>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 10:
RemanescentesAno: 69DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Primavera

Marina
Chūnin
Marina
Vilarejo Atual
Ícone : M. Rank C - Deca  100x100

http://narutorpgakatsuki.net

M. Rank C - Deca - em Ter 13 Set - 18:46

Espionagem 1: Aliança Negra
Descrição: Conseguimos informações, de que algumas de nossas vilas inimigas, grupos de ninjas renegados e clãs que se declaram independentes de vilas, irão se reunir secretamente, para armar planos contra nós e nossos aliados, sua função é descobrir o local, espionar, e trazer as informações para vila sobre as estratégias e os últimos planos dos inimigos.

Lembrete:

  • Status, armas e jutsus usados devem constar em seu post

  • Pode haver lutas, mas não é obrigatório.

  • Por ser one-post, deve ter inicio, meio e fim. Good luck!
-
Deca
Deca
Vilarejo Atual
Ícone : M. Rank C - Deca  100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: M. Rank C - Deca - em Sab 17 Set - 17:07


Zero Moment.

Não demorava muito para receber mais uma missão de um pássaro mensageiro, mas estava um bocado entediado para acelerar meu passo, então fui devagar, me vestindo e organizando minhas armas. Saindo de casa, fui direto para o gabinete do kage, para receber os detalhes da missão em questão.
Chegando lá, para minha surpresa, era uma missão de infiltração em uma reunião secreta, não tão secreta assim, de vilas inimigas, ninjas renegados e clãs independentes. Infiltração era minha área, seria divertido.

— O que acha, Akuma? - perguntei a minha outra personalidade, no subconsciente, enquanto já me preparava para sair da vila.
Bom, vai ser interessante para você, não gosto muito de não poder matar ninguém. respondia estressado.
— Não se estresse, ninguém disse que não podíamos lutar, disse?
[…] Bom, você tem um ponto, mas isso não seria algo tão fácil de se conseguir, né?! Porque se suspeitarem que estamos lá, toda a missão irá por água abaixo, certo?
— […] Bom, agora creio que você tenha um ponto, Akuma. Então vamos primeiro encontrar o tal local, depois pensamos no resto. - finalizava a conversa, iniciando meu voo e indo até o local onde diziam, na missão, haverem visto movimentos suspeitos de muitos ninjas.
Graças ao frio que fazia naquela época, voei em baixas altitudes, não que me importasse muito com a temperatura. Chegando próximo ao local, com perigo de encontrar ninjas inimigos, me tornei invisível e foquei no meu kanchi, que estava sempre ativo. No caminho para o local, um pequeno vilarejo ainda no país da Terra, pude perceber muitas assinaturas de chakra fortes, o que já era um começo. Não tinha muito conhecimento sobre renegados de Iwa, mas o resto poderia ser mais fácil de identificar, por isso, assim que cheguei a vila, comecei a identificar cada uma daquelas assinaturas de chakra, para saber se alguém ali faria parte de algum grupo de renegado, clã independente ou vila inimiga.
Alguns ali me chamaram a atenção, por serem claramente ninjas e alguns por terem características marcantes de certos clãs. Identificando e marcando cada uma daquelas assinaturas de chakra, fiquei sobrevoando o vilarejo, organizando o máximo de informação possível e esperando para ver se eles sairiam dali para seguirem para a tal reunião – isso se a tal reunião não fosse ali mesmo.
Durante o dia, nenhum deles teve uma atitude suspeita o suficiente para chamar minha atenção, até o anoitecer. Ao anoitecer, as assinaturas de chakra começaram a se “agitar”, com os que marquei começando a correr para lá e para cá, até começarem a se reunir em pequenos grupos e, aos poucos, começarem a sair do vilarejo.
Poderia perseguir todos os pequenos grupos me clonando, mas chamaria muita atenção e acabaria gastando chakra que não possuo. Por fim, foquei em um pequeno grupo formado por membros de uma vila inimiga e os segui – se nossos inimigos estivessem se reunindo, membros daquele vilarejo, com certeza, estariam no meio. Bom, pelo menos era o grupo com maior certeza por ali e, se todos estavam indo para um mesmo local, meu kanchi ainda poderia acompanhar outros grupos.
Comecei a perseguição, invisível aos olhos alheios, a rastreadores de diversos tipos e voando em uma altitude razoável para não ser ouvido e nem ser congelado pelo frio, que se mantinha constante. Seguia-os por bastante tempo, de forma que, desde que saíamos do local ao anoitecer até este momento, já havíamos passado por três pequenos vilarejos e agora a noite já começava a virar madrugada.
Os outros grupos, algumas vezes, seguiram por caminhos diferentes, outras vezes voltavam a atingir o alcance de meu kanchi – eles estavam preparados para levantar o mínimo de suspeita possível, mas era claro que seguiam para a mesma direção. Grupos até então não vistos também apareciam, vez ou outra, no meu “radar”. Não tardou muito para o número de grupos crescer e começar a se concentrar em um ponto, indo todos para uma mesma direção, em algumas montanhas que ficavam praticamente na fronteira do país. Ali, podia sentir uma grande quantidade de chakra – parece que havíamos chegado.

Aos poucos, nos aproximávamos do local, e pude observá-lo de longe. Na verdade, não passava de uma pequena cabana, mas podia sentir as assinaturas de chakra ao redor daquilo e embaixo… um esconderijo no subsolo, interessante.
Conforme chegávamos na cabana, me aproximava do pequeno grupo que seguia, para poder entrar junto com eles na cabana, fazendo o mínimo de barulho possível. Havia uma pequena entrada para a subsolo, o que complicou na hora de entrar, mas consegui, graças ao voo.
Surpreendentemente, o subsolo era muuuuuuuito amplo, provavelmente pegando toda a montanha em que a cabana estava. Assustador. E aquilo estava relativamente cheio, poderia se dizer que havia um pequeno grupo representante de cada inimigo de Iwa e dos nossos aliados. Tinha certeza que Akuma gostaria de matar cada um ali, mas não era essa nossa missão, por isso o impedi de assumir e me atentei a caçar um líder ali, além de ouvir o que era possível sem me aproximar muito.
Após algum tempo ouvindo algumas conversas alheias, percebia que ninguém mais se aproximava da nossa localidade em uma distância de quase um quilômetro, que era a distância máxima de meu kanchi. Com isso, a “reunião” finalmente teve seu início, com um ninja assumindo a “liderança” da reunião e começando o blá blá blá de como deveriam se aliar para derrubar Iwa, etc e tal. Enquanto o blá blá blá continuava, reparei um pouco no ninja que falava e percebi alguns detalhes nele: vestimentas, tatuagens e assinatura de chakra deixavam claro que ele pertencia a um clã que vivia próximo a Iwa e, até onde sabia, não era nosso inimigo. Estranho. Estariam eles planejando aquilo tudo? Bom, o jeito era reunir informações sobre o que acontecia naquele momento: verificar cada ninja, cada coisa que era falada e, acima de tudo, me manter o mais oculto possível.
Pensei no que poderia fazer para estragar a reunião, matar um ninja importante poderia gerar um caos ali dentro, afinal ninguém era aliado ali ainda, mas também poderia levantar muitas suspeitas a minha presença. Existiam muitas variáveis, mas me segurei e mantive-me focado na missão, focado em recolher informações.

A reunião durou algumas horas e, quando terminou, um tratado havia sido feito entre eles. Um tratado de aliança problemático. Tempos difíceis se aproximavam e, com eles, mortes aconteceriam. Jashin-sama ficaria satisfeito.

Enquanto a saída de todos aconteciam, arrumei uma forma de sair também, sem ser notado. Dali, voltei para Iwa sem pensar em lutar contra ninguém, não poderia levantar qualquer suspeita de infiltrados ali, pois aquelas informações poderiam ser muito uteis.
Chegando a vila, me dirigi ao gabinete do Kage e relatei todo o ocorrido, finalizando a missão e recebendo minha recompensa.


M. Rank C - Deca  LS23svT 000 M. Rank C - Deca  XQKY0 520

Notas:
Eu costumo variar bastante entre minhas personalidades, mas como essa era uma missão específica para uma das minhas personalidades, preferi ficar só nela e explicar o que fiz para não deixar a outra aparecer. Também não lutei, já que é infiltração e seria demais eu matar todos ali. Tudo isso foi devidamente explicado no post, mas não custa nada relembrar. ^^


Kanchi no Jutsu
Descrição: A técnica de detecção permite que o sensor tipo shinobi para detectar e rastrear alvos através de suas assinaturas de chakra. A gama de esta técnica varia entre os sensores.

BOLSA DE ARMAS X 2 (40) - uma presa na coxa direita e outra na cintura, nas costas.
» Kunai: 05;
» Kibaku Fuuda: 12 (3 de espaço);
» Kemuridama: 14;
» Hikaridama: 10;
» Fios: 10m (2 de espaço);
» Hyōrōgan: 04;

M. Rank C - Deca  Star_ocean__the_last_hope_art_26
Thanatos - nas costas.

Espécie: Incomum.
Rank: S
Descrição: Thanatos é uma arma singular feita exclusivamente para Zero e suas habilidades incomuns. Assemelha-se a um bastão, porém com uma peça usada em suas pontas. A peça possui cinco “pontas” semelhantes a pequenas lâminas, estando quatro ligadas a si e a última na outra ponta do bastão, todas essas pontas conduzindo chakra de forma única, assim como o próprio bastão.
O manejador de Thanatos é capaz de alterar o posicionamento das pontas, dependendo apenas de uma pequena parcela de chakra (5), além de poder fazer uma mudança manual. Dependendo do posicionamento dessas pontas e o chakra investido, a arma ganha novas "formas".
Quando o chakra chega à alguma ponta, ela se envole em chakra, ganhando uma espécie de "lâmina de chakra" três vezes maior que o tamanho original da ponta (cerca de 20 centímetros).

Gasto: gasta-se 10 de chakra para alcançar cada ponta ou 60 para todo o bastão, sendo que existe um gasto contínuo referente a metade do inicial.
Formas: formas únicas e que alterem a capacidade inicial (como aumentando o tamanho das lâminas) podem ser criadas, mas apenas através de jutsus.
Nota: a imagem serve de base, mas a arma em si possui cores e formas um pouco diferentes, sendo adaptado para o descrito acima (a arma é predominantemente preta, possuindo alguns detalhes em vermelho e branco; a cor do chakra também não se altera).
[/justify]

Kusarigama - presa na cintura.
Descrição: Um kusarigama é uma arma japonesa tradicional que consiste de uma foice ligados a uma cadeia. Ele pode ser usado para atacar oponentes, ou neutralizá-los com a cadeia. Alguns usuários Kusarigama qualificados podem até mesmo roubar armas de seus oponentes. Tenten usou-o como um projétil em sua técnica gêmeas aumentação Dragons, enquanto Jigga magnetizado com sua Magnet Ninja Arte de roubar armas dos adversários. Hanzo é anotado para ser um usuário muito hábil do kusarigama, que ele encharcado de veneno para aumentar ainda mais sua letalidade. Excepcionalmente, tendia a entregar batidas por balançando a foice com a cadeia, em vez de simplesmente empregar o fim ponderada, que é geralmente considerada a maneira mais eficaz.

Hidden Kunai Mechanism - braço direito.
Descrição: Este item permite que o usuário para estender instantaneamente e retrair kunai de sua manga uso de um fio de mola.

Mujin Meisai
Rank: B
Descrição: O utilizador apaga a sua presença, fazendo com que ele não tenha nenhuma forma física, nem chakra detectável, enquanto a técnica estiver ativa. Ele não pode ser detectado através de meios tradicionais. Com o domínio de Mū nesta técnica ajudou-o a ganhar o apelido de "não-pessoa" (無人, Mujin; Viz "Homem Nulo").

Doton: Keijūgan no Jutsu
Rank: B
Descrição: Ao contrário do seu homólogo Doton: Chōkajūgan no Jutsu, em vez de fazer o alvo mais pesado, esta técnica torna muito mais leve. Isto permite maior liberdade de manipulação dos objetos afetadas, que normalmente têm um peso consideravelmente mais e, como tal, necessitam de uma maior quantidade de esforço para se mover. A técnica pode ser usada para o utilizador ou shinobi outros para aumentar a sua velocidade, mas, em consequência do uso desta forma, resulta na redução da força física dos seus golpes.

_______________________

M. Rank C - Deca  Tumblr_npejuknVff1r60zuio1_500
Simplicidade e realidade me encantam. Busco trazer isso no que escrevo. (plágio '-')
Ficha | Acompanhamento
-
Marina
Chūnin
Marina
Vilarejo Atual
Ícone : M. Rank C - Deca  100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: M. Rank C - Deca - em Sab 17 Set - 17:25

Boa narração.
Detalhes técnicos bem colocados (técnicas, armas, status).
Bom senso, afinal, nem tomando meio kilo de Whey Protein iria conseguir matar todos em uma gigantesca reunião de nukennins e inimigos.
De fato não é preciso lutas ou assumir outra personalidade, a menção da mesma já contou bastante. Boa estratégia pra não levantar suspeitas.

Missão aprovada. Recebes 7.500,00 RY
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: M. Rank C - Deca -

-


Layout por @Akeido Themes, @Loola Resources e Naru.