Naruto RPG Akatsuki
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Bem-Vindo
tópicos recentes
Primavera
O fim da guerra trouxe a paz, junto com a oportunidade das vilas prosperarem e crescerem. O Nascer do Sol se aproxima trazendo uma nova leva de Kages que querem expandir seu território. A primeira reunião dos Senhores Feudais está marcada, onde irão debater o futuro de Otogakure, atual colônia de Kumogakure e palco da última Grande Guerra.
11 DG
ShionFundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
AngellAngell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Sr.LSr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549
OblivionOblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
SalvatoreSalvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234

Página 1 de 1
Ícone
Convidado

Anteriormente

Anos se passaram e uma longa espera terminou, garantimos que nossa terra poderia finalmente viver em paz. Mas, ainda é necessário ter máxima atenção, grupos menores surgem e mais fortes do que nunca. Meu time está encurralado, um dos meus garotos está ferido e precisamos de ajuda para nos livrar desses protótipos de vilões. Vai ser perigoso, mas darei cobertura para vocês no acesso ao vilarejo, estamos abrigados próximo dos portões. Seu nome é Yakushi Nyorai, apesar de não poder reconhecer a sua posição, garanto que não tenha alcançado o nível médio, pesa ao seu favor que está em um grande número e eu também devo me policiar em muito para não prejudicar meus alunos. Conto com reforços.

LaRousse


Veja esses idiotas de Numa no Kuni, eles não tem medo de morrerem? – Esbravejava o responsável por atribuir as missões naquele dia. A contragosto ele estava preenchendo a vaga de um colega que havia faltado justificadamente. – Porcaria, eu deveria estar lá pessoalmente para acabar com essa brincadeira... Deixe-me ver, nós já temos em campo um Jõnin e esse grupo não deve ser assim tão organizado, já que estão em um grande número e apelando para a força bruta. Acredito que um Chūnin e três Genins deva ser o suficiente. – O homem então passou a verificar nos registros e principal instrumento para desempenhar sua função, aqueles disponíveis dentro do vilarejo e que poderiam executar a missão. – Aqui estão vocês. – Passou a escrever uma carta de atribuição.

Atualmente

Caro Kirin Hayato,

Você foi selecionado para uma missão em Numa no Kuni, ao abrir está carta se encaminhe para o portão para a saída, imediatamente. Trata-se de uma missão em conjunto, com outras três pessoas. Uma vila rival quer começar uma guerra contra a nossa vila, e eles mandaram o seu melhor ninja, Yakushi Nyorai. Seu dever é procurar esse ninja e vencê-lo. Um espião nosso que está na vila inimiga mandou as coordenadas que o ninja poderá estar.

Atenciosamente,

Escritório de Admissão de Missões.

Com sua velocidade aguçada, era de imaginar que seria o primeiro a chegar ao local. August, Melusine e Raa chegavam na sequência, com o primeiro sendo o responsável pelo quarteto. – Olá, me chamo August, apresentem-se, digam suas principais qualidades e então iremos nos retirar. Depois disso me sigam e mantenham cautela. – Diria.


Considerações:
Narre o recebimento da missão, o percurso até o portão, a espera, o arco-iris, etc. Eles chegarão após você. Procure demonstrar os cuidados que o seu personagem teria em uma missão.

Observações: --

Missão-C: 0/3

@gnomera
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado

--Kirin Hayato--
250HP:250CH:Stamina: 0/3: Velocidade ( 6 m/s): Selos(2 s/s)
Mais um dia raiava em meio ao rigoroso inverno de Kumogakure, pequenas brechas na cortina, permitiam raios de sol adentrarem em meu recinto, agredindo minha visão sensível de quem acabará de acordar. Coragem era necessária para encarar baixas temperaturas fora do cobertor, entretanto, meu estômago alertava sobre a hora de alimentar-me, o que iria comer? o de sempre, ovos mexidos e um copo de café, sim, um copo! o corpo necessitava de toda a energia que pudesse obter, principalmente ao escutar batidas em minha porta, algo incomum naquela hora da manha.
Um mensageiro entregava-me um pergaminho, solicitando minha presença no portão de entrada, e explicando sobre a missão, um sorriso, um tanto quanto psicopata se abre em meu rosto, porém logo o retraio, observando a cara de duvida do mensageiro, que logo ia se despedindo e mandando-me apressar o passo. Mal podia acreditar, um dia diferente me aguardava, e dessa vez... combate real era o caso.
Com a empolgação em minha mente, coloco minha roupa diária referente a essa estação do ano e pego minha bolsa de itens. Já me encontrava preparado na porta de casa em uma velocidade absurda, movido apenas por empolgação... aquele copo de café também poderia ter interferido um pouco..

O grande portão de Kumogakure me encarava, enquanto tentava firmemente segurar o café da manha, que batia em minha garganta como o mensageiro batia em minha porta, talvez um pouco de calma seria bom, aproveitando que ninguém havia chegado, me sento esperando meus companheiros tentando esconder ao máximo minha empolgação, mostrando seriedade e profissionalismo em minha feição. Após alguns minutos, meu time temporário ia chegando, até que todos estavam reunidos. O encarregado pergunta sobre nossas capacidades em combate e estratégia, esperando os outros responderem finalmente chega meu turno.

- Bom, me considero um bom usuário de nintaijutsu, com alta velocidade e força, espero que consigamos realizar nossas tarefas com sucesso, podem contar comigo!

Não era muito de expor minhas habilidades assim, porem era necessário naquela situação, visto que nunca havíamos lutado juntos, então nossas habilidades eram desconhecidas naquele meio.

A missão se dava por inicio, nosso deslocamento se iniciava, tentava sempre manter uma velocidade igual a de meus companheiros, sempre observando ao redor por possíveis armadilhas e locais suspeitos, por mais fácil que pareça, manter uma velocidade menor que a minha normalmente era extremamente complicado, as vezes um passo mais veloz me deixava um pouco a frente de meus companheiros, fazendo-me regular cada passo dado como se fosse um golpe, o combate se dava inicio ali, eu contra meu próprio corpo.
O caminho era relativamente longo, diferentes paisagens se faziam presente, fazendo-me questionar se a beleza dos arredores de Kumogakure podia ser subestimada como eu mesmo fazia, porém não podia me deixar distraído, a missão era o foco, e precisava estar preparado para qualquer situação que viesse a acontecer.  
Considerações:
Vestimentas


Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
Eu estou encaminhando para ser uma potência quando o assunto é Genjutsu. Posso criar diversas armadilhas e manipulo armas como shurikens, kunais, afins, com maestria. – Respondeu Melusine. – Eu, bem, sou boa na arte do Ninjutsu, mais precisamente no campo elemental Suiton, posso ser uma boa suporte. – Completava Raa. – Certo, todos apresentados, podemos partir.

Hayato, aquele que poderíamos chamar de linha de frente do grupo, assumia a retaguarda, com August na frente e Melusine e Raa nas laterais esquerda e direita, respectivamente. A corrida perdurou por cerca de vinte minutos até que o quarteto se encontrasse no topo de uma montanha, que fazia divisa com aquele vilarejo, vigiando uma vasta floresta de selva, cheia de plantas nunca antes vistas. O ambiente parecia calmo. Se isso fosse verdade ou apenas aparência, ainda não se sabe, mas por enquanto poderiam ficar esperançosos. Não muito longe, cerca de vinte metros, poderiam ver o portão desbotado, reforçado pelas muralhas altas que o apoiavam e as silhuetas de dois guardas.

Nesse intervalo que havia chego à vizinhança, poderiam confirmar a passagens de veículos com certa facilidade. Os guardas apenas revistavam o motorista e conferiam em um formulário de controle e saída, dificilmente o que estava atrás, junto da mercadoria, era verificado. Em um acostamento próximo, um senhor na idade dos sessenta anos, com a sua carruagem parada, descarregava sua mercadoria ali mesmo, no chão, com dificuldades. – Tive uma ideia, mas pode ser perigosa. Podemos pegar carona com um dos comerciantes, mas para isso deveríamos conhecer a índole da pessoa. Alguém se manifesta ou talvez tenha uma outra sugestão em mente? – Perguntava.

Considerações:
O portão é próximo desse, aqui. Você que manda, qualquer dúvida sabe onde me encontrar.

Observações: --

Missão-C: 1/3

@gnomera
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado

--Kirin Hayato--
250HP:250CH:Stamina: 0/3: Velocidade ( m/s): Selos(2 s/s)
Finalizando nossa viagem, nos deparamos com um grande portão, a grande barreira era nosso primeiro obstáculo, o vai e vem dos comerciantes era uma ótima oportunidade de entrar discretamente, porém explorar outras opções e compartilhar-las era um meio mais eficaz de avaliar a situação de diversas perspectivas.
As opções iam sendo compartilhadas por todos do grupo, até que August expõe sua opinião, era realmente uma boa, respondo ao mesmo.

- Eu irei na frente, com minhas vestes menos chamativas, irei ajudar o comerciante e quem sabe assim ele nos oferece uma carona, e se algo der errado, Malusine pode atingi-lo com um genjutsu, fazendo-o apenas dirigir a carroça enquanto nós nos escondemos atrás.

Então assim o fiz, com minhas vestes discretas e meu chapéu de palha, me aproximo do comerciante, oferecendo minha sincera ajuda, enquanto agarro uma caixa cheia e pesada e a coloco no lugar, com um sorriso carismático em meu rosto pergunto ao senhor.

- Estou vendo que o senhor está com uma certa dificuldade para descarregar sua mercadoria, o que acha de eu ajuda-lo e em troca, o senhor apenas me da carona até minha casa dentro do vilarejo, que tal?

Se esse fosse o caso, iria dar o sinal, ordenando meus companheiros a entrar sigilosamente na carroça, enquanto eu e o senhor iriamos na frente da mesma.


Considerações:
Vestimentas


Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
O comerciante estava já bastante cansado quando Hayato passou a ajudá-lo em sua tarefa, o que aliviou a carga sobre ele. Sua mercadoria consistia basicamente em frutas, legumes e verduras orgânicas. – Olha só, e eu que achava que esses jovens de hoje em dia eram todos acomodados. – Dizia. Esse intervalo de tempo foi o suficiente para, entre um carregamento, uma pausa e uma última caixa, o grupo entrar na parte traseira da carruagem, colocando na parte de cima uma bandeira amarela que deveria sinalizar a posição do grupo para só aqueles que conheciam o código os reconhecer. – Agora que a carruagem está abastecida, eu precisarei repassar os meus produtos para frente. Que tal você me ajudar nessa tarefa? Posso te recompensar por isso. – Aquela era uma oportunidade de ouro que estava sendo dada para acessarem o vilarejo.

Como já presenciado anteriormente, os guardas não praticavam nenhum controle rigoroso. A máxima tensão se dava em conta a uma encarada um pouco mais acintosa por parte de um dos guardas.Todavia, cerca de dez metros dentro do limite do vilarejo, poderiam conferir uma fila de três veículos sendo parados e investigados. – Isso não é normal. – Alegava o comerciante. Cerca de quatro ninjas faziam a busca pelos veículos. Um entre eles olhava tudo de fora, com uma carta nitidamente amassada em suas mãos.

O primeiro veículo passou, bem como o segundo e o terceiro, restando apenas a carruagem que os Kumonins estavam instalados. – Com licença, prezados. Interceptamos uma carta que diz que Kumo está enviando um grupo de reforços, por isso, estaremos investigando a carruagem de vocês.

O motorista e Hayato que estavam nos bancos da frente do veiculo estavam assegurados e até então não chamavam a atenção, a preocupação deveria se dar com aqueles que estavam na parte traseira. Se olhasse para o lado de fora da janela do passageiro - direita - da carruagem, cerca de sete metros, para o homem que carregava a carta e liderava aquela investigação, poderia ver um dispositivo de identificação na altura do seu coração o nome 'Yakushi Nyorai' estampado. Cicatrizes que chegavam da parte inferior da bochecha direita, correndo em direção aos lábios finos e terminando sob o olho direito, como uma lembrança divertida de aventuras proibidas, eram as suas principais características. Pelo flanco esquerdo, por trás de um gabinete levantado para a segurança, sorrateiramente aqueles que estavam vindo resgatar ficavam a espreita para lograr fuga. Como responderia o nosso protagonista?

Spoiler:
Observações: Manda ver, use a criatividade e qualquer dúvida só dar um toque.

Missão-C: 2/3

@gnomera
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado

--Kirin Hayato--
250HP:250CH:Stamina: 0/3: Velocidade ( 8 m/s): Selos(2 s/s)
O papo furado de ajudar o senhor nos garante uma vantagem em relação ao inimigo, um verdadeiro cavalo de troia os esperavam, a sinalização ao meu grupo ocorre, enquanto eu e o senhor nos encaminhamos a frente da carroça, um pouco mais a frente uma surpresa surge, fiscalização inesperada e justo o alvo principal no comando, seria isso realmente ruim? poderemos finalizar a missão ali mesmo, sem nem mesmo prejudicar algum civil, porém observo o senhor ao meu lado, com um sorriso em seu rosto, sem nem mesmo entender a gravidade da situação... isso me deixava, preocupado..

Observando a situação rapidamente uma luz paira sobre nós, o reforço se encontrava presente, somente esperando um sinal, essa era a hora.
Um assovio é dado, comandando o ataque, meu alvo? Yakushi, somente sua feição me incomodava, com o sinal dado, agarro meu chapéu, o lançando para o ar, com o objetivo de chamar atenção para o mesmo, meu objetivo era curto e simples, eliminar o alvo. Com o meu chapéu ainda no alto salto do carroça em direção a Yakushi, não sabia nada sobre suas habilidades, então uma análise antes de ataca-lo seria necessária. Primeiro, uma kunai é lançada na direção de sua cabeça, desferindo ainda uma rasteira em alta velocidade, se acertasse, e o mesmo caísse no chão um soco no estômago seria o próximo movimento, me afastando um pouco do mesmo por segurança, na esperança que meu time cuidasse dos outros guardas.  

Considerações:
Vestimentas


Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
O seu próprio corpo era a sua principal ferramenta. As ações, por mais simples que parecessem ser, tinham sua importante função dentro do combate. O ataque inesperado de Hayato pegou os criminosos desprevenidos e permitiu que os seus colegas, na parte de trás da carruagem, saltassem para fora do veículo, apoiando assim aqueles que vieram buscar e que chegavam pelo flanco esquerdo. – Eles são em muitos. Não podemos entrar achando que podemos vencê-los, mas sim driblá-los para a retirada. – Ordenou LaRousse.  

O adversário de Hayato, diferente daqueles grandes ninjas que possuíam até mesmo uma pericia no campo, mostrava-se um mero amador. Talvez fosse dai as cicatrizes expostas no seu rosto. Destro, sua primeira ação foi um ataque com sua espada, na vertical, de cima para baixo. Antes de lançar sua kunai, porém, Hayato poderia confirmar, com um olhar minucioso, que ao erguer o braço o seu adversário apresentava uma grande abertura e um tempo de reação escasso, não obstante, Raa, sua aliada, fazia duas manipulações simples em formato de luva, com o elemento Suiton, que cobriam a extensão de suas mãos e fortaleciam os golpes que Hayato viria a executar em seguida. Mas não só a dupla tinha destaque, pois Melusine, privilegiado pela sua habilidade na arte do Genjutsu, tratou de prender os adversários restantes em uma repetição de cenas que os mostravam estarem caindo de um poço sem fim.

Vamos. Ajudem o colega de vocês que acabou se ferindo, percorram o mais rápido possível o trajeto de volta ao vilarejo. Eu irei cuidar da retaguarda. – Disse o Jõnin responsável.

Spoiler:
Observações: Procure demonstrar como vai ser feita a escolta do grupo, que são um total de 3 genins que vocês recuperaram e o trajeto de volta ao vilarejo e finalizar.

Missão-C: 3/3

@gnomera
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado

--Kirin Hayato--
250HP:200CH:Stamina: 1/3: Velocidade ( 18 m/s): Selos(2 s/s)
A sequência bem sucedida de ataques favorecia a escolta de volta a vila, por mais que conseguisse terminar com o inimigo naquele momento, precisava botar a frente minhas prioridades, a segurança de meus aliados era o objetivo principal, não por empatia ou algo assim, porém sim devido a ordem dada pelo jounin.
Agarrando o ninja machucado e apoiando-o em minhas costas utilizo de minha kekkei genkai com o objetivo de me distanciar o máximo dali, em alta velocidade.
-Eu vou na frente, me encontrem na vila. 
A intensa velocidade repentina racha o chão ao meu redor, fazendo-me sumir como um flash em meio aos ninjas, me direcionando a vila e a enfermaria mais proxima, o peso do meu companheiro se equiparava aos pequenos troncos que tive de carregar em meus treinamentos anteriores, afinal, os mesmos serviram de alguma coisa, olhando ao meu redor podia observar nada além de puro mato e mais nada, havia despistado eles, ou seja, a missão de resgate foi um sucesso, com certeza os ninjas que haviam ficado podiam se virar. A enfermaria era minha principal preocupação, o sangue escorria de forma preocupante, mesmo por cima da bandagem improvisada feita por outros, era muito para se perder em tão pouco tempo, sorte a dele que me encarregaram para entrega-lo no hospital..
Considerações:
Kekkei genkai utilizada(Jinton/Velocidade)= +2 velocidade
Vestimentas


Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
@:
Missão Rank-C concluída: 100.000 Ryous.
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos