:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Outono
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[FILLER - Troca de Clã] - Publicado Sex 15 Abr - 13:15


AKUMA




Um homem ou besta de chakra?

As qualidades do demônio vermelho jamais passariam despercebidas pelo mundo ninja. Um sujeito que dominava sete dos oito portões de chakra, versado nas artes de combate corporal, além de possuir dentro de si uma quantidade incalculável de energia espiritual. Akuma procurou ser discreto em suas conquistas, principalmente por não deixar testemunhas vivas em seus combates... mas o rastro de cadáveres e rumores sobre um homem de poder inesgotável, fizeram muitos questionarem sobre a existência daquele mestre das artes marciais.

Em uma camada mais obscura da sociedade shinobi, muitos investigaram e comprovaram a sua existência, enquanto outros ainda duvidavam da possibilidade de existir um humano com o chakra ainda maior do que o de uma fera lendária. Tudo ficou ainda mais evidente quando Akuma fugiu de Iwagakure, uma vez que seu nome e foto foram anexados no registro de criminosos que caminhavam soltos pela terra. Akuma se tornou personagem de rumores exagerados, e diversos homens ambiciosos estavam dispostos a descobrir mais sobre ele.

Aqueles que o encontravam, recuavam e desistiam da intenção de confronta-lo, uma vez que a energia emanada pelo demônio era tamanha e tão pesada que desencorajava qualquer um que pensasse em enfrenta-lo. Contudo, dentre tantos fracassados e curiosos, ainda existia aqueles dispostos a encarar o desafio.


- - -


Em uma rara noite de chuva no deserto, Akuma meditava em meio às dunas quando um mercador passou por ele e clamou por ajuda.

– Senhor! Senhor! Por favor! Estou a semanas no deserto, não tenho mais alimento para continuar... preciso chegar à Suna o quanto antes! – Dizia com uma voz enfraquecida pelo tempo.

O homem franzino e mal nutrido aparentava sinais de completo esgotamento físico, não deixando suspeitas para Akuma desconfiar de uma intenção oculta.

O demônio vermelho então se solidarizou, abrindo uma pequena bolsa e oferecendo algum alimento ao mercador. O mesmo deixou a sua mercadoria sobre a areia molhada e aproximou-se de Akuma com uma lona escura e apoios de madeira que logo formaram uma proteção improvisada contra o tempo chuvoso.

– Eu me chamo Makoto, muito prazer. Agradeço muito a sua caridade, senhor. – disse ele.

Akuma, no entanto, não lhe dispôs muitas palavras.

– Akuma... – limitou-se ao seu nome.

Makoto comeu o que lhe foi oferecido em silêncio,  observando o tempo agitado e aproveitando para endireitar as costas após tanto tempo sem nenhum repouso. Akuma permanecia em silêncio, sem demonstrar nenhuma vontade de interagir com aquele senhor.

Após uma hora e meia os pingos de chuva desaceleraram, diminuindo sua constância até cessar totalmente. O demônio vermelho apenas olhou o mercador de relance, como se quisesse “dizer com os olhos” que estava na hora dele partir. Makoto entendeu o recado e levantou-se para finalmente ir embora. Ele guardou um último pedaço de pão, conferiu o cantil cheio e esticou as costas ao se levantar.

Longe de qualquer suspeita, o humilde mercador voltou a direcionar algumas palavras ao demônio

– Akuma... eu já ouvi falar de você. – comentou.

Akuma franziu o cenho, mas nada disse. Olhando para o homem com certa estranheza e esperando-o completar o seu raciocínio. Makoto então continuou a falar, andando devagar em direção às mercadorias e dando a entender que aquelas seriam as derradeiras frases de despedida.

– Foi um prazer finalmente conhece-lo. De onde eu venho, muitos não acreditam que você exista... é estranho até, toda a especulação acerca de um Nukenin que nem mesmo é tão famoso assim, mas a confirmação da sua existência por Iwagakure deixou muita gente inquieta. Me diga... é mesmo verdade que você possui um chakra muito além de uma Besta de Caudas? – questionou.

As últimas palavras soaram estranho, fazendo Akuma se levantar repentinamente.

– Quem é você, afinal? E o que você quer com essas perguntas? Besta de Caudas? Eu não reconheço essas lendas... mas sim, eu posso te assegurar que nenhum ser vivo possui um chakra mais poderoso que o meu. Quer ser testemunha disso? – Em um tom desafiador, Akuma deixou fluir o seu Sakki contra o homem, mas estranhamente Makoto continuava a sorrir.

O estranho então virou-se para Akuma e levou a mão direita na altura do próprio peito, fazendo um simples selo e derrubando de vez o seu disfarce audacioso.

– Na verdade, eu pude comprovar o seu poder assim que me aproximei. Eu posso sentir... sentir cada gota do seu chakra. Mas você já perdeu, Akuma-san. – os olhos do homem brilharam e revelaram um dōjutsu rubro que batia muito bem com a descrição contada nas historias sobre Tobirama Uchiha.

Akuma arregalou os olhos, ameaçando reagir... mas naquele momento seu corpo não se mexia mais. Por mais que o demônio tentasse se esforçar, o seu corpo e chakra não reagiam. Paralisado como a presa de uma serpente, o suor escorria pela testa e a sensação de morte invadia o seu íntimo com grande intensidade. Akuma não tinha medo, mas aquela experiência o levou à um estado psicológico que misturava a raiva com a sensação de impotência por não conseguir revidar.

– Quando me sentei ao seu lado, discretamente fiz com que o meu chakra se infiltrasse em seu corpo de pouco a pouco. Um controle tão preciso e delicado que seria impossível para você perceber... foram quase duas horas fazendo isso. Incrível, não? Isso me possibilitou envenenar o seu “espirito”, destravar suas defesas mentais e torna-lo fraco o suficiente para prende-lo em meu genjutsu. Não adianta, você não vai escapar de mim. – disse com enfado.

O homem então arrancou o próprio rosto e se revelou como um sujeito mais jovem, muito diferente da imagem que apresentou inicialmente. Ele se aproximou de Akuma e levou a mão direita em sua testa.

– Hoje verei se é possível um homem se tornar Jinchuuriki de outro. Eu o terei para mim, Akuma-san... pegarei o seu poder como meu, todo esse chakra... todo para mim. –

Makoto deu início a uma espécie de “Jutsu ritual”, cobrindo Akuma com seu chakra a partir do plexo solar. A energia maligna agia como um ácido, derretendo a carne e os ossos do demônio até que nada havia sobrado além de uma silhueta energética, esta que logo assumiu o formato de uma esfera vermelha.

O Sharingan do homem parecia domar a massa de chakra, comandando-a para que a mesma se movesse lentamente na direção do seu peito. Aos poucos, o chakra vermelho foi absorvido pelo homem, apagando a existência de Akuma como um dia foi. A absorção estava completa.

Extasiado, Makoto dançava no deserto ao sentir o poder latente dentro de si.

– Finalmente! Ele é meu! Só meu! A minha técnica funciona! O mundo vai tremer diante da minha força! Uma fonte inesgotável de chakra... quais são as possibilidades que isso me levará? Qual das grandes nações eu derrubarei primeiro? Estou tão animado! HAHAHAHA! –

Mas infelizmente para Makoto, algo estava errado com sua técnica...

Nos minutos seguintes uma forte dor tomou conta do seu corpo, espalhando-se por todas as células até chegar ao centro do cérebro. Era como se Makoto estivesse sendo queimado por dentro. Suas feições começavam a mudar, exibindo uma expressão de extremo sofrimento e desespero. Aos poucos, Makoto ia perdendo os sentidos, envolto em pensamentos nublados e lapsos de memória que o faziam babar como um tonto.

– N-não! N-ão é possiv... Eu fiz tudo certo... m-meu ritual... devia apagar o indivíduo, a consciência... deveria sobrar para mim apenas o seu poder... o que está... acontecendo? P-por quê eu... me sinto... d-desaparecendo? E-eu... n-não... – de joelhos ao chão, Makoto desmaiou de olhos abertos. Os Sharingan regrediram tomoe por tomoe, até desaparecerem por completo. Sua pele e cabelos também mudaram, como se regredisse alguns anos no tempo, tornando-o ainda mais jovem.


Semanas depois, Akuma acordou em uma cama de hospital, ele estava em Suna, sendo tratado por especialistas designados por ordens de cima.

Ainda sem entender sobre o que aconteceu, o demônio se lembrava de muito pouco, mas logo homens da força policial vieram para tentar esclarecer sobre o ocorrido.  Um deles, um coronel assim como ele, tomou a frente para falar e despejou os resultados da sua investigação.

– Akuma-san... eu sinto muito. Minhas investigações chegaram a conclusões preocupantes, mas que devo informa-lo sobre cada detalhe. O homem que o atacou se chamava Uchiha Makoto, um psicopata e criminoso acima de Rank S, responsável por diversos assassinatos e práticas criminosas de kinjutsus que controlam a vida e a morte. Makoto costumava perseguir Jinchuurikis, mas desde que descobriu sobre a sua existência ele se tornou obcecado em captura-lo. Testemunhas dizem que Makoto criou uma espécie de jutsu capaz de absorver um humano e sela-lo em seu interior, tornando-se um Jinchuuriki de outro homem. O fato de você apresentar um chakra de proporções sobrenaturais o fez desejar que fosse você o primeiro a ser vitima da técnica nefasta. Makoto seguiu seus passos e o pegou de guarda baixa, mas os resultados da técnica não saíram como o esperado por ele. – contou o investigador.

Após a sua fala, um dos médicos-cientistas se apresentou para dar o seu próprio parecer.

– Ao que tudo indica, a técnica falhou em apagar a sua consciência. Ela destruiu o seu corpo original, mas provavelmente o seu espirito preservou a consciência humana durante o processo... De alguma forma a sua consciência se sobrepôs à de Makoto e tomou o controle do corpo. Esse choque reagiu de forma inesperada... e isso não conseguimos explicar. Você agora é um Uchiha com idade biológica de 22 anos... mas não sabemos quais serão as consequências desta... “mudança”, mas sabemos que você não vai mais ter as mesmas capacidades de antes. Sinto muito por isso, Akuma-san. – disse o cientista.

Akuma permanecia apático, sem reação. Ele se olhava no espelho e não entendia como aquilo era possível. Apesar de poder sentir o próprio chakra, o novo Akuma não conseguia perceber o poder que tinha antes... sentia-se enfraquecido, confuso e deprimido.

Durante os dias seguintes os médicos também conseguiram diagnosticar uma forte dor de cabeça que o acompanhava com uma espécie de Amnésia Dissociativa. Akuma não conseguia se lembrar do ocorrido com clareza.

Tal mudança o marcaria para sempre, mas as consequências disso certamente marcariam também o mundo ninja como o conhecemos.

[/color]

- - -





Considerações:

Itens:

”Técnicas”:

HP: 13.000/13.000| CH: 12.800/12.800  | ST: 00/06

[FILLER - Troca de Clã] 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Bloodlad
Bloodlad
Vilarejo Atual
[FILLER - Troca de Clã] 1d0d924d9f269a11ade0a55a3ad7fdd9

Re: [FILLER - Troca de Clã] - Publicado Sab 16 Abr - 1:51


Situação: Aprovado
Consideração: Saída inteligente KK. Gostei.
Recompensa: Filler de Mudança de Clã concluído.