:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Coca
Jōnin
Coca
Vilarejo Atual
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

[Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado Seg 16 Maio - 13:34


風の天才

O barulho estrondoso me fez acordar de súbito, sem entender o que estava acontecendo. Esfreguei os olhos com ambas as mãos pelo menos duas vezes para identificar o problema. A janela do meu quarto estava quebrada, com diversos cacos de vidro espalhados por todo o assoalho. Uma fumaça suspeita começou a tomar conta de todo o cômodo, me obrigando a tirar a camisa como resposta rápida, tampando nariz e boca, evitando inalar grandes quantidades do fumo.

Me movi com certa pressa, abrindo a porta do quarto e acessando o estreito corredor. Por mais que tentasse enxergar alguma coisa, o fumo havia tomado conta de todo o modesto apartamento. Sentia uma leve dificuldade em continuar andando, como se o corpo estivesse mais pesado que o habitual. Ainda assim tentei, mal conseguindo dar três passos pra frente, caindo com os joelhos sobre o assoalho.

Não conseguia sequer segurar a camisa que acabou por escorregar até o solo. Minha face beijou a tábua de madeira do assoalho e ainda fazendo força para manter meus olhos abertos, vi alguns homens invadirem minha casa pela janela da sala. Todos mascarados, com um sobretudo enegrecido cobrindo o corpo inteiro, menos as mãos. — Maldi… — sequer consegui gritar, perdendo a consciência no mesmo instante.

HP:1300/1300 CH: 2275/2275 ST: 0/8

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Itens:
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Coca
Jōnin
Coca
Vilarejo Atual
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Re: [Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado Seg 16 Maio - 15:37


風の天才

Acordei com uma dor no corpo fora do comum, mas preocupado com o que havia acontecido, logo tentei observar o meu entorno em busca de informações. Tentei mover ambos os braços, entretanto, fui impedido por uma força maior. Olhei de um lado a outro, com os olhos ainda pesados, visualizando uma pequena sala escura e eu sentado sobre uma cadeira de ferro com ambos os braços e pernas presos por uma corrente grossa.

Fiquei bons minutos sem entender nada, imaginando estar sonhando ou até mesmo ter sido vítima dos Descendentes Vermelhos, talvez uma ilusão tendo aquele denso fumo como meio de entrada. Infelizmente, ao tentar abrir e fechar os olhos algumas vezes, nada aconteceu. O fato de eu estar sem camisa me causou certa estranheza, mas minha maior preocupação era entender o motivo de estar ali e quem eram aquelas pessoas mascaradas cobertas por uma túnica negra que haviam aparecido antes que eu desmaiasse.

Tentei gritar pela primeira vez, sentindo a garganta falhar. Mais umas duas tentativas foram necessárias para que minha voz ecoasse dentro do cômodo escuro. — Socorro! — o silêncio tomava conta do ambiente uma vez mais. Me concentrando o suficiente, pude escutar de longe o barulho de um rio, ou algo parecido. O som da correnteza trazia certa paz interior que logo foi quebrada por um barulho estridente semelhante a algum tipo de metal se chocando contra outro. Gritei mais uma vez desesperadamente, em uma nova tentativa falha de ser ajudado.

HP:1300/1300 CH: 2275/2275 ST: 0/8

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Itens:
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Coca
Jōnin
Coca
Vilarejo Atual
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Re: [Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado Seg 16 Maio - 17:38


風の天才

O barulho dos dois metais se chocando se aproximou de forma gradativa no cômodo em que eu estava preso. Um feixe forte de luz acompanhou o movimento de abrir a porta, causando irritação momentânea aos meus olhos, afinal, estava um bom tempo dentro da escuridão. Tentei colocar a mão esquerda sobre os olhos de forma automática, sem lembrar que ambas as mãos estavam presas por uma grossa corrente.

E se… Pensei ao tentar acumular uma certa quantidade de chakra à minha volta, principalmente de vento, mas não tive bons resultados, sequer consegui moldar uma mera lâmina do elemento afim de tentar quebrar a corrente, ficando refém do ser que caminhava em minha direção de forma vagarosa. Conseguia escutar com perfeição o som dos solados dele em contato direto com o solo.

Encarei os olhos enegrecidos dele por longos minutos, vendo-o me analisar como se eu fosse uma espécie de cobaia, por assim dizer. Por vezes levava sua mão ao meu rosto, segurando pelo queixo, levantando-o e analisando principalmente meus dentes e face como um todo. — Me larga filho da puta. — esbravejei movendo a cabeça, tirando a mãe dele do meu rosto por consequência. Ele resmungou algo em uma língua que eu sequer conhecia, talvez tivesse me rogando uma praga qualquer.

HP:1300/1300 CH: 2275/2275 ST: 0/8

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Itens:
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Coca
Jōnin
Coca
Vilarejo Atual
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Re: [Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado Seg 16 Maio - 20:24


風の天才

O ser deixou o quarto com certa pressa, deixando a porta entreaberta, voltando cerca de três minutos depois acompanhado de mais quatro vestidos da mesma forma. Pareciam clones, se não tivessem um tom de pele diferente e certas características que os tornavam diferentes uns dos outros. — Que merda é essa. — sussurrei ao visualizar os objetos que cada um trazia consigo. O do centro se aproximou mais ainda de mim, portando uma espécie de alicate.

Foi para trás de mim, segurando o dedo do meio da minha canhota, observando-o por alguns meros segundos. Pude vê-lo sorrir ao levar o objeto metálico até minha unha, fazendo força para retirar a unha de uma só vez, me fazendo gritar de dor. A agonia de sentir meu sangue pingar no solo arenoso e meu dedo latejar fez com que todos os outros três gargalhassem, fazendo um ódio genuíno brotar do meu âmago e percorrer por todo o corpo.

A marca da maldição latejou, tomando conta do meu corpo por meros segundos, mas insuficiente para que fosse possível quebrar a corrente, voltando ao normal de forma rápida. — O que vocês fizeram comigo? — perguntei sabendo que não estava conseguindo usar chakra nem mesmo meus poderes provenientes dele. Um deles me respondeu, mas não pude identificar o que ele falava. As frases do ser não faziam o menor sentido pra mim.

HP:845/1300 CH: 1479/2275 ST: 0/8

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Itens:
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Coca
Jōnin
Coca
Vilarejo Atual
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Re: [Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado Seg 16 Maio - 22:25


風の天才

As torturas continuaram por longos dias, onde sequer tive a oportunidade de comer ou beber, exceto por um único momento em que um dos mascarados me deu um gole d’água com um gosto extremamente desagradável. Com diversos cortes espalhados por todo o corpo, duas unhas retiradas pelo alicate, me encontrava em pânico, não só por causa dos ferimentos ou por estar trancado em uma sala escura e acorrentado, mas principalmente por conta da falta do cigarro. Me sentia fraco, com meu sangue suplicando por nicotina. Sentir meu corpo aquecido com o fumo, simples assim. Talvez eu seja um homem simples que precisa de pouco para viver. Suspirei, sem perder a força de vontade em meu âmago.

A visita diária dos homens veio uma vez mais por um forte feixe de luz ao abrir a porta colossal de ferro. Tentei evitar olhar diretamente para a luz, virando o rosto levemente. Talvez dessa vez fossem colocar um ponto final no meu sofrimento. Por mais que desejasse viver, ser torturado e ficar longe de meu vício só me fazia querer morrer de forma rápida e não lenta como estava acontecendo até então.

Um dos quatro homens se aproximou segurando uma agulha diferente de senbons. De início, espetou a agulha no que um dia foi a unha do meu indicador destro, causando uma dor desmedida. Não tinha mais força para gritar, sequer quis, somente fechei os olhos e aguentei a dor agonizante. Alguns segundos se passaram e o mesmo homem colocou ambas as mãos sobre meu antebraço esquerdo. A dor voltou a me abraçar como o frio de quarenta graus negativos abraça um homem pelado. Mas, diferente de todas as outras torturas, essa foi especialmente diferente. Talvez pelo meu corpo já estar cansado, desnutrido, mas ao sentir a queimação provinda das mãos do homem apaguei, não antes de conseguir escutar as palavras dele. — Vamos ver quanto tempo você dura.

HP: 845/1300 CH: 1479/2275 ST: 0/8

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Itens:
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Coca
Jōnin
Coca
Vilarejo Atual
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Re: [Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado Ter 17 Maio - 1:05


風の天才

Acordei extremamente dolorido, percebendo pelo tato uma mudança drástica de onde eu estava para onde me encontrava agora. O solo arenoso deu lugar a uma imensidão de gramas, vinhas e paz. Ainda assim, a escuridão fazia-se presente, diminuindo drasticamente minha visão, mas ainda assim possibilitando eu ver o chão à minha volta e até mesmo as flores presentes na parede em minhas costas.

Meu antebraço permanecia pulsando semelhante à marca da maldição que outrora havia recebido de meu pai. Quando tentei finalmente ver o que aquele homem mascarado fez com meu braço, um barulho estrondoso vindo da minha direita chamou-me a atenção. Sem conseguir ver, fui pego de surpresa por um monstro gigantesco. As garras dele rasgaram minhas costas, não o suficiente para abrir grandes fissuras, mas pra me fazer sangrar uma vez mais.

Sentindo a ardência das costas, não tive muito tempo e outra opção se não revidar, mesmo não tendo total visão do alvo. Não que importasse muito ter visão dele, afinal, só a noção de onde estava seria suficiente. — Só posso estar sonhando… — disse, ao ativar a técnica provinda de Umbral, fazendo diversos papéis desgrudarem de meu corpo de forma instantânea, em formato de pequenas senbons que foram em angulação de trezentos e sessenta graus, visando acertar tudo que estivesse à minha volta, principalmente aquilo que eu não conseguia ver.

Um grunhido estrondoso deu lugar a uma explosão descabida, fazendo os restos do monstro voar por todo o local, principalmente em minha direção. Por mais que Implosion fosse uma técnica forte, a potência com que foi desferida me causava estranheza, principalmente pelo tamanho do monstro. Só a cabeça tinha metade do meu tamanho, ou mais. — Estranho… — sussurrei, olhando pra marca no meu antebraço de uma cruz ao contrário.

Agora livre, busquei antes que fosse atacado por qualquer outro monstro ou coisa do gênero, um cigarro do meu maço de dunhill, acendendo-o em seguida. O primeiro trago veio com um alívio imenso, como se tirasse duas toneladas do meu corpo, pra mais.

HP: 700/1300 CH: 1279/2275 ST: 1/8

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Itens:
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Coca
Jōnin
Coca
Vilarejo Atual
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Re: [Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado Ter 17 Maio - 12:03


風の天才

Se eu pudesse parar o tempo naquele exato momento em que senti o fumo percorrer por todo meu pulmão, aquecendo-o, faria, sem sombra de dúvidas. Dei três, quatro puxos, tragando quase que completamente o cigarro sem sequer andar, encarando a cabeça do monstro que por um mistério, mesmo após a explosão, ficou intacta. A explosão me mostrou um caminho a ser seguido e mesmo com a falta de luz, caminhei vagarosamente e em silêncio por uma espécie de estreito túnel.

Demorei cerca de quinze minutos caminhando no breu até chegar em uma outra espécie de sala, coberta por grama e mais tudo que a outra tinha. Parecia que, conforme eu andava, mais a marca da cruz invertida latejava, fazendo meu braço vez ou outra formigar. Só me restava ignorar e me adaptar afinal, aquela marcação poderia ser a justificativa pro poder de minhas técnicas terem aumentado exponencialmente, semelhante ao que foi a marca da maldição no começo.

Caminhei um pouco sentindo a leveza da grama em meus pés, até ver a minha frente, mesmo com o breu ao meu redor, cerca de três cães com tamanho anormal em comparação ao padrão. Eles salivavam de uma forma descontrolada conforme olhavam fixamente pra mim, como se eu fosse um pedaço de carne ambulante.

Não esperei nem meio segundo para me tornar jantar daquelas coisas. Ao acumular chakra suficiente, o exteriorizei, moldando o vento ao meu redor em incontáveis lâminas translúcidas. Elas foram de encontro aos corpos volumosos dos animais com um simples mover de mão. O primeiro cão, mais próximo, sofreu com diferentes cortes por todo o corpo, assim como os outros, suficientes graças ao poder da cruz invertida para culminar com a morte dos três.

Isso tá cada vez mais estranho. Pensei ao andar sobre os corpos dos animais, tentando encontrar uma outra passagem ,se é que havia alguma ali. A falta de iluminação me incomodava. Seguindo a ideia de outrora, desprendi de meu corpo um papel bomba, fazendo com que ele fosse a cerca de dez metros de distância de mim, explodindo no processo, criando um pico de luz provinda da explosão suficiente para que eu conseguisse enxergar um pouco além.

HP: 650/1300 CH: 1100/2275 ST: 2/8

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Itens:
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Coca
Jōnin
Coca
Vilarejo Atual
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Re: [Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado Ter 17 Maio - 14:03


風の天才

A luz da explosão foi suficiente para me mostrar mais um local a ser seguido, desta vez, à minha direita. Semelhante ao outro túnel, principalmente em sua extensão, segui pelo caminho estreito de forma vagarosa, tentando escutar e enxergar, mesmo limitado pelo breu, algum outro monstro que provavelmente existe dentro da sequência de salas e túneis.

Diferente do outro, esse túnel durou mais,quase o dobro ou triplo de tempo. Talvez fosse por eu preferir andar de forma vagarosa, ou talvez ele realmente fosse mais extenso que o outro. Cheguei a outra sala, com as mesmas descrições das outras duas, a não ser pela grande diferença de tamanho.

A grama ainda fazia-se presente, como também o breu, menos intenso que das outras salas. Barulhos diversos, de direções distintas podiam ser escutados por mim, como se fossem rosnados de criaturas colossais. Me desfiz em papéis de forma automática, evitando assim ser pego desprevenido.

Os papéis tomaram conta de toda a sala, identificando os corpos das duas criaturas que mais se assemelhavam a pássaros mutantes com lâminas no lugar de garras. Com as penas enegrecidas, pouco conseguia diferenciar um do outro, a não ser por uma crista azul de um e uma amarela, do outro.

Eles tentaram rasgar alguns dos papéis, sem muito êxito, apesar de conseguirem cortar ao meio cerca de uma dúzia ou duas. Se eu pudesse rir, naquele estado, com certeza iria. Mas me concentrei em apenas sobrepuja-los. Utilizei dos papéis pré-existentes e próximos dos monstros para moldá-los em diversas estacas enrijecidas, contendo cada uma um selo bomba.

As estacas empalaram os monstros com certa facilidade, muito por conta do fator imprevisibilidade que as estacas trazem ao utilizarem papéis já dispersos no ambiente. As explosões serviram não só para trazerem uma morte rápida aos dois pássaros mutantes, mas para também me auxiliar uma vez mais na visão.

Olhei pra cruz invertida durante alguns longos segundos, imaginando o motivo dela me proporcionar tanto poder. Ser torturado para ganhar um poder imensurável desse? Tudo bem por mim… as unhas vão crescer, os cortes cicatrizar, mas isso aqui vai me ajudar muito a galgar em busca de meus objetivos. Com um sorriso estampado no rosto, me materializei novamente, já próximo da única saída daquela sala.

HP: 600/1300 CH: 1000/2275 ST: 3/8

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Itens:
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Coca
Jōnin
Coca
Vilarejo Atual
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Re: [Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado Ter 17 Maio - 16:04


風の天才

O mesmo caminho se repetia, com algumas mudanças. O frio fazia-se presente no túnel de acesso que peguei, meu corpo tremulava algumas vezes, mas nada se compara ao frio árduo das noites de Areia. Acostumado, apenas segui, vira e mexe coçando a cruz invertida por conta da sensação de queimação no antebraço que ela aplicava.

Semelhante da outra vez, me desfiz em papéis, ganhando o efeito surpresa caso fosse necessário, fugindo de qualquer monstro que estivesse à minha espreita. Senti, com os papéis em contato com alguns corpos, mais monstros. Não consegui decifrar, apesar de imaginar. Pareciam morcegos gigantescos com os membros inferiores parecidos com humanos. Se para sair daquele lugar, eu precisasse matar todos, assim seria.

Os papéis foram explodindo um por um, desencadeando em uma grande explosão que tomou conta da metade da sala, praticamente, assolando todos os corpos dos morcegos mutantes. Algumas partes permaneceram intactas, mas todos eles haviam morrido na grande explosão. Mas que porra é essa… até as explosões tão mais fortes. Apreciei a forte luz provinda dela, percebendo mais uma saída, mas, desta vez, semelhante a uma colossal porta ornamentada por ouro e algumas gravuras. Não consegui decifrar as gravuras pela rapidez em que o breu tomava conta do local, uma vez mais, mas me movi ainda em forma de papéis até a porta.  

HP: 550/1300 CH: 800/2275 ST: 4/8

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Itens:
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Coca
Jōnin
Coca
Vilarejo Atual
[Capítulo] Caminho Incerto. VNYra6x

Re: [Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado Ter 17 Maio - 18:05


風の天才

Ao me materializar novamente, fiquei analisando a porta mais de perto, conseguindo enxergar pouca coisa dela. Tentei empurrar uma vez, sem aplicar força alguma, sem sucesso. A segunda tentativa, dessa vez com toda a minha força, moveu levemente, mas ainda assim insuficiente para abrir uma passagem. — E se eu explodir essa porra? — sussurrei, desconfiando da presença de novos monstros.

Talvez fazer mais barulho não fosse o ideal, mas as explosões anteriores já teriam chamado qualquer atenção se fosse o caso. Pousei a palma da destra no centro da colossal porta, fixando vinte selos bombas. Me afastei consideravelmente, sem conseguir ver mais a porta, executando um simples selo de mãos necessário para desencadear as explosões.

O estrondoso som tomou conta da sala por um todo, como também a fumaça. Não hesitei em correr pra frente, vendo uma forte luz vinda do centro da nova sala. Por sorte, ela estava isenta de qualquer monstro. Me movi até a alavanca localizada no centro, puxando-a em seguida, sem hesitar.

Escutei um poderoso estrondo seguido de diversas explosões semelhantes às minhas, como se fosse uma armadilha e eu tivesse caído nela, feito um amador. Felizmente, uma plataforma secreta me levantou, indo de encontro a luz intensa.

Senti o calor da areia uma vez mais, suspirando de alivio. — Graças a Umbral. — recitei olhando para o céu, tampando boa parte da luz solar sobre meus olhos que quase se fechavam por falta de contato com uma luz forte durante dias, talvez semanas que fiquei preso em cativeiro.

Alguns segundos foram suficientes para eu me acostumar novamente, conseguindo fitar no horizonte o vilarejo da Areia. Apenas corri, em minha máxima velocidade, pensando em tudo o que eu havia passado nos dias anteriores. A tortura, a pressão psicológica, os homens mascarados e a marca da cruz invertida. — Talvez tenha valido a pena. — sussurrei sorrindo ao fim, acendendo um cigarro e dando um trago, buscando entrar no vilarejo e ir direto pra casa descansar e cuidar das feridas.

HP: 500/1300 CH: 800/2275 ST: 5/8

Considerações:
Jutsus Utilizados:
Itens:

[Capítulo] Caminho Incerto. 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[Capítulo] Caminho Incerto. 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado Ter 17 Maio - 18:19


Situação: Aprovado
Considerações:
Recompensas: Especialidade em Ninjutsu & Chakra Especial: Hiretsuna no Chakra.
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo] Caminho Incerto. - Publicado