>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 10:
RemanescentesAno: 69DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Primavera

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[D - Faxina.] - em Sab 24 Ago - 10:43

Acordei de súbito com um barulho repentino no quarto onde eu me encontrava. Aparentemente, alguém batia na porta de madeira, me chamando, para deus sabe o quê. Levantei, irritado, mas segui através de passos lentos para atender quem quer que fosse que me chamava às oito horas da manhã; a destra fora até a maçaneta gélida, e a girou, abrindo a porta. — Pois não? — Indaguei, fitando a kunoichi a minha frente. A garota estendeu o braço esquerdo, e em sua pequena mão pálida tinha uma pequena carta. Suspirei, e tomei a mesma da garota, e fechei a porta, retomando para minha cama.

— Me acordaram para entregar uma carta? Porra.. — murmurei enquanto minhas mãos abriam o envelope, retirando o conteúdo deste. A carta falava sobre uma missão de baixo nível, cujo propósito era ajudar na limpeza de uma biblioteca no centro do vilarejo de Iwagakure. Suspirei novamente, e trajei minhas vestes usuais para seguir até lá, mas antes, é claro, verifiquei se todo meu armamento estava comigo; nunca se sabe, talvez existisse a necessidade do uso destes. Enfim, saí de casa e pulei pelos telhados, rumando para a biblioteca do vilarejo.

...

Meus pés me levaram até o local marcado na carta, e ao chegar lá, fui recebido pela mesma mulher que outrora bati a porta na cara. Apesar do ocorrido, esta sequer me tratou com frieza, pelo contrário, fora bem receptiva. Cogitei momentaneamente que ela gostasse de ser tratada como lixo, mas dei de ombros e segui até o local indicado por ela; uma sala cheia de livros espalhados, desarrumados, e empoeirada. — Que saco. — falei ao ver aquilo, e logo fui atrás dos objetos para limpar a sala. A princípio, iniciei com uma leve varrida, retirando a poeira de todo local, em seguida, peguei um pequeno pano e usei de um produto, passando-o nas prateleiras e limpando-as como deveria ser feito. Espirrei algumas vezes, mas nada anormal, afinal, lidava com poeira. Os livros, porém, antes de tudo, eu havia retirado da sala para preservá-los, do contrário, talvez me expulsassem de lá por danificá-los.

Enfim, continuei a faxina por um longo tempo, até que de fato deixei aquele local um brinco. Agora sim parecia uma sala de biblioteca, e não um calabouço cheio de teias de aranha. Quando terminei, chamei a kunoichi de outrora, e esta me agradeceu com um beijo na bochecha pelo trabalho; ignorei-a e peguei minha recompensa, rumando para casa em seguida. Fora minha primeira missão concluída naquele vilarejo, e mais estavam por vir.

200, 200
sta 0/3

Considerações:
Rank D: Biblioteca.
420/300.

Itens e afins:
Shuriken: 10.
Kunai: 10.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [D - Faxina.] - em Sab 24 Ago - 12:34

@
-


Layout por @Akeido Themes, @Loola Resources e Naru.