Naruto RPG Akatsuki
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Bem-Vindo
Naruto rpgakatsuki
tópicos recentes
Inverno
O fim da guerra trouxe a paz, junto com a oportunidade das vilas prosperarem e crescerem. O Nascer do Sol se aproxima trazendo uma nova leva de Kages que querem expandir seu território. A primeira reunião dos Senhores Feudais está marcada, onde irão debater o futuro de Otogakure, atual colônia de Kumogakure e palco da última Grande Guerra.
11 DG
ShionFundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
AngeAnge, mais conhecida como Angell, é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
SenkoSenko, também jogador de RPG narrativo desde 2011, conheceu o Akatsuki em 2017, mas começou a jogar para valer em 2020, destacando-se pela sua prestatividade e suas habilidades em design e programação. É responsável por ajudar na criação de novos sistemas e regras além de fazer a manutenção do tema do fórum.
BlueJay#0529
BahkoBahko joga fóruns narrativos desde 2010. Após ficar muito tempo sem jogar, voltou em 2020 onde encontrou o Akatsuki. Desde então, vem auxiliando o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do fórum, é estudante de Engenharia Elétrica.
fransudo#7724
AkkeyJogador de RPGs narrativos desde 2012, Akkey (mais conhecido entre os players como Akihito) conheceu o Akatsuki em maio de 2020, encantando-se, acima de tudo, pela comunidade afetuosa e acolhedora formada pelos jogadores do fórum. Atualmente, é responsável por auxiliar no desenvolvimento e adequação das regras e sistemas do RPG, manutenção do tema e design do fórum e gestão da área de avaliação de criações. Fora do universo do Akatsuki, Akihito é graduando em Engenharia da Computação e atua profissionalmente como Desenvolvedor de Software.
wyalves#7702

Ícone
Narrador A
http://narutorpgakatsuki.net
Alice saiu de sua casa sozinha, apenas com as roupas do corpo e o pensamento de aumentar suas habilidades. Andava com a cabeça baixa, observando o chão enquanto caminhava. Com timidez, às vezes olhava para os transeuntes que passavam ao seu lado, apenas para saber se encaravam sua marca. Aparentava ficar desgostosa com a situação, quando esta realmente ocorria, mas em seu íntimo não dava a mínima para os pensamentos alheios.

Percorreu todo o caminho de sua moradia até a biblioteca da vila rapidamente, era uma rota muito conhecida por ela. O lugar mais visitado em toda sua vida, onde passava a maior parte do tempo, lendo e devaneando. Sentou-se à beira de uma janela, de onde a mesma via o sol escondido entre a montanhas da vila, enterradas nas nuvens do céu.

Nas pequenas mãos era possível notar um livro, o assunto de interesse era sobre a arte comumente conhecida como ninjutsu, uma das formas do chakra. Desejava aumentar seu conhecimento acerca deste, pois sabia que suas próprias habilidades ainda eram porcas neste domínio. O encadernado era grosso, parecia ter em seu conteúdo toda a história de seu assunto. Na realidade, entretanto, Alice percebeu que o exemplar não passava de ideias antigas e mal compreendidas pelos escritores da época. O ninjutsu de agora estava numa era totalmente diferente, com um poder muito maior do que àqueles mencionados nas linhas de texto que acabara de ler.

Saiu do lugar entristecida, sabia que tinha apenas perdido tempo com uma leitura nada proveitosa. De todo modo, não tinha como voltar no tempo, entendia que deveria descobrir por si mesma uma forma de aumentar suas capacidades. Por esse motivo, viajou da biblioteca até o campo de treinamento mais próximo. Era um bom lugar para se treinar, onde poucos vinham e no qual sentia-se mais confortável de estar, pois tinha paz para fazer suas coisas sem que outros zombassem de sua aparência.

Quando chegou ao local, ficou aliviada dele estar vazio. Sentou-se ali mesmo, no chão e no centro do lugar. Devia praticar um ninjutsu básico para melhorar, sabia ela. Em alguns movimentos de seus dedos, uma cópia sua apareceu à frente de seus olhos, encarava-a de volta. A figura era desprovida de massa, sendo apenas uma simples réplica, um bunshin. Mesmo assim, a garota conseguia ver o seu reflexo e não gostava nada dele. Mas não era de sua marca no rosto que não gostava, mas das mesmas feições que tinha herdado de sua mãe. Isso revoltava-a e a deixava enjoada. Tinha nojo daquela mulher e um ódio por ela que era maior que seu próprio ser.

Esquecendo-se de sua infância, voltou ao treinamento de antes. Praticou diversas vezes o jutsu iniciante afim de romper suas ínfimas capacidades. E conseguiu. Levou algum tempo, mas a garota produziu uma réplica sem nenhum defeito, tirando os seus próprios. Estava claro para ela que tinha conseguido avançar um pouco. Um pé de cada vez subindo essa longa escada, pensou.

O solo que pisa, o ar que respira, os movimentos que seus membros repetem ao mover-me de um lugar ao outro, uma sincronia tão perfeita quanta a partitura de uma música. Tocada sem esforço pelo corpo de uma garota, sem ensaios ou treinos. O simples ato de caminhar denotava que ainda havia esperança. No mundo de sangue, o ódio é o que define seu poder. O caminho a ser escolhido não existe, o destino que lhe traga desde o nascimento, sem escolhas, propenso a seguir o ciclo.

Não hesitou. Seus dedos percorreram o tecido de suas roupas alisando-as, balançando o pó que antes estava preso nelas. Parada à sua frente estava ela, com um sobretudo negro que lhe escondia o corpo, mas não a face, que naquele instante lhe encarava. Os olhos dela seguiam os seus, refletiam o 'nada' e o vazio que tinha dentro de si. Lá estava ela, ainda parada em à sua frente.

Com um levantar de mãos e um rápido balançar dos dedos dela, entendeu que deveria segui-la. Tomou o outro lado como caminho, deixando-a olhar sua figura de trás, enquanto suas costas e o longo rabo-de-cavalo pudiam ser vistos agora. Segui-a para o mesmo rumo que sempre tomavam, como de costume era feito. E como sempre, nenhuma palavra fora dita, nem mesmo quando chegaram ao destino.

Adentraram o velho hospital abandonado, longe de tudo e ainda mais dos campos de treinamento. Mas era ali que ela fazia questão de a levar todas as semanas, para que aprendesse consigo. Você gostaria de pergunta-la o porquê, mas sabia que palavras não eram bem-vindas aos ouvidos da mulher, que nunca ela te responderia. Era por meios de cartas e palavras escritas que se entendiam, ou como pode dizer, sabia o que devia fazer de acordo com as ordens que ela dava.

Em meio àquele lugar, pararam em um dos quartos onde eram colocados os pacientes antigamente, mas que hoje não passava de mais um dos tantos que haviam sido queimados, com uma parede destruída dando visão do cômodo ao lado. Entretanto, uma cama nova podia ser vista ali, alinhada com uma coxa de flores que lembravam a árvore sakura, e ao lado desta estava uma escrivaninha, com uma carta acima de meia dúzia de livros. A mulher te deixou ali enquanto partia, esperando que você soubesse o que fazer.

Uma única palavra estava escrita na carta: Inteligência. Era simples, os livros haviam sido deixados para outro treinamento, um que não envolvia o uso de pesos ou do corpo propriamente dito, mas da mente que nele habita. Estudo do tempo, estudo da compreensão...etc, não importava o título deles, mas que você entendesse o que continham. Pegou o do topo, guardou a carta e iniciou a leitura, com apenas um lampião de luz para clarear o lugar, que tinha sido ordenado trazer por meio de outra carta que você havia recebido dois dias antes de se encontrarem, até chegar neste exato momento.


HP: 200/200 CH: 200/200 ST: 00/04


Treino de inteligência e Ninjutsu. Dois pontos em ambos.


_______________________


Narrador A
Narrador A
Genin
Vilarejo Atual
int e nin 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos