>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 10:
RemanescentesAno: 69DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Primavera

Axuul
Chūnin
Axuul
Vilarejo Atual
Ícone : [ Cena ] As Verdades 5988c622114430292c12f1c40722b525

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67528-fp-akira-sarutobi?nid=1061#500185

[ Cena ] As Verdades - em Dom 10 Mar - 18:28


Narrador: @Axuul

[ Cena ] As Verdades

@Kuro'


Era mais uma das manhãs de inverno em Iwagakure, o céu estava completamente nublado, não deixando uma brecha sequer para o sol aparecer. Os som dos pássaros já não era mais tão comum, pois o inverno não é uma estação fácil para os pequenos animais. Algum tempo se passou até que Kuro ouviu batidas em sua porta, mais especificamente, três em seguida. knock, knock, knock.

Quando o jovem fosse atender a porta, veria uma pessoa que tem certeza que já havia visto antes. — Ahm... olá. Não sei se lembra de mim, mas fui seu professor na academia. É um prazer revê-lo. — O homem parece de certa forma nervoso, Kuro vê que suas mãos estão um pouco trêmulas quando ele tenta ajeitar o chapéu.

Ele é um homem de meia-idade, muito estiloso, possui óculos, uma barba que se liga ao cabelo e um chapéu, muito legal.

— Ah... perdoe-me. Meu nome é Miyamoto Shinya. E você é Hyuuga Kuro, correto? — Shinya se sente um pouco mais relaxado, se acostumando a situação. — Bom, se não for um incômodo, eu vim aqui para falar sobre algumas coisas com você, são bem importantes... — Shinya tira seu chapéu e fala um pouco mais baixo — Essas coisas... são sobre o seu passado. —

O homem coloca de volta o seu chapéu, esperando a resposta de Kuro.

Spoiler:
Objetivos: Desenvolver o conhecimento sobre a destruição de sua vila e a morte dos seus pais, e a origem de seu pai. (NO conhecimento sobre a morte seria algo como uns ninjas de uma vila pequena foram matar meu pai para pegar seu byakugan, e em meio a isso destruíram toda a minha vila e mataram meus pais. Iwa ficou sabendo, mas não fez nada devido alguns problemas que ela estava tendo, como o ataque que ela sofreu no centro da vila e o desaparecimento da Tsuchikage. Os homens acabaram sendo mortos por ninjas da própria vila, que temiam uma guerra contra Iwa devido ao feito deles. Em meio a conversa com o Jonin que ja foi meu sensei, ele diz também que meu pai na realidade era de Konoha e não de iwa como eu achava.)


Aparência de Shinya:
[ Cena ] As Verdades 4euattdtxn8z
Post 1/5

_______________________

Negrito para falas, Itálico para pensamentos.
- FP -
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [ Cena ] As Verdades - em Dom 10 Mar - 18:51


Caminhava pelos corredores de casa quando três batidas na porta me chamaram a atenção. Não sabia bem quem seria, pois não estava esperando ninguém, no entanto desconfie se tratar de mais uma missão. "Uma missão hoje?" Não estava muito bem humorado, minha expressão séria demonstrava isso a qualquer um que me olhasse, mas fui até a entrada conferir se era isso mesmo.

Ao abrir a porta uma silhueta se mostrou, o reconhecia pela face, mesmo após tanto tempo sem vê-lo. O sensei que me auxiliou em meio a academia no momento em que acabara de chegar na vila, após o terrível ocorrido em minha pequena vila. Todas aquelas lembranças invadiram minha mente de forma abrupta, deixando fazendo com que uma pequena gotícula de lágrima escorresse pelo olho esquerdo, molhando minha face.

Claro quem e lembrava daquele homem, não tinha como esquece-lo. — Claro que me lembro, o senhor foi quem me ajudou na academia, quando eu estava passando pela pior fase da minha vida. Perder os pais, a vila e me enfiar em um lugar desconhecido mexeu muito com a minha cabeça. Estou um pouco melhor, mas ainda desejo me vingar de quem fez isso com eles. A raiva era expressa em minhas palavras, mesmo que não tivesse alterado meu tom ao falar com o homem.

Era nítido o nervosismo do homem, que me deixava ainda mais curioso por saber o que ele queria. Ele se apresentou, buscando também confirmar se eu era realmente aquele que ele procurava. — Não esqueci seu nome sensei, e sim sou eu mesmo. Só evite de chamar pelo meu sobrenome, já tentaram me matar dentro da vila devido aos meus olhos, apesar de não dar para reconhece--los quando estão desativados. Respirei, abrindo passagem para que o homem pudesse entrar na residencia.

Ao passar fecharia a porta logo atrás, o levando até minha sala de estar. — Me acompanhe. Me sentia um pouco ansioso, pois o mesmo havia dito anteriormente que queria falar algo importante para mim, algo sobre meu passado. O que ele sabia sobre mim que até mesmo eu desconhecia?

Sentei-me em minha poltrona, apontando para o sofá para que ele se sentasse. Ofereceria a ele um pouco de chá ou outra coisa para beber, caso quisesse. — Quer algo para beber? Um chá, suco, água? Mantive-me calmo por ora, aguardando pelas palavras do homem a minha frente.

HP: 1075/1075 CH: 1025/1025 ST: 0/6


Considerações:

Vestimenta:
Vestimentas: O sobretudo é parecido com este, no entanto ele pode ficar aberto por haver botões, e no momento eles estão abertos mostrando minha calça e minha blusa de manga, ambos da mesma cor do sobretudo.
Ações:
Jutsus Usados:
Armas Usadas:
Armas Especiais:
Armas Levadas:
Kunais - 8
Kibaku Fuuda - 18 (espaço 5)
Hikaridamas - 5 (Espaço 5)
@Axuul
-
Axuul
Chūnin
Axuul
Vilarejo Atual
Ícone : [ Cena ] As Verdades 5988c622114430292c12f1c40722b525

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67528-fp-akira-sarutobi?nid=1061#500185

Re: [ Cena ] As Verdades - em Dom 10 Mar - 19:52


Narrador: @Axuul

[ Cena ] As Verdades

@Kuro'



O jovem então, atendeu à porta, e em pé, estava lá, seu antigo professor. Kuro confirmou que era de fato, ele mesmo. O que aliviou um pouco o homem — Ah sim... que bom que te achei, é que... sabe, estou com alguns problemas de memória devido a idade, acho que você me entende. — Disse o homem, com um certo tom de tristeza em suas palavras. Após uma breve conversa, Kuro então, abriu espaço para que Shinya pudesse adentrar em sua casa, e logo o fez, Shinya entrou na casa de Kuro e observou em volta, com seus olhos bem abertos e ajeitando o óculos — Mas que bela casa! Queria que a minha fosse assim. —

Kuro então, levou o seu ex-professor até sua sala de estar, o homem foi andando calmamente, observando todos os móveis e objetos de Kuro. Quando chegaram na sala de estar, o homem se sentou onde Kuro havia apontado, era um sofá confortável. Kuro, como era um rapaz educado e gentil, ofereceu algumas bebidas para Shinya. — Ah, não. Obrigado mas eu recuso. —

O homem se ajeita no sofá e tira seu chapéu, colocando-o em seu colo, sobre suas coxas. — Bom Kuro... você já está vivendo aqui por algum tempo, até se graduou chunin, meus parabéns. Mas, esse assunto teria que chegar uma hora ou outra... — Diz o homem, colocando seu chapéu de lado e juntando as mãos. — Como você já deve ter descoberto, o assunto é sobre o seus pais e sobre sua vila. —

— Espero que entenda tudo que irei dizer aqui, bom, começando... O seu pai, ele não é nativo de Iwagakure. — O homem parece ficar cada vez mais tenso, mas está fazendo o possível para manter a compostura. — Eu não sei os motivos que seu pai tinha para viver aqui, mas ele era de Konoha. — O homem, por um momento, encara Kuro, esperando a reação do mesmo.

Spoiler:
Objetivos: Desenvolver o conhecimento sobre a destruição de sua vila e a morte dos seus pais, e a origem de seu pai. (NO conhecimento sobre a morte seria algo como uns ninjas de uma vila pequena foram matar meu pai para pegar seu byakugan, e em meio a isso destruíram toda a minha vila e mataram meus pais. Iwa ficou sabendo, mas não fez nada devido alguns problemas que ela estava tendo, como o ataque que ela sofreu no centro da vila e o desaparecimento da Tsuchikage. Os homens acabaram sendo mortos por ninjas da própria vila, que temiam uma guerra contra Iwa devido ao feito deles. Em meio a conversa com o Jonin que ja foi meu sensei, ele diz também que meu pai na realidade era de Konoha e não de iwa como eu achava.)

Aparência de Shinya:
[ Cena ] As Verdades 4euattdtxn8z
Post 2/5

_______________________

Negrito para falas, Itálico para pensamentos.
- FP -
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [ Cena ] As Verdades - em Dom 10 Mar - 20:39


O homem recusava educadamente o que havia lhe oferecido, poupando um pouco o trabalho de ter que me levantar para ir preparar algo. Atentei-me um pouco mais ao seu rosto, procurando saber se ainda se lembraria do que teria que me contar. "Afinal, o que ele tem de tão importante para me contar? Me parece estar muito nervoso." Sentia um certo aperto em meio peito, que aumentava a cada minuto que se passava sem iniciar a conversa.

O senhor se ajeitava em meu sofá, procurando a melhor forma de se acomodar afim de ficar mais confortável para iniciar o dialogo entre nós. Mantive minha respiração branda, mantendo toda a minha calma apesar da seriedade que ele passava. As palavras do homem começavam a pesar em meus ouvidos, me deixando cada vez mais com aquele aperto em meu peito ao escuta-lo. — E o que o senhor saberia sobre a morte dos meus pais e sobre a destruição de minha vila? As lembranças invadiam minha mente, me deixando um pouco nervoso de fato, mas mantive meu tom brando, evitando de assustar o homem. Minha respiração se aprofundou, silenciando minha voz para assim escutar as palavras ditas pelo senhor.

O fato dito por ele sobre meu pai me deixou surpreso, pois sempre achara que ele era um ninja de Iwa, mas pelo que o ninja dizia não era verdade. Mantive-me calado, apenas escutando e tentando entender melhor. Não sabia o que pensar, nem mesmo procurava descobrir o motivo dele ter ficado nesta vila, mas pelo que podia perceber nos olhos do shinobi, haviam muito mais coisas para ele me contar. — Etão meu pai não era daqui? O senhor tem mais algo a falar? Encostava-me em minha poltrona, procurando me acalmar perante aquela situação.


HP: 1075/1075 CH: 1025/1025 ST: 0/6


Considerações:

Vestimenta:
Vestimentas: O sobretudo é parecido com este, no entanto ele pode ficar aberto por haver botões, e no momento eles estão abertos mostrando minha calça e minha blusa de manga, ambos da mesma cor do sobretudo.
Ações:
Jutsus Usados:
Armas Usadas:
Armas Especiais:
Armas Levadas:
Kunais - 8
Kibaku Fuuda - 18 (espaço 5)
Hikaridamas - 5 (Espaço 5)
@Axuul
-
Axuul
Chūnin
Axuul
Vilarejo Atual
Ícone : [ Cena ] As Verdades 5988c622114430292c12f1c40722b525

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67528-fp-akira-sarutobi?nid=1061#500185

Re: [ Cena ] As Verdades - em Dom 10 Mar - 21:49


Narrador: @Axuul

[ Cena ] As Verdades

@Kuro'



A reação do garoto foi mais calma que Shinya acharia que fosse, o que o deixou de certa forma, mais á vontade, continuando o diálogo, o senhor responde à pergunta de Kuro — Vamos com calma. Ainda tenho muita coisa para lhe contar. O homem pega o seu chapéu e o coloca de volta em sua cabeça. — Seu pai era um grande homem, Kuro. Você merece saber a verdade, então ouça com atenção; O homem ficava com uma face mais séria, as palavras dessa frase foram mais firmes do que as de antes, a situação estava começando a ficar séria.

— Foram mais ou menos cinco ninjas. Eles tinham como objetivo roubar o byakugan de seu pai. Em meio a isso, eles acabaram destruindo e ateando fogo na sua vila também. Ah... ele era um bom homem. De fato, não mereceu o fim que teve... — Shinya se lamenta, o tom utilizado foi deveras mais triste.

— Tem mais algumas coisas que também devo-lhe contar, então, apenas tente se manter calmo, certo? —

Spoiler:
Objetivos: Desenvolver o conhecimento sobre a destruição de sua vila e a morte dos seus pais, e a origem de seu pai. (NO conhecimento sobre a morte seria algo como uns ninjas de uma vila pequena foram matar meu pai para pegar seu byakugan, e em meio a isso destruíram toda a minha vila e mataram meus pais. Iwa ficou sabendo, mas não fez nada devido alguns problemas que ela estava tendo, como o ataque que ela sofreu no centro da vila e o desaparecimento da Tsuchikage. Os homens acabaram sendo mortos por ninjas da própria vila, que temiam uma guerra contra Iwa devido ao feito deles. Em meio a conversa com o Jonin que ja foi meu sensei, ele diz também que meu pai na realidade era de Konoha e não de iwa como eu achava.)

Aparência de Shinya:
[ Cena ] As Verdades 4euattdtxn8z
Post 3/5

_______________________

Negrito para falas, Itálico para pensamentos.
- FP -
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [ Cena ] As Verdades - em Dom 10 Mar - 22:03


Procurava agilizar a conversa, mas pelo que percebia o assunto era sério demais para ser resumido em poucas palavras. — Tudo bem. Aprofundei minha respiração, me acomodando melhor em minha poltrona sem retirar meus olhos do homem sentado em meu sofá. Minhas mãos agarravam os braços acolchoados do objeto, me ajudando a dispersar aquele nervosismo em meio a conversa.

O fato de saber que meu pai de fato era um grande homem me alegrava por dentro, mas a raiva em saber que ele havia morrido apenas alimentava a raiva que sentia em meu interior. Respirei fundo, mantendo minha audição afiada perante as palavras seguintes do ninja que mais uma vez me pedia calma. — Então eles não fizeram aquilo porque queriam roubar a vila? Eles estavam atrás do meu pai? Levava as mãos até o rosto, encostado os cotovelos em meus joelhos tentando processar toda aquela informação. — O que mais você tem a dizer?


HP: 1075/1075 CH: 1025/1025 ST: 0/6


Considerações:

Vestimenta:
Vestimentas: O sobretudo é parecido com este, no entanto ele pode ficar aberto por haver botões, e no momento eles estão abertos mostrando minha calça e minha blusa de manga, ambos da mesma cor do sobretudo.
Ações:
Jutsus Usados:
Armas Usadas:
Armas Especiais:
Armas Levadas:
Kunais - 8
Kibaku Fuuda - 18 (espaço 5)
Hikaridamas - 5 (Espaço 5)
@Axuul
-
Axuul
Chūnin
Axuul
Vilarejo Atual
Ícone : [ Cena ] As Verdades 5988c622114430292c12f1c40722b525

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67528-fp-akira-sarutobi?nid=1061#500185

Re: [ Cena ] As Verdades - em Dom 10 Mar - 22:26


Narrador: @Axuul

[ Cena ] As Verdades

@Kuro'



— Bom, continuando... Iwagakure ficou sabendo do ocorrido, mas não fez nada por causa do difícil momento que estava passando... nesta época houvo o ataque no centro da vila e o desaparecimento da Tsuchikage, foi uma época de muito trabalho para todo mundo. — O homem respira fundo — Sei que pode ser frustrante, mas vamos continuar. O ataque na sua vila, como eu disse antes, foi feito por cinco ninjas. Eles eram ninjas de uma vila pequena, que só tinham como objetivo roubar o byakugan de seu pai. Acredito eu que o seu pai matou um deles, inclusive. Ele era um homem muito forte. Revelou Shinya.

— Agora, tente manter a calma. Eu sei que você anseia por vingança, não é? Bom, a verdade é que todos os cincos já estão mortos. — O homem fechas seus olhos por um instante e muda sua postura no sofá — A vila deles o matou por medo que uma guerra contra Iwa se iniciasse, por causa do que fizeram a sua vila — O homem respira fundo mais uma vez.

— Bom... acho que isto é tudo. — Finaliza Shinya.


Spoiler:
Objetivos: Desenvolver o conhecimento sobre a destruição de sua vila e a morte dos seus pais, e a origem de seu pai. (NO conhecimento sobre a morte seria algo como uns ninjas de uma vila pequena foram matar meu pai para pegar seu byakugan, e em meio a isso destruíram toda a minha vila e mataram meus pais. Iwa ficou sabendo, mas não fez nada devido alguns problemas que ela estava tendo, como o ataque que ela sofreu no centro da vila e o desaparecimento da Tsuchikage. Os homens acabaram sendo mortos por ninjas da própria vila, que temiam uma guerra contra Iwa devido ao feito deles. Em meio a conversa com o Jonin que ja foi meu sensei, ele diz também que meu pai na realidade era de Konoha e não de iwa como eu achava.)

Aparência de Shinya:
[ Cena ] As Verdades 4euattdtxn8z
Post 4/5

_______________________

Negrito para falas, Itálico para pensamentos.
- FP -
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [ Cena ] As Verdades - em Dom 10 Mar - 22:46


A explicação sobre o ocorrido se prolongou, mas apenas me deixou mais irritado. Sim, o fato de estar com problemas ajudou a vila a não agir, mas ainda sim não tirava a culpa dela de não ter punido os responsáveis. "Eu farei isso, punirei todos." Era a minha vontade, uma enorme vontade e principal objetivo. Procurava o ar novamente, puxando uma grande quantidade, mas isso não me ajudava muito, apesar de não demonstrar muito para o homem que continuava a falar.

O pedido de calma do ninja não ajudou muito, apenas me deixou mais nervoso e ansioso para saber o que mais ele tinha a me falar. Mantive-me calado, observando e escutando suas palavras, até que tudo virou um vazio em minha existência. "Como assim?" Os homens já tinha sido punidos, mas não pelas minhas mãos ou pela de Iwa, mas sim por compatriotas que com medo de retalhação decidiram puni-los com a morte. Bufei, deixando minha ira extravasar.

Um vazio se abriu em meu peito, e isso nada me ajudaria. Percebi que naquela vila minha alma não seria completa, não me sentia a vontade em um lugar cujo permitia que bandidos saíssem impunes após atrocidades. Minha destra foi de encontro ao rosto, tampando-o para não demonstrar minha expressão de pura raiva. Aquela vila já não era mais nada para mim, e isso me traria um novo objetivo de vida. — Isso é muita coisa para mim, mas obrigado por me dizer toda a verdade. Levantava-me com um olhar vazio, levando o homem até a saída, grato pela verdade que ele me trazia.


HP: 1075/1075 CH: 1025/1025 ST: 0/6


Considerações:

Vestimenta:
Vestimentas: O sobretudo é parecido com este, no entanto ele pode ficar aberto por haver botões, e no momento eles estão abertos mostrando minha calça e minha blusa de manga, ambos da mesma cor do sobretudo.
Ações:
Jutsus Usados:
Armas Usadas:
Armas Especiais:
Armas Levadas:
Kunais - 8
Kibaku Fuuda - 18 (espaço 5)
Hikaridamas - 5 (Espaço 5)
@Axuul
-
Axuul
Chūnin
Axuul
Vilarejo Atual
Ícone : [ Cena ] As Verdades 5988c622114430292c12f1c40722b525

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67528-fp-akira-sarutobi?nid=1061#500185

Re: [ Cena ] As Verdades - em Dom 10 Mar - 22:57


Narrador: @Axuul

[ Cena ] As Verdades

@Kuro'



Kuro manteve o controle de si a todo momento, mostrando autocontrole. Shinya, ao ver Kuro bufar, leva seu olhar ao chão — Eu sei que foi tudo repentino pra você, vou-me embora para lhe dar tempo para pensar — Disse o homem, se levantando do sofá. Kuro logo o escoltou até a sua porta, onde a abriu para seu ex-professor. — Essa é a verdade, Kuro. Tente se acostumar com ela. Foi bom vê-lo, até a próxima — O velho então, se despedia de Kuro, colocando sua mão em seu chapéu e saindo de cabeça baixa. Ele sabia que era muita informação para um rapaz.


Spoiler:
Roleplay Finalizado.
*Eu queria mesmo colocar mais palavras, mas a história me deixava bem limitado, se não curtiu a narrativa, perdão*

Aparência de Shinya:
[ Cena ] As Verdades 4euattdtxn8z
Post 5/5

_______________________

Negrito para falas, Itálico para pensamentos.
- FP -
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [ Cena ] As Verdades - em Dom 10 Mar - 23:02


Meus olhos naquele momento se enxiam de lágrimas a medida que caminhava pelo corredor levando meu ex sensei até a porta de saída. Não conseguia falar, minha cabeça estava uma bagunça, mas pelo menos consegui dar um pequeno sorriso para ele ao sair. Tranquei minha porta, voltando até a sala de estar para sentar-me novamente e assim processar todas as informações até ter algo mais concreto a fazer a partir de agora.


HP: 1075/1075 CH: 1025/1025 ST: 0/6


Considerações:
Que isso companheiro, gostei bastante da narrativa, consegui apresentar bastante da minha personalidade. Muito obrigado.
Vestimenta:
Vestimentas: O sobretudo é parecido com este, no entanto ele pode ficar aberto por haver botões, e no momento eles estão abertos mostrando minha calça e minha blusa de manga, ambos da mesma cor do sobretudo.
Ações:
Jutsus Usados:
Armas Usadas:
Armas Especiais:
Armas Levadas:
Kunais - 8
Kibaku Fuuda - 18 (espaço 5)
Hikaridamas - 5 (Espaço 5)
@Axuul
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [ Cena ] As Verdades -

-


Layout por @Akeido Themes, @Loola Resources e Naru.