:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Outono
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

iu
Chūnin
iu
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

[Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Ter 8 Mar - 22:45


Narrador: @iu

Palácio de vidro.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Liev

O coração do deserto, vivo, pulsa. Sob as labaredas tecidas pelo medalhão de bronze, o palácio de vidro permanece resoluto, atemporal como o próprio deserto. A luz cria padrões complexos que, ao passarem pelos cristais, saem como arco íris em todas as direções, com tamanhos monumentais, criando não somente uma paisagem belíssima, como dando um aspecto ilusório nos arredores, enganando os viajantes que chegam até lá por acidente, os fazendo pensar que tanto tempo sob o sol escaldante finalmente tinha seu preço pago: estavam vendo coisas.

Tal beleza carece de qualquer valor estratégico, artístico ou comercial, como ponto de turismo. É um luxo do Senhor Feudal, um presente para sua filha mais velha, erigido sobre dunas antigas e rochas firmes e sólidas. Nele há cristais, pedras preciosas, e uma infinidade de frugalidades que não convém ao cidadão comum. Por esse motivo sempre é necessário ter ninjas das linhas de Sunagakure destacados para a proteção do lugar, uma tarefa penosa, tediosa o suficiente que é aplicada, na maioria das vezes, a ninjas desobedientes ou então genins que já pintaram todas as ruas e resgataram todos os gatos em árvores.

Por outro lado, além do natural interesse de bandoleiros do deserto, havia Hagetaka. A pequena organização era muito mais um incômodo que uma verdadeira preocupação — bem, até ninjas começarem a desertar para ela.

O relatório chegou com muito atraso a Sunagakure. Naturalmente, o assunto era tratado sem urgência, afinal não representava um problema digno de atenção. O oficial que recebeu o relatório bufou, ponderou e depois de cogitar simplesmente atear fogo no documento, achou que seria cauteloso em ao menos enviar alguém para averiguar. Fechou os olhos e sorteou uma ficha dentre a pilha de genins. Azar de Jugram Haschwalth.

Um pássaro com uma carta amarrada ao seu pé foi enviado ao endereço conhecido do genin. Era uma criatura velha, lamentável, parecendo carregar pelo menos uma dúzia de doenças diferentes — desde a morte do cuidador as coisas não eram as mesmas —, mas sempre cumpria seu trabalho com rapidez. Pararia à porta ou à janela e ficaria bicando até ser respondida, saracutiando e deixando a carta à mostra.

Por ora, Jugram teria duas escolhas. Partir com pressa até o estreito corredor que culminava na saída da vila, onde encontraria um ninja responsável pela tarefa ou então se dirigir até o quartel general e obter mais informações. Tudo que sabia, após receber a carta, é que a organização tinha um longo histórico de ataques com táticas de guerrilha, mas nada grave o suficiente para chamar a atenção da vila, no que se sabia.

Considerações:
Post 1/10
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Liev
Chūnin
Liev
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Qua 9 Mar - 13:01

Como era de praxe, Jugram desenvolvia suas atividades diárias com cautela e seriedade, como um pintor à criar sua arte. O sol estava em pico, e o calor infernal que Sunagakure projetava sobre seus moradores não parecia importar ao soldado invernal que, curiosamente, retinha ao seu redor uma espécie de aura gélida que amenizava a situação climática.

Com um tira de pano umidecida com alguns produtos químicos próprios para a limpeza o loiro limpava sua armadura, que tornou-se peça fundamental em suas missões. Algum tipo de poder estranho nela lhe concedia mais vigor, então mantinha-a por perto.

O término de sua tarefa tediosa chegou com o som de bicadas em sua janela, furtando-lhe a atenção de imediato. O olhar gélido do shinobi recaiu sobre a ave maltrapilha que o incomodava àquela hora, até que semicerrou os olhos e percebeu em sua pata uma cartilha.

Imaginando o que estava por vir, o rapaz se ergueu do banquinho onde estava sentado e caminhou até sua janela, abrindo-a para desenrolar a fita que prendia a carta da ave. - Obrigado - Agradeceu o animal enquanto olhou por alguns instantes o bater de asas penoso que a criatura desenvolvia, pensando que o fim de sua carreira estava para chegar.

Quando perdeu-a de vista, tomou conta da nota escrita para ele e leu minuciosamente os detalhes. As primeiras linhas indicavam um trabalho comum de guarnição, nada fora do normal em sua vida, até que caiu seus olhos sobre Hagetaka. Organização criminosa... Atentou-se mais aos detalhes, como se uma chave se virasse em sua mente.

- Desertores... - franziu o cenho com leve irritação quando proferiu quase soletrando aquela palavra. Haviam muitas coisas que incomodavam Jugram, mas traidores estavam certamente entre o topo da lista. Terminou a leitura por desencargo de consciência, confirmando que não havia mais nada de importante na carta, e começou a preparar-se para a missão.

Vestiu sua armadura e pôs por cima o sobretudo branco, adicionando um chapéu de aba curva para proteger-se do sol, acoplou suas reles 5 kunais em sua bolsa ninja presa ao lado direito da cintura e dirigiu-se com rapidez para os paredões de Sunagakure.

Era esperado que encontrasse-se com um shinobi da Areia que o explicaria melhor - ou não - a missão. Ao encontrar com o homem, se dirigiria a ele a ele - Jugram se apresentando - Seu tom era sério e sucinto, uma apresentação quase militar.

HP: 300/300 • CH: 950/950 • ST: 00/05
Informações:
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

iu
Chūnin
iu
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Qui 10 Mar - 23:38


Narrador: @iu

Palácio de vidro.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Liev

O mesmo oficial que havia aberto a solicitação da missão, recebeu Jugram no quartel da vila. Demorou um instante para associar as feições que via diante de si com a descrição física do ninja conforme constava em sua ficha, mas assim o que fez compreendeu do que se tratava.

“Ah, sim. Sente-se, sente-se.” O homem diante de Jugram, embora tivesse uma carreira longa, evidenciada nos ralos cabelos grisalhos e o rosto curtido com o sol do deserto aberto, aquela nuance que diferencia os habitantes de Sunagakure dos exploradores do deserto, coisa que só se existe na Areia, sua postura e fala eram informais. Ele arrastou uma cadeira até o genin, caminhando até próximo a porta para fugir da atmosfera abafada no interior da sala.

“Meu nome é Goro. Vou ser honesto com você, esse problema que você tem nas mãos é um de longa data. Os Hagetaka são um incômodo, mas nunca foram nada além disso. Como um carrapato, entende?” Ele deu uma risada longa, uma risada de velho, a voz afinando enquanto seu fôlego acabava, depois tossiu. “Mas o perigo que representam de verdade, seus números, o líder — tudo é incerto. Tenho relatos de mais de dez mil soldados sob a organização, outros me dizem que é somente um homem. A única certeza é como operam: são esguios, atacam num lugar, depois somem e atacam em outro. Usam táticas de guerrilha. Dividir e conquistar, coisas assim.” Ele colocou o dedo no queixo e pensou mais, tentando se recordar de mais informações relevantes.

“Ah, mais uma coisa. Existe um nome associado ao grupo: Tokio, Kurohara Tokio. Cresceu num vilarejo próximo a nossa vila, chunin muito habilidoso, até mesmo flertava com uma carreira no esquadrão de assassinatos, mas era idealista demais. Odiava o senhor feudal com tanto empenho que acabou desertando, achou que não se encaixava no sistema ninja. Se quiser começar por algum lugar, sugiro o local de nascimento dele. Chama-se Vila da Meia-Noite, é um lugarzinho feio, trinta minutos de distância daqui.” Depois ele se desencosta da porta, voltando a sua cadeira. A expressão dele diz que caso você não tenha mais nada a perguntar, é livre para partir.

Considerações:
Post 2/10
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Liev
Chūnin
Liev
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Sex 11 Mar - 10:41


Dando entrada ao recinto repousei meu olhar sob a figura que se apresentava diante de mim, tendo ciência de sua patente em relação a vila. Era um homem de aparente meia idade, trajetória árdua como contribuinte para a vila; exalava um aspecto diferente dos demais moradores. Não me parecia que ele vivia no deserto, estava mais para como se ele fizesse parte dele.

À mim restava apenas a sensação de tensão por estar diante de tamanha figura, ainda que estívessemos do mesmo lado, mas parte dessa tensão se esvaiu quando ele despreocupadamente convidou-me a tomar assento. —— Certo... —— as palavras agarraram na garganta, então engoli a seco.

O que estou fazendo? Eu não sou assim! Pensei enquanto tomava posse da cadeira tirada pelo oficial e me sentando, ainda meio duro.

Assim que ambos tomaram seus lugares na sala, iniciamos as explicações. O oficial, Goro como se apresentou, falou com sinceridade acerca do problema que eram os Hagetaka; uma incógnita, mas que possivelmente não representavam grande perigo Afinal, se fossem, não enviariam um único e mero genin completei em minha mente.

Por fim, Goro revela um nome, Kurohara Tokio, um desertor ex-chunin que abandonou a carreira militar por ideais. Sua localização de origem não era distante de onde se encontravam; enfim, as informações necessárias estavam postas na mesa.

Goro voltou a se sentar em sua cadeira, sua expressão indicava o fim do diálogo, mas ainda possuía uma dúvida. —— Se me permite, senhor, caso detenha esses... Hagetaka, suponho que a pena para deserção e terrorismo seja... —— Não terminou a frase, pois o seu fim estava explícito. Traição significava a morte em grande parte do planeta, mas se o oficial julgasse aliviar suas condenações, restava a mim obedecer.

Aguardaria sua resposta final e me despediria. —— Então, com sua licença. —— Deixaria a sala com pressa, afinal queria seguir com o máximo de agilidade para esse vilarejo referido.

Ultrapassaria os enormes paredões que cobrem e representam a única entrada e saída de Sunagakure, subiria o capuz do manto branco para proteger-me do sol escaldante e do clima hostil do deserto e começaria minha caminhada peregrina para meu destino.

Adotaria passos largos e apressados, afinal, queria resolver o que precisasse e retornar antes do anoitecer; não é uma boa ideia vagar pelo deserto a noite, um princípio básico de sobrevivência. Se ele pode ser mortal de dia, a noite trás consigo o verdadeiro inferno.

Ademais, quando chegasse ao vilarejo, esconderia qualquer marcação que indicasse minha pertencência à Sunagakure, evitando de levantar suspeitas antes mesmo de ser visto por algum guarda/morador. Buscaria por algum aglomerado de civis de onde pudesse extrair informações: um bar, uma praça, algo assim. Ainda me apresentaria com capuz e manto, passando a imagem de um viajante qualquer.

Em todo caso, perguntaria à algum transeunte despreocupadamente —— Olá... estou procurando por um velho amigo, você conhece algum Kurohara Tokio? —— Analisaria os mínimos detalhes da reação e resposta à minha questão, uma vez que caso demonstrado certa retração ou vestígio de medo, poderia significar que o vilarejo estava sob ameaça do grupo.

HP: 300/300, CK: 950/950.
Esta: 0/5

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

iu
Chūnin
iu
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Sab 12 Mar - 18:30


Narrador: @iu

Palácio de vidro.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Liev

Diante da sugestão do genin, Goro fica apenas em silêncio. Não somente é impossível decidir uma pena sem todas as informações do que foi feito pela organização, como não lhe dizia respeito. Genins são ainda, em grande parte, inexperientes, guiados pelo momento e as emoções.

Na vila, a abordagem de Jugram esteve longe de ser inteligente. Sua sorte é que o cidadão com quem falou era extremamente burro, caso contrário o resultado bem que poderia ser uma facada em seu abdômen.

Ademais, a vila era como qualquer outra. Tinha pequenos comércios, uma única estalagem, muitas casas de andar único e sobrevivia, em grande parte, da criação de galinha e tudo que se derivava disso. Apesar da proximidade com Sunagakure, era o exemplo de uma vila autossuficiente e exatamente por esse motivo não temia.

“Ah, Kurohara é— antes que o homem continuasse a falar outra figura se aproximou. Cabelos prateados, uma roupa adequada ao calor característico deixando à mostra o corpo forte. Ele interrompeu a fala do civil antes mesmo que Jugram pudesse avaliar algo nele, colocando a mão sobre seu ombro, como quem dizia “eu cuido disso”.

“Problemas com nossa humilde vila, shinobi?”, perguntou. Tinha ambas as mãos na cintura e era pelo menos uma cabeça maior que Jugram, mas a luz do sol atrás dele projetando sua sombra dava a impressão de que era ainda maior. Se o genin quisesse avaliar aquelas expressões também, percebia que não era uma conversa amigável.

Em poucos instantes, outras figuras começaram a surgir na rua, enquanto os civis se afastaram. Tinham a mesma carranca do homem diante dele, com armas escondidas. Por ora, tudo dependeria de como ele lidaria com a situação.

Considerações:
Post 3/10
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Liev
Chūnin
Liev
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Dom 13 Mar - 21:54

Havia tido sucesso em minha abordagem, e quando as coisas pareciam que iam progredir, um homem repentinamente interrompe a conversa e tenta, de alguma forma, passar um ar intimidador cujo apenas ignorei; não ignorei, no entanto, o fato de alguns homens aproximarem-se junto deste e me encaravam com igual desgosto.

Olha só... eles não são tão arcaicos quanto imaginei, conseguem andar em matilhas. Pensei comigo, observando a situação.

—— Creio que esteja equivocado, sou apenas um viajante procurando um lugar para passar a noite —— Nessa hora, agradeci o fato de ter ocultado qualquer acessório que me associasse à sunagakure, e meu manto cobria minha bolsa ninja escondida atrás da cintura. —— Mas em vista dessa recepção... calorosa. —— Dei uma leve girada de pescoço para olhar os homens presentes ali, que não durou mais que um instante até voltar a encarar o grandalhão.

—— Suponho que não gostem de visitas —— completei a frase anterior. Por precaução, minha mão direita - por debaixo do manto e escondida da vista de todos - estava para trás, dentro da bolsa ninja enquanto segurava uma kunai. —— Mas me diga você então, onde posso encontrar uma boa estalagem aqui? —— Tentei desconversar, a reação hostil dos moradores era sinal suficiente de que algo de fato acontecia por aquelas redondezas. Tenho que passar mais algum tempo aqui, até descobri algo Este era o plano, restava saber se conseguiria executá-lo.  

HP: 300/300, CK: 950/950.
Esta: 0/5

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

iu
Chūnin
iu
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Seg 14 Mar - 17:04


Narrador: @iu

Palácio de vidro.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Liev

“Um viajante então?”, disse, quase com desprezo na voz. Por um breve segundo, a sede de sangue assomou aos olhos do homem e então desapareceu. Isso causaria uma sensação momentânea de Sakki em Jugram, acabando logo seguida. “Que bom que não é um Shinobi então”, disse, dando um tapinha no ombro do shinobi. Com a mesma velocidade que a situação havia se tornado tensa, ela se aliviou. Todos se afastaram e a rua voltou a ter um aspecto mundano, com os civis voltando a transitar. Kensei, o homem de cabelos brancos que o havia abordado, não respondeu a pergunta de Jugram, deixando a cargo dele procurar pela estalagem.

Não era necessário dizer que o genin estaria sob suspeitas, vigiado discretamente. De todo modo, ainda tinha a chance de tentar procurar por mais informações pelo vilarejo. Ainda que a direção da pousada não tivesse sido passada a ele, seria fácil encontrá-la, bastando caminhar pela rua principal mais uma centena de metros. Ele poderia fazer perguntas aos civis, tomando cuidado para manter a discrição, ou simplesmente partir em direção ao palácio de vidro, se juntando à patrulha.

Considerações:
Post 4/10
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Liev
Chūnin
Liev
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Seg 14 Mar - 23:55

Felizmente a situação atenuou-se sem que minha identidade real fosse revelada, o que seria um problema. O homem de cabelos brancos que me abordara tocou em meu ombro, não sem antes dar uma última olhada afiada que me fez duvidar por um instante que ele me atacaria ali mesmo.

Os supostos capangas, que eu imagino que sejam, se dispersaram e a rua voltou à seu fluxo comum. "Tanta comoção só por uma pergunta, com certeza eles escondem algo... mas a julgar pela reação com a palavra shinobi, talvez seu ódio seja direcionado à Suna?" Era uma dúvida pertinente, estariam eles com a organização Hagetaka ou simplesmente não gostam de ninjas?

O homem saiu sem responder minha questão, então preferi não perguntar uma segunda vez, afinal poderia achá-la por conta própria. "Com certeza ficarão cautelosos quanto a mim, então preciso medir meus passos... e palavras" Voltei a galgar pela rua da cidade, procurando observar aspectos sociais e econômicos do vilarejo em busca de algo palpável para analisar.

Esperaria encontrar uma estalagem enquanto caminhasse e, ao adentrar, perguntaria o valor de uma noite para o/a atendente. —— Bom dia, sou um viajante e estou um pouco cansado; quanto custa um quarto por uma noite? —— iniciaria a conversa com a dúvida pertinente, embora não estivesse interessado de fato em ficar por ali.

—— Na verdade acabei de ter uma recepção nada amigável, me confundiram com um shinobi... Por que tanto ódio por eles, afinal? Não tenho muito convívio... —— perguntaria despretensiosamente, sem demonstrar muito interesse na resposta, como se fosse irrelevante sua resposta.

HP: 300/300, CK: 950/950.
Esta: 0/5

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

iu
Chūnin
iu
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Ter 15 Mar - 22:38


Narrador: @iu

Palácio de vidro.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Liev

O velho careca atrás do balcão ficou feliz com a chegada de um cliente, limpando os olhos sonolentos e enxugando suor da testa com um pano, colocando os óculos para enxergar melhor o recém chegado. A noite se aproximava e com a sabedoria do tempo, o dono da estalagem sabia que era na ânsia de um lugar para dormir que preços absurdos se tornavam atrativos, mas mesmo jogando o preço nas alturas, ainda mantinha o padrão da vila, pobre e refém da secura do deserto.

“Cem ryous”, anunciou, o rosto cheio de satisfação, como se extraísse uma fortuna de Jugram. “Pela informação e pela estadia.” Sorriu mostrando uma boca vazia de dentes.

Como que antecipando o pagamento, desatou a falar.

“Poucos viajantes vêm até aqui, a maioria é gente conhecida, então os meninos ficam ariscos quando sangue novo aparece.” Ele cofia sua barba de pêlos ralos, avaliando sua expressão, mas claramente sem a inteligência suficiente para fazê-lo. “Tokio não gosta dos sunenses, de todo modo. Ruim para os “negócios” dele. Kyoshu é o cão de guarda dele, cuidado da vila sempre que o senhor Kurohara está em movimento. Enfim, chega de falar. Aqui está a chave do seu quarto.”

Considerações:
Post 5/10
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Liev
Chūnin
Liev
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Ter 15 Mar - 23:29

Com as informações que obtinha através do velho dono da estalagem, agora tinha parte das respostas que precisava. "Sendo assim, a vila está com Tokio e a Hagetaka.. dito isso, não posso lidar com todos aqui e agora" Fiquei pensativo um tempo, desembolsando os ryous para o velho. —— Obrigado pelo quarto —— Acenei pegando a chave e me dirigindo para fora do estabelecimento.

"Se Kyoshu toma conta da vila enquanto Tokio não está, significa que ele não está aqui... então..." Arregalei os olhos ao chegar na óbvia conclusão. "Tenho que me apressar" Era certo esperar que Tokio estivesse à caminho do palácio de vidro, e provavelmente não estaria sozinho.

Tentei não demonstrar pressa, mas deixei cair "acidentalmente" a chave do quarto ao pé da porta da estalagem para o próximo cliente encontrar. Não podia levantar muitas supeitas, afinal poderia estar sob vigília.

"Depois que lidar com Tokio, informarei sobre essa vila" Dirigi-me para a saída do vilarejo, calculando a rota que tomaria e o tempo que necessitaria para tal. "Tomarei a rota mais rápida para o palácio, não tenho tempo a perder" E assim fiz minha escolha, tomando a rota mais fugaz.

Manteria os olhos e ouvidos atentos aos meus arredores, telhados de casas, becos e vielas, homens me encarando de longe; buscando descobrir quem pudesse estar a me vigiar, apesar de não planejar tomar uma medida sobre isso.

Assim que saísse do vilarejo e tomasse certa distância, poderia apressar o passo deserto adentro, afim de chegar o mais rápido possível e me unir à patrulha. Se bem sucedida a viagem, alertaria aos guardas que me uniria a eles na vigília —— Sou Jugram, irei trabalhar com vocês hoje, é um prazer

HP: 300/300, CK: 950/950.
Esta: 0/5

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

iu
Chūnin
iu
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Qua 16 Mar - 9:59


Narrador: @iu

Palácio de vidro.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Liev

Toda a teatralidade de Jugram havia dado certo e assim, ninguém viu com suspeita seu súbito desaparecimento.

Agir no tempo certo, por vezes, é muito mais importante que qualquer estratégia. Mesmo tomando o caminho mais perigoso, Jugram chegou sem problemas até o palácio de vidro, podendo enxergá-lo com os próprios olhos, junto da miríade de reflexos que ele causava ao redor, quase cegantes de tão brilhosos.

A cena presenciada não é muito animadora. Somente dois genins recém formados estão presentes na ronda e um deles está ferido, sem a perna esquerda, que você poderia ver alguns metros adiante, como se tivesse sido arrancada por uma explosão. O outro genin fazia seu melhor para estancar o sangramento e era essa a companhia que Jugram teria ao se apresentar tão amigavelmente aos dois.

Entre palavras atropeladas e o pânico causado pela situação, o genin que não estava ferido explicaria o que aconteceu. Um ataque muito rápido, mas ele não sabia se tinham sido um ou mais homens, tudo que viu foi seu colega ferido após escutar um som ensurdecedor de explosão.

Considerações:
Post 6/10
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Liev
Chūnin
Liev
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Qua 16 Mar - 11:48


[Graduação] Palácio de vidro. Tumblr_o215k03y371u1f1nao1_500

Por sorte não havia tido problemas em minha saída do pequeno vilarejo e nem em minha viagem, que findou-se com minha aproximação do palácio de vidro. Um reles vislumbre da "escultura" foi o bastante para perceber o quão valiosa ela era, mas seus reflexos e refrações da luz não me permitiram encará-la por mais que alguns instantes.

Ao me aproximar mais ainda, a cena que presenciei não poderia ter outra reação que não fosse a que tive: estupefato, perpassei o olhar pelos dois ninjas ali presentes. Não foi necessário que ninguém me explanasse para que eu mesmo concluísse que um ataque havia sido feito, do contrário o patrulheiro ainda teria sua perna no lugar. "Cheguei atrasado, mas não tarde demais, o monumento ainda está intacto..." Olhei rapidamente aos arredores, mesmo sabendo que não encontraria inimigos.

Aproximei-me mais alguns passos e escutei a versão definitiva do genin sobre o acontecimento, meu olhar estava fixo na perna arrancada do rapaz enquanto buscava uma estratégia para lidar com a situação. —— E-entendi, irei ajudar vocês daqui em diante, me desculpem pelo atraso —— Me abaixei próximo do perneta e estendi a mão para seu ferimento aberto.

—— Morda algo, isso vai doer mas é melhor do que sangrar até morrer —— indaguei, dando algum tempo para o rapaz se preparar e logo em seguida utilizando uma manipulação criogênica para congelar alguns centímetros do ferimento exposto do rapaz e selar o ferimento. —— O sangramento irá parar por alguns momentos, mas ele precisa ser levado a um médico logo. Dito isso, se vocês saírem daqui, irão ser mortos... —— A situação não era nada animadora, restava à mim criar uma estratégia para lidar com tudo aquilo.

"Não posso contar com o ferido, mas não posso deixá-lo morrer aqui... Já sei" Depois de concluir algo, cochichei para os dois genins para não ser escutado pelos possíveis inimigos. —— Eu usarei uma cortina de fumaça e sairei, mas deixarei um clone com vocês. Peguem todos os papéis bombas que vocês tem, mas não os mostrem agora; quando eu der o sinal, você irá colocar eles em fileira à uma distância segura de nós e do palácio de vidro —— apontei para o genin que ainda estava inteiro, embora assustado.

—— Prontos? —— esperei uma confirmação, não tinha tempo para discordâncias e ignoraria todas elas. A prióri, concentraria-me minimamente para utilizar a habilidade natural de minha linhagem sanguínea, fazendo com que a temperatura do local decaísse com agilidade e tornasse o lugar mais própicio para minhas técnicas conforme o tempo se passasse. Partindo do consentimento dos dois indivíduos, teci alguns selos manuais e expeli da boca uma névoa densa e esbranquiçada. "Kirigakure no Jutsu" A névoa circundaria o palácio de vidro por completo e se estenderia por 40 metros de raio, tendo a mim como epicentro da técnica.

Era a hora da segunda parte do plano. Um único selo manual, este único da técnica, foi suficiente para invocar uma cópia perfeita de mim ao meu lado. "Kage Bunshin no Jutsu" Esse clone ficou ao lado dos dois shinobis e possuía todos os meus pensamentos para o plano que desenrolaríamos, pois a partir do momento que nos distancíassemos, perderíamos total contato visual e portanto, comunicação.

Por fim, a última técnica utilizada tinha como finalidade ocultar minha presença até certo grau, então realizei os selos manuais e aos poucos a luz ao meu redor passou a ter uma refração diferente, tornando-me invisível e inodor no ambiente. "Meisaigakure no Jutsu" Essa técnica em conjunto com a névoa densa me permitiria avançar imperceptível, pois mesmo que abaixo de nós fossem deixadas pegadas na areia, a névoa se encarregaria de acobertá-las.

Não obstante, comecei a distanciar-me do palácio de vidro cerca de vinte e cinco metros, uma distância plausível para alguém arremessar armas ninjas — que julguei ser a causa da explosão, uma kunai anexada com um selo bomba — e não ser detectado. Depois de me distanciar, passaria a circular o palácio de vidro sem tomar muita distância do ponto central, apertando os olhos para enxergar algo naquela densa névoa e localizar a ameaça vigente. "Essa névoa é uma faca de dois gumes, eles não nos veem, mas nós também não os vemos. Atacar cegamente seria um ato tolo, então possivelmente eles estão em um impasse ao menos por enquanto" Prosseguiria com extrema cautela para não produzir ruídos exacerbados que delegassem minha posição, cessando meus passos assim que encontrasse algo ou alguém suspeito.

Meu clone ficaria de prontidão ao lado dos dois genins, e assim que meu "eu" original utilizasse a técnica de ocultação na névoa, ele daria o sinal para que o rapaz saudável anexasse os selos bombas. —— Coloque-os à pelo menos quinze metros de distância do palácio e com dez metros um do outro, mantenha-se abaixado para não ser pego por uma kunai atirada a esmo —— dito isso, o clone sabia que não seria possível enxergar uma arma lançada naquela névoa e as explosões seriam um perigo, então canalizou seu chakra e bateu firmemente as mãos no chão para congelá-lo e erguer um paredão de vinte metros de largura por cinco de altura que defenderia aquele lado do palácio por ora; o gelo não era muito espesso mas serviria para defendê-los das armas ninjas e técnicas mais simples. —— Agora aguardamos o "eu" pôr um fim no assunto —— Concluiu enquanto se erguia novamente, com as mãos um pouco gélidas.

HP: 300/300, CK: 363/950.
Clone, CK: 425/950
Esta: 1/5

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

iu
Chūnin
iu
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Qui 17 Mar - 0:05


Narrador: @iu

Palácio de vidro.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Liev

Tendo compreendido a situação, Jugram demonstrou calma e maturidade suficientes para justificar sua ascensão à chunin, avaliando a situação com cautela e lidando com os problemas imediatos antes de se preocupar com o próximo ataque da Hagetaka. Colocou suas estratégias em movimento e, se valendo da invisibilidade, tentou encontrar Tokio.

Parecia bom demais para ser verdade, não? Tokio em pessoa, se colocando em risco por um mero capricho do senhor feudal. Bem, era verdade.

O genin seguiu as instruções do clone e os selos explosivos foram colocados ao redor do palácio. Minutos de silêncio, nada encontrado na patrulha de Jugram. Silêncio, silêncio e silêncio; o assovio do vento, areia deslizando de dunas.

As explosões surgiram umas após as outras, seguidas, para quem estava perto para escutar, do som característico de clones sendo destruídos. Tokio havia desarmado todas as armadilhas com clones suicidas, embora ainda não houvesse nenhum vestígio de sua presença.

Depois das explosões, silêncio mortal novamente. Aquela quietude fantasmagórica após uma bomba explodir.

Jugram seguiu sua ronda até que…

Nenhuma arma melhor que o acaso. Na baixa visão da névoa, invisível, antes mesmo de ver seu inimigo e também de ser visto por ele, Jugram esbarrou, isso mesmo, esbarrou em quem procurava. Estavam numa parte inclinada de uma duna e ambos rolaram duna abaixo, caindo na base. Por fim, a figura que havia esbarrado no genin, à curta distância, se levantou e se distanciou, o suficiente para ambos enxergarem-se. O rosto estava coberto por um capuz e uma tira de tecido sobre a boca, além de um manto negro. Ele parecia um pouco atordoado pela queda e o choque entre ambos, o que oferecia a oportunidade de iniciativa para Jugram.

Considerações:
Post 7/10
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Liev
Chūnin
Liev
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Qui 17 Mar - 0:54


[Graduação] Palácio de vidro. Tumblr_o215k03y371u1f1nao1_500

Enquanto galgava invisível em busca de meu inimigo, Tokio, por longos minutos de silêncio ensurdecedor em um impasse duradouro entre atacantes e defensores, julgava se minha estratégia havia sido a melhor possível para a ocasião.

Interrompendo meus próprios pensamentos, o barulho sequencial de explosões tomou conta dos arredores e ergueu uma mistura de poeira e fumaça para os ares. "Funcionou" Comemorei em silêncio. Analisando bem, pelo número de explosões, haveriam de ter mais de um inimigo. "Mas não houveram gritos..." Levando em consideração, provavelmente haviam desarmado as armadilhas de alguma maneira que não consegui pensar na hora.

Por ora, resolvi deixar o clone em campo para cuidar de eventuais incômodos. A parede de gelo continuava intacta, apesar das explosões, graças à distância entre elas.

—— Mantenham-se calmos e quietos. —— Alertou minha cópia para os dois outros genins.

Continuei minha procura, esforçando-me para enxergar na névoa densa e, antes que pudesse enxergar qualquer coisa, senti o baque que me desequilibrou e me fez despencar duna abaixo até cair em solo estável. "Tsc, o que foi isso?!" Ergui-me com pressa para vislumbrar a causa da queda.

Quando pus meus olhos na silhueta encapuzada à cinco metros de mim não tive outra reação a esboçar que não fosse um suspiro cômico, em resposta à ironia que era aquela situação. —— Imagino que você seja Kurohara Tokio —— indaguei-o antes de mais nada, tapeando meu manto branco para limpá-lo do acúmulo de areia.

Como não havia mais necessidade, liberei meu clone de sua tarefa de proteção e recobrei o chakra junto com as memórias e experiências da cópia. "Entendo, está tudo bem por lá." Tendo noção da situação do palácio, poderia agir com mais liberdade.

A temperatura ao meu redor continuava a cair em ritmo acelerado, àquela altura, com vinte graus à menos que o normal. —— Lamento mas preciso detê-lo aqui! —— Em conluio com a frase, ativei meu estilo característico que tornou meu corpo em um aspecto gélido e exalou uma aura fria ainda mais potente que a anterior, e despencou mais dez graus a temperatura ambiente.

O chão abaixo de mim foi rapidamente tomado pelo gelo e prosseguiu em todas as direções, inclusive na direção de Tokio, buscando prendê-lo na formação gélida. Em seguida, apontei minha mão em sua direção e manipulei o gelo do solo para criar uma estaca de gelo que se formaria mirando o estômago do renegado para empalá-lo rapidamente.

"Vamos ver como ele lida com isso" Mantive-me atento aos seus movimentos para aprontar uma defesa caso necessário.

HP: 300/300, CK: 762/950.
Esta: 2/5

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

iu
Chūnin
iu
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Qui 17 Mar - 19:29


Narrador: @iu

Palácio de vidro.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Liev

É iniciado o duelo final.

Gélido e nevoento, a área afetada por Jugram parecia um lugar muito diferente do que era o convencional para o bioma desértico do País do Vento. Se ambos nunca chegassem a visitar Kirigakure, ao menos teriam sentido como é viver na Vila Oculta da Névoa.

Tokio, mesmo percebendo ter sido descoberto pelo genin, manteve o rosto coberto, sem responder as falas de Jugram. Seus movimentos foram fluidos, resultado direto de seus reflexos e coordenação motora, atributos que nele superavam a própria velocidade, suprindo a deficiência desta. Saltou adiante apontando a canhota para o solo, emitindo uma explosão a partir dela e estilhaçando o gelo, ainda no ar, usando do mesmo artifício em sua destra para explodir a estaca projetada contra ele. Concretizado, o pouso levaria o renegado a ficar a menos de um metro de Jugram, lançando seu cotovelo contra o pescoço do Yuki, em seguida girando todo o eixo do corpo para ganhar momento e desferir um chute contra o estômago de Jugram.

Considerações:
Post 8/10
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Liev
Chūnin
Liev
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Qui 17 Mar - 22:55


[Graduação] Palácio de vidro. Tumblr_o215k03y371u1f1nao1_500

Minha primeira investida não surtiu efeito, mas serviu para que meu contendor demonstrasse suas habilidades. "Explosões, hm?" Isso explicava o que o genin outrora disse ter ouvido quando seu amigo teve a perna decepada.

Não havia, no entanto, tempo para devaneios. Rapidamente Tokio havia diminuído a distância entre nós e agora visava me atingir com golpes físicos. Por sorte, nossa velocidade era equiparada e tive reflexos para impulsionar meu tronco para trás contra sua cotovelada e encaixar um salto com mortal que me tirou da rota de seu chute.

Ainda no ar, teci selos manuais e usei a névoa que nos circundava como fonte de umidade para condensar mil agulhas de água que rodearam Kurohara. Ao tocar no chão, nossa distância era de cerca de cinco metros novamente, enquanto as agulhas foram criadas à três, sem me incluir dentro de sua área de alcance.

Não necessitou nenhum sinal para que as agulhas fossem disparadas logo após sua criação, tomando rumo para atingir Tokio de todas as direções possíveis e perfurá-lo em pontos vitais e não vitais.

"Como ele lidará com um ataque de todos os lados?" Queria desvender os limites de suas habilidades antes de partir para uma ofensiva definitiva. Ademais, quando toquei o solo o gelo voltou a se formar e congelar novamente o chão abaixo de nós, então era uma ameaça constante para meu oponente; ou ele ficaria eternamente destruindo o gelo que se criava, ou pararia de tocar o chão.

A temperatura continuava a cair, agora alcançávamos o teto de -20°C, o que em outras palavras representaria um frio de tremer os queixos para qualquer um, exceto para o usuário dessa técnica: eu.

HP: 300/300, CK: 711/950.
Esta: 3/5

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

iu
Chūnin
iu
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Qui 17 Mar - 23:16


Narrador: @iu

Palácio de vidro.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Liev

A experiência de um guerrilheiro contra a implacável inteligência de Jugram. Da mesma forma que o genin buscava testar as habilidades do oponente, também o fazia Tokio. Seus golpes foram defendidos com facilidade, despertando no desertor a atenção para o que viria a seguir.

Novamente, Tokio demonstrava sua magistralidade, seu escapismo — motivo pelo qual teimava em sobreviver e escapar das tentativas de Sunagakure. Num só tempo, direcionou ambas as palmas em direção ao chão, criando uma explosão que serviu para impulsioná-lo para fora do ataque das agulhas a tempo de evitá-los, também quebrando o gelo que se aproximava e levantando uma nuvem de areia que servia ainda mais para dificultar a visão do genin. Usando isso, ao invés de atacar, Tokio se afastou. O risco parecia grande demais para continuar num embate sem sentido. Ergueu a voz para, caso não pudesse ser visto, ser ouvido.

“Você é como todos os outros, sequer sabe o que está fazendo aqui.” Sem mais explicações, Tokio começou a correr para longe dali, sem artifícios, correndo sobre as dunas, deserto adentro.

No mesmo instante, era possível escutar um grunhido quase animalesco de dor. O ferimento que tinha sido cicatrizado pelo gelo voltava a se abrir, causando uma dor cegando no genin ferido e causando seu desmaio. Seria necessário refazer o estancamento. Jugram teria consciência de que sua missão estava cumprida, mas a escolha final era e sempre seria sua. Correr atrás do grande prêmio ou se contentar em repelir Tokio, um feito que pouquíssimos haviam conseguido, e voltar para ajudar o genin ferido?

Considerações:
Post 9/10
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Liev
Chūnin
Liev
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Qui 17 Mar - 23:36


[Graduação] Palácio de vidro. Tumblr_o215k03y371u1f1nao1_500

Tinha de admitir, seu oponente era bom no que fazia. Com magestralidade ele concentrou uma explosão para baixo e se impulsionou para cima, evitando as numerosas agulhas.

Com a explosão, cobri os olhos com o antebraço esquerdo para que não entrassem poeira e firmei um pé no chão para não ser lançado longe com o vento forte.

Uma nuvem de poeira pairou no ar e bloqueou ainda mais minha visão, me fazendo perder o renegado de vista. No entanto, sua voz ecoou.

—— Hmpft. Estou aqui pra cumprir o que me foi pedido, nada mais. —— Decidi por fim desativar a técnica que circundava o local em névoa e assim ela se dissipou rapidamente, por ter sido criada com meu chakra.

Pude visualizar Tokio em fuga pelas dunas, mas no momento em que pensei em correr em seu encalço, um grunhido ensurdecedor alcançou meus ouvidos. "O rapaz..." Seu ferimento devia ter sido aberto novamente. "Hmpft, não posso deixar uma morte manchar minha reputação. Hoje você escapará, Tokio." Dei as costas para o renegado e corri em direção do palácio de vidro, agora muito bem visível para mim, sem toda a névoa.

Cessei também minha habilidade gélida e a queda de temperatura para não afetar meus companheiros, assim sendo, logo a temperatura se estabilizaria no normal para o deserto. Ao chegar nos ninjas, pularia pelo paredão de gelo e me dirigiria ao ferido. —— Vocês foram bem, Tokio fugiu pelas dunas, estamos a salvo agora... só nos resta resolver isso... —— Aproximei-me do rapaz novamente para refazer o "curativo" de gelo, estendendo a mão e o tocando, tomando cuidado para não congelá-lo demais.

—— Leve-o nas costas, vamos voltar para Sunagakure —— Meu objetivo estava concluído, restava agora encerrar o dia. —— Que horas o próximo grupo de patrulha chega? —— Indaguei o rapaz, pois não me recordava de ter recebido essa informação. Todavia, não poderíamos esperar muito, então cabia a nós torcer para que não se demorassem.

HP: 300/300, CK: 698/950.
Esta: 3/5

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

iu
Chūnin
iu
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Sex 18 Mar - 8:23


Narrador: @iu

Palácio de vidro.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Liev

O sacrifício foi menor do que aparentava.

Pouco tempo depois, Tokio desapareceu deserto adentro, passando por caminhos que somente ele conhecia. Desistir da perseguição e da luta contra o desertor era, acima de tudo, a escolha mais sábia — naquela ocasião, voltar e observar o bem estar do genin ferido era o maior heroísmo que poderia fazer.

A próxima patrulha chegaria em breve, com um Jounin especial entre os recém-chegados, acompanhando uma genin. Sendo do clã Hoki, tinha habilidades curativas competentes e antes mesmo que um relatório da missão fosse passado, ela se apressou em dar cuidados mais apropriados ao ferido, aplicando chakra medicinal e deixando o genin fora de risco. Depois, apenas assentiu ao Tokujo, indicando que tinha lidado com a situação.

“Que bagunça hein”, falou, coçando as têmporas. “Goro pediu que eu ficasse de olho, mas não imaginei que…”, ele deixou as palavras morrerem, observando o sangue sujando a areia. Suspirou, enxugou o suor da testa e caminhou em círculos ao redor do palácio de vidro, olhando as marcas da batalha sobre a areia. “Podem ir, eu assumo daqui.” Ele mudou o tom cansado das primeiras falas para uma voz imperativa. Era claramente uma ordem. Todos, até mesmo a genin que havia chegado junto dele, voltariam a Sunagakure, com o ferido sendo auxiliado por ela.

Goro o estaria esperando logo na entrada da vila. Um relatório deveria ser apresentado a ele imediatamente por Jugram.

[...]

À sombra de um paredão de rocha no meio do deserto, Tokio se livrou do capuz e do tecido que ocultava seu rosto, saciando a sede com água de um cantil, adentrando por uma passagem que se revelava muito sutilmente, apenas para olhos treinados, através da rocha. Mais de uma dezena de rostos ansiosos se viraram para encará-la, cheios de expectativa. Tokio ignorou a todos e caminhou até uma sala de reuniões, se encontrando com outros dois renegados.

“E então?”, perguntou um deles.

“Difícil encarar isso como uma guerra enquanto mandam crianças contra nós”, respondeu Tokio. “Querem nos pintar como vilões.”

“Nós já somos. Se nos prendermos às imagens passadas por Sunagakure, deixaremos o propósito de lado.”

“Esqueçamos o Palácio, então. Vamos atacá-los em suas incursões pelo deserto, em suas missões, nas festividades.” Agora, quem falava era a terceira sombra. Tokio concordou num aceno de cabeça, embora soubesse que isso transformaria isso numa guerra sangrenta.

Considerações:
Post 10/10
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Liev
Chūnin
Liev
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. 9wBM3vd

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Sex 18 Mar - 9:32


[Graduação] Palácio de vidro. Tumblr_o215k03y371u1f1nao1_500

Minutos após minha tentativa de amenizar a situação, um Jounin e uma Genin surgiram pelo deserto e a jovem se apressou em curar o rapaz ferido. —— Que bom que chegaram —— Afastei-me para que a ninja médica pudesse cuidar do procedimento.

O Jounin averiguava a situação do palácio e retornava com uma ordem de retirada para nós. Suspirei aliviado, estava cansado, toda aquela luta tinha sido desgastante.

—— Entendido. Boa sorte em sua patrulha. —— Indaguei com uma breve reverência ao superior, dando as costas e seguindo pelo deserto com os três genins; não me preocupei em carregar o rapaz pois os outros dois fariam isso, portanto tratei de ficar em guarda pelo percurso contra ameaças possíveis.

Aproximando-nos dos paredões rochosos de Sunagakure, Goro estava de pé esperando-nos. Adiantei-me em apresentar o relatório da missão, parei em frente ao homem com uma postura rígida e comecei: —— A proteção do palácio foi um sucesso, nenhum dano foi acometido ao monumento... dito isso, Tokio Kurohara apareceu e causou um grave ferimento à um dos genins, arrancando sua perna. —— Dei um tempo para respirar enquanto olhava o genin entrando para ser socorrido.

—— Tive tempo de investigar a vila da meia-noite que você citou, e adquiri provas de que Kyoshu, um homem da vila é o braço direito de Tokio e age como guarda do vilarejo quando ele não está. Muitos outros homens do vilarejo também fazem parte da gangue de Tokio. —— Estava completo o relatório.

—— Isso é tudo. —— Acenei novamente, esperando ser dispensado. Goro ouviu o relato completamente e ao final, me promoveu para Chunin, o que foi uma surpresa na hora.

—— Obrigado, senhor! —— Abaixei levemente meu tronco em sinal de respeito e agradecimento, seguindo para dentro do vilarejo novamente.

HP: 300/300, CK: 698/950.
Esta: 2/5

Considerações:
Qualidades & Atributos:
Itens:
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

iu
Chūnin
iu
Vilarejo Atual
[Graduação] Palácio de vidro. Hy4H7I6

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado Sex 18 Mar - 9:44

@Aprovado

Recompensa: Graduação Chunin
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Graduação] Palácio de vidro. - Publicado