Acesso Rápido
10 anos onlineNaruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Estação: VerãoAno: 69DG
RemanescentesHanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência.
A AlvoradaUzushiogakure e Sunagakure estão reconstruídas, marcando uma nova era para as nações shinobi, que agora são cinco uma vez mais. Os Shodaime Kazekage e Mizukage comandam as novas gerações de seus vilarejos, iniciando uma série de planos governamentais para garantir que o mal não os assole como ocorreu no passado.

[Missão C] O assalto
  
Reegs
Jōnin
Reegs
Vilarejo Atual
Ícone : [Missão C] O assalto  B565365e1c63965a757f241f93dc7d56

https://www.narutorpgakatsuki.net/t69033-fp-reegs https://www.narutorpgakatsuki.net/t69330-mod-ag-reegs

[Missão C] O assalto - em 4/3/2020, 00:12


Narrador: @Reegs

O assalto

@Starrk

O anoitecer do vilarejo vinha tranquilamente e conforme a lua prevalecia nos céus os habitantes de Kumogakure, pelo menos a maioria, iam as suas camas. Entretanto aqueles que trabalhavam até tarde permaneciam em suas rotinas diárias o que era o caso daqueles funcionários bancários que estavam prestes a terminar suas tarefas para se retirarem às suas moradias. Mal eles sabiam o que os esperavam e logo foram surpreendidos por um grupo de bandidos comandados por um homem chamado Kazuki, que parecia ter conhecimentos e habilidades de um Shinobi. Em outras palavras, uma pessoa perigosa.

A situação e o alarde causado pela a invasão daqueles bando de ladrões logo chegaram aos ouvidos do alto escalão que não exitou em fazer um pedido a um de seus mensageiros para avisar o Ninja mais próximo dos arredores para se mobilizar até lá. A sorte do alto escalão foi que a pessoa mais próxima era um dos mais primissores Ninjas, apesar de sua baixa patente. E assim foi feito, aquele que foi ordenado a passar a mensagem e a missão de última hora correu pelos becos e vielas de Kumo buscando a casa de Zakuro.

Considerações:
Post de introdução, nada demais aqui. Narre estar na sua casa fazendo o que quer que seja e lá ira ter que receber um mensageiro que deixará uma carta e o aviso sobre a missão de última hora. Se prepare e então vá até o local, chegando encontre uma forma de tenta entrar no Banco sem ser percebido ou opte pela a força bruta mas não narre derrota-los logo de cara caso seguia essa opção.

Palavras mínimas: 400
Post 1/3

_______________________

-
Starrk
Chūnin
Starrk
Vilarejo Atual
Ícone : [Missão C] O assalto  4AKOx5v9_400x400

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Missão C] O assalto - em 4/3/2020, 01:21

Oi, eu sou Zakuro!

No porão da casa ouviam-se os golpes ecoando, sim era eu, acertando com ganchos e cotoveladas um velho saco com um monte de restos e outras coisas dentro que eu nem me lembro o que era só havia colocado lá dentro para fazê-lo pesado. Subi em sequência para me hidratar, já fazia algumas horas que eu estava ali este foi o meu passatempo enquanto estava de plantão fazendo a minha escolta ninja. Tudo quieto e silencioso, longe dos demais do jeito que eu gostava de ficar; Me hidratei enfim com 4 copos grandes de água e pretendia tomar um banho rapidinho para voltar a algum lugar alto o bastante onde ninguém me achasse e eu pudesse continuar de plantão até o final do expediente; foi quando bateram a porta. Eu peguei de imediato a minha hip-pouch que havia retirado para treinar socos e a coloquei, coloquei também minha blusa branca com uma linha em vermelho pois não havia achado o uniforme da vila e eu sabia que não tinha amigos e a essa hora da noite se bateram a minha porta é porquê algo grande estava acontecendo. Abri a porta e ouvi o que o tinha a dizer não respondi absolutamente nada só acenei com a cabeça e fui na direção onde estava acontecendo a invasão.

Saltei de casa em casa o mais rápido que eu podia e tentando não fazer muito barulho para não me notarem tão facilmente, o que geralmente é difícil já que sou muito grande - principalmente em comparação aos outros gennins da minha idade, pulava sempre nos locais mais escuros ou não havia iluminação de modo que só eu pudesse ver onde estava indo e evitassem me ver, pousei no telhado acho que fiz um pouco de barulho e é possível que tenham me notado, mas a missão tem de ser executada a qualquer preço. Eu tenho que admitir, não sou muito inteligente para esse tipo de coisa, mas tenho força para quebrar o banco, decidi saltar o mais alto que pude e entrei de uma só vez - tentei fazer o menor estrago possível ao telhado. Saquei uma kunai e os observei a uma pequena distância de sete metros, para minha sorte fui rápido pois os larápios estavam se safando e levando junto do dinheiro o sucesso da minha missão, algo que eu jamais perdoaria. Fitei-os encarando tentando intimidá-los, não demonstrei medo algum pelo contrário não quis fazer um ataque surpresa talvez eles pudessem ser melhor do que o saco de pancadas que eu havia feito com aqueles trapos, talvez eles tenham sido enviado para alegrar a minha noite surrando cada um deles.


Zakuro
HP: 475/475 CH: 225/225 ST: 00/03
Jutsus utilizados:
Armas e afins:
Kunai: 07 Shuriken: 07 Kemuridama: 06
Considerações:
Meu personagem tem esta aparência Aqui.
Meus movimentos são a dez metros por segundo vide databook. Hip-pouch presa a cintura como usada tradicionalmente.

Bom, meu post foi bem simples eu quis apresentar um pouco do Zakuro e a sua personalidade antissocial/individualista. Quebrei um determinado pedaço do telhado com a minha força, mas é bem pequeno considerando a minha idade; Apenas para intimidar os bandidos. Acho que é só isso. Considero-os a minha frente

_______________________

[Missão C] O assalto  ROccvbO
Ficha
''Todas as pessoas vivem confiando na sua sabedoria e no seu conhecimento, e ficam presos a eles. Eles chamam isso de "realidade". Entretanto sabedoria e conhecimento são ambíguos, deste modo, a realidade não é nada além de uma ilusão. As pessoas vivem baseadas em suas próprias crenças. Não é agradável para pensar, Convidado ?''
-
Reegs
Jōnin
Reegs
Vilarejo Atual
Ícone : [Missão C] O assalto  B565365e1c63965a757f241f93dc7d56

https://www.narutorpgakatsuki.net/t69033-fp-reegs https://www.narutorpgakatsuki.net/t69330-mod-ag-reegs

Re: [Missão C] O assalto - em 4/3/2020, 01:58


Narrador: @Reegs

O assalto

@Starrk

A chegada rápida do Gennin de Kumo foi estupenda, sua entrada improvisada com base na força bruta fazia parte do telhado quebrar e se desmoronar. Os bandidos que haviam sido encarregados de levar os lucros de seu assalto se intimidaram a primeira vista mas logo notaram que se tratava de uma criança e bastante confiantes largaram tudo que havia em mãos para iniciar um combate. Kakuzi aquele que comandava o grupo de sete homens tomou a frente da situação após a entrada triunfal do Zakuro.

Seus movimentos rápidos e seus pensamentos ainda mais ligeiros o fizeram reagir a situação em instantes e quando o fez chamou a atenção de Zakurou com um grito - Não se mova! - Esse homem traiçoeiro dotado de uma velocidade anormal se posicionou atrás de um dos funcionários que haviam sido amarrados empunhando em mãos uma simples kunai que mirava o pescoço da vítima. Seu sorriso irônico perante a situação aparentemente favorável brotou em seu rosto - Se não quiser que ela morra, recomendo que não faça nada! - O jovem shinobi se via encurralado perante a situação. Talvez se tivesse pensado melhor na forma de abordagem que tivesse não estaria naquele dilema e agora precisava lidar com um ataque combinado de todos os bandidos visando nocauteá-lo o mais rápido possível.

Considerações:
Gostaria que não narrasse os acontecimentos e o cenário em volta, muito menos o que os npcs estão fazendo, obrigado. Aqui você se encontra em uma situação complicada. Sua entrada exageradamente chamativa fez com que o Líder dos ladrões tomasse a dianteira e fizesse uma refém. Precisa fazer uma escolha difícil levando em conta a situação que está no momento. Boa sorte.

Palavras mínimas: 400
Post 2/3

_______________________

-
Starrk
Chūnin
Starrk
Vilarejo Atual
Ícone : [Missão C] O assalto  4AKOx5v9_400x400

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Missão C] O assalto - em 4/3/2020, 03:16

O sucesso da missão(!)

- Uma das principais virtudes de um ninja é estar sempre no comando, sabendo o que fazer o sucesso é só questão de tempo. Era o que meu pai me dizia e vagamente me passou pela cabeça enquanto fitava aqueles homens, todavia, o comando a qual eu estava pensando ter foi embora e me colocou numa verdadeira enrascada quando o que aparentava ser o chefe deles avançou numa velocidade que eu só consegui acompanhar vagamente com os olhos, quando o vi com clareza novamente ele segurava uma Kunai contra o pescoço de uma trabalhadora que ali se encontrava e que eu devia estar protegendo. Duas das coisas que mais odeio estava acontecendo, falhar numa missão e estar sob pressão. Eu mereci, foi soberbo da minha parte achar que não havia nenhum qualificado o bastante para me enfrentar diretamente, ouvi a ameaça que o rapaz fez sinalizei com as mãos como quem se rende e abaixei a kunai que estava em minha mão com movimentos lentos, o mais lento que podia afinal não queria pagar para ver então levei lentamente a Kunai de volta a hip-pouch com a mão esquerda enquanto com a direita ainda sinalizava rendição.

Uma explosão aconteceu e o lugar se encheu de fumaça e simultaneamente eu avancei até o rapaz com a direita engatilhada pronta para nocauteá-lo, todavia, optei por um desferir um chute voador contra seu rosto no intuito de afastá-lo da moça e com as mãos, agarrá-la para que a mesma não se ferisse. Havia errado uma vez, não queria repetir o erro e deixar os civis completamente desprotegidos eu estava pronto para lutar mas avançando com socos e chutes contra qualquer um que tentasse se aproximar dos mesmos. Continuei calado, estava firme mas acho que devido aos exercícios anteriores estava começando a sentir um pouco a fadiga com um mix de tensão sobre mim, a fumaça não durou muito e eu só aguardava para atacar, até pra mim que não é tão inteligente sabia que a minha única chance era acabar com todos de uma vez e fazer isso sem expor os funcionários era deveras complicado.

O chute a qual desferi contra o rapaz só confirmou que ele era muito rápido mesmo pois eu tinha quase certeza de que ele havia esquivado ou evitado de alguma forma o golpe, não sei como mas eu sentia isso, o foco ali agora era derrotá-los todos e era isso o que eu iria fazer desferi um soco contra a parede lateral do banco abrindo uma pequena fenda que permitia a passagem dos reféns _ Vão! Ordenei, enquanto corri pela parede até os bandidos buscando atacá-los com diversos golpes revezando entre socos e chutes de todo o repertório de meu Taijutsu no intuito de nocauteá-los, por fim saltei para longe enquanto virei no ar mirando uma shuriken contra o grupo de bandidos. - Tomara que eles tenham conseguido fugir... pensei.

Zakuro
HP: 475/475 CH: 225/225 ST: 01/03
Jutsus utilizados:
Ki Nobori no Shugyō
Rank: E
Descrição: Ki Nobori no Shugyō é um método de treinamento utilizado para obter mais habilidades com controle de chakra. Esta formação envolve focalizar uma quantia fixa de chakra para o fundo do seus pés, e usar isso para subir em uma árvore sem utilizar as mãos. Se o fluxo de chakra é muito fraco, o usuário perderá sua posição na árvore e cair. Se ele for muito forte, o utilizador irá ser empurrada para longe da árvore, fazendo com que a árvore se quebre em torno do ponto de contacto com o utilizador.
Armas e afins:
Kunai: 07 Shuriken: 06 Kemuridama: 05
Considerações:
Meu personagem tem esta aparência Aqui.
Meus movimentos são a dez metros por segundo vide databook. Hip-pouch presa a cintura como usada tradicionalmente.

Bom, bem difícil a situação que me colocou até porque não tenho nenhum jutsu kkk mas vamos lá, basicamente eu fingi me render para usar a bomba de fumaça na intenção de assustar o bandido com a refém e afastá-lo, tentei um golpe caso ele não se afaste espontaneamente. Criei o buraco de fuga para atrair os bandidos a virem na direção e eu pudesse enfim nocauteá-los com o meu taijutsu + força bruta, usei o Ki Nobori no Shugyo para andar pela parede para que os ataques fossem mais diretos e mais difíceis de se esquivar, mas meu ataque é só isso mesmo socos e chutes. Espero que baste, me colocou pra pensar as 3 da manhã kkkkk

_______________________

[Missão C] O assalto  ROccvbO
Ficha
''Todas as pessoas vivem confiando na sua sabedoria e no seu conhecimento, e ficam presos a eles. Eles chamam isso de "realidade". Entretanto sabedoria e conhecimento são ambíguos, deste modo, a realidade não é nada além de uma ilusão. As pessoas vivem baseadas em suas próprias crenças. Não é agradável para pensar, Convidado ?''
-
Reegs
Jōnin
Reegs
Vilarejo Atual
Ícone : [Missão C] O assalto  B565365e1c63965a757f241f93dc7d56

https://www.narutorpgakatsuki.net/t69033-fp-reegs https://www.narutorpgakatsuki.net/t69330-mod-ag-reegs

Re: [Missão C] O assalto - em 4/3/2020, 03:35


Narrador: @Reegs

O assalto

@Starrk



A explosão causada pela repentina bomba de fumaça assustou a todos, até mesmo os funcionários. A fumaça alastrava-se depressa pelo recinto e surpreso perante a situação a única coisa a qual não esperava era dois pés voando contra seu rosto. Kazuki mal conseguiu livrar-se do golpe, se não fossem seus reflexos iria leva-lo em cheio. Entretanto as coisas ainda não eram um mar de rosas para os ladrões, principalmente para o Líder deles que acabava de receber um golpe direto, que se não tivesse respondido a tempo o teria feito desmaiar devido a tamanha força aplicada na voadora.

Com a ajuda da fumaça atrapalhando a vista de todos o jovem Shinobi dominado tomou uma decisão rápida, essa a qual o levou quebrar a parede mais próxima criando uma saída segura para aqueles civis e logo seguiu para o combate direto com os demais. Cambaleante e um tanto zonzo Kakuzi pode apenas observa parte do desenrolar da batalha até ficar pronto e quando se tocou melhor da situação, todos os seus capangas já haviam sido derrotados. Sua única saída e escolha, levando em conta seu estado físico, era a fuga e assim o fez. Simplesmente abandonou seus companheiros de assalto e em sua velocidade máxima disparou para a saída sem pensar duas vezes - Merda, não devia tê-lo subestimado... - Estava evidente e claro como o dia que sua expressão facial havia mudado e tudo o que lhe restava era medo e o desespero.

Considerações:
 Devido ao golpe forte que acabou levando, apesar de ter de alguma forma absorvido boa parte do dano, Kakuzi se encontra fraco e debilitado. Isso afetou diretamente sua condição física e agora você o consegue acompanhar. Ele está correndo e abandonando seu grupo na máxima velocidade que pode, aqui você terá duas opções: Finalizar a missão e ignora o Líder ou Terminar o serviço e captura-lo.

Em qualquer uma das escolhas a missão está concluída, você precisava apenas deter o assalto e assim o fez. Entretanto recomendo segui-lo pra dar um 'destaque' a mais no uso do atributo força, entende? Pode narrar derrota-lo da forma que quiser, se optar por essa opção claro.

Palavras mínimas: 400
Post 3/3

_______________________

-
Starrk
Chūnin
Starrk
Vilarejo Atual
Ícone : [Missão C] O assalto  4AKOx5v9_400x400

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Missão C] O assalto - em 4/3/2020, 04:17

El Directo!

- O espadachim mais forte não é necessariamente o vencedor, é a velocidade! Da mente e do corpo. Foi o que meu pai me disse na primeira vez que ele me deixou usar a sua espada, Shinsou, e esta citação me veio a cabeça pois eu encontrava-me num dilema oposto, a minha força foi o que derrotou a velocidade daqueles hábeis larápios que tentaram assaltar o banco da vila, eu não era tão rápido quanto eles mas eu compensava em força e a cada golpe sentia-me mais forte e sentia seus corpos mais lentos eu os golpeava com toda a habilidade do meu Taijutsu acertando-os com tanta força que se conseguissem falar ou reagir antes do meu movimento eles iriam pedir para que os matasse ou iriam fazer eles mesmo. O mais ágil e o que revelou-se ser o líder daquele bando de bandidos estava fugindo, ele era muito rápido todavia meu golpe foi forte o bastante para minar a sua resistência e reduzir assim a sua velocidade a ponto de, eu consigo acompanhá-lo agora. Os outros bandidos usei de minha força para finalizá-los com chutes impiedosos no estômago e posteriormente desmaiando-os acertando seus rostos, assim é melhor pois outros poderiam pegá-los e prendê-los.

Desisti de ficar apenas olhando aquele cara tentando fugir, a missão de fato foi cumprida e isso era desde o início o meu único objetivo e foco total mas porquê este cara resolveu atacar? Não era da minha conta, mas era de terceiros então me impulsionando com toda a minha energia comecei a persegui-lo sem deixar que escapasse golpeei seu estômago jogando de volta para onde estava o sangue que escorria de sua boca era satisfatório ver que o meu Taijutsu era eficiente, afinal é a única arma que tenho a meu favor e preciso aprimorar sempre. Corri e reuni todos os bandidos do lado de fora do banco, estavam completamente fora de si e não representavam mais nenhum perigo a vila e nem a ninguém _ Se você tinha energia para fugir, tinha também para lutar, covarde! Disse mesmo sabendo que era impossível qualquer um deles ouvir uma sequer palavra, na verdade foi mais pra um pensamento em voz alta ou uma reflexão que tive.

Estavam ali, o grupo de bandidos capturados e eu me preparando para sair dali com o dever cumprido, o tempo que antes estava letárgico passou depressa nesse tempo em que eu estava ocupado com a missão e o meu expediente estava prestes a acabar, sentindo uma evolução eu dei a missão como concluída e saí deixando para trás aqueles imbecis e pensando na próxima tarefa, o que será que farei? enfrentarei inimigos mais poderosos? preciso me fortalecer para não ter de improvisar e isso que era um breve pensamento tornou-se o meu foco.

Zakuro
HP: 475/475 CH: 225/225 ST: 02/03
Jutsus utilizados:
Armas e afins:
Kunai: 07 Shuriken: 06 Kemuridama: 05
Considerações:
Meu personagem tem esta aparência Aqui.
Meus movimentos são a dez metros por segundo vide databook. Hip-pouch presa a cintura como usada tradicionalmente.

Missão concluída, acredito eu né kk Estou me retirando, como novo nesse sistema narrei deixar os bandidos com terceiros ao fim da minha patrulha. Aguardo a gratificação.

_______________________

[Missão C] O assalto  ROccvbO
Ficha
''Todas as pessoas vivem confiando na sua sabedoria e no seu conhecimento, e ficam presos a eles. Eles chamam isso de "realidade". Entretanto sabedoria e conhecimento são ambíguos, deste modo, a realidade não é nada além de uma ilusão. As pessoas vivem baseadas em suas próprias crenças. Não é agradável para pensar, Convidado ?''
-
Reegs
Jōnin
Reegs
Vilarejo Atual
Ícone : [Missão C] O assalto  B565365e1c63965a757f241f93dc7d56

https://www.narutorpgakatsuki.net/t69033-fp-reegs https://www.narutorpgakatsuki.net/t69330-mod-ag-reegs

Re: [Missão C] O assalto - em 4/3/2020, 12:43

@

_______________________

-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Missão C] O assalto -

-


  
 
Ir para Primeira Mensagem

Layout desenvolvido por Akeido, Dorian e Naru
Naruto RPG Akatsuki (2010 - 2020)
Hospedado por Criar um fórum grátis - FORUMEIROS.com
.