>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Primavera

S. Law
Genin
S. Law
Vilarejo Atual
Ícone : Filler Law 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Filler Law - em 14/11/2018, 14:59



Refugiados
Filler
Caminhando por konoha, Law e sua irmã, iriam até o mercado da vila fazer as compras do mês, sua mãe ficava em casa fazendo as tarefas domésticas como limpar a casa, enquanto os dois filhos buscavam no mercado alimentos, produtos de limpeza, coisas para se comprar para deixar em sua residência. Em meio ao caminho andado, notava alguns olhares tortos para Law e sua irmã, afinal sua família era uma refugiada em konoha devido a destruição de sua vila, e isso não era muito aceitável por alguns moradores que a certo ponto discriminavam achando que eles poderiam ser espiões e um dia querer dominar a vila deles, o que era uma baboseira, porém aqueles olhares tortos lembravam do país do vento, lembrava da destruição de sua vila transformando-a em pé em questões de segundos. (irmã)—Não ligue para o que eles pensam L... São um bando de idiotas.. – Law olhava para sua irmã que mostrava uma força muito grande dentro dela de segurar todo aquele peso de não ter ajudado nosso pai na batalha. –Irmã.. Queria te perguntar uma coisa.. Você também tem pesadelos? Digo.. sabe, sobre aquilo..—Law de cabeça baixa com as mãos no bolso lembrava de seu passado tenebroso em suna quando a vila havia sido atacada, pessoas morrendo em sua frente, ruinas destruídas, seu pai o salvando e depois voltando para suna onde acabou sendo morto em uma explosão.—Sabe irmã.. Eu tenho muitos pesadelos toda vez que vou dormir me lembro do nosso pai, lembro da explosão do zumbido em meus ouvidos, o sangue de meus amigos em minhas mãos.. Eu queria ter ajudado a salvar pessoas, queria mesmo... –Law Demonstrava certa tristeza sobre ocorrido não era pra menos, sua irmã parava de andar, e se ajoelhava perante o gennin com um sorriso no rosto, pedia para o garoto levantar a cabeça, pois a vida havia lhes proposto uma segunda chance e eles tinham de seguir com ela para ele cumprir a sua promessa de um dia restaurar a vila de suna e ele se tornar o kazekage, afim de procurar outros refugiados e finalmente tornar sunagakure uma potencia como já foi um dia. (irmã)—L.. è isso que quero que você tenha em mente, papai depositou tudo em você e eu também e mamãe também estamos depositando, sabemos que você um dia se tornará o nosso líder, mas para isso você precisa ficar mais forte! Quanto ao seu questionamento, eu também tenho pesadelos, naquele dia eu estava em uma missão com papai, e ao ouvir o primeiro estrondo corremos em direção a nossa casa, ficamos desesperados por que não encontrávamos você, e com aquela multidão correndo, aos poucos fui perdendo as esperanças, graças ao nosso pai saímos salvos de la, quando ele o encontrou e trouxe até nós achei que as coisas caminhariam com nós 4 juntos... – A irmã de Law derramava algumas lagrimas enquanto seu sorriso permanecia em sua face. (irmã)—Todos os dias eu me recordo imaginando o que eu poderia fazer de diferente... Nosso pai foi um herói Law, e isso você tem sempre que ter orgulho... –Law balançava a cabeça enquanto sua irmã colocava a mão em seu ombro e puxava abraçando o gennin que retribuía o abraço forte. Os irmãos então se levantavam alguns olhares tortos permaneciam a eles porém não ligavam mais, dirigia-se até o mercado e compravam as coisas necessárias para casa, no caminho de volta levando um monte de compras passavam por um beco que dava acesso a residência deles em um caminho mais rápido, ao chegarem na metade do beco eram parados por um grupo de 4 pessoas que surgiam do meio do beco cercando os dois. –Irmã... –(irmã)—Acalme-se Law.. – Aquelas pessoas pareciam mal encaradas, seguravam barras de aço como uma arma branca, aparentemente queriam confusão. (Homem desconhecido)—Ora.. Ora.. Ora.. Os refugiados estão vivendo em sociedade agora? Sairam da toquinha é? Acho que ta na hora de dar uma lição a vocês para saírem de vez da nossa vila... (irmã)—Não sabia que a vila era de vocês, acho bom vocês darem espaço para nós passarmos, não queremos confusão... – Os capangas daquele homem riam de forma provocante, enquanto aquele homem fincava seus olhos sobre os dois parados a sua frente. (homem desconhecido) –Acho que não... – o homem avançava contra os dois com a barra de aço visando acertar law que caia sentado no chão se assustando com a velocidade daquele homem, quando o mesmo ia lhe acertar sua irmã tomava a sua frente e segurava o ataque do homem com uma kunai defendendo o ataque. (irmã)—L.. agora fuja! – Law não saba o que fazer aqueles homens pareciam querer machuca-los, se deixasse sua irmã ali eles poderiam machuca-la. –Não! Não posso deixar você aqui sozinha! – Enquanto falava Law era acertado com um soco na cara por um dos capangas, enquanto isso sua irmã era segurada pelos dois braços pelos outros dois. (homem desconhecido)—Idiotas, vou dar uma lição a vocês dois até sairem da nossa vila... – Quando finalmente o homem puxava o soco para dar em sua irmã, Law levantava e parava a frente do homem recebendo o golpe de frente, porém se permanecendo imóvel olhando para aquele homem. –Não vou... Deixar.. Que encoste.. Na minha.. irmã! – Law cerrava seus punhos, com raiva daquele homem, quando ele aparentava dar outro golpe, ouvia-se um grito para parar. Era um Jounnin da vila que aparecia atrás daquele homem com uma kunai próxima ao pescoço dele. (jounnin)—Acho melhor você tomar caminho com seus capangas, e saírem daqui antes que eu rasgue sua garganta aqui mesmo e de seus capangas... – O homem parava o ataque  e seus capangas soltavam a irmã de Law, eles iam embora porém com aviso de que voltariam.. Assim que viravam a esquina, law caia ao chão inconsciente. O garoto acordava em sua casa com uma faixa em sua cabeça devido aos machucados dos ataques, com sua irmã ao seu lado dormindo em uma cadeira, o gennin levantava da cama ficando sentado, enquanto sua irmã acordava ao ver seus movimentos. –Irmã.. O que aconteceu? – (irmã)—Você me protegeu Law, obrigada... – Law ficava com um sorriso no rosto por ter ajudado sua irmã e se lembrava vagamente que um rapaz havia aparecido no local.—E  aquele rapaz quem era? – logo um bater na porta era escutado, era o jounnin que havia aparecido para ver como o garoto estava. (Jounnin)—Ola garoto, como você está? Melhor? – Law agradecia ao jounnin pela ajuda no beco, se não fosse ele ali, talvez o pior pudesse ter acontecido. (jounnin)—Existe algumas pessoas na vila que não aceitam o fato da hokage ter aceito refugiados de outras vilas aqui, e acham que são os donos da vila, mas também existe muita gente boa em konoha, e iremos ajudar em que for preciso.. A propósito toma... – O jounnin lhe entregava a bandana shinobi do garoto que com o soco que havia tomado a mesma havia voado alguns metros. –Obrigado.. – O Jounni ia embora e Law descansava supervisionado pela sua família que estava ao seu lado, o gennin dormia agarrado em sua bandana shinobi, cerrava firma em suas mãos, prometendo a si mesmo ficar mais forte para proteger quem ele ama a todo custo. 

HP: 225/225 | CH: 225/225 | ST: 00/01
Template feito por @MilkWho

_______________________

Filler Law 58761_10
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: Filler Law - em 15/11/2018, 02:10

-
S. Law
Genin
S. Law
Vilarejo Atual
Ícone : Filler Law 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: Filler Law - em 23/11/2018, 20:22



Sonhos
Filer da semana
Sonhos, o que é sonhar? Ele pode ser um conjunto de imagens,de pensamentos ou de fantasias que se apresentam a mente durante o sono, como também pode ser uma ideia ou ideal dominante que alguém ou um grupo busca com interesse ou paixão. Traduzindo o sonho pode ser de duas formas, imaginário ou real, e essa é a diferença, nem tudo que você sonha pode se tornar real, porém se você brigar por aquilo, brigar pelo seu sonho, um dia talvez ele pode ser real. Enquanto dormia, o gennin sofria de alguns pesadelos, lembranças doloridas de sua vila que foi destruída a algum tempo por forças malignas, por ser um dos poucos sobreviventes e apenas um garoto, acabou adquirindo um estresse pós traumático, o que causava diversas alucinações e sonhos sobre aquele passado triste e doloroso. Sonhava com aquele fatídico dia que repetia diversas vezes em sua mente, a morte de seus amigos, a morte de seu pai, a morte de todos seus conhecidos da vila. Acordava naquela noite assustado, pois as vezes seus sonhos pareciam tão reais a ponto de sentir todo aquele sentimento de angustia, apreensão, medo, tudo novamente. Soando frio o garoto levantava de sua cama e ia até a cozinha pegar um copo d’agua. Enchia o copo enquanto ficava pensativo sobre aqueles sonhos, parava alguns segundos pensando em sua vida, pensava o que poderia ter feito naquela época, a verdade era difícil de ser engolida, mas tinha de ser vista, não havia nada que ele pudesse ter feito. O copo dágua transbordava, o garoto continuava com os pensamentos longes, enquanto a torneira ligada fazia o barulho da agua escorrendo em direção a pia. Quando dava por si, desligava a torneira, e tomava sua água em goles curtos, olhava pela janela de sua casa e sentia falta das areias do deserto de sunagakure, apesar de konoha ser um local lindo, e um pais incrível, o gennin sentia falta de sua vila e de tudo que havia nela, as ruinas, as dunas, a areia, o deserto. Sentia falta até do forte calor que a vila fazia. Era bons tempos, ótimos tempos que dificilmente voltarão. Enquanto olhava pela janela, notava algo refletindo, um tipo de luz fazendo com que atraísse a atenção de Law, o garoto pegava uma kunai, pensara que poderia ser algum invasor pois por conta de serem refugiados em konoha, algumas pessoas não aceitaram tão bem ele e sua família, descriminalizando o mesmo pela vila que nasceu. Mas law não se importava com isso porém todo cuidado deveria ser tomado, principalmente afim de proteger sua família. Enquanto caminhava em direção aquela luz em passos curtos e sorrateiros, notava uma sombra próximo a uma árvore, a luz sumia quandoa lua era tampada por uma nuvem, law caminhava com a kunai em direção a sombra, sua garganta seca engolia seco sua saliva enquanto suas pernas tremiam de medo temendo o pior. Ao se aproximar da sombra a mesma desaparecia, Law corria em sua direção porém não havia mais nada ali, ouvia apenas uma voz chamando pelo seu nome.
(???)—Law..
A voz era imediatamente reconhecida pelo garoto, seus olhos ficavam vermelhos e começavam a escorrer lagrimas de seus olhos, virava abraçando fortemente a pessoa que havia chamado pelo seu nome.. Era seu pai. De alguma forma, inexplicável ele estava ali, parado a sua frente, o garoto nem pensava se aquilo poderia ser uma ilusão criada por alum genjutsu, ou se era coisa de sua cabeça, ele simplesmente abraçava e sentia a sensação de abraçar seu pai novamente. –Não acredito que você esta aqui.. Estou tão feliz, que... – Law era interrompido por seu pai, que o puxava em direção a um relevo alto, dando vista para a vila.
(pai) – Law.. meu filho.. Estou feliz que vocês estão ótimos... – Com um sorriso no rosto o paid e Law olhava para o gennin que não se continha, queria permanecer ali com ele o tempo inteiro.
--Sinto tanto medo... Medo de ficar sozinho, medo de não conseguir cumprir com minha promessa a você.. Mas agora você está aqui.. E poderá me ajudar, me guiar, podemos estar juntos nessa, não tenho mais medo de ficar só!
(pai)—Law, você não está sozinho... Você tem sua irmã, sua mãe, pessoas que o amam, pessoas que dariam a vida por você, eu infelizmente não posso ajudar, até porque não estou aqui.. Eu sou seu subconsciente agindo.. – Law não entendia, ficava confuso, afinal o que era aquilo? Uma ilusão? Uma miragem? Afinal por que ele conseguia ver e tocar seu pai e aquilo parecer tão real a ponto de mostrar os reais sentimentos entre eles, o pai de Law começava a explicar que naquela época em que resgatou Law e sua família, retirando de suna, o mesmo havia colcoado um selamento no subconsciente de Law, onde quando o gennin tivesse problemas, e pensasse em desistir, a memoria de seu pai apareceria para o garoto não desistir dos seus sonhos nem de suas promessas.
(pai) –Aquele dia eu sabia que não retornaria para ve-los novamente.. Porém eu precisava ver algum dia o seu rosto novamente meu filho, e foi por isso que fiz isso, infelizmente o selo só pode ser usado uma vez e provavelmente não nos veremos novamente, mas quero que entenda, você é nosso futuro, você é o futuro de nossa vila, desde pequeno eu já sabia que você teria grandes habilidades.
--Mas... Eu não sei.. Não sei se aguento essa pressão toda de ser um kage algum dia.
(pai)—Você é uma criança boa Law, eu sei disso, assim como eu sei que você se tornará mais forte com o tempo... Não se preocupe com a vila agora, se concentre em se tornar forte o suficiente para proteger a nossa família, antes de tudo, sua irmã e sua mãe precisam de você—O pai de Law fazia um carinho na cabeça do gennin, que limpava as lagrimas em seu rosto com o braço.
--Eu irei ficar forte pai, não apenas para a vila, mas para proteger a quem eu amo, esse eh meu sonho, esse é meu objetivo, proteger todas as pessoas a quem eu amo! E assim conseguir restaurar nossa vila.
O pai de Law sorria para o garoto, aos poucos ia desaparecendo, o tempo do selo estava se acabando, restava algumas palavras ainda para o pai de Law se despedir.
(pai)—Diga a sua mãe que ela continua linda, e sua irmã pede para ela voltar a treinar, não pode deixar alguns marmanjos como aqueles prenderem vocês tão facilmente.. hhaha não treinei vocês para apanharem meus filhos...
Law sorria das palavras de seu pai, enquanto ele terminava de se despedir.
--Se cuide Law, confio em você!
O pai de Law desaparecia, Law, voltava a chorar, porém com um sorriso no rosto aquela sensação, ele precisava daquilo para se sentir bem, ver seu pai novamente havia despertado
algo especial em Law. O garoto voltava para sua casa, já estava prestes a amanhecer, o gennin deitava em sua cama e voltava a dormir, sonhando com aquela imagem de seu pai com o garoto, era aquela imagem que ele gostaria de sonhar o resto de sua vida.

HP: 275/275 | CH: 450/450 | ST: 00/03
Template feito por @MilkWho

_______________________

Filler Law 58761_10
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: Filler Law - em 26/11/2018, 12:37

-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: Filler Law -

-


Edição de Natal por Loola e Senko.