:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Outono
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 0:07


Narrador: Hideki'

Sangue do imortal

@Kobe

As noites de Suna estavam se tornando mais perigosas, constantemente pessoas desapareciam para nunca mais voltar, deixando seus pertences, famílias e quaisquer fossem suas atividades para trás. Indignados com isso, os ninjas de maior escalão de Sunagakure, precisavam de olhos nas ruas, eles tinham o palpite que aqueles abandonos não eram de fato abandonos e sim,  sequestros e assassinatos, para a função quem melhor do que um ninja novato que era descartável e sempre fora um mendigo até poucos meses?

Um corvo pousou sobre a cabeça de Kayn que dormia em um beco escuro, como se estivesse no local mais seguro do mundo, garrafas de bebidas jogadas ao seu redor mostravam qual era seu objetivo em vida, dinheiro e bebidas, apenas. Uma carta caiu sobre suas mãos, sucinta e direta ao ponto.

Kayn, uma onda de desaparecimentos tem ocorrido em nossa vila, por tal motivo precisamos de seus conhecimentos para a missão, se apresente no quartel general que mais informações serão passadas.
Att: Comandante Miyamoto

considerações:
Post 01/10
[/quote]
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Kobe
Genin
Kobe
Vilarejo Atual
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 0:35


HP: ❲ 200 • 200 ❳CH: ❲ 200• 200 ❳ST: ❲ 00 • 03 ❳


- Ted, você é o mesmo idiota de sempre – falei enquanto dava um tapa nas costas de meu amigo morador de rua, pois o mesmo sempre fazia com que passássemos vergonha com as prostitutas dando alguma de suas cantadas idiotas que faziam que elas nos ofendessem e as vezes até mesmo nos agredirem, em meio a nossas risadas, beberiquei mais um gole daquela vodka que a cada segundo em minha garganta fazia com que ela queimasse cada vez mais – Acho que deveríamos parar por hoje, Ted... – pausei meus passos e o fitei por alguns segundos – Você já nos fez passar vergonha demais hoje, não acha? – após perceber que o mesmo concordava com minhas palavras, estendi minha mão que com rapidez foi apertada por ele como um sinal de despedida – Se cuida, seu tarado – falei com a língua meio embolada por causa do álcool que estava em meu sangue.

Se não fosse esse cara , eu teria me dado muito bem com aquela loira peituda hoje pensei enquanto caminhava em direção do beco em que eu costumava ter minhas noites de sono. Não demorei muito para chegar a minha “cama”, então depois de arremessar aquela garrafa de vodka longe e ver a mesma quebrar fazendo um barulho delicioso, deitei-me no chão e no mesmo momento adormeci.

Poucas horas haviam se passado, mas uma coisa fez com que eu abrisse meus olhos e ficasse um pouco assustado, pois havia um corvo que estava em minha cabeça e eu não fazia ideia do por quê aquilo estava acontecendo – Que porra é essa, sai daqui – falei enquanto me levantava e fazia com que o corvo voasse para longe, porém uma coisa chamou minha atenção, no momento em que o corvo saiu de minha cabeça, ele deixou algo cair Uma carta? pensei enquanto pegava a mesma do chão e lia as informações que lá estavam. Após ler a carta e notar do que se tratava, resmunguei – Porra, não tinha hora melhor para me chamar para uma missão – enquanto pegava uma pequena garrafa de tequila que estava guardada no meio de algumas sacolas de lixo, rapidamente depois de abri-la, beberiquei seu liquido enquanto caminhava até o quartel de Sunagakure.  No momento em que cheguei lá, percebi alguns olhares estranhos me fitando, provavelmente por conta do estado alcoólico em que eu estava ou até mesmo minhas roupas, mas ignorei aquilo e adentrei no local com a carta em mãos para eles não me expulsarem do lugar pensando que eu era um mendigo qualquer.





Considerações:
Armas:





Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 0:51


Narrador: Hideki'

Sangue do imortal

@Kobe

Assim que o homem de cabelos alvos adentrou ao quartel general, logo os olhares de reprovação caíram sobre seus ombros com o peso de uma tonelada, era magnífico o preconceito de um povo que sequer pudera proteger a própria vila no passado, mas eles descontavam todo o amargo da vida em alguém que aproveitava ela como se fosse o último dia - Senhor Kayn. - comentou Miyamoto com o nariz torcido devido ao cheiro de álcool que tomava todo o recinto - Que bom que está aqui, então vamos direto ao ponto, você precisa ir logo, a vila necessita dos seus esforços . - todo blefe, ele estava despachando o gennin por causa do mal cheiro mesmo - Ultimamente muitas pessoas tem desaparecido, então criamos uma força tarefa com os que mais conhecem essa vila. - apontou para o mapa, diretamente para o leste de Suna, localizado ao lado de uma área que não havia sido totalmente reconstruída - Você fara a vigia naquela região, tente angariar informações o suficiente para nós.

Entregou um pergaminho da missão para Kayn, como uma forma de não ser considerado um criminoso ou algo do tipo pelos outros guardas - Está liberado, estarei esperando o seu relatório. Ah, e pare de beber, preciso de um ninja e não um cadáver andando pela vila.  

considerações:
Post 02/10
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Kobe
Genin
Kobe
Vilarejo Atual
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 1:08


HP: ❲ 200 • 200 ❳CH: ❲ 200• 200 ❳ST: ❲ 00 • 03 ❳


Estava um pouco acostumado com aqueles olhares de reprovação, afinal ser um morador de rua bêbado não é algo muito bem aceito pela sociedade, mas deveria admitir que no fundo de meu coração isso me deixava um pouco triste, pois aquilo era o destino que a vida havia me dado desde meu nascimento.  Mas após mais alguns passos, escutei um homem me chamar usando “senhor” antes de meu nome, acredito que era a primeira vez que alguém me chamava dessa forma De certa forma, ser chamado de senhor faz com que eu me sinta um pouco importante dei uma risada em meio a meus pensamentos – Senhor Miyamoto, certo? – falei com seriedade no olhar, mas era obvio que não conseguiria esconder meu estado alcoólico, pois por conta da tontura, eu não conseguia ficar mais do que segundos parado. Escutei o quê aquele homem tinha a me dizer, conseguia notar o nojo que ele tinha de mim, era algo notável em seus olhos, mas não me importei com aquilo por momento, pois estava tentando prestar máxima atenção em minha missão.  – Pessoas desaparecendo? Que estranho.. Acho que você escolheu o cara certo, pois ninguém sabe mais dessa vila do que eu – fazia um comentário muito sincero, pois tinha muito experiências nas ruas de Sunagakure Esse cara não deve nem imaginar todos lugares em que já dormi bêbado abri um leve sorriso após meu pensamento – Certo senhor, irei fazer isso –não gostava muito de formalidades, mas como era necessário por ser uma missão, concordei com os termos daquela forma.

Peguei o pergaminho que estava na mão dele, aquilo seria útil, pois provavelmente seria confundido com apenas um bêbado qualquer xeretando pela madrugada  - Estou indo, senhor.. E quanto a bebidas, eu prometo que irei parar de beber.. – falei com um sorriso no rosto, mas depois de me virar, sussurrei – Algum dia... – cai em risadas. Após sair pelas portas do quartel, peguei a garrafa de tequila que havia sido escondida por perto e me direcionei até a região ordenava pelo homem na carta enquanto bebericava aquela deliciosa bebida.






Considerações:
Armas:





Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 1:18


Narrador: Hideki'

Sangue do imortal

@Kobe

Quanto mais o gennin andava na direção de seu objetivo, mais a cidade ficava escura, como se aquilo tudo fosse mais uma brincadeira com a cara dele, tudo aquilo estava deserto, somente alguns guardas ao longe observavam ainda na parte mais central da vila, sem sequer dar a mínima para aquela região, que quando muito seria habitada por alguns indigentes que tinham uma vida muito parecida com a do ninja. Muita coisa se passava na mente dele naquele instante, a primeira era, misturar muitas bebidas nunca era uma boa ideia, saquê, tequila e whisky, os três cavaleiros da morte ao fígado, mesmo um beberrão experiente ainda passava trabalho com isso.

A ronda dependeria do tipo de abordagem ele daria, iria vasculhar cada canto daquela região ou iria aguardar que o destino lhe fornecesse uma surpresa? Depender do destino as vezes não seria a melhor alternativa, ele tinha a prova empírica disto, conhecia muito bem o chão duro da rua, e muito pouco de colchões plumados.

considerações:
Post 03/10
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Kobe
Genin
Kobe
Vilarejo Atual
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 1:41


HP: ❲ 200 • 200 ❳CH: ❲ 200• 200 ❳ST: ❲ 00 • 03 ❳


Caminhar aquela hora da noite bêbado pelo vilarejo quase inabitado era algo que eu já estava acostumado, então digamos que eles tinham achado o cara certo para fazer aquela missão ter sucesso, bebia o ultimo gole daquela garrafa de tequila e após engolir todo o liquido que estava em minha boca, a segurei firmemente e arremessei o mais longe possível – Porra, acho que isso foi chamativo demais – conclui depois de escutar o barulho que a mesma tinha feito após bater em uma parede e se despedaçar em cacos. O som das ruas vazias era como uma bela canção que entrava em meus ouvidos, mas ao mesmo tempo em que me agradava, também me dava um pouco de sono Álcool é como sexo, te deixa muito animado no começo, mas no fim te dá muito cansaço e sono dava uma risada consideravelmente alta por conta de meu pensamento que julguei ser muito engraçado.

De acordo com minhas coordenadas mentais, havia chego no local que tinha sido designado para mim na carta da missão – Esse aqui parece um bom local para dormir, bastante silencioso.. – anotei mentalmente que aquele poderia ser um bom local para descanso após minha bebedeiras noturnas. Como estava dito na carta, não deveria apenas ir até o local, mas sim procurar por pistas dos desaparecimentos, então caminhei por alguns metros procurando alguma coisa, sempre atento a tudo ao meu redor - Droga que sede - comentei enquanto percebia que não tinha mais nada para beber.





Considerações:
Armas:





Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 9:46


Narrador: Hideki'

Sangue do imortal

@Kobe


A sede dele era além do normal, mas algo que ele não notara era que uma energia sinistra deslizava pelas ruas naquele instante, por não ser um ninja sensitivo toda a ansiedade causada pela aura se transformava em sede. A cada metro explorado da região o ninja perdia ainda mais as esperanças de encontrar alguma informação útil, tudo estava tão tranquilo que parecia que jamais alguém iria para aquele lugar, tola ideia. Após Kayn andar cerca de cinquenta metros penumbra adentro, cem metros à sua retaguarda o barulho de espada sendo sacada e um grito feminino abafado romperam o silêncio.

O que faria Kayn? Averiguar ou fingir que não era com ele? Tudo poderia acontecer, e tudo dependia da iniciativa dele, o medo era relativo a quem o sentia, também poderia ser um combustível para descobrir o novo, investigar o desconhecido para quem não tinha nada a perder poderia ser a melhor das coisas da sua vida, Kayn era considerado um perdedor até então, essa poderia ser a chance de ganhar mais dinheiro, fama e mulheres.

considerações:
Post 04/10
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Kobe
Genin
Kobe
Vilarejo Atual
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 13:43


HP: ❲ 200 • 200 ❳CH: ❲ 200• 200 ❳ST: ❲ 00 • 03 ❳


Até aquele momento minha caminhada havia sido inútil, afinal aquilo parecia muito mais uma área totalmente abandonada do que um local de sequestros, mas continuei caminhando, pois iria aproveitar que havia perdido o sono, então para tentar encontra-lo novamente, caminhar exaustivamente era a melhor opção, esse era meu truque. Naquele momento já tinha parado de prestar atenção nas casas abandonadas ao meu redor e estava procurando alguma garrafa de bebida no chão que tivesse algum gole – Porra, como as pessoas viviam aqui sem beber nada? – falei enquanto cessava meu passos por ter visto uma garrafa de vodka fechada a alguns metros de mim Isso só pode ser uma alucinação

Porém uma coisa fez com que eu repensasse em ir buscar aquela garrafa, pois ouvi um barulho  muito estanho na minha retaguarda , como seria possível estar escutando um grito feminino nesse local sendo que esse é um lugar abandonado Para uma mulher estar em um lugar como esse, deve ter fetiches muito loucos então olhei novamente para a garrafa e para minha retaguarda que estavam fazendo uma espécie de competição para que eu as escolhesse Que merda, essa vodka deveria estar uma delicia pensei enquanto vira-me e corria em direção do local que havia escutado o grito feminino.





Considerações:
Armas:





Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 20:12


Narrador: Hideki'

Sangue do imortal

@Kobe


A vodka deveria estar mesmo uma delícia, mas como dizem os sábios, dever vem antes de beber. Alguns segundos de corrida se passaram até que Kayn chegou ao ponto de onde os sons eram emitidos, logo se deparando com um casal no alto dos amores - Mas que mer... - o homem  que era um ninja de alto nível reclamou quando o ninja bebum apareceu, porém a brincadeira estava apenas começando. Uma espada voou na direção do homem seminu, cravando diretamente em seu coração - Ora ora, tenho duas boas oferendas para o meu senhor. - uma presença surgiu à retaguarda de Kayn, emanando uma aura assassina que tirava as forças das pernas do ninja com facilidade tremenda.

O que faria o ninja naquele momento, vendo um superior morrendo como mosca e tendo uma civil para proteger? Sem falar que ainda tinha que superar o medo crescente que começava a borbulhar em seu peito. O novo inimigo tinha 1,80 de altura cabelos loiros e olhos azuis, uma cicatriz grande na bochecha direita e uma presença totalmente aterradora.

considerações:
Post 05/10
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Kobe
Genin
Kobe
Vilarejo Atual
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 20:44


HP: ❲ 200 • 200 ❳CH: ❲ 200• 200 ❳ST: ❲ 01 • 03 ❳


Depois de uma corrida um tanto exaustiva que por conta do álcool me deixou até com certa dor de cabeça, observei que os gritos se tratavam de um casal fodendo em pleno bairro abandonado Eu sabia que existiam fetiches assim ri mentalmente enquanto percebia que o homem diria algo, provavelmente querendo me ofender por  atrapalhar o momento dos pombinhos tarados, mas uma coisa o interrompeu, por instantes pensei ser uma peça de minha cabeça, pois no fim da sua frase, uma espada foi colocada diretamente perfurando o coração do homem Eu só posso estar bêbado de mais, pois não vi ninguém manejando essa espada, ela parecia estar voando antes de entrar no peito dele questionei em minha mente enquanto ouvia os gritos da mulher que estava satisfazendo seus prazeres a momentos atrás. Porém uma terceira voz foi escutada por mim naquele local, uma voz um tanto amedrontadora, mas nem tanto quanto sua presença que de certa forma fazia que todo meu corpo tremesse, fazendo que sentisse um arrepio que nunca havia sentido em minha vida, tentei fazer uma piada, pois era assim que eu reagia em todos momentos difíceis que eu passava em minha vida – Cara, não sei qual é esse seu tipo de fetiche, mas eu não estou curtindo nem um pouco – comentei enquanto tentava me virar para observar a face daquele homem, mas não era possível, pois o medo que ele me causava me impedia de mover qualquer parte que fosse de meu corpo.

Aos poucos começava a perceber que aquilo se tratava muito além de um fetiche, provavelmente aconteceria um ritual de verdade naquele local, afinal ele não teria matado o homem sem motivo nenhum Mas que ritual é esse? pensei, mas rapidamente tirei aquilo de minha cabeça, pois deveria me preocupar em como iria sair daquela situação que me travava por inteiro. Tentei pensar em outras vezes que aquilo havia acontecido comigo e depois de muito pensar, finalmente lembrei de sentir algo semelhante ao que estava sentindo naquele momento, foi quando eu estava lutando por minha sobrevivência naquela competição de luta clandestina, lembro que no final havia sobrado apenas eu e outro homem, mas não era um homem comum como eu, ele tinha praticamente dois metros, sangue por todo seu corpo e um olhar raivoso que poderia ser assemelhado ao de um lobo assassino, lembro que aquele foi o momento que mais me senti perto da morte, afinal era praticamente impossível um cara magro como eu derrotar um monstro como aquele cara era, mas uma coisa foi crucial para que eu perdesse o medo naquele momento, pensei em todas pessoas do vilarejo que tinham nojo de mim e que diziam que eu nunca seria alguém importante, não culpo eles, afinal quem poderia colocar esperanças num morador de rua?

Então naquele momento que estava estático, pensei no momento em que o senhor Miyamoto e os outros ninjas de elite me olhavam com aquela cara de nojo, aquilo não me deixava com raiva e sim com muita vontade de mostrar para eles que estavam errados, essa era minha inspiração para destruir qualquer medo ou sentimento ruim existente. Depois de pensar em todas aquelas coisas, percebi que meu corpo novamente se movia a vontade, então raciocinei algumas coisas Essa puta não merecesse que eu ajude ela, afinal está aqui pois escolheu isso, mas esse cara que está em minhas costas talvez seja o cara em que fui designado para procurar, tenho que dar um fim nele. Então em um movimento rápido, viraria meu corpo para ficar frente a frente com ele e nesse mesmo movimento tentaria acerta-lo com o soco com meu braço esquerdo.






[/i]
Considerações:
Armas:






Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 23:25


Narrador: Hideki'

Sangue do imortal

@Kobe


O loiro franziu o cenho quando notou que Kayn se desvencilhava de seu sakki ''como um mortal está conseguindo fazer isso'' o pensamento lhe ocorreu quando em um movimento instintivo o gennin da areia tentou lhe golpear com um soco, tola ideia, o homem sumiu de sua frente em uma velocidade assombrosa, deixando somente a poeira levantar no vácuo deixado por sua movimentação - Qual o seu nome garoto? - questionou quando surgiu novamente em sua frente, torcendo-lhe o pulso e o colocando de joelhos com uma torção bem feita.

- Por que tem tanta gana por viver? - olhou de cima com um cinismo palpável - Então garoto? O que te motiva na vida? - apertou ainda mais o pulso dele, porém apenas causando dor em um momento, os olhos azuis tremeluziam à luz da lua, a aura tenebrosa avançava ainda mais pelas ruas, o poder daquele homem transcendia qualquer vivência em vida de Kayn, o que esperava por ele?

considerações:
Post 06/10
[/quote]
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Kobe
Genin
Kobe
Vilarejo Atual
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sex 31 Jan - 23:49


HP: ❲ 200 • 200 ❳CH: ❲ 200• 200 ❳ST: ❲ 01 • 03 ❳


Minha tentativa por mais valida que fosse, foi facilmente anulada por uma velocidade nunca vista por meus olhos na vida, por instantes procurei o homem que depois de meu soco havia sumido totalmente sem nem mesmo ter feito algum barulho Filho da puta pensei enquanto fazia uma procura visual atrás do homem assustador, porém fui surpreendido pelas palavras que vieram junto da presença do homem que voltou a ficar em minha frente, mas dessa vez mais agressivo, torcendo meu pulso e me fazendo ficar de joelhos diante de toda aquela força assombrosa, mas por mais que ele torcesse meu pulso, eu não sentiria nada, pois desde pequeno tive uma estranha peculiaridade de não sentir dores físicas  - Meu nome é Kayn... Kayn Iekami – respondi sem mostrar nenhuma reação diante da dor física que ele tentava fazer com que eu sentisse.

O segundo questionamento do homem me fez pensar no passado, quando era apenas uma criança sozinha nas ruas de Sunagakure, sem ter amigos, parentes e nem mesmo conhecidos, então com uma face um pouco triste respondi – Sabe cara... Eu já tive muita vontade de morrer, muita mesmo – pausei um pouco minha fala para suspirar – Mas depois de viver tanto tempo sozinho e sem esperanças, acredito que a vida está reservando algo para mim – terminei minha fala com um olhar um pouco desanimado. Depois de voltar a fitar o homem e perceber o mesmo com um olhar sínico, ele voltou a me questionar sobre outra coisa Isso está parecendo uma entrevista de emprego pensei rapidamente e resolvi responder novamente a pergunta do homem – Minha motivação é encontrar esse algo que acredito que a vida está reservando para mim – ainda sentia medo daquele homem, mas de certa forma conversar sobre aquilo com alguém era muito bom, pois ele estava sendo umas das únicas pessoas que sabia sobre essas coisas, voltei a fitar os olhos do homem e tentei questionar – Mas e você... O quê te motivo a viver? Além de matar casais enquanto eles estão em seus momentos de prazer – fui um pouco cômico em minha pergunta e esperava que ele entendesse isso.







Considerações:
Armas:






Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sab 1 Fev - 0:33


Narrador: Hideki'

Sangue do imortal

@Kobe


''Mais uma alma quebrada pela tenebrosa maldade dos humanos comuns...''

O loiro pensou consigo mesmo enquanto o mais novo dava um discurso, ele entendia de certa forma o vazio interior de Kayn, ele entendia que o mundo era cruel, e que as pessoas ligavam somente para elas mesmas, mas ele tinha ainda um caminho para encontrar, o caminho do senhor supremo e imortal, o caminho de Jashin. Ao ser questionado sobre a morte do homem e a possível morte da mulher que aconteceria em breve, deixou-se gargalhar por alguns segundos enquanto se deleitava do medo dela e da situação em que seu senhor havia o colocado, aquele jovem de cabelos brancos era um sinal divino - Acha mesmo que eles são inocentes?

Soltou a mão do gennin - Esse jounin era um assassino e abusador de jovenzinhas, e ela é uma aliciadora que fornece as vítimas para ele, ainda acha que eu sou tão injusto assim? - questionou - Eu sirvo para Jashin, eu sirvo para a matança, eu mato aqueles que não merecem pisar neste mundo. - disse em tom divertido, sacando uma lâmina e cortando o pulso na frente de Kayn - Viu? Ele me da forças para aniquilar aqueles que não devem estar aqui. Por que não preenche seu coração ao nosso lado?

considerações:
Post 07/10
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Kobe
Genin
Kobe
Vilarejo Atual
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sab 1 Fev - 1:21


HP: ❲ 200 • 200 ❳CH: ❲ 200• 200 ❳ST: ❲ 00 • 03 ❳


As palavras que eu havia dito para homem de certa forma havia mexido comigo, pois meu costumeiro semblante de felicidade tinha desaparecido e dado lugar a um olhar triste e sem esperanças muito semelhante a quando eu era uma pequena criança indefesa. Diferentemente de mim, aquele cara por mais que fosse assustador, era possível perceber em seus olhos que ele tinha alguma coisa que o guiava e o dava forças para continuar vivo. Pela primeira vez estava vendo aquele cara rir de alguma coisa Até a risada desse cara é assustadora, puta que pariu pensei enquanto observava a risada do loiro, mas no fim de sua risada, ele me questionou sobre a inocência daquele casal que estava transando naquele lugar abandonado, isso de certa forma de deixou intrigado.

Quem diria, no fim das contas o assassino virou o herói pensei enquanto imaginava que aquilo daria um ótimo final para um filme de ação, mas não consegui pensar muito bem num roteiro, pois o homem voltava a conversar comigo sobre um tal de Jashin que pelo que entendi tratava-se de um entidade que punia os não merecedores desse mundo. Deveria admitir que o quê estava vendo naquele momento era a coisa mais incrível que tinha visto em toda minha vida, pois o loiro assustador havia sacado uma lamina e cortado o próprio pulso, em situações normais aquilo começaria a sangrar e aos poucos ele perderia sua vida, mas com ele não era assim, pois parecia que seu corpo não tinha vida, se acreditasse em mitos, diria até mesmo que ele era um imortal Será que esse não é o objetivo de vida que eu tanto esperei aparecer? Afinal, de certa forma esse cara está fazendo o bem para sua entidade e aos mesmo tempo para seu vilarejo depois de alguns segundos de silêncio e pensando, falei – Sabe.. Eu sinto que você tem uma grande vontade de viver e também tem objetivos, eu quero isso também, quero me sentir vivo novamente -








Considerações:
Armas:





Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sab 1 Fev - 1:30


Narrador: Hideki'

Sangue do imortal

@Kobe


''Muito bom, ganhei mais um. ''

A frase veio a sua mente assim que fisgou o jovem com sua utópica visão de Jashin, então executou alguns selos de mão e um triangulo circunscrito surgiu abaixo de seus pés - Assuma o centro desse triangulo, criança. O sorriso com os dentes a vista era de arrepiar, então pegou a mulher pelos cabelos e arrastou até a frente do ninja, entregando uma de suas espadas para ele enquanto soltava ela sobre seus pés - Faça a sua primeira oferenda, meu jovem, entregue seu corpo para Jashin, entregue sua vida para o nosso objetivo. - a cada vez que o homem falava, a sua voz ia mais fundo nos confins do coração de Kayn, ele sentia uma chama arder em seu interno, era a presente do tal Deus?

- Parta o coração dela. Sinta o poder borbulhar em seu interior, faça isso. Faça! - a voz encorajadora do mais velho seria o suficiente para Kayn entregar-se ao poder de Jashin, tornando-se um fiel ao deus da Morte?

- Somente aqueles que mergulham na escuridão, conhecerão a verdadeira luz!

considerações:
Post 08/10
[/quote]
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Kobe
Genin
Kobe
Vilarejo Atual
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sab 1 Fev - 1:48


HP: ❲ 200 • 200 ❳CH: ❲ 200• 200 ❳ST: ❲ 00 • 03 ❳


Não sabia muito bem se estava fazendo certo em aceitar a proposta que o homem havia feito para mim, mas de alguma forma, eu sentia que meu coração pedia para que eu aceitasse aquilo, como se ele tivesse encontrado o motivo que ele tanto queria para bombear e me dar vida. Depois de tecer alguns selos de mãos, o homem loiro invocou um símbolo, provavelmente o símbolo dessa religião que eu estava prestes a ingressar, após me pedir para ficar no meio daquele triangulo, o loiro foi atrás da mulher que havia sido revelada ser uma aliciadora de crianças, deveria admitir que quanto mais perto ela chegava, mais vontade eu tinha de mata-la Seria a vontade de Jashin dentro de mim? questionei a mim mesmo ainda tentando entender de onde vinha àquela vontade nunca sentia em meu corpo.

O homem havia me ordenado fazer meu primeiro sacrifício para cultuar Jashin, que de certa forma eu sentia estar entrando cada vez mais dentro de mim, felizmente aquele local não tinha sinais de habitantes, então matar ela seria algo que não seria descoberto por mim. Normalmente, eu não faria isso, mas parecia que de certa forma algo estava me guiando para segurar aquela espada e enfia-la no meio do peito daquela maldita mulher, então seguindo meus instintos, peguei a espada que estava no chão, porém hesitei um pouco em realizar o próximo passo, mas alguma coisa de dentro de mim fez com que sem nem mesmo eu perceber, enfiar aquela espada no meio do coração daquela mulher Jashin, é você? questionei-me enquanto me mostrava um pouco assustado por conta daquela situação.






Considerações:
Armas:





Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sab 1 Fev - 2:04


Narrador: Hideki'

Sangue do imortal

@Kobe


O loiro se ajoelhou sobre o sangue escarlate que vertia no chão, Kayn naquele momento poderia ouvir um sonoro ''Sim'' em sua mente, em um momento sentiu uma enorme excitação, seu coração saltava do peito - Você é o escolhido, você é o escolhido por nosso deus, a centelha dele pulsa em seu interior!!!! seu corpo estremecia e fazia com que o gennin se ajoelhasse sobre o corpo mórbido, mas algo mudou naquele instante, além de sentir algo novo pulsando em suas veias, sua visão fora enegrecendo progressivamente. Até que sentiu que iria desmaiar, não tinha muita alternativa, enquanto sua mente mergulhava no escuro infinito, o loiro se levantava, orgulhoso e com aquele mesmo sorriso aterrador, o que estava acontecendo?
considerações:
Post 09/10
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Kobe
Genin
Kobe
Vilarejo Atual
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sab 1 Fev - 2:15


HP: ❲ 200 • 200 ❳CH: ❲ 200• 200 ❳ST: ❲ 00 • 03 ❳


Ainda muito assustado, observei o loiro ajoelhar-se no chão com uma enorme excitação no olhar enquanto fitava o sangue que havia escorrido daquela mulher que havia sido julgada não merecedora por mim. Uma coisa fez com que eu tomasse um susto, pois magicamente uma voz dizia “sim” em minha mente, como se o deus Jashin estivesse se comunicando comigo e imitando as palavras do homem dizendo que eu era o escolhido por ele O quê está acontecendo comigo? O quê é essa presença que está iluminando meu coração aos poucos. Sendo guiado por meus instintos, ajoelhei-me também diante de toda aquela cena que de certa forma poderia ser até mesmo julgada como poética.

Muitas coisas estavam passando pela minha cabeça naquele momento O quão poderoso era Jashin? Como ele de certa forma conseguia se comunicar comigo através de pensamentos? Será que eu realmente era o escolhido eu pensava enquanto começava a sentir uma leve tontura, mas não por conta do álcool ingerido anteriormente, mas sim por meu cérebro ter digerido tantas informações complicadas em tanto tempo, então aos poucos meu corpo começava a se desligar e perder forças, até que em um momento apenas desabei no chão desmaiado Espero não lhe decpcionar, Jashin esse foi meu ultimo pensamento.









[/i]
Considerações:
Armas:






[/quote]
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sab 1 Fev - 2:21


Narrador: Hideki'

Sangue do imortal

@Kobe


Quando recobrou os sentidos o sol já estava raiando, mas não era o pior de tudo, ao seu redor não tinha sequer um resquício de corpos, nem sangue, nem nada demais. Em sua mão um cordão enrolado contendo em pendurado em si um triângulo circunscrito, o símbolo de Jashin. A confusão poderia tomar a sua mente, mas tinha certeza que aquilo tinha acontecido, em sua mão estava a prova do fato consumado, no entanto ainda tinha seus deveres com a vila, em seu relatório entregaria uma noite sem qualquer alteração? Jashin era seu abrigo, Suna seu lazer? A partir daquele momento o ninja teria que tomar algumas decisões sumariamente necessárias para o decorrer de sua vida.
considerações:
Post 10/10
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Kobe
Genin
Kobe
Vilarejo Atual
[CENA] Sangue do imortal Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sab 1 Fev - 2:47


HP: ❲ 200 • 200 ❳CH: ❲ 200• 200 ❳ST: ❲ 00 • 03 ❳


Horas depois, acordei do desmaio um pouco confuso, pois ao abrir meus olhos e observar ao meu redor, não existia nenhuma pista dos “assassinatos” que haviam acontecido naquela madrugada, apenas uma coisa fazia com que eu tivesse certeza de que aquela noite era real, pois em minha mão havia sido enrolado um cordão em minha mão que continha mesmo símbolo visto no ritual  feito por aquela homem loiro Para onde será que ele foi? Espero encontrar ele novamente, talvez ele tenha muitos ensinamentos de Jashin para me passar.

Levantei-me um pouco por conta de tudo que havia passado, porém uma coisa surgiu em minha mente Eu estava numa missão, tinha quase esquecido, o quê será que irei dizer para o senhor Miyamoto? com certeza eu nunca diria os verdadeiros acontecimentos daquela noite, afinal agora era fiel a Jashin e não poderia contar de sua existência para não merecedores de toda sua luz. Caminhei com muita calma até o centro da vila, pensando numa boa desculpa para dar a meu superior, porém antes de adentrar no quartel general, passei por um bar e pedi para o garçom uma dose de cachaça, tomei-a como se estivesse sem beber por anos Eu precisava disso pensei enquanto rumava até a porta do quartel general.

Era cedo e por sorte, percebi que Miyamoto estava recém chegando no quartel, isso significava que eu não iria precisar entrar lá e receber todos aqueles olhares de desprezo, então correndo em direção dele, gritei – SENHOR MIYAMOTO – quando observei o mesmo parar, aproximei-me dele e contei minha mentira – Descobri o causador dos assassinatos daquela região e tive a sorte também de ter o eliminado em meio a um combate -. Depois de boas explicações falsas, senhor Miyamoto me despencou e deu aquela missão como concluída Muito obrigado, Jashin pensei enquanto me locomovia para algum bar.










Considerações:
Armas:






Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado Sab 1 Fev - 2:53

@
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [CENA] Sangue do imortal - Publicado