via na obrigação de utilizar suas marionetes para cumprir tais missões. Ao abrir o pergaminho oficial do gabinete da Tsuchikage, ela depara-se com a seguinte mensagem:

Rank D — A Procura
Descrição: Recentemente um estudante da Acadêmia Ninja sumiu. Sua missão é encontrá-lo e trazê-lo de volta ao vilarejo.

Na primeira leitura, estranhou que esta missão tenha sido ranqueada como uma do tipo "D" - O mais baixo para ninjas, sendo que praticamente qualquer um seria capaz de realizá-las sem muito esforço. Mas bem, se ela foi considerada desse nível é porque possivelmente deve ser um aluno que acabou se perdendo por aí, então a garota deveria procurá-lo antes que o pior possa acontecer. Quando mais tempo é passado, mais chances do ranqueamento de tal missão ser aumentado. A Garota despediu-se de seu pai e saiu de casa às pressas, visando deixar os portões da vila para encontrar o estudante. Demorou algum tempo até finalmente descobrir o que se passava. Por conta de seu intelecto superior, ela não demorara muito a notar que haviam marcas estranhas padronizadas - Pegadas deixadas na terra que levavam até uma pequena mata. Detrás de uma grande árvore, grunhidos. A garota aproximou-se com cuidado e viu que se tratava de uma criança de no máximo 7  ~ 8 anos de idade, que chama pelos pais. Aparentemente havia se perdido, e a garota então fez o trabalho de levá-lo de volta a academia, como pedido na missão. Sinceramente, para Annie isso foi mais uma perda de tempo do que uma missão...Mas ela não estava no direito de reclamar.


HP: 225 / 225 | CH: 225 / 225 | ST: 00 / 03

Palavras: 354

_______________________

[MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) Fbf10aec4fed2657ebf540a3f98e5af1

 
"Neste mundo nada é tão fictício quanto a paz."
Ficha | Banco | GF | CJ | CM
-
Kaleesh
Genin
Kaleesh
Vilarejo Atual
Ícone : [MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) 6933430-LKYUVFLR-32

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) - em 31/8/2020, 18:15

IV - A Flor Púrpura

Esta missão fora entregue para Leonhart pouco depois de seu retorno à Iwagakure na última missão. Esta, por sua vez - Não era exatamente mais difícil, mas certamente tomaria mais tempo da garota do que ela esperava. Um pergaminho fora entregue por um ninja de rank Jounin que se encontrava logo fora da Academia Ninja. Ele não disse muito para a genin, que ainda o observava com seus olhos desinteressados, como sempre. O pergaminho fora deixado em suas mãos e o shinobi de alta patente deixou o local como um flash, mal dando tempo da jovem vê-lo em movimento. Abrindo o objeto, uma mensagem se encontraria, pedindo para que a genin encontrasse uma flor púrpura muito rara que cresce em uma montanha relativamente distante do local em que a mesma se encontra agora, apenas aparecendo nesta exata estação do ano. Sendo um material medicinal raro, a garota não daria mole. Imediatamente deixou o local e viajou até a montanha, que se encontrava no horizonte. Correu por cerca de 25 minutos até chegar aos pés da grande estrutura de rochas naturais, também observando que seus arredores eram gramados e bem vivos. Em meio às inúmeras orquídeas e roseiras, existia uma única e solitária flor de coloração roxa, que aparentemente era incandescente e retinha a luz solar para si mesma. Aproximou-se da planta e a retirou com cuidado para não causar quaisquer danos à mesma, temendo que ela perdesse seus efeitos medicinais caso danificada. Após a coleta, retornou para a vila e entregou-a aos ninjas médicos que a aguardavam na Academia Ninja. Os mesmos agradeceram a garota pelos seus serviços e a dispensaram, então dado fim a mais uma missão.

HP: 225 / 225 | CH: 225 / 225 | ST: 00 / 03

Palavras: 280

_______________________

[MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) Fbf10aec4fed2657ebf540a3f98e5af1

 
"Neste mundo nada é tão fictício quanto a paz."
Ficha | Banco | GF | CJ | CM
-
Bahko
Genin
Bahko
Vilarejo Atual
Ícone : -x-

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72644-ficha-bahko?nid=5#555839 https://www.narutorpgakatsuki.net/t72645-gf-bahko#555844

Re: [MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) - em 31/8/2020, 18:25

Ok

_______________________


Bahko


|Ficha|GF|Banco|Template|
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [MISSÕES D] - Annie Leonhart (砂鉄) -

-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.