NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Outono
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Kurt Barlow
3º Lugar
Zireael
1º Lugar
Ranni
2º Lugar
Hemumu
3º Lugar
Raves
Os membros mais ativos do mês
Angell
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
685 Mensagens - 38%
Shion
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
201 Mensagens - 11%
Ranni
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
153 Mensagens - 9%
Nan
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
135 Mensagens - 8%
Mako
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
133 Mensagens - 7%
Kaguya
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
118 Mensagens - 7%
Hemumu
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
103 Mensagens - 6%
Zero
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
96 Mensagens - 5%
Summer
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
87 Mensagens - 5%
Chazer
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
73 Mensagens - 4%

Os membros mais ativos da semana
Angell
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
148 Mensagens - 30%
Shion
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
56 Mensagens - 11%
Ranni
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
50 Mensagens - 10%
Hemumu
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
45 Mensagens - 9%
Nan
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
44 Mensagens - 9%
Zero
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
41 Mensagens - 8%
Kaguya
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
37 Mensagens - 7%
Summer
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
28 Mensagens - 6%
Chazer
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
26 Mensagens - 5%
Majinboo
[Solo] Aumentando um ponto... Vote_lcap[Solo] Aumentando um ponto... Voting_bar[Solo] Aumentando um ponto... Vote_rcap 
24 Mensagens - 5%


Dumas
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy


Os dias voavam e eu deixei meus treinamentos de lado. Precisava concentrar nos meus próximos passos e antes que isso acontecesse eu precisaria me aperfeiçoar. E o primeiro passo seria adquirir mais informações e conhecimento. Fui até o meu quarto e manipulando meu chakra criei um selo no pulso do meu braço esquerdo onde selei a Hiramekarei e em seguida peguei uma faixa e a cobri. Troquei de roupa e ajeitei os meus equipamentos e armas, por fim, colocando a Samehada em minhas costas saindo do quarto. Fui à cozinha e comi alguma coisa e tomei um copão de café para me ajudar a despertar e reabasteci meu estoque de balas de café. Com os preparativos prontos saí de casa e fui até a biblioteca para um longo estudo.

Passei pela nova área de Iwa onde admirei os feitos daqueles arquitetos e engenheiros enquanto segui até onde estava a biblioteca e lá fui até uma sala reservada, estar naquele cargo abria muitas portas, mas o efeito colateral era que dava muito mais dor de cabeça. Chegando na biblioteca conversei com a aprendiz da guardiã daquele lugar, a garota era bonita e tinha assunto. Combinação perigosa e chamaria a minha atenção. Conversamos por meia hora até que encerrei com um convite para um jantar qualquer dia desses. O que para a minha surpresa foi aceito.

Segui para a sala reservada e lá tinha vários registros de inúmeros temas e histórias das mais diversas, das felizes as mais sombrias. O meu papel ali seria aprender com aqueles tomos. Procurei volumes de histórias sobre acontecimentos em Iwa e sobre o país da Terra. As primeiras páginas eram relatos de eventos que não tinham nexo nenhum. Temas espalhados, simples contos que não saberia dizer se era um fato ou simplesmente estória. Algumas eram muito engraçadas e tinham “moral" fácil de detectar. Outras, no entanto, me faziam pensar por muito tempo. Fazendo-me refletir sobre o contexto. E fazer um paralelo com o que tinha ocorrido em minha vida até aquele momento. Segui com a leitura, uns textos eram difíceis de ler por ter palavras que nunca tinha visto antes aumentando a complexidade. Parei algumas vezes para saborear o texto e as minhas balas de café e refletir mais algum tempo e evitar que o sono viesse.

Outros textos deveriam ser de capitães ou elite na cadeia de comando com instruções e contos de situações que passaram, e fazendo um paralelo com o que aprenderam com a experiência de outras pessoas e com a leitura de livros como no estilo de guerra. Planejamentos estratégicos e táticos, o que funcionavam em determinada situação e o que não funcionaria. Outros livros tratavam de contos líricos, eventos pelo mundo, outros mais específicos de profissões e tantos outros que mal podia ver o tema do livro ou do pergaminho. Tinha muita coisa pela frente.


Informações:


Noah Zoldyck:
HP: 3.300/3.300 CH: 3.950/4.000     ST: 1/8     VEL: 05/22 m/s
Samehada 500/500


_______________________

[Solo] Aumentando um ponto... Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy




Somente a leitura não seria o suficiente. Deparei-me com materiais que envolviam matemática e lógica, somente leitura nesse caso não resolveria. No primeiro dia, despreparado, fui até a jovem moça que ajudava a organizar a biblioteca. Alice, uma jovem loira, praticamente da minha idade, com um corpo surpreendente, mesmo oculto pelo vestido largo e o avental com papéis e um ou dois livros pequenos em seus bolsos. Mesmo eu não querendo ela conseguia me deixar sem graça e meio avermelhado. O balcão nos separando, solicitei a jovem alguns papéis e o que ela tivesse disponível para escrever. Ela foi até o escritório que havia na biblioteca e voltou com o material. Agradeci ainda rubro e saí de sua presença e voltando aos estudos. Horas se passaram e no meio do caminho voltei umas quatro vezes para falar com a jovem e pedir café, pois eu sabia que lá dentro eles tinham por causa do cheiro esplendido do grão moído e feito à mão. E a gentileza dela e de sua mentora me ajudaram bastante.

Tinha cálculos que eu tinha visto na academia, outros eu lembrava parcialmente, uma vaga lembrança. Outra ainda não fazia ideia de como faria para resolver. A parte avançada de uma lógica que eu ainda não tinha alcançado a iluminação. E deu muito trabalho para aprender, cálculos que me ajudariam a administrar o que quer que eu queira e outros para usar em combates, ângulos, triangulação, distância, velocidade indo para os caminhos da física, outros para a química. E matemática em sua pureza. Dava muitos nós, mas o bom que era uma matéria exata, ou é ou não é. Pior quando geralmente meus resultados não eram os exatos, mas fazer o que?! Ninguém acerta sempre, não é mesmo?!

Os dias naquela biblioteca passavam e agora Alice me ajudava com algumas questões em níveis mais difíceis sobre a temática das poesias e suas estruturas, misturado com seus conhecimentos na medicina. Descobri dois dias depois do inicio dos estudos que a jovem loira também era uma kunoichi, mas ela estaria se especializando na medicina em seu alto nível. Ela queria ser a melhor Iryo-nin do mundo ninja, superando lendas antigas. Depois de duas semanas, a garota sempre me ajudava quando não estava em serviço e quando o café estava pronto ela me levava uma xícara. Mas também era brava quando eu dava mole com as temáticas que estudávamos e eu esquecia e quando me pegava babando em cima dos papéis. Uns quatro ou cinco galos apareceram após a inclusão da moça aos meus estudos, mas também estava me acostumando com a sua próxima presença.  

E, por fim, ela teve uma ideia e compartilhou comigo enquanto ela fechava a biblioteca numa sexta à noite. Contudo, ela só compartilharia comigo na próxima segunda.

Informações:


Noah Zoldyck:
HP: 3.300/3.300 CH: 3.950/4.000     ST: 0/8     VEL: 05/22 m/s
Samehada 500/500


_______________________

[Solo] Aumentando um ponto... Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy




A mudança de ideia da jovem atiçou a minha curiosidade. Mesmo que minhas investidas fossem incessantes ela não cedia. Apelaria para outras formas. Fomos a uma doceria ao final da avenida. A loja era incrível e enquanto conversávamos sobre muitos assuntos, brincávamos e ríamos juntos, o garçom aparecia para nos servir alguns de seus melhores doces. E após aquele momento percebi que estava anestesiado com a presença daquela garota. Muitos dos meus problemas tinham sumido ou simplesmente não estaria mais ligando para eles no aqui e agora.

Andamos pelas ruas e deixei a garota na porta de sua casa. A escolta feita e num impulso de ambos, a despedida foi um beijo que passou de raspão. Ambos ficaram vermelhos. Eu logo cocei atrás da cabeça, todo sem graça. E ela sem palavras entrou e fechou a porta atrás dela. Fui andando em direção às montanhas além dos muros da Vila. Tinha muita coisa a pensar...

Andei por horas em meio às montanhas. Ainda bem que tinha me abastecido antes e com várias balas de café no bolso para saciar o meu vício. E nessa caminhada me levou até a casa do velho que me ensinou a ser um Iryo-nin. Ele era muito esquisito, mas foi um ótimo sensei, eu que apenas não o honrava como deveria ao usar seus conhecimentos direito. Tinha descoberto que após o meu sumiço ele tinha falecido, então a cabana deveria estar sem ninguém.

Os meus sentimentos estavam embaralhados. Uma parte de mim desejava a Ishikawa e a outra a jovem Alice. Com a Alice os momentos eram mais brandos enquanto com a primeira era uma turbulência sem fim. Mas deveria parar de pensar nessas coisas e aproveitar a noite estrelada para colocar alguns conhecimentos em dia. Olhei ao redor e escolhi um lugar para deitar e caí ali mesmo no chão e fiquei observando as constelações e lembrando-me de como localizar as mais importantes.  E levaria um bom tempo para montar um mapa mental dos céus.  Lágrimas marejaram os meus olhos. Ali no ermo não teria perigo de ser pego demonstrando sentimentos. Um oásis em meio ao deserto.

Algumas horas depois, eu estava recordando mil e uma situações que já tinha passado, analisando agora os fatos, estratégia e relembrando informações importantes, usando todos os meios possíveis para lembrá-los, inclusive usaria dos meus sentidos para lembrar cheiros, ou sons, ou mesmo o toque ou sensações para ativar minha memória. Como tinha falhado nas missões e o porquê de ter falhado, eventos em que estava sozinho ou com um time, reavaliando os meus pontos fortes e os meus fracos, e o que tive que aceitar, eu tinha muitas deficiências. Não poderia me chamar de capitão e nem de sensei, muito menos de Kage. E se não fosse por aquela situação desagradável será que estaria naquele posto? E olhando para os demais Kages que me antecederam, tinha chego à conclusão que não era melhor que nenhum deles. Diferente talvez, mas não melhor e nem o mais forte. Teria eu problemas para demonstrar minha força? Ainda não tinha utilizado da técnica do meu avô. Eu seria gentil demais para usá-la? Ou me faltava força ou coragem? Perguntas que brotavam como um fluxo intenso, como uma tromba d’água que chega sem avisar.

Aquela noite eu colocaria minha mente para trabalhar muito de forma a me conhecer melhor e reavaliar os meus paradigmas e conceitos. Estava na hora de quebrar muitas opiniões que já tinha formado sobre tudo, se estivessem me atrapalhando a seguir em frente. A noite avançou e fui até um dos maiores picos dos arredores da Vila para ver o amanhecer. E contemplaria cada segundo da bela visão que teria.

Informações:


Noah Zoldyck:
HP: 3.300/3.300 CH: 3.950/4.000     ST: 0/8     VEL: 05/22 m/s
Samehada 500/500


_______________________

[Solo] Aumentando um ponto... Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy




Batidas na porta me fizeram acordar. Meus olhos estavam pesados, meus braços estavam dormentes e a baba estava escorrendo da minha boca e escorreu até os livros e o pergaminho, nem precisava falar do cabelo todo amassado e a cara cheia de marcas do contato com os meus braços. Era uma cena bizarra, mas foi assim que eu me encontrei com a Alice no meu quarto e com um dos mordomos que cuida da casa dos Zoldycks.  A porta se abriu e vi aquela linda garota entrar, mas antes que ela me visse eu levantei rapidamente a gola da camiseta para tirar a baba do queixo, e passei a mão pela cara e pelos cabelos e segui com a cena. Pedi um minuto para ir ao banheiro e me trocar após uma conversa de uns cinco minutos. Tomei um banho rápido, me troquei e voltei somente de bermuda para o quarto. Percebi que a garota tinha ficado um pouco sem graça, então percebi que a estratégia tinha dado certo. Fui até o guarda-roupa e peguei uma camiseta, depois comecei a me equipar e pronto para comer alguma coisa e sairmos. O café da manhã estava pronto quando chegamos e conversamos mais sobre vários temas inclusive sobre sonhos e desejos, alguns batiam muito. O jeito dela me cativava cada vez mais. E eu estava passando mais tempo com ela do que com qualquer outra pessoa. Um caminho perigoso.

O dia foi composto por leitura boa parte do tempo e depois um longo diálogo com Alice e com Mochizuki, que também é um frequentador da Biblioteca de Iwa. E um grande estudioso. Mochizuki se prontificou em me ajudar a me desenvolver e me dava livros chaves para um bom diálogo e percebi que ele gostava muito de me provocar com questionamentos insanos de serem respondidos. Assim como aconteceu com a Alice, estava passando muito tempo com este novo sensei. Ele me fazia pensar as coisas de formas diferentes e vários pontos de vista sobre um mesmo assunto. Então contei o caso do Gabinete de forma de uma estória. Ele era muito inteligente e logo deu o seu parecer sobre o caso exposto. E devolvia questionamentos sobre cada possibilidade que poderia ter sido mudado o rumo da situação para melhor e para o pior. O Mochizuki, não era um exímio estrategista, mesmo porque nem ninja ele era e nem um homem de armas, mas o conceito de guerras e movimentações ele era muito bom. Como enganar os inimigos, mesmo sabendo que tem espiões no meio do seu pessoal. Ajudou-me a compreender um pouco mais sobre os campos de combate e como usar os terrenos ao nosso favor. Depois ele propunha situações, perguntas e problemas bem complexos para resolver. Situações intensas e com pouco tempo para planejar os movimentos. O que no começo fazia sair fumaça da minha cabeça com os quebra-cabeças que o homem propunha. O dia passava rápido que eu nem via. Alice sempre aparecia para me avisar sobre os horários. E minha segunda parte do dia era ir para o Gabinete cuidar das problemáticas da Vila, lidar com os Anciões da Vila, mensagens da Alisha, e lidar com todo os problemas dos ninjas e civis, mas ao final do dia me encontrar com minha nova companhia e comer alguma coisa para depois passear em praças ou em algum lugar aberto com lago ou riacho que poderíamos passar um bom tempo juntos e conversando sobre todos os assuntos. O que não tinha percebido era que ela estava me ensinando muita coisa de uma forma tão simples.


Informações:


Noah Zoldyck:
HP: 3.300/3.300 CH: 3.950/4.000     ST: 0/8     VEL: 05/22 m/s
Samehada 500/500


_______________________

[Solo] Aumentando um ponto... Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy




[Solo] Aumentando um ponto... N9xpxkj


Após sairmos de um restaurante que estava próximo do seu horário de funcionamento encerrar, fui até a casa da jovem médica, nossa conversa era intensa e ela sabia me provocar. Aliás, Alice era mais velha do que eu, ela teria os seus dezenove anos, e com muito mais experiência amorosa do que eu sequer tive. Quando chegamos na porta da casa dela, nos despedimos de uma maneira sem graça, mas já tinha passado muito tempo e apesar de estar ainda meio confuso, eu queria beijar aquela mulher. E tomando uma atitude cheguei próximo a ela, coloquei minha mão direita no lado esquerdo dela e fui me aproximando para beijá-la e ela não cedeu um centímetro, na verdade ela fez seu corpo se aproximar do meu. Meu braço esquerdo foi até a cintura dela e a puxei mais um pouco para perto de mim. Algum tempo depois nos separamos e ela entrou para a sua casa.

Eu por outro lado estava sem um pingo de sono, então fui a um dos meus lugares preferidos, o topo de uma montanha que dava para ver toda a Vila e a Lua iluminando tudo que conseguia alcançar. Como sempre eu perdido em meus pensamentos. Então resolvi dar ordem ao caos e comecei a recriar um processo padrão de raciocínio, para quando eu precisasse tomar decisões em momentos decisivos meu corpo já estaria preparado para se utilizar desse método. Lembrei-me dos perrengues que já tinha passado, como a reação e a velocidades daqueles projéteis usados pelos invasores, e como eu reagi aquilo e como poderia usar outros meios melhores. Algumas estratégias eu montava desenhando no chão que continha um pouco de areia que ondulavam conforme eu passava o dedo passei uma ou duas horas elaborando os padrões.

Quando a Lua estava em seu ápice de esplendor, senti a movimentação de chakra uns metros a minha frente. E o chakra foi se expandindo e assumiu o símbolo dos Zoldyck, mas aquele era um específico e poderoso. No momento seguinte foi criada uma cúpula de chakra com uns cinquenta metros ao nosso redor.

- Vejo que anda se divertindo bastante... – Falava uma voz envelhecida, mas ainda sim, firme. – Devo fazer uma reverência ao novo Kage? – Falava revelando a sua presença ao desativar sua técnica que o ocultava de quase todo tipo de rastreamento.

- Está com insônia, velho?! E agora é sonâmbulo para aparecer nesse lugar a essas horas? – Falava sem nem mesmo olhar para o meu avô.

Uma risada ribombou de onde o velho estava e a seguir ouvia os seus passos se aproximando. Ele ficou em silêncio até se postar ao meu lado. Ambos estávamos nos avaliando e curtindo um momento que era típico nosso.

- Tenho observado seus movimentos Noah. E sei também o que anda passando pela sua cabeça. E achei que seria o momento para ajudá-lo. Entretanto, tenho boas e más notícias da Montanha. – O velho resolveu explicar a situação. Mas antes de lhe falar sobre isso vamos jogar xadrez e ver se todos estes estudos e treinos estão surtindo efeito na prática.

Iniciamos dois jogos ao mesmo tempo, o xadrez que exigia atenção e uma seleção de perguntas técnicas, que sei lá como ele sabia, mas era pauta dos meus estudos. O que me fez pensar em duas possibilidades sem pestanejar o porquê do velho estar ali, concluindo que parte daquele treinamento todo já estava surtindo efeito. No começo ficou meio difícil por conta do cansaço, mas conforme o velho me estimulava a continuar eu despertei e com algumas balas de café e surpreendentemente o velho tinha escondido uma garrafa de café e duas xícaras. Himura-sama nos serviu para continuarmos pela madrugada a fora.

Informações:


Noah Zoldyck:
HP: 3.300/3.300 CH: 3.950/4.000     ST: 0/8     VEL: 05/22 m/s
Samehada 500/500


_______________________

[Solo] Aumentando um ponto... Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy




As horas se passaram, e o velho não me dava sossego nem para bocejar, um movimento de suas peças e mil perguntas juntas, além de pensar em três jogadas a frente do velho para conseguir ganhar dele, mesmo sabendo que seria quase impossível e em algumas questões ainda mentir e esconder o meu feito. Quantos anos ele não deve ter treinado e colocado a teoria em prática e melhorado as técnicas?!

O velho era difícil de ser ludibriado, de dez mentiras ele pegou oito delas, as outras duas eles fez perguntas que sondavam a resposta de outros ângulos e no fim ele percebeu a inconsistência da resposta e alegou que eram mentiras. Ele estava ganhando terreno nos movimentos do xadrez. E sem nem cogitar nada e nem julgar ele continuava.

- Agora uma questão que não quer calar, primeiro você não está em seu “normal”, você me daria mais trabalho pelo menos no xadrez. E daí surge duas perguntas: Você não estava com a Sétima Sombra de Iwa? E agora está com a loira chamada Alice. E não está com o mesmo ânimo que encontrei no nosso último treinamento. O que se passa? – Questionaria o ancião com seus olhos inquisidores e olhando tão fundo nos meus olhos que começava a achar que ele estava lendo a minha alma. Mentir não seria uma boa saída no momento, mesmo porque eu precisava de conselhos.

- Com a Alice simplesmente aconteceu, ela é linda e tem um temperamento e sonhos que compartilho. Enquanto que com a Yamiko ficamos muito tempo longe um do outro e eu agora como Kage e ela como uma mercenária, poderia dar certo?! Fora que ela é tão cabeça dura e esquentadinha que chega a irritar demais! – Respondia mexendo a minha peça do xadrez. – O que eu mais temia me sobreveio e pegou vários dos membros da Vila despreparados. E eu para conter o avanço inimigo devo ter sacrificado ainda mais vidas. Por isso, estou treinando para melhorar as minhas habilidades intelectuais. E tentar achar uma forma de evitar que o inimigo simplesmente surja no centro da Vila.  – Continuaria respondendo, enquanto o velho fazia o seu movimento e passava o jogo pra mim de volta.

- Diria que isso lhe incomoda muito... Acelerou até a minha vitória em cinco jogadas! – O velho olhava o tabuleiro e começava a apontar as jogadas perdidas. Tomou café e encheu a minha xícara novamente. – Perdeu a concentração tão rápido assim, vejo porque matou a muitos... – Provocaria o velho. – A burocracia é tão inoportuna quanto uma mosca. Mas você escolheu proteger a Vila como Kage não foi?! – Minha resposta foi um balançar sem graça da cabeça.

- Fomos protetores de Iwa por muitos anos, mas com a saída da Nanadaime e seu ataque a Vila fez com que nossa família resolvesse fazer as nossas coisas por conta própria enquanto você estava na missão. A mãe dela continua conosco e está bem. Mas a pergunta que devo lhe fazer:

- Quem é você?  

Informações:


Noah Zoldyck:
HP: 3.300/3.300 CH: 4.000/4.000     ST: 0/8     VEL: 05/22 m/s
Samehada 500/500


_______________________

[Solo] Aumentando um ponto... Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy




 Eu já tinha perdido o jogo e rumo das perguntas estava indo para outro nível, um mais profundo do qual eu queria tratar. Mas para o ancião da família estar ali, o assunto a ser tratado era de real importância. Ele nunca dava as caras por nada que fosse banal. E trazer o assunto da família daquela forma e me induzir a pensar quem eu realmente sou, lembrando-me dos meus laços de sangue, assim como, o Ilumi o fez assim que nos encontramos. Fui alinhando as informações para obter um possível resultado do motivo chave daquela reunião.

A Lua estava prestes a sumir no horizonte. E o velho com seus braços as costas numa postura invejável estava esperando por algo. Minha resposta?  Levantei-me e fui ao lado dele.

- O que está acontecendo?! – Questionei o velho e pegaria uma bala de café para degustar.
- Você ainda não me respondeu! – Ele retrucou voltando o seu olhar profundo aos meus olhos, como se fosse buscar a minha alma e fazê-la mais uma de suas marionetes.

- Em primeiro sou um Zoldyck, seu neto, e filho do Silva e Kikyo, como Ilumi o chama. E um ninja de Iwa, agora um Kage. – Afirmei convicto de cada palavra pronunciada.

- E a segunda parte que é o nosso problema... Precisaremos de você, mas como Kage você colocará gente inocente em risco... Os nossos inimigos logo vão se levantar e a nossa família já está se mobilizando. Em breve precisaremos de você. Aí terei que te colocar numa situação complicada. Vai escolher o conforto da burocracia ou irá para a guerra nas sombras com os Zoldycks? – Daria uma pausa. Um pigarro. – E como estamos nos mobilizando, a mãe da Nanadaime não poderá ir conosco. Então, a mandaremos para Iwa.

As informações eram muitas e uma guerra que a minha família estava envolvida. E se eu movimentasse como Kage colocaria Iwa nessa movimentação. E Iwa já tem seus próprios problemas com Kumo e Konoha. E agora eu entendi o motivo do questionamento de quem eu era. Na verdade ele estava querendo saber se minha lealdade estaria com a minha família acima das minhas responsabilidades para com Iwa. Porém não respondi nada.

- Noah, em alguns meses eu virei e sobre Iwa pairará o símbolo da família. E te espero com o Ilumi e os mordomos de Iwa. Se não aparecerem até a meia noite. Bem você sabe o que ocorrerá a seguir. – Finalizou voltando-se para o xadrez. Sentou-se. E ficou em silencio arrumando as peças. Eu, no entanto, estava suando frio com as informações e a decisão que me coube tomar.

- Me fale o que está acontecendo? – Questionei o velho. – São os mesmos inimigos que atacaram a Vila estes dias?! – Continuei.

- Se vier com os outros, eu te direi. Se quiser saber mais busque no submundo de Iwa. Agora o que eu tenho que te informar será uma melhoria daquela técnica. Mas para isso vamos recapitular sobre Fuuinjutsu. – Afirmou separando mais uma xícara de café para os dois. E ambos tomando o líquido negro.

A aula começou e o Sol começou a despontar por entre as montanhas e se impondo no horizonte. Uma longa conversa seguiu enquanto o velho relembrava pontos específicos dos fuuinjutsus e como eles poderiam ser usados. Até a forma mais intensa e em combinação com a técnica que ele havia me ensinado. A invocação e o fuuin certo para melhorar o controle sobre o corpo revivido. Fomos até o velho não aguentar mais falar. Eu já tinha perdido o jogo e rumo das perguntas estava indo para outro nível, um mais profundo do qual eu queria tratar. Mas para o ancião da família estar ali, o assunto a ser tratado era de real importância. Ele nunca dava as caras por nada que fosse banal. E trazer o assunto da família daquela forma e me induzir a pensar quem eu realmente sou, lembrando-me dos meus laços de sangue, assim como, o Ilumi o fez assim que nos encontramos. Fui alinhando as informações para obter um possível resultado do motivo chave daquela reunião.

A Lua estava prestes a sumir no horizonte. E o velho com seus braços as costas numa postura invejável estava esperando por algo. Minha resposta?  Levantei-me e fui ao lado dele.

- O que está acontecendo?! – Questionei o velho e pegaria uma bala de café para degustar.
- Você ainda não me respondeu! – Ele retrucou voltando o seu olhar profundo aos meus olhos, como se fosse buscar a minha alma e fazê-la mais uma de suas marionetes.

- Em primeiro sou um Zoldyck, seu neto, e filho do Silva e Kikyo, como Ilumi o chama. E um ninja de Iwa, agora um Kage. – Afirmei convicto de cada palavra pronunciada.

- E a segunda parte que é o nosso problema... Precisaremos de você, mas como Kage você colocará gente inocente em risco... Os nossos inimigos logo vão se levantar e a nossa família já está se mobilizando. Em breve precisaremos de você. Aí terei que te colocar numa situação complicada. Vai escolher o conforto da burocracia ou irá para a guerra nas sombras com os Zoldycks? – Daria uma pausa. Um pigarro. – E como estamos nos mobilizando, a mãe da Nanadaime não poderá ir conosco. Então, a mandaremos para Iwa.

As informações eram muitas e uma guerra que a minha família estava envolvida. E se eu movimentasse como Kage colocaria Iwa nessa movimentação. E Iwa já tem seus próprios problemas com Kumo e Konoha. E agora eu entendi o motivo do questionamento de quem eu era. Na verdade ele estava querendo saber se minha lealdade estaria com a minha família acima das minhas responsabilidades para com Iwa. Porém não respondi nada.

- Noah, em alguns meses eu virei e sobre Iwa pairará o símbolo da família. E te espero com o Ilumi e os mordomos de Iwa. Se não aparecerem até a meia noite. Bem você sabe o que ocorrerá a seguir. – Finalizou voltando-se para o xadrez. Sentou-se. E ficou em silencio arrumando as peças. Eu, no entanto, estava suando frio com as informações e a decisão que me coube tomar.

- Me fale o que está acontecendo? – Questionei o velho. – São os mesmos inimigos que atacaram a Vila estes dias?! – Continuei.

- Se vier com os outros, eu te direi. Se quiser saber mais busque no submundo de Iwa. Agora o que eu tenho que te informar será uma melhoria daquela técnica. Mas para isso vamos recapitular sobre Fuuinjutsu. – Afirmou separando mais uma xícara de café para os dois. E ambos tomando o líquido negro.

A aula começou e o Sol começou a despontar por entre as montanhas e se impondo no horizonte. Uma longa conversa seguiu enquanto o velho relembrava pontos específicos dos fuuinjutsus e como eles poderiam ser usados. Até a forma mais intensa e em combinação com a técnica que ele havia me ensinado. A invocação e o fuuin certo para melhorar o controle sobre o corpo revivido. Fomos até o velho não aguentar mais falar.

Informações:


Noah Zoldyck:
HP: 3.300/3.300 CH: 3.950/4.000     ST: 0/8     VEL: 05/22 m/s
Samehada 500/500


_______________________

[Solo] Aumentando um ponto... Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy




A biblioteca de Iwa estava cheia naquela tarde. Pelo parapeito observei os poucos que gostam daquele lugar. Eu estava esfriando a cabeça um pouco para continuar os meus estudos. Senti falta da Alice, que estava fazendo plantão no hospital da vila e do meu sensei, mas o que eu estava revendo não era o seu foco. Não podia culpá-lo. Até aquele momento eu não tinha dormido desde que me encontrei com o meu avô. Ele ainda estava na vila ou nos arredores, mas achá-lo seria inviável e desperdício de tempo. Já mais calmo e centrado voltei para a sala fechando a porta atrás de mim.

Sentei-me a mesa e ajeitei de forma a ficar confortável. Pegaria o material de estudo e estava fazendo anotações de pergaminhos bem velhos. Eram instruções de como criar técnicas mais complexas e potencializar ilusões com base no ambiente em que está. Lembrei-me de como cai no genjutsu daquela ninja no antigo Gabinete. Passei para outros pergaminhos e livros falando sobre fuuinjutsus da Pedra. E descriminou várias fórmulas de selamentos e como funcionavam em conjunto.  Fui comendo os livros sem parar até que uma hora que o cansaço falou mais alto, debrucei-me sobre a mesa e acabei adormecendo. “Só cinco minutos!”.

Quando acordei, levantei os olhos e tirei a baba que escorria pelo meu queixo. E lá estava o velho com a Alice.

- Jovem interessante Noah! Poderia fazer um treinamento ao Norte! O que acha? – O velho falou e Alice me olhou sem graça. Mas não poderia discordar. Seria interessante. Mas não pronunciaria.

- Vim lhe trazer isso. – O velho falou e deixou um tomo tão velho ou mais que meu avô. Algumas páginas moídas, outras pareciam que as chamas tinham lambido algumas partes. – Agora tenho que ir. Vamos para a montanha e logo Mikoto estará de volta! – Falou com um olhar inquisidor.

- Não a traga para Iwa. Pode ser perigoso. Leve-a para o Castelo da Alisha. Lá eu a levarei ao palácio de cristal... – Falaria me referindo ao esconderijo da Yamiko. E meu avô acenou condizente e saiu. Alice o seguiu e fechou a porta. Quando olhei a mesa tinha um café posto e duas maças a minha espera. Comi e bebi tudo e segui com o estudo daquele tomo. Mais fórmulas e controle de chakra para executar técnicas de fuuin para controlar melhor o chakra, a mente e a alma.

Fora isso, o livro demonstrava uma história que aos poucos eu fui notando ser da minha família. Desde anos antes das grandes guerras. E notei que muitos trabalharam pelas sombras e não houve ninguém que assumiu um posto como o meu devido ao tipo de trabalho que tinham. Mudavam-se muito e algumas vezes mudavam até mesmo os seus nomes e sobrenomes.

Foi aí que percebi que estava correndo atrás do vento...

Informações:


Noah Zoldyck:
HP: 3.300/3.300 CH: 4.000/4.000     ST: 0/8     VEL: 05/22 m/s
Samehada 500/500


_______________________

[Solo] Aumentando um ponto... Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy




Os dias estavam passando rápido demais, quando notei meu aniversário já tinha ido, os acontecimentos ficaram distantes, mas algumas coisas não foram esquecidas. Contudo, seguiria com o plano, já que o passado já foi e não tenho o poder para mudá-lo. Já o presente e o futuro são outros quinhentos.

Minha rotina estava sendo indo bem de manhã para o Gabinete, fazendo o serviço que estava parado. Após o almoço eu ficava com o Mochizuki aprendendo algumas teorias na prática, física com lançamento de armas e outros tipos de demonstrações na prática, geologia, plantio, sobrevivência em todo tipo de terreno e como obter fonte de água e comida sem necessidade de usar ninjutsu. Jogamos xadrez e outros jogos diferentes e lúdicos. Minha criança despertou nessas horas. Mas tudo com embasamento nas teorias que o sensei já tinha me passado. O que pelo menos tornou as lições mais divertidas. Garantimos algumas risadas no meio dos treinamentos, e estreitamos os laços. Ele seria mais um que valeria a pena defender.

Depois das tardes lúdicas eu passava o tempo devorando as informações que continha naquele tomo. Histórias e memórias de um passado distante até os mais recentes. Acontecimentos pelo mundo todo, missões dos meus avós e dos meus pais, onde saíram vitoriosos e outros tiveram que recuar. As lições que a vida nos ensina, um passo para frente e dois para trás, mas teria que aproveitar o recuo para melhorar a visão das opções à frente e ir atrás da melhor oportunidade. Tinha outras histórias de um dos assassinos que era engraçado, um galanteador por natureza e meu avô descreveu em várias linhas as suas desventuras. Chorava de rir naquele ponto do tomo.  Mas talvez pudesse usar aquele conhecimento alguma hora, as técnicas eu tenho.

Passava em casa e lá estava a Alice, num vestido muito bonito e a minha espera. Os mordomos tinham preparado um jantar diferenciado, o tempero da Kanaria se fazia presente. As refeições dela eram divinas e parecia que recuperavam as nossas forças. O que caiu muito bem no jantar. Conversa fora, passeio no jardim, risadas, até uma conversa mais privada no meu quarto. Já tinha passado muito tempo com a Alice, e um tempo bem intenso. E coloquei em prática algumas lições que li sobre os feitos do amigo do meu avô. Não sei se as técnicas funcionaram ou se fluiu naturalmente, entretanto, tornei minha relação com a Alice bem mais íntima.

Quando acordei ela estava ao meu lado, dormindo. Como tinha despertado e não queria acordá-la, levantei-me. Olhei pela janela e vi a Lua encoberta parcialmente pelas nuvens. Coloquei uma calça e uma camiseta e subi à cobertura. Dois outros mordomos se encontravam lá. Conversamos e rimos juntos. Aqueles dois eram mais palhaços do que a Marin e o Ikarus. A conversa foi longe e aqueles dois tinham muitas experiências de combate e eram especialistas em suas áreas e trabalhavam muito bem em equipe com os outros mordomos. E explicou que nem sempre eles foram chamados assim.

Informações:


Noah Zoldyck:
HP: 3.300/3.300 CH: 4.000/4.000     ST: 0/8     VEL: 05/22 m/s
Samehada 500/500


_______________________

[Solo] Aumentando um ponto... Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy




A conversa com os dois “mordomos” foi muito interessante ainda mais quando tocamos em um assunto em comum com o velho. O submundo. Aquele lugar que normalmente quem está à luz não consegue ver o que acontece. Contudo, tinha provas o suficiente para tomar cuidado. Aquele ataque a Iwa certamente veio desse ambiente, fora os responsáveis pela movimentação da minha família e dos outros membros próximos a ela. Minha conversa somente deu para entender que havia membros desse tal grupo em Iwa, mas ainda estavam instáveis no poder, não tinham alcançado a cúpula. Contudo, precisaríamos agir logo para que eles não alcançassem o que almejavam.  

Seria cômico se fossem seguidores do antigo Senhor Feudal, o pai da Alisha, que hoje é a minha aliada. E desejaria que continuasse nossa amizade mesmo após os próximos eventos. Por fim, terminamos a conversa com uma próxima reunião com todos os membros da casa. Iríamos montar um plano de ação para agir por baixo dos panos. Não envolveria nem mesmo os ANBUs. E precisaria avisar o meu irmão sobre a conversa que tive com o velho e sobre essa reunião.

Fui para o quarto e voltei a dormir ao lado da Alice, que continuava dormindo sossegada. Eu queria que as coisas fossem tão simples como quando eu ainda era um Genin ou até mesmo Chuunin. E com todos aqueles pensamentos acabei dormindo. Sonhos foram agitados, minha mente estava perturbada e cheia de informações novas, sendo muitas difíceis de digerir. A noite passou e acordei com alguém me chamando.  Sonolento, eu percebi a movimentação da minha companhia pressionando parte do seu corpo contra o meu. Palavras foram ditas, eu acordei com promessas de um bom café da manhã e repetir os acontecimentos da noite anterior.  Não teve outro jeito, acordei.

A tarde fui para o Gabinete e como de costume tratei de organizar as papeladas. Falei com alguns chefes de clãs de Iwa e toda a burocracia, contudo, aprendendo com os velhos prepotentes a como lidar com situações complicadas. Depois fui para o quartel verificar como as coisas estavam caminhando e atualizar as informações sobre os ninjas. Encontrei com a Marin e Ikarus e alguns relatórios da ANBU. Depois passei pela academia verificando com o Diretor como estava o andamento, e mais relatórios. E uma longa conversa de como as coisas estava funcionando por lá e possíveis ideias de melhorias e expansões.

Depois fui a campo colocar o meu conhecimento em ação. Dois dos meus mordomos foram ao meu encontro para iniciarmos uma busca por possíveis lugares de onde seria a passagem para o Submundo naquela Vila. Eu me utilizei da técnica de Suiton para ocultar totalmente a minha presença enquanto os mordomos iam pessoalmente abordar os suspeitos. E conforme íamos conseguindo informações, fomos montando um centro de inteligência em casa. Logo teria que colocar tudo o que tinha aprendido em prática para conseguir respostas.


Informações:


Noah Zoldyck:
HP: 3.300/3.300 CH: 4.000/4.000     ST: 0/8     VEL: 05/22 m/s
Samehada 500/500


_______________________

[Solo] Aumentando um ponto... Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy
[Solo] Aumentando um ponto... E6fVkdy




Enquanto estava no Gabinete cuidando dos assuntos da Vila, os mordomos estavam na rua em busca por mais informações. Tínhamos montado um plano inicial, mas as buscas nos revelaram uma rede imensa de pessoas fazendo parte do esquema sombria que estava acontecendo em Iwa e pelo que tudo indicava eles estariam em vários outros lugares. Uma dúvida seria se eles teriam ligações com o ataque a Iwa, e eu iria a fundo para descobrir mais e mais sobre esses meliantes. Entretanto, se ao observar o submundo eu acharia respostas para as questões levantadas pelo meu avô, mas ao mesmo tempo, o velho poderia estar brincando comigo. Ele provavelmente deixou um quebra-cabeça para eu resolver.

Eu e os mordomos começamos a montar uma mesa com a rede que estávamos montando e passamos muito tempo discutindo ações e métodos para conseguirmos mais conhecimentos sobre o funcionamento do que estaria além dos olhos. Eu queria aprender como funcionam os esquemas no submundo. Porém, somente as primeiras noções já me fez repensar o que acharia quando chegasse mais a fundo, talvez essa fosse uma dura lição do velho. Só os subornos a ninjas que ficavam de guarda para fecharem os olhos para a entrada de mercadorias suspeitas, tráfico de gente, e ia complicando cada vez mais. Achar o chefão de tudo, naquela altura da investigação era pedir muito, mesmo porque pelo levantamento das nossas informações ele não estaria em Iwa.

As operações tinham métodos semelhantes e daria para iniciar trabalhos de fachada para entrar no covil da cobra. Então, tomaria conhecimento do que se passava em Iwa e quais locais eram usados com maior frequência por eles e quais eram os burocratas que os sustentavam na Vila. Na hora certa faria à limpa, mas precisaria de uma ajudinha.

As pesquisas de campo feito por mim em companhia dos mordomos era a noite, de dia eu ainda continuava meus estudos com o Tomo e sobre os fuuinjutsus e ninjutsus que continham naquelas páginas. E eu fazia questão de memorizar cada página daquele livro, para ter uma cópia em minha própria mente e quem sabe fazer o meu próprio livro. Seria uma experiência bem diferente. E acrescentar mais conhecimentos que adquiri na biblioteca de Iwa e tudo o que já vivi.

Com esse tempo de aperfeiçoamento das ideias e várias outras situações eu percebi que estava um pouco mais maduro. Creio que seria o efeito de ser bombardeado de todo o tipo de informações e experiências. Ou simplesmente por conhecer mais como as coisas funcionavam eu deixei de lado o meu pilar central que seria proteger Iwa. Todas as pessoas precisam ser protegidas, às vezes até mesmo delas mesmo, ou de outras que detêm mais força ou dinheiro. Mas uma coisa era certa, a minha família precisa de mim.  

Estava na hora de voltar às origens.


Informações:


Noah Zoldyck:
HP: 3.300/3.300 CH: 4.000/4.000     ST: 0/8     VEL: 05/22 m/s
Samehada 500/500


_______________________

[Solo] Aumentando um ponto... Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Convidado
Convidado
'Cê fez 11 posts, anyway
@App
Anonymous
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido