:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Konohagakure no Sato :: Hospital|Laboratório
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Dom 15 Set - 18:23


Damnatio Memoriae (01/05)
O garoto havia acordado em uma cama branca, suas vestes eram como os de um paciente, uma camisola leve e branca e sem nada por baixo, que claro, deixaria sua nádega de fora. Mas após vários estampidos e apagões, aquela era a recobrança de sua consciência definitiva. Ao abrir os olhos e se perceber que estava então, normalmente naquele lugar, não estava sozinho. Havia alguém ali, sentado perto de Sagoh. Parecia mais um homem robusto e forte que não tinha um dos olhos, que estava praticamente apoiado com os cotovelos mas coxas, e observava o garoto com curiosidade, fixamente até.

— Garoto. — Diria o homem algum tempo depois. — Você está bem? — Perguntaria em seguida, erguendo uma sobrancelha. — Consegue andar? Você parecia muito debilitado quando o encontramos. De onde você é? Você se lembra? Ou será que não? — Questionaria, calmamente, pausadamente cada uma das perguntas, isso sem lhe desviar os olhos, era analítico.

Usados:

Consid.:
RP — Danação da Memória.

@Sagoh Walker

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
Sagoh Walker
Genin
avatar
Vilarejo Atual

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Dom 15 Set - 20:10

Houve um estampido alto, ensurdecedor... a seguir um zumbido agudo no ouvido esquerdo. Uma claridade aterradora tomara conta da visão do garoto de cabelos brancos. Fez-se silencio por fim. Um silencio fúnebre e agoniante.
O garoto abriu os olhos novamente e dessa vez se viu em um lugar completamente estranho. Haviam leitos com forros brancos. A sala era espaçosa e bastante iluminada... talvez pelas grandes janelas que circundavam o lugar. Suór escorria por seu rosto e o travesseira que estivera deitado estava molhado com o mesmo suór. O garoto ainda estava tonto e não conseguia focar muito bem a visão, porém, conseguiu reparar na figura misteriosa sentada logo a sua frente. Um homem robusto e forte que não tinha um dos olhos, estava sentado diante do garoto. Ele apoiava os cotovelos nas coxas e olhava atentamente em seus olhos.  — Garoto. Você está bem? - Os olhos de Sagoh encontraram os do homem enquanto ele tentava falar pela primeira vez ao que parecia ser muito tempo. Sua voz estava rouca e arrastada mas as palavras sairam sem muita dificuldade. _ Estou sim! - Respondeu, levando a mão à testa. Sua cabeça doia e no lugar havia um curativo.
O homem por sua vez ergueu uma das sombrancelhas, como se questionasse a sí mesmo algo e retrucou. — Consegue andar? Você parecia muito debilitado quando o encontramos. De onde você é? Você se lembra? Ou será que não? - A cabeça do garoto girou e pela primeira vez (que se lembrava) parou para se perguntar o que estava acontecendo. Buscou na memória qualquer informação além do que conseguia se lembrar no momento mas fora em vão, então coçando por cima do curativo na testa, o garoto abriu um sorriso e respondeu: _ Não sei, mas acho que consigo andar sim! Meu nome é Sagoh. Hatake Sagoh. Sou um Gennin da aldeia da folha, porém, é só do que me lembro. Aconteceu alguma coisa comigo? - Questionou Sagoh por ultimo,rescostando na cabeceira da cama e suspirando desnorteado.

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Seg 16 Set - 7:37


Damnatio Memoriae (02/06)
— Hatake? — O homem ergueu uma das sobrancelhas mais ainda, quanto mais quando ele havia erguido as duas de uma vez sem ter percebido. A enorme cicatriz em um dos seus olhos havia ficado mais evidente e logo uma gota de suor escorreu por sua bochecha até pousar em seu queixo e pingar. — Você é mesmo de Konohagakure então. — Se levantou calmamente. — Pra ser sincero, ninguém sabe. Estávamos fazendo uma patrulha para a floresta quando encontramos você jogado no chão e em estado catatônico. Mas quando nos viu, desmaiou em seguida. — Comentou o homem, e logo alguém chegou com uma pasta.

O homem então tomou rapidamente dos braços da enfermeira, abrindo ela e passando os olhos castanhos sobre. Arregalou os olhos e olhou para o garoto. E então fechou a pasta, colocando debaixo do braço. — Hatake Sagoh. Gennin de Konoha. — Mumurrou. Se aproximou do garoto de fios prateados e estendeu a mão. — Venha. Vou te ajudar a levantar, se conseguir andar sem minha ajuda, me avise. — Estendeu a outra mão e pegou uma camisa azulada com símbolo de espiral nos braços, uma calça da mesma cor, sandálias ninjas e uma bandana. — Aqui, roupa para você. — Estendeu com a mão livre. — Vá se trocar, quero conversar mais com você. Seu café está chegando, você deve estar com fome. Estou lhe esperando. — Falou o homem.

Usados:

Consid.:
RP — Danação da Memória.

Rapaz, irei te avisar de antemão que para a maioria das coisas exceto regragem de norma específica do fórum, é de no mínimo 200 palavras. E, para desenvolvimento de atributo durante uma narração exige no mínimo, 200 palavras acrescidas no texto. Logo, terei que estender mais um post para que isso seja efetivado devidamente como se espera. Você só fez 331 palavras, faltando um pouco mais para se ter obtido. Portanto, apartir do seu próximo tópico, escreva o mínimo necessário para que ganhe seu atributo enquanto desenvolvemos a história.

@Sagoh Walker

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
Sagoh Walker
Genin
avatar
Vilarejo Atual

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Seg 16 Set - 14:05

O Clima de misterio aumentou ainda mais,confundindo Sagoh novamente. Uma estranha brisa adentrava o quarto fazendo algumas pontas de lençóis penduradas balançar. Um aroma peculiar de terra molhada inundou as narinas de Sagoh, tranzendo à tona uma estranha sensação de nostalgia.

_Hatake Sagoh. Gennin de Konoha. - A voz do homem quebrou o silencio momentâneo. Sagoh fixou os olhos nas mãos do mesmo, saindo por fim de seu devaneio.
Venha. Vou te ajudar a levantar, se conseguir andar sem minha ajuda, me avise. - Sagoh estendeu a mão direita apoiando-se no braço do homem. Um pouco de esforço e concentração foi o suficciente para que ele se colocasse de pé. Suas pernas estavam um pouco trêmulas, porém, Sagoh sentiu que ainda possuia forças para ficar de pé, olhou para o homem que agora segurava algo com a outra mão. _ Consigo me manter de pé sozinho. Obrigado! - Soltou então o braço do homem, ascenando gentilmente com a cabeça.
_ Aqui, roupa para você. Vá se trocar, quero conversar mais com você. Seu café está chegando, você deve estar com fome. Estou lhe esperando. - Disse o homem entregando algumas roupas e calçado e uma bandana à Sagoh que cordialmente estendeu a mão e pegou todos os objetos. Olhou em volta e viu uma porta com uma placa que indicava que alí era um banheiro, se dirigiu até lá deixando o homem sentado em seu leito.

Dentro do banheiro, longe do olhar curioso daquele homem Sagoh pode em fim surtar um pouco. Sua cabeça girava e girava sem parar. Seu corpo tremia inteiro como se tentasse expulsar algo. Cada  poro de seu corpo exalava gotículas de suór que agora escorriam por todo o seu corpo. Sagoh procurou em volta e encontrou um conjunto de pias de mármore com alguns espelhos ambas dispostas no lado esquerdo do banheiro. Do lado direito havia um sanitário branco ao que parecia ser porcelana e um BOX com Chuveiro ao lado. Sem pensar duas vezes, Sagoh tirou a roupa a deixando em cima de uma das pias, entrou no box e ligou o chuveiro. A água estava fria mas deliciosa. Sagoh ficou em baixo do cchuveiro, tentando organizar suas idéias enquanto a água escorria por todo o seu corpo. ** _ O que diabos aconteceu comigo?! ** - Se perguntava Sagoh mentalmente.
Dez minutos depois,  Sagoh desligou o chuveiro e saiu do box. Seu corpo agora estava como novo e todo o cansaço havia desaparecido. O seu estômago começou a reclamar de fome e Sagoh deu uma risadinha, se dirigiu até o espelho e encarou seu reflexo por alguns instantes. O curativo que havia na sua testa caira durante o banho revelando uma cicatriz um tanto peculiar com formato de um raio, avermelhada e um tanto dolorida. Sagoh contornou-a ligeiramente com o dedo indicador esquerdo. A cicatriz pareceu queimar com o toque e o garoto sentiu uma pontada aguda no lugar. Sua cabeça girou mais uma vez e nesse instante ele se viu diante da academia ninja. Nas mão carregava um certificado de graduação e uma bandana da aldeia da folha. Ele estava diante de uma câmera fotografica e pode sentir duas mãos tocando seus ombros. O coração do garoto acelerou e ele soube naquele instante que não estava sozinho no mundo, mas ao se virar para encarar a face de seus pais, não conseguiu ver nada; apenas dois borrões negros e disformes tomavam o lugar de seu pai e de sua mãe...

Sagoh acordou do devaneio se sentindo um pouco desanimado. Era incrivel como coisas ruins sempre aconteciam com  ele e agora sabia de alguma forma que sempre fora assim. Algo tornou-se mais claro para ele naquele momento; ele era um ninja sem sombra de duvidas. Enxugou o rosto e os cabelos, vestiu as roupas e saiu do banheiro. O homem continuava sentado no mesmo lugar e dessa vez havia uma bandeja com comida ao lado do homem. Sagoh não pensou duas vezes novamente e voltou para o seu lugar ao lado do homem. A banddeja estava recheada com algumas frutas  e torradas, havia também um pote com geléia de framboesa e um copo grande de chá verde com hortelã. Sagoh olhou para o homem e desviou o olhar, pegou uma torrada e passou geléia, levou a torrada a boca sentindo o gosto doce da geléia descer leve pela garganta. Com um suspiro de satisfação, Sagoh olhou novamente para o homem e abriu um largo sorriso. _ O senhor aceita uma torrada ou alguma fruta?! - Disse cordialmente, aguardando a tão importante conversa.

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Seg 16 Set - 17:58


Damnatio Memoriae (03/06)
O homem estaria sentado no mesmo lugar que estivera antes, observando o garoto já com roupas de shinobi. Não tardou em se estudar sobre a cadeira, respirando fundo. Ficou calado e desviou o olhar para a janela, onde haviam algumas pessoas lá fora, fazendo suas atividades normais para pessoas civis ou residentes da Aldeia. Então, quando o garoto se dirigiu a ele, não tardou em ficar os olhos no garoto novamente, especificamente para a sua cicatriz sobre sua testa, que parecia muito recente sobre a testa do garoto, ainda estava vermelho e provavelmente ainda poderia doer caso fosse tocada ali.

— Não. Já comi hoje de manhã ao ver um garoto em estado catatônico com um ferimento no meio da testa. Quase me fez vomitar. — Deu uma risadinha irônica. — A questão é... Irei lhe dizer algumas coisas, você terá que me confirmar se faz sentido. — Pediu o homem. — O mundo Shinobi é composto por várias vilas, as vilas menores e três grandes vilas. Existem dois tipos de pessoas no mundo, os ninjas, e os não ninjas, que residem nessas vilas. Kumogakure, Kirigakure que foi extinta, Sunagakure, que também foi extinta, e a nossa, Konohagakure. Dentro de nossa vila, existem clãs.

— Clãs são pessoas que fazem parte de um grupo de famílias. O Clã Uchiha é o único clã extinto atualmente de nossa vila, se contar com os Uzumaki, são dois. Existe outros, Clã Hatake, Clã Inuzuka, Yamanaka, Akimichi, Nara, Aburame, Hyuuga... E vários outros. O seu é o Hatake. — Mumurrou o homem. Após um segundo, perguntou. — Faz sentido?

Usados:

Consid.:
RP — Danação da Memória.

@Sagoh Walker

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
Sagoh Walker
Genin
avatar
Vilarejo Atual

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Seg 16 Set - 23:23

Sagoh observava o homem atentamente enquanto comica. Sua bandeja de café da manhã estava incrível, de alguma maneira alí estavam suas frutas preferidas (todas pra ser exato). O homem recusou o convite de Sagoh para se juntar a ele para comer, e começou a explicar uma série de fatos relacionados com o mundo ninja para o jovem Gennin o que permitiu Sagoh se lembrar de algumas coisas que ja havia escutado falarem. O homemcontinuou lhe explicando algumas coisas e por fim questionou: _ Faz sentido? - Sagoh coçou a testa tocando a cicatriz que agora já não doia mais como antes. olhou para o homem engolindo sua ultima fatia de torrada e respondeu em seguida.
_ Faz sentido sim, senhor. - Sagoh fez uma pausa para terminar de engolir e continuou... _ Certa vez alguém,que não me lembro quem, me contou algumas coisas relacionadas a organização do mundo Shinobi. Eu só não me lembrava que a "Areia" e a "Névoa" haviam sido destruídas. Ou a pessoa esqueceu de me contar isso ou ambas foram destruidas enquanto eu estava apagado. - Sagoh sorriu de canto de boca. O homem o observava como se desejasse mais alguma informação. Sagoh respirou fundo e continuou a contar o que sabia.
_ Sei que dentre todos esses clãs alguns possuem habilidades distintas, outrora chamadas de Kekkei Genkai. Me corrija se eu estiver errador senhor. - Sei que o meu clã não possue nenhuma habilidade ou kekkei Genkai excepicionais,porém há um tipo de invocação especial que apenas os membros do meu clã podem realizar. - Sagoh parou um instante,como se lembrasse mais alguma coisa. Ficou parado olhando o nada durante alguns instantes,puxando algo na memória que estava demorando vir à tona. - Algum tempo depois Sagoh voltou o olhar para o homem novamente e continuou... _ Me lembrei de mais algumas coisas relacionadas a organizzação do nosso mundo. - Fez-se uma pausa dramática. _ Sei que nosso mundo e dividido em países eque cada país tem uma respectiva vila que representa a localidade. Cada vila representante tem um regente que comanda a mesma e que cada regente recebe o título de Sombra do local especificado. Sei que nosso país é o do fogo e que a vila representante é a Aldeia da Folha e que nosso regente recebeu o título de Sombra do Fogo (Hokage). As demais vilas não temnho conhecimento ou não me lembro,mas acho que a Areia era a Vila do país do vento e o regente recebia o título de Sombra do vento (Kazekage).
Sagoh sorriu como quem deboxava de sí mesmo pela falta de sabedoria.Levou a mão esquerda à boca, escondendo o bocejo involuntario que acabara de fazer. Logo depois continuou... _ Mas,voltando a falar dos clãs, ja que o senhor sabe tanto à respeito deles. Eu por acaso sou o ultimo remanescente do meu clã? Os meus pais ainda estão por ai? (se é que tenho pais)*. Há algo que o senhor não queira me contar ou está escondendo de mim?

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Ter 17 Set - 8:11


Damnatio Memoriae (04/06)
— Sim sim. — Concordou o homem. Parecia mais relaxado ao saber que o garoto desmemoriado sabia algumas coisas, e que lembrava de algumas coisas e que não era só um garoto que perdido as lembranças, aquilo causou mesmo um alívio interno no homem, que pareceu perder todas as tensões corporais. — Sim sim, os Hatake possuem um contrato com cães, digamos assim, invocações que só eles podem fazer, inclusive que você, como Hatake, pode fazer. — Mumurrou o homem. — Você é só um Gennin, não deve ser capaz de fazê-lo creio eu. — Concluiu o homem, pondo a mão no queixo, claramente pensativo.

E então, depois o homem se calou para escutar o garoto sobre o indagar de suas memórias. Parecia que estava recuperando suas memórias aos poucos, ou talvez estivesse recuperando tudo tão totalmente como perdeu a elas. Então, o homem então parou apenas alguns minutos depois que o Gennin terminou de indagar sobre o conhecimento de vila. — Não sei, Sagoh. Aqui consta que você tem pais, mas só pude ver os sobrenomes. Hatake. Quando eu olhei sua ficha, você deve ter visto quando eu peguei sua ficha numa pasta com a enfermeira. — Mas para você... Cabe você descobrir sobre eles, nós te daremos total apoio se você quiser, ou se quiser seguir sozinho sobre sua empreitada, também entendemos. Mas... Tenha cuidado. Você ainda está desmemoriado, totalmente ou parcialmente. — Comentou o homem.

Usados:

Consid.:
RP — Danação da Memória.

@Sagoh Walker

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
Sagoh Walker
Genin
avatar
Vilarejo Atual

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Ter 17 Set - 11:33

Sagoh agora estava mais tranquilo. De barriga cheia e novo em folha ele escutava atentamente tudo o que o homem lhe dizia absorvendo o máximo de informações possiveis.
_— Não sei, Sagoh. Aqui consta que você tem pais, mas só pude ver os sobrenomes. Hatake. Quando eu olhei sua ficha, você deve ter visto quando eu peguei sua ficha numa pasta com a enfermeira. — Mas para você cabe descobrir sobre eles, nós te daremos total apoio se você quiser, ou se quiser seguir sozinho sobre sua empreitada, também entendemos. Mas... Tenha cuidado. Você ainda está desmemoriado, totalmente ou parcialmente.
Instantes após o homem terminar de falar, Sagoh levou a mão direita ao rosto sobrepondo o olho direito; os dedos estavam abertos de maneira que o garoto conseguia ver por entre eles. Sua cabeça não doia mais e agora emanava uma tranquilidade um tanto absurda. _ Há algo me encomodando senhor... Como posso saber de todas essas coisas e nem sequer lembrar se tenho pais?! De que vale toda essa informação, se o vazio que instaurou-se dentro de mim, não me permite estar totalmente feliz?! - O garoto fez uma pausa demorada fitando mais uma vez o vazio. _ É como se toda a minha existência se resumisse em nada. - Sagoh se levantou e foi até a janela. Crianças brincava do lado de fora do prédio, observadas por seus pais. Um vento frio começou a soprar e o garoto fixou os olhos em algumas nuvens de chuva que se acumulavam em cima da aldeia. _ Vem tempestade por aí. - Murmurou para sí mesmo.

As horas correram soltas desde que Sagoh acordara aquela manhã; apesar de aparentar não terem se passado alguns poucos minutos. O garoto demonstrara uma sede de conhecimento absurda, e absorvia cada ponto e virgula como alguém que bebe água após quatro dias sem se hidratar. De certa maneira ele sentia que seu cérebro estava trabalhando de maneira diferente após o catastrófico acidente. Ele continuou com os olhos fixos nas nuvens que continuavam a se acumular, mas dessa vez sua atenção estava mais uma vez voltada para o homem.
_ Corrija-me se estiver errado, mas pense comigo senhor. - Sago levou a mão esquerda ao queixo pensativo... Continuou. _ Somos Shinobis. Ninjas treinados para o combate e desde sempre sabemos dos riscos que corremos ou ao menos temos noção de tal. Quantos dias eu fiquei desacordado?! Cinco? Seis? Um mês? - O garoto se virou para o homem mais uma vez. No rosto trazia uma expressão de abalo emocional. Os olhos cheios de lágrimas. _ Não é possivel que eles não tenham se quer sentido a minha falta. Não há possibilidade cabível para isso. Eles são meus pais. - Tais palavras saíram em um berro audível e desesperado antes que Sagoh se calasse e enxugasse as lágrimas de seu rosto. Respirou fundo algumas vezes, buscando controlar sua respiração e a inquietação do corpo.
_ Desculpe por isso. Não agentei e tive que soltar. - Disse com a cabeça baixa, como se quisesse se esconder de algo vergonhoso que fizera. _ Mas, como eu disse anteriormente. Pense comigo... Se não há noticias a respeito deles e se eles ainda não vieram me visitar ou pediram alguém que o fizesse, então, só temos duas alternativas aí. - A sala derrepente ficou silenciosa e sombria. AS nuvens já haviam tomado conta do céu, escondendo um pouco dos raios solares que banhavam o lugar. _ Eles estão em uma missão muito longe da vila e muito perigosa... Ou eles já não estão entre nós. - Uma pontada de angústia atingiu Sagoh no momento que disse isso. Ele nem se quer conseguia dizer que talvez os pais estivessem mortos... Ou pelo menos não diretamente.

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Ter 17 Set - 12:14


Damnatio Memoriae (05/06)
O homem ficaria calado diante de tal pergunta por um tempo. — Porque são somente algumas coisas que voltam quando estamos com uma área danificada do corpo... — Explicou; — Como proteção do nosso próprio sistema, só se é enviado o que é saudável e quando está curado aquela área para enviar a memória. — Finalizou, se calando e observando o garoto sem dizer mais nada, senão para que pudesse somente ouvir de suas indagações, mas ele também não tinha respostas para isso, afinal, não era algo que estava acontecendo com ele, ele não era o garoto desmemoriado de fios prateados lisos, Sagoh Hatake.

O homem então voltou a ficar ainda mais calado, observando o garoto se deslocar até a janela para que pudesse contemplar o mundo afora da janela e murmurar coisas para si mesmo. — Quatro. — Respondeu a uma das indagações do garoto. Mas logo arregalou os olhos, voltando a se recompor em seguida, não sabia como proceder diante de um garoto sentimental e choroso, por isso só abaixou os olhos para os próprios pés depois que o garoto gritou. O homem demorou mais uma vez para responder quando o garoto ditou sobre as teses. Talvez estivessem mortos ou vivos, em risco missionário.

— Mortos. — Murmurou o homem, como resposta final. — No seu registro os nomes deles estão riscados, deixando somente o sobrenome Hatake. Toda Vila presumiu que estejam mortos devido à ausência desses dois por aqui. — Finalizou, fitando o garoto. — O que irá fazer? — Questionou o homem.


Usados:

Consid.:
RP — Danação da Memória.

@Sagoh Walker

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
Sagoh Walker
Genin
avatar
Vilarejo Atual

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Ter 17 Set - 13:07

Quatro. - _ - Mortos. - No seu registro os nomes deles estão riscados, deixando somente o sobrenome Hatake. Toda Vila presumiu que estejam mortos devido à ausência desses dois por aqui. - — O que irá fazer?

_ Quatro é um numero bom. Metade do meu número preferido. A vezes, a metade de algo so precisa ser preenchida com outra metade de igual valor para que se torne completo.[b] - Indagou Sagoh, olhando o homem que aparentava estar desconsertado com a cena de outrora. [b] _ Eu temia que isso tivesse realmente acontecido senhor,mas como eu havia citado anteriormente, somos ninjas e sabemos dos riscos que corremos quando em serviço. Talvez esse acidente e o estado catatônico que me encontraram signifique que eu sobrevivi graças a ajuda deles. - A voz de Sagoh outrora embargada pelos sentimentos, agora exalava confiança e convicção. Seu olhar triste agora se tornou em um olhar decisivo e calculista. A confiança do garoto Hatake tomou um novo rumo e renasceu das cinzas tal como uma fênix. _ Primeiro de tudo, não vou desistir da minha vida; vida essa que ganhei novamente quando fui salvo e recuperado. - As nuvens de tempestade que se acumularam sobre a aldeia começavam a se dissipar e os raios de sol começaram a banhar novamente o quarto do hospital. Sagoh sorriu e continuou... _ Posso soar meio abobalhado ou até mesmo arrogante,mas uma coisa é certa, não irei desperdiçar essa nova oportunidade que me fora dada. Nunca mais fugirei a uma luta e farei o que for preciso para me tornar um Shinobi exemplar, forte e querido por todos. - As palavras sairam de forma imponente,a cicatriz na testa de Sagoh começarqa a arder como se pegasse fogo a cada palavra que saia de sua boca. O ar na sala mudou novamente quando alguns passaros do lado de fora do quarto começaram a cantarolar uma melodia alegre.

_ Vou focar em me desenvolver bem como Gennin nessas primeiras semanas que terei até me acostumar com tudo novamente. - Sinto que não tive nenhum dano permanente nos meus atributos físicos, mas, terei que me certificar disso com atenção! - Acho que vou procurar por um sensei ou alguém que possa me ajudar com meus treinamentos e minhas missões de agora pra frente, alguém em quem eu possa me espelhar, quem sabe até um dos outros Hatake que devem morar aqui na folha. - Sagoh pegou a bandana que estava em cima da cama ao lado da bandeja vazia. Em um movimento fluente, ele colocou a bandana na testa, tapando a cicatriz, e amarrou--a em seguida na parte de trás da cabeça. Esticou o polegar direito na direção do homem que ainda o observava enfaticamente.
_ Hoje é o dia em que Hatake Sagoh renasceu. Hoje se inicia a minha jornada shinobi. Faço um juramento diante o senhor que, serei o mais decidido e perspicaz ninja que ja existiu. O mais inteligente e forte ninja que a folha ja conhecera. Umdia me tornarei Hokage, ou não, ainda não pensei a respeito. - Sagoh deu uma gargalhada amigavel, enquanto apontava o polegar na direção do homem.

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Ter 17 Set - 13:22


Damnatio Memoriae (06/06)
— Hm. É. — Concordou o homem, com um sorriso de canto. — Pode ter sido, não sabemos o que realmente aconteceu com você. — Complementou com a afirmativa do garoto. — Mas você estava em um estado ruim, e, sua testa... Estava sangrando muito... Sem brincadeiras. — Finalizou. Mas após isso, o garoto começou a ditar seus objetivos de vida. Tal qual que o homem ficou a observá-lo falar, somente escutando, como um bom ouvinte. Escutou-o com atenção, até mesmo o observando quando pegou a bandana e colocou na testa, simbolizando o renascimento do Shinobi munido com sua Vontade do Fogo, que poucos ninjas possuíam.

— Hmmm. Está decidido então. — Diria o Jonnin, desviando o olhar do gesto do garoto e se levantando então, ficando a observar o garoto de cima. — É assim que se fala, afinal, você é um shinobi da Aldeia da Folha... E sobre ser Hokage, muitos tem esse sonho... Mas será que você pode obtê-lo? — Questionou. — Prove que é capaz de fazer o que está falado... E decida se é o que quer ou não. Ainda tem tempo... — O homem se virou, dando alguns passos e abrindo a porta. — Mas você não está liberado para sair do hospital... Vai ficar aqui hospitalizado.

— Se recupere... E comece sua vida nova, Hatake. — O homem fechou a porta atrás de si, mas antes que ela batesse, o garoto poderia ver o homem o olhando por cima do ombro e sorrindo para ele. Bam. A porta havia se fechado.

Usados:

Consid.:
RP — Danação da Memória.

@Sagoh Walker

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
Sagoh Walker
Genin
avatar
Vilarejo Atual

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Ter 17 Set - 14:08

— Prove que é capaz de fazer o que está falado... E decida se é o que quer ou não. Ainda tem tempo... Mas você não está liberado para sair do hospital... Vai ficar aqui hospitalizado.— Se recupere... E comece sua vida nova, Hatake.

Sagoh observou o olhar do homem por cima do ombro. Abriu um sorriso afirmativo e se virou. A porta se fechou atrás de sí com um click abafado. O jovem Hatake se dirigiu até a janela onde ficou a observar a movimentação das pessoas do lado de fora de seu quarto. O hospital era bastante grande, deduziu Sagoh ja que o mesmo ocupava uma area bem extensa. Olhando um pouco mais ao sul, Sagoh conseguiu ver o monumento Hokage e os rostos dos mesmos esculpidos na pedra, ele não se lembrava do nome de nenhum deles, mas observá-los fez acender uma chama em seu âmago. A alegria de estar vivo inundou o peito do pequeno gennin o que fez uma lágrima solitária rolar do canto de seu olho esquerdo.
Em um pequeno parque um pouco mais afastado de seu quarto, Sagoh notou algumas crianças que brincavam e faziam barulho. O sol estava se pondo no lado oposto da vista, banhando o local com uma claridade dourada. O cheiro de chuva inundava o ar, provavelmente por causa das nuvens que ele vira mais cedo. Talvez elas tivessem desabado não muito longe dalí e a brisa trouxe o doce aroma que inundava as narinas de Sagoh. Uma das crianças que brincavam tropeçou em um dos brinquedos e caiu. Com a face ruborizada, como Sagoh imaginaria que fosse, a criança começou a chorar frenéticamente. Uma figura feminina com longos cabelos negros se aproximou da criança e a tocou no ombro. A criança parou de chorar e olhou para a mulher que a envolveu num abraço acolhedor. A mulher pegou a criança no colo em seguida saiu do parque a consolando o tempo todo.
Sagoh observou atentamente a cena, o que lhe trouxa ainda mais paz interior. Aquele era de certa maneira o ciclo da vida, ou pelo menos parte dele. O sol finalmente se pôs e o lugar agora iluminado pelos postes de luz estava vazio. Sagoh se afastou da janela e fio em direção ao banheiro; ele precisava tomar mais um banho antes que pudesse voltar para a cama. A água morna bateu em seu corpo gerando uma serie de calafrios nas pernas. A todo momento Sagoh refletia sobre a conversa que tivera mais cedo e sobre as promessas que havia feito. De certa maneira se sentia aliviado por ter falado tudo aquilo.Ter tirado tudo aquilo pra fora trouxe alivio para o pequeno gennin que agora respirava mais aliviado. Parte da sua historia havia se perdido, porém, uma nova oportunidade real de reescrever sua história lhe fora dada. Sagoh saiu do banheiro, secou os cabelos e o corpo novamente vestindo-se em seguida. Colocou a bandana na cabeceira da cama, pendurada, se deitou e começou a imaginar algumas coisas.Seus pensamentos foram ficando negros e disformes até que por fim, Sagoh agora imaginava um tabuleiro de Shogi, onde ele conseguia mover as peças mentalmente, entendendo um pouco do jogo e de estratégias básicas. De algum modo Sagoh se lembrava de ja ter jogado Shogi algumas vezes. O garoto ficou nesse devaneio imaginario até que caiu no sono, dando lugar para que seu subconsciente agora trabalhasse organizando e distribuindo as informações adiquiridas naquele primeiro dia da vida de Hatake Sagoh.


_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado Ter 17 Set - 14:53

@. 01 Ponto de inteligência, Conhecimentos de Vila, do Mundo Shinobi, e relativo conhecimento sobre os Clãs adquiridos.

_______________________

RP — Damnatio Memoriae.  Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: RP — Damnatio Memoriae. - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas