:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Asa
Genin
Asa
Vilarejo Atual

Heal path - Quest Dumas pt.3 - Publicado Sab 22 Abr 2017 - 18:47

Off: continuação da quest. http://narutorpgakatsuki.com.br/t51949-heal-path-dumas-pt-2#327781

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
Heal path - Quest Dumas pt.3 E6fVkdy

Dumas
Tsuchikage
Dumas
Vilarejo Atual
Heal path - Quest Dumas pt.3 E6fVkdy

Re: Heal path - Quest Dumas pt.3 - Publicado Sab 22 Abr 2017 - 19:57


 
 Corria pela Vila e passava pelos portões imponentes de Iwa, mas meu objetivo estava além de suas proteções. Conhecia os arredores de Iwa graças a alguns passeios com a minha família e outros locais eu descobrira entre algumas brincadeiras ou em dias monótonos e minha curiosidade me levava a ir além dos lugares que eu conhecia. Mesmo com as dores, peguei algumas balas de café e coloquei todas na boca de uma vez, precisava delas para matar meu vício pelo café, entretanto, não sabia se piorariam o meu quadro. Mas só tinha a agradecer, pois o Inverno já havia acabado e levado sua neve com ela. Neve que ativava lembranças e sensações horrendas e me imobilizavam sempre que eu o via ou sentia. Ao contrário a Primavera se iniciara e onde havia neve agora há terra, grama, as flores e demais plantas começavam a florescer e a dar frutos.  
 
 Era este o quadro de quando subi as montanhas de Iwa, passei por vários percalços durante o caminho, penhascos, trilhas que mal passavam uma pessoa, várias escorregas em meio às rochas soltas, e algumas escaladas bem íngremes. Mas havia momentos em que localizei uns lagos ou riachos no meio do caminho do qual retirava forças e relaxava o corpo. Só tinha uma coisa em mente: Curar-me para ajudar a curar outros.
 
 Este seria o primeiro passo para aprender o caminho para aprender o Iryo ninjutsu e a ajudar meus amigos e minha Vila. E era este pensamento que me dava força para continuar mesmo quando as dores de cabeça e estômago aumentavam de uma forma que às vezes me fazia vomitar e parar no meio do caminho.
 
 Por fim cheguei a uma floresta, uma floresta de pedras, era um dos locais que eu encontraria as plantas que precisava. Não demorei em avistar a erva a que vim buscar e logo peguei uma kunai para recolhê-la, porém fui surpreendido quando aproximei a minha mão e uma fumaça fluída branca saiu da planta, para em seguida, a mesma murchar e morrer. A “aura” branca seguia seu caminho por entre as rochas, queria saber mais sobre aquilo, então numa curiosidade ativei meu Kanchi e o expandi ao máximo onde avaliaria e seguiria aquela fumaça para descobrir o porquê e como aquilo havia acontecido.
 
 - Agora temos uma barreira que desfaz a planta ou temos um engraçadinho roubando a força vital das plantas! Só o que me faltava! – Falava com a raiva e a ironia que era impulsionada pelas dores.
 
 A caminhada continuava e as dores estavam me irritando com vontade e minha paciência diminuía um pouco. Mas precisava continuar até que depois de alguns minutos parece que sentiu uma presença e logo em seguida avistou uma casa que parecia bem mal cuidada. Era para aquela casa que estava indo toda a força vital das plantas.
 
 - Quem é que estiver ali dentro tem que prestar explicações! – Falava indignado pela demora e contratempo de conseguir a sua cura.
 
 Poderia invadir a casa pelas janelas quebradas ou simplesmente bater na porta e ver o que seria um possível velho de barba longa.
 
 - Preciso falar urgente com o responsável por roubar as plantas desta região! – Falava imponente, tentando esconder o cansaço e as dores do meu corpo.  
 
 
Considerações:

 
Bolsa de Armas:

 

Jutsus:

 
 
Noah:
Heal path - Quest Dumas pt.3 LS23svTHP: 250/250
Heal path - Quest Dumas pt.3 XQKY0CH: 325/325
Heal path - Quest Dumas pt.3 LCwG1ST: 3/3


Speed 2 m/s

_______________________

Heal path - Quest Dumas pt.3 Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Asa
Genin
Asa
Vilarejo Atual

Re: Heal path - Quest Dumas pt.3 - Publicado Sab 22 Abr 2017 - 20:09

O menino ficava a frente da porta aos berros querendo chamar a atenção do vulto que vira rapidamente a minutos atras, as fumaças continuavama adentrando a casa mas noah percebeu que elas não escapavam para nenhumc anto da casa "onde essa força toda esta indo".
A porta da casa se abria rangendo com todo os metais que tinha dando um leve desconforto aos ouvidos de qualquer um.
- Dores no estomago não? Senti isso quando você estava a kilometros de distância. Entre entre.
Velho de pele esverdeada ,olhos esbranquiçados, e uma grnade barba dizia enquanto dava espaço para o jovem se sentar. O jovem zoldyck rapidamente se sentava em uma cadeira proxima devido as dores que sentia. O velho então pegava um pouco da força vital que estava concentrada na chamine e a colocava em um de suas mãos a deixando com a aura verde,em seguida a mão era colocada na barriga do menino e um leve conforto começava a aparecer.

Obs:05/08. O desafio continua ,ultima tentativa para diminuir os posts. E aprovpveita para pedir pra aprender oque ele usou.

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
Heal path - Quest Dumas pt.3 E6fVkdy

Dumas
Tsuchikage
Dumas
Vilarejo Atual
Heal path - Quest Dumas pt.3 E6fVkdy

Re: Heal path - Quest Dumas pt.3 - Publicado Sab 22 Abr 2017 - 21:21


 
 As fumaças brancas não se espalhavam dentro da casa como vislumbrei pelas janelas quebradas da casa.
 
 “Quem será que está roubando a essência das plantas por aqui. E como e qual jutsu será que estão usando?!” – Pensava enquanto esperava o vulto responder ao meu chamado.
 
 Não demorou muito para que tivesse uma resposta de quem quer que seja o vulto barbado. A velha porta rangia em com todo o seu ser, perecia que não via um óleo há muitos anos. Só que o bramido da porta me causava ainda mais dor de cabeça e me fazia ranger os dentes. Tentei mudar meus pensamentos enquanto pegava mais algumas balas de café e me deliciava com seu sabor. Digamos que seria como um esforço de condicionamento operante forçando minha mente a buscar o prazer das balas e esquecer o rangido da porta.
 
 O responsável pelo roubo das auras nada mais nada menos do que um senhor de pele esverdeada, olhos esbranquiçados e uma longa barba, ou era um aspecto doentio do velho ou aquele senhor estava roubando a energia vital das plantas e as estava absorvendo. E o velho se dirigiu a mim:
 
 - Dores no estomago não? Senti isso quando você estava a quilômetros de distância. Entre, entre.
 
 Logo que entrei tentei vislumbrar todo aquele ambiente enquanto respondia ao velho:
 
 - Dores de estômago e dor de cabeça. Mas como o senhor... – Parei minha frase no meio quando percebi que o velho estava indo até a chaminé onde estava concentrada a energia vital das plantas e uma aura verde se manifestava na mão do senhor esverdeado. Após a aura se manifestar na mão do idoso ele veio em minha direção e colocou sua mão na minha barriga e aos poucos comecei a sentir melhoras do meu sintoma no estômago.
 
 - Como o senhor fez isso?! E como o senhor sabia a quilômetros de distância? – Perguntei encantado com o que o ancião havia feito, mas logo percebi que era um ninjutsu igual ou similar aos que minha mãe usava em seus tratamentos. O método era diferente, então a pergunta que não quis calar: Por quê?
 
 - Por que e como o senhor consegue absorver a essência das plantas? Usa uma barreira para protegê-las para depois sugar sua energia? E como o senhor faz para combinar com o jutsu médico? – Atropelava o ancião com várias perguntas até que percebi que estava sendo rude.
 
 - Aliás, muito obrigado pela ajuda! Meu nome é Noah. – Falava novamente mais formal, dava uma pausada para continuar: - Noah Zoldyck, e como o senhor se chama? – Pausava para ouvir tudo o que o senhor tinha a dizer.
  
 Após toda aquela situação meio constrangedora tentei me calar e pensar em toda aquela situação.
 
 “Esta é uma ótima oportunidade!” – Pensou com a ideia em mente.
 
 - O senhor pode me ensinar os seus jutsus médicos? Que me tornar um Iryo-nin! – Falei mais uma vez com toda a convicção.

 Assim aguardava o que o ancião iria falar.
 
 
Bolsa de Armas:

 
Jutsus:

 
 
Noah:
Heal path - Quest Dumas pt.3 LS23svTHP: 250/250
Heal path - Quest Dumas pt.3 XQKY0CH: 325/325
Heal path - Quest Dumas pt.3 LCwG1ST: 3/3


Speed 2 m/s

_______________________

Heal path - Quest Dumas pt.3 Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Asa
Genin
Asa
Vilarejo Atual

Re: Heal path - Quest Dumas pt.3 - Publicado Dom 23 Abr 2017 - 1:01

- Eu nasci com essa habilidade,sugar a essencia da vida e usa-la de varias formas como a cura em que sou especialisado. E facil sentir uma essencia machucada, ainda mais a suas que parece ser amarga e podre...oque você fez para isso acontecer?
Perguntava o homem estranho enquanto coçava seu queixo:
- Aprenda a curar essa sua alma podre.
O velho fazia um corte em.sua mão e pedia para o.menino usar e fazer exatamente oque fez para curar seu estomago.
Bastava ao jovem ter exito ou não.


Obs:06/07 faça 400 palavras e a qiest sera aprovada.

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
Heal path - Quest Dumas pt.3 E6fVkdy

Dumas
Tsuchikage
Dumas
Vilarejo Atual
Heal path - Quest Dumas pt.3 E6fVkdy

Re: Heal path - Quest Dumas pt.3 - Publicado Dom 23 Abr 2017 - 16:55


 
 O velho explicava sobre a sua habilidade de sugar a essência da vida e poder usá-la da forma que lhe convêm, mas que era especialista na arte da cura. E em seguida falava sobre sentir sobre a minha essência que estava machucada e como ela parece ser amarga e podre?! Como ele poderia dizer aquilo? Seria aquilo uma verdade ou poderia ser uma forma dele querer se mostrar e a suas habilidades? Ou somente estava me provocando por ter soltado tantas perguntas em cima de um velho que poderia ser impaciente.
 
 Após se explicar e me questionar o que aconteceu sobre a situação da minha essência machucada o velho coçava seu queixo, o que me fez refletir sobre o que aquela mente anciã estava tramando. Não sabia avaliar aquele velho ainda, não sabia se era um herói ou um vilão, ou se somente era um velho sem companhia de outras pessoas. Havia percebido que de todas as minhas perguntas uma não havia sido respondida, ainda não sabia como chamar o idoso de longas barbas.
 
 Mas tentei interrompê-lo antes que continuasse: - Mas quem não tem alguns machucados ou cicatrizes em sua essência?! Uns machucados você mesmo consegue curar, outros machucados o tempo faz curar e há ainda outros que quem está a sua volta pode curar. Ou pelo menos é que aprendi até agora. E pretendo me encarregar de ser o último.
 
 Então o velho se pronunciou:
 
 - Aprenda a curar essa sua alma podre. – O velho fazia um corte em sua mão e pedia para o menino usar e fazer exatamente o que fez para curar seu estomago.
 
 Não obtive muito mais instruções do ancião então teria que me virar para descobrir como deveria proceder. Revisei tudo o que sabia sobre os ninjutsus médicos que minha mãe sempre mostrou e algumas vezes me ensinava com o que aquele velho havia demonstrado.
 
 Olhei para o senhor e segui em direção da chaminé onde residia toda a essência que o velho absorvia, poderia não ter a mesma habilidade que aquele senhor, mas poderia tentar entender o mecanismo, enquanto caminhava até meu objetivo estava infundindo chakra e aos poucos o controlando de forma que tivesse completo controle, quando percebi que acertei o ponto certo,deixei o fluxo azul de chakra fluir pela minha mão, formando uma camada azul de uns cinco centímetros. Estendi a mão para a clareira e senti de leve o “chakra” das plantas do velho. Juntamente com o Kanchi tentei aos poucos fundir meu chakra com a aura das plantas. De imediato nada aconteceu, mas os experimentos são tentativas e erros. E se sucedeu várias tentativas e poucos êxitos, levou cerca de uns dez minutos até que compreendi como funcionava o sistema de alteração para ninjutsu médico.
 
 - Agora sim! Entendi como funciona! – Então fui até o velho e fiz todo o processo novamente, infundir chakra, controlá-lo de forma eficiente, e alterá-lo para o “modo de cura” tornando meu chakra azul em verde. – Vou te curar! – Falei confiante.
 
 O processo foi similar ao que ocorreu comigo antes e senti o chakra fluindo conforme ia curando o velho. Como o corte era pequeno não precisei usar muito chakra. Posteriormente fui treinando com minha dor de cabeça e finalizar a dor no meu estômago, método que me consumiu algum tempo e alguns conhecimentos a mais, mas não necessariamente consegui me curar sozinho.  
 
 Então me virei para o velho e lhe questionei: - Pode me ensinar mais alguma coisa?
 
 Pegava mais algumas balas e as consumia enquanto descansava na cadeira.
 
 
Bolsa de Armas:

 
Jutsus:

 
 
Noah:
Heal path - Quest Dumas pt.3 LS23svTHP: 250/250
Heal path - Quest Dumas pt.3 XQKY0CH: 325/325
Heal path - Quest Dumas pt.3 LCwG1ST: 3/3

Speed 2 m/s

_______________________

Heal path - Quest Dumas pt.3 Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Asa
Genin
Asa
Vilarejo Atual

Re: Heal path - Quest Dumas pt.3 - Publicado Dom 23 Abr 2017 - 17:27

APROVADO

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: Heal path - Quest Dumas pt.3 - Publicado