NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Verão
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Senju Inazuma
3º Lugar
Raves
1º Lugar
Senju Inazuma
2º Lugar
Starfox
3º Lugar
Summer
Os membros mais ativos do mês
Angell
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
379 Mensagens - 25%
Shion
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
239 Mensagens - 16%
Starfox
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
183 Mensagens - 12%
Senju Inazuma
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
140 Mensagens - 9%
Raves
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
114 Mensagens - 8%
Summer
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
110 Mensagens - 7%
Zero
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
100 Mensagens - 7%
Nan
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
89 Mensagens - 6%
Inoue
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
84 Mensagens - 6%
Kira
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
66 Mensagens - 4%

Os membros mais ativos da semana
Shion
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
80 Mensagens - 23%
Angell
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
63 Mensagens - 18%
Keel Lorenz
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
39 Mensagens - 11%
Raves
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
38 Mensagens - 11%
Summer
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
37 Mensagens - 11%
Gyoku
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
23 Mensagens - 7%
Senju Inazuma
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
21 Mensagens - 6%
Sevenbelo
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
19 Mensagens - 5%
Nan
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
18 Mensagens - 5%
Txyannis
[ Cena ] As oitos maldições Vote_lcap[ Cena ] As oitos maldições Voting_bar[ Cena ] As oitos maldições Vote_rcap 
12 Mensagens - 3%


Convidado
Convidado
Narrador, 1/10

A maldição que corrompe as veias de inocentes homens tornando-lhes monstros e feras sem controle algum do próprio ódio teria atingido um pobre chunin de Kumogakure, corrompendo a cada novo dia, fazendo-lhe de um refém dos próprios poderes. Numa simples noite de sono os tormentos daquele poder amaldiçoado iriam lhe atingir, forçando-lhe a ter os piores dos pesadelos com aquele dia chuvoso em que perdeu os próprios pais.

Considerações:
Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1225/1225 | CH: 1225/1225 | ST: 05/05

[Inicio do Pesadelo] 


Amargo se tornou forte. E pensar que ele já cumpre os requisitos para o nível de Tokubetsu Jounin. É um imenso prazer tê-lo como aluno. – Dizia Jin em um claro tom de entusiasmo. – Sim, esse é o meu filho e eu não esperava nada menos do que isso. – Gokuto retrucava friamente. – O plano está ocorrendo como o planejado. – Falava uma voz familiar. Era o invasor de noites passadas, responsável por ter colocado Amargo na condição do Selo Amaldiçoado. – Estamos imensamente agradecidos com a oportunidade de ter a vida do seu filho em nossas mãos. Nós não nos esqueceremos disso. – Complementava. – Não será em vão. Será uma perda justificada, para um futuro melhor. – Respondia Gokuto. 

Amargo estava na cena como um mero espectador. O cenário apresentava seu mestre e seu pai, pessoas em que mais confiava conspirando para sua morte? Era como se centenas de adagas fincassem em seu coração naquele momento dolorido. Toda a sua família estava envolvida, inclusive sua mãe? Todos estariam conspirando contra ele? Vários pensamentos negativos invadiam a mente do aspirante a herói. A vontade era chorar, o sentimento era de desapontamento. O que havia feito de tão errado uma criança de 13 anos para ser descartada como um lixo? Esboçou sair correndo do lugar quando sentiu um leve toque em seu ombro que o fez pular num grande susto em uma reação automática. – Seus pais não ensinaram o quanto é feio bisbilhotar a conversa alheia? – O brutamontes o agarrou pelo braço com uma força imensa o arremessado fortemente contra a parede de madeira nos limites da sala. E antes de perder os sentidos, lembrou do olhar de desaprovação de seu pai e de seu mestre ao perceberem que ele os estava observando. – Não era para ser desse jeito... Leve-o. – Indagou o arquiteto de todo aquele plano.

[Fim do Pesadelo]


Amargo estava dormindo em seu quarto em seu colchonete quando a forte chuva que constantemente batia em sua janela o despertou de seu pesadelo. Estava ofegante e suava frio, tateou o próprio corpo subindo até o couro cabeludo procurando saliências ou cortes que julgava ter sofrido, mais não encontrou nada e aliviado suspirou lentamente, voltando a sua respiração normal.


"O que era aquilo... Essa cena vem aparecendo cada vez mais para mim."


Tendo perdido completamente o seu sono com o pesadelo. Engatinhou até a comoda de madeira de seu quarto e agarrou uma lamparina com uma vela posta no centro, agarrou um fósforo e riscou no chão criando uma faísca que logo fez a vela queimar iluminando o local. Caminhou até a varanda do quarto que dava para um jardim com árvores e flores, respirou fundo sentindo o cheiro de relva molhada, relaxou um pouco e fechou os olhos, concentrando-se.


Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Convidado
Convidado
Narrador, 2/10

—— Tem certeza que é ele? —— perguntava a voz masculina, sentado em uma cadeira de madeira no inicio de uma enorme mesa servida inteiramente das mais diversas comidas —— Absoluta, meu mestre. —— respondeu a voz feminina, aproximando-se do homem e despejando um pouco de vinho em seu copo —— Envie-os, por favor, se o raptamos podemos torna-lo um dos seus servos mais forte, veja você mesmo. —— continuou a mulher, colocando um pequeno caderno de frente ao homem e abrindo na página que possuía todos os relatórios do ninja, possuidor de uma marca amaldiçoada e marcado para que fosse tomado para o mal.

O homem concordou, e ali, dias antes do pesadelo da criança eles viajaram, de longe, indo até Konohagakure, adentrando por entre as passagens secretas proporcionadas pelos informantes locais, buscando apenas uma única pessoa.

..........

Repousava na varanda, não desconfiando do que lhe viria a acontecer, mas ruídos bizarros poderiam ser escutados naquele momento, segundos antes de tudo acontecer. Desceram pelo céu, cercando o menino, exatamente três mascarados —— É ele? —— questionou o da esquerda —— Sim. —— confirmou o da direita, nas suas costas espinhos de terra subiram fechando sua saída e em sua frente o homem lançou uma espécie de pó em sua cara, se atingido, logo entraria em um profundo sono.

Considerações:
Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1225/1225 | CH: 1225/1225 | ST: 05/05

Sim, o cheiro de relva molhada trazia uma enorme tranquilidade para o jovem fazendo com que se esquecesse de todo o resto, inclusive o pesadelo anterior. Ainda estava incrédulo com a cena presenciada em seu subconsciente. – Não, isso está fora de cogitação. – Sussurrava em voz alta. O momento aplacante fora interrompido por um calafrio que lhe tomou as costas. Pensou em um primeiro momento se tratar de Bluma, sua irmã mais nova. – ARGHH! – Virou-se para a direção dos espinhos, desarmando sua primeira tese. – De novo não... – Acreditava agora que fosse o atacante de tempos atrás. "Veio terminar o serviço?" Pensava, tomando nota nos espinhos a suas costas.

Para sua infelicidade aquilo não acabava ali, um pó era dirigido contra o seu rosto que em uma reação automática - como a que acontece quando alguém ameaça jogar algo contra você - fechava os olhos e abaixava a cabeça, torcendo para que fosse uma resposta suficiente. A chuva apresentada inicialmente deveria trabalhar para ajudá-lo com o restante. Em seguida, ainda com os olhos fechados tomaria uma distância de cinco metros dos invasores pelas laterais e tatearia o rosto e cabelo a fim de tentar remover o pó para que após abrir os olhos não fosse tomado pela sua reação. – Quem são vocês? O que querem? – Perguntaria aos invasores.

Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Convidado
Convidado
Narrador, 3/5

Caramelo não teria pensado suficiente naquela reação, mesmo que tivesse evitado um pouco o pó e atrasando seu efeito — por tê-lo inalado entre narina/boca — ele buscou correr pelas laterais que já estavam cercadas, e, infelizmente, nem todos os outros bandidos eram dotados de tamanha paciência para utilizar apenas um simples pó. Um murro foi lhe dado, que com certeza lhe faria tombar para trás e acessar seu estado de inconsciência —— Não era necessário. —— disse o bandido da frente —— Eu não perguntei. —— respondeu o outro.

Quando Camarelo o acordasse não entenderia onde estava, num breu, amarrado dentro de uma espécie de caixa o ninja possivelmente sentiria medo, ou ódio, não são narráveis as diversas formas descritas do sentimentalismo humano de frente ao desconhecido. Vozes poderiam ser escutadas, era como um canto, tambores e diversos outros instrumentos também soavam em meio aquele harmonioso canto, segundos ouvindo e logo poderia perceber, era um ritual, e possivelmente, ele era o centro de tudo aquilo.

—— Desça ao mundo, oh demônio dos céus! —— ecoou, cessando os cantos, e atribuindo um total silencio segundos antes de uma enorme energia negra começar a vazar de Caramelo, seu corpo, naquele momento, seria tomado pela raiva e ódio, consumido pela negatividade que lhe atormentava. Como reagiria aquilo? Não posso afirmar, sonhos, desejos, ódio, tudo, exatamente tudo, iria inundar seu corpo naquele momento e a maldição, em seu estagio inicial, liberada seria de seu corpo.

Considerações:
Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1102/1225 | CH: 1225/1225 | ST: 05/05

O cenário apresentado era de pura tensão. Por sorte, Amargo não possuía a claustrofobia desse humilde player que o controla. Ao tomar conhecimento de que estava amarrado, ainda procurando estabelecer aos poucos a sua consciência, tentava localizar o ambiente em que estava, suas características e desesperadamente se desvencilhar das amarras que o prendiam.

Na sequência com o surgimento daquelas pessoas extremamente organizadas com seus atos de cantoria e dança reforçavam a tese inicial do Kumonin de que as mesmas pessoas que o colocaram naquela condição agora estavam a fim de terminar o serviço. "Não desce não, demônio dos céus..." Pensou ante a atribulação levantada pelos responsáveis antes de ser consumido pela negatividade do selo amaldiçoado. Aquelas marcas representavam tudo de ruim que existia no universo, como o forte nome indicava uma maldição eterna. Como se fosse o próprio Blackout poluindo e degenerando tudo aquilo que o tocava.

Nesse momento em que tinha o selo e aquelas pessoas agindo para o corromper ele procurava pensar em Bluma, sua irmã mais nova, também em sua mãe e pai, o seu sensei de academia, todos aqueles que trabalhavam para o seu melhor e crescimento, tentando fugir do ambiente hostil que estava totalmente emergido. 

Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Convidado
Convidado
Narrador, 4/5

A força para se manter firme atrasava o ritual, mas provava tamanha coragem do jovem perante aquele mar de ódio que lhe preenchia —— Não resista garoto. —— disse um homem, de voz grossa, do lado de fora, esperando que ele atendesse devidamente o pedido. Mais energia cairia do céu, mais corrompido seria, e, naquele momento, iria de encontrar com a morte. Seu coração pararia, sua circulação de chakra terminaria seu trabalho ali, pois, em um simples segundo, uma dor que tomou conta de todo o corpo do garoto lhe fez morrer.

Considerações:
Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1102/1225 | CH: 1225/1225 | ST: 05/05

Amargo estava diante do seu maior medo. Estava prestes a perder sua essência e ser corrompido pela aura maligna do selo amaldiçoado. Naquele momento de medo, encontrava-se fortemente a busca pela sua segurança e uma intensa batalha interna para manter o controle de sua consciência era travada.
 
Sentindo seu coração parar gradativamente, suas reservas de chakras se esgotarem e uma dor imensurável atingir o seu corpo, desejava ter sido importante. Ainda tinha a esperança de ter fama e o poder, inclusive a amizade daqueles que o possuem. Não queria morrer e não permitiria que sua integridade tanto biologicamente como psicologicamente fosse violada. Para Amargo não existia aquela força maligna, pois ela era a própria essência da sua mente.

Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Convidado
Convidado
Narrador, 5/5

O poder obscuro lhe permitiria desafiar a morte naquele momento, revivendo-o e rompendo todo o selo que lhe prendia, pois, tamanha força era absoluta e poucos ali que rogaram no ritual era capaz de impedir o demônio que teria se libertado. Ele poderia fugir, ou poderia matar todos, ou fazer o que desejasse, o poder era dele, todos o temiam, mas alguns os adorava.

Considerações:
Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 881/1225 | CH: 1625/1225 | ST: 05/05

"E-eu estou morto?! Não, na verdade, eu nunca me senti tão vivo quanto agora." Abrindo os olhos lentamente, sabia que algo havia mudado, ou melhor, melhorado. As marcas do selo amaldiçoado se estabilizavam e traziam consigo uma nova aparência. "Sim, eu consigo sentir... Todo esse poder antes adormecido." Gostando ou não, tal poder desencadeado tinha tido uma grande contribuição daquele grupo. 

Olhando para a mão e braço em uma primeira abordagem enxergava uma aparência semelhante à de um dinossauro. O maior estranhamento estava em uma cauda surgida na parte de trás cujo balançava instintivamente e sem um direcionamento correto. "Legal..." Amargo então se concentrava para usá-la de modo que cortasse as amarras que o prendiam juntamente fazendo força contraria com o braço para reforçar o seu movimento. Sua força, inclusive, havia aumentado significativamente com a liberação daquele nível. 

Por fim, colocaria-se em pé e vociferaria em alto e bom tom. – Eu não concordo com o que vocês fazem aqui, mas de alguma maneira contribuíram para que eu pudesse controlar o selo e eu não irei negar esse fato. Espero que saibam que não irei utilizar esse poder para o mal, e sim para o bem. Eu irei embora desse lugar e aqueles que ainda quiserem lutar, caiam dentro, eu serei o oponente de vocês. – Esperava pela aceitação do grupo para que pudesse voltar para os limites seguros de Kumogakure no Sato. Não negaria a possibilidade de alguém intervir em sua saída, e se manteria atento a qualquer um que ousasse se colocar em seu caminho.

Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Convidado
Convidado
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido